Nubia Batista da Silva

Mestra em Linguística pela UnB. Atuou como Educadora Popular no âmbito da Educação não Formal (Nos programas sociais de Alfabetização de crianças, jovens e adultos) . Atuou como professora primária, coordenadora estadual da educação Escolar Indígena, como Auxiliar pedagógica da Fundação de Administração e Pesquisa Econômico-Social. Como monitora da Educação Integral.Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Escolar Indígena, Educação Popular, Educação do Campo e Direitos Humanos.

Informações coletadas do Lattes em 04/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Lingüística

2016 - 2017

Universidade de Brasília, UnB
Título: Identidades, vozes e presenças indígenas na Universidade de Brasília sob a ótica da Análise de Discurso Crítica,Ano de Obtenção: 2017
Juliana de Freitas Dias.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: DISCURSO; EDUCAÇÃO CRITICA; identidade.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesSetores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Extensão universitária em Consciência Crítica da Linguagem e Educação Sistêmica. (Carga horária: 40h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2013 - 2013

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS E PLANO DE CARRERIRA. (Carga horária: 20h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2000 - 2000

LIDERANÇA DA MULHER. (Carga horária: 120h). , CENTRO DE LIDERANÇA DA MULHER, CELIM, Brasil.

1999 - 1999

FORMAÇÃO DE EDUCADORES RURAIS. (Carga horária: 88h). , Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional, FASE, Brasil.

1998 - 1998

Extensão universitária em Metodologia Científica. (Carga horária: 40h). , Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.

1996 - 1996

CIDADANIA E POLITICAS PUBLICAS. (Carga horária: 24h). , Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional, FASE, Brasil.

1990 - 1990

SOCIOLOGIA POLÍTICA. (Carga horária: 60h). , Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Outros

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Tópicos Específicos de Educação/Especialidade: Educação de Adultos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SILVA, N. B. . Seminário "Educação Superior de Indígenas no Brasil: Balanço de uma década e subsídios para o futuro". 2013. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

DEBATE EM ANTROPOLOGIA E EDUCAÇÃO.Educação Indígena na disciplina Antropologia e Educação. 2018. (Outra).

1º CIRCUITO DE FEIRAS E MOSTRAS CULTURAIS DA REFORMA AGRÁRIA DO DISTRITO FEDERAL.EDUCAÇÃO POPULAR NAA CONTRUÇÃO DA SOCIEDADE. 2017. (Seminário).

CURSO DE EXTENSÃO CONSCIENCIA DA LINGUAGEM E DUCAÇÃO SISTÊMICA.CURSO DE EXTENSÃO. 2017. (Outra).

I Conferência Internacional de Estudos da Linguagem.Educação escolar indígena diferenciada: um viés discursivo e social do tema. 2017. (Outra).

Jornada Internacional de Linguística Aplicada Crítica.Identidades, vozes e presenças indígenas na Universidade de Brasília sob a ótica da Análise de Discurso Crítica. 2017. (Outra).

II FORUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA.EDUCAÇÃO INDIGENA. 2016. (Outra).

XI Colóquio da Rede Latino-Americana de Análise de Discurso Crítica sobre a Pobreza. 2016. (Outra).

Seminário Internacional de Educação Básica : Conhecimento e Currículo. 2013. (Seminário).

I Congresso Nacional de Educação Superior Indígena. Acesso e permanência indígena na universidade - expectativas dos povos indígenas do Nordeste. 2007. (Congresso).

Semana da Consciência Indígena.Palestra Educação Escolar Indígena. 2006. (Outra).

Seminário Estadual de Educação do Campo.Mesa de Abertura. 2004. (Seminário).

Seminário sobre Políticas de Educação Escolar Indígena.Práticas Pedagógicas. 2004. (Seminário).

Seminário Educação de Jovens e Adultos: uma prioridade?.Educação de Jovens e Adultos. 2000. (Seminário).

Fórum de Debates sobre As Políticas e as Reformas Educacionais.A Vida e a Obra de Paulo Freire. 1998. (Outra).

IX Ciclo de Estudos Históricos: Índios: Permanência e Resistência..IX Ciclo de Estudos Históricos: Índios: Permanência e Resistência.. 1997. (Outra).

Seminário Cidadania e Políticas Públicas. 1996. (Seminário).

Seminário Revisitando a Formação de Educador. 1996. (Seminário).

II Ferira Latino-Americana de Alfabetização. 1993. (Feira).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: NÁDIA BATISTA DA SILVA

SILVA, N. B.. PRATICANDO SABERES E FAZERES: A ALIMENTAÇÃO COMO FONTE DA REVITALIZAÇÃO DA SAÚDE E CULTURA NA ESCOLA INDÍGENA TUPINAMBÁ. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em LICENCIATURA INTERCULTURAL INDIGENA) - Universidade do Estado da Bahia.

Aluno: Ramon Souza Santos

SILVA, N. B.. O FORTALECIMENTO DA LINGUA TUPINAMBÁ DE OLIVENÇA.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em LICENCIATURA INTERCULTURAL EM EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA) - Universidade do Estado da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Luiza Monteiro Sales Coroa

DIAS, Juliana Freitas;COROA, M. L. M. S.. Identidades, vozes e presenças indígenas na universidade de Brasília sob a ótica da Análise de Discurso Crítica. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Lingüística) - Universidade de Brasília.

Juliana de Freitas Dias

DIAS, JULIANA DE FREITAS; COROA, M. L. M. S.. Identidades, vozes e presenças indígenas na Universidade de Brasília sob a ótica da Análise de Discurso Crítica. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Linguística) - Universidade de Brasília.

Enrique Huelva Unternbäumen

UNTERNBÄUMEN, ENRIQUE HUELVA; COROA, M. L.; DIAS, J.. Identidades, vozes e presenças indígenas na Universidade de Brasília sob a ótica da Análise de Discurso Crítica.. 2017. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade de Brasília.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Juliana de Freitas Dias

Práticas discursivas e sociais da presença indígena na Universidade de Brasília: construindo caminhos para a permanência e troca de saberes sob o foco a Análise de Discurso crítica; Início: 2018; Tese (Doutorado em Doutorado em Lingüística) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Juliana de Freitas Dias

Identidades, vozes e presenças indígenas na Universidade de Brasília sob a ótica da Análise de Discurso Crítica; 2017; Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nubia Batista da Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Teresinha Marcis

Alfabetização de jovens e adultos e a afirmação da identidade étnica do povo Tupinambá de Olivença: O processo de formação de alfabetizadoras e alfabetizadores populares de jovens e adultos, ministrado pelo CAPOREC em Olivença no período de 1996 à 2004; ; 2006; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS) - Universidade Estadual de Santa Cruz; Orientador: Teresinha Marcis;

Juliana de Freitas Dias

Identidades, vozes e presenças indígenas na Universidade de Brasília sob a ótica da Análise de Discurso Crítica; 2016; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Linguística) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Juliana de Freitas Dias;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVA, N. B. ; VENTUROSO, B. ; DIAS, R. S. ; DUARTE, L. R. . A IDENTIDADE INDÍGENA EM MATERIAIS DIDÁTICOS: UM OLHAR CRÍTICO SOBRE A CONSTRUÇÃO DA DIFERENÇA. Brasília - DF: UnB, 2018 (Capítulo de livro aceito para publicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2007

TROFÉU ZEFERINA, CEPAIA - Universidade do Estado da Bahia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2011 - 2012

    Fundação de Administração e Pesquisa Econômico-Social

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: AUXILIAR PEDAGOGICO, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Desenvolver atividades de planejamento e formação pedagógica de educadores que atuam com educação Profissional no estado da Bahia

  • 2010 - 2010

    Ministério da Educação

    Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultora.MEC/FNDE/OEI Cooperação Tecnica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Elaboração de projetos técnicos especializados para estruturação da oferta de ações, projetos e programas educacionais relacionados à educação do campo, indígena e quilombola no contexto do PDE ? Plano de Desenvolvimento da Educação.

  • 2008 - 2009

    Secretaria de Educação do Estado da Bahia

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Educação DAÍ-5 Coord.INDÍGENA, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Acompanhar as escolas indígenas com objetivo de implantar e/ou implementar o seu projeto pedagógico, em consonância com o projeto societário de cada comunidade; produzir e enviar relatórios periódicos à Secretaria Estadual de Educação sobre a situação das unidades escolares; Estimular, articular e participar da elaboração de projetos especiais junto à comunidade escolar; Participar da elaboração, acompanhamento e avaliação em conjunto com a direção da unidade escolar indígena dos planos, programas e projetos voltados para o desenvolvimento do sistema de ensino em relação aos aspectos pedagógicos, administrativos, financeiros, de pessoal e recursos materiais; Estimular e apoiar ações visando a revitalização da língua própria da etnia, em que se está inserida a unidade escolar indígena, assegurando o ensino bilíngüe aos educandos.

  • 1999 - 2008

    Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional

    Vínculo: Tec em Educação Não Formal, Enquadramento Funcional: TECNICA EM EDUCAÇÃO, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Assessoria a Movimentos Populares; Coordenação e assessoria a eventos formativos nas áreas de Educação do Campo, Indígena e Políticas Públicas e Desenvolvimento Sustentável Solidário; Coordenação de Projetos formativos em área de Direitos Humanos; Elaboração de Relatórios e Materiais Didáticos de Formação.

  • 1997 - 1997

    Universidade Estadual de Santa Cruz

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: ESTÁGIO EM EDUCAÇÃO, Carga horária: 20

    Outras informações:
    ESTAGIÁRIA AO TÍTULO DE AUXÍLIO A EDUCAÇÃO PELO TRABALHO

  • 1993 - 1994

    PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: PROFESSORA C I N1, Carga horária: 20

    Outras informações:
    ENSINO PÚBLICO REGULAR PARA PRIMEIRO GRAU. Primário

  • 2016 - Atual

    Universidade de Brasília, UnB

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Sou estudante indígena bolsista da CAPES desde 2016 como mestranda, atualmente no doutorado na Análise do Discurso Crítica