Ermelinda Maria Mota Oliveira

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (1998), mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade Federal de Viçosa (2001) e doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade Federal de Viçosa (2007). Atualmente é professor associado, nível I da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Agronomia, atuando principalmente nos seguintes temas: absorção de nutrientes sob diferentes manejo do solo e uso de resíduos orgânicos para adubação de plantas.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)

2002 - 2007

Universidade Federal de Viçosa
Título: Transporte de nutrientes em resposta a potencial de água, tamanho de agregados e manejo de um Latossolo Vermelho
Hugo Alberto Ruiz. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil. Palavras-chave: fluxo de massa; difusão; transporte de nutrientes; absorção de nutrientes; milho.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo / Especialidade: Física do Solo. Setores de atividade: Produção Vegetal.

Mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)

1999 - 2001

Universidade Federal de Viçosa
Título: Fatores de Retardamento e Coeficientes de Dispersão-difusão de Fósforo, Potássio e Nitrogênio em Cinco Solos de Minas Gerais,Ano de Obtenção: 2001
Hugo Alberto Ruiz.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: transporte de solutos; Latossolos; fertirrigação; fosfato; amônio.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo / Especialidade: Física do Solo. Setores de atividade: Produção Vegetal.

Graduação em Agronomia

1993 - 1998

Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Título: Efeito da pré-secagem osmótica nas características organolépticas do abacaxi desidratado
Orientador: Vilson Alves de Góis
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPQ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2011 - 2011

Atualização pedagógica. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2000 - 2000

Análise Estatística do Programa SAEG versões 5 e 8. (Carga horária: 18h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1998 - 1998

Formação de Facilitadores de Educação Ambiental. (Carga horária: 18h). , Federação das Industrias do Estado do Rio Grande do Norte, FIERN, Brasil.

1998 - 1998

Repasse da Metodologia METAPLAN. (Carga horária: 40h). , Organização das Cooperativas do Estado de Roraima, OCRO, Brasil.

1998 - 1998

Agroflorestação. (Carga horária: 20h). , Centro Diocesano de Apoio ao Pequeno Produtor, CEDAPP, Brasil.

1997 - 1997

Planejamento e Gestão de Atividades Agropecuárias. (Carga horária: 18h). , Banco Nacional de Agricultura Familiar, BNAF, Brasil.

1997 - 1997

Redação Científica. (Carga horária: 18h). , Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Brasil.

1997 - 1997

Salinidade de solos: Gênese e Manejo. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Brasil.

1997 - 1997

Formação Política. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Brasil.

1997 - 1997

Dimensionamento Econômico de Redes Hidráulicas. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Brasil.

1997 - 1997

Pós-colheita de frutos Tropicais. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Brasil.

1995 - 1995

Avaliação da qualidade, produção e conservação e... (Carga horária: 16h). , Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Brasil.

1995 - 1995

Reciclagem e compostagem de Lixo. (Carga horária: 16h). , Grupo Verde de Agricultura Alternativa, GVAA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Manejo e Conservação do Solo.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Física do Solo.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Fertilidade do Solo e Adubação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. ACÚMULO DE FORRAGEM DE BRACHIARIA BRIZANTHA CV. MARANDU SUBMETIDO À ADUBAÇÃO MINERAL E DOSES DE ÁGUA RESIDUÁRIA DE MANDIOCA. 2015. (Congresso).

VI Congresso Ibérico de Agro-Engenharia. Tolerância do pimentão à salinidade e ao tempo de exposição em sistema hidropônico. 2011. (Congresso).

XXXII Congressso Brasileiro de Ciencia do Solo. Fluxo de Massa e Difusão no suprimento de Macronutrientes ao milho em resposta ao tamanho dos agregados e a água do solo. 2009. (Congresso).

XVI Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e da Àgua.. Crescimento de milho em resposta ao tamanho dos agregados e disponibilidade de água (apresentação em poster). 2006. (Congresso).

XV Simpósio de Iniciação Científica, V mostra Científica da Pós-graduação e III Simpósio de Extensão Universitária.Contribuiçao dos mecanismos de fluxo de massa e difusão para o suprimento de nutrientes a plantas de milho, em resposta ao tamanho dos agregados. 1. Crescimento de plantas e absorção de nutrientes.. 2006. (Simpósio).

XXV Reunião Brasileira de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas.. Fatores de retartamento e coeficientes de dispersão-difusão de fósforo, potássio e nitrogênio em cinco solos de Minas Gerais (apresentação em poster).. 2002. (Congresso).

Encontro Norte-Rio Grandense de Apicultura. 1997. (Encontro).

III Seminário de Iniciação Científica em Ciências Agrárias. 1994. (Seminário).

I Semana de Agricultura Alternativa. 1994. (Oficina).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Leonardo Eufrázio Soares

SOARES, L. E.;SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; difante, G. S.. Respos de Panicum maximum cv. Massai a doses de biofertilizante ou adubação com nitrogênio e potássio. 2015. Dissertação (Mestrado em produção animal) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Mary Annr Barbosa Carvalho

SILVA, G. G. C.; MIRANDA, N. O.; PIMENTA, A. S.;OLIVEIRA, E. M. M.. Aplicação de carvão vegetal e nitrogênio influenciando propriedades físicas e químicas do solo e mase seca de arroz. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Márcio Gleybson da Silva Bezerra

SILVA, G. G. C.; difante, G. S.;OLIVEIRA, E. M. M.. Utilização da água residuária da mandioca como fertilizante orgânico em pasto de brachiaria Brizantha cv. Marandu. 2014. Dissertação (Mestrado em produção animal) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Igor de Paula Lopes Aureliano

SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; AGUIAR, E. S.. Crescimento e produção da palma forrageira em resposta a disponibilidade de água e nitrogênio em Neossolo Quartzarênico. 2013. Dissertação (Mestrado em Produção Animal ( Ufrn / Ufersa )) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Vitor Bruno Rodrigues Barbosa

AGUIAR, E.M.;SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; ASSIS, L. C. S. L. C.. CRESCIMENTO E PARTICAO DA BIOMASSA DA ESPECIE Opuntia ficus-indica Mill. CULTIVADA EM SISTEMA DE PLANTIO ADENSADO. 2012. Dissertação (Mestrado em produção animal) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Virgínia Cláudia de Lima

Praxedes, S.C.; SANTANA, J. A. da Silva;OLIVEIRA, E. M. M.. Crescimento inicial de sabiá (mimosa Caesalpiniaefolia Benth.), em função do manejo microbiano com fungos micorrízicos. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Márcio Gleybson da Silva Bezerra

SILVA, G. G. C.; AGUIAR, E.M.; difante, G. S.;OLIVEIRA, E. M. M.. Utilização da manipueira como fertilizante orgânico em pastagem de Brachiaria Brizantha cv. Marandu. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em produção animal) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Leonardo Eufrásio Soares

SOARES, L. E.;SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.. Avaliação e implantação de biodigestores para produção de biogás e biofertilizante no setor de suinocultura da Escola Agrícola de Jundiaí, Macaíba/RN. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de pós-graduação em manejo Sustentável do) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Priscila Lira de Medeiros

SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; Praxedes, S.C.. Crescimento e distribuição de raízes finas de nim (Azadirachta indica A. Jusss.) submetido a dois métodos de cultivo do solo em Macaíba - RN. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Luiz Eduardo Cordeiro de Oliveira

SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; SANTOS, A. P. F.. Efeito da associação de adubação mineral e orgânica em cobertura para a cultura do mamoeiro.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Thaliana Manuella Félix Canário

SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; SILVEIRA, F. P. M.. Resposta da rúcula (Eruca sativa) a doses crescentes de água residuária da mandioca em comparação a adubação mineral.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Iara Beatriz Silva Azevedo

SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; SILVEIRA, F. P. M.. Produção do sorgo e alterações nas propriedades químicas do solo em resposta a aplicação de carvão vegetal e calcário dolomític. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Jefferson Mateus Alves Pereira Dos Santos

OLIVEIRA, E. M. M.SILVA, G. G. C.; SILVEIRA, F. P. M.. Cobertura do solo e variação em seus parâmetros microclimáticos no desenvolvimento de plantas infestantes e cultivadas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: Priscila Lira de Medeiros

SILVA, G. G. C.;OLIVEIRA, E. M. M.; Praxedes, S.C.. CRESCIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE RAÍZES FINAS DE NIM (AZADIRACHTA INDICA A. JUSSS.) SUBMETIDO A DOIS MÉTODOS DE CULTIVO DO SOLO EM MACAÍBA - RN. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: MARIA VITÓRIA SERAFIM DA SILVA

OLIVEIRA, E. M. M.SILVA, G. G. C.; BORBA, L. H. F.. Influência da adubação orgânica na presença ou ausência de adubação fosfatada e potássica, na composição mineral da palma miúda (Nopalea cochonillifera). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: THIAGO DE MIRANDA MOREIR

SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; OLIVEIRA, P. R. S.. PRODUÇÃO E PARTIÇÃO DE BIOMASSA EM CLONES DE EUCALIPTUS UROGRANDIS NO MUNICÍPIO DE MACAIBA-RN.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

Aluno: JUCIER MAGSON DE SOUZA E SILVA

SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; OLIVEIRA, P. R. S.. Crescimento, producao e alocacao de biomassa em três clones de Eucalyptus na região litorânea do Rio Grande do Norte.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: JUCIER MAGSON DE SOUZA E SILVA

SILVA, G. G. C.OLIVEIRA, E. M. M.; OLIVEIRA, P. R. S.. crescimento, produção e alocação de biomassa em três clones de eucalytus na região litorânea do Rio Grande do Norte. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade federal de Rio Grande do Norte.

DIAS, N. SOLIVEIRA, E. M. M.; Assis Júnior, R.N.. Professor efetivo Edital 056/2010. 2011. Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Paulo Afonso Ferreira

RUIZ, H. A.FERREIRA, Paulo Afonso; ALVAREZ, V. H.; Fernandes, R.B.A.;COELHO, F. C.. Fatores de retardamento e coeficientes de dispersão-difusão de fósforo, potássio e nitrogênio em cinco solos de Minas Gerais.. 2001. Dissertação (Mestrado em Solose Nutrição de Plantas) - Universidade Federal de Viçosa.

Paulo Afonso Ferreira

RUIZ, H. A.; ALVAREZ, Victor Hugo;FERREIRA, Paulo Afonso; MELLO, J. W. V.; ALVES, V. M. C.. Transporte de nutrientes em resposta a potencial de água, tamanho de agregados e manejo de um Latossolo Vermelho. 2006. Tese (Doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa.

Vera Maria Carvalho Alves

ALVES, V. M. C.; RUIZ, H. A.;Alvarez V., V.H.; MELLO, J. W. V.; FERREIRA, P. A.. Transporte de nutrientes em resposta a potencial de água, tamanho de agregados e manejo de um latossolo vermelho. 2006. Tese (Doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa.

Victor Hugo Alvarez Venegas

RUIZ, Hugo AlbertoALVAREZ V., V. H.; FERREIRA, P. A.; COELHO, F. C.; FERNANDES, R. B. A.. Fatores de retardamento e coeficientes de dispersão - difusão de fósforo, potássio e nitrogênio em cinco solos de Minas Gerais. 2001. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa.

Hugo Alberto Ruiz

RUIZ, Hugo AlbertoFERREIRA, Paulo Afonso; ALVAREZV, Víctor Hugo;FERNANDES, Raphael Bragança AlvesCOELHO, Fábio Cunha. Fatores de retardamento e coeficientes de dispersão-difusão de fósforo, potássio e nitrogênio em cinco solos de Minas Gerais. 2001. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa.

Hugo Alberto Ruiz

RUIZ, Hugo Alberto; ALVAREZV, Víctor Hugo;FERREIRA, Paulo Afonso; MELLO, Jaime Wilson Vergas de; ALVES, Vera Maria Carvalho. Transporte de nutrientes em resposta a potencial de água, tamanho de agregados e manejo de um Latossolo Vermelho. 2006. Tese (Doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa.

Hugo Alberto Ruiz

RUIZ, Hugo Alberto; ALVAREZV, Víctor Hugo;FERREIRA, Paulo Afonso; MARTINEZ, Herminia Emilia Prieto; FONTES, Renildes Lúcio Ferreira. Contribuição dos mecanismos de fluxo de massa e difusão para o suprimento de macronutrientes a plantas de milho, em resposta ao tamanho dos agregados. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa.

Renildes Lúcio Ferreira Fontes

FONTES, R. L. F.. Banca de Exame de Qualificação - Ermelinda Maria Mota Oliveira. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa.

FÁBIO CUNHA COELHO

RUIZ, Hugo AlbertoFERREIRA, Paulo Afonso; VENEGAS, V. H. A.;COELHO, F. C.. Fatores de retardamento de nitogênio, fósforo e potássio.... 2001. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Gabriel Felipe Rodrigues Bezerra

RESPOSTA DO CAPIM-ELEFANTE A DOSES CRESCENTES DE ÁGUA RESIDUÁRIA DA MANDIOCA; Início: 2018; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

MARIA VITÓRIA SERAFIM DA SILVA

Efeito da adubação potássica na produção da palma forrageira em dois solos do Estado do Rio Grande do Norte; Início: 2013; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Eric George Morais

"CRESCIMENTO E VALOR NUTRITIVO DO CAPIM-ELEFANTE SUBMETIDO À APLICAÇÃO DE MANIPUEIRA E ADUBAÇÃO MINERAL; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

GEIZIEL JONATAS COSTA NASCIMENTO

"PRODUÇÃO DE BIOMASSA E QUALIDADE DO SOLO EM DIFERENTES MODELOS DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS NA REGIÃO AGRESTE DO RIO GRANDE DO NORTE; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Iara Beatriz Silva Azevedo

Crescimento do Sistema Radicular da Palma Forrageira (Opuntia fícus-indica Mill; L) na região Agreste do Estado do Rio Grande do Norte; Início: 2014; Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

CLÁUDIA CARELI DANTAS DE OLIVEIRA

Avaliação do Crescimento do Sistema Radicular da Palma Forrageira (Opuntia fícus-indica Mill; L) na região Agreste do Estado do Rio Grande do Norte; Início: 2013; Iniciação científica (Graduando em Zootecnia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Vitor Bruno Rodrigues Barbosa

Avaliação dos níveis de irrigação e de fertilização nitrogeneda no desempenho da palma forrageira sob diferentes frequências de corte; 2010; Dissertação (Mestrado em Produção Animal ( Ufrn / Ufersa )) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Ermelinda Maria Mota Oliveira;

Gabriel Felipe Rodrigues Bezerra

RESPOSTA DO CAPIM-ELEFANTE A DOSES CRESCENTES DE COMPOSTO ORGÂNICO; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia Agronômica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Ermelinda Maria Mota Oliveira;

Daniel Nunes da Silva Júnior

Alterações físicas e químicas em Latossolo sob mata nativa, cultivo com espécies florestais e pastagem degradada; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Ermelinda Maria Mota Oliveira;

Martiliana Mayani Freire

Resposta de plantas de Rucula (Eruca sativa Miller) a doses Crescentes de carvão vegetal e manipueira; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Ermelinda Maria Mota Oliveira;

Jefferson Mateus Alves Pereira Dos Santos

Cobertura do solo e variação em seus parâmetros microclimáticos no desenvolvimento de plantas infestantes e cultivadas; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Ermelinda Maria Mota Oliveira;

MARIA VITÓRIA SERAFIM DA SILVA

Influência da adubação orgânica na presença ou ausência de adubação fosfatada e potássica, na composição mineral da palma miúda (Nopalea cochonillifera); 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Zootecnia) - Universidade federal de Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ermelinda Maria Mota Oliveira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Victor Hugo Alvarez Venegas

Fatores de retardamento e coeficientes de dispersão - difusão de fósforo, potássio e nitrogênio em cinco solos de Minas Gerais; 2001; 78 f; Dissertação (Mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Victor Hugo Alvarez Venegas;

Hugo Alberto Ruiz

Fatores de retardamento e coeficientes de dispersão-difusão de fósforo, potássio e nitrogênio em cinco solos de Minas Gerais; 2001; 56 f; Dissertação (Mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Hugo Alberto Ruiz;

Hugo Alberto Ruiz

Transporte de nutrientes em resposta a potencial de água, tamanho de agregados e manejo de um Latossolo Vermelho; 2006; 81 f; Tese (Doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas)) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Hugo Alberto Ruiz;

Vilson Alves de Gois

Efeito de pré-secagem osmótica nas características organolépticas do abacaxi desidratado; 1998; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido; Orientador: Vilson Alves de Góis;

Nildo da Silva Dias

Viabilidade do uso de águas residuárias provenientes da dessalinização por osmose reversa na zona rural do Município de Mossoró, RN; 2010; Universidade Federal Rural do Semi Árido, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Nildo da Silva Dias;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Pimenta, A. S. ; MIRANDA, N. O. ; CARVALHO, M. A. B. ; SILVA, G. G. C. da ; OLIVEIRA, E. M. M. . Effects of biochar addition on chemical properties of a sandy soil from northeast Brazil. Arabian Journal of Geosciences , v. 12, p. 1/70-6, 2019.

  • OLIVEIRA, MIRANDA NEYTON DE ; SANTOS, PIMENTA ALEXANDRE ; COSTA DA, SILVA GUALTER GUENTHER ; BARBOSA DE, CARVALHO MARY ANNE ; MOTA, OLIVEIRA ERMELIND AMARIA . Biochar Dosage and Granulometry Influencing Soil Density and Water Retention. International Journal of Agriculture Sciences , v. 10, p. 5153-5157, 2018.

  • ARAUJO, L. H. B. ; SILVA, G. G. C. ; NOBREGA, C. C. ; OLIVEIRA, E. M. M. ; PIMENTA, A. S. . Effect of soil compaction on aerial and root growth of Erythrina velutina Willd.. AFRICAN JOURNAL OF AGRICULTURAL RESEARCH , v. 13, p. 2198-2206, 2018.

  • MIRANDA, N. O. ; PIMENTA, A. S. ; SILVA, G. G. C. ; OLIVEIRA, E. M. M. ; CARVALHO, M. A. B. . Biochar as soil conditioner in the succession of upland rice and Cowpea fertilized with nitrogen. Revista Caatinga (UFERSA. Impresso) , v. 30, p. 313-323, 2017.

  • MEDEIROS, P. L. ; SILVA, G. G. C. ; PIMENTA ; OLIVEIRA, E. M. M. ; DUARTE, L. C. . GROWTH AND DISTRIBUTION OF FINE ROOTS OF NEEM (Azadirachta indica) UNDER TWO FARMING METHODS IN THE NORTHEAST OF BRAZIL. International Journal of Agriculture Sciences , v. 9, p. 4020-4025, 2017.

  • BEZERRA, MÁRCIO G. S. ; SILVA, GUALTER G. C. DA ; DIFANTE, GELSON DOS S. ; EMERENCIANO NETO, JOÃO V. ; OLIVEIRA, ERMELINDA M. M. ; OLIVEIRA, LUIZ E. C. DE . Cassava wastewater as organic fertilizer in `Marandu grass pasture. REVISTA BRASILEIRA DE ENGENHARIA AGRÍCOLA E AMBIENTAL (IMPRESSO) , v. 21, p. 404-409, 2017.

  • MIRANDA, N. O. ; Pimenta, A. S. ; SILVA, G. G. C. da ; OLIVEIRA, E. M. M. ; CARVALHO, M. A. B. . BIOCHAR AS SOIL CONDITIONER IN THE SUCCESSION OF UPLAND RICE AND COWPEA FERTILIZED WITH NITROGEN. Revista Caatinga , v. 30, p. 313-323, 2017.

  • MEDEIROS, P.L. ; SILVA, G. G. C. da ; Pimenta, A. S. ; OLIVEIRA, E. M. M. ; DUARTE, L.C. . GROWTH AND DISTRIBUTION OF FINE ROOTS OF NEEM (Azadirachta indica) UNDER TWO FARMING METHODS IN THE NORTHEAST OF BRAZIL. International Journal of Agriculture Sciences , v. 9, p. 4020-4025, 2017.

  • SOARES, L. E. ; EMERENCIANO NETO, J. V. ; SILVA, G. G. C. ; OLIVEIRA, E. M. M. ; BEZERRA, M. G. S. ; Santos, T.J.A. ; difante, G. S. . Crescimento e Produtividade do girassol sob doses de nitrogênio e fósforo. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável (RBAS) , v. 6, p. 19, 2016.

  • Soares, L.E ; NETO, J. V. E. ; SILVA, G. G. C. da ; OLIVEIRA, E. M. M. ; BEZERRA, M. G. S. ; Santos, T.J.A. ; Difante, Gelson dos Santos . Adubação nitrogenada e fosfatada na cultura do girassol em Cambissolos. REVISTA BRASILEIRA DE AGROPECUÁRIA SUSTENTÁVEL , v. 6, p. 19-25, 2016.

  • Cosme, C.R. ; DIAS, N. S ; Oliveira, A.M. ; OLIVEIRA, E. M. M. ; Sousa Neto, O.N. . . Produção de tomate hidropônico utilizando rejeito da dessalinização na solução nutritiva aplicados em diferentes épocas. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Online) , v. 15, p. 499-504, 2011.

  • OLIVEIRA, E. M. M. ; RUIZ, H. A. ; ALVAREZ V., V.H. ; FERREIRA, P. A. ; ALMEIDA, I. C. C. ; SILVA, G. G. C. . NUTRIENT SUPPLY BY MASS FLOW AND DIFFUSION TO MAIZE PLANTS IN RESPONSE TO SOIL AGGREGATE SIZE AND WATER POTENTIAL. Revista Brasileira de Ciência do Solo (Impresso) , v. 34, p. 317-327, 2010.

  • SILVA, G. G. C. ; NUNES, C. G. F. ; OLIVEIRA, E. M. M. ; SANTOS, M. A. . Toxicidade cianogênica em partes da planta de cultivares de mandioca cultivados em Mossoró-RN. Revista Ceres , Viçosa- MG, v. 51, n.293, p. 57-66, 2004.

  • OLIVEIRA, E. M. M. ; RUIZ, H. A. ; FERREIRA, P. A. ; ALVAREZ V., V.H. ; C.F.BORGES JUNIOR, J. . Fatores de retardamento e coeficientes de dispersão-difusão de fosfato, potássio e amônio em solos de Minas Gerais. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Online) , Campina Grande, PB, v. 8, n.2/3, p. 196-203, 2004.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Medeiros, H. R ; OLIVEIRA, E. M. M. ; Barbosa, V.B. . Avaliação de crescimento de plantas Utilizando Morfogênese de Tecidos. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - Atual

    ADUBAÇÃO ORGÂNICA EM PALMA FORRAGEIRA, NA PRESENÇA OU AUSÊNCIA DE P E K, EM DOIS SOLOS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, Descrição: A pesquisa será realizada em ambiente protegido na Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias (UECIA) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) objetivando avaliar o efeito da adubação orgânica, na presença ou ausência da adubação fosfatada e potássica no crescimento e na composição mineral da palma forrageira em dois solos do Estado do Rio Grande do Norte. Para cumprir os objetivos propostos, o projeto de pesquisa prevê a realização de um experimento em ambiente protegido (estufa). Serão utilizados dois solos (Neossolo Quartzarênico ?RQ e Cambissolo - C) representativos do Estado de Rio Grande do Norte, sendo as amostras coletadas na profundidade de 0 ? 20 cm, nos municípios de Macaíba e Apodi, respectivamente. Será realizada a caracterização química e física dessas amostras de solo. Para o plantio serão utilizados cladódios de palma miúda (Nopalea cochenilifera) provenientes do campo experimental da UAECA - UFRN. Utilizar-se-á o delineamento experimental em blocos casualizados, com três repetições para ambos experimentos. Os tratamentos corresponderão ao arranjo fatorial 2 x 4 x 2 sendo dois solos (RQ e C); quatro níveis de adubação orgânica (0; 10; 20; 30 t ha-1); com ou sem adubação mineral (P e K). As unidades experimentais serão vasos plásticos com capacidade para 20 dm3 que receberão drenos, além de uma camada de brita. Em cada vaso serão colocados 15 dm3 de solo e 3 dm3 de brita. Será plantado um cladódio em cada vaso, na posição vertical, enterrando-se 1/3 do cladódio com a parte cortada voltada para o solo. As variáveis estudadas serão altura de plantas, número de cladódios por planta, ordem de cladódios, comprimento, largura, perímetro, espessura e área dos cladódios, produção de matéria seca da parte área e raízes, conteúdo dos macro e micronutrientes, e a eficiência de absorção e a eficiência de utilização de P e K. Os dados obtidos serão avaliados estatisticamente por meio de análise de variância e teste F (1% e 5% de probabilidad. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Coordenador / Gualter Guenther Costa da Silva - Integrante / EMERSON MOREIRA DE AGUIAR - Integrante.

  • 2013 - Atual

    BIOMASSA, ALOCAÇÃO E EFICIÊNCIA NUTRICIONAL EM CLONES DE EUCALIPTO NA REGIÃO LITORÂNEA DO ESTADO DO RIO GRANDE DE NORTE., Descrição: Considerando a forte exploração predatória da cobertura vegetal nos biomas Mata Atlântica e Caatinga, causado pelo aumento da demanda de madeira que vem aumentando a cada ano, e o baixo estoque de madeira deste bioma, vê-se a introdução de espécies do gênero eucalipto de rápido crescimento e de comprovada resistência ao déficit hídrico como uma possível alternativa sustentável para essa realidade. Dentre os vários estudos que devem ser realizados quando da introdução de espécies de outras regiões destacam-se a avaliação do crescimento, da biomassa, da alocação e eficiência nutricional dos diferentes materiais genéticos. Portanto, o objetivo deste trabalho será avaliar a produção de biomassa, o acúmulo, alocação de nutrientes e a eficiência nutricional de três clones de eucalipto, anualmente, ao longo do ciclo, plantados na área de experimentação florestal da Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias (UECIA)/Macaíba da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), na região Litorânea do Estado do Rio Grande do Norte. Em julho de 2011 foi implantada uma área de experimentação florestal que foi destinada ao plantio clonal, na qual foram instalados seis talhões, com dimensões de 1,1 ha cada, e realizado o plantio no espaçamento de 3 x 3 m. Foram plantados três tipos de clones: MV 441, MV 422 e MV 001, e cada clone ocupou dois talhões. Durante a condução dos plantios serão realizadas operações de combate à formiga, limpeza das parcelas (coroamento) e adubações de cobertura. Serão instaladas com alocação aleatória de seis parcelas (duas em cada talhão de plantio clonal de 1,1 ha) de aproximadamente 36 plantas (parcela útil), e uma linha de bordadura. Nestas parcelas serão realizadas medições de DAP e de altura a cada seis meses durante dois anos. Para os três materiais genéticos, anualmente, serão abatidas duas árvores da bordadura com DAP em torno da média para determinação: área foliar específica, índice de área foliar, altura, diâmetro, densidade básica da madeira, volume cilíndrico de tronco, biomassa do tronco e da parte aérea, eficiência da área foliar para produção de biomassa do tronco e da parte aérea, conteúdos e eficiências de utilização de N, P, K, Ca e Na no tronco e na parte aérea. A partir da determinação dessas diversas variáveis serão caracterizados os três materiais genéticos quanto ao crescimento, acúmulo de biomassa, alocação de nutrientes e eficiências nutricionais de N, P, K, Ca, Mg e Na.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Integrante / Gualter Guenther Costa da Silva - Coordenador / JOSE AUGUSTO DA SILVA SANTANA - Integrante / PAULO ROGERIO SOARES DE OLIVEIRA - Integrante.

  • 2013 - Atual

    UTILIZAÇÃO DO BIOFERTILIZANTE PROVENIENTE DE BIODIGESTOR EM PASTAGENS DE CAPIM-MASSAI (Panicum maximum CV. MASSAI), Descrição: O uso de práticas sustentáveis ganha cada vez mais espaço em sistemas de produção, em função da grande preocupação mundial em conservar e preservar o meio ambiente. Destaca-se a utilização do biofertilizante proveniente de biodigestor, como promotor de desenvolvimento sustentável, além de dar um destino correto dos resíduos da produção animal, este pode ser usado no combate de pragas e doenças de plantas forrageiras, como o capim-buffel, muito utilizando no nordeste brasileiro, a fim de evitar o uso de agrotóxicos, além de fornecer nutrientes ao solo e a planta. Portanto o objetivo desse trabalho é avaliar o uso do biofertilizante proveniente de biodigestor em pastagem de capim-buffel (Cenchrus ciliaris L.). O experimento será instalado em delineamento com blocos ao acaso com cinco tratamentos e quatro repetições, perfazendo um total de 20 parcelas experimentais. Os tratamentos serão cinco níveis crescentes de biofertilizante (0, 3, 5, 8, 10 L/m2), será adicionada água para que todos os tratamentos tenham o mesmo volume, evitando assim o efeito da umidade. Serão avaliados os principais índices de crescimento e produção. Espera-se que a aplicação de biofertilizante em diferentes doses em comparação com a adubação mineral aumente a produtividade do capim-buffel e do sistema de produção animal, diminuindo os custos de manutenção de maneira ambientalmente correta e contribuindo com os aspectos científicos, tecnológicos, sociais e econômicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Integrante / Gualter Guenther Costa da Silva - Coordenador / Gelson dos Santos Difante - Integrante / leonardo Eufrásio Soares - Integrante / Marcio Gleybson Soares Bezerra - Integrante / Neyton de Oliveira Miranda - Integrante.

  • 2013 - Atual

    APLICAÇÃO DE CARVÃO VEGETAL E NITROGÊNIO INFLUENCIANDO PROPRIEDADES FÍSICAS DO SOLO E MASSA SECA DE PLANTAS., Descrição: A degradação dos solos agrícolas causa problemas produtivos e ambientais, com consequências econômicas e sociais para as populações. Além das perdas de solo e de sua fertilidade poderem inviabilizar a atividade produtiva, existe grande preocupação com a emissão para a atmosfera de gases que contribuem para o aquecimento do planeta. Assim sendo, o projeto tem o objetivo de avaliar a aplicação de carvão vegetal visando melhorar as condições físicas do solo e, assim, garantir sua conservação. O projeto foi desenvolvido em casa de vegetação na Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN, em Macaíba-RN. O solo foi misturado com diferentes doses de carvão produzido com lenha de poda de cajueiro em seguida colocado nos vasos (0, 3500, 7000 e 10500 kg ha-1). Cada dose de carvão foi combinada com quatro doses de nitrogênio (0, 30, 60 e 90 kg ha-1) para o plantio de arroz de terras altas como planta indicadora. O delineamento estatístico foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x4, com quatro repetições. As variáveis analisadas foram à retenção de água, a densidade do solo e a massa seca da parte aérea do arroz. A retenção de água no solo recebeu efeito linear positivo das doses de carvão. Enquanto isso, a densidade do solo foi influenciada pela interação entre doses de carvão e de nitrogênio, cujo desdobramento revelou efeito quadrático da dose de carvão sobre a densidade apenas na dose zero de nitrogênio. Conclui-se ser necessária a condução do experimento e o acompanhamento de resultados na mesma área em longo prazo. Assim, a evolução nas características químicas e físicas do solo pode ser avaliada, gerando informações consistentes sobre o potencial do carvão vegetal como condicionador de solo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Integrante / Gualter Guenther Costa da Silva - Coordenador / Neyton de Oliveira Miranda - Integrante.

  • 2013 - Atual

    UTILIZAÇÃO DA MANIPUEIRA COMO FERTILIZANTE ORGÂNICO EM PASTAGENS DE Brachiaria brizantha cv. MARANDU, Descrição: Descrição: Atualmente a grande preocupação mundial no que diz respeito ao manejo de resíduos está voltada para práticas sustentáveis, que contribuam para reutilização dos resíduos como subprodutos em processos produtivos, possibilitando maior eficiência na integração de diversas atividades agropecuárias. Dentre as diversas atividades agrícolas o Brasil destaca-se como 2 maior produtor de mandioca do mundo. A maior parte desta produção é utilizada no processamento da mandioca, que gera grande produção de resíduos das fecularias (manipueira) em torno de 600 L/t de matéria prima processada. Em geral, esse resíduo é descartado diretamente no solo e ou cursos d?águas, causando sérios impactos ambientais. Diante disto, objetivou-se com este trabalho avaliar o uso da manipueira como fertilizante orgânico em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu. O experimento será conduzido na Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Ágrárias (UECIA)/Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Campus de Macaíba, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte ? UFRN. Será utilizada uma área de Brachiariabrizantha cv. Marandu, já implantada, para aplicação dos níveis 0, 3, 5 e 8 L/m2 de água residuária (manipueira). O mesmo será instalado em parcelas sub-divididas, com três repetições, em um delineamento em blocos ao acaso, onde as doses corresponderão às parcelas, e as épocas do ano (águas e seca) corresponderão às sub-parcelas. Serão implantados em parcelas de 6,0 m2 (2x3 m). A área útil das parcelas cobrirá as 3 linhas centrais, ficando 0,5 m de cada extremidade como bordadura, sendo 2,0 m2 de área útil. A distância entre parcelas será de 1,0m e entre blocos será de 2,0 m. Serão realizadas análises química (pH, M.O., macro e micronutrientes) e física (densidade do solo, análise granulométrica) das amostras de solo das parcelas, antes e após a aplicação da manipueira (final do corte). Para caracterização do crescimento serão avaliadas durante o período de doze meses:produção de forragem (kg/ha de MS), percentagem dos constituintes morfológicos, altura do dossel no ato do corte, taxa de acúmulo de forragem e densidade volumétrica. Assim, ao final do projeto espera-se contribuir com recomendações do uso de manipueira como fertilizante para pastagem, com base nas curvas de resposta à aplicação da mesma, e assim proporcionar o aumento da produção e da produtividade de pastos na região Nordeste, por meio da geração de tecnologias.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Integrante / Gualter Guenther Costa da Silva - Coordenador / Gelson dos Santos Difante - Integrante / leonardo Eufrásio Soares - Integrante / Marcio Gleybson Soares Bezerra - Integrante / Neyton de Oliveira Miranda - Integrante.

  • 2013 - Atual

    PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE BIOMASSA DE ESPÉCIES FLORESTAIS EM RESPOSTA AO MÉTODO DE CULTIVO DO SOLO., Descrição: Descrição: Objetivou-se avaliar a produção e a distribuição de biomassa das três espécies florestais Sabiá ? Mimosa caesalpiniaefolia, Acácia ? Acacia mangium e Nim ? Azadirachta indica, ao 12 e 24 meses de idade, em resposta a adubação de fundação. O delineamento experimental é fatorial (2x3), correspondente a seis tratamentos (S0, S1, A0, A1, N0 e N1) distribuídos em parcelas subdivididas em faixas com quatro blocos, sendo o fator principal duas formas de adubação (sem (0) e com (1) adubação de fundação) e o fator secundário as espécies florestas(Sabiá (S), Acácia (A) e Nim (N)), com quatro repetições cada tratamento, perfazendo um total de 24 parcelas. O plantio foi realizado no espaçamento 3x3 m, tendo 64 plantas/parcela. O fator principal com adubação de fundação foi utilizado esterco bovino (4,0 t/ha) e superfosfato triplo ? P2O5 (146,34 kg/ha) depositados em sulcos. Nos dois fatores principais foi aplicado NPK na proporção 6-30-6, em covas. O crescimento de cada árvore foi obtido com a medição da altura e do diâmetro. Para a obtenção da biomassa da parte aérea foi abatida uma árvore da bordadura de cada parcela, com altura e diâmetro em torno da média e seus componentes (folhas, galhos, casca e lenho) separados, pesados, secos e pesados novamente, obtendo-se biomassa fresca e seca. Não houve diferença significativa entre os tratamentos aos 12 meses para as variáveis: produção total de biomassa seca, galhos e casa. Aos 24 meses, a única variável que não apresentou diferença significativa foi galhos. As demais variáveis demostraram diferenças significativas, em que os tratamentos A1 e N1 foram mais eficientes em crescimento e produção de biomassa seca, comparados aos demais tratamentos. Conclui-se que os tratamentos com adubação de fundação obteve melhores desempenhos para o Nim e a Acácia. A adubação de fundação não influenciou o desenvolvimento da espécie Sabiá.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Integrante / Gualter Guenther Costa da Silva - Coordenador / leonardo Eufrásio Soares - Integrante / PAULO ROGERIO SOARES DE OLIVEIRA - Integrante / MARY ANNE BARBOSA DE CARVALHO - Integrante / Camila Costa da Nóbrega - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Implantação de Sistemas Agroflorestais em Áreas de Assentamentos de Reforma Agrária da Região do Mato Grande (Semiárido) do RN, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Gualter Guenther Costa da Silva em 25/03/2013., Descrição: Diante da elevada degradação dos recursos naturais da caatinga provocados pelo modelo convencionalmente imposto de exploração, os sistemas agroflorestais destacam-se como alternativas ecologicamente sustentáveis de exploração para região do semiárido nordestino. A associação diversificada de espécies lenhosas (árvores, arbustos, palmeiras) com cultivos agrícolas ou com animais no mesmo terreno, de maneira simultânea ou em sequência temporal são formas de uso e manejo dos recursos naturais denominadas de Sistemas Agroflorestais Apesar dos diversos benefícios ecológicos, zootécnicos, econômicos e sociais dos sistemas agrossilvipastoris ainda são escassas as informações científicas a respeito do referido, bem como, as propostas práticas de implantação na região Semiárida do NE brasileiro. No Rio Grande do Norte, mais especificamente nos municípios de Apodi e Caraúbas, existem exemplos de sistemas agrossilvipastoris implantados em assentamentos de reforma agrária, desde 2000, pela EMBRAPA Caprinos e Ovinos Sobral/CE. Apesar de já existirem a mais de uma década apresentando resultados satisfatórios quanto aos aspectos ecológicos, econômicos e sociais, esse sistema não apresentou a devida implantação em outras regiões do semiárido no RN. Considerando as diferentes características edafoclimáticas, a predominância da agricultura familiar a região do Mato Grande é uma excelente opção de região para se iniciar uma proposta de sensibilização, intercâmbios e implantação de sistemas agrossilvipastoril, a partir daquele implantado na região Oeste do RN (Apodi e Caraúbas). Portanto, o objetivo do referido projeto será sensibilizar os agricultores e agricultoras familiares quanto a importância em se implantar sistema agroflorestal (agrossilvipastoril) em áreas de assentamento de reforma agrária, na região do Mato Grande (Jandaíra), possibilitando a criação de capacidades locais entre as famílias envolvidas sobre as técnicas de manejo sustentável da caatinga.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Integrante / Gualter Guenther Costa da Silva - Coordenador / NILDO DA SILVA DIAS - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Crescimento e compartimentalização de nutrientes em palma forrageira (Gigante e Miúda) em resposta a adubação nitrogenada na região agreste do Rio Grande do Norte, Descrição: A viabilização de suportes forrageiros capazes de garantir a manutenção dos rebanhos no período seco destaca-se como um dos principais desafios para os sistemas de produção pecuários do semiárido nordestino, em particular aqueles vinculados à agricultura familiar. Neste aspecto a palma forrageira destaca-se como uma alternativa importante para o desenvolvimento dessa região. Apesar disto, aspectos relevantes sobre extração de nutrientes e potencial produtivo dessa forrageira são pouco conhecidos no Nordeste brasileiro, principalmente, no Estado do Rio Grande do Norte. Portanto, o objetivo deste trabalho será avaliar o crescimento, aquisição, eficiência e compartimentalização dos nutrientes da palma forrageira (Opuntia fícus-indica ? Gigante - e Nopalea cochenillifera ? Doce) em resposta a adubação nitrogenada na região agreste do Estado do Rio Grande do Norte. Será instalado o experimento utilizando cladódios de palma gigante e miúda em sistema adensado (espaçamento 1,0 x 0,25 m) na Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias (UAECA) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Os tratamentos consistirão em duas doses de adubação nitrogenada (0 e 200 kg/ha) dispostos em delineamento experimental blocos casualizados, com quatro repetições. Espera-se com os resultados, que seja quantificado o crescimento, a aquisição, eficiência e compartimentalização dos nutrientes em resposta ao aumento na disponibilidade de nitrogênio.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Coordenador / Gualter Guenther Costa da Silva - Integrante / EMERSON MOREIRA DE AGUIAR - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Crescimento e compartimentalização de nutrientes em palma forrageira (Opuntia fícus-indica Mill.L) em resposta à disponibilidade de água e nitrogênio, Descrição: Os sistemas de produção pecuários do semiárido nordestino, em particular aqueles vinculados à agricultura familiar, tradicionalmente enfrentam graves problemas na viabilização de suportes forrageiros capazes de garantir a manutenção de seus rebanhos no período seco. Considerando as características peculiares das regiões áridas e semiáridas destaca-se a palma forrageira como uma alternativa importante para o desenvolvimento dessas regiões. No entanto, aspectos relevantes da adubação mineral dessa forrageira são pouco conhecidos no nordeste brasileiro, sobretudo no Estado do Rio Grande do Norte, sendo necessário um maior conhecimento do potencial dessa espécie. O aumento da eficiência da adubação na palma propiciará aumentos na produtividade, adequando o cultivo dessa forrageira ao modelo fundiário da região, onde predominam as pequenas propriedades. Dessa maneira, esse aumento na produtividade possibilitará maior estabilidade e sustentabilidade para a pecuária regional, além de disponibilizar outras áreas da pequena propriedade para o aproveitamento com outras culturas de importância na agricultura familiar. Portanto, o objetivo deste trabalho será avaliar o efeito da disponibilidade de água e de doses de nitrogênio sobre o crescimento, aquisição, eficiência e compartimentalização dos nutrientes da palma forrageira (Opuntia fícus-indica Mill.L) na região Litorânea do Estado do Rio Grande do Norte. Será instalado o experimento utilizando cladódios de palma gigante em sistema adensado (espaçamento 1,0 x 0,25 m) na Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias (UAECA) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Os tratamentos consistirão de um arranjo fatorial 4 x 2, consistindo de quatro níveis de irrigação (0, 30, 60 e 90% da capacidade de campo) e duas doses de adubação nitrogenada (0 e 200 kg/ha), dispostos em delineamento experimental blocos casualizados, com quatro repetições.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Coordenador / Gualter Guenther Costa da Silva - Integrante / EMERSON MOREIRA DE AGUIAR - Integrante.

  • 2009 - 2010

    PERDA DE SOLO POR EROSÃO HÍDRICA EM PASTAGEM NA MICRORREGIÃO (AGRESTE POTIGUAR) DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, MACAÍBA - RN, Descrição: A erosão hídrica é um dos principais problemas relacionados ao manejo de solo do país. Tendo contribuído para o empobrecimento e redução ou perda da sustentabilidade dos agroecossistemas, em função do arraste de solos água e nutrientes a ela associados. A avaliação das perdas de solo é fundamental para o monitoramento das alterações e dos impactos de diferentes sistemas de manejo sobre o ecossistema. Trabalhos relacionados sobre quantificação das perdas de solos em pastagem são escassos, na região Nordeste, e inexistentes, no Rio Grande do Norte. Neste sentido, o presente trabalho tem por objetivo quantificar as perdas de solo por erosão hídrica em pastagem, relacionando-as com as observadas na floresta nativa e solo descoberto. A realização do referido trabalho está associado com o projeto de ensino ?Parcela-padrão para monitoramento das perdas de solo por erosão hídrica em Neossolos quartzarênicos da microrregião (Agreste Potiguar) do Estado do Rio Grande do Norte, Macaíba?. O objetivos do presente trabalho são: 1 ? Quantificar as perdas de solo por erosão hídrica em pastagens, solo descoberto e floresta nativa da microrregião (Agreste Potiguar) do Estado do Rio Grande do Norte; 2 - Determinar a erosividade e a distribuição mensal das chuvas para a região, avaliando o potencial erosivo e relacionando os índices de erosividade com o coeficiente de chuva e precipitação, no intuito de agilizar a obtenção dos dados regionais de erosividade; 3 - Estabelecer a Equação Universal de Perdas de Solo (EUPS) para a classe de solo em estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Integrante / Gualter Guenther Costa da Silva - Coordenador / EMERSON MOREIRA DE AGUIAR - Integrante / JOSE AUGUSTO DA SILVA SANTANA - Integrante / JANETE GOUVEIA SOUZA NOBRE - Integrante., Financiador(es): Universidade federal de Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Avaliação de sistemas de produção de palma forrageira irrigada e adensada no Estado do Rio Grande do Norte., Descrição: O projeto Avaliação de sistemas de produção de palma forrageira irrigada e adensada no Estado do Rio Grande do Norte tem por objetivo: avaliar a influencia do aumento na disponibilidade dos recursos água e nutrientes no crescimento da palma forrageira sob diferentes sistemas de produção e adensamento. Com resultados esperados: Ajustar curvas de resposta da palma às doses de N aplicadas em solo representativos das mesoregiões Central e Leste Potiguar do Estado do RN e quantificar o crescimento, a aquisição de nutrientes e eficiência nutricional da palma forrageira em resposta ao aumento na disponibilidade dos recursos água e nutrientes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Integrante / Gualter Guenther Costa da Silva - Integrante / EMERSON MOREIRA DE AGUIAR - Integrante / Henrique de Rocha Medeiros - Coordenador / Margareth Maria Teles Rego - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2008 - 2009

    VIABILIDADE DO USO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS PROVENIENTES DA DESSALINIZAÇÃO POR OSMOSE REVERSA NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ, RN., Descrição: O tratamento amplamente utilizado para reduzir a concentração de sais destas águas tem sido a dessalinização por osmose reversa; entretanto, faz-se necessário que se considerem os riscos ambientais decorrentes desta técnica, isto porque, na dessalinização se gera, além da água potável, uma água residuária (rejeito) altamente salina (mais salina do que a própria água salobra do aqüífero) e com risco de contaminação ambiental elevado. Esse rejeito necessita de ser utilizado de forma ambientalmente correta, possibilitando sempre que possível à produção de alimentos, pois quase sempre os cursos d?água e o solo são os principais meios para sua deposição. A dessalinização, embora seja uma técnica incremental ao bem-estar dessas comunidades, podendo constituir-se em ação política de desenvolvimento local, deve-se ponderar pela dualidade do benefício da dessalinização por osmose reversa, tendo em vista o potencial de contaminação da água residuária gerada. Levando-se em consideração estes aspectos, pretende-se desenvolver ações de pesquisas para estudar a viabilidade técnica, econômica e ambiental do uso e destinação da água de rejeito proveniente da dessalinização por osmose reversa em diferentes sistemas de produção.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Ermelinda Maria Mota Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2010

Aprovação em concurso público para Professor Adjunto nível I,, Universidade Federal Rural do Semi-árido - UFERSA.

2005

Menção Honrosa por trabalho apresentado no 13 Simpósio Internacional de Iniciação Científica (COSTA, F. O., ALMEIDA, I. C. C., OLIVEIRA, E. M. M., RUIZ, H. A.), Universidade de São Paulo.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias. , RN 160 Km 3, Distrito de Jundiaí, Jundiaí, 59280000 - Macaíba, RN - Brasil, Telefone: (84) 92235880

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2011 - Atual

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, nível IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Ministra disciplinas Ciência do Solo, Nutrição mineral de Plantas, Manejo e Conservação do solo e Agroecologia.

  • 2009 - 2012

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Bolsista do Programa Nacional de Pósdoutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 03/2011

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, AGR0304 - Ciência do Solo, AGR0312 Manejo e Conservação dos solos, Fertilidade do Solo, Manejo, Conservação e Fertilização do Solo, AGR0313 Nutrição Mineral de Planta, ZOO0301 Ciencia do Solo

    • 02/2011

      Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ciência do solo

    • 01/2011

      Pesquisa e desenvolvimento , Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias, .,Linhas de pesquisa

  • 2015 - 2017

    Universidade Federal de Rio Grande do Norte

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenação de curso Agronomia, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 10/2015 - 11/2017

      Direção e administração, Escola Agrícola de Jundiaí, .,Cargo ou função, Coordenação de curso (Agronomia).

  • 1999 - 1999

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Desenvolveu neste período a segunda etapa do projeto de Pesquisa, "Dinâmica de Nitrogênio em diferentes classes de agregados de um Latossolo Vermelho escuro, no Laborátorio de Fisica do Solo da UFV.

    Atividades

    • 04/1999 - 08/1999

      Estágios , Departamento de Solos da UFV, .,Estágio realizado, Estágio no Laboratório de Física do Solo, desenvolvendo atividades relacionadas com o projeto " Dinâmica do Nitrogênio em diferentes classes de agregados de um Latossolo Vermelho escuro. Carga horária de 600 horas.

  • 2008 - 2009

    Universidade Federal Rural do Semi-Árido

    Vínculo: Bolsista DCR CNPq/FAPERN, Enquadramento Funcional: Bolsista DCR CNPq/FAPERN, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 08/2009 - 08/2009

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Física do Solo

  • 1998 - 1998

    Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá

    Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Durante o estágio participou de visitas de acompanhamento às comunidades, práticas agroflorestais, reuniões, leitura e discussão de textos e sistematização.

    Atividades

    • 07/1998 - 08/1998

      Estágios , Centro de Desenvolvimento Agroécologico Sabiá, .,Estágio realizado, desevolveu atividades como: visitas de acompanhamento às comunidades, práticas agroflorestais, reuniões, leitura e discussão de textos e sistematização, obtendo ótimo desempenho..

  • 1995 - 1996

    Grupo Verde de Agricultura Alternativa

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Estágio no Projeto "Plantando o futuro"

    Atividades

    • 06/1995 - 12/1996

      Estágios , Grupo Verde de Agricultura Alternativa - RN - BRA, .,Estágio realizado, Estágio realizado em área com hortas orgânicas do Grupo Verde de Agricultura Alternativa.