Luciana Fernandes Portela

Formada em ciências biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro tendo concluído mestrado e doutorado na Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/FIOCRUZ) com ênfase em epidemiologia. Especialista em Saúde do Trabalhador pela mesma instituição. Desde 2000 desenvolvo, junto à equipe de pesquisa do Laboratório de Educação em Ambiente e Saúde/FIOCRUZ, investigações na área de epidemiologia e saúde. Minha prática de trabalho envolve elaboração de projetos de pesquisa e artigos científicos, análises de dados quantitativos em saúde e condução de testes estatísticos. Além disso, fui responsável pelo treinamento, certificação e coordenação de equipes para a condução de estudos epidemiológicos. Professora colaboradora da disciplina ?Métodos Quantitativos? oferecida para os cursos de mestrado e doutorado em Enfermagem da Escola de Enfermagem Anna Nery/UFRJ e professora coordenadora da disciplina ?Epidemiologia: noções básicas aplicadas à saúde do trabalhador? oferecida para os cursos de mestrado e doutorado do Programa de Saúde Pública/ENSP/FIOCRUZ nos anos letivos de 2016 e 2017. Aprovação, por meio de processo seletivo público, como professora substituta do Depto. de Epidemiologia e Bioestatística do Instituto de Saúde da Comunidade da Universidade Federal Fluminense (UFF). Onde atuei como docente de agosto de 2016 a maio de 2017. Ao longo de minha carreira acadêmica acumulo mais de 20 artigos publicados em revistas nacionais e internacionais, participações em congressos e orientações de mestrado e doutorado

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Saúde Pública

2008 - 2012

Escola Nacional de Saúde Pública
Título: Relações entre o estresse psicossocial no trabalho segundo o modelo demanda-controle e a pressão arterial monitorada: o papel do trabalho doméstico
Orientador: Lúcia Rotenberg e Rosane Harter Griep
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: saúde do trabalhador; trabalho hospitalar; hipertensão arterial.Grande área: Ciências da Saúde

Mestrado em Saúde Pública

2001 - 2003

Escola Nacional de Saúde Pública
Título: Morbidade referida em profissionais de enfermagem: relações com o horário de trabalho, jornada semanal e trabalho doméstico,Ano de Obtenção: 2003
Orientador: Lucia Rotenberg e William Waissmann
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: saúde do trabalhador; cronobiologia; turno noturno; equipes de enfermagem; trabalho em turnos.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública. Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas; Outros.

Especialização em Especialização Em Saúde do Trabalhador

2000 - 2000

Escola Nacional de Saúde Pública
Orientador: Ubirajara Aluizio Mattos e Julio Fortes

Graduação em Ciências Biológicas

1995 - 1999

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: O ciclo vigília-sono de trabalhadores do turno noturno em um fábrica na cidade do Rio de Janeiro
Orientador: Lucia Rotenberg
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2013 - 2017

Pós-Doutorado. , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências da Saúde, Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Curso Básico de Boas Práticas Clínicas. (Carga horária: 24h). , Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, INI, Brasil.

2013 - 2014

Ferramentas de análise epidemiológicas aplicadas ao campo da S.T.. (Carga horária: 960h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: saúde do trabalhador.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Ciclo de Seminários do Grupo dos Coletivos de Trabalho e das Práticas Organizacionais.O uso de ferramentas da pesquisa quantitativa nas investigações sobre saúde do trabalhador - contribuições da epidemiologia ocupacional. 2018. (Seminário).

International Network on Brief Interventions for Alcohol and Other Drugs. CONSUMPTION OF PSYCHOACTIVE SUBSTANCES IN TUBERCULOSIS PATIENTS: INTERFACE TO ADHERENCE TO TREATMENT AND BRIEF INTERVENTION. 2017. (Congresso).

X Congresso Brasileiro de Epidemiologia. ASSOCIAÇÃO ENTRE O TRABALHO NOTURNO E O ESTRESSE PSICOSSOCIAL NO TRABALHO EM ENFERMEIROS. 2017. (Congresso).

X Seminário Internacional ? Núcleos de Pesquisa e a Produção do Conhecimento na Enfermagem.Consumo de substâncias psicoativas em pacientes com tuberculose: interface com a adesão ao tratamento e a intervenção breve. 2017. (Seminário).

2011 IMS-CHESS Workshop.The influence of domestic overload on the association between job strain at work and ambulatory blood pressure among female nursing workers. 2011. (Oficina).

VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia. Insônia e problemas cardiovasculares autoreferidos entre os profissionais de enfermagem. 2011. (Congresso).

VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia. Associação entre a exposição ao desequilíbrio esforço-recompensa (DER) e ao excesso de comprometimento (EC) no trabalho e a ocorrência de distúrbios psíquicos menores em mulheres profissionais da enfermagem. 2011. (Congresso).

4th ICOH International Conference on Psychosocial Factors at Work. Psychosocial work environment using two job stress models and self-rated health among nurses team. 2010. (Congresso).

Third ICOH International Conference on Psychosocial Factors at Work. Self-reported hypertension and job strain in nursing teams. 2008. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Elizabeth Camacho Fonseca Soares

PORTELA, L. F.; ZEITOUNE, R. C. G.; SOUZA, N. V. D. O.. Riscos ocupacionais e danos à saúde do trabalhador de enfermagem na sala de vacinação. 2018. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Kayo Henrique Jardel Feitosa Souza

ZEITOUNE, R. C. G.;PORTELA, L. F.. Fatores associados aos transtornos mentais comuns entre trabalhadores da enfermagem em um hospital psiquiátrico. 2017. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Priscilla de Oliveira Nascimento

PORTELA, L. F.; LEITE, I. C. G.; GRECCO, R. M.. Avaliação da capacidade de trabalho dos agentes comunitários de saúde do município de Juiz de Fora. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Priscila de Oliveira Nascimento

GRECCO, R. M.;PORTELA, L. F.; LEITE, I. C. G.. Avaliações da capacidade de trabalho dos agentes comunitários de saúde. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Denise Cristina Alves de Moura

PORTELA, L. F.; PASCHOALIN, H. C.; GRECCO, R. M.. Demandas psicológicas e controle do processo de trabalho dos técnicos administrativos em educação de uma universidade pública. 2014. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Maria Luiza Figueiredo Nogueira

ZEITOUNE, R. C. G.; SOUZA, M. A.;PORTELA, L. F.; OLIVEIRA, E. B.; ABREU, ANGELA MENDES. O estresse no trabalho dos enfermeiros e enfermeiras em oncologia e os danos à saúde. 2019. Tese (Doutorado em enfermagem) - Escola de Enfermagem Anna Nery UFRJ.

Aluno: ANNA BIANCA RIBEIRO MELO

MAURO, M. Y. C.;PORTELA, L. F.; VALENTE, G. S. C.; ABREU, ANGELA MENDES; FARIAS, S.. Análise das condições laborais dos enfermeiros hospitalares e a associação com a qualidade de vida no trabalho na pós-modernidade. 2019. Tese (Doutorado em enfermagem) - Escola de Enfermagem Anna Nery UFRJ.

Aluno: Raquel Juliana de Oliveira

PORTELA, L. F.; ZEITOUNE, R. C. G.. Resiliência e danos à saúde do docente de enfermagem: contribuições para a saúde do trabalhador. 2016. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Kali Siqueira

AGUIAR, O. B.;PORTELA, L. F.; TEIXEIRA, L. R.; CARDOSO, L. O.. Trabalho noturno e estado nutricional: um estudo em profissionais de enfermagem. 2014. Tese (Doutorado em Epidemiologia) - Escola Nacional de Saúde Pública.

Aluno: Patrícia Alexandra da Graça Dantas dos Reis

PORTELA, L. F.; Costa, JC; Theme, MM; Pereira, CCA. Saúde materna e infantil em São Tomé e Príncipe. 2012. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública.

Aluno: ANNA BIANCA RIBEIRO MELO

PORTELA, L. F.; FARIAS, S.. Condições de trabalho do enfermeiro no ambiente hospitalar, estresse ocupacional e qualidade de vida no trabalho na pós-modernidade. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Maria Luiza Figueiredo Nogueira

PORTELA, L. F.; SOUZA, M. A.. O estresse no trabalho dos enfermeiros em concologia e os danos a saúde. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Janaína da Rocha Soares

PORTELA, L. F.; ABREU, ANGELA MARIA MENDES; FARIAS, S.. A qualidade de vida do estudante universitário e sua relação com o uso de substância psicoativas. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em enfermagem) - Escola de Enfermagem Anna Nery UFRJ.

Aluno: Marluce Rodrigues Godinho

PORTELA, L. F.; BONFATTI, R. J.; FERREIRA, A. P.; TEIXEIRA, L. R.. Capacidade para o trabalho e condições de trabalho e saúde nos trabalhadores de uma universidade pública: um estudo de coorte perspectivo. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública.

Aluno: Riany Moura Rocha Brites

PORTELA, L. F.; ABREU, ANGELA MARIA MENDES. Intervenção Breve na redução do consumo de álcool entre os trabalhadores de uma universidade. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Raquel Juliana de Oliveira

MELO, E. C. P.;PORTELA, L. F.; ZEITOUNE, R. C. G.. Resiliência e danos à saúde do docente de enfermagem: contribuições para a saúde do trabalhador. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Kayo Henrique Jardel Feitosa Sousa

ZEITOUNE, R. C. G.;PORTELA, L. F.. Fatores associados aos transtornos mentais comuns entre trabalhadores de enfermagem. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Elizabeth Camacho Fonseca Soares

PORTELA, L. F.. Riscos ocupacionais e danos à saúde do trabalhador de enfermagem na sala de vacinação. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Juliana da Costa Fernandes

PORTELA, L. F.; MELO, E. C. P.;ROTENBERG, L.. Tempo dedicado ao trabalho e autoavaliação da saúde em enfermeiros de hospitais públicos no Rio de Janeiro - uma análise da jornada profissional e doméstica. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Trabalho e Ambiente) - Escola Nacional de Saúde Pública.

Aluno: Denise Cristina Alves de Moura

PORTELA, L. F.; GRECCO, R. M.; PASCHOALIN, H. C.. Demandas psicológicas e controle do processo de trabalho dos técnicos administrativos em educação de uma universidade pública. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de pós-graduação em enfermagem) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Juliana da Costa Fernandes

PORTELA, L. F.. A jornada de trabalho e sua associação no autocuidado dos profissionais enfermeiros do município do do Rio de Janeiro. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Therezinha Nóbrega da Silva

SILVA, M. T. N.; AQUINO, Estela Maria Leão de; MORENO, Cláudia Roberta de Castro; ROTENBERG, Lúcia; MATTOS, Ubirajara Aluízio de Oliveira; WAISSMANN, William. Morbidade Referida em Profissionais da Enfermagem: relações com o horário de trabalho, jornada semanal, e trabalho doméstico.. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública.

Márcia Guimarâes de Mello Alves

FISCHER, F. M.;ALVES, M.G.M.; MILL, J. G.;CHOR, Dóra; ROTEMBERG, L.. Relações entre o estresse psicossocial no trabalho segundo o modelo demanda-controle e a pressão arterial monitorada: o papel do trabalho doméstico. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Márcia Guimarâes de Mello Alves

ALVES, M.G.M.; WAISSMAN, W; Rottemberg, L.. Pressão arterial em profissionais da enfermagem e sua relação com o desgaste no trabalho avaliado através do estresse ocupacional. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

DORA CHOR

Chor, DoraMILL, José GeraldoRotenberg LALVES, Márcia Guimarães de MelloFISCHER, F. M.. Relações entre o estresse psicossocial no trabalho segundo o modelo demanda-controle e a pressão arterial monitorada: o papel do trabalho doméstico. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Frida Marina Fischer

Rotenberg, L.Chor, D.; Mill, J.G.; Alves, M.G. M.;Fischer, F M. Relações entre o estresse psicossocial no trabalho segundo o modelo demanda-controle e a pressão arterial monitorada: o papel do trabalho doméstico. 2012. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

WILLIAM WAISSMANN

WAISSMANN, W.. Morbidade referida em profissionais da enfermagem: relações com horário de trabalho, jornada semanal e trabalho doméstico. 2003. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Estela Maria Motta Lima Leão de Aquino

AQUINO,Estela Maria; ROTENBERG, Lúcia; MORENO, Cláudia Roberta de Castro. Morbidade referida em profissionais de enfermagem: relações com o horário de trabalho, jornada semanal e trabalho doméstico.. 2003. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

José Geraldo Mill

Fischer FM;Chor DMILL, J. G.; Melo-Aires MM; Rotenberg L. Relações entre o estresse psicossocial no trabalho segundo o modelo demanda-controle e a pressão arterial monitorada: o papel do trabalho doméstico.. 2012. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Waisenhowerk Vieira de Melo

MELO, W. V.. Ciclo vigília-sono de operárias do turno noturno de uma indústria na cidade do Rio de Janeiro.. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Ubirajara Aluizio de Oliveira Mattos

MATTOS, U. A. O.; ROTENBERG, Lúcia; WAISSMANN, Willian. Morbidade referida e gerenciamento do tempo em profissionais de enfermagem:relaçõescom o horário de trabalho, jornada de trabalho e trabalho doméstico. 2003. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Nasser Ribeiro Asad

PORTELA, L. F.;Asad, N R. Ciclo Vigília/Sono de Operárias do Turno Noturno de uma Indústria na Cidade do Rio de Janeiro. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Larissa Rodrigues Mattos

ASSOCIAÇÃO ENTRE A RELIGIOSIDADE E A CESSAÇÃO DO TABAGISMO EM USUÁRIOS ATENDIDOS PELA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Coorientador);

Rafaela Maria Figueiredo da Costa

Saúde do trabalhador caminhoneiro e os fatores associados aos acidentes de trânsito; Início: 2015; Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Coorientador);

sonia sueli do espirito santo

Consumo de álcool em pacientes com tuberculose pulmonar: interface com a adesão ao tratamento e a intervenção breve; Início: 2015; Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Coorientador);

Juliana da Costa Fernandes

Tempo dedicado ao trabalho e autoavaliação da saúde em enfermeiros de hospitais públicos no Rio de Janeiro - uma análise da jornada profissional e doméstica; 2015; Dissertação (Mestrado em Saúde Trabalho e Ambiente) - Escola Nacional de Saúde Pública, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Luciana Fernandes Portela;

Nataly da Rocha Queiroz

Padrão de consumo de drogas e fator de proteção aliado a religiosidade: uma visão na estratégia saúde da familia; 2014; Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Coorientador: Luciana Fernandes Portela;

Jahina Moura Vidal

Padrão de consumo do álcool e saúde do trabalhador offshore; 2014; Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro,; Coorientador: Luciana Fernandes Portela;

Graciela Machado Piereck de Sá

O ESTRESSE PSICOSSOCIAL DO ENFERMEIRO EM ONCOLOGIA: Uma Análise a Partir da Escala Desequilíbrio Esforço-Recompensa; 2013; Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro,; Coorientador: Luciana Fernandes Portela;

Adenilda Arruda

O trabalho noturno e sofrimento psíquico de profissionais de saúde em dois hospitais de Manaus; ; 2014; Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública,; Coorientador: Luciana Fernandes Portela;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Lúcia Rotenberg

Morbidade referida e gerenciamento do tempo entre profissionais da enfermagem: relações com o trabalho noturno, as longas jornadas e o trabalho doméstico; 2003; Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Lúcia Rotenberg;

Lúcia Rotenberg

Estresse psicossocial no trabalho segundo modelo demanda-controle e a pressão arterial monitorada: o papel do trabalho doméstico; 2012; Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública,; Orientador: Lúcia Rotenberg;

Lúcia Rotenberg

2013; Escola Nacional de Saúde Pública, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Lúcia Rotenberg;

Lúcia Rotenberg

Pesquisa Longitudinal na área de Saúde do Trabalhador; 2012; Orientação de outra natureza; (Capacitação em Serviço) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz; Orientador: Lúcia Rotenberg;

Lúcia Rotenberg

Estresse no trabalho e sua associação com a hipertensão arterial em profissionais da enfermagem; 2007; Orientação de outra natureza - Fundação Oswaldo Cruz, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Lúcia Rotenberg;

WILLIAM WAISSMANN

Morbidade referida em profssionais da enfermagem: relações com o horário de trabalho, jornada semanal e trabalho doméstico; 2003; 98 f; Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: William Waissmann;

Marcos Rochedo Ferraz

Ciclo vigília-sono de operárias do turno noturno de uma fábrica no Rio de Janeiro; ; 1999; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Marcos Rochedo Ferraz;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SOUSA, K. H. J. F. ; LOPES, D. P. ; TRACERA, G. M. P. ; ABREU, ANGELA MARIA MENDES ; PORTELA, L. F. ; ZEITOUNE, R. C. G. . Transtornos mentais comuns entre trabalhadores de enfermagem de um hospital psiquiátrico. ACTA PAUL DE ENFERM , v. 32, p. 1-10, 2019.

  • BRITES, RIANY MOURA ROCHA ; ABREU, ANGELA MARIA MENDES ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES . REDUCTION OF THE ALCOHOL CONSUMPTION AMONG WORKERS USING A BRIEF INTERVENTION. Texto e Contexto. (UFSC Impresso) , v. 28, p. 1, 2019.

  • MATTOS, LARISSA RODRIGUES ; ABREU, ÂNGELA MARIA MENDES ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; JOMAR, RAFAEL TAVARES ; PAIXÃO, LOUISE ANNE REIS DA . Cessação do tabagismo entre usuários da estratégia saúde da família. REVISTA ENFERMAGEM UERJ , v. 27, p. e38987, 2019.

  • Moura, DCA ; GRECO, R. M. ; PASCHOALIN, H. C. ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; ARREGUY, C. ; CHAOUBAH, A. . Demandas psicológicas e controle do processo de trabalho de servidores de uma universidade pública. Ciência & Saúde Coletiva , v. 23, p. 481-490, 2018.

  • DE OLIVEIRA, DAIANA RANGEL ; Griep, Rosane Härter ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; ROTENBERG, LUCIA . Intention to leave profession, psychosocial environment and self-rated health among registered nurses from large hospitals in Brazil: a cross-sectional study. BMC Health Services Research (Online) , v. 17, p. 1-10, 2017.

  • SOUZA, G. F. ; FERREIRA, A. P. ; MOREIRA, M. F. R. ; PORTELA, L. F. . Fatores de riscos ocupacionais e implicações à saúde do trabalhador em biotérios. Saúde em Debate , v. 41, p. 188-198, 2017.

  • FERNANDES, JULIANA DA COSTA ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; GRIEP, ROSANE H?RTER ; ROTENBERG, L?CIA . Working hours and health in nurses of public hospitals according to gender. REVISTA DE SAUDE PUBLICA , v. 51, p. 1-14, 2017.

  • VIDAL, JAHINA MOURA ; ABREU, ANGELA MENDES ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES . Estresse psicossocial no trabalho e o padrão de consumo de álcool em trabalhadores offshore. Cadernos de Saude Publica , v. 33, p. 1-7, 2017.

  • VASCONCELLOS, ILMEIRE RAMOS ROSEMBACH DE ; Griep, Rosane Härter ; PORTELA, LUCIANA ; ALVES, MÁRCIA GUIMARÃES DE MELLO ; ROTENBERG, LÚCIA . Transcultural adaptation to Brazilian Portuguese and reliability of the effort-reward imbalance in household and family work. Revista de Saúde Pública (Online) , v. 50, p. 1-13, 2016.

  • PORTELA, L. F. ; LUNA, C. K. ; ROTENBERG, L. ; SILVA-COSTA, A. ; TOIVANEN, S. ; ARAUJO, T. ; Griep, RH . Job Strain and Self-Reported Insomnia Symptoms among Nurses: What about the Influence of Emotional Demands and Social Support?. BIOMED RES INT , v. 2015, p. 1-8, 2015.

  • QUEIROZ, NATALY DA ROCHA ; Portella, Luciana Fernandes ; ABREU, ANGELA MARIA MENDES . Associação entre o consumo de bebidas alcoólicas e tabaco e a religiosidade. Acta Paulista de Enfermagem (Online) , v. 28, p. 546-552, 2015.

  • GRIEP, ROSANE ; BASTOS, LEONARDO S ; FONSECA, MARIA ; SILVA-COSTA, ALINE ; PORTELA, LUCIANA ; TOIVANEN, SUSANNA ; ROTENBERG, LUCIA . Years worked at night and body mass index among registered nurses from eighteen public hospitals in Rio de Janeiro, Brazil. BMC Health Services Research (Online) , v. 14, p. 603, 2014.

  • PORTELA, L. F. ; Griep, Rosane Härter ; LANDSBERGIS, Paul ; ROTENBERG, L. . Self-reported hypertension and job strain in nursing personnel: Assessing two different formulations of the demand-control model. Clinical Nursing Studies , v. 3, p. 46-52, 2014.

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; ALMEIDA, A. L. P. ; LANDSBERGIS, P. ; Griep, RH . The Influence of Domestic Overload on the Association between Job Strain and Ambulatory Blood Pressure among Female Nursing Workers. International Journal of Environmental Research and Public Health , v. 10, p. 6397-6408, 2013.

  • GRIEP, ROSANE HÄRTER ; FONSECA, MARIA DE JESUS MENDES DA ; MELO, ENIRTES CAETANO PRATES ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; ROTENBERG, LUCIA . Enfermeiros dos grandes hospitais públicos no Rio de Janeiro: características sociodemográficas e relacionadas ao trabalho. Revista Brasileira de Enfermagem (Impresso) , v. 66, p. 151-157, 2013.

  • FERNANDES, JULIANA DA COSTA ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; ROTENBERG, LUCIA ; GRIEP, ROSANE HARTER . Working hours and health behaviour among nurses at public hospitals. Revista Latino-Americana de Enfermagem , v. 21, p. 1104-1111, 2013.

  • ROTENBERG, LÚCIA ; GOMES, LUCIANA ; PESSANHA, JOSEANE ; GRIEP, ROSANE HARTER ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; DE JESUS MENDES FONSECA, MARIA . Las Tareas Domesticas y Recuperación Del Trabajo Entre Los Equipos De Enfermería: Una Perspectiva De Género. New Solutions (Print) , v. 20, p. 497-510, 2010.

  • ROTENBERG, LÚCIA ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; BANKS, BAHBY ; GRIEP, ROSANE HARTER ; FISCHER, FRIDA MARINA ; LANDSBERGIS, Paul . A gender approach to work ability and its relationship to professional and domestic work hours among nursing personnel. APPLIED ERGONOMICS , v. 39, p. 646-652, 2008.

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; Waissmann, W. . Health, sleep and lack of time: relations to domestic and paid work in nurses. REVISTA DE SAUDE PUBLICA , São Paulo, v. 39, n.5, p. 802-808, 2005.

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; Waissmann, W. . Self-Reported Health and Sleep Complaints Among Nursing Personnel Working Under 12 h Night and Day Shifts. CHRONOBIOLOGY INTERNATIONAL , Nova York, v. 21, n.6, p. 859-870, 2004.

  • MARCONDES, W. ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; MORENO, C. R. . O peso do trabalho leve feminino à saúde. São Paulo em Perspectiva , v. 17, n.2, p. 91-101, 2003.

  • MATTOS, U. A. O. ; FORTES, J. D. N. ; SHUBO, A. M. R. ; PORTELA, L. F. ; GOMEZ, M. B. ; TABALIPPA, M. ; SHUBO, T. . Avaliação e diagnóstico das condições de trabalho em duas indústrias de baterias chumbo-ácidas no Estado do Rio de Janeiro. Ciência & Saúde Coletiva , v. 8, n.4, p. 1047-1056, 2003.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; MARCONDES, W. ; MORENO, C. R. ; NASCIMENTO, C. P. . Gênero e trabalho noturno: sono, cotidiano e vivências de quem troca o dia pela noite. Cadernos de Saúde Pública (FIOCRUZ) , Rio de Janeiro/Brasil, v. 17, p. 639-649, 2001.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; DUARTE, R. A. . Gender and sleep in nightworkers: a quantitative analysis of sleep in days off.. Journal of Human Ergology, Tóquio, v. 30, n.1/2, p. 350-355, 2001.

  • ROTENBERG, L. ; MORENO, C. R. ; PORTELA, L. F. ; BENEDITO-SILVA, A. A. ; MENNA-BARRETO, L. . The Amount of sleep and complaints on fatigue and poor sleep, in night-working women: the effects of having children. Biological Rhythm Research , Holanda, v. 31, p. 515-522, 2000.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; MARCONDES, W. ; MORENO, C. R. ; NASCIMENTO, C. P. . Gender and diurnal sleep in night workers at a Brazilian industry. Arbeitswissenschaft in der betrieblichen praxis , Berlim, v. 17, p. 305-309, 2000.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; MARCONDES, W. ; MORENO, C. R. ; NASCIMENTO, C. P. . Trocando o dia pela noite: uma análise do trabalho noturno sob a ótica de gênero. In: RM Barbosa; EML Aquino; ML Heilborn; E. Berquó. (Org.). Interfaces. Gênero, Sexualidade e Saúde Reprodutiva. Capinas: Editora de Universidade de Campinas, 2002, v. , p. 389-428.

  • ARRUDA, A. ; PORTELA, L. F. ; Griep, RH ; SILVA-COSTA, A. ; ROTENBERG, L. . The relationship between night work and mental health among hospital workers.. In: Epicoh, 2014, Chicago. Occupational & environmental medicine, 2014. v. 71. p. A87-A88.

  • SA, G. P. ; FARIAS, S. ; GRIEP, ROSANE HÄRTER ; PORTELA, L. F. . Psychosocial stress of nurses in oncology: effort-reward imbalance scale. In: EPICOH 2014, 2014, Chicago. Occupational & Environmental Medicine, 2014. v. 71. p. A61-A61.

  • LUNA, C. K. ; ROTENBERG, L. ; SILVA-COSTA, A. ; TOIVANEN, S. ; ARAUJO, T. ; PORTELA, L. F. ; GRIEP, ROSANE HÄRTER . Associations between job stress, social support and insomnia among nurses. In: EPICOH 2014, 2014, Chicago. Occupational & Environmental Medicine. v. 71. p. A80-A80.

  • ROTENBERG, L. ; GRIEP, ROSANE HÄRTER ; SILVA-COSTA, A. ; PORTELA, L. F. ; DINIZ, T. B. ; ARRUDA, A. . Long night shifts among health workers and physical and mental health: the influence of on-shift nap and domestic work. In: EPICOH 2014, 2014, Chicago. Occupational & Environmental Medicine, 2014. v. 71. p. A123-A123.

  • GRIEP, ROSANE HÄRTER ; BASTOS, L. S. ; de Jesus Mendes Fonseca, M ; SILVA-COSTA, A. ; PORTELA, L. F. ; TOIVANEN, S. ; ROTENBERG, LUCIA . Exposure to night work and body mass index among Brazilian nurses. In: 21st International Symposium on Shiftwork and Working Time, 2013, Salvador. Sleep Science. São Paulo: Associação Brasileira do Sono, 2013. v. 6. p. 20-21.

  • GRIEP, ROSANE HÄRTER ; ROTENBERG, L. ; SILVA-COSTA, A. ; SILVA, P. R. V. ; PORTELA, L. F. . Night work, wheight gain and gender among Brazilian nurses. In: European Congress of Epidemiology, 2012, Porto. European Journal of epidemiology. Dordrecht: Springer, 2012. v. 27. p. s36-s37.

  • SILVA-COSTA, A. ; Griep, RH ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. . Insuficient sleep duration and weight gain among registered nurses. In: European Congress of Epidemiology, 2012, Porto. European Journal of epidemiology. Dordrecht: Springer, 2012. v. 27. p. S85-S85.

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; Griep, RH ; LANDSBERGIS, P. . Hipertensão arterial e estresse no trabalho em profissionais da enfermagem. In: XVIII Congresso Mundial de Epidemiologia, 2008, Porto Alegre. Revista Brasileira de Epidemiologia. São Paulo: ABRASCO, 2008.

  • GRIEP, ROSANE HÄRTER ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; LANDSBERGIS, P. . Estresse no trabalho e absenteísmo: combinando dois diferentes modelos. In: XVIII Congresso Mundial de Epidemiologia e VII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2008, Porto Alegre. Revista Brasileira de Epidemiologia, 2008.

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; Griep, RH ; LANDSBERGIS, P. . Self-reported hypertension and job strain in nursing teams. In: International Conference on Psychosocial factors at work, 2008, Quebec. From Knowledge to Action, 2008. v. 1. p. 101-101.

  • Griep, RH ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; LANDSBERGIS, P. . Psychosocial work environment and absenteeism:using two ob stress models. In: International Conference on Psychosocial Factors at work, 2008, Quebec. From knowledge to action, 2008. v. 1. p. 125-125.

  • Soares, RED ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. . Conflicting interests at a Brazilian hospital: controversial 24-hour shifts for nurses. In: International Symposium on Shiftwork and Working Time, 2005, Hoofddorp. Shiftwork International Newsletter, 2005. v. 22. p. 142-142.

  • ROTENBERG, L. ; LANDISBERGIS, P. ; PORTELA, L. F. . Gender, work and health: morbidity and its association with night work, long work hours and domestic workload among nursing personnel. In: Encuentro Latinoamericano Formación y Investifación em Salud Ambiental y Ocupacional, 2004, Santiago. Encuentro Latinoamericano Formación y Investifación em Salud Ambiental y Ocupacional, 2004. v. 00. p. 12-12.

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; Waissmann, W. . Morbidade referida e gerenciamento do tempo em profissionais da enfermagem: relações com os trabalhos profissional e doméstico. In: Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2003, Brasilia. CD Rom, 2003.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; Soares, RED ; GOMES-SILVA, P. ; Ribeiro-Silva, F ; PESSANHA, J. ; BENEDITO-SILVA, A. A. ; CARVALHO, F. A. . Sleep during the night shift and complaints on sleep and fatigue among nursing personnel at two Brazilian public hospitals. In: XVI International Symposium on Night and Shiftwork, 2003, Santos. Shiftwork International Newsletter, 2003. v. 20. p. 159-159.

  • MATTOS, U. A. O. ; FORTES, J. D. N. ; SHUBO, A. M. R. ; PORTELA, L. F. ; GOMEZ, M. B. ; TABALIPPA, M. ; SHUBO, T. . Mapeamento de fatores de risco de acidente e doenças ocupacionais das indústrias de baterias chumbo-ácidas - casos do Rio de Janeiro. In: VII Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2003, Brasília. Anais do Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2003. v. 8.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. . Gender approach to night and shiftwork: What does it add to the field?. In: 27th International Congress on Occupational Health, 2003, Foz do Iguaçu. Annals of the 27th International Congress on Occupational Health, 2003.

  • DUARTE, R. A. ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. . Saúde e trabalho em profissionais de enfermagem: análise comparativa das categorias profissionais. In: 5o. Congresso Brasileiro de Enfermagem, 2002, Recife. Anais do 5o. Congresso Brasileiro de Enfermagem, 2002.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; DUARTE, R. A. ; MARCONDES, W. ; MORENO, C. R. ; NASCIMENTO, C. P. . Trocando o dia pela noite: o impacto do trabalho noturno sob a ótica de gênero. In: II Bienal de Pesquisa da FIOCRUZ, 2002, Rio de Janeiro. Livro de Resumos, 2002. p. 523-523.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; DUARTE, R. A. ; Soares, RED ; FISCHER, F. ; OSORIO, C. . Chronobiology and worker?s health: shiftwork and your association to morbidity among health care workers. In: III Bienal de Pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz, 2002, Rio de Janeiro. Livro de resumos, 2002. p. 364-364.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; DUARTE, R. A. . Gender and sleep in nightworkers: a quantitative analysis of sleep in workdays and rest days. In: XV International Symposium on Night and Shiftwork, 2001, Hayama. Shiftwork International Newsletter., 2001. v. 18. p. 152-152.

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; Waissmann, W. . Morbidade e queixas sobre sono e fadiga em profissionais de enfermagem e sua associação com o trabalho em turnos. In: VII Jornada Científica de Pós-Graduação, 2001, Rio de Janeiro. Livro de Resumos, 2001. p. 142-142.

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; MARCONDES, W. ; MORENO, C. R. ; NASCIMENTO, C. P. . Ciclo vigília-sono de operárias do turno noturno de uma indústria no Rio de Janeiro. In: XIII Reunião Anual da Federação das Sociedades de Biologia Experimental, 1999, Caxambu. Livro de resumos, 1999. p. 344-344.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; MARCONDES, W. ; NASCIMENTO, C. P. ; MORENO, C. R. ; BENEDITO-SILVA, A. A. ; MENNA-BARRETO, L. . Female nightworkers at assembly line: counts and accounts on diurnal sleep. In: International Congresso Women, Work and Health, 1999, Rio de Janeiro. Abstracts book, 1999. p. 230-230.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; MARCONDES, W. ; MORENO, C. R. ; NASCIMENTO, C. P. . Gender aspects of diurnal sleep: what male and female workers do and tell about their sleeping times. In: XIV International Symposium on Night and Shiftwork, 1999, Wiesensteig. Shiftwork International Newsletter, 1999. v. 16. p. 115-115.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; MARCONDES, W. ; MORENO, C. R. ; NASCIMENTO, C. P. . The joint use of qualitative and quantitave approaches in the study of sleep in shiftworkers under a gender viewpoint. In: V Latin American Symposium of Chronobiology, 1999, Buenos Aires. Abstracts book, 1999. p. 54-54.

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; MORENO, C. R. ; BENEDITO-SILVA, A. A. ; MENNA-BARRETO, L. . Sleep and sleep/ fatigue complaints in female nightworkers at an assembly line: differences between those who have and those who do not have young children. In: XIII International Symposium on Night and Shiftwork, 1997, Majvik. Shiftwork International Newsletter, 1997.

  • BRITES, R. ; ABREU, ANGELA MENDES ; PORTELA, LUCIANA FERNANDES . A redução do consumo de álcool entre trabalhadores utilizando a Intervenção Breve. TEXTO & CONTEXTO ENFERMAGEM , 2019.

  • GRIEP, ROSANE HÄRTER ; BASTOS, L. S. ; de Jesus Mendes Fonseca, M ; SILVA-COSTA, A. ; PORTELA, L. F. ; TOIVANEN, S. ; ROTENBERG, L. . Exposure to night work and body mass index among Brazilian nurses. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ROTENBERG, L. ; GRIEP, ROSANE HÄRTER ; SILVA-COSTA, A. ; PORTELA, L. F. ; PEREIRA, A. V. ; OLIVEIRA, S. ; Soares, RED ; Ribeiro-Silva, F ; PESSANHA, J. . Gender relations, management of time and health: empirical studies about professional and domestic work teams in nursing. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GRIEP, ROSANE HÄRTER ; ROTENBERG, L. ; SILVA-COSTA, A. ; SILVA, P. R. V. ; PORTELA, L. F. . Night work, wheight gain and gender among Brazilian nurses. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVA-COSTA, A. ; GRIEP, ROSANE HÄRTER ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. . Insuficient sleep duration and weight gain among registered nurses. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PORTELA, L. F. ; SILVA-COSTA, A. ; ROTENBERG, L. ; PESSANHA, J. ; Griep, RH . Associação entre a exposição ao desequilíbrio esforço-recompensa (DER) e ao excesso de comprometimento (EC) no trabalho e a ocorrência de distúrbios psíquicos menores em mulheres profissionais da enfermagem. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVA-COSTA, A. ; ROTENBERG, L. ; Griep, RH ; PORTELA, L. F. . Insônia e problemas cardiovasculares autorreferidos entre trabalhadores da enfermagem. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Griep, RH ; PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; LANDSBERGIS, P. . Psychosocial work environment using two job stress models and sef-rated heath among nurses team. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • PORTELA, L. F. ; Griep, RH ; ROTENBERG, L. ; LANDSBERGIS, P. . Self-reported hypertension and job strain in nursing teams. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Griep, RH ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; LANDSBERGIS, P. . Psychosocial Work Environment and Absenteeism: using two job stress models. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • PORTELA, L. F. . Saúde e tempo de trabalho em hospitais: abordagem interdisciplinar dos turnos de trabalho e suas relações com a saúde em profissionais da enfermagem. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Soares, RED ; ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. . Conflicting interests at a Brazilian hospital: controversial 24-hour shifts for nurses. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; DUARTE, R. A. ; Soares, RED ; SILVA, G. O. ; FISCHER, FRIDA MARINA ; OSORIO, C. . Cronobiologia e saúde do trabalhador: o trabalho em plantões e sua associação com a saúde dos profissionais da enfermagem dos hospitais da FIOCRUZ. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PORTELA, L. F. . Saúde e trabalho em profissionais da enfermagem. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PORTELA, L. F. . Saúde e Trabalho entre trabalhadores da equipe de enfermagem: análise comparativa das categorias profissionais. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PORTELA, L. F. . Morbidity and complaints on poor sleep and fatigue among health care shiftworkers in two public hospitals in Rio de Janeiro, Brasil: a cross-seccional study. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ROTENBERG, L. ; PORTELA, L. F. ; DUARTE, R. A. . A comparative study of sleep in rest days among male and female nightworkers. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. ; MARCONDES, W. ; NASCIMENTO, C. P. . Ciclo vigília-sono de operárias do turno noturno de uma indústria do Rio de Janeiro. 1999. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PORTELA, L. F. ; ROTENBERG, L. . Epidemiologia: noções básicas aplicadas à saúde do trabalhador. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Avaliação da Eficácia de Medidas Preventivas Terapêuticas: Estudos randomizados. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Uso do Programa SPSS. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Adaptação transcultural e validade e confiabilidade de instrumentos de medidas. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Introdução à epidemiologia social. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, LUCIANA FERNANDES ; SILVA-COSTA, A. . Epidemiologia: noções básicas aplicadas à saúde do trabalhador. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Medidas de ocorrência das doenças. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Epidemiologia Ocupacional. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Medidas de Ocorrência de Doenças e taxas de mortalidade. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Medidas de Associação e Impacto. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Medidas de Associação e Impacto. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Tipos de amostragem em estudos epidemiológicos. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Medidas de Ocorrência de Doenças e taxas de mortalidade. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Estudos epidemiológicos de intervenção. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Epidemiologia Ocupacional. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. . Curso de pós-graduação latu sensu - cuidando da saúde do trabalhador. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PORTELA, L. F. ; Griep, RH . Curso de Introdução ao SPSS. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Reposicionamento do Dissulfiram na Terapia Combinada da Doença de Chagas, Descrição: Visando identificar condições sinérgicas, testamos combinações de DF e DETC com BZ, produzindo sinergismo significativo sobre epimastigotas, ilustrado pela supra-aditividade em isobologramas plotados a partir das concentrações inibitórias fracionadas. Para estudar a ação da combinação BZ-DETC na infecção in vivo, realizamos ensaios em modelo murinho infectado por T cruzi. Os compostos combinados produziram aumento (p<0,001) de até 600% de proteção dos animais, indicando que o DETC promoveu sinergisticamente a atividade do BZ. A patologia revelou que após o tratamento com BZ isoladamente ainda se detectava ninhos de amastigotas no miocárdio, os quais não foram observados nos animais tratados com a combinação. Para avaliar a toxicidade sistêmica dos fármacos (DF e BZ), testamos um regime com drogas isoladas a 10 e 20 mg/kg/dia combinados em modelo murino e foram mensurados os níveis plasmáticos de alanina transaminase, aspartato transaminase, creatina cinase e uréia. Observou-se que, contrariamente aos fármacos isolados, os combinados não eram tóxicos. Uma vez que os resultados mostraram-se promissores, a Gestão Tecnológica (GESTEC) da Fundação Oswaldo Cruz, por meio de assessores ad hoc, avaliou a patenteabilidade e a patente foi depositada no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Pat. no. PI09008810), publicada em 14/12/2010. Com os dados do estudo pré-clínico, pretendemos iniciar ensaio clínico dividido em duas etapas. A primeira etapa testará o perfil farmacocinético do BZ e do DF em participantes de pesquisa sadios após administração em dose única dos produtos em separado e em combinação e avaliaremos o efeito do uso contínuo (durante 6 dias) do DF sobre o perfil farmacocinético do BZ. Esses dados serão fundamentais para refinar o protocolo clínico da etapa seguinte do estudo a ser realizado no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas/Fundação Oswaldo Cruz para determinar a dose máxima tolerável da combinação e iniciar o estudo da dose mínima eficaz da combinação. A segunda etapa será estudo unicêntrico, não randomizado, sem mascaramento, incluindo pacientes com DC adultos de ambos os sexos com a forma indeterminada da fase crônica. O uso de pacientes nesta etapa justifica-se para estudar a dose máxima tolerável da combinação BZ e DF e ao mesmo tempo estudar a dose mínima eficaz para negativação do PCR para T cruzi na população relevante. Nesta etapa avaliaremos os efeitos adversos e tolerabilidade da combinação na duração de tempo recomendada para tratamento de pacientes com DC usando-se o BZ. Será feito escalonamento de dose de BZ sendo que o primeiro grupo de pacientes receberá um quinto da dose preconizada para tratamento de pacientes com DC e os grupos seguintes doses progressivamente maiores até dose a máxima preconizada. Cada sequência de escalonamento de dose de BZ será feita com associação de DF em doses de 125 mg, 250 mg e 500 mg dia. A dose máxima tolerável será aquela dose máxima na qual menos de um terço dos participantes da pesquisa apresentem toxicidade severa com a associação estudada. Todos os pacientes colherão sangue para realização de PCR para T. cruzi na avaliação de elegibilidade para o estudo, ao final do tratamento e com 60 dias e 6 meses do final do tratamento. A dose mínima eficaz será aquela a partir da qual 100% dos pacientes terão PCR negativo após término do tratamento. Após a conclusão com sucesso deste projeto, proporemos estudo fase II ampliado para termos base para formular estudo fase III multicêntrico, randomizado, duplo cego. O objetivo final é gerar um produto para o SUS para o tratamento de pacientes com DC que tenha menos efeitos colaterais e com eficácia similar ou superior ao BZ usado isoladamente. Isso permitirá que mais pacientes sejam tratados eficazmente gerando menor custo para o SUS ao reduzir o número de pacientes evoluindo da fase aguda para a crônica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luciana Fernandes Portela - Coordenador / Roberto Magalhães Saraiva - Integrante.

  • 2012 - 2018

    Trabalho noturno e fatores de risco para doenças cardiovasculares: estudo longitudinal em equipes de enfermagem, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rosane Harter Griep em 23/08/2012., Descrição: Este projeto se insere no campo da Saúde do Trabalhador, tendo como referência central o processo de trabalho e suas repercussões à saúde (Brito, 2004; Minayo-Gomes e Lacaz, 2005). É um campo que demanda a articulação entre áreas do conhecimento, no sentido de ampliar as formas de abordagem das relações trabalho-saúde. Trata-se de buscar enfoques capazes de apreender as implicações à saúde derivadas do trabalho, em especial, no contexto atual de precarização do trabalho (Minayo e Thedim-Costa, 1997). Entre os profissionais da saúde, tal precarização se expressa na intensificação dos ritmos e processos de trabalho, além da terceirização, o que contribui para a degradação das condições de trabalho (Souza, 2010), com efeitos sobre a saúde (Lacaz, 2000). Tal situação tende a se agravar nos hospitais, já que a organização dos plantões no Brasil implica riscos à saúde dos trabalhadores e à qualidade da assistência (Fischer et al., 2003). Os trabalhadores atuam em plantões longos ? de 12 horas, frequentemente acoplados ao segundo (e por vezes, terceiro) vínculo profissional, o que aumenta a jornada semanal. Destacam-se, neste quadro, os plantões de 24 horas praticados em alguns hospitais públicos. Neste contexto, este estudo aborda o trabalho noturno, as longas jornadas de trabalho e os fatores psicossociais associados ao estresse ocupacional, com foco nos riscos cardiovasculares e no sofrimento mental.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Luciana Fernandes Portela - Integrante / Lúcia Rotenberg - Coordenador / Rosane Harter Griep - Integrante / Maria de Jesus Mendes Fonseca - Integrante / Aline Silva-Costa - Integrante / Kãli Siqueira - Integrante / Odaléia Barbosa de Aguiar - Integrante.

  • 2007 - 2012

    GÊNERO E SAÚDE SOB A PERSPECTIVA DOS TEMPOS DE TRABALHO EM PROFISSÕES DITAS FEMININAS, Descrição: Este projeto visa aprofundar as análises que temos desenvolvido sobre a tríade gênero-trabalho-saúde, com base em instrumentos e estratégias metodológicas que convergem para a idéia de regulação do tempo como categoria central da vida humana. Os campos empíricos têm possibilitado estudar regimes de trabalho que implicam desafios temporais - trabalho noturno, turnos irregulares e o exercício de dupla jornada profissional - que se acoplam ao trabalho doméstico. Desta forma, o principal problema abordado no projeto refere-se ao caráter indissolúvel da relação trabalho profissional-trabalho doméstico na análise do cotidiano feminino e suas relações com a saúde. O projeto será desenvolvido através de subprojetos que se encontram em diferentes fases de desenvolvimento e que pressupõem uma integração em termos analíticos. Os estudos têm sido realizados através de subprojetos que se encontram em diferentes fases de desenvolvimento e que pressupõem uma integração em termos analíticos. Três subprojetos abrangem o trabalho em enfermagem em hospitais públicos, buscando articular temas (como a saúde, o sono, o gerenciamento do tempo) e abordagens (estudos epidemiológicos, monitoramento da pressão arterial, entrevistas em profundidade, estudos etnográficos e encontros de discussão entre trabalhadores e pesquisadores). Estas práticas inter e transdisciplinares têm propiciado boa interação com as comissões de saúde do trabalhador e as chefias de enfermagem dos hospitais, fazendo do campo empírico um espaço de trocas entre a academia e as práticas no campo da saúde do trabalhador. Um quarto subprojeto refere-se ao trabalho de mulheres mães, comissárias de voo, abordando suas vivências em relação à organização do cotidiano profissional e de vida, com foco nas relações de gênero, a partir de uma abordagem qualitativa. Os subprojetos em desenvolvimento são: 1. Trabalho em enfermagem, desgaste psicossocial e hipertensão como modelo de estudo das relações ambiente-saúde .. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (4) / Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2) . , Integrantes: Luciana Fernandes Portela - Integrante / Lúcia Rotenberg - Coordenador / Cláudia Roberta Moreno - Integrante / Ana Amélia Benedito-Silva - Integrante / Flaviany Ribeiro-Silva - Integrante / Joseane Pessanha - Integrante / Frida Fischer - Integrante / Cláudia Osório - Integrante / Rosane Harter Griep - Integrante / Ana Luiza Pereira Almeida - Integrante / Thiago Bernardes Diniz - Integrante / Claudia Marques Comaru - Integrante / Diana Bandeira - Integrante / Anna Paula Uziel - Integrante / Audrey Vidal Pereira - Integrante / Aline Silva-Costa - Integrante.

  • 2007 - 2010

    PRESSÃO ARTERIAL E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO EM ENFERMAGEM: UM MODELO DE ESTUDO DAS RELAÇÕES SAÚDE-AMBIENTE EM HOSPITAIS, Descrição: O projeto analisa aspectos da organização do trabalho do ponto de vista das relações saúde-ambiente no contexto hospitalar. Tem-se como meta central complementar o monitoramento automático da pressão arterial (parcialmente apoiado pelo CNPq/Edital Universal/2004) através da análise do trabalho noturno e de longas jornadas de trabalho que prevalecem entre os profissionais da enfermagem. O estudo tem por objetivo investigar as relações entre alterações na pressão arterial, o trabalho noturno e as longas jornadas em mulheres profissionais de enfermagem de hospitais públicos. O monitoramento da pressão arterial permitirá analisar as relações entre o trabalho noturno e padrão de ?dip? da pressão arterial e seu possível papel na saúde cardiovascular dos trabalhadores. O planejamento do estudo considera as relações de gênero com análise do trabalho doméstico como fator potencialmente relevante na gênese de problemas de saúde em grupos femininos. A equipe conta com a colaboração do Dr. Paul Landsbergis, especialista na área de doenças cardiovasculares associadas ao trabalho. No momento dispomos de cinco unidades do equipamento para monitoramento da pressão arterial. A aquisição de mais três aparelhos através deste projeto permitirá reduzir o tempo de coleta de dados. Espera-se que os resultados venham a contribuir para esclarecer pontos controversos na literatura em relação ao padrão de hipertensão. A parceria já estabelecida com as comissões de saúde do trabalhador dos hospitais de estudo permitirá incorporar questões relacionadas à saúde cardiovascular nos exames médicos periódicos... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Luciana Fernandes Portela - Integrante / Lúcia Rotenberg - Coordenador / Rosane Harter Griep - Integrante / Ana Luiza Pereira Almeida - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Best Research Poster Award, International Society of Nurses in Cancer Care (ISNCC).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Fundação Oswaldo Cruz. , Pavilhão Lauro Travassos. Avenida Brasil, 4365, Manguinhos, 21045900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (21) 25609474, Ramal: 130, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2019 - Atual

    Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2013 - 2017

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: pós-doutorando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2012 - 2013

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pós-doutorando, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsista - Curso de Capacitação - Instituto Oswaldo Cruz/FIOCRUZ

  • 2008 - 2012

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de doutorado, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsa concedida pela CAPES

  • 2001 - 2003

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Auno de Mestrado, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsa concedida pela CAPES

  • 1999 - 2001

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Apoio Técnico, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsa concedida pela FAPERJ

  • 1997 - 1999

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de Iniciação Científica, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsa concedida pela FAPERJ

    Atividades

    • 08/2012 - 04/2013

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Oswaldo Cruz, .,Linhas de pesquisa

    • 08/2012 - 12/2012

      Treinamentos ministrados , Instituto Oswaldo Cruz, .,Treinamentos ministrados, Treinamento e certificação de entrevistadores para estudo seccional sobre a saúde do profissional de enfermagem

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal Fluminense

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20