Luana de Brito

Graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Bolsista e integrante da Teia de Articulação pelo Fortalecimento da Segurança Alimentar e Nutricional (TearSAN). Até 2021 fez parte do Núcleo de Pesquisa em Movimentos Sociais (NPMS),integrou o Grupo de Segurança Alimentar Quilombola - Escola de Enfermagem e Programa de Pós Graduação em Epidemiologia - UFRGS (2017-2018). Com destaque na representação civil dos movimentos sociais: Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional ( FBSSAN), Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) e Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras ( AMNB),Conselheira no Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional de SC (CONSEA/SC) e da Rede de Mulheres Negras para Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (REDESSAN Mulheres Negras).Atualmente é bolsista do projeto de extensão "Qualificação do processo formativo dos atores envolvidos no Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional", financiado pelo Ministério de Desenvolvimento Social e bolsista voluntária no projeto "Desenvolvimento de metodologia e estratégia de formação para formulação de Políticas Estaduais de Alimentação e Nutrição no Sistema Único de Saúde: etapa Santa Catarina" E-mail: luadbritoconsultoria@gmail.com

Informações coletadas do Lattes em 09/05/2023

Acadêmico

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Ciências Sociais

2018 - Atual

Universidade Federal de Santa Catarina

Ensino Médio (2º grau)

2004 - 2006

Escola Estadual Jacob Arnt

Formação complementar

2022 - 2022

Gênero, Raça e Mudanças climáticas: uma abordagem interseccional.. (Carga horária: 11h). , Instituto de Tecnologia e Sociedade, ITS Rio, Brasil.

2022 - 2022

Gênero, Raça e Mudanças climáticas: uma abordagem interseccional. (Carga horária: 11h). , Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro, ITS, Brasil.

2018 - 2018

Extensão universitária em Teoria e Práticas Pedagógicas em Educação Integral. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.

2018 - 2018

Formação em Segurança Alimentar e Nutricional e Direito Humano à Alimentaçã. (Carga horária: 50h). , Seac Escola de Educação Profissional, SEAC, Brasil.

2017 - 2017

Minicurso Feminicídio Negro. (Carga horária: 2h). , Fundação Escola Superior da Defensoria Pública Rio Grande do Sul, FESDEP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde da População Negra.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Soberania Segurança Alimentar e Nutricional.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Políticas Públicas.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agroecologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Saúde.

Participação em eventos

?Conferência Internacional - Brasil na África/África no Brasil? e o tema: África / Brasil: Compartilhando Entendimentos sobre a diáspora negra no Novo Mundo,. ?Sociedades epistemicidas: o silenciamento das amefricanidades em dois países ?americanos??. 2020. (Congresso).

8ª Encontro Nacional do Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional. 2018. (Encontro).

Evento preparatório IV Encontro Nacional de Agroecologia (IV ENA).Reunião da Comissão Executiva. 2018. (Encontro).

FORMAÇÃO: QUE TIPO DE EDUCAÇÃO NÓS QUEREMOS?,. 2018. (Encontro).

II Seminário Teresa de Benguela. 2018. (Seminário).

Intercongresso Fazendo Gênero ? 6ª Edição do Seminário Gênero e Feminismo. 2018. (Congresso).

I Seminário de Sociologia e Política. 2018. (Seminário).

Palestra Boas Práticas para Publicação de Artigos. 2018. (Outra).

13 Congresso Mundos de Mulheres (MM) e Fazendo Gênero !!. 2017. (Seminário).

8ª Seminário Estadual de Agroecologia: semeando vidas, cultivando esperanças. 2017. (Seminário).

Formação do SISAN e da Educação Alimentar e Nutricional no RS.Formação do SISAN e da Educação Alimentar e Nutricional no RS. 2017. (Encontro).

PDC Curso de Certificação em Design da Permacultura.Curso de Certificação em Design da Permacultura. 2017. (Encontro).

VII Encontro Lai Lai Apejo ? Saúde da População Negra e Aids: Cenários para consolidação da Prevenção Combinada para promoção da Vida Longa, com Saúde e sem racismo.. 2017. (Encontro).

Participação em bancas

Aluno: Barbara Leone Silva

BRITO, L.. "A trajetória das representações socias sobre o conceito brasileiro de Segurança Alimentar e Nutricional. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Nutrição) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Foi orientado por

Cláudia Soar

Formação em Segurança Alimentar e Nutricional e Direito Humano à Alimentação Adequada na comunidade universitária; 2019; Orientação de outra natureza; (Ciências Sociais) - Universidade Federal de Santa Catarina, Probolsas - Bolsas de Extensão/ PROEX/UFSC; Orientador: Claudia Soar;

Flávia Medeiros Santos

?Direito humano à alimentação? em perspectiva etnográfica; Início: 2022; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal de Santa Catarina; (Orientador);

Fernanda Souza de Bairros

Educação Alimentar e Nutricional em comunidades quilombolas com insegurança alimentar: resgate da cultura alimentar,promoção da alimentação saudável e da exigibilidade do Direito Humano a Alimentação,; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Fernanda Souza de Bairros;

Produções bibliográficas

  • BRITO, L. . "Nossos passos vem de longe: (Re)existir das mulheres negras e seu trilhar de um caminho para o bem viver. In: Aline Alves de Lima;Ana Luisa Queiroz;Rafaela Dornelas;Vanessa Shottz. (Org.). Mulheres e Soberania Aliementar Sementes de mundos possíveis. 1ed.Rio de Janeiro: Instituto PACS, 2019, v. , p. 9-134.

  • BRITO, L. . Nutricídio, mas também pode chamar de fome. Alma Preta, 17 nov. 2020.

  • BRITO, L. ; Luiza CAVALCANTE . De que e qual agroecologia estamos falando?. In: XI Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2020, Sergipe. "Ecologia de Saberes: Ciência, cultura e arte na democratização dos sistemas agroalimentares", 2019. v. 15.

  • BRITO, L. ; RODRIGUES, A. M. . Sociedades epistemicidas: o silenciamento das amefricanidades em dois países 'americanos'. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções

BRITO, L. . Observatório Alimentação Escolar. 2021.

Projetos de pesquisa

  • 2022 - Atual

    Qualificação do processo formativo dos atores envolvidos no Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Descrição: Trata-se de projeto de extensão que nasce a partir da relação já constituída com o antigo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), em projeto anterior. Entre os anos de 2014 e 2018, o grupo TearSAN/UFSC executou o projeto de Fortalecimento do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) em SC e RS. Neste momento, o grupo firmou parceria com o Ministério da Cidadania e estruturou um novo plano de trabalho, com o objetivo de qualificar o processo formativo dos atores envolvidos no SISAN. Metodologia: As atividades deste projeto serão desenvolvidas por meio de 3 metas: META 1 - Atualização e Elaboração de Materiais Técnicos referentes ao SISAN; META 2 - Produção de Conteúdo para Curso EAD Autoinstrucional de Formação sobre o SISAN para Gestores Públicos e Representantes de Entidades e Movimentos da Sociedade Civil; META 3 - Sensibilização de Atores Governamentais e Sociais para participação em Seminários Regionais sobre o SISAN. A execução do projeto envolverá ações de atualização e elaboração de materiais educação permanente, produção de conteúdo para curso formativo, e mobilização de gestores e técnicos de governo, além de lideranças da sociedade civil dos estados para participação em Seminários Regionais sobre o SISAN. Destaca-se que o SISAN foi instituído em 2006 como uma resposta do poder público frente ao seu compromisso de respeitar, proteger, promover, informar, monitorar, fiscalizar e avaliar a realização do DHAA. E no âmbito do SISAN, foi instituída a Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (PNSAN), com o objetivo geral de promover a SAN e assegurar o DHAA em todo o território nacional. Ainda que todos os estados e o Distrito Federal tenham formalizado sua adesão ao SISAN, este processo é lento entre os municípios. E, mesmo na União, estados e no Distrito Federal, a criação e manutenção de todos os componentes do SISAN, a interlocução entre governo e sociedade civil, a elaboração dos Planos de SAN, e a implementação de políticas públicas intersetoriais alinhadas às diretrizes da PNSAN e à agenda brasileira de SAN, carecem de melhores mecanismos de indução e qualificação. Além disso, os últimos anos demarcam importantes transformações no próprio SISAN, e que se configuram enquanto novos limites para a implementação deste Sistema. Assim, espera-se contribuir com a retomada do processo de implementação do Sistema e das políticas de SAN.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Luana de Brito - Coordenador / Milena Corrêa Martins - Integrante / Maria Cristina Marcon - Integrante / Cristine Garcia Gabriel - Integrante / Mick Lennon Machado - Integrante / Claudia Soar - Integrante / Patrícia Maria de Oliveira Machado - Integrante / Juliana Theodora Cunha de Oliveira - Integrante / Débora Kurrle Rieger Venske - Integrante.

  • 2019 - 2021

    Mandatos Coletivos no Brasil, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Luana de Brito - Integrante / Debora Almeida - Coordenador / Lígia Helena Hahn Lüchmann - Integrante / Lucas Galvão - Integrante.

Histórico profissional

Experiência profissional

2017 - 2018

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Graduação, Carga horária: 20

Outras informações:
Projeto de Iniciação Científica CNPq "Educação Alimentar e Nutricional em comunidades quilombolas com insegurança alimentar: resgate da cultura alimentar,promoção da alimentação saudável e da exigibilidade do Direito Humano a Alimentação"

2019 - Atual

Universidade Federal de Santa Catarina

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Graduação, Carga horária: 20

Outras informações:
Projeto de Extensão "Formação em Segurança Alimentar e Nutricional e Direito Humano à Alimentação Adequada para comunidade universitária"

2016 - 2018

Criadoras Negras RS

Vínculo: Prestadora de Serviço, Enquadramento Funcional: Assistente de Arte, Carga horária: 40

Outras informações:
O filme ?Trânsito? é um projeto de curta-metragem de ficção realizado pelo coletivo de mulheres negras ?Criadoras Negras RS?, e seu objetivo principal é possibilitar a experiência do audiovisual entre mulheres negras. O projeto possui o financiamento do Edital Financiarte, da Secretaria Municipal de Caxias do Sul.

2023 - Atual

Prefeitura Municipal de Florianópolis

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessora, Carga horária: 30

Outras informações:
Assessora parlamentar de Tânia Ramos, primeira vereadora preta eleita em Florianópolis/SC

2019 - 2021

Prefeitura Municipal de Florianópolis

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária na Câmara de Vereadores de Florian, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estágio no Mandato Agroecológico do vereador Marquito

2014 - Atual

Rede de Mulheres Negras para Segurança Alimentar e Nutricional

Vínculo: Prestação de Serviço, Enquadramento Funcional: Acessoria e Consultoria, Carga horária: 30