Lidianne Fernandes Pelegrini

Lidianne Fernandes Pelegrini é graduada em Medicina Veterinária pela Universidade de Cuiabá (UNIC), MT. Realizou Residência em Clínica Médica de Pequenos Animais no Hospital Escola Veterinário da UNIC, sob orientação da Professora Doutora Ana Helena Benetti Gomes e supervisão do Professor Doutor Alexandre Mendes Amude. Participou de projetos de pesquisa em Medicina Veterinária na área de Patologia Veterinária e Biologia Molecular Aplicada a Ciência, Tecnologia de Alimentos e nas áreas de Clínica Médica e Diagnóstico por imagem de Pequenos Animais. Se fez Mestre pelo Programa de Mestrado em Biociência Animal, pela Universidade de Cuiabá, orienta pela Professora Doutora Rosana Zanatta, atuando na área de saúde preventiva de felinos com ênfase nos exames de imagem (Radiografia e Ultrassonografia). Atualmente é Docente no Centro Universitário Luterado de Ji-Paraná/RO (CEULJI/ULBRA), onde atua como membro do Conselho de Curso da Faculdade de Medicina Veterinária, membro do Comitê de Ética na Utilização de Animais (CEUA), ministra na Graduação as disciplinas de Clinica Médica de Pequenos Animais, Diagnóstico por Imagem, Terapêutica Veterinária, Bioquímica Clínica, Bioquímica Aplicada a Ciências Agrárias e Bioquímica Veterinária; Na Pós-graduação ocupa o cargo de preceptora no Programa de Aprimoramento em Clínica Médica de Pequenos Animais e ministrando as disciplinas de Treinamento prático em Diagnóstico por Imagem, Treinamento prático em Clinica Medica de Pequenos Animais I e II, Plantão Médico e Dermatologia Veterinária.

Informações coletadas do Lattes em 29/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Biociência Animal

2013 - 2015

Universidade de Cuiabá
Título: A Ultrassonografia abdominal no diagnóstico precoce das afecções de gatos domésticos assintomáticos.,Ano de Obtenção: 2015
Rosana Zanatta.Bolsista do(a): Universidade de Cuiabá, UNIC, Brasil. Palavras-chave: Gatos; Assintomáticos; Medicina Preventiva; Ultrassonografia abdominal.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Ultrassonografia de Animais. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Radiologia de Animais.

Especialização - Residência médica

2011 - 2012

Universidade de Cuiabá
Residência médica em: Clínica Médica de Pequenos AnimaisNúmero do registro: . Bolsista do(a): Universidade de Cuiabá, UNIC, Brasil.

Graduação em Medicina Veterinária

2006 - 2011

Universidade de Cuiabá
Título: DOENÇA INFLAMATÓRIA DO TRATO URINÁRIO INFERIOR DOS FELINOS
Orientador: Alexandre Mendes Amude
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Quimioterapia de A a Z. (Carga horária: 2h). , Equalis Ensino e Qualificação Superior, EQUALIS, Brasil.

2016 - 2016

Jornada Pedagógica. (Carga horária: 20h). , Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal, FACIMED, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em Proficiência em Língua Inglesa. , Universidade de Cuiabá, UNIC, Brasil.

2012 - 2012

Ultrassonografia Abdominal Avançada. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.

2012 - 2012

Radiografia Torácica. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.

2010 - 2010

Curso de Semana da ANCLIVEPA. (Carga horária: 20h). , Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais - Mato Grosso, ANCLIVEPA - MT, Brasil.

2006 - 2006

Extensão universitária em medicina veterinária. , Universidade de Cuiabá, UNIC, Brasil.

2006 - 2006

I Jornada Matogrossense de Bem-estar animal. , Universidade de Cuiabá, UNIC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal/Especialidade: Clínica Veterinária.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Radiologia e Ultrassonografia Animal.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Patologia Animal/Especialidade: Patologia Clínica Animal.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Anatomia Patologia Animal.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Obstetrícia Animal.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Biologia Molecular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PELEGRINI, L. F. . 1º Encontro de Grupos de Estudo de Medicina Veterinária. 2018. (Outro).

PELEGRINI, L. F. . XII CONGRESSO RONDONIENSE DE MEDICINA VETERINARIA (COROMVET). 2018. (Congresso).

PELEGRINI, L. F. . 12º ULBRA INTERAÇÃO TOTAL. 2017. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

1º Encontro de Grupos de Estudo de Medicina Veterinária.Membro de Banca Avaliado de Resumos Científicos protocolo 0134/18. 2018. (Encontro).

Programa de Capacitação Docente CEULJI/ ULBRA. 2018. (Oficina).

XII COROMVET - Congresso Rondoniense de Medicina Veterinária. Integrante da Comissão Científica do Congresso Rondoniense de Medicina Veterinária.. 2018. (Congresso).

Programa de Capacitação Docente CEULJI/ ULBRA. 2017. (Oficina).

Programa de Capacitação Docente CEULJI/ ULBRA. 2017. (Oficina).

Concurso Publico Professor Substituto UFG.Concurso para Prof. Substituto de Patologia Especial Veterinária. 2016. (Outra).

Jornada Pedagógica. 2016. (Seminário).

Concurso Publico Professor Substituto UFMT.Concurso para Prof. Substituto de Diagnóstico por Imagem. 2015. (Outra).

Ciclo de Palestras em Medicina Veterinária - CICLOVET. 2012. (Simpósio).

Estado da Arte e da Pesquisa em Mato Grosso. 2012. (Encontro).

II SINDIVI. 2012. (Simpósio).

Ciclo de Palestras em Medicina Veterinária - CICLOVET. 2011. (Simpósio).

Congresso Medvep de especialidades Veterinárias. Botulismo em cão - relato de caso. 2011. (Congresso).

Décimo primeiro Congresso Paulista de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais. 2011. (Congresso).

Nono CONPAVET. 2011. (Congresso).

37º Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, COMBRAVET. Avaliação de novos Métodos de Diagnóstico Post Mortem no Monitoramento da Tuberculose Bovina: Dados Preliminares. 2010. (Congresso).

Seminário Nacional Sobre Brucelose e Tuberculose Animal.Avaliação de novos Métodos de Diagnóstico Post Mortem no Monitoramento da Tuberculose Bovina: Dados Preliminares. 2010. (Seminário).

25º Congresso Brasileiro de Microbiologia. Detecção de DNA de Mycobacterium Bovis por PCR Multiplex em Lesões de Necropsia Sugestivas de Tuberculose Bovina. 2009. (Congresso).

36º Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. Intoxicação por Ipomoea carnea subespécie fistulosa em bovinos no pantanal matogrossense, município Poconé-MT. 2009. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rosana Zanatta

ZANATTA, ROSANA; AMUDE, ALEXANDRE MENDES; JESUS, L.P.. Valor da ultrassonografia abdominal no diagnóstico precoce das afecções de gatos domésticos assintomáticos. 2015. Dissertação (Mestrado em Biociência Animal) - Universidade de Cuiabá.

Rosana Zanatta

ZANATTA, Rosana; AMUDE, ALEXANDRE MENDES; Gomes, A.H.B.. ULTRASSONOGRAFIA ABDOMINAL NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DAS AFECÇÕES DE GATOS DOMÉSTICOS ASSINTOMÁTICOS.. 2015.

Rosana Zanatta

ZANATTA, ROSANA; AMUDE, ALEXANDRE MENDES; Gomes, A.H.B.. Valor da ultrassonografia abdominal no diagnóstico precoce das afecções de gatos domésticos assintomáticos. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Biociência Animal) - Universidade de Cuiabá.

Ana Helena Benetti-Gomes

ZANATTA, R.;BENETTI, A. H.; Amude, A.M.. Valor da radiografia torácica e da ultrassonografia abdominal no diagnóstico precoce das afecções de gatos domésticos assintomáticos. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Biociência Animal) - Universidade de Cuiabá.

Alexandre Mendes Amude

ZANATTA, ROSANA;AMUDE, Alexandre Mendes; Jesus, Lisiane Pereira. VALOR DA ULTRASSONOGRAFIA ABDOMINAL NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DAS AFECÇÕES DE GATOS DOMÉSTICOS ASSINTOMÁTICOS. 2015. Dissertação (Mestrado em Biociência Animal) - Universidade de Cuiabá.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Pâmela Kasprzak Hohlenwerger

Abordagem clínica do paciente felino com efusão pleural - Relato de caso; ; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Claudilaine Oliveira da Silva

Gestação ectópica em duas gatas ? relato de caso; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Taciane Leticia Souza

HIDROCEFALIA CONGÊNITA EM CANINO ? RELATO DE CASO; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Alini Osowski

HIPERPARATIREOIDISMO NUTRICIONAL SECUNDÁRIO EM PUMA YAGOURUNDI ? RELATO DE CASO; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Luana C

Freire Almeida; Monitoria na Disciplina de Diagnóstico por Imagem em Medicina Veterinária; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Gabriel Avelar Santana

Monitoria na Disciplina de Bioquímica Veterinária; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Laura Lago Silva

Voluntariado em Clinica Médica de Pequenos Animais; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Marcus Vinicius Silveira

Voluntariado em Clinica Médica de Pequenos Animais; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Fernanda Zago Solcia

Voluntariado em Clinica Médica de Pequenos Animais; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Vitor Rodrigues Pereira

Voluntariado em Clinica Médica de Pequenos Animais; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Bruna Carla da C

Bartnik; Voluntariado em Clinica Médica de Pequenos Animais; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Vitor Rodrigues Pereira

Voluntariado em Manejo de Clinica Médica de Pequenos Animais; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Marcus Vinicius Silveira

Voluntariado em Diagnóstico por Imagem; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Gian Phablo Nunes Cabral

Voluntariado em Clinica Médica de Pequenos Animais; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Valeria Aparecida Alves Barbosa

Monitoria na Disciplina de Bioquímica Clínica; 2017; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Ycaro Marlon Kuss Santos

Monitoria na Disciplina de Diagnóstico por Imagem em Medicina Veterinária; 2017; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná; Orientador: Lidianne Fernandes Pelegrini;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Laura Peixoto de Arruda

Quantificação e avaliação do potencial tóxico de alcalóides indolizínicos no leite e carne de bovinos alimentados com Ipomoea fistulosa, coletadas em Poconé ? Pantanal mato-grossense; ; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade de Cuiabá; Orientador: Laura Peixoto de Arruda;

Rosana Zanatta

Determinação da confiabilidade do exame radiográfico na avaliação cardíaca de cães; 2012; Dissertação (Mestrado em Biociência Animal) - Universidade de Cuiabá, Universidade de Cuiabá; Orientador: Rosana Zanatta;

Flavia Galindo Silvestre Silva

Avaliação de Novos Métodos de Diagnóstico no Monitoramento da Tuberculose Bovina no Brasil; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade de Cuiabá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Flavia Galindo Silvestre Silva;

Fábio de Souza Mendonça

Aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos da febre catarral maligna bovina na Microrregião Centro Sul do Estado de Mato Grosso; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade de Cuiabá, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso; Orientador: Fábio de Souza Mendonça;

Eduardo Eustáquio de Souza Figueiredo

Genotipagem de cepas de Mycobacterium bovis por VNTR; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade de Cuiabá; Orientador: Eduardo Eustáquio de Souza Figueiredo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Stucchi C ; Gonçalves LA ; PELEGRINI, L. F. ; Amude AM . Evitando erros de diagnóstico em pacientes com paraparesia/plegia aguda com ênfase no botulismo. REVISTA DE CIÊNCIAS AGROVETERINÁRIAS (UDESC) , v. 13, p. 13-13, 2013.

  • Amude AM ; Zanatta R ; Lemos RS ; PELEGRINI, L. F. ; Alba K ; VICCINI, F. ; Alfieri AA . Therapeutic usage of omeprazole and corticoid in a dog with hydrocephalus unresponsive to conventional therapy. Semina. Ciências Agrárias (Impresso) , v. 33, p. 146-149, 2012.

  • ZANATTA, R. ; PELEGRINI, L. F. ; Lemos RS . Ultrasonographic imaging as a diagnostic tool of gastro-esophageal intussusception in a German Shepherd dog.. Online Journal of Veterinary Research , v. 16, p. 246-250, 2012.

  • Mendonça FS ; Evêncio JN ; Dória RGS ; Freitas SH ; PELEGRINI, L. F. ; Cruz RAS ; Ferreira EV . Natural and Experimental Poisoning of Cattle by Enterolobium contortisiliquum Pods (Fabaceae Mimosoideae) in Central?Western Brazil. Acta Veterinaria Brno (Print) , v. 78, p. 621-625, 2009.

  • MENDONCA, F. S. ; Evêncio Neto, J. ; BARATELLA-EVENCIO, L. ; DÓRIA, R. G. S. ; FREITAS, S. H. ; PELEGRINI, L. F. ; CRUZ, ; Ferreira, E.V. ; COLODEL, E. M. . Natural and experimental poisoning of cattle by Enterolobium contortisiliquum pods (Fabaceae mimosoideae) in central Western of Brazil. Acta Veterinaria Brno (Print) , v. 78, p. 643-650, 2009.

  • MENDONCA, F. S. ; Evêncio Neto, J. ; BARATELLA-EVENCIO, L. ; DÓRIA, R. G. S. ; FREITAS, S. H. ; PELEGRINI, L. F. ; CRUZ, ; Ferreira, E.V. ; COLODEL, E. M. . Natural and experimental poisoning of cattle by Enterolobium contortisiliquum pods (Fabaceae mimosoideae) in central Western of Brazil. Acta Veterinaria Brno (Print) , v. 78, p. 643-650, 2009.

  • ALVES, R. M. ; BOROVIEC, B. B. ; HOHLENWERGER, P. K. ; SANTOS, T. M. S. ; PELEGRINI, L. F. . Radiologia contrastada para a obtenção do diagnóstico de megaesôfago congênito em cão adulto. In: XII COROMVET, 2018, Ji-Paraná. Amostra Científica XII COROMVET, 2018.

  • Amude AM ; Gonçalves LA ; PELEGRINI, L. F. ; VICCINI, F. . BOTULISMO EM CÃO - RELATO DE CASO. In: Congresso Medvep de Especialidades Veterinária, 2011, CURITIBA. . Anais do congresso Medvep de especialidades veterinária, 2011.

  • SODRE, G. C. ; WEBER, F. K. ; BOROVIEC, B. B. ; SANTOS, T. M. S. ; HOHLENWERGER, P. K. ; PELEGRINI, L. F. . Isoporose em um felino - relato de caso.. In: XII COROMVET, 2018, Ji-Paraná. Amostra Científica XII COROMVET, 2018.

  • Amude AM ; Zanatta R ; Lemos RS ; PELEGRINI, L. F. ; VICCINI, F. . Therapeutic usage of omeprazole andcorticoid in a dog with hydrocephalus unresponsive to conventional therapy. Semina. Ciências Agrárias (Online) , 2012.

  • Amude AM ; VICCINI, F. ; PELEGRINI, L. F. ; Gonçalves LA ; Silva NKO . Botulismo em cão - relato de caso. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Stucchi C ; PELEGRINI, L. F. ; Carvalho RCT ; Figueredo EES ; Silvestre FG ; Paschoalin VMF . Avaliação de novos Métodos de Diagnóstico Post Mortem no Monitoramento da Tuberculose Bovina: Dados Preliminares. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Furnaletto LV ; Figueredo EES ; Stucchi C ; PELEGRINI, L. F. ; Júnior CC ; Silvestre FG ; Marassi CD ; Lilenbaum W ; Silva JT ; Paschoalin VMF . Avaliação de Novos Métodos de Diagnóstico Post Mortem no Monitoramento da Tuberculose Bovina: Dados Preliminares. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • Stucchi C ; Carvalho RCT ; Figueredo EES ; PELEGRINI, L. F. ; Medeiros L ; Silvestre FG ; Lilenbaum W ; Silva JT ; Paschoalin VMF ; Júnior CC . Detecção de DNA de Mycobacterium Bovis Direto de Tecidos de Bovinos por Multiplex PCR. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Camargo LM ; Zanetti VB ; Dória RGS ; PELEGRINI, L. F. ; Silva TAF ; Mendonça FS ; Freitas SH ; Laskoski LM ; Arruda LP . Intoxicação por ipomoeia carnea subespecie fistulosa em bovinos no pantanal matogrossense, Município de Poconé ? MT. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Figueredo EES ; Carvalho RCT ; Medeiros L ; PELEGRINI, L. F. ; Stucchi C ; Silvestre FG ; Lilenbaum W ; Silva JT ; Paschoalin VMF . Detecção de DNA de Mycobacterium Bovis por PCR Multiplex em Lesões de Necropsia Sugestivas de Tuberculose Bovina. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SOUZA, T. L. ; PELEGRINI, L. F. . HIDROCEFALIA CONGENITA CANINA - Relato de caso 2017 (Orientação acadêmica).

  • SILVA, C. O. ; PELEGRINI, L. F. . Gestação ectópica em duas gatas ? relato de caso. 2017 (Orientação acadêmica).

  • OSOWSKI, A. ; PELEGRINI, L. F. . Hiperparatireoidismo nutricional secundário em puma yagounrundi ? relato de caso 2017 (Orientação acadêmica).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PELEGRINI, L. F. . Introdução a Radiologia na Medicina Veterinária. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Radiologia do Esqueleto Axial. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Radiologia de Tórax. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Radiologia de Adomem. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Introdução á ultrassonografia abdominal. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Ultrassonografia Sistema Digestório. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Ultrassonografia do Sistema Urinário. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Ultrassonografia de Baço, Linfonodos e Glândulas Adrenais. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Ultrassonografia do Sistema Reprodutor. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PELEGRINI, L. F. . Radiologia do esqueleto apendicular. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - Atual

    Comparação das mensurações cardiacas realizadas em filmes radiográficos e pelo software de sistema digital., Descrição: Estudo retrospectivo que busca determinar se há diferença estatisticamente significativa no resultado de três métodos de mensuração cardíaca por meio da realização dessas medidas pelo método convencional e com o uso de um software de radiologia computadorizada. O resultado da mensuração cardíaca pode interferir na conduta adotada pelo médico veterinário diante do paciente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Coordenador / Rosana Zanatta - Integrante / Lázaro Manoel de Camargo - Integrante / Raquel de Souza Lemos - Integrante / Felipe Morais da Silva - Integrante / Jacymar Capelasso - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Valor da radiografia torácica e da ultrassonografia abdominal no diagnóstico precoce das afecções de gatos domésticos assintomáticos., Descrição: A medicina preventiva é a especialidade que se dedica a prevenção da doença ao invés do seu tratamento. Ela abrange uma série de iniciativas e procedimentos que visam a prevenção e detecção precoce de enfermidades, e vem sendo difundida em todos os setores da saúde humana. Na medicina veterinária, os gatos, dentre as demais espécies, são os que mais necessitam da medicina preventivas. Esta afirmação pode ser explicada pelo fato dos gatos preservarem a habilidade de esconder a dor e os sinais clínicos de doenças, sendo estas características da própria espécie, resquício da sua vida selvagem. O presente trabalho visa determinar o valor do uso da radiografia e da ultrassonografia como instrumentos na detecção precoce de doenças, com perspectivas da adoção dessas modalidades como exames de rotina na clínica médica de felinos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Raquel de Souza Lemos - Integrante / Felipe Morais da Silva - Integrante / Lívia Saab Muraro - Integrante / Ondina Fatini da Silva - Integrante / Rosana Zanatta - Coordenador / Nayara Gomes Evangelista - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Determinação da confiabilidade do exame radiográfico na avaliação cardíaca de cães, Descrição: O exame radiográfico é um dos métodos diagnósticos mais utilizados para a avaliação do coração na clínica de pequenos animais (KEALY & MCALLISTER, 2005). A ecocardiografia é uma modalidade do diagnóstico por imagem não invasiva, que é padrão-ouro na mensuração da espessura e do tamanho das estruturas cardíacas. Essas mensurações podem ser feitas em imagens bidimensionais, por meio de uma série de incidências ultrassonográficas (JOHNSON et al., 2008). O objetivo deste estudo é determinar a sensibilidade e a especificidade do exame radiográfico torácico para avaliar o aumento das câmaras cardíacas de cães.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (91) . , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Rosana Zanatta - Coordenador / Raquel de Souza Lemos - Integrante.

  • 2011 - 2013

    Avaliação da qualidade de imagem em um serviço de radiologia veterinária, Descrição: Este projeto busca avaliar a qualidade das imagens radiográficas em um serviço de diagnóstico por imagem veterinário, com base no Guia Europeu de critérios de qualidade de imagens radiográficas diagnósticas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Coordenador / Rosana Zanatta - Integrante / Nayara Gomes Evangelista - Integrante / Raquel de Souza Lemos - Integrante / Felipe Morais da Silva - Integrante / Clazielen Corrêa Nery - Integrante / Ondina Fatini da Silva - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Abordagem neurológica, diagnóstica e terapêutica das afecções neuromusculares em animais, Descrição: Embora diversas sejam as possibilidades, na rotina prática da neurologia os pacientes com tetraparesia flácida geralmente possuem distúrbio na transmissão neuromuscular por doença generalizada das radículas e/ou raízes nervosas (polirradiculite/polirradiculoneurite), especialmente das fibras motoras; dos nervos periféricos (polineuropatia); e ou afecções da junção neuromuscular (JNM). As principais doenças que afetam a JNM são miastenia gravis, polimiopatias, paralisia causada por picada de carrapato, botulismo/tétano, intoxicação crônica por organofosforados e drogas que causam bloqueio neuromuscular. O tétano seria uma exceção a esse grupo de afecções da JNM, pois, contrariamente a todos as outras, causa um quadro espástico e não flácido. O objetivo desse projeto e realizar abordagem clínica, neurológica, diagnóstica e terapêutica dos pacientes apresentados com sinais clínicos de tetraparesia flácida e/ou fraqueza neuromuscular. A metodologia adotada consistirá em um sistema padrão para abordagem clínica, diagnóstica e terapêutica de pacientes com manifestações neuromusculares. Os procedimentos padrões adotados para triagem visarão diagnosticar as diferentes afecções que levam ao curso clínico de alteração neuromuscular. Durante abordagem clínica de triagem os animais serão submetidos ao exame clínico e neurológico completo repetidos constantemente durante todo o período de acompanhamento. Um painel de diferentes exames serão realizado como hemograma, bioquímica clínica (ALT, FA, GGT, URE, CREAT, CPK, colesterol, triglicerídeos, albumina, globulina), perfil eletrolítico (Ca, P, Mg, Cl, K, Na), urinálise, varredura abdominal ultrassonográfica, varredura torácica radiográfica, esofagograma, sorologia para detecção de anticorpos anti-receptores nicotínicos de acetilcolina e bioensaio de letalidade em camungongos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Coordenador / Fernanda Viccini - Integrante / Caetana Stucchi - Integrante / Rosana Zanatta - Integrante / Michele Lunardi - Integrante / Alfieri, Amauri Alcindo - Integrante / Michelle Igarashi - Integrante / Katiuzi Quadros Alba - Integrante / Lívia Saab Muraro - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Avaliação neurológica e estudo radiográfico (ventriculografia) e ultrassonográfico de sistema ventricular de pacientes portadores de hidrocefalia, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Coordenador / Rosana Zanatta - Integrante / Raquel de Souza Lemos - Integrante., Financiador(es): Universidade de Cuiabá - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Avaliação neuroclínica e neuropatológica das afecções inflamatórias (idiopáticas e infecto-parasitárias) do sistema nervoso central de cães e gatos, Descrição: Descrição: Na rotina da neurologia veterinária sabe-se que diferentes causas podem conduzir a distúrbios neurológicos como problemas degenerativos, metabólicos, auto-imunes, nutricionais, inflamatórios, tóxicos e vasculares, dentre outros. No entanto, entre todas as possíveis etiologias de afecções neurológicas, as condições inflamatórias do sistema nervoso central (SNC) são as mais importantes e contribuem com cerca de 1/3 das afecções encefálicas em animais de companhia (cães e gatos). Duas grandes causas distintas de inflamação encefálica têm sido relatadas: encefalite idiopática não-infecciosa e encefalite infecto-parasitária. O diagnóstico ante mortem das encefalites pode ser difícil e a etiologia específica da afecção inflamatória encefálica (idiopático x infecto-parasitária) pode ser um desafio ao veterinário. Encefalites necrosantes (EN) tal como meningoencefalite necrosante (MEN) e leucoencefalite necrosante (LEN) são entidades neuropatológicas não-infecciosas importantes em cães de pequeno porte. Meningoencefalite granulomatosa (MEG) também é um tipo de encefalite não-infecciosa que tem sido encontrado em animais de pequeno porte, especialmente em cães, embora relatos em gatos também já foram encontrados. Outro tipo de afecção inflamatória idiopática em cães e gatos é a meningoencefalite eosinofílica (MEE) e a meningite-arterite responsiva a esteróides (MARE). Exemplos importantes de doenças infecto-parasitárias com repercussão inflamatória no SNC são as meningoencefalites virais, protozoárias, fúngicas e bacterianas. O amplo espectro de sinais neurológicos nas diferentes afecções inflamatórias encefálicas torna difícil o diagnóstico clínico ante mortem dessas afecções. O objetivo desse projeto é estudar e caracterizar comparativamente os aspectos neuroclínicos e neuropatológicos das condições inflamatórias (infecto-parasitárias e não-infecciosas/idiopáticas) do SNC com ênfase nas afecções encefálicas... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Coordenador / Fernanda Viccini - Integrante / Caetana Stucchi - Integrante / Ana Paula Frederico Rodrigues Loureiro Bracarense - Integrante / Lucas Alécio Gomes - Integrante / Michele Lunardi - Integrante / Rafael Rodrigues da Silva - Integrante / Headley, Selwyn Arlington - Integrante / Alfieri, Alice Fernandes - Integrante / Alfieri, Amauri Alcindo - Integrante / Michelle Igarashi - Integrante / Katiuzi Quadros Alba - Integrante / Andréa Janaina de Mello - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Epidemiologia e profilaxia da displasia coxofemoral em cães, Descrição: displasia coxofemoral (DCF) é uma afecção ortopédica hereditária. Seu controle baseia-se na retirada de cães positivos da reprodução, ação realizada em conjunto por médicos veterinários e proprietários. No Brasil são escassos os estudos epidemiológicos e sobre a situação do controle e profilaxia da DCF. Objetiva-se com esse projeto estudar a epidemiologia da DCF por meio de questionários realizados com os proprietários de cães displásicos diagnosticados pela avaliação de radiografias. Também será objetivo avaliar a conduta dos médicos veterinários em relação às orientações profiláticas da DCF e a atitude dos proprietários em relação a vida reprodutiva desses cães.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Integrante / Rosana Zanatta - Coordenador / Raquel de Souza Lemos - Integrante / Clazielen Correa Nery - Integrante / Felipe Morais da Silva - Integrante / Tilde Rodrigues Froes - Integrante / Ondina Fatini da Silva - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Estudo radiográfico e tomográfico da cabeça de cães e gatos hígidos e com afecções craniofaciais., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Integrante / Raquel de Souza Lemos - Integrante / Felipe Morais da Silva - Integrante / Ondina Fatini da Silva - Integrante / Rosana Zanatta - Coordenador / Nayara Gomes Evangelista - Integrante / CANOLA JC - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Abordagem neurológica, diagnóstica e terapêutica das afecções neuromusculares em animais, Descrição: Embora diversas sejam as possibilidades, na rotina prática da neurologia os pacientes com tetraparesia flácida geralmente possuem distúrbio na transmissão neuromuscular por doença generalizada das radículas e/ou raízes nervosas (polirradiculite/polirradiculoneurite), especialmente das fibras motoras; dos nervos periféricos (polineuropatia); e ou afecções da junção neuromuscular (JNM). As principais doenças que afetam a JNM são miastenia gravis, polimiopatias, paralisia causada por picada de carrapato, botulismo/tétano, intoxicação crônica por organofosforados e drogas que causam bloqueio neuromuscular. O tétano seria uma exceção a esse grupo de afecções da JNM, pois, contrariamente a todos as outras, causa um quadro espástico e não flácido. O objetivo desse projeto e realizar abordagem clínica, neurológica, diagnóstica e terapêutica dos pacientes apresentados com sinais clínicos de tetraparesia flácida e/ou fraqueza neuromuscular. A metodologia adotada consistirá em um sistema padrão para abordagem clínica, diagnóstica e terapêutica de pacientes com manifestações neuromusculares. Os procedimentos padrões adotados para triagem visarão diagnosticar as diferentes afecções que levam ao curso clínico de alteração neuromuscular. Durante abordagem clínica de triagem os animais serão submetidos ao exame clínico e neurológico completo repetidos constantemente durante todo o período de acompanhamento. Um painel de diferentes exames serão realizado como hemograma, bioquímica clínica (ALT, FA, GGT, URE, CREAT, CPK, colesterol, triglicerídeos, albumina, globulina), perfil eletrolítico (Ca, P, Mg, Cl, K, Na), urinálise, varredura abdominal ultrassonográfica, varredura torácica radiográfica, esofagograma, sorologia para detecção de anticorpos anti-receptores nicotínicos de acetilcolina e bioensaio de letalidade em camungongos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Coordenador / Fernanda Viccini - Integrante / Caetana Stucchi - Integrante / Rosana Zanatta - Integrante / Michele Lunardi - Integrante / Alfieri, Amauri Alcindo - Integrante / Michelle Igarashi - Integrante / Katiuzi Quadros Alba - Integrante / Lívia Saab Muraro - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Avaliação clínica, neurológica, diagnóstica e terapêutica de pacientes sintomáticos e assintomáticos portadores de hidrocefalia/ventriculomegalia, Descrição: : A hidrocefalia pode ou não estar associada aos sinais clínicos, no entanto a hidrocefalia congênita geralmente tem apresentação clínica. Certas raças de cães têm predisposição à hidrocefalia e dentre as mais acometidas pode-se citar: Maltês, Yokshire Terrier, Bulldog Inglês, Chihuahua, Lhasa Apso, Lulu da Pomerânia, Poodle toy, Cairn Terrier, Terrier Boston, Pug e Pequinês. A maioria dos animais acometidos possui cabeça obviamente aumentada e fontanelas abertas palpáveis. Deve-se tomar cuidado para não dar uma importância maior do que a devida a tais achados, entretanto, uma vez que fontanelas abertas e hidrocefalia discreta e assintomática podem ser normais em algumas dessas raças. A persistência da fontanela em cães tem uma relação direta com o aumento ventricular e o aumento da pressão intracraniana causada pela hidrocefalia. Estatisticamente, há uma relação direta entre a presença de fontanela e a ventriculomegalia. O tratamento da hidrocefalia depende da causa do distúrbio e do estado do animal, sendo que a estratégia terapêutica geralmente está relacionada ao uso de fármacos que diminuam a produção ou aumentem a absorção de FCE. O objetivo desse estudo é realizar uma abordagem clínica, neurológica e diagnóstica de pacientes portadores de fontanelas abertas palpáveis. Os pacientes serão submetidos a exame físico e neurológico, assim como avaliação radiográfica e ultrassonográfica do crânio e encéfalo, respectivamente. Os pacientes sintomáticos serão tratados e pesquisas por novos protocolos terapêuticos serão avaliados... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Coordenador / Fernanda Viccini - Integrante / Caetana Stucchi - Integrante / Rosana Zanatta - Integrante / Raquel de Souza Lemos - Integrante / Amauri Alcindo Alfieri - Integrante / Katiuzi Quadros Alba - Integrante / Clazielen Correa Nery - Integrante / Felipe Morais da Silva - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Estudo neuroclínico e neuropatológico das afecções necrosantes do sistema nervoso central de cães, Descrição: Descrição: Lesões necrosantes no sistema nervoso central (SNC) de cães tem sido descrita em ambas condições: afecções neurológicas infecto-parasitárias e não-infecciosas. Encefalomielite fúngicas, protozoárias e virais são exemplos de afecções neurológicas infecto-parasittárias que podem estar associadas a quadros necrosantes do SNC. Condições necrosantes idiopáticas (não-infecciosas) também têm sido relatadas em diferentes raças com padrões específicos de distribuição de lesões no parênquima nervoso de cães. Meningoencefalite necrosante (MEN) e leucoencefalite necrosante (LEN) são entidades neuropatológicas inflamatórias não-infecciosas importantes freqüentemente descritas em diferentes raças de cães de pequeno porte, especialmente os exemplares toys. Disfunção mitocondrial também tem sido relatada como causa de encefalopatia necrosante com pouca ou nenhuma resposta inflamatória no parênquima nervoso acometido. Esses quadros de encefalopatia necrosante mitocondriais em cães se assemelham muito com a síndrome de Leigh em humanos. Em algumas raças um quadro degenerativo de necrose envolvendo o encéfalo e medula também tem sido relatado e recebe a designação de polioencefalomielomalácia. O amplo espectro de sinais neurológicos nas diferentes afecções necrosantes do SNC torna difícil o diagnóstico clínico ante mortem dessas afecções. O objetivo desse projeto é estudar e caracterizar comparativamente os aspectos neuroclínicos e neuropatológicos das condições necrosantes (infecto-parasitárias e não-infecciosas/idiopáticas) do SNC de cães... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Coordenador / Fernanda Viccini - Integrante / Caetana Stucchi - Integrante / Amauri Alcindo Alfieri - Integrante / Ana Paula Frederico Rodrigues Loureiro Bracarense - Integrante / Lucas Alécio Gomes - Integrante / Rafael Rodrigues da Silva - Integrante / Headley, Selwyn Arlington - Integrante / Alfieri, Alice Fernandes - Integrante / Michelle Igarashi - Integrante / Katiuzi Quadros Alba - Integrante / Andréa Janaina de Mello - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Diagnóstico da encefalomielite pela cinomose canina através de utilização de técnicas de biologia molecular para detecção do RNA viral, Descrição: Dentre as causas infecciosas de etiologia viral, o vírus da cinomose canina (CDV) é um dos mais importantes agentes virais envolvidos na determinação de doença neurológica central em cães. A forma clássica da infecção pelo CDV resulta em doença clínica caracterizada por sinais sistêmicos (gastrintestinais e/ou respiratórios), freqüentemente associados a mioclonia e outros diversos sinais neurológicos. No entanto, essas evidências características da infecção pelo CDV não são a regra, e muitos animais com a forma nervosa da enfermidade são apresentados sem mioclonia e na ausência de sinais sistêmicos. Nesses casos neurológicos apresentados sem as evidencias clínicas típicas da infecção pelo CDV, a cinomose é um desafio diagnóstico para o veterinário, e o apoio laboratorial torna-se importante para confirmar a participação do CDV. Até o momento, não há muitas investigações disponíveis sobre o uso da RT-PCR como ferramenta laboratorial para o diagnóstico da cinomose em cães com a forma neurológica da doença, nos quais o diagnóstico clínico da enfermidade é difícil de ser sugerido devido a ausência das evidencias clínicas clássicas da infecção viral. Dessa forma, o presente projeto objetiva avaliar a RT-PCR para detecção do RNA do CDV como recurso laboratorial para o diagnóstico da forma nervosa da cinomose em ocasiões onde o diagnóstico clínico torna-se difícil pela ausência do curso clínico clássico da infecção viral.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Coordenador / Katiuzi Alba - Integrante / Amauri Alcindo Alfieri - Integrante., Financiador(es): Universidade de Cuiabá - Auxílio financeiro / Universidade Estadual de Londrina - Cooperação.

  • 2009 - 2011

    Avaliação de novos métodos de diagnóstico no monitoramento da tuberculose bovina no Brasil, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Eduardo Eustáquio S. Figueredo - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2009

    Aspectos Epidemiológicos, Clínicos e Patológicos da Febre Catarral Maligna na Microrregião de Cuiabá, Estado de Mato Grosso, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Fábio de Souza Mendonça - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2009

    Intoxicação por ipomoeia carnea subespecie fistulosa em bovinos no pantanal matogrossense, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Fábio de Souza Mendonça - Coordenador.

  • 2007 - Atual

    Epidemiologia molecular da papilomatose cutânea em rebanhos bovinos brasileiros e caracterização da seqüência genômica completa de quatro supostos novos tipos de papilomavírus bovino identificados no Estado do Paraná., Descrição: O papilomavírus (PV) constitui um grupo de vírus altamente diverso que ocorre na maioria dos vertebrados superiores, incluindo os seres humanos. No Brasil, independentemente do nível de tecnificação da exploração pecuária, a infecção pelo papilomavírus bovino (BPV) pode ser encontrada em praticamente todo o país tanto em rebanhos de corte quanto, principalmente, naqueles com aptidão leiteira. Os métodos recentes para a identificação de novos PVs são baseados na reação da polimerase em cadeia (PCR) empregando oligonucleotídeos iniciadores (primers) degenerados. Uma destas metodologias, envolvendo a utilização do par de primers degenerados FAP (FAP59 e FAP64). Enquanto numerosos tipos de HPVs têm sido identificados, até o início da década de 80 somente seis tipos de BPV (BPV-1 a -6) haviam sido caracterizados, também por meio do seqüenciamento do genoma completo. A hipótese mais provável para a não identificação de novos tipos de BPV pode ser devido ao uso de metodologias inadequadas para esse objetivo. Por meio da utilização dos primers consensuais FAP59/FAP64 e do seqüenciamento dos amplicons obtidos, foi possível a detecção de 15 supostos novos tipos de BPV, tanto a partir de lesões cutâneas quanto pele saudável, de bovinos do Japão e da Suécia. Recentemente o nosso grupo, em um trabalho piloto, utilizando o par de primers FAP59/FAP64, identificou a partir de papilomas cutâneos de bovinos do estado do Paraná, tanto tipos de BPV já descritos anteriormente (BPV-1, 2, 6 e 8) quanto quatro supostos novos tipos de BPV que ainda não haviam sido descritos na literatura mundial. O objetivo deste projeto é identificar os tipos de BPV relacionados a neoplasias epiteliais benignas em rebanhos bovinos leiteiros e de corte de alguns estados brasileiros e caracterizar os supostos novos tipos virais por meio da determinação da seqüência completa do seu genoma. Com essa finalidade, utilizaremos o par de primers FAP para a amplificação de um produto de 478 pb. Posteriormente, esse.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lidianne Fernandes Pelegrini - Integrante / Alexandre Mendes Amude - Integrante / Caetana Stucchi - Integrante / Amauri Alcindo Alfieri - Integrante / Michele Lunardi - Coordenador / Rafael Rodrigues da Silva - Integrante / Alfieri, Alice Fernandes - Integrante / Andréa Janaina de Mello - Integrante / Maria Helena Pelegrinelli Fungaro - Integrante / Claus Marlise Pompeo - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2015

Mestre, Universidade de Cuiaba.

2012

Residência em Clínica Médica de Pequenos Animais, Universidade de Cuiaba.

2011

Aluna homenageada por melhor empenho acadêmico da turma 119261 de Medicina Veterinária da UNIC, Universidade de Cuiabá.

2011

Medica Veterinária, Universidade de Cuiaba.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná, Faculdade de Medicina Veterinária. , Avenida Engenheiro Manfredo Barata Almeida da Fonseca - de 572/573 ao fim, Jardim Aurélio Bernardi, 76907438 - Ji-Paraná, RO - Brasil, Telefone: (69) 34163121, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2016 - Atual

Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 35, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Docente do curso de Pós-graduação de Aprimoramento em Clínica Médica de Pequenos Animais no Hospital Escola da CEULJI/ ULBRA (Universidade Luterana do Brasil). Atuação como preceptora com aulas teóricas e práticas dos alunos de Aprimoramento nas disciplinas de Clínica médica Geral, Clínica Médica Aplicada a Saúde de Felinos, Diagnóstico por Imagem, Patologia Clínica, Tratamentos Intensivos, Tratamentos Emergenciais, Plantão Médico e Ética Profissional. Orientação de reuniões para Discussão e Acompanhamento de Casos Clínicos atendidos diariamente no Hospital Escola. Orientação de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para Aprimorandos em Clínica Médica de Pequenos animais.

2016 - Atual

Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas ministradas da disciplina de Diagnóstico por Imagem. Ministrada aulas teóricas e práticas de Radiografia Veterinária e Ultrassonografia Abdominal em Pequenos animais. Disciplina enquadrada na matriz do curso de graduação em Medicina Veterinária.

2016 - Atual

Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas ministradas da disciplina de Terapêutica Clínica Veterinária. Ministradas aulas teóricas e práticas das diversas terapias aplicadas a medicina veterinária. Disciplina enquadrada na matriz do curso de graduação em Medicina Veterinária.

2016 - 2016

Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas ministradas da disciplina de Bioquímica Aplicada a Medicina Veterinária. Ministradas aulas teóricas e práticas sobre Bioquímica celular aplicada a diversas áreas de atuação do médico veterinário. Disciplina enquadrada na matriz do curso de graduação em Medicina Veterinária.

2016 - 2016

Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas ministradas da disciplina de Patologia Clínica Veterinária. Ministradas aulas teóricas e práticas laboratoriais de análises clínicas e interpretação de exames laboratoriais complementares. Disciplina enquadrada na matriz do curso de graduação em Medicina Veterinária.

2016 - 2016

Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas ministradas da disciplina de Biossegurança Aplicada a Medicina Veterinária. Ministradas aulas teóricas e práticas laboratoriais e a campo sobre biossegurança nas diversas áreas de atuação do médico veterinário. Disciplina enquadrada na matriz do curso de graduação em Medicina Veterinária.

2016 - 2016

Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas ministradas da disciplina de Diagnóstico por Imagem. Ministrada aulas teóricas e práticas de Radiografia Veterinária e Ultrassonografia Abdominal em Pequenos animais. Disciplina enquadrada na matriz do curso de graduação em Medicina Veterinária.

2016 - 2016

Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 5, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Atendimento clínico na Clínica Escola da Facimed. Consultas, tratamento, diagnóstico e acompanhamento clínico dos pacientes atendidos na Clínica Médica de Pequenos Animais. Avaliação, confecção e interpretação de Exames Ultrassonográficos Abdominal em Pequenos Animais. Atuação prática laboratorial no laboratório de Análises Clínicas. Acompanhamento de grupos de estudo e voluntariado da Clínica Médica de Pequenos Animais, Diagnóstico por Imagem e Patologia Clínica.

2012 - 2015

Universidade de Cuiba

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrado em Biociência Animal, Regime: Dedicação exclusiva.

2011 - 2012

Universidade Cuibá

Vínculo: Residente, Enquadramento Funcional: Residencia Clinica Médica de Pequenos Animais, Regime: Dedicação exclusiva.

2010 - 2010

Universidade Estadual de Londrina

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário curricular

Outras informações:
Estágio curricular: Estágio supervisionado em Medicina Veterinária: Medicina de Animais de Companhia, na Universidade Estadual de Londrina, totalizando 240 horas, na cidade de Londrina - PR

2008 - 2010

Universidade Federal de Mato Grosso

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Tecnológica Científica/ CNPq, Carga horária: 12

Outras informações:
Bolsista de Iniciação Tecnológica Científica/ CNPq (ITI-1), e sob orientação do Prof. Dr. Eduardo Eustáquio de Souza Figueiredo do departamento de Alimentos e Nutricao - UFMT (Matricula 1750179). Participando por 2 anos do projeto de pesquisa intitulado "Avaliação de Novos Métodos de Diagnóstico no Monitoramento da Tuberculose Bovina no Brasil" CNPq/ MAPA 64/2008 (578168/2008-1).

2007 - 2009

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica - BIC, Carga horária: 12

Outras informações:
Bolsista de Iniciação Científica. Projeto: "Aspectos Epidemiológicos, Clínicos e Patológicos da Febre Catarral Maligna no Estado de Mato Grosso". Orientador: Prof. Dr. Fabio de Souza Mendonça. Departamento: Setor de Patologia Veterinária da Universidade de Cuiabá.

2009 - 2011

Universidade de Cuiabá

Vínculo: estagiario, Enquadramento Funcional: Estagiario, Carga horária: 20

Outras informações:
Iniciação cientifica categoria: ITI A - A, CNPq. Projeto: Avaliação de Novos Métodos de Diagnóstico no Monitoramento da Tuberculose Bovina no Brasil. Orientador: Eduardo Eustáquio Souza Figueiredo.

2010 - 2010

Universidade de Cuiabá

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário curricular

Outras informações:
Estágio curricular: Estágio supervisionado em Medicina Veterinária: Medicina de Animais de Companhia, na Universidade de Cuiabá, totalizando 288 horas, na cidade de Cuiabá - MT

2009 - 2009

Universidade de Cuiabá

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário extra-curricular

Outras informações:
Realizou estágio voluntário junto ao Hospital Veterinário da Universidade de Cuiabá, na área de Clínica Médica de Animais de Companhia, no período de fevereiro a novembro de 2009, sob orientação do Prof. DSc. Alexandre Mendes Amude, perfazendo um total de 408 horas, na cidade de Cuiabá.

2008 - 2008

Universidade de Cuiabá

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário extra-curricular

Outras informações:
Realizou estágio voluntário junto ao LABORATÓRIO DE HISTOPATOLOGIA ? do Hospital Veterinário da UNIC, sob orientação de Prof. MSc. Laura Arruda, no período de agosto a novembro de 2008, perfazendo um total de 250 horas, na cidade de Cuiabá- MT.

2007 - 2008

Universidade de Cuiabá

Vínculo: Projeto de extensão, Enquadramento Funcional: colaborador de proj. de extensão, Carga horária: 4

Outras informações:
Projeto Cães Voluntários - realizado pela faculdade de Medicina Veterinária, Faculdade de Odontologia, Faculdade de Fisioterapia e Faculdade de Psicologia da UNIC

2007 - 2008

Universidade de Cuiabá

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário extra-curricular

Outras informações:
Realizou estágio voluntário junto ao LABORATÓRIO DE HISTOPATOLOGIA ? do Hospital Veterinário da UNIC, sob orientação do prof. DSc. Fábio Mendonça, do período de fevereiro de 2007 a junho de 2008, perfazendo um total de 730 horas, na cidade de Cuiabá - MT.

2006 - 2008

Universidade de Cuiabá

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Outras informações:
Estágio realizado no setor de anatomia patológica veterinária do Hospital Veterinário da Universidade de Cuiabá, sob a orientação do Prof. Fábio de Souza Mendonça e Laura Peixoto.

Atividades

  • 02/2009 - 02/2010

    Estágios , Laboratório de Biologia Molecular do HGU, .,Estágio realizado, Estágio realizado na Unidade de Genética e Biologia Molecular - HGU..

  • 08/2006 - 12/2008

    Estágios , Laboratório de Patologia Veterinária, .,Estágio realizado, Estágio reailizado no Laboratório de Patologia Veterinária do Hospital Veterinário da Universidade de Cuiabá, sob a orientação do Professor Fábio de Souza Mendonça..