Camila da Silva Alves

Possui técnico em Administração pelo Instituto Estadual de Educação Aimone Soares Carriconde (2015). É graduanda em licenciatura em Letras Português, Espanhol e respectivas literaturas na Universidade Federal do Pampa, câmpus Jaguarão.

Informações coletadas do Lattes em 22/11/2021

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Letras - Português e Espanhol

2016 - Atual

Universidade Federal do Pampa

Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Administração

2014 - 2015

Instituição de Educação Estadual Aimone Soares Carriconde

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

VI Semana Acadêmica de Letras. 2017. (Outra).

V Simpósio Municipal de Educação: "Os grandes desafios da educação no cenário Atual". 2017. (Simpósio).

V Semana Acadêmica de Letras. 2016. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Giane Rodrigues dos Santos

Estágio II; 2019; Orientação de outra natureza; (Letras - Português e Espanhol) - Universidade Federal do Pampa; Orientador: Giane Rodrigues dos Santos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Fonética e Fonologia de línguas românicas: estudos de aquisição, variação e mudança, Descrição: O presente projeto propõe o desenvolvimento de investigações relacionadas a diferentes fenômenos fonéticos e fonológicos ocorridos na constituição de três línguas românicas (português, espanhol e italiano), além de também buscar explorar os processos presentes nos níveis da variação e da aquisição dessas línguas. Ainda que tenham provindo de uma mesma origem (o latim), o português, o espanhol e o italiano têm, além de similaridades, também suas particularidades e é no sentido de identificar tais padrões, bem como especificidades no processo evolutivo de seus sistemas, que este projeto de pesquisa se baseia. Além disso, a análise de fenômenos variáveis de tais sistemas permite vislumbrar os possíveis caminhos a serem seguidos pelas referidas línguas, no continuum do seu processo evolutivo. Por fim, a identificação e análise dos processos relacionados à aquisição dessas línguas possibilita ratificar a naturalidade dos fenômenos envolvidos, justificando a sua recorrência também nos níveis da variação e da mudança linguística. Através de diferentes modelos teóricos, tem sido possível descrever os aspectos mais intrínsecos das línguas do mundo, no entanto muitos são os que ainda carecem ser esclarecidos para que de fato seja possível compreender o universo linguístico que nos cerca e nos constitui. Quando se trata da busca de padrões, seja numa determinada língua ou quando da comparação entre línguas, a Teoria da Otimidade, por exemplo, mostra-se bastante adequada a este tipo de análise, já que, na perspectiva da OT, a gramática de cada língua é determinada por diferentes hierarquias de restrições universais e a variação/mudança da gramática de uma mesma língua pode ser explicada pelos re-ranqueamentos (Reranking) de restrições na OT (LEE, 2006). Além disso, propostas como a de Boersma e Hamann (2009) ? Modelo de Processamento Bidirecional ? permitem a interação entre elementos da fonética e da fonologia na busca pela compreensão do funcionamento dos processos de percepção e de produção da fala. Por fim, a Teoria Autossegmental (CLEMENTS e HUME, 1995) e o Modelo de Princípios Fonológicos Baseados em Traços (CLEMENTS, 2009) permitem, além de explicitar o funcionamento da estrutura interna dos segmentos, também evidenciar que os traços distintivos desempenham um papel central na estruturação de inventários de sons contrastivos da fala, a partir do momento em que se entende serem os princípios fonológicos baseados em traços tendências que os inventários seguiriam na sua constituição e, não, leis invioláveis. São, portanto, os fundamentos dessas teorias e modelos teóricos que darão o suporte para as análises propostas neste projeto de pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Camila da Silva Alves - Integrante / Aline Neuschrank - Coordenador / Lenice Antunes Rodrigues - Integrante / Pamela Belmutes Pinheiro - Integrante / Grasiele Fleck - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - Atual

Universidade Federal do Pampa

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Voluntária, Carga horária: 4

2016 - 2017

Centro de Integração Empresa Escola

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30

Outras informações:
Atividades do estágio realizado na Prefeitura Municipal de Arroio Grande: conhecer a unidade concedente de estagio; auxiliar na identificação dos procedimentos realizados na unidade concedente de estagio; auxiliar na elaboração e acompanhamento dos planos de aula; auxiliar na monitoria de estudos em sala de aula; auxiliar no monitoramento das aulas de português e literatura.