Éverton Barbosa Correia

Possui graduação em LETRAS pela Universidade Federal da Paraíba (1996), mestrado em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (2000) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2008) e fez estágio pos-doutoral na Universidade Estadual de Campinas (2010). No momento atua na área de literatura brasileira no Instituto de Letras da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde lidera grupo de pesquisa "Poesia como interface de outras linguagens", cadastrado no Diretório do CNPq. A ênfase de sua atuação é dada a autores de poesia ou autores que trabalhem com gêneros híbridos, a exemplo de Joaquim Cardozo ou Joao Cabral de Melo Neto, de Joaquim Nabuco ou Eduardo Prado.

Informações coletadas do Lattes em 26/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)

2003 - 2007

Universidade de São Paulo
Título: A poética do engenho: a obra de João Cabral sob a perspectiva canavieira
Fábio Rigatto de Souza Andrade. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Poesia Brasileira Moderna; João Cabral de Melo Neto; Patriarcado Canavieiro; Subjetividade Poética.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária / Especialidade: Poesia Brasileira. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada. Setores de atividade: Educação Superior; Educação Média de Formação Geral; Outro.

Mestrado em Teoria e História Literária

1997 - 2000

Universidade Estadual de Campinas
Título: Um auto cabralino em suas vertentes,Ano de Obtenção: 2000
Vilma Sant Anna Areas.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Teoria LIterária; Literatura Brasileira; Poesia Brasileira; Dramaturgia.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária / Especialidade: Poesia Brasileira. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária / Especialidade: Teatro. Setores de atividade: Educação Superior; Educação Média de Formação Geral.

Graduação em LETRAS

1993 - 1996

Universidade Federal da Paraíba
Orientador: Maria Ignez Novais Ayala
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2010 - 2011

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Lingüística, Letras e Artes, Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada. , Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.

2009 - 2010

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Lingüística, Letras e Artes, Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira. , Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2002 - 2002

Pós Gradução Em Teoria Literária. , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira/Especialidade: Poesia.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária/Especialidade: Teatro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

CORREIA, É. B. ; CARVALHO, R. S. . Ensaios e outras formas híbridas na modernização brasileira (1870/1940). 2017. (Congresso).

CORREIA, É. B. ; WERKEMA, A. . Fora do centro da crítica literária. 2017. (Outro).

CORREIA, É. B. . Congresso de Gêneros Literários Fronteiriços. 2014. (Congresso).

CARVALHO, R. S. ; CORREIA, É. B. . XIII Congresso Internacional da ABRALIC. 2013. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XV Encontro da Associação Brasileira de Literatura Comparada - ABRALIC.Eduardo Prado, personagem de si mesmo. 2017. (Simpósio).

ANPOLL.As ocorrências do 'eu' na poesia de João Cabral. 2012. (Encontro).

VI SEPEL - Seminário de Pesquisa em Literatura.Fórum de projetos III: poéticas do texto literário. 2012. (Seminário).

II Encontro Nacional do GT Teoria do Texto Poético/ ANPOLL.O recife de Cardozo e o Recife de Cabral. 2011. (Encontro).

ANPOLL.Itinerário de Bandeira: nacional, regional e municipal. 2010. (Encontro).

I Semiinário Internacional de Arte e Literatura Barroca.Diálogos entre o Botelho barroco e o moderno Cabral. 2010. (Seminário).

I Encontro Naccional do GT de Teoria do Texto Poético (ANPOLL).João Cabral, leitor de Frei Caneca. 2009. (Encontro).

XI Encontro Regional da ABRALIC - Literatura, artes e saberes.Casa-grande e senzala na poesia brasileira. 2007. (Encontro).

I encontro de Pós-graduandos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP..Poética do engenho: a obra de João Cabral sob a perspectiva da casa-grande. 2006. (Encontro).

XXI Encontro Nacional da ANPOLL ? Domínios do saber: história, instituições, práticas..A musicalidade flamenca de João Cabral. 2006. (Encontro).

1 Encontro de Alunos de Pós-Graduação de Língua e Literatura Italiana e Teoria Literária e Literatura Comparada (FFLCH - USP).O 'cante flamenco' por Murilo e Cabral. 2005. (Encontro).

VIII Congresso Luso-afro-brasileiro de Ciências Sociais. Casa-grande, senzala e arredores. 2004. (Congresso).

ANPOLL. Associação Nacional de Pós-Gradução em Letras e LInguística. 1998. (Congresso).

IV Seminário de teses em andamento.Seminário de teses em andamento. 1998. (Seminário).

III Conhecimento em Debate.III Conhecimento em Debate. 1996. (Encontro).

Conhecimento em debate II.Conhecimento em debate II. 1994. (Encontro).

II Encontro de Iniciação Científica da UFPB.II encontro de Iniciação Científica. 1994. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Brenda Maria Pereira de Pontes

CINTRA, E. C.; BORA, Zelia Monteiro;CORREIA, É. B.. A crítica literária de Ana Cristina César: verdade e máscara. 2020. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Felipe Augusto da Fonseca Ribeira

CORREIA, É. B.; PEREIRA, J.C.F.; SOUZA, Roberto Acízelo de. Tempo e estilo nas "Três meditações na corda lírica" de Ivan Junqueira. 2018. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: [Nome removido após solicitação do usuário]

PEREIRA, V. H.A.;CORREIA, É. B.; PONTES JUNIOR, G. R.. A tinta do expressionismo: um percurso pelo mundo subterrâneo. 2018. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Tatiane Maria Barbosa de Oliveira

CARVALHO, R. S.; MELLO, J. A.; IUMATTI, Paulo Teixeira;CORREIA, É. B.. Abreu e Lima, o escritor público: estudo e antologia. 2018. Dissertação (Mestrado em Letras (Letras Clássicas)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: [Nome removido após solicitação do usuário]

PEREIRA, V. H.A.; DIAS, André Luiz;CORREIA, É. B.. Travessias literárias e filosóficas pelo subsolo de Lúcio Cardoso. 2018. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Rafael Barrozo de Carvalho

SOUZA, J. B.; TURCHI, M. Z.;CORREIA, É. B.. Ferreira Gular: o percurso poético do vivido. 2014. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Tiago Henrique Cardozo

CINTRA, E. C.;CORREIA, É. B.; BIELLA, J. C.. Lar,(2009) de Armando Freitas Filho: uma autobiografia do absurdo. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Uberlândia.

Aluno: Luciano de Jesus Gonçalves

BELON, A. R.;CORREIA, É. B.; Franco Junior, A. Que os mortos enterrem seus mortos: a narrativa ficcional de Samuel Rawet. 2012. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Aluno: Wilquer Quadros dos Santos

SALES, J. B.;CORREIA, É. B.; CINTRA, E. C.. O poema narrativo em Crime na Calle Relator, de João Cabral de Melo Neto. 2011. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Aluno: Ricardo Vieira de Lima Ferreia

FERRAZ, E. N.; MARTINS, M. D.; SECCHIN, A. C.; GUIMARÂES NETO, Alfonso;CORREIA, EVERTON BARBOSA. #queversoueu: a revalorização da subjetividade na poesia brasileira contemporânea. 2019. Tese (Doutorado em Letras (Letras Vernáculas)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Wanessa Regina Paiva da Silva

CORREIA, É. B.; FiGUEIREDO, C.L.N.; PEREIRA, V. H.A.; OLIVEIRA, L. M. L.; SANTOS, M. D.. O sorriso e a tormente: inquéritos culturais e vida literária (19301945). 2017. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Luciana da Silva Dias Messeder

SOUZA, Roberto Acízelo de; DAVID, S. N.;CORREIA, É. B.; PASCHE, M. E. G.; PELOGGIO, Marcelo. Ensino de literatura e multiletramentos. 2017. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Ricardo Vieira de Lima

FERRAZ, E. N.; MARTINS, M. D.;CORREIA, É. B.; SECCHIN, A. C.; GUIMARÂES NETO, Alfonso. Queversoueu: a revalorização da subjetividade, as cartografias do afeto e o passo de prosa da poesia brasileira contemporânea. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Letras Vernáculas)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Juliane de Souza Elesbão

SOUZA, Roberto Acízelo de;CORREIA, É. B.; PELOGGIO, Marcelo. O ideário crítico de Macedo Soares. 2017.

SOUZA, N. A; ANTUNES, M. A. G.;CORREIA, É. B.. Banca do processo seletivo de Teoria da Literatura e Literatura Comparada (DOUTORADO). 2016. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Antônio Carlos Secchin

SECCHIN, A. C.. A poética do engenho: a obra de João Cabral sob a perspectiva canavieira. 2008. Tese (Doutorado em Doutorado em Literatura Brasileira) - Universidade de São Paulo.

Vilma Sant Anna Areas

ANDRADE, F. R. S.; Villaça, Alcides Celso O.; Camilo, Vagner;Arêas, Vilma. UM AUTO CABRALINO EM SUAS VERTENTES.. 2000. Dissertação (Mestrado em Sem Informação) - Universidade Estadual de Campinas.

Vilma Sant Anna Areas

Arêas, Vilma. Um auto cabralino em suas vertentes.. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Sem Informação) - Universidade Estadual de Campinas.

Murilo Marcondes de Moura

ANDRADE, F. S.; VILLACA, A.; SECCHIN, Antônio Carlos; AREAS, V.;MOURA, M. M.. A poética do engenho: a obra de João Cabral sob a perspectiva canavieira. 2008. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

Murilo Marcondes de Moura

MOURA, M. M.; VILLACA, A.; ANDRADE, F. S.. Poesia brasileira através da Espanha muriliana e cabralina. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Teoria Literária e Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo.

Alcides Celso Oliveira Villaça

VILLAÇA, Alcides.. A poética do engenho: a obra de João Cabral sob a perspectiva canavieira. 2008. Tese (Doutorado em Literatura Brasileira) - Universidade de São Paulo.

Fábio Rigatto de Souza Andrade

ANDRADE, F. R. S.; VILLACA, A.; MOURA, M. M.. João Cabral: poesia e experiência. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

Vagner Camilo

CAMILO, V.; AREAS, V. S.; ANDRADE, F. S.. Um Auto Cabralino em suas Vertentes. 2000. Dissertação (Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Vinicius Esteves Ramos

Edição crítica do livro Signo estrelado de Joaquim Cardozo; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Carlos Eduardo Ferreira de Oliveira

Poesia e artes plásticas: João Cabral, Jean Dubuffet e Bispo do Rosário; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Susana Maria Fernandes

Banca dias entre a lenda, a história e a literatura por Viriato Correa e Drummond; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Felipe Augusto da Fonseca Ribeiro

Ivan Junqueira: crítico, tradutor e poeta; 2016; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro,; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Aline Carvalho de Oliveira Soares

A poesia e a menina da Casa velha da ponte; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Alexandre Moreira Cardoso

A relação da poesia simbolista de Cruz e Souza com o discurso religioso do século XIX; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Ana Carolina de Araujo Nonato

O sucesso dos folhetins de Nelson Rodrigues sob os pseudônimos de Myrna e Susana Flag na década de 1940; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Literatura Brasileira) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Tatyana Wildeisen

O corvo de Poe traduzido por Machado de Assis e Haroldo de Campos; 2005; 65 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Edilson Domingues Vilhassante

Análise do poema A noite em 1942 de Murilo Mendes; 2005; 35 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Esmeralda Barbosa Cravançola

Os Planos múltiplos em Poesia Liberdade; 2004; 35 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Uillma Matos dos Santos

A musicalidade na poesia de Manuel Bandeira; 2004; 35 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Tatiana da Silva Pereira

A personagem Fabiano, como núcleo estruturador do romance Vidas Secas; 2004; 26 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Rachel Estela Carvalho Labbate

Estudos para uma bailadora andaluza e cabralina; 2004; 61 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Paula Araújo Dias

Exílios e regressos do Romantismo ao Modernismo; 2004; 45 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Leolina Teixeira de Almeida

As personagens secundárias e as relações de favorecimento em Memórias póstumas de Brás Cubas; 2003; 25 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Roberta Santos Araújo

A sufocada religiosidade de Bentinho; 2003; 35 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Elizabeth Alves da Cruz

Leitura do Memórias de um Sargento de Milícias a partir da Dialética da malandragem; 2003; 28 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Claudineide dos Santos

O primo Basílio através da crítica brasileira; 2003; 35 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Shirley Corrêa Prates

A palavra poética em O encontro do cotidiano de Vinicius de Moraes; 2003; 25 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Valéria Santos Torres

Senhoras alencarinas: perfis de mulher no Oitocentos brasileiro; 2003; 30 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Cristina dos Santos Barbosa

Os sofrimentos de amor e a escravidão em A escrava Isaura; 2002; 30 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Dulce Helena Filisbina

O foco narrativo no romance Dom casmurro de Machado de Assis; 2002; 40 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Edmara Lúcia de Souza

A sociedade escravocrata brasileira através de um conto de Machado de Assis; 2002; 35 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Eleneide Aleixo de Barros

A caracterização do espaço no Vidas Secas de Graciliano Ramos; 2002; 30 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Rosimeira Aparecida Mendonça Dias

Diálogos entre os protagonistas dos romances Dom casmurro e O Primo Basílio; 2002; 30 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Ibirapuera; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Maria Iolanda Rodrigues de Oliveira

O perfil do negro como elemento constitutivo na formação da cultura brasileira em Casa-grande e Senzala; 2001; 30 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Estadual do Tocantins; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Ivone Galvão Silva

Diálogo entre o romance Menino de engenho de José Lins do Rego e a prosa de Gilberto Freyre; 2001; 30 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Estadual do Tocantins; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Yael Fernando Carvalho Torres

Poesia e representação gráfica no livro O interior da matéria de Joaquim Cardozo; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Vinicius Esteves Ramos

Os sonetos do livro Signo Estrelado; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Fernanda Luis Nunes de Mattos

De uma noite de festa como dramaturgia de Joaquim Cardozo por meio do bumba-meu-boi; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Letras) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Vinicius Esteves Ramos

As igrejas do Recife nos sonetos de Joaquim Cardozo; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Vinicius Esteves Ramos

Joaquim Cardozo, poeta do Recife; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Fernando Arantes Ferrão

Joaquim Cardozo, crítico de arte e de literatura; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Português e Alemão) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Vinicius Esteves Ramos

O uso do adjetivo nos versos de Joaquim Cardozo; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Vinicius Esteves Ramos

Os sonetos de Joaquim Cardozo; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Maria da Guia Silva dos Santos

Joaquim Cardozo, crítico de poesia; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Ana Gibele da Silva Barbosa

A dramaturgia de Joaquim Cardozo; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Ana Paula Apolinário de Melo

Os sonetos de Joaquim Cardozo; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Ana Gibele da Silva Barbosa

As referências históricas de Tramataia e Marcação na poesia Cardoziana; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Maria da Guia Silva dos Santos

Diálogos entre a poesia e a prosa de Joaquim Cardozo; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Éverton Barbosa Correia;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Vilma Sant Anna Areas

Um Auto Cabralino em suas Vertentes; ; 2000; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas,; Orientador: Vilma Sant Anna Areas;

Vinicius Esteves Ramos

:A obra de Joaquim Cardozo em Perspectiva; Início: 2015; Iniciação científica (Graduando em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Marcos Antonio Siscar

João Cabral, leitor da história pernambucana: a memória provinciana através de Bandeira e de Cardozo; ; 2010; Universidade Estadual de Campinas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Marcos Antonio Siscar;

Marcos Antonio Siscar

João Cabral, leitor da história pernambucana; 2009; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Marcos Antonio Siscar;

Fábio Rigatto de Souza Andrade

A poética do engenho: a obra de João Cabral sob a perspectiva canavieira; 2008; Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Fábio Rigatto de Souza Andrade;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CORREIA, É. B. . Lendo Murilo Mendes Na sala de aula, com Antonio Candido. VIA ATLÂNTICA , v. 35, p. 155-171, 2019.

  • CORREIA, EVERTON BARBOSA . A linha em Miró traduzida em versos de Murilo Mendes e de João Cabral. Gragoatá (UFF) , v. 24, p. 390-412, 2019.

  • CORREIA, ÉVERTON BARBOSA . Ismael Nery e Murilo Mendes, criador e criatura reciprocamente / Ismael Nery and Murilo Mendes, creator and creature vice versa. ALETRIA (UFMG) , v. 29, p. 13-28, 2019.

  • CORREIA, É. B. . A mulher ausente por meio da terra, da água e da voz de Adalgisa Nery. GRAPHOS (JOÃO PESSOA) , v. 21, p. 96-110, 2019.

  • CORREIA, É. B. . Guia de Ouro Preto e os poemas ouro-pretanos de Bandeira. SIGNOTICA (UFG) , v. 30, p. 29-50, 2018.

  • CORREIA, É. B. . A malandragem como categoria representativa do Brasil, consoante Antonio Candido. CERRADOS , v. 26, p. 97-107, 2018.

  • CORREIA, ÉVERTON BARBOSA . Um poema inédito na obra poética de Manuel Bandeira. O EIXO E A RODA (UFMG) , v. 27, p. 73, 2018.

  • CORREIA, ÉVERTON BARBOSA . João Cabral como um Gonsalves de Melo. TEXTO POÉTICO , v. 14, p. 319-333, 2018.

  • CORREIA, ÉVERTON BARBOSA . O discurso de posse de um poeta-diplomata na Academia Brasileira de Letras e outros opúsculos. REMATE DE MALES , v. 38, p. 283-304, 2018.

  • CORREIA, EVERTON BARBOSA . Dicção individual e intervenção pública em -Três sonetos positivos- de Joaquim Cardozo. Letras de Hoje , v. 53, p. 223-231, 2018.

  • CORREIA, ÉVERTON BARBOSA . Os Ademires de João Cabral de Melo Neto. ALETRIA (UFMG) , v. 26, p. 33-48, 2017.

  • CORREIA, É. B. . Perfil híbrido de Joaquim Nabuco: autor cosmopolita e nativista no oitocentos brasileiro. MISCELÂNEA (ASSIS. ONLINE) , v. 21, p. 211, 2017.

  • CORREIA, ÉVERTON BARBOSA . Porto dos cavalos e outros portos de João Cabral. PATRIMÔNIO E MEMÓRIA (UNESP) , v. 13, p. 262-278, 2017.

  • CORREIA, É. B. . Subjetividade e forma em dois poemas de João Cabral sobre o ovo. VIA ATLÂNTICA , v. 32, p. 97, 2017.

  • CORREIA, É. B. . Adalgisa Nery em três composições líricas. REVISTA ELETRÔNICA ARATICUM , v. 16, p. 76-81, 2017.

  • CORREIA, ÉVERTON BARBOSA . Dois poemas de Pedro de Alcântara (Dom Pedro II). REMATE DE MALES , v. 36, p. 541, 2016.

  • CORREIA, É. B. . Modernidade tardia e contemporaneidade em três poetas paulistas. ELYRA: REVISTA DA REDE INTERNACIONAL LYRACOMPOETICS , v. 6, p. 91-109, 2015.

  • CORREIA, É. B. . Revoluções provincianas na poesia de João Cabral. Caligrama (UFMG) , v. 19, p. 75-95, 2014.

  • CORREIA, É. B. . Apontamentos para leitura de poemas em sala de aula. REMATE DE MALES , v. 34, p. 549-564, 2014.

  • CORREIA, ÉVERTON BARBOSA . Memória, genealogia e subjetividade em João Cabral. O EIXO E A RODA (UFMG) , v. 23, p. 37, 2014.

  • CORREIA, É. B. . Um baobá no Recife e o baobá do Senegal. VIA ATLÂNTICA , v. 25, p. 215-229, 2014.

  • CORREIA, É. B. . As ocorrências do 'eu' na poesia de João Cabral. TEXTO POÉTICO , v. 8, p. 83-98, 2012.

  • CORREIA, É. B. . A maré de Botelho e a maré de Cabral. Sociopoética (Online) , v. 1, p. 61-75, 2011.

  • CORREIA, É. B. . Joaquim Cardozo, leitor de Manuel Bandeira. Guavira Letras , v. 11, p. 61-70, 2011.

  • CORREIA, É. B. . Gilberto Freyre por Bandeira, Drummond e Cabral. Ciências & Letras (FAPA. Impresso) , v. 50, p. 161-176, 2011.

  • CORREIA, É. B. . Memórias de assombração nas pontes de Recife. Glauks (UFV) , v. 11, p. 111-136, 2011.

  • CORREIA, É. B. . História, memória e subjetividade em João Cabral. Signo (UNISC. Online) , v. 35, p. 117-134, 2010.

  • CORREIA, É. B. . A imagem de Cabeleira nos engenhos da família de João Cabral. Literatura em debate (URI) , v. 4, p. 49-65, 2010.

  • CORREIA, É. B. . João Cabral, leitor de Natividade Saldanha. Texto Poético , v. 6, p. 1-15, 2009.

  • CORREIA, É. B. . Subjetividade, história e genealogia em João Cabral. Revista da Academia Brasileira de Letras , v. 57, p. 182-206, 2008.

  • CORREIA, É. B. . A musicalidade flamenca de João Cabral. Texto Poético , v. 4, p. 1-10, 2007.

  • CORREIA, É. B. . Manuel Bandeira, autor de Casa-grande e senzala. Magma (São Paulo) , v. 9, p. 71-78, 2006.

  • CORREIA, É. B. . Um auto cabralino em suas vertentes. Sínteses (UNICAMP) , v. 6, p. 131-140, 2001.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CORREIA, É. B. . Revista Signótica. 2017.

CORREIA, É. B. . Revista do GT Teoria do Texto Poético. 2017.

CORREIA, É. B. . Revista Teresa - Revista de Literatura Brasileira. 2017.

CORREIA, É. B. . Revista Matraga - Revista do Programa de Pós-graduação em Letras da UERJ. 2017.

CORREIA, É. B. . Poesia e história em Pernambuco. 2017.

CORREIA, É. B. . Revista do GT Teoria do Texto Poético. 2016.

CORREIA, É. B. . O eixo e a roda: revista de literatura brasileia. 2016.

CORREIA, É. B. . Revista Matraga - Revista do Programa de Pós- Graduação em Letras da UERJ. 2016.

CORREIA, É. B. . Revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea. 2015.

CORREIA, É. B. . O eixo e a roda: revista de literatura brasileia. 2015.

CORREIA, É. B. . Joaquim Cardozo: poeta, contista, dramaturgo e crítico de arte. 2015.

CORREIA, É. B. . Revista de Estudos Linguísticos do GEL. 2014.

CORREIA, É. B. . Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea. 2014.

CORREIA, É. B. . Revista de Estudos Linguísticos do GEL. 2013.

CINTRA, E. C. ; CORREIA, É. B. . Entrevista com Marcos Siscar. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CORREIA, É. B. . Gêneros híbridos na obra de Joaquim Nabuco. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

CORREIA, É. B. . Capacitação para os elaboradores de itens do Banco Nacional de Itens (BNI) da Educação Superior. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Curso de Capacitação).

CORREIA, É. B. . Relatório chamada 'Universal' CNPq/ 474031/2013-6 - APQ. 2016. (Relatório de pesquisa).

CORREIA, É. B. . Gêneros Híbridos em Joaquim Nabuco. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CORREIA, É. B. ; RODRIGUES, K. G. ; SALES, J. B. . Guavira Letras. 2010. (Editoração/Periódico).

CORREIA, É. B. . Revista do GT Teoria do Texto Poético. 2010. (Parecerista).

CORREIA, É. B. . Guavira Letras. 2010. (Parecerista).

CORREIA, É. B. . Revista 'Estudos LIngüísticos' do GEL (Parecerista). 2009. (Parecerista).

CORREIA, É. B. . Revista Estudos Linguísticos do GEL. 2009. (Parecerista).

CORREIA, É. B. . Revista do GT de Teoria do Texto Poético. 2009. (Parecerista).

CORREIA, É. B. . Paisagem com Argonautas. 1999. Teatral.

CORREIA, É. B. . Medeamaterial. 1998. Teatral.

CORREIA, É. B. . A importância de estar de Acordo. 1994. Teatral.

CORREIA, É. B. . O fósforo. 1997.

CORREIA, É. B. . O Caminho. 1997.

CORREIA, É. B. . Punhado. 1997.

CORREIA, É. B. ; FLORES JÚNIOR, Wilson José . O pensamento social brasileiro na década de 30: Casa-grande e senzala e Raízes do Brasil. 2005 (Minicurso) .

CORREIA, É. B. . Nelson Rodrigues - um dramaturgo no cinema. 2004 (Minicurso) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Memória de Joaquim Cardozo e de João Cabral: subjetiva, urbanizada e itinerante, Descrição: o presente projeto se propõe ao exercício de leitura comparada de autores da literatura brasileira, com o propósito de dinamizar a compreensão de um poeta consagrado ? como é João Cabral de Melo Neto ? e ilustrar o entendimento de um poeta pouco conhecido ? como é Joaquim Cardozo. Tratando-se de dois poetas pernambucanos radicados no Rio de Janeiro e em outras cidades, brasileiras ou estrangeiras, o limite geográfico serve de índice para referendar a paisagem que se descola da poesia de um e de outro, nem tão programática nem tão nacionalista quanto se reivindicou para a expressão literária do século XX. Em virtude disso, a leitura da poesia moderna será feita sob perspectiva sinuosa, porquanto se pode inscrever na tradição recente uma possibilidade de renovação de seu entendimento, o qual passa por uma compreensão de tempo ou de espaço que interferem na historicidade das obras e da historiografia literária que as encerra. Nada impede, todavia, que outros autores sejam acionados, tanto pela interlocução com os nomes que nucleiam a pesquisa, quanto pela especificidade de gênero em que, ocasionalmente, um e outro se insurgiram, cada um a seu modo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Éverton Barbosa Correia - Coordenador / Vinicius Esteves Ramos - Integrante / Carlos Eduardo Ferreira de Oliveira - Integrante / Yael Fernando Carvalho Torres - Integrante / Fernanda Luís Nunes de Mattos - Integrante / Simone de Mattos Gonçalves Cruz - Integrante / Paula Fernanda Martins Guerra Braga - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Joaquim Cardozo: poeta, contista, dramaturgo, crítico de arte e de literatura., Descrição: Quando da publicação da Antologia de poetas brasileiros bissextos contemporâneos (1946), sob a organização de Manuel Bandeira, Joaquim Cardozo se ofereceu ao público em geral como subjetividade poética, não sem antes ter sido coligido em periódicos literários ou culturais aqui e acolá, desde a década de 1920. A informação interessa porquanto inscreve o nascimento daquela obra para a posteridade emparelhada ao cinquentenário de nascimento poeta. Outro propósito não haverá ao longo deste trabalho senão o de descrever e de apreciar a obra de Joaquim Cardozo, que, devido ao caráter dissidente de sua produção, ilumina a contrapelo toda a sua época, quer queiramos sua catalogação na história literária ou sua interferência na vida cultural brasileira em sentido amplo. Por conta disso, a exploração de seu perfil se estende do âmbito propriamente poético para o dramatúrgico e para o prosaico - seja ficcional ou ensaístico -, cuja aproximação de outros artistas anima sua figura, seja porque foram os responsáveis pela sua publicação e consagração, ou ainda, porque herdaram e apreciaram sua interferência na convenção artística vigente, não só no âmbito literário, mas também no arquitetônico e no das artes plásticas. Como sua obra ainda está dispersa, o primeiro horizonte de apreciação será dado pelo cotejo das fontes primárias de sua veiculação, quer consideremos os jornais e periódicos ou as primeiras edições de sua produção poética e dramatúrgica. A partir daí, haverá a incorporação da crítica existente sobre a obra e a problematização de sua colocação na historiografia literária.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Éverton Barbosa Correia - Coordenador / Vinicius Esteves Ramos - Integrante / Felipe Augusto da Fonseca Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Poesia e história em Pernambuco, Descrição: Em observância à premissa metodológica de que o fechamento da perspectiva de abordagem implica ganhos na análise do objeto explorado, tomaremos Pernambuco como horizonte de exploração da poesia, haja vista que dispõe de alguns dos autores mais notórios na literatura brasileira moderna, a exemplo de Manuel Bandeira, Joaquim Cardozo e João Cabral de Melo Neto. Se tomarmos estes autores como representantes de nossa modernidade, é bem verdade que há uma tradição à qual se filiam e que pode ser identificada no chão pernambucano, através do diálogo com outros poetas - como é o caso de Natividade Saldanha, Frei Caneca ou Joaquim Nabuco - e também com a forte tradição popular ali existente, que se estende de folhetos de cordel a letras de cirandas, cocos e cantigas. Se no campo da poesia, facilmente identificamos uma tradição já sedimentada, também é preciso assinalar a existência de uma tradição historiográfica, que parte dos filhos daquele torrão, onde podemos destacar figuras como a de Joaquim Nabuco, Oliveira Lima, Gilberto Freyre e Evaldo Cabral de Mello. Acresce, ainda, a existência do Instituto Arqueológico, histórico e geográfico pernambucano, que sempre se pautou pelo estabelecimento de outra matriz discursiva que se contrapusesse ao discurso oriundo da corte - onde estava radicado o Instituto histórico e geográfico brasileiro ? e com o qual todos os historiadores estabeleceram algum laço. Então, é no cruzamento de certa tradição literária com uma correspondente tradição historiográfica que reside o foco deste projeto, cujo recorte geográfico limita a compreensão de poesia e de história, para melhor observá-las segundo a ótica de seus autores, quer consideremo-los como narradores de nossa história ou como cultores do nosso patrimônio simbólico gravado em poesia, seja ela apreciada como traço distintivo dos poetas ou como modalidade de representação social.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Éverton Barbosa Correia - Coordenador / Wilson José Flores Júnior - Integrante / Elaine Cristina Cintra - Integrante / Ricardo Souza de Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 6

  • 2010 - 2011

    João Cabral, leitor da história pernambucana: a memória provinciana através de Bandeira e de Cardozo, Descrição: Sendo o alvo principal do projeto em curso a análise dos poemas pernambucanos de João Cabral de Melo Neto, convém assinalar o legado literário que ele herda da memória e da historiografia provinciana. Por conta disso, interessa destacar o diálogo com Manuel Bandeira e Joaquim Cardozo, que oferecem sob outras visadas a paisagem pernambucana associada aos cronistas da região, a exemplo de Gilberto Freyre. Pois a expressão de Manuel Bandeira desde A cinza das horas vai assimilando gradativamente fatos históricos inscritos em Recife e - dentro desta - no Capibaribe. Por outro lado, cumpre lembrar que a dedicatória de O cão sem plumas foi ?A Joaquim Cardozo, poeta do Capibaribe?, poeta este que, por sua vez, já dialogava com aquele em função da matéria regional. Com isso, ilumina-se em perspectiva a compreensão de Cabral, conforme sua incorporação de Bandeira e de Cardozo que se dá em intensidade e de maneiras distintas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Éverton Barbosa Correia - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2008 - 2009

    João Cabral, leitor da história pernambucana, Descrição: O presente projeto tem por objetivo analisar os poemas pernambucanos de João Cabral de Melo Neto, notadamente os que foram reunidos em Agrestes e Crime na Calle relator. Nestes livros, há poemas que fazem referência aos engenhos de açúcar da família do autor, tais como ?Seu Melo, do Engenho Tabocas? ou ?Antonio Silvino no Engenho Poço?, carregando marcas históricas que se estendem do patriarcado canavieiro para a historiografia pernambucana. Por conta disso, acionaremos como instrumental de leitura a sua crítica literária e também os cronistas da região, alguns dos quais possuem laços de consangüinidade com o poeta, a exemplo de Gilberto Freyre e Evaldo Cabral de Mello. Cumpre, pois, rastrear em que momentos daquela obra a história emerge do seio familiar como lampejos da memória gravada em poesia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Éverton Barbosa Correia - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Centro de Educação e Humanidades. , Rua São Francisco Xavier, 524, Maracanã, 20550018 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (21) 23340000, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - Atual

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 02/2016

    Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Poesia Brasileira

  • 07/2015

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação e Humanidades, .,Linhas de pesquisa

  • 08/2015 - 02/2016

    Ensino, Letras - Língua Portuguesa, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Brasileira II, Introdução à cultura brasileira II

  • 03/2015 - 07/2015

    Ensino, Letras - Língua Portuguesa, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Brasileira I, Literatura Brasileira II, Introdução à cultura brasileira II

2012 - 2015

Universidade Federal da Paraíba

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 02/2014 - 02/2015

    Direção e administração, Centro de Ciências Aplicadas e Educação - Campus IV, .,Cargo ou função, Coordenador do Curso de Letras.

  • 01/2013 - 07/2013

    Direção e administração, Centro de Ciências Aplicadas e Educação - Campus IV, .,Cargo ou função, Subchefe do Departamento do Letras.

2010 - 2012

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 08/2010

    Ensino, Letras, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos de literatura brasileira B

  • 07/2010

    Ensino, Letras, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Crítica Literária

2010 - 2011

Universidade Estadual de Campinas

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador, Carga horária: 40

Outras informações:
Como parte das atividades desenvolvidas durante o período de atuação como professor colaborador na UNICAMP foram desenvolvidas algumas disciplinas junto à Graduação no segundo semestre de 2010, a exemplo de Tópicos Especiais de Literatura Brasileira II e III, sob o seguinte programa de curso, conforme consta no seguinte endereço eletrônico: http://www.iel.unicamp.br/graduacao/quadro.php?opc=2 Com a seguinte ementa: TL089-C - Tópicos Especiais de Literatura Brasileira III Teoria Literária - Noturno - 2o semestre de 2010 OBJETIVOS: investigar como a poesia brasileira trilha um caminho próprio a partir de vozes individuais como a de Manuel Bandeira, Joaquim Cardozo e João Cabral de Melo Neto. Considerando a cadeia de relações que cada poeta estabelece nos respectivos momentos históricos, sua apreciação se dará, pois, através da produção reconhecida em vários níveis ? crônica, correspondência, crítica ? para que se possa iluminar a história literária através da produção dos próprios autores. CONTEÚDO: 1. A memória de Manuel Bandeira e sua repercussão na poesia 2. Relações entre a crônica e a poesia de Manuel Bandeira 3. Bandeira: missivista da província, da capital e poeta 4. A poesia de Bandeira antes e depois de 1930. 5. A poesia de Joaquim Cardozo 6. O universo canavieiro em Cardozo e Cabral 7. Cardozo e Cabral como críticos de arte e de poesia 8. A memória filtrada pela poesia de João Cabral 9. A poesia de maturidade de João Cabral 10. As relações familiares em Bandeira e Cabral 11. A representação urbana na poesia de Bandeira, Cardozo e Cabral. 12. Leitura de poesia a partir de fontes primárias.

2008 - 2010

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Bolsista de pós-doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 08/2009

    Ensino, Curso de Letras, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Poesia Brasileira

2007 - 2007

Universidade de São Paulo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

Outras informações:
Participou da Etapa Estágio Supervisionado em Docência do Programa de Aperfeiçoamento ao Ensino junto à disciplina FLT0123 - Introdução aos Estudos LIterários I', ministrada aos alunos de graduação de Letras da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.