Josiléia Acordi Zanatta

Graduada em Agronomia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2003), mestre e doutora em Ciência do Solo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009). Atuou entre 2009 e 2011 como pesquisadora da Embrapa Agropecuária Oeste em Dourados (MS). Atualmente é pesquisadora na Embrapa Florestas, localizada em Colombo, PR. Lídera o projeto MP1 Saltus, de abrangência Nacional. Tem experiência na área de Manejo do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: dinâmica da matéria orgânica e fluxos de gases de efeito estufa em solos florestais. Orienta bolsistas de iniciação científica e co-orienta acadêmicos de Pós-Graduação em Ciência do Solo da Universidade Federal do Paraná. Bolsista de produtividade do CNPq nível 2. Participa do grupo de pesquisa Uso sustentável dos recursos solo e água

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciência do Solo

2006 - 2009

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Emissão de óxido nitroso afetada por sistemas de manejo e fontes de nitrogênio
Cimélio Bayer. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: dióxido de carbono; leguminosas; óxido nitroso; plantio direto; plantas de cobertura; metano. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agrometeorologia. Setores de atividade: Agricultura, Pecuária, Silvicultura e Exploração Florestal.

Mestrado em Ciência do Solo

2004 - 2006

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Estoques e labilidade do carbono em frações da matéria orgânica de um Argissolo afetados por sistemas de manejo de solo,Ano de Obtenção: 2006
Cimélio Bayer.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: carbono orgânico total; carbono orgânico particulado; labilidade da matéria orgânica; sistemas de preparo; sistemsa de culturas; qualidade do manejo. Grande área: Ciências AgráriasSetores de atividade: Agricultura, Pecuária, Silvicultura e Exploração Florestal.

Graduação em agronomia

1998 - 2003

Universidade do Estado de Santa Catarina
Título: Características químicas de um Argissolo Vermelho distrófico sob plantio direto afetadas pelo sistema de culturas e adubação nitrogenada
Orientador: Paulo Roberto Ernani
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

1995 - 1998

Escola Agrotécnica Federal de Sombrio

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2010 - 2010

Métodos de análise de fluxo de GEE. (Carga horária: 24h). , Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Italiano

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Manejo e Conservação do Solo.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Solos Florestais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

III Reunião Paranaense de Ciência do Solo. Agregação e teores de carbono orgânico afetados por espaçamentos de pinus. 2013. (Congresso).

XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. Variabilidade espacial da emissão de óxido nitroso e metano no domínio das árvores em plantios florestais. 2013. (Congresso).

Workshop: MEDIÇÃO DE BIOMASSA FLORESTAL. 2012. (Seminário).

XIX Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e Água.Emissões de óxido nitroso e metano do solo emplantio direto e preparo convencional nas estações chuvosa e seca do Cerrado. 2012. (Outra).

II Reunião Paranaense de Ciência do Solo.Emissões de Gases de efeito estufa em sistemas de manejo de solo durante ciclo de produção da soja no Cerrado. 2011. (Oficina).

XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. MANEJO DA PALHADA DO CANAVIAL E OS EFEITOS NA DENSIDADE E MACROPOROSIDADE DO SOLO. 2011. (Congresso).

19 World Soil Science Congress. Soil carbon sequestration affected by no tillage and integrated crop-livestock systems in Midwestern of Brazil. 2010. (Congresso).

VIII Congresso Brasileiro de Substâncias Húmicas.EMISSÕES DE N2O EM ARGISSOLO AFETADAS POR SISTEMAS DE MANEJO DE SOLO. 2009. (Outra).

XXXII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. Fluxos de óxido nitroso e metano do solo afetados por fontes de nitrogênio. 2009. (Congresso).

XVII Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e da água.Emissões de óxido nitroso em sistemas de manejo no RS. 2008. (Outra).

VII Encontro Brasileiro de Substâncias Húmicas.Carbono orgânico dissolvido em diferentes sistemas de manejo de sol caracterizado por fluorescência. 2007. (Encontro).

XXXI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. Carbono orgânico dissolvido afetado por sistemas de preparo e de culturas em um Argissolo subtropical. 2007. (Congresso).

XVI Reunião de Manejo e Conservação do Solo e da Água.Aculmulo e sequestro de C no solo por sistemas de manejo de solo. 2006. (Outra).

I Mostra de Inovação da Pós Graduação.Mostra Inova da UFRGS. 2005. (Outra).

Seminário Internacional Protocolo de Quioto.Seminário Internacional Protocolo de Kioto - Propostas e perspectivas para os profissionais da área tecnológica. 2005. (Seminário).

Simpósio sobre Plantio Direto e Meio Ambiente: Sequestro de Carbono e Qualidade da Água.Simpósio sobre Plantio Direto e Meio Ambiente: Sequestro de Carbono e Qualidade da Água. 2005. (Simpósio).

XXX Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. XXX Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2005. (Congresso).

Fertbio 2004.Fertbio 2004. 2004. (Outra).

V Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo.V Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo. 2004. (Outra).

XV Reunião de Manejo e Conservação do Solo e da Água.XV Reunião de Manejo e Conservação do Solo e da Água. 2004. (Outra).

IV Reunião técnica de Milho e feijão e VI Reunião Sulbrasileira de Feijão.IV Reunião técnica de Milho e feijão e VI Reunião Sulbrasileira de Feijão. 2003. (Outra).

XXIX Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. XXIX Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2003. (Congresso).

I Seminário Catarinense deSementes e mudas. 2002. (Seminário).

Reunião Sul - Brasileira.IVReunião Sul - Brasileira de Ciência do Solo - Solos e qualidade Ambiental. 2002. (Outra).

XI Semana Acadêmica de Agronomia. 2002. (Outra).

III Reunião Técnica Catarinense de Milho e Feijão.Nitrogenio teve pouco efeito na produtividade de milho. 2001. (Seminário).

II Seminário Estadual de Agroecologia. 2001. (Seminário).

X Semana Acadêmica de Agronomia. 2001. (Outra).

Treinamento de trabalhadores na olericultura. 1995. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Jucislaine Martins

ZANATTA, JOSILÉIA ACCORDI; HANKE, D.;BAYER, Cimelio; DICK, D.. MATÉRIA ORGÂNICA EM SOLO ARENOSO SUBTROPICAL COM DIFERENTES MANEJOS DOS RESÍDUOS DE COLHEITA DO EUCALIPTO. 2018. Dissertação (Mestrado em CIENCIA DO SOLO - UFRGS) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Julia Gonçalves Dias Fonseca Ferreira

MAIA, C. M.; Motta, A.;ZANATTA, J.A.. Biocarvão e emissão de óxido nitroso associada à adubação nitrogenada a campoNADA A CAMPO. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Edson Torres

ZANATTA, Josiléia Acordi; Pinheiro, A.; Kaufmann, V.. Fluxo de CO2 e CH4 do sistema solo-atmosfera e estoque de carbono do solo do bioma Mata Atlântica em função do uso do solo. 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.

Aluno: Priscila Luzia Simon

Madari, B.E.;BAYER, CimelioZANATTA, JOSILEIA A.DIECKOW, Jeferson. Emissões diretas de óxido nitroso de dejetos bovinos em pastagem e mitigação por dicianodiamida (DCD). 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Maico Perger

ZANATTA, JOSILEIA A.PIVA, Jonatas. EMISSÃO DE ÓXIDO NITROSO E METANO DO SOLO E DEJETOS BOVINOS EM SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Hilbert Blum

ZANATTA, JOSILEIA A.; Lombardi, K.C.; Martins, K.G.;DIECKOW, Jeferson. Caracterização biogeoquímica da serapilheira e da matéria orgânica do solo sob plantios com diferentes espécies florestais em Rio Negro-PR. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Rafael serta

ZANATTA, JOSILEIA A.; Kan, A. Avaliação de crtitérios metodológicos de coleta de gases de efeito estufa emitidos a paritr do solo. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Bernardo Lipski

ZANATTA, JOSILEIA A.; Pauletti, Volnei. Uso do modelo Century para simulação de óxido nitroso em Latossolos sob plantio direto. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Márcio Amaral Alburquerque

DIECKOW, JefersonZANATTA, J. A.BAYER, Cimelio; Pauletti, Volnei. Estoques de carbono e nitrogênio e emissões de gases de efeito estufa em Latossolo Vermelho sob sistemas de culturas em plantio direto. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: André Sordi

DIECKOW, JefersonBAYER, CimelioMORAES, AnibalZANATTA, J. A.. Emissão de óxido nitroso a partir de urina e esterco de bovinos a pasto. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Maira Vicente Soares

SALTON, Julio CesarZANATTA, J. A.; Panachul, E.. Carbono e Agregação em Latossolo Vermelho após 15 anos sob diferentes sistemas de manejo em Dourados, MS. 2011. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Aluno: Jonatas Piva

ZANATTA, JOSILEIA A.BAYER, CimelioMORAES, Anibal. Emissões de metano e óxido nitroso em Latossolo sob sistemas de preparo e integração lavoura pecuária. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: James Stahl

STAHL, J.; MOTTA, A. V.;ZANATTA, JOSILEIA A.. ESTRATÉGIAS SILVICULTURAIS DE MANEJO DA ADUBAÇÃO PARA POVOAMENTOS DE Pinus taeda L. NO PLANALTO SUL CATARINENSE E NA REGIÃO DE TELÊMACO BORBA, PARANÁ. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Carla Fernanda Ferreira

MOTTA, A. V.; Bonfleur, E.J.;ZANATTA, J. A.; SOARES, M. T. S.; Barbosa, J.Z.. Gesso agrícola sobre atributos químicos do solo e desenvolvimento do eucalipto em condições subtropicais. 2018. Tese (Doutorado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Reinaldo Brevilieri

Bayer, C.; Barth, G.;Zanatta, J. A.; Pauletti, Volnei. Carbono, nitrogênio e fluxos de N2O e CH4 em Latossolo subtropical sob sistemasde preparo e níveis de adubação. 2016. Tese (Doutorado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Fabiana de Medeiros Silveira

ZANATTA, JOSILEIA A.; Vezzani, F.; Martins, K.G.; Angelo, AC. Ciclagem de nutrientes em estágios sucessionais da Floresta Ombrófila Densa no Paraná. 2015. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Marcos Rachwal

Cerri, C.E.P;BAYER, CimelioZANATTA, JOSILEIA A.; Motta, A.. Gases de efeito estufa em organossolo natural e drenado - Paraná. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Jonatas Thiago Piva

PIVA, JonatasMORAES, Anibal; Cassol, L.C.;ZANATTA, J. A.; Brasil, S.;DIECKOW, Jeferson. Fluxo de Gases de efeito estufa e estoque de carbono no solo em sistemas integrados de produção no subtrópico Brasileiro. 2012. Tese (Doutorado em Agronomia (Produção Vegetal)) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Luisa Fernanda Escobar

ZANATTA, J. A.VIEIRA, Frederico Costa BeberAMADO, T. J. C.; Tornquist, G.. Mitigação das emissões de gases de efeito estufa por sistemas conservacionsistas de manejo de solo. 2011. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Luis Fernado Chavez

VIEIRA, Frederico Costa BeberZanatta, J. A.; Tornquist, G.;AMADO, T. J. C.. Balanço de gases de efeito estufa em Argissolo Vermelho em sistemas de culturas em plantio direto. 2011. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Carolina Tirloni

Zanatta, J. A.; Daniel, O.; Souza, L.C.; Cessa, R.M.A.. Atributos de qualidade do solo em sistema de integração lavoura-pecuária. 2010. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Aluno: Fernando Antonio Fernandes

Victoria, R.L.;ZANATTA, JOSILEIA A.; Oliveira, P.P.A.; de Cássia Piccolo, Marisa; Ligo, M.A.V.. Parametrização e valiadação do modelo CENTURY na simulação da dinâmica da matéria orgânica do solo em sistemas de plantio direto. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Jonatas Thiago Piva

MORAES, AnibalZANATTA, J. A.DIECKOW, Jeferson; Brasil, S.. Fluxo de Oxido Nitroso e Metano em sistema de integração lavoura-pecuária num Latossolo Bruno com doses de nitrogênio no Sul do Brasil. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia (Produção Vegetal)) - Universidade Federal do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Clenio Nailto Pillon

Jantália, C.P.;PILLON, C. N.MIELNICZUK, J.. Estoque e labilidade do carbono em frações da matéria orgânica de um Argissolo afetados por sistemas de manejo. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa ade Pós-Graduação em Ciência do Solo UFRGS) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Juliana Gomes

MIELNICZUK, J.;GOMES, J.; GIACOMINI, S. J.; AMADO,T.J.C.. Emissão de óxido nitroso afetada por sistemas de manejo do solo e fontes de nitrogênio. 2009. Tese (Doutorado em CIENCIA DO SOLO - UFRGS) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Telmo Jorge Carneiro Amado

Gomes, Juliane; GIACOMINI, S. J.;BAYER, CimélioAmado, Telmo J. C.MIELNICZUK, João. Emissão de óxido nitroso afetada por sistemas de manejo de solo. 2009. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Álvaro Luiz Mafra

ERNANI, Paulo RobertoALBUQUERQUE, Jackson AdrianoMAFRA, A. L.. Aspectos de Fertilidade do Solo em experimento de longa duração envolvendo sistemas de cultura e manejo do solo. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronomica) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Steve Jasson

Associação entre a microbiota do solo e emissão de gases do efeito estufa sob diferentes tipos de cobertura vegetal; Início: 2018; Tese (Doutorado em Ciências (Bioquímica)) - Universidade Federal do Paraná; (Coorientador);

Mariana Ibarr

Mitigação de emissão de GEE por fontes nitrogenada em eucalipto; Início: 2016; Tese (Doutorado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Edson Torres

Fluxo de gases estufa e estoque de carbono e nitrogênio no solo nas regiões fitoecológicas do Bioma Mata Atlântica em Santa Catarina; Início: 2016; Tese (Doutorado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Jackson Brilhante de São Jose

Qualidade do solo e estabilização do carbono em solos sob florestamento de eucalipto em função do manejo do resíduo da colheita; Início: 2015; Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Caroline Amadori

Sequestro de carbono e mitigação de gases de efeito estufa em solo sob sistemas integrados de produção agropecuária; ; Início: 2015; Tese (Doutorado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Priscila Simon

Emissão de óxido nitroso a partir de urina bovina a pasto: espécies forrageiras e uso de inibidor de nitrificação como estratégias de mitigação; ; Início: 2015; Tese (Doutorado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Coorientador);

Rafael Liotti

Carbono ecossiêmico em florestas nativas urbanas; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia) - Universidade Positivo, Embrapa; (Orientador);

Matheus Sperancetta Fernandes

Ativo ambiental em plantios de pinus; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Julia Gonçalves Dias Fonseca Ferreira

Biocarvão e emissão de óxido nitroso associada a adubação nitrogenada a campo A CAMPO; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Josileia Acordi Zanatta;

Mariana Ibhar

Fluxos de GEE em plantios de eucaliptos e pinus; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Josileia Acordi Zanatta;

Bruna Ramalho

Carbono, nitrogênio e semiquinonas em Latossolo subtropical sob sistemas de preparo e integração lavoura-pecuária; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Josileia Acordi Zanatta;

Priscila Luzia Simon

Fluxos de GEE a partir de solos adubados com esterco e urina; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Josileia Acordi Zanatta;

Murilo Nunes Veloso

Emissão de gases de efeito estufa em sistemas florestais; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Josileia Acordi Zanatta;

Maria Marta Vaz Zanoni

Emissões de metano em solo inundado para formação de lagos de hidrelétricas com diferentes composições de resíduos vegetais; 2013; Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Lactec; Coorientador: Josileia Acordi Zanatta;

Rafael serta

Comparações metodologicas para medição da emissão de gases de efeito estufa a partir de sistemas estáticos; 2013; Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal do Paraná, Lactec; Coorientador: Josileia Acordi Zanatta;

Marcos Rachwal

Emissões de metano e óxido nitroso em área de organossolo de altitude; 2013; Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná,; Coorientador: Josileia Acordi Zanatta;

Murilo Munhoz

Impacto da retirada da palha da cana-de-açúcar sobre os atributos do solo; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Centro Universitário da Grande Dourados; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Ingrid Antunes Colman Junqueira

Emissões de gases de efeito estufa em sistemas de manejo para produção de soja; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Gestão Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Fabiano

Dinâmica do carbono e nitrogênio em sistemas de manejo; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em sistemas de produção) - Centro Universitário da Grande Dourados; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Pedro Henrique Vedovatto

Emissões de GEE de plantios florestais na Mata Atlântica; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Gabriela Nadolny

Potencial mitigador de gases de efeito estufa de plantios florestais; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Fundação Araucária; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Daniel Iochins

ESTOQUES DE CARBONO E FLUXOS DE GASES DE EFEITO ESTUFA EM PLANTIOS DE EUCALIPTO NO PAMPA GAÚCHO; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Pampa, Empresa Brasileira de Pesquisa; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Fabio Henrique Schmidlin Matoski

Dinâmica do carbono e emissão de gases em florestas naturais na Região Sul da Mata Atlântica; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Empresa Brasileira de Pesquisa; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Amanda Nodari

Emissões de gases de efeito estufa em áreas de florestas naturais; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Empresa Brasileira de Pesquisa; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Djulia Letícia Azevedo

ESTOQUES DE CARBONO E FLUXOS DE GASES DE EFEITO ESTUFA EM PLANTIOS DE PINUS EM REGIÃO DE ELEVADO POTENCIAL PRODUTIVO; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Cristine B

Winters; ESTOQUES DE CARBONO NO SOLO DE FLORESTAS PLANTADAS DE EUCALIPTO; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Kelly Zanella

Estoques de carno em florestas plantadas de eucalipto; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Najla Cristina Cardoso El Ghoz

Estoques de carbono e fluxo de gases de efeito estufa em plantios de pinus em região de elevado potencial produtivo; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Daiane Mendes da Luz

Impacto do manejo da plahada de cana-de-açúcar sobre a dinâmica da matéria orgânica do solo e os atributos físicos; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Centro Universitário da Grande Dourados, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Alfredo Henrique Duarte Lopez

Mitigação da emissão de gases de efeito estufa por sistema de integração lavoura-pecuária e plantio direto; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Cascavel; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Alessandra Oliveira

Emissões de gases de efeito estufa em sistemas de manejo para produção de cana-de-açucar; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Centro Universitário da Grande Dourados, Empresa Brasileira de Pesquisa; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Igor Ferreira

Estabilidade de agregados e frações da matéria orgânica do solo afetadas por sistemas de produção de grãos; 2010; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Centro Universitário da Grande Dourados; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Tiago Camargo Ricaldes

Manejo de culturas de entressafra; 2010; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Centro Universitário da Grande Dourados; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Renan Pereira da Silva

Efeito de sistemas de manejo nas propriedades físicas e químicas do solo sob integraçào lavoura pecuária; 2010; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Centro Universitário da Grande Dourados; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Jefferson Bittencort Venâncio

Evolução das formas de fósforo em sistemas de manejo de solo; 2009; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Érika Miyeko Souza Kato

Adição de biomassa de raízes em integração lavoura-pecuária; 2009; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal da Grande Dourados; Orientador: Josileia Acordi Zanatta;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

PAULO ROBERTO ERNANI

Estudo do efeito de sistemas de cultura sobre as características químicas de um Argissolo Vermelho distrófico e produtividade de milho em plantio direto; 2003; 90 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade do Estado de Santa Catarina; Orientador: Paulo Roberto Ernani;

PAULO ROBERTO ERNANI

Influência do método de aplicação e da quantidade de calcário no rendimento de milho no sistema de semeadura direta; 2002; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Paulo Roberto Ernani;

PAULO ROBERTO ERNANI

Influência do método de aplicação e da quantidade de calcário no rendimento de milho no sistema de semeadura direta; 2001; Iniciação Científica - Universidade do Estado de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Paulo Roberto Ernani;

Cimélio Bayer

Estoque e labilidade do carbono em frações da materia orgânica de um Argissolo afetados por sistemas de manejo de solo; 2006; 113 f; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Cimélio Bayer;

Cimélio Bayer

Emissão de óxido nitroso afetada por sistemas de manejo do solo e fontes de nitrogênio; 2009; 0 f; Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Cimélio Bayer;

Frederico Costa Beber Vieira

Efeito de Sistemas de Cultura nas Características Químicas de um Argissolo Vermelho em Plantio Direto; 2004; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Orientador: Frederico Costa Beber Vieira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SIMON, PRISCILA L. ; DIECKOW, Jeferson ; ZANATTA, JOSILEIA A. ; RAMALHO, BRUNA ; RIBEIRO, RICARDO H. ; VAN DER WEERDEN, TONY ; DE KLEIN, CECILE A.M. . Does Brachiaria humidicola and dicyandiamide reduce nitrous oxide and ammonia emissions from cattle urine patches in the subtropics?. SCIENCE OF THE TOTAL ENVIRONMENT , v. 720, p. 137692, 2020.

  • ZANATTA, J. A. ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; BRIEDIS, CLEVER ; DIECKOW, Jeferson ; BAYER, Cimélio . Carbon indices to assess quality of management systems in a Subtropical Acrisol. SCIENTIA AGRICOLA , v. 76, p. 501-508, 2019.

  • VELOSO, MURILO G. ; DIECKOW, Jeferson ; ZANATTA, J. A. ; PERGHER, MAICO ; BAYER, Cimélio ; HIGA, ROSANA C. V. . Long-term loblolly pine land use reduces methane and net greenhouse gas emissions in a subtropical Cambisol, despite increasing nitrous oxide. ANNALS OF FOREST SCIENCE , v. 76, p. 1, 2019.

  • Lammel, Daniel ; Barth, G. ; OVASKAINEN, O. ; CRUZ, L. M. ; ZANATTA, JOSILÉIA ACCORDI ; RYO, M. ; SOUZA, E. M. ; PEDROSA, F. O. . Direct and indirect effects of a pH gradient bring insights into the mechanisms driving prokaryotic community structures. Microbiome , v. 6, p. 1, 2018.

  • VELOSO, MURILO GOMES ; DIECKOW, Jeferson ; ZANATTA, Josiléia Acordi ; BAYER, Cimelio ; HIGA, ROSANA C. V. ; BREVILIERI, REINALDO C. ; COMERFORD, NICHOLAS B. ; STOPPE, AJA M. . Reforestation with loblolly pine can restore the initial soil carbon stock relative to a subtropical natural forest after 30years. EUROPEAN JOURNAL OF FOREST RESEARCH , v. 1, p. 1, 2018.

  • SIMON, PRISCILA LUZIA ; DIECKOW, Jeferson ; DE KLEIN, CECILE A.M. ; ZANATTA, JOSILEIA ACORDI ; VAN DER WEERDEN, TONY J. ; RAMALHO, BRUNA ; BAYER, Cimelio . Nitrous oxide emission factors from cattle urine and dung, and dicyandiamide (DCD) as a mitigation strategy in subtropical pastures. AGRICULTURE ECOSYSTEMS & ENVIRONMENT , v. 267, p. 74-82, 2018.

  • RACHID, C.T.C.C. ; Pires, C.A. ; LEITE, D.C.A. ; COUTINHO, H.L.C. ; Peixoto, R.S. ; ROSADO, A.S. ; SALTON, J. ; ZANATTA, J.A. ; MERCANTE, F.M. ; ANGELINI, G.A.R. ; BALIEIRO, FABIANO DE CARVALHO . Sugarcane trash levels in soil affects the fungi but not bacteria in a short-term field experiment. Brazilian Journal of Microbiology (Impresso) , v. 47, p. 322-326, 2016.

  • BAYER, Cimélio ; Gomes, Juliana ; ZANATTA, JOSILÉIA ACCORDI ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; DIECKOW, Jeferson . Mitigating greenhouse gas emissions from a subtropical Ultisol by using long-term no-tillage in combination with legume cover crops. Soil & Tillage Research , v. 161, p. 86-94, 2016.

  • ZANONI, MARIA M. V. ; ZANATTA, JOSILÉIA A. ; DIECKOW, Jeferson ; KAN, AKEMI ; REISSMANN, CARLOS B. . Emissão de metano por decomposição de resíduo florestal inundado. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Online) , v. 19, p. 173-179, 2015.

  • BAYER, Cimélio ; Gomes, Juliana ; ZANATTA, JOSILÉIA ACCORDI ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; PICCOLO, MARISA DE CÁSSIA ; DIECKOW, Jeferson ; Six, Johan . Soil nitrous oxide emissions as affected by long-term tillage, cropping systems and nitrogen fertilization in Southern Brazil. Soil & Tillage Research , v. 146, p. 213-222, 2015.

  • PIVA, JONATAS THIAGO ; DIECKOW, Jeferson ; BAYER, Cimélio ; ZANATTA, Josiléia Acordi ; DE MORAES, ANIBAL ; TOMAZI, MICHELY ; Pauletti, Volnei ; BARTH, GABRIEL ; PICCOLO, MARISA DE CASSIA . Soil gaseous N2O and CH4 emissions and carbon pool due to integrated crop-livestock in a subtropical Ferralsol. Agriculture, Ecosystems & Environment (Print) , v. 190, p. 87-93, 2014.

  • SALTON, JULIO C. ; MERCANTE, FABIO M. ; TOMAZI, MICHELY ; ZANATTA, JOSILEIA A. ; CONCENÇO, GERMANI ; SILVA, WILIAM M. ; RETORE, MARCIANA . Integrated crop-livestock system in tropical Brazil: Toward a sustainable production system. AGRICULTURE ECOSYSTEMS & ENVIRONMENT , v. 190, p. 70-79, 2014.

  • RACHWAL, MARCOS FERNANDO GLÜCK ; ZANATTA, J. A. ; DIECKOW, Jeferson ; DENEGA, GENUIR LUIS ; CURCIO, GUSTAVO RIBAS ; BAYER, Cimélio . Methane fluxes from waterlogged and drained Histosols of highland areas. Revista Brasileira de Ciência do Solo (Impresso) , v. 38, p. 486-494, 2014.

  • SORDI, ANDRÉ ; DIECKOW, Jeferson ; BAYER, Cimélio ; ALBURQUERQUE, MÁRCIO AMARAL ; Piva, Jonatas Thiago ; ZANATTA, J. A. ; TOMAZI, Michely ; DA ROSA, CARLA MACHADO ; DE MORAES, ANIBAL . Nitrous oxide emission factors for urine and dung patches in a subtropical Brazilian pastureland. Agriculture, Ecosystems & Environment (Print) , v. 190, p. 94-103, 2014.

  • Bayer, C. ; GOMES, J. ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; ZANATTA, JOSILEIA A. ; DIECKOW, Jeferson ; de Cássia Piccolo, Marisa . Soil methane oxidation in a long-term no-tillage system in Southern Brazil. Semina. Ciências Agrárias (Online) , v. 34, p. 1695-1706, 2013.

  • BAYER, Cimelio ; GOMES, J. ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; ZANATTA, J. A. ; de Cássia Piccolo, Marisa ; DIECKOW, Jeferson . Methane emission from soil under long-term no-till cropping systems. Soil & Tillage Research , v. 124, p. 1-7, 2012.

  • PIVA, Jonatas ; DIECKOW, Jeferson ; BAYER, Cimelio ; ZANATTA, JOSILEIA A. ; MORAES, Anibal ; Pauletti, Volnei ; Tomazi, M. ; Perger, M. . No-till reduces global warming potential in a subtropical Ferralsol. Plant and Soil (Print) , v. 361, p. 359-373, 2012.

  • BAYER, Cimélio ; BAYER, Cimélio ; AMADO, Telmo Jorge Carneiro ; Tornquist, Carlos Gustavo ; CERRI, C. E. ; ZANATTA, J. A. ; DIECKOW, J. ; NICOLOSO, R. S. ; Carvalho, P. C. F. . Estabilização do carbono no solo e mitigação das emissões de gases de efeito estufa na agricultura conservacionista. Tópicos em Ciência do Solo , v. VII, p. 55-118, 2011.

  • ZANATTA, J. A. ; ZSCHORNACK, T. ; BAYER, Cimélio ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; ANGHINONI, Ibanor . Mitigation of methane and nitrous oxide emissions from flood-irrigated rice by no incorporation of winter crop residues into the soil. Revista Brasileira de Ciência do Solo (Impresso) , v. 35, p. 623-634, 2011.

  • ESCOBAR, L. ; AMADO, T. J. C. ; BAYER, Cimelio ; CHAVES, L. ; ZANATTA, JOSILEIA A. . Postharvest nitrous oxide emissions from a Subtropical Oxisol as influenced by summer crop residues and their management. Revista Brasileira de Ciência do Solo (Online) , v. 34, p. 507-516, 2010.

  • ZANATTA, J. A. ; BAYER, Cimelio ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; GOMES, J. ; Tomazi, M. . Nitrous oxide and methane fluxes in south Brazilian gleysol as affected by nitrogen fertilizers. REVISTA BRASILEIRA DE CIENCIA DO SOLO , v. 34, p. 1653-1665, 2010.

  • DIECKOW, Jeferson ; BAYER, Cimelio ; CONCEIÇÃO, P. C. ; ZANATTA, J. A. ; MARTIN-NETO, L. ; MILORI, D.M.B.P ; SALTON, Julio Cesar ; Macedo, C.M.M. ; MIELNICZUK, João ; Hernani, L.C. . Land use, tillage, texture and organic matter stock and composition in tropical and subtropical Brazilian soils. EUROPEAN JOURNAL OF SOIL SCIENCE , v. 60, p. 240-249, 2009.

  • Vieira, F. C. B. ; Bayer, C. ; ZANATTA, J. A. ; Mielniczuk, J. ; Six, J. . Building Up Organic Matter in a Subtropical Paleudult under Legume Cover-Crop-Based Rotations. Soil Science Society of America Journal , v. 73, p. 1699-1706, 2009.

  • ZANATTA, J. A. ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; BAYER, Cimélio ; ERNANI, Paulo Roberto . Organic matter kept Al toxicity low in a subtropical no-tillage soil under long-term (21-year) legume-based crop systems and N fertilisation. Australian Journal of Soil Research , v. 47, p. 707, 2009.

  • BODDEY, ROBERT M. ; JANTALIA, CLAUDIA P. ; CONCEIÇÃO, PAULO C. ; ZANATTA, JOSILEIA A. ; BAYER, Cimélio ; MIELNICZUK, João ; DIECKOW, Jeferson ; DOS SANTOS, HENRIQUE P. ; DENARDIN, JOSÉ E. ; AITA, CELSO ; GIACOMINI, SANDRO J. ; ALVES, BRUNO J.R. ; URQUIAGA, SEGUNDO . Carbon accumulation at depth in Ferralsols under zero-till subtropical agriculture. Global Change Biology , v. 16, p. 784-795, 2009.

  • Gomes, Juliana ; BAYER, Cimélio ; de Souza Costa, Falberni ; de Cássia Piccolo, Marisa ; ZANATTA, Josiléia Acordi ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; Six, Johan . Soil nitrous oxide emissions in long-term cover crops-based rotations under subtropical climate. Soil & Tillage Research , p. 36-44, 2009.

  • VIEIRA, Frederico Costa Beber ; BAYER, Cimelio ; MIELNICZUK, João ; ZANATTA, J. A. ; BISSANI, C. . Long term acidification of a Brasilian Acrisol as affected by no till cropping systems and nitrogen fertilizer. Australian Journal of Soil Research , v. 46, p. 17-26, 2008.

  • ZANATTA, J. A. ; COSTA, F. S. ; BAYER, Cimelio ; MIELNICZUK, João . Estoque de carbono orgânico no solo e emissões de dióxido de carbono influenciadas por sistemas de manejo no sul do Brasil. Revista Brasileira de Ciência do Solo (Impresso) , v. 32, p. 323-332, 2008.

  • ZANATTA, J. A. ; BAYER, Cimelio ; DIECKOW, Jeferson ; VIEIRA, Frederico Costa Beber ; MIELNICZUCK, João . Soil organic carbon accumulation and carbon costs related tillage, cropping systems and nitrogen fertilization in a subtropical Acrisol. Soil & Tillage Research , v. 94, p. 510-519, 2007.

  • BAYER, Cimelio ; DIECKOW, Jeferson ; MIELNICZUK, João ; HE, Z. L. ; ZANATTA, J. A. . Carbon management index based on physical fractionation of soil organic matter in an Acrisol under long-term no-till cropping systems. Soil & Tillage Research , v. 96, p. 195-204, 2007.

  • BAYER, Cimélio ; LOVATO, Thomé ; DIECKOW, Jeferson ; ZANATTA, J. A. ; MIELNICZUCK, João . A method for estimating coefficients of soil organic matter dynamics based on long-term experiemts. Soil & Tillage Research , Amsterdan, v. 91, p. 217-226, 2006.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Zanatta, J. A. . Importância da integração de pastagens com lavouras para o seqüestro de carbono no solo. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Zanatta, J. A. ; Asmus, G. ; de Souza, P.L. ; de Souza, P.J. . Técnica Rural ? Lavouras do Brasil ? Manejo sustentável da agropecuária com integração. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ZANATTA, JOSILEIA A. ; RACHWAL, M. F. . METODOLOGIA E TÉCNICA PARA MEDIÇÃO DE FLUXOS DE GASES DE EFEITO ESTUFA EM SOLOS FLORESTAIS. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Zanatta, J. A. ; Tomazi, M. . Protocolo de mensuração dos fluxos de GEEs do solo. 2012. .

Zanatta, J. A. . Emissão de gases de efeito estufa relacionados a agricultura. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Carbono e emissão de óxido nitroso e metano do solo em sistemas integrados de produção agropecuária no subtrópico, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Jeferson Dieckow em 14/08/2019., Descrição: O objetivo da proposta de pesquisa é quantificar o sequestro de carbono e a mitigação de emissões de óxido nitroso e metano do solo sob sistemas integrados de produção agropecuária em ambiente subtropical, incluindo emissões a partir de urina bovina. Três estudos de campo serão conduzidos no Sul do Brasil. O estudo 1 quantificará o acúmulo de carbono no solo (1 m) e o efeito do pastejo-rebrote na adição de carbono ao solo, tanto pela parte aérea como raízes, em integração lavoura-pecuária (Cambissolo, UFSC, Curitibanos-SC). O estudo 2 quantificará o acúmulo de carbono no solo (1 m) e emissões de óxido nitroso e metano do solo (câmara estática, 2 anos) em integração lavoura-pecuária, pecuária-floresta e lavoura-pecuária-floresta (Cambissolo, UFPR, Pinhais-PR). O estudo 3 determinará o fator de emissão de N-N2O de urina bovina (supostamente menor que o default 2% do IPCC) e quantificará os efeitos do inibidor de nitrificação dicianodiamida (DCD) e de espécie forrageira [braquiária humidícola (Brachiaria humidicula) e capim áries (Panicum maximum cv. Aries)] na redução de emissão de óxido nitroso de urina bovina (Cambissolo, UFPR, Pinhais-PR). Além de gerar informação científica nos três estudos, a proposta contribuirá com a formação de mestres e doutores em Ciência do Solo e de engenheiros agrônomos (UFPR), publicação de artigos científicos em periódicos internacionais, consolidação e manutenção da cooperação com instituições parceiras (Embrapa Florestas, UFSC, UFRGS), e com a consolidação do grupo de pesquisa CNPq:Uso Sustentável dos Recursos Solo e Água. O recurso financeiro aprovado pelo CNPq foi R$ 100.000,00, sendo R$ 60.000,00 para custeio e R$ 40.000,00 para capital. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / Cimelio Bayer - Integrante / Jeferson Dieckow - Coordenador / Jonatas Piva - Integrante / Priscila Simon - Integrante / Felipe Bratti - Integrante.

  • 2017 - Atual

    DINÂMICA DE GASES DE EFEITO ESTUFA E DOS ESTOQUES DE CARBONO EM FLORESTAS NATURAIS E PLANTADAS: PRÁTICAS SILVICULTURAIS PARA MITIGAÇÃO E ADAPTAÇÃO ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, Descrição: Os efeitos das mudanças do clima (MC) podem causar prejuízos na produtividade das culturas agrícolas e florestais, além da perda da diversidade biológica de florestas tropicais. Por outro lado, as florestas têm reconhecida importância na retirada e armazenamento de CO2 na forma de carbono (solo + biomassa vegetal), além de apresentar influxo de metano (CH4) e baixas emissões de óxido nitroso (N2O), contribuindo com a regulação climática. Reconhecendo a importância das florestas para a manutenção da biodiversidade e demais serviços ecossistêmicos, além de estar em sintonia aos compromissos assumidos no Acordo de Paris, esta proposta objetiva identificar e mensurar o potencial de práticas silviculturais no aumento dos estoques de carbono e na remoção de gases de efeito estufa (GEE) em plantios homogêneos de eucalipto e pinus, em sistemas integrados e mistos de produção agropecuária, e também em remanescentes florestais nativos, como estratégias para mitigar as mudanças do clima. Práticas de manejo de sistemas florestais, como cultivos mistos, espaçamento, e diversidade genética de pinus e eucalipto, serão observados com intuito de induzir medidas de adaptação. Em paralelo será desenvolvido tecnologias para aumentar a eficiência e aprimorar as técnicas de coleta e monitoramento dos compartimentos de carbono e das emissões de GEE em campo, contribuindo também para superar limitações de MRV (monitoramento, relatoria e verificação). Como meta geral pretende-se o aprimoramento e/ou desenvolvimento de fatores de emissão, coeficientes e/ou indicadores técnicos científicos referentes às emissões e às remoções de GEE dos sistemas florestais acima citados e preconizados pelo Plano ABC. Os métodos utilizados para a coleta dos dados serão baseados nos protocolos experimentais elaborados na fase I do Projeto Saltus. As informações geradas pelos projetos componentes serão integradas pelo banco de dados do Saltus - BDSaltus. A rede de pesquisa já trabalhou neste tema em projetos anteriores e tem capilaridade dentro da Embrapa e também apresenta parcerias externas com instituições de ensino e empresas privadas. As parcerias com instituições de ensino estão vinculadas a formação de recursos humanos em nível de pós-graduação, representando compromissos com a busca dos resultados, enquanto por parte das empresas há envolvimento com manutenção da área experimental, cedência de mão-de-obra para atividades de campo e possibilidade de aporte de recursos financeiros a ser negociado. Como principais resultados busca-se a identificação de estratégias silviculturais mitigadoras bem como mensuração do potencial atrelado ao seu uso no setor florestal, e os ganhos em sustentabilidade e na estimativa do ativo ambiental das florestas. Os resultados impactarão as políticas públicas de incentivo a controle das mudanças climáticas e possibilitarão no curto prazo a estimativa do ativo ambiental contido nas florestas e seu potencial de compensar as emissões de GEE de outros setores da economia nacional. Ações de educação ambiental também serão realizadas em florestas urbanas e peri-urbanas, buscando difundir conceitos e ampliar o reconhecimento das florestas pela sociedade, como meio de alcançar qualidade ambiental.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / ALVES, BRUNO J.R. - Integrante / Rosana C. V. Higa - Integrante / Marcos F.G. Rachwal - Integrante / BALIEIRO, FABIANO DE CARVALHO - Integrante / Wilson Holler - Integrante / Annete Bonnett - Integrante.

  • 2014 - 2017

    AMPLIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE PESQUISA EM FLUXOS DE GASES DE EFEITO ESTUFA E ESTOQUES DE CARBONO EM FLORESTAS, Descrição: As florestas possuem reconhecida capacidade de estocar carbono e contribuir para a redução do fluxo líquido de gases de efeito estufa (GEE) à atmosfera, todavia a magnitude deste sumidouro é desconhecida. Em consequência das lacunas de informações consistentes e abrangentes sobre a capacidade de mitigação de GEE das florestas brasileiras, sejam elas naturais ou plantadas, a precisão na contabilização destes sumidouros nos inventários nacionais é reduzida. A ausência de resultados, em parte é devido ao grande número de formações vegetais do país e a sua enorme extensão territorial. Entretanto, os cenários políticos e científicos indicam que num prazo bastante limitado o país deverá entrar numa nova fase em termos de elaboração e publicação dos inventários nacionais e do monitoramento das ações voluntárias para redução da emissão de GEE, passando a publicar inventários mais frequentes e auditados e, para tanto, é absolutamente necessário o desenvolvimento e aprimoramento de indicadores técnicos científicos referentes as emissões e remoções de GEE das florestas, bem como dominar ferramentas tecnológicas que permitam maior agilidade e integração das informações nacionais. Para tanto, este projeto visa adquirir equipamentos de que auxiliarão na execução de todos os projetos de mudanças climáticas em execução na Embrapa que, conjuntamente estão associados para gerar informações consistentes sobre as florestas e demais sistemas de produção nacional, no tocante a fluxos de GEE e estoques de carbono, visando cobrir as lacunas de informações desta natureza no país, bem como avançar no uso de modelos matemáticos e geotecnologias para predição dos compartimentos de C e fluxos de C-CO2 equivalente. Um importante diferencial da presença destes equipamentos e significativa economia de recursos humanos quando da substituição das técnicas tradicionais, além das vantagens técnicas como maior precisão de resultados. Os equipamentos seguramente poderão ser utilizados por diversos projetos na Embrapa Florestas e nas demais unidades da Embrapa ligados ao portfólio de Mudanças Climáticas, além de apresentaram aplicações pertinentes a outros Portfólios. As principais contribuições desta proposta serão no sentido de gerar informações básicas essenciais para a melhoria dos inventários nacionais de emissão e remoções de GEE, fortalecer as redes de pesquisa focadas em mudanças climáticas na Embrapa, viabilizando a geração continuada de resultados científicos no tema e melhorar gradativamente a capacidade técnica do Brasil em gerar conhecimento para subsidiar políticas públicas e alavancar o agronegócio, formação de banco de dados sobre emissão de GEE e estoques de carbono em florestas, avançar no aprimoramento de metodologias de campo e no uso de geotecnologias para os estudos de monitoramento das emissões em sistemas florestais e induzir a adoção de ações mitigadoras e promover ampliação dos benefícios ambientais das florestas, bem como da base florestal. A realização do projeto possibilitará a ampliação da representatividade territorial dos indicadores de emissão e, consolidará a rede de pesquisa SALTUS com significativa melhoria da infraestrutura.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / Jeferson Dieckow - Integrante / Rosana C. V. Higa - Coordenador / Marilice Cordeiro Garrastazu - Integrante / Marcos F.G. Rachwal - Integrante.

  • 2014 - Atual

    FLUXOS DE GASES DE EFEITO ESTUFA E ESTOQUES DE CARBONO EM PLANTIOS FLORESTAIS DE EUCALIPTO E PINUS, Descrição: Plantios florestais podem contribuir com a retirada de CO2 da atmosfera e incorporação na biomassa vegetal e posteriormente ao solo, minimizando os impactos sobre o clima. Além disso, os solos florestais ainda podem responder por taxas significativas de absorção de CH4, outro gás de efeito estufa com potencial de aquecimento 25 vezes maior que o CO2. Todavia, os resultados no Brasil ainda são escassos e pouco se conhece sobre os indicadores, coeficientes técnicos e fatores de emissão de solos florestais. Essa deficiência, além de explicitar uma vulnerabilidade nacional, também limita a adoção de técnicas com potencial mitigador. Neste contexto, está proposta objetiva avaliar o balanço de carbono a partir da emissão de gases de efeito estufa (GEE) e dos estoques de carbono do solo e da biomassa vegetal em plantios de pinus e eucalipto comparativamente a vegetação natural e identificar estratégias de mitigação de GEE em sistemas florestais. O projeto está estruturado com quatro estudos, que focam: i) Estoques de carbono no solo, na vegetação e fluxos de GEE em plantios florestais em regiões climaticamente distintas; ii) alterações na quantidade e qualidade da matéria orgânica do solo e de suas frações em cultivos florestais avaliadas através do índice de manejo de carbono; iii) potencial do uso do inibidor de nitrificação dicianoamida sobre a emissão de N2O a partir de fertilizante nitrogenado aplicado ao eucalipto e, iv) relação entre abundância de grupos funcionais de microrganismos com teores de carbono e nitrogênio e fluxos de GEE nos solos florestais. Os estudos serão desenvolvidos em dois locais para pinus (Rio Negrinho-SC e Telêmaco Borba-PR) e quatro para eucalipto (São Grabriel-RS, Telêmaco Borba-PR, Belo Oriente e Virginópolis-MG). As principais contribuições desta proposta serão no sentido de gerar informações básicas, mas essenciais para a melhoria dos inventários nacionais de emissão e remoções de GEE através da obtenção de indicadores e coeficientes técnicos para estimativa do balanço de carbono em plantios florestais de pinus e eucalipto; fortalecer a rede de pesquisa viabilizando a produção continuada de resultados científicos no tema com abordagens inovadoras e melhorar gradativamente a capacidade técnica do Brasil em gerar conhecimento para subsidiar políticas públicas e alavancar o agronegócio; formação de banco de dados sobre emissão de GEE e estoques de carbono em florestas; avançar no aprimoramento de metodologias de campo e no uso de técnicas de laboratório para identificação de estratégias mitigadoras; induzir a adoção de ações mitigadoras promovendo a ampliação dos benefícios ambientais das florestas e, o fortalecer o trabalho cooperativo entre as instituições e empresa envolvidas. A realização do projeto possibilitará a ampliação da representatividade territorial dos indicadores de emissão e, consolidará uma estrutura de rede de pesquisa em termos de melhoria da infraestrutura física de pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / Rosana C. V. Higa - Integrante / Marcos F.G. Rachwal - Integrante.

  • 2012 - 2017

    EMISSÃO DE GEE, ESTOQUES DE CARBONO E INDICADORES AMBIENTAIS NO BIOMA MATA ATLANTICA, Descrição: As florestas têm potencial reconhecido de contribuir às ações compensatórias na mitigação das emissões de gases do efeito estufa (GEE) e mudanças climáticas. No entanto, ainda e desconhecido quanto às florestas podem colaborar na forma de armazenamento de carbono e redução na emissão de gases. Para que sejam implementadas as políticas publicas de incentivo a redução da emissão é necessário uma sistematização do conhecimento existente e a obtenção de novas informações em áreas de referência de forma integradora em relação a quantificação dos fluxos dos GEE e dos compartimentos dos estoques de carbono. Na Mata Atlântica, grandes áreas já estão antropizadas e, resta apenas 7% da vegetação original. As florestas plantadas de pinus e eucalipto, por terem crescimento rápido são ditos potencialmente sequestradoras de carbono. Pretende-se nesta proposta sistematizar as quantificações dos estoques de carbono na biomassa vegetal, liteira e solo e as emissões representativas de GEE inferindo sobre indicadores ambientais relacionados no bioma Mata Atlântica, avaliando o potencial mitigador de áreas naturais preservadas, áreas naturais antropizadas, florestas de pinus e de eucalipto, e a pegada hídrica de pinus e eucalipto em diferentes ecorregiões do bioma. Também será realizada uma busca a resultados já xistentes, além de apoiar projetos em andamento na Embrapa na mensuração do estoque de C na biomassa vegetal, que comporão a base de dados consistente do projeto no bioma Mata Atlântica. Os procedimentos para a coleta dos dados serão baseados nos protocolos experimentais que permeiam o projeto em rede a que esta proposta se insere. Pretende-se definir a linha base do bioma Mata Atlântica, além do potencial que o bioma apresenta em diversos setores florestais para mitigar as emissões de GEE e de sequestrar carbono, efinindo os atributos chaves destes processos no solo e na planta. O Brasil assumiu compromisso voluntário de reduzir um bilhão de toneladas de CO2 eq. até 2020.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / Cimelio Bayer - Integrante / Jeferson Dieckow - Integrante / JANTALIA, CLAUDIA P. - Integrante / ALVES, BRUNO J.R. - Integrante / Patricia Perondi Anchão Oliveira - Integrante / Rosana C. V. Higa - Integrante / Itamar Bologna - Integrante / Denise Cardoso Jeton - Integrante / Sergio Gaiad - Integrante / Fabiane Vezzani - Integrante / Elenice Fritzons - Integrante / Fabrício Hansel - Integrante / Ingo Isernhagen - Integrante / Ives C. Goulart - Integrante / Lucilia Parron Vargas - Integrante / João Herbert Vianna - Integrante / Katia Regina Pichelli - Integrante / Marilice Cordeiro Garrastazu - Integrante / Marcos Wrege - Integrante / Marina Moura Morales - Integrante / Marcela Guiotoku - Integrante / Maurel Behling - Integrante / Marco Aurélio Mello Machado - Integrante., Financiador(es): Embrapa Florestas - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 3

  • 2011 - 2014

    MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA POR PLANTIOS DE PINUS EM REGIÃO DE ELEVADO POTENCIAL PRODUTIVO, Projeto certificado pela empresa MOBASA REFLORESTAMENTO S.A em 23/11/2016., Descrição: As florestas podem contribuir com a retirada de CO2 da atmosfera e incorporação do C-CO2 a biomassa vegetal e posteriormente ao solo, minimizando assim os impactos sobre o clima. Além disso, os solos florestais ainda podem responder por taxas significativas de absorção de CH4, outro GEE que tem potencial de aquecimento 25 vezes maior que o CO2. No Brasil iniciativas recentes foram implementadas nos estados do Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul para avaliar a emissão de GEE em florestas plantadas focando em eucalipto e acácia, respectivamente. Na cultura do pinus, embora grande número de estudos tenha realizado a mensuração do acúmulo de carbono na vegetação e no solo, nenhum destes estudos avaliou conjuntamente a emissão de CH4 e N2O, o que é imprescindível na avaliação do benefício ambiental de um sistema. Além disso, a região onde está sendo proposto o estudo apresenta uma das maiores produtividades de pinus do mundo, o que certamente reflete no acúmulo de carbono na biomassa e no solo e, posteriomente, no fluxo de CH4 e N2O. O objetivo deste estudo será avaliar o potencial de plantios de Pinus taeda em mitigar as emissões de GEE, considerando os estoques de carbono na vegetação e no solo, até um metro de profundidade e as emissões de N2O e de CH4 do solo. Os plantios a serem avaliados encontram-se com 9 e 14 anos e estão localizados em Rio Negrinho ? SC. Paralelo as medidas nas áreas com pinus será avaliada a vegetação nativa (Floresta Ombrófila Mista) de uma área adjacente. Concomitante as avaliações de GEE e estoques de carbono serão avaliadas variáveis de solo e variáveis meteorológicas que possivelmente controlam as emissões de N2O e de CH4 do solo ao longo das estações do ano. Outras medidas de indicadores acessórios serem avaliados com o intuito de correlacionar com os estoques de C na biomassa e no solo. Entre as principais contribuições do projeto destaca-se a quantificação do potencial de aquecimento global de plantios de pinus em região de alto poten. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / Cimelio Bayer - Integrante / Jeferson Dieckow - Integrante / Rosana C. V. Higa - Integrante / Itamar Bologna - Integrante / Denise Cardoso Jeton - Integrante / Shizou Maeda - Integrante / Sergio Gaiad - Integrante / Antonio Higa - Integrante / Fabiane Vezzani - Integrante / Bruno Alves - Integrante / Diego Roters - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 2

  • 2010 - 2013

    SISTEMAS AGROECOLÓGICOS CONSORCIADOS DE PRODUÇÃO DE CAFÉ NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, Descrição: O objetivo deste estudo é diversificar o sistema de produção de café, tornando o sistema menos vulnerável aos efeitos do clima e protegendo o solo das alterações negativas nas propriedades químicas e físicas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / Ivo de Sá Motta - Coordenador / Milton Padovan - Integrante / Luís Carlos Hernani - Integrante / Walder Antônio Albuquerque Nunes - Integrante / Alceu Richetti - Integrante / Carmem Regina Pezarico - Integrante / Claudio Lazarotto - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2013

    DESENVOLVIMENTO E MODELAGEM DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE OLEAGINOSAS NA REFORMA DE CANAVIAL PARA A PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE BIODIESEL NA REGIÃO CENTRO-SUL, Descrição: O objetivo deste projeto de pesquisa é avaliar a renovação de canaviais com soja na entresafra e promover o desenvolvimento de ferramentas para monitorar e predizer as alterações e necessidades de sistema de produção de cana-de açúcar na região Centro-Sul do Brasil. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / Alceu Richetti - Integrante / Cesar José da Silva - Integrante / Éder Comumello - Integrante / Carlos Lasaro Pereira de Melo - Integrante / Fábio Cesar da Silva - Coordenador., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    IMPACTO DA RETIRADA TOTAL E PARCIAL DA PALHADA DE ÁREAS MANEJADAS COM CANA-DE-AÇÚCAR SOBRE A DINÂMICA DO CARBONO E DO NITROGÊNIO DO SOLO, EM DOURADOS, MS, Descrição: Em todo o Brasil, e não diferentemente no Estado do Mato Grosso do Sul, a cultura da cana-de-açúcar tem avançado e acompanhado os índices de crescimento em todo território nacional, e está se transformando em um dos ramos mais promissores do agronegócio brasileiro. A cultura da cana vem sofrendo mudanças significativas no seu manejo nos últimos anos, devido, principalmente, as exigências de órgão ambientais no que tange a poluição atmosférica e hídrica causada pela queima da palhada anteriormente ao corte e ao lançamento em cursos d? água de subprodutos da própria usina de transformação da matéria-prima, como a vinhaça . Essa adequação altera de forma positiva o ambiente, pois tende a reduzir a emissão de gases de efeito estufa oriundos da queimada, a conservar o carbono do solo e a fertilidade do solo. Com a perspectiva de manutenção de canaviais hoje em produção e do seu avanço em novas áreas, com vista a geração de bio-combustíveis, surge a necessidade de pesquisas mais específicas que permitam cientistas, técnicos e a sociedade direcionar/pressionar o setor sucro-alcooleiro-energético ao uso sustentável dos nossos solos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / Julio Cesar Salton - Integrante / William Marra Silva - Integrante / Fábio Martins Mercante - Integrante / Fabiano Carvalho Balieiro - Coordenador / de Cássia Piccolo, Marisa - Integrante / Guilherme Angelini - Integrante / Heitor Coutinho - Integrante.

  • 2010 - 2012

    POTENCIAL DE SEQUESTRO DE CARBONO E MITIGAÇÃO DE GASES DE EFEITO ESTUFA EM SISTEMAS DE PRODUÇÃO EM MATO GROSSO DO SULas de produção em Mato Grosso do Sul, Descrição: A temática da pesquisa proposta pelo proponente deste projeto inclui a dinâmica da matéria orgânica do solo, especificamente relacionada a capacidade dos solos em sequestrar carbono quando manejados sobre diferentes sistemas de produção e a emissão de gases de efeito estufa na agricultura. A dinâmica da matéria orgânica do solo é um tema que já vem sendo pesquisado na unidade executora a bastante tempo, porém com uma abordagem focada na qualidade do solo. Por outro lado, o estudo com emissão de gases de efeito estufa, apesar da relevância do tema foram iniciadas com a contratação do pesquisador proponente deste projeto em dezembro de 2008. O projeto de pesquisa destina-se a aquisição de equipamentos que trarão beneficios inumeros ao desenvolvimento de vários outros projetos da unidade relacionados ao tema.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / Julio Cesar Salton - Integrante / Cimelio Bayer - Integrante / Fábio Martins Mercante - Integrante / Michely Tomazi - Integrante.

  • 2010 - 2012

    BALANÇO ENERGÉTICO E AMBIENTAL DE CULTURAS ANUAIS DE ENTRESSAFRA PARA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS, Descrição: O Brasil se destaca pela sua grande diversidade e produtividade de grãos que podem ser utilizados na fabricação de biodiesel (soja, mamona, dendê, algodão, canola, amendoim, pupunha e outras), apresentando neste sentido, uma grande abertura para uma nova alternativa energética, no caso da substituição do diesel por biocombustiveis, ou seja, o diesel produzido a partir de óleos vegetais. Destacam-se dentre as principais matérias-primas para biodiesel, as oleaginosas como algodão, amendoim, dendê, girassol, mamona, pinhão-manso, palma, macaúba e soja. Além da possibilidade de reduzir a emissão de gases de efeito estufa, a utilização dessas culturas incrementam sistemas de rotação de culturas podendo promover melhorias na qualidade do solo. O objetivo deste projeto de pesquisa é avaliar o balanço energético e ambiental, além da viabilidade econômica de culturas de entressafra para a produção de biocombustíveis.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / Julio Cesar Salton - Integrante / Cesar José da Silva - Integrante / Michely Tomazi - Integrante.

  • 2009 - 2011

    MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA EM SISTEMAS DE PRODUÇÃO EM MATO GROSSO DO SUL, Descrição: O aumento da concentração de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera tem causado a intensificação do efeito estufa natural, provocando mudanças climáticas em níveis globais. Os principais GEE, dióxido de carbono, metano e o óxido nitroso, tem sua dinâmica de emissão à atmosfera relacionada a agricultura. Em nível nacional, estima-se que 75% das emissões de dióxido de carbono, 94% das emissões de óxido nitroso e 91% das emissões de metano sejam oriundas de atividades agrícolas. A região Centro Oeste, contribuí com 25% de dióxido de carbono, 31% do metano e 26% do óxido nitroso emitido pelo setor agrícola brasileiro. As principais fontes estão relacionadas as mudanças no uso e manejo do solo e a produção animal. A significativa contribuição do setor agropecuário regional às emissões de GEE, os possíveis impactos na produção nacional devido o aquecimento global, a crescente busca por alimentos, fibras e energia produzidos de forma ambientalmente correta, indicam que investigações para identificar sistemas de produção eficientes em promover a retenção de C atmosférico no solo e em reduzir as emissões de metano e óxido nitroso à atmosfera devem ser intensificadas. Apesar do destaque no cenário nacional quanto a produção agropecuária, na região Centro Oeste as ações de pesquisa visando identificar sistemas de produção eficazes na mitigação da emissão de GEE ainda são relativamente escassas, restringindo-se a avaliação do sequestro de C atmosférico no solo. Este estudo, além das taxas de sequestro de carbono no solo, avaliará as emissões de metano e óxido nitroso do solo em sistemas de produção de grãos em plantio direto, na pecuária, na integração lavoura-pecuária e no cultivo da cana-de-açúcar. As avaliações serão realizadas em dois experimentos instalados em Dourados, MS, sendo um deles um estudo de longa duração (15 anos). Os estoques de carbono serão avaliados no primeiro ano do projeto nos sistemas plantio direto, na pecuária, na integração lavoura-pecuária e, no s. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / Cimélio Bayer - Integrante / Julio Cesar Salton - Integrante / Fábio Martins Mercante - Integrante / Fabiano Carvalho Balieiro - Integrante / Guilherme Angelini - Integrante / Michely Tomazi - Integrante / Ingrid Colman - Integrante / Alfredo Lopes - Integrante.

  • 2009 - 2011

    ACÚMULO DE C NO SOLO E EMISSÃO DE GEE EM SISTEMA DE INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA, Descrição: O aumento da concentração de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera tem causado a intensificação do efeito estufa natural, provocando mudanças climáticas em níveis globais. Em nível nacional não há pesquisas avaliando a emissão de N2O e CH4 do solo em sistemas de ILP, salvo estudos preliminares no Rio Grande do Sul com ovinos e no Paraná com bovinos. A presença do animal no sistema ILP imprime algumas particularidades a este sistema de produção que favorecem o aumento das emissões de N2O e CH4 do solo se comparado às áreas de lavoura. Em face da extensa área agrícola explorada com sistemas agropecuários em Mato Grosso do Sul e da importância do tema mudanças climáticas, é imprescindível que ações de pesquisa investiguem o potencial de seqüestro de C e de emissões de gases de efeito estufa do solo pelos sistemas de produção regionais, entre eles o sistema ILP.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / Julio Cesar Salton - Integrante / Cimelio Bayer - Integrante / William Marra Silva - Integrante / Alex Ramos Costa - Integrante / Fábio Martins Mercante - Integrante.

  • 2007 - 2009

    SEQUESTRO DE C NO SOLO E MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NA INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA, Descrição: A presente proposta de pesquisa tem como principal perspectiva a avaliação do potencial de promoção ambiental do sistema de integração lavoura-pecuária quanto ao seqüestro de C no solo e mitigação das emissões de gases de efeito estufa (GEE) no Sul do Brasil. Como objetivo complementar é prevista a obtenção de parâmetros técnicos produtivos e econômicos da sustentabilidade desse sistema. Trata-se de uma proposta multidisciplinar, a qual reúne pesquisadores nas áreas de Zootecnia, Manejo de Solos e Fitotecnia, tendo um forte caráter na formação de recursos humanos e produção de conhecimento. O foco central do projeto será a investigação da ciclagem do C e do N no sistema solo-planta, a retenção desses elementos no solo, e as emissões de CO2, CH4 e N2O para a atmosfera em um sistema integrado concebido para a pequena propriedade, o qual vem sendo conduzido em nível experimental pelo Coordenador desta proposta desde 2003 . O experimento, localizado na Estação Experimental da UFRGS, está disposto em um delineamento em blocos casualizados, arranjados em esquema fatorial (2 x 2 x 4 x 2 com quatro repetições), totalizando 32 unidades experimentais, em uma área de 6 ha. No modelo concebido, a lavoura de soja e/ou milho é integrada com a produção de carne ovina, onde a produção de cordeiros se dá em pastagem de azevém, no inverno, seguida pela produção de soja e/ou milho, no verão, em sistema plantio direto. Os tratamentos constituem-se de duas intensidades de pastejo (alta e baixa oferta de forragem), e dois métodos de pastejo (contínuo e rotativo), que no verão tornam-se áreas de soja ou áreas com rotação soja/milho (seqüência: azevém/soja/azevém/soja ou azevém/soja/azevém/milho). Apesar dos recentes avanços técnicos verificados nos sistemas de integração lavoura-pecuária, pouco se conhece sobre o potencial impacto desse tipo de sistema de produção na qualidade do ar, particularmente no que se refere ao seu potencial de mitigação das emissões de GEE. Neste novo período exp. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / Paulo César Faccio Carvalho - Coordenador / Cimelio Bayer - Integrante / Thais Devicenzi - Integrante / Stefani Macari - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2010

    MITIGAÇÃO DE EMISSÕES DE ÓXIDO NITROSO POR SISTEMAS DE MANEJO DE SOLO, Descrição: O gás óxido nitroso tem potencial de aquecimento global 296 maior do que o dióxido de carbono. O manejo do solo afeta diretamente as variáveis controladora da emissão deste gás, como umidade e temperatura do solo, disponibilidade de N no solo, atividade microbiana, entre outras. A identificação de sistemas de manejo que impliquem em menores emissões de óxido nitroso ao ambiente'é importante no conjunto de práticas de manejo apar reduzir o impactro ambiental da atividade antrópica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / Cimelio Bayer - Integrante / Nilo João Kuhn - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Pesquisa - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4

  • 2006 - 2009

    RETENÇÃO DE C ATMOSFÉRICO NO SOLO E MITIGAÇÃO DA EMISSÃO DE GASES DE EFEITO ESTUFA POR SISTEMAS DE MANEJO CONSERVACIONISTAS, Descrição: Coordenador: Cimélio Bayer (UFRGS-Departamento de Solos). O aumento das emissões de gases de efeito estufa e seu efeito no aquecimento global tem gerado preocupação crescente entre cientístas. A estimativa das emissões de diferentes agroecossistemas tem indicado que o uso de sistemas de manejo de solo adequado pode reduzir as emissões de GEE relacionados a agricultura. A identificação destes sistemas de manejo requer estudos regionais e de longa duração.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / João Mielniczuk - Integrante / Frederico Costa Beber Vieira - Integrante / Paulo Cesár Conceição - Integrante / Madalena Boeni - Integrante / Cimelio Bayer - Coordenador / Jeferson Dieckow - Integrante / Juliana Gomes - Integrante / Ladislau Martin-Neto - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Pesquisa - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2008

    SEQUESTRO DE C E MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE GASES DO EFEITO ESTUFA POR SISTEMAS CONSERVACIONISTAS DE MANEJO E AS OPORTUNIDADES PARA O AGRONEGÓCIO NO RIO GRANDE DO SUL, Descrição: Vice-Coordenador: Cimélio Bayer (UFRGS-Departamento de Solos).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / João Mielniczuk - Integrante / Frederico Costa Beber Vieira - Integrante / Cimelio Bayer - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    ÍNDICES DE MANEJO DE CARBONO, CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS E MOBILIDADE VERTICAL DE ÍONS EM UM ARGISSOLO VERMELHO AFETADOS POR SISTEMAS DE MANEJO DE SOLO, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 11

  • 2004 - 2006

    ESTOQUE E LABILIDADE DO CARBONO EM FRAÇÕES DA MATÉRIA ORGÂNICA DE UM ARGISSOLO AFETADOS POR SISTEMAS DE MANEJO DE SOLO, Descrição: O projeto foi desenvolvido na Estação Agronomica da UFRGS num Argissolo Vermelho cultivado com diferentes sistemas de manejo de solo. Sistemas conservacionistas de manejo com menor mobilizaçào do solo como o plantio direto combinado a altas adições de C ao solo aumentam o estoque e a labilidade da MOS com reflexos na qualidade do solo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Coordenador / João Mielniczuk - Integrante / Frederico Costa Beber Vieira - Integrante / Eliane da Rosa Ávilas - Integrante / Fernando Vieiro - Integrante / Cimelio Bayer - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Pesquisa - Bolsa., Número de produções C, T & A: 20

  • 2003 - 2005

    ÍNDICES DE MANEJO DE CARBONO, PROTEÇÃO FÍSICA E GRAU DE HUMIFICAÇÃO DA MATÉRIA ORGÂNICA EM SOLOS BRAILEIROS AFETADOS POR SISTEMAS DE MANEJO, Descrição: Os sistemas de manejo afetam a agregação e a MOS do solo, os quais estão intimamente relacionados. A magnitude das mudanças ocasionadas pelos sistemasnde manejo estão relacionados a mineralogia e a textura do solo. Quanto maior a agregação maior a proteçào física da MOS e maior os estoques de C lábil no solo. O C lábil é importante na atividade biológica do solo, sendo que um maior teor de C lábil indicaria um maior potencial de atividade de raízes e microbiana.fazendo com que os ciclos biogeoquímicos dos elementos no solo seja melhorado. O índice de mandejo de C inclui um componente labilidade, além de considerar o estoque de C no solo, fazendo deste um índice representativo das mudanças influenciadas pelo manejo. Predizer atrávés deste índice mudanças na labilidade de conteúdo de MOS pode ser um indicativo da qualidade dos sistemas de manejo adotados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / João Mielniczuk - Integrante / Fabiano Daniel De Bona - Integrante / Paulo Cesár Conceição - Integrante / Madalena Boeni - Integrante / Cimelio Bayer - Coordenador / Jeferson Dieckow - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Pesquisa - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 14

  • 2002 - 2004

    EMISSÕES DE METANO EM SOLOS CULTIVADOS COM ARROZ IRRIGADO E POTENCIAL DE MITIGAÇÃO NO RIO GRANDE DO SUL, Descrição: O projeto foi desenvolvido juntamente com o Instituto Rio Grandense do Arroz, na sua sede na cidade de Cachoeirinha, RS, a Embrapa Jaguariuna e o Programa de pós graduação em Ciência do solo da UFRGS . Foram avaliados os sistemas de manejo tradicionalmente utilizados no RS com a cultura do arroz, plantio direto, cultivo mínimo e preparo convencional. A avaliação foi realizada durante o período de safra da cultura de arroz e indicou que os sistemas conservacionistas tendem a apresentar menor emissão de metano se comparado ao sistema de preparo convencional.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (0) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Josileia Acordi Zanatta - Integrante / Cimelio Bayer - Integrante / Falberni Costa de souza - Coordenador / Juliana Gomes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Pesquisa - Bolsa / Conselho Nacional de Pesquisa - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2003

1a. colocada no curso de Agronomia - 2003/1, Universidade do Estado de Santa Catarina.

2002

Mêrito Universitário Catarinense, Udesc e Governo do Estado de SC.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa Florestas. , Estrada da Ribeira km 111, Zona Rural, 83411000 - Colombo, PR - Brasil - Caixa-postal: 319, Telefone: (41) 36755616, Fax: (41) 36755601, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2019 - Atual

Universidade Federal do Paraná

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2011 - Atual

EMBRAPA Florestas

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 40

Atividades

  • 08/2012

    Estágios , Embrapa Florestas, .,Estágio realizado, Supervisora de estágios.

  • 05/2012

    Direção e administração, Embrapa Florestas, .,Cargo ou função, Gestora do Núcleo de Solos e Ciclos Biogeoquímicos.

  • 04/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Embrapa Florestas, .,Cargo ou função, Comissão de Melhorias de Processos na Embrapa Florestas.

  • 03/2011

    Pesquisa e desenvolvimento , Embrapa Florestas, .,Linhas de pesquisa

  • 04/2011 - 02/2012

    Outras atividades técnico-científicas , Embrapa Florestas, Embrapa Florestas.,Atividade realizada, Facilitadora do Grupo de trabalho interno ZOMAFLOR.

2008 - 2011

Embrapa agropecuária Oeste

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 40

Atividades

  • 07/2010 - 07/2011

    Outras atividades técnico-científicas , Embrapa Agropecuária Oeste, Embrapa Agropecuária Oeste.,Atividade realizada, Orientação Iniciação científica: IMPACTO DO MANEJO DA PALHADA DE CANA-DE-AÇÚCAR SOBRE A DINÂMICA DA MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO E OS ATRIBUTOS FÍSICOS.

  • 03/2009 - 02/2011

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Embrapa Agropecuária Oeste, .,Cargo ou função, Comitê Local de Publicação.

2003 - 2009

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Estudante de Pós-Graduação, Regime: Dedicação exclusiva.