Gustavo Rodrigo Rodrigues

Graduação em História na Universidade Católica Dom Bosco - UCDB (2010). Foi bolsista PIBIC/UCDB de 2008 a 2010 pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas das Populações Indígenas - NEPPI. Atualmente trabalhando como professor de História, Sociologia e Filosofia.

Informações coletadas do Lattes em 29/09/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Graduação em História

2008 - 2010

Universidade Católica Dom Bosco
Orientador: Neimar Machado de Sousa.
Bolsista do(a): Universidade Católica Dom Bosco, UCDB, Brasil.

Formação complementar

2010 - 2010

PHL - Personal Home Library - Entrada de Dados. (Carga horária: 40h). , Universidade Católica Dom Bosco, UCDB, Brasil.

2008 - 2008

Oficina de Redação. (Carga horária: 40h). , Universidade Católica Dom Bosco, UCDB, Brasil.

Participação em eventos

X Encontro de História de Mato Grosso do Sul, Simpósio Internacional de História e XIII Semana de História -.Conflitos e negociações entre colonos e índios Guarani no Mato Grosso (1880-1910).. 2010. (Seminário).

"I MESA REDONDA SOB O TEMA: AVANÇOS E DESAFIOS NO PROCESSO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA OS POVOS INDÍGENAS DO MS".. 2010. (Encontro).

74º Colóquio em Desenvolvimento Local: "Natureza, cultura e desenvolvimento".. 2010. (Outra).

8ª Semana Nacional de Museus do IBRAM no Museu das Culturas Dom Bosco - MCDB..1º Encontro da Rede de Cooperação Museológica de Mato Grosso do Sul - RECOMUS-MS.. 2010. (Outra).

III Seminário povos indígenas e sustentabilidade: saberes locais, educação e autonomia.. 2009. (Seminário).

Fim de Tarde Libanesa no Arquivo Histórico de Campo Grande.. 2009. (Encontro).

4 Encontro de Acadêmicos Indígenas de Mato Grosso do Sul. 2009. (Encontro).

XIII ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UCDB.Conflitos e negociações entre colonos e índios Guarani no Mato Grosso (1880-1910).. 2009. (Encontro).

69 Colóquio em Desenvolvimento Local: "O discurso científico e a produção de textos acadêmicos".. 2009. (Outra).

VII Aula de Gala de História do Brasil I.Teatro. 2009. (Outra).

72 Colóquio em Desenvolvimento Local: "Mitos e preconceios do turismo".. 2009. (Outra).

Inauguração do Museu das Culturas Dom Bosco - MCDB. 2009. (Outra).

73 Colóquio em Desenvolvimento Local: "História, Cotidiano e Cidade".. 2009. (Outra).

"Racismo e outras formas de Preconceito". 2009. (Outra).

III Semana de História UCDB: 50 Anos revolução cubana - Historiografia e perspectivas. 2009. (Outra).

VIII Aula de Gala de História do Brasil II.O Juiz de Paz na Roça. 2009. (Outra).

Os Terenas de Buriti: formas, organizacionais, territorialização e representações da identidade étnica.. 2009. (Outra).

Processo de Aplicação de Provas da Avaliação Externa da REME para 3º, 4º e 7º anos do Ensino Fundamental..Processo de Aplicação de Provas da Avaliação Externa da REME para 3º, 4º e 7º anos do Ensino Fundamental.. 2009. (Outra).

Semana de História da UCDB: Bicentenário da chegada da família real ao Brasil.. 2008. (Outra).

A Bolívia Ontem e Hoje.. 2008. (Outra).

74 Colóquio em Educação: "A POLÍTICA DE LÍNGUA INDÍGENA NO IMPÉRIO".. 2008. (Outra).

71 Colóquio em Educação: "A EDUCAÇÃO INFANTIL EM DEBATE: A FORMAÇÃO DE PROFESSORES E A ESCOLARIDADE DE 9 ANOS".. 2008. (Outra).

V Aula de Gala de História do Brasil I. 2008. (Outra).

VI Aula de Gala sobre o Império Brasileiro. 2008. (Outra).

I Colóquio em História: "60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e 40 anos do Ato Institucional n. 05".. 2008. (Outra).

Educação inclusive na perspectiva da pedagogia.. 2008. (Outra).

Os 120 anos da abolição da escravatura.. 2008. (Outra).

Comemoração ao Dia do Índio - Visita a Aldeia Limão Verde.. 2008. (Outra).

Foi orientado por

Antonio Jacó Brand

conflitos e negociações entre colonos e índios guarani no Mato Grosso - 1880-1915; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Historia) - Universidade Católica Dom Bosco, Universidade Católica Dom Bosco; Orientador: Antonio Jacó Brand;

Neimar Machado de Sousa

Nos Domínios da Matte: a educação das elites no sul de Mato Grosso nas primeiras décadas do século XX; ; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Católica Dom Bosco; Orientador: Neimar Machado de Sousa;

Neimar Machado de Sousa

CONFLITOS E NEGOCIAÇÕES ENTRE COLONOS E ÍNDIOS GUARANI NO MATO GROSSO (1880-1910); 2009; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Católica Dom Bosco, Programa de Bolsas de Iniciação Científica Ucdb; Orientador: Neimar Machado de Sousa;

Produções bibliográficas

  • RODRIGUES, Gustavo R. ; Sousa, N. M. ; BRAND, A. J. . Conflitos e negociações entre colonos e índios Guarani no Mato Grosso (1880-1910).. In: X Encontro de História de Mato Grosso do Sul, Simpósio Internacional de História e XIII Semana de História -, 2010, Três Lagoas - MS. "As muitas (in)dependências das Américas: dois séculos de História.", 2010.

  • RODRIGUES, Gustavo R. ; Sousa, N. M. . Conflitos e negociações entre colonos e índios Guarani no Mato Grosso (1880-1910).. In: XIII ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UCDB, 2009, Campo Grande - MS. XIII ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UCDB. Campo Grande - MS: UCDB, 2009. v. 1. p. 90-90.

  • RODRIGUES, Gustavo R. ; CASTILHO, M. A. ; Fernando Augusto Azambuja de Almeida . VIII Aula de Gala de História do Brasil II. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • RODRIGUES, Gustavo R. ; CASTILHO, M. A. ; Fernando Augusto Azambuja de Almeida . VII Aula de Gala de História do Brasil I. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Projetos de pesquisa

  • 2009 - 2010

    Conquistadores, colonizadores e fazendeiros: a história das fronteiras guarani no Mato Grosso (1748-1915), Descrição: O presente projeto faz parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UCDB, no período de Agosto de 2008 a Julho de 2009 perfazendo assim uma carga horária mínima de 800 horas. O projeto trata do território guarani após as terras terem passado para o domínio português (Província do Mato Grosso, 1748) e do Tratado de Madri (1750). Os Guarani ocupavam amplo território na bacia do rio da Prata, em terras sob a jurisdição das autoridades espanholas. Com o pós-guerra, imprimiu-se um novo cenário econômico no sul de Mato Grosso, com o arrendamento dos ervais nativos, para a Empresa Companhia Mate Larangeira. O Serviço de Proteção aos Índios, SPI, demarcou, entre os anos de 1915 e 1928, para os Guarani e Kaiowá, um total de oito reservas de terra, o que resultou em confinamento dos Guarani e Kaiowá e a liberação do restante do território para a colonização. A política do SPI significou o esforço de impor uma nova territorialidade, sendo os índios percebidos apenas como possíveis agricultores ou mão-de-obra. A metodologia prevê ampla revisão bibliográfica e documental e trabalho com fontes orais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Gustavo Rodrigo Rodrigues - Coordenador / Antonio Jacó Brand - Integrante / Rosa Sebastiana Colman - Integrante / Eva Maria Luis Ferreira - Integrante / Neimar Machado de Sousa - Integrante / AZAMBUJA DE ALMEIDA, F. A - Integrante., Financiador(es): Universidade Católica Dom Bosco - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2008 - 2009

    Conquistadores, colonizadores e fazendeiros: a história das fronteiras guarani no Mato Grosso (1748-1910), Descrição: O presente projeto faz parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UCDB, no período de Agosto de 2008 a Julho de 2009 perfazendo assim uma carga horária mínima de 800 horas. O projeto trata do território guarani após as terras terem passado para o domínio português (Província do Mato Grosso, 1748) e do Tratado de Madri (1750). Os Guarani ocupavam amplo território na bacia do rio da Prata, em terras sob a jurisdição das autoridades espanholas. Com o pós-guerra, imprimiu-se um novo cenário econômico no sul de Mato Grosso, com o arrendamento dos ervais nativos, para a Empresa Companhia Mate Larangeira. O Serviço de Proteção aos Índios, SPI, demarcou, entre os anos de 1915 e 1928, para os Guarani e Kaiowá, um total de oito reservas de terra, o que resultou em confinamento dos Guarani e Kaiowá e a liberação do restante do território para a colonização. A política do SPI significou o esforço de impor uma nova territorialidade, sendo os índios percebidos apenas como possíveis agricultores ou mão-de-obra. A metodologia prevê ampla revisão bibliográfica e documental e trabalho com fontes orais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Gustavo Rodrigo Rodrigues - Integrante / Fernando Augusto Azambuja de Almeida - Integrante / Antonio Jacó Brand - Coordenador / Rosa Sebastiana Colman - Integrante / Eva Maria Luis Ferreira - Integrante / Neimar Machado de Sousa - Integrante., Financiador(es): Universidade Católica Dom Bosco - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

Histórico profissional

Experiência profissional

2008 - 2009

Universidade Católica Dom Bosco

Vínculo: Outro (Bolsista Pibic/UCDB), Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Pesquisa concluida.