Gabriela Ferrari Rugani

Faz graduação em Farmácia e Bioquímica na Faculdades Oswaldo Cruz (2015-2019). Atualmente é aluna de iniciação cientifica na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP. Possui experiência na área de Microbiologia (ênfase em Micologia Clínica) e Imunologia de micoses. Atua principalmente Esporotricose, Macrófago, Vesículas, Interação parasito-hospedeiro e receptores da imunidade inata.

Informações coletadas do Lattes em 19/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Farmácia

2015 - Atual

Faculdades Oswaldo Cruz

Ensino Médio (2º grau)

2011 - 2013

ETEC PROFESSOR BASILIDES DE GODOY

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Curso de Toxicologia (CEATOX). (Carga horária: 25h). , Hospital das Clínicas, HC, Brasil.

2016 - 2016

Curso De Perícia Criminal: Biologia Forense e Análises Laboratoriais. (Carga horária: 10h). , Instituição Biomédica de Aprimoramento Profissional, IBAP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Celular.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos/Especialidade: Micologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Ciclo de Palestras ?Deu Zica no Zika?. 2016. (Seminário).

XXVI Semana Farmacêutica ? Faculdades Oswaldo Cruz. 2016. (Simpósio).

XXV Semana Farmacêutica ? Faculdades Oswaldo Cruz. 2015. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Karen Spadari Ferreira

Estudo da modulação de macrófagos por vesículas extracelulares de Sporothrix brasiliensis; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Estudo da modulação de macrófagos por vesículas extracelulares de Sporothrix brasiliensis, Descrição: O Sporothrix sp. é um fungo dimórfico capaz de causar uma micose chamada esporotricose, que afeta principalmente o sistema linfático de homens e animais, mas também pode causar diferentes lesões no sistema cutâneo e/ou outros órgãos. Um dos fatores de virulência são as vesículas extracelulares (VEs), estruturas envoltas por uma bicamada lipídica, que podem ser liberadas por algumas espécies de fungos. Elas carregam moléculas como lipídeos, polissacarídeos, ácidos nucleicos e proteínas, as quais são capazes de interagir com as células do hospedeiro e modular uma resposta imune. O objetivo deste trabalho é interagir estas VEs, liberadas pelo S. brasiliensis, com macrófagos, que são uma das principais células fagocíticas que compõe a defesa do organismo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Ferrari Rugani - Coordenador / Karen Spadari Ferreira - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Faculdade de Ciências Farmacêuticas - USP. , Avenida Professor Lineu Prestes, Butantã, 05508000 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 30913633

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - Atual

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de Iniciação cientifica