Max Kleber Laurentino Dantas

Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB-2014). Durante a graduação participou de projetos de ensino (monitoria), pesquisa (iniciação científica) e extensão. Possui mestrado em ciência do solo pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM-2016). Atualmente é doutorando no programa de Pós-Graduação em ciência do solo da (UFSM) e também membro do Grupo de Pesquisa "Manejo da água em sistemas agrícolas". Tem experiência em ciência do solo atuando em temas associados a fertilidade, uso, manejo e conservação do solo e da água em sistemas agrícolas.

Informações coletadas do Lattes em 30/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Ciência do Solo

2016 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Manejo de irrigação deficitária,
Reimar Carlesso. Coorientador: Reimar Carlesso. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Ciência do Solo

2014 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Biomassa, atividade microbiana e produtividade de trigo e milho em solo com histórico de uso de diferentes fontes orgânicas e mineral.,Ano de Obtenção: 2016
Carlos Alberto Ceretta.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Agronomia

2009 - 2014

Universidade Federal da Paraíba
Título: Qualidade de solos sob diferentes tipos de uso e manejo no estado da Paraíba
Orientador: Djail Santos
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Soil-plant interation involved in mineralnutricion. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2011 - 2011

Monografia: do planejamento ao debate com a banca. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2010 - 2010

Direito de Propriedade. (Carga horária: 6h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rual - AR/PB, SENAR/AR-PB, Brasil.

2010 - 2010

Abastecimento e Renda. (Carga horária: 6h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rual - AR/PB, SENAR/AR-PB, Brasil.

2010 - 2010

Trabalho Descente. (Carga horária: 8h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rual - AR/PB, SENAR/AR-PB, Brasil.

2010 - 2010

Meio Ambiente. (Carga horária: 10h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rual - AR/PB, SENAR/AR-PB, Brasil.

2010 - 2010

Educação e Qualificação Profissional. (Carga horária: 6h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rual - AR/PB, SENAR/AR-PB, Brasil.

2010 - 2010

Pobreza Rural. (Carga horária: 8h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rual - AR/PB, SENAR/AR-PB, Brasil.

2009 - 2009

Produção e uso de biofertilizantes. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Água no sistema solo-planta-atmosfera.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agroclimatologia.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fertilidade do Solo e Adubação.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Física do Solo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

DANTAS, M. K. L. . X Semana da Agronomia da UFPB. 2013. (Outro).

DANTAS, M. K. L. . Encontro de iniciação científica da UFPB. 2013. (Outro).

DANTAS, M. K. L. . I Reunião Nordestina de Ciência do Solo. 2013. (Congresso).

DANTAS, M. K. L. . I Encontro de Iniciação Ciêntifica do Ensino Médio.. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Reunião Nordestina de Ciência do Solo. Biomassa Microbiana e Polissacarídeos Totais em Solo da Mesorregião da Borborema no Estado da Paraíba. 2013. (Congresso).

XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. Ciência do solo: Para quê e para quem?. 2013. (Congresso).

fertbio. Frações da matéria orgânica em um vertissolo submetido a diferentes tipos de uso no semiárido paraibano. 2012. (Congresso).

Ciclo de palestras AGROBIO PET: " Importância do ITR e do CCIR para o produtor rural". 2011. (Outra).

Ciclo de palestras AGROBIO PET: "mudanças no código florestal e meio ambiente. 2011. (Outra).

XIX Encontro de iniciação Científica. 2011. (Encontro).

6ª Semana de Agronomia CCA/UFPB. 2009. (Seminário).

Ciclo de Palestras em Fruticultura. 2009. (Seminário).

II Encontro Regional de estudantes de Agornomia. 2009. (Encontro).

I Seminário sobre Alimentos Orgânicos. 2009. (Seminário).

I Seminário sobre Cana-de-áçucar. 2009. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Hezer dos Santos Gomes

PETRY, M.DANTAS, MAX KLEBER LAURENTINO. Aspectos da qualidade e indicadores físicos de solos. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Marília Cossettin Antonello

PETRY, M. T.;DANTAS, M. K. L.. Temperatura do solo para a germinação do milho em diferentes sistemas de manejo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

DANTAS, MAX KLEBER LAURENTINOPETRY, M.. Estágio curricular realizado na Drakkar Solos Consultoria LTDA, com ênfase em agricultura digital. (estágio curricular obrigatório do aluno Hezer dos Santos Gomes). 2019. Universidade Federal de Santa Maria.

DANTAS, MAX KLEBER LAURENTINO; NEVES, L. A. S.. Estágio Supervisionado na empresa Ricetec Sementes. estágio curricular obrigatório do aluno Guilherme de Oliveira Valles). 2018. Universidade Federal de Santa Maria.

DANTAS, MAX KLEBER LAURENTINOPETRY, M.. Estágio Supervisionado no sistema irriga, com ênfase em manejo e monitoramento de áreas irrigadas por pivô central. (estágio curricular obrigatório do aluno Gabriel Maia Spolaor). 2017. Universidade Federal de Santa Maria.

DANTAS, MAX KLEBER LAURENTINOPETRY, M.. Estágio no Sistema Irriga com ênfase em manejo de irrigação. (estágio curricular obrigatório da aluna Cassiane Rodrigues Rosário). 2016. Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Emanoel Lima Martins

DIAS, B. O.;MARTINS, E. L.; SANTOS, D.. Qualidade de Solos Sob Diferentes Tipos de Uso e Manejo no Estado da Paraíba. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Mirta Teresinha Petry

CARLESO, Reimar;MICHELON, Cleudson José; Martins, J.D;PETRY, M. T.; STRECK, N. A.. Dinâmica da água e influência dos resíduos culturais nos componentes do balanço hídrico do solo. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Cleudson José Michelon

CARLESSO, ReimarMICHELON, C.J.MARTINS, J. D.PETRY, Mirta Teresinha; STRECK, N. A.; SWAROWSKY, A.; REINERT, D. J.. Dinâmica da água e influência dos resíduos culturais nos componentes do balanço hídrico do solo. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Paulo Ademar Avelar Ferreira

Carlos Alberto Ceretta; Cláudio Roberto Fonsêca Sousa Soares;FERREIRA, P. A. A.. Biomassa, atividade microbiana e produtividade de trigo e milho em solo com histórico de aplicação de fontes orgânicas e mineral.. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Cláudio Roberto Fonsêca Sousa Soares

CERETTA, C.A.;SOARES, C.R.F.S.; Ferreira, Paulo Ademar Avelar. Biomassa, atividade microbiana e produtividade de trigo e milho em solo com histórico de aplicação de fontes orgânicas e mineral. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Carlos Alberto Ceretta

Biomassa, atividade microbiana e produtividade de trigo e milho em solo com histórico de aplicação de fontes orgânicas e mineral; ; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Alberto Ceretta;

Reimar Carlesso

Dinâmica da água e influência dos resíduos culturais nos componentes do balanço hídrico do solo; Início: 2016; Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Djail Santos

AVALIAÇÃO DAS FRAÇÕES DA MATÉRIA ORGÂNICA EM SOLOS SOB A CULTURA DO ABACAXI NOS TABULEIROS COSTEIROS DO ESTADO DA PARAÍBA; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Djail Santos;

Djail Santos

Agregação e atributos físico-hídricos de solos do semiárido paraibano; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Djail Santos;

Djail Santos

Estágio Supervisionado II; 2012; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Djail Santos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PILLE DA SILVA, E. ; DUTRA DE ARMAS, R. ; ADEMAR AVELAR FERREIRA, P. ; LAURENTINO DANTAS, M.K. ; GIACHINI, A.J. ; ROCHA'NICOLEITE, E. ; GONZÁLEZ, A.H. ; FONSÊCA SOUSA SOARES, C.R. . Soil attributes in coal mining areas under recovery with bracatinga ( Mimosa scabrella ). LETTERS IN APPLIED MICROBIOLOGY , v. 68, p. 497-504, 2019.

  • LORENSINI, FELIPE ; CERETTA, CARLOS ALBERTO ; CONTI, LESSANDRO DE ; FERREIRA, PAULO ADEMAR AVELAR ; DANTAS, MAX KLEBER LAURENTINO ; BRUNETTO, GUSTAVO . Nitrogen fertilization in the growth phase of 'Chardonnay' and 'Pinot Noir' vines and nitrogen forms in sandy soil of the Pampa Biome. REVISTA CERES , v. 64, p. 433-440, 2017.

  • ARAUJO, A. C. ; ARAUJO, A.C. ; DANTAS, M. K. L. ; PEREIRA, W. E. ; ALOUFA, M. A. I. . Use of organic substrates on the production of ?Formosa? papaya seedlings. Revista Brasileira de Agroecologia (Online) , v. 8, p. 210-216, 2013.

  • NASCIMENTO, M. S. S. ; DANTAS, M. K. L. ; PETRY, M. T. ; LONDERO, D. D. . Influência de diferentes densidades de plantas nos componentes de rendimento da cultura da soja em condição irrigada e em sequeiro.. In: 42ª Reunião de Pesquisa de Soja da Região Sul, 2018, Três de Maio-RS. Anais da 42ª Reunião de Pesquisa de Soja da Região Sul, 2018.

  • ANTONELLO, M. C. ; RODRIGUES, G. J. ; DANTAS, M. K. L. ; ROSARIO, C. R. ; PETRY, M. . Temperatura do solo para germinação do milho em diferentes sistemas de manejo. In: Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA, 2017, Maceió-AL. Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA, 2017.

  • COUTO, R. R. ; LAZZARI, C. J. R. ; CONTI, L. ; DANTAS, M. K. L. ; BRUNETTO, G. ; KULMANN, M. . Acúmulo de frações de cobre em solos submetidos de 3 a 30 anos a aplicações de dejetos de suínos em uma microbacia no sul do Brasil.. In: Congresso brasileiro de ciência do solo, 2015, Natal - RN. XXXV Congresso brasileiro de ciência do solo -, 2015.

  • FAVERSANI, J. C. ; CERETTA, C. A. ; BRUNETTO, G. ; FERREIRA, P. A. A. ; DANTAS, M. K. L. ; TASSINARI, A. . Metais pesados em solo com histórico de aplicações de fontes orgânicas e mineral de nutrientes. In: XXXV Congresso brasileiro de ciência do solo, 2015, Natal - RN. O solo e suas múltiplas funções, 2015.

  • SILVA, E. P. ; ARMAS, R. D. ; DANTAS, M. K. L. ; FERREIRA, A. A. P. ; ROSSI, M. J. ; GIACHINI, A. J. ; SOARES, C. R. F. S. . SOIL MICROBIOLOGICAL INDICATORS IN COAL MINING AREAS REVEGETATED WITH BRACATINGA (Mimosa scabrella) ON SOUTH OF SANTA CATARINA.. In: 28º Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2015, Florianópolis. 28º Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2015.

  • DANTAS, M. K. L. ; SANTOS, D. ; DIAS, B. O. ; FRAGA, V. S. ; SILVA, A. B. ; SILVA, H. A. O. . FRAÇÕES HÚMICAS DE UM LUVISSOLO CRÔMICO SOB DIFERENTES TIPOS DE MANEJO.. In: XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2013, Florianópolis - SC. Ciência do solo: Para quê e para quem ?, 2013. v. 3.

  • DANTAS, M. K. L. ; LIMA, L. P. F. ; SANTOS, D. ; DIAS, B. O. ; FRAGA, V. S. . CARBONO DAS SUBSTÂNCIAS HÚMICAS EM SOLO DE ÁREA PRODUTORA DE ABACAXI NOS TABULEIROS COSTEIROS PARAIBANOS. In: I Reunião Nordestina de Ciência do Solo, 2013, Areia. Soluções e Desafios para o Uso Sustentável dos Solos da Região Nordeste, 2013.

  • DANTAS, M. K. L. ; SANTOS, D. ; DIAS, B. O. ; FRAGA, V. S. ; SILVA, H. A. O. . BIOMASSA MICROBIANA E POLISSACARÍDEOS TOTAIS EM SOLO DA MESORREGIÃO DA BORBOREMA NO ESTADO DA PARAÍBA. In: I Reunião Nordestina de Ciência do Solo, 2013, Areia. Soluções e Desafios para o Uso Sustentável dos Solos da Região Nordeste, 2013.

  • DANTAS, M. K. L. ; SILVA, H. A. O. ; SANTOS, D. ; FRAGA, V. S. ; DIAS, B. O. ; LIMA, G. K. ; SILVA, A. B. . FRAÇÕES DA MATÉRIA ORGÂNICA EM UM VERTISSOLO SUBMETIDO A DIFERENTES TIPOS DE USO NO SEMIÁRIDO PARAIBANO. In: Fertbio, 2012, Maceió - AL. "A responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola", 2012.

  • SOUZA, R. F. S. ; PEREIRA, E. D. ; ALVES, M. S. ; DANTAS, M. K. L. ; MARTINS, E. L. ; FRAGA, V. S. ; SALCEDO, I. H. . BIOMASSA MICROBIANA EM SOLOS COM TEXTURAS CONTRASTANTES COM ADIÇÃO DE DIFERENTES FONTES ORGÂNICAS. In: Fertbio, 2012, Maceió - AL. "A responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola", 2012.

  • SILVA, H. A. O. ; DANTAS, M. K. L. ; ANJOS NETO, A. P. ; SILVA, A. B. ; SANTOS, D. . AVALIAÇÃO DA EMERGÊNCIA E VIGOR DE SETE VARIEDADES DE FEIJÃO-FAVA UTILIZADAS EM AGRICULTURA FAMILIAR DO AGRESTE DA PARAÍBA. In: II Seminário de Agroecologia do Piauí, 2012, Esperantina. II Seminário de Agroecologia do Piauí, 2012.

  • MEDEIROS, R.F ; CAVALCANTE, L.F ; DANTAS, M. K. L. ; SILVA, D.F da ; SOBRINHO, R.G.S . USO DE BIOFERTILIZANTES NO DESEMPENHO VEGETATIVO DO TOMATEIRO-CEREJA IRRIGADO COM ÁGUAS SALINAS.. In: Congresso Brasileiro de Olericultura, 2011, Viçosa - MG. Hortaliças: da origem aos desafios da saúde e sustentabilidade, 2011.

  • ARAUJO, A.C. ; ANDRADE, L. A. ; DANTAS, M. K. L. ; ARAUJO, E. F. ; SILVA, M. L. M. . INVASÃO BIOLÓGICA POR SESBANIA VIRGATA (CAV.) PERS.NO MUNICÍPIO DE AREIA-PB, BRASIL.. In: 13º Congresso Nordestino de Ecologia, 2011, Recife-PE. Sustentabilidade de empreendimentos, 2011.

  • ARAUJO, A. C. ; ARAUJO, A.C. ; DANTAS, M. K. L. ; PINHEIRO, S. M. G. ; LIMA, B.J.S ; TOMAZ, A.M. . PRODUÇÃO DE MUDAS DE MAMOEIRO FORMOSA (Carica papaya L.) EM DIFERENTES SUBSTRATOS. In: XXI CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 2010, Natal - RN. Frutas: Saúde, inovação e sustentabilidade., 2010.

  • ARAUJO, A. C. ; ARAUJO, A.C. ; DANTAS, M. K. L. ; PINHEIRO, S. M. G. ; LIMA, B.J.S ; TOMAZ, A.M. . DIFERENTES SUBSTRATOS NO CRESCIMENTO INICIAL E PRODUÇÃO DE BIOMASSA EM MAMOEIRO FORMOSA (Carica papaya L.). In: XXI CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 2010, NATAL - RN. Frutas: Saúde, inovação e sustentabilidade., 2010.

  • NETO, J.F.L ; LIMA, F.V ; DANTAS, M. K. L. ; SOBRINHO, R.G.S ; SANTOS, R. F. ; LEON, M.R.L . PANORAMA DA PRODUÇÃO DE RAPADURA NO MUNICÍPIO DE AREIA-PB. In: XII ENEX, 2010, BANANEIRAS - PB. XII ENCONTRO DE EXTENSÃO, 2010.

  • KULMANN, M. S. S. ; CERETTA, C. A. ; LORENZI, C. R. ; DANTAS, M. K. L. ; FACCO, D. B. ; SOMAVILLA, L. M. ; SOUZA, R. O. S. . TEORES DE FÓSFORO E POTÁSSIO EM SOLO SUBMETIDO A SUCESSIVAS APLICAÇÕES DE DEJETO DE SUÍNOS. In: Jornada Acadêmica Integrada - JAI, 2015, Santa Maria - RS. 30ª Jornada Acadêmica Integrada - JAI, 2015.

  • BRUNETTO, G. ; COUTO, R. R. ; FERREIRA, A. A. P. ; PICCIN, R. ; FAVERSANI, J. C. ; MELLO, G. W. B. ; J, Z. ; P, G. B. ; DANTAS, M. K. L. . Produção e composição do mosto de videiras submetidas à adição de doses de nitrogênio via fertirrigação e seguido de irrigação. In: XIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia, 2015, Bento Gonçalves - RS. XIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia, 2015.

  • DANTAS, M. K. L. ; SANTOS, D. . ATRIBUTOS DE QUALIDADE DE SOLOS NO SEMIÁRIDO PARAIBANO. In: XX Encontro de Iniciação Ciêntífica, 2012, Bananeiras, PB. Encontro de Iniciação Ciêntífica, 2012.

  • LIMA, F.V ; NETO, J.F.L ; DANTAS, M. K. L. ; SOBRINHO, R.G.S ; SANTOS, R. F. ; LEON, M.R.L . REGISTRO FOTOGRÁFICO DA PRODUÇÃO DE RAPADURA NO MUNICÍPIO DE AREIA EM 2010. In: XII ENEX, 2010, BANANEIRAS- PB. XII ENCONTRO DE EXTENSÃO, 2010.

  • DANTAS, M. K. L. . Frações húmicas de um Luvissolo Crômico sob diferentes tipos de manejo.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DANTAS, M. K. L. . Biomassa Microbiana e Polissacarídeos Totais em Solo da Mesorregião da Borborema no Estado da Paraíba. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DANTAS, M. K. L. . Atributos de Qualidade de Solos no Semiárido Paraibano. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • DANTAS, M. K. L. ; SILVA, H. A. O. ; SANTOS, D. ; FRAGA, V. S. ; DIAS, B. O. ; LIMA, G. K. ; SILVA, A. B. . Frações da Matéria Orgânica em um Vertissolo Submetido a Diferentes Tipos de Uso no Semiárido Paraibano. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Consumo de água e componentes da evapotranspiração da cultura do trigo em diferentes cenários climáticos: uma aproximação aos modelos SIMDualkc e AquaCrop., Descrição: A segurança alimentar global encontra-se ameaçada pelas mudanças climáticas, sendo que um dos grandes desafios do presente século é fornecer alimentos suficientes para o aumento da população. A agricultura é responsável por aproximadamente 70% do consumo da água, e esta dependência crescente de altas vazões é um fator que dificulta a sustentabilidade da produção de alimentos. Nesse sentido, a prática da irrigação, quando utilizada de maneira adequada, tem se mostrado uma alternativa eficiente para a manutenção de altas produtividades de culturas, contribuindo assim com a redução na abertura de novas áreas agrícola. Esse fato reforça a importância da realização de estudos voltados para uma adequada gestão dos recursos hídricos aliada a uma maior eficiência do uso da água, sobretudo na agricultura irrigada. O adequado manejo da água de irrigação implica no conhecimento e entendimento da dinâmica de variáveis envolvidas com as entradas e saídas de água no sistema solo, planta e atmosfera, dentre essas, a variação no armazenamento de água no perfil do solo é fundamental de ser quantificada. De uma maneira geral, o rendimento de uma cultura é uma função linear da quantidade de água evapotranspirada, ou seja, a evapotranspiração máxima das culturas (ETc) aumenta linearmente com a quantidade de água utilizada por essas plantas. Assim, reduções na disponibilidade de água em determinado estádio de desenvolvimento reduzem o rendimento potencial dessa cultura. Entretanto, a relação entre o rendimento de grãos (Y) e a evapotranspiração (ETc) pode apresentar uma resposta curvilínea ou quadrática em determinadas situações, tanto para o excesso como para a o déficit hídrico. Para isso foram desenvolvidos modelos de estimativa da evaporação da água do solo e transpiração vegetal, como o SIMDualKc, que tem como base o cálculo da evapotranspiração da cultura (ETc) e a calendarização da irrigação, utilizando a metodologia dos coeficientes duais de cultivo (Kcb + Ke) proposta por Allen et al. (1998, 2005), e modelo Aquacrop proposto por (Steduto et al. (2009) que preconiza a estimativa de rendimento e crescimento de fitomassa sendo a transpiração calculada primeiro e depois traduzida em biomassa através da produtividade da água. O objetivo do presente estudo é avaliar a dinâmica do balanço hídrico durante o ciclo da cultura do trigo cultivado sob diferentes manejos da água de irrigação e condições climáticas (regiões secas e úmidas), visando avaliar o manejo de irrigação de forma a não ocorrer stress hídrico no período em que o rendimento e qualidade dos grãos são afetados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Mirta Petry - Coordenador.

  • 2016 - Atual

    Novos processos de estimativa e modelagem da evapotranspiração e necessidades hídricas das culturas, Descrição: O objetivo do projeto é implementar e melhorar os procedimentos e ferramentas de medição e estimativa da evapotranspiração das culturas e da vegetação (ETc), bem como da utilização e aplicação dessa importante informação em modelos de condução e programação da irrigação, modelos de gerenciamento de bacias hidrográficas, e utilizar essa linha de pesquisa para o treinamento de pós-graduados e de alunos de graduação. Parâmetros do balanço hídrico como os fluxos de água no interior do perfil do solo, a evaporação de água do solo e a lâmina de água retida ou armazenada nos resíduos vegetais (palhada) serão avaliados e modelados nesse projeto. Assim, realizar-se-á vários experimentos, com diversos tratamentos de irrigação e uso da água, para atender as necessidades de água das culturas e, também, com diferentes níveis de déficit hídrico ou irrigação deficitária. Para conduzir experimentos nessa linha de pesquisa, será utilizado estruturas específicas de avaliação de água no sistema solo-planta, utilizada por essa equipe de trabalho no Departamento de Engenharia Rural da UFSM, particularmente: (i) uma cobertura móvel (Sistema rainout shelter) com 32 unidades experimentais nas quais é evitada qualquer incidência de chuva, proporcionando um controle eficaz de toda a água fornecida às culturas; (ii) um conjunto de lisímetros de pesagem (04 lisímetros de pesagem, com estrutura preservada, e dimensões de 2,0 x 3,0 m e 2,0 m de profundidade); (iii) equipamento de medição dos fluxos turbulentos, com registro contínuo de observações associado a um sistema de medição de fluxos turbulentos instantâneos, i.e., "eddy covariance", o equipamento esta instalado no próprio local de condução do experimento de campo e; (iv) extensa área experimental irrigada. Na área experimental de campo serão instalados experimentos de campo de irrigação, com monitoramento diário dos parâmetros do balanço hídrico do solo e de determinação do conteúdo de água no solo, em todas as profundidades do perfil explorado pelo sistema radicular das plantas. Dessa forma serão instalados experimentos específicos para avaliar os impactos dos resíduos das culturas sobre a dinâmica da água no solo, a evaporação do solo e o escoamento superficial visando uma determinação mais precisa do balanço hídrico e para aumentar a eficiência do uso água. Os resultados obtidos serão utilizados para a calibração e melhoramento de processos de modelagem (METRIC, SIMDualKC, HYDRUS, IRRIGA), tomando como exemplo o modelo SIMDualKc concebido para o balanço hídrico da vegetação e gerenciamento da irrigação com determinação da ETc pelo método dos coeficientes duais das culturas, que permite determinar separadamente a evaporação do solo, a transpiração das culturas e a transpiração da vegetação da vegetação de cobertura, das árvores e dos cultivos. Esta modelagem permitirá uma melhor determinação da "pegada" da água nas culturas selecionadas ou uma análise mais detalhada da produtividade da água, ou uma análise econômica do uso da água, tanto da chuva como da irrigação. Deste modo, o projeto possibilita avaliar e estudar vários tipos de cobertura do solo e a sua influência sobre os vários componentes do balanço hídrico em escala regional ou, posteriormente com a utilização de SIG, em escala mais abrangente. Além disso, será realizado um monitoramento das condições econômicas de produção das principais culturas para permitir avaliar as estratégias de uso da água e de produtividade econômica da água.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Mirta Teresinha Petry - Coordenador / REIMAR CARLESSO - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Acúmulo de cobre e zinco em frações orgânicas e minerais e transferência de nutrientes em solo com o uso intensivo de fontes de nutrientes., Descrição: A presente proposta de pesquisa é uma atividade de geração e difusão de conhecimento com relação a aplicação de fontes orgânicas e a avaliação da eficiência de uso e dos possíveis efeitos sobre a qualidade do solo, água e planta. A suinocultura e a bovinocultura são atividades de grande importância econômica e social tanto à agricultura familiar quanto de grandes empreendimentos. Contudo, são atividades que produzem grandes quantidades de resíduos, para os quais deve-se dar um destino adequado em função do potencial poluidor destes resíduos. A utilização de fontes orgânicas de nutrientes (dejeto de animais) para a fertilização de lavouras é uma prática agrícola cada vez mais comum, servindo como fonte de nutrientes às plantas e também como uma alternativa para disposição desses resíduos no ambiente, como descarte. Contudo, grande parte das unidades produtoras está localizada em áreas com topografia bastante acidentada, o que dificulta a distribuição mecanizada dos dejetos. Isso leva os produtores a realizar sucessivas aplicações de altas doses de dejetos em pequenas áreas da propriedade. Esta situação tem gerado contaminação no solo e na água pela aplicação excessiva de altas doses de dejetos sucessivamente ao longo dos anos. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Carlos Alberto Ceretta - Coordenador / Paulo Ademar Avelar Ferreira - Integrante.

  • 2013 - 2014

    Desenvolvimento e difusão de tecnologia na agricultura familiar: avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 07/08/2016., Descrição: Apesar de sua importância econômica e social, a cultura do feijão-fava tem merecido pouca atenção dos órgãos de pesquisa, o que tem resultado em limitado conhecimento das suas características agronômicas e potencialidades econômicas, resultando em baixos níveis de produtividade. O projeto envolve diversas instituições de atuação direta com a cultura do feijão-fava no estado da Paraíba e que irão interagir para estabelecer o seu cultivo em bases racionais como uma alternativa para o desenvolvimento regional. As principais contribuições deste projeto estão relacionadas à valorização do cultivo do feijão-fava, amplamente difundido nas comunidades rurais da região Nordeste, ampliando as possibilidades de a cultura se tornar uma alternativa sustentável para o produtor da agricultura familiar. O objetivo geral é contribuir para a inovação e avanço do conhecimento relativo à situação da produção de feijão-fava no estado da Paraíba através de diagnóstico básico da produção, avaliação de componentes de produção, bem como da eficiência nutricional de variedades cultivadas, como base para a obtenção de genótipos precoces e competitivos para proporcionar emprego e renda para as comunidades envolvidas com o seu cultivo. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Avaliação da qualidade do solo em agroecossistemas do estado da Paraíba, Descrição: A substituição de ecossistemas naturais por agroecossistemas com culturas introduzidas causa a redução no conteúdo e alteração na qualidade de C do solo com essa conversão dos sistemas naturais em sistemas agrícolas, a decomposição da matéria orgânica do solo (MOS) excede sua produção, resultando em perda de C do solo. Este estudo tem como objetivos gerais, avaliar a variabilidade de C total e nos compartimentos da matéria orgânica do solo, influenciados pela contribuição dos resíduos orgânicos do abacaxizeiro e da cana-de-açúcar em substituição da mata nativa, em áreas com diferentes idades de adoção de manejo, na região dos tabuleiros costeiros do estado da Paraíba, bem como comparar a eficiência de metodologias usadas na extração da biomassa microbiana.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

  • 2011 - 2012

    Agregação e atributos físico-hídricos de solos do semi-árido paraibano., Descrição: A cobertura vegetal brasileira vem sofrendo sensíveis modificações devido a sucessivas intervenções antrópicas. Importantes ecossistemas como a Caatinga e os Cerrados vêm tendo parte de suas coberturas vegetais originais reduzidas em função do desmatamento visando a abertura de novas áreas agrícolas. Devido a heterogeneidade das áreas agrícolas no Brasil, existe uma necessiade de geração de dados de pesquisa específicos sobre a alteração de teores de carbono em solos cultivados na região semi-árida visando um melhor planejamento do uso da terra, do ponto de vista das implicações ambientais, economicas e sociais, o que justifica a realização deste estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2012 - 2013

    Avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 17/12/2016., Descrição: A fava é uma das leguminosas mais importantes para o estado da Paraíba por se constituir em cultura de subsistência e excelente fonte protéica na dieta alimentar de parte da população. É bastante encontrada nos meios rural e urbano através da comercialização em feiras livres. Os pequenos produtores são os principais responsáveis pelo cultivo em consórcios com outras culturas, uma prática tradicional e de grande interesse para o pequeno produtor porque oferece melhor aproveitamento dos recursos ambientais. Devido a escassez de informações sobre a cultura do feijão-fava, os estudos para avaliação de componentes de produção de variedades de fava são de importância para subsidiar a definição de sistemas de produção. Estes permitem identificar as respostas às condições edafo-climáticas de características presentes em genótipos que podem ser utilizados em programas de melhoramento, notadamente época de plantio, produtividade e precocidade, além de considerar aspectos de preferência de agricultores e consumidores. As variedades de fava existentes no Nordeste e principalmente no estado da Paraíba são pouco conhecidas e estudadas, sendo suas denominações oriundas de nomes regionais, que frequentemente não informam a respeito do seu comportamento ou hábito. Além disso, uma mesma variedade pode receber diferentes nomes, em alguns casos dificultando uma possível classificação. Os fatores nutrição e adubação são de elevada importância para a racionalização da produção e o aumento da produtividade da cultura da fava. São escassas as pesquisas que enfoquem aspectos relacionados a nutrição mineral da fava. A identificação e utilização de variedades tolerantes a deficiências e/ou toxicidades de elementos do solo são essenciais para a redução dos custos de produção e a dependência de mini e pequenos produtores em insumos caros e inacessíveis, possibilitando sistemas de produção sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 17/12/2016., Descrição: A fava é uma das leguminosas mais importantes para o estado da Paraíba por se constituir em cultura de subsistência e excelente fonte protéica na dieta alimentar de parte da população. É bastante encontrada nos meios rural e urbano através da comercialização em feiras livres. Os pequenos produtores são os principais responsáveis pelo cultivo em consórcios com outras culturas, uma prática tradicional e de grande interesse para o pequeno produtor porque oferece melhor aproveitamento dos recursos ambientais. Devido a escassez de informações sobre a cultura do feijão-fava, os estudos para avaliação de componentes de produção de variedades de fava são de importância para subsidiar a definição de sistemas de produção. Estes permitem identificar as respostas às condições edafo-climáticas de características presentes em genótipos que podem ser utilizados em programas de melhoramento, notadamente época de plantio, produtividade e precocidade, além de considerar aspectos de preferência de agricultores e consumidores. As variedades de fava existentes no Nordeste e principalmente no estado da Paraíba são pouco conhecidas e estudadas, sendo suas denominações oriundas de nomes regionais, que frequentemente não informam a respeito do seu comportamento ou hábito. Além disso, uma mesma variedade pode receber diferentes nomes, em alguns casos dificultando uma possível classificação. Os fatores nutrição e adubação são de elevada importância para a racionalização da produção e o aumento da produtividade da cultura da fava. São escassas as pesquisas que enfoquem aspectos relacionados a nutrição mineral da fava. A identificação e utilização de variedades tolerantes a deficiências e/ou toxicidades de elementos do solo são essenciais para a redução dos custos de produção e a dependência de mini e pequenos produtores em insumos caros e inacessíveis, possibilitando sistemas de produção sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 17/12/2016., Descrição: A fava é uma das leguminosas mais importantes para o estado da Paraíba por se constituir em cultura de subsistência e excelente fonte protéica na dieta alimentar de parte da população. É bastante encontrada nos meios rural e urbano através da comercialização em feiras livres. Os pequenos produtores são os principais responsáveis pelo cultivo em consórcios com outras culturas, uma prática tradicional e de grande interesse para o pequeno produtor porque oferece melhor aproveitamento dos recursos ambientais. Devido a escassez de informações sobre a cultura do feijão-fava, os estudos para avaliação de componentes de produção de variedades de fava são de importância para subsidiar a definição de sistemas de produção. Estes permitem identificar as respostas às condições edafo-climáticas de características presentes em genótipos que podem ser utilizados em programas de melhoramento, notadamente época de plantio, produtividade e precocidade, além de considerar aspectos de preferência de agricultores e consumidores. As variedades de fava existentes no Nordeste e principalmente no estado da Paraíba são pouco conhecidas e estudadas, sendo suas denominações oriundas de nomes regionais, que frequentemente não informam a respeito do seu comportamento ou hábito. Além disso, uma mesma variedade pode receber diferentes nomes, em alguns casos dificultando uma possível classificação. Os fatores nutrição e adubação são de elevada importância para a racionalização da produção e o aumento da produtividade da cultura da fava. São escassas as pesquisas que enfoquem aspectos relacionados a nutrição mineral da fava. A identificação e utilização de variedades tolerantes a deficiências e/ou toxicidades de elementos do solo são essenciais para a redução dos custos de produção e a dependência de mini e pequenos produtores em insumos caros e inacessíveis, possibilitando sistemas de produção sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 17/12/2016., Descrição: A fava é uma das leguminosas mais importantes para o estado da Paraíba por se constituir em cultura de subsistência e excelente fonte protéica na dieta alimentar de parte da população. É bastante encontrada nos meios rural e urbano através da comercialização em feiras livres. Os pequenos produtores são os principais responsáveis pelo cultivo em consórcios com outras culturas, uma prática tradicional e de grande interesse para o pequeno produtor porque oferece melhor aproveitamento dos recursos ambientais. Devido a escassez de informações sobre a cultura do feijão-fava, os estudos para avaliação de componentes de produção de variedades de fava são de importância para subsidiar a definição de sistemas de produção. Estes permitem identificar as respostas às condições edafo-climáticas de características presentes em genótipos que podem ser utilizados em programas de melhoramento, notadamente época de plantio, produtividade e precocidade, além de considerar aspectos de preferência de agricultores e consumidores. As variedades de fava existentes no Nordeste e principalmente no estado da Paraíba são pouco conhecidas e estudadas, sendo suas denominações oriundas de nomes regionais, que frequentemente não informam a respeito do seu comportamento ou hábito. Além disso, uma mesma variedade pode receber diferentes nomes, em alguns casos dificultando uma possível classificação. Os fatores nutrição e adubação são de elevada importância para a racionalização da produção e o aumento da produtividade da cultura da fava. São escassas as pesquisas que enfoquem aspectos relacionados a nutrição mineral da fava. A identificação e utilização de variedades tolerantes a deficiências e/ou toxicidades de elementos do solo são essenciais para a redução dos custos de produção e a dependência de mini e pequenos produtores em insumos caros e inacessíveis, possibilitando sistemas de produção sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 17/12/2016., Descrição: A fava é uma das leguminosas mais importantes para o estado da Paraíba por se constituir em cultura de subsistência e excelente fonte protéica na dieta alimentar de parte da população. É bastante encontrada nos meios rural e urbano através da comercialização em feiras livres. Os pequenos produtores são os principais responsáveis pelo cultivo em consórcios com outras culturas, uma prática tradicional e de grande interesse para o pequeno produtor porque oferece melhor aproveitamento dos recursos ambientais. Devido a escassez de informações sobre a cultura do feijão-fava, os estudos para avaliação de componentes de produção de variedades de fava são de importância para subsidiar a definição de sistemas de produção. Estes permitem identificar as respostas às condições edafo-climáticas de características presentes em genótipos que podem ser utilizados em programas de melhoramento, notadamente época de plantio, produtividade e precocidade, além de considerar aspectos de preferência de agricultores e consumidores. As variedades de fava existentes no Nordeste e principalmente no estado da Paraíba são pouco conhecidas e estudadas, sendo suas denominações oriundas de nomes regionais, que frequentemente não informam a respeito do seu comportamento ou hábito. Além disso, uma mesma variedade pode receber diferentes nomes, em alguns casos dificultando uma possível classificação. Os fatores nutrição e adubação são de elevada importância para a racionalização da produção e o aumento da produtividade da cultura da fava. São escassas as pesquisas que enfoquem aspectos relacionados a nutrição mineral da fava. A identificação e utilização de variedades tolerantes a deficiências e/ou toxicidades de elementos do solo são essenciais para a redução dos custos de produção e a dependência de mini e pequenos produtores em insumos caros e inacessíveis, possibilitando sistemas de produção sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 17/12/2016., Descrição: A fava é uma das leguminosas mais importantes para o estado da Paraíba por se constituir em cultura de subsistência e excelente fonte protéica na dieta alimentar de parte da população. É bastante encontrada nos meios rural e urbano através da comercialização em feiras livres. Os pequenos produtores são os principais responsáveis pelo cultivo em consórcios com outras culturas, uma prática tradicional e de grande interesse para o pequeno produtor porque oferece melhor aproveitamento dos recursos ambientais. Devido a escassez de informações sobre a cultura do feijão-fava, os estudos para avaliação de componentes de produção de variedades de fava são de importância para subsidiar a definição de sistemas de produção. Estes permitem identificar as respostas às condições edafo-climáticas de características presentes em genótipos que podem ser utilizados em programas de melhoramento, notadamente época de plantio, produtividade e precocidade, além de considerar aspectos de preferência de agricultores e consumidores. As variedades de fava existentes no Nordeste e principalmente no estado da Paraíba são pouco conhecidas e estudadas, sendo suas denominações oriundas de nomes regionais, que frequentemente não informam a respeito do seu comportamento ou hábito. Além disso, uma mesma variedade pode receber diferentes nomes, em alguns casos dificultando uma possível classificação. Os fatores nutrição e adubação são de elevada importância para a racionalização da produção e o aumento da produtividade da cultura da fava. São escassas as pesquisas que enfoquem aspectos relacionados a nutrição mineral da fava. A identificação e utilização de variedades tolerantes a deficiências e/ou toxicidades de elementos do solo são essenciais para a redução dos custos de produção e a dependência de mini e pequenos produtores em insumos caros e inacessíveis, possibilitando sistemas de produção sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2012 - 2013

    Avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 17/12/2016., Descrição: A fava é uma das leguminosas mais importantes para o estado da Paraíba por se constituir em cultura de subsistência e excelente fonte protéica na dieta alimentar de parte da população. É bastante encontrada nos meios rural e urbano através da comercialização em feiras livres. Os pequenos produtores são os principais responsáveis pelo cultivo em consórcios com outras culturas, uma prática tradicional e de grande interesse para o pequeno produtor porque oferece melhor aproveitamento dos recursos ambientais. Devido a escassez de informações sobre a cultura do feijão-fava, os estudos para avaliação de componentes de produção de variedades de fava são de importância para subsidiar a definição de sistemas de produção. Estes permitem identificar as respostas às condições edafo-climáticas de características presentes em genótipos que podem ser utilizados em programas de melhoramento, notadamente época de plantio, produtividade e precocidade, além de considerar aspectos de preferência de agricultores e consumidores. As variedades de fava existentes no Nordeste e principalmente no estado da Paraíba são pouco conhecidas e estudadas, sendo suas denominações oriundas de nomes regionais, que frequentemente não informam a respeito do seu comportamento ou hábito. Além disso, uma mesma variedade pode receber diferentes nomes, em alguns casos dificultando uma possível classificação. Os fatores nutrição e adubação são de elevada importância para a racionalização da produção e o aumento da produtividade da cultura da fava. São escassas as pesquisas que enfoquem aspectos relacionados a nutrição mineral da fava. A identificação e utilização de variedades tolerantes a deficiências e/ou toxicidades de elementos do solo são essenciais para a redução dos custos de produção e a dependência de mini e pequenos produtores em insumos caros e inacessíveis, possibilitando sistemas de produção sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Avaliação e difusão de genótipos precoces e de maior potencial produtivo de feijão-fava, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Djail Santos em 17/12/2016., Descrição: A fava é uma das leguminosas mais importantes para o estado da Paraíba por se constituir em cultura de subsistência e excelente fonte protéica na dieta alimentar de parte da população. É bastante encontrada nos meios rural e urbano através da comercialização em feiras livres. Os pequenos produtores são os principais responsáveis pelo cultivo em consórcios com outras culturas, uma prática tradicional e de grande interesse para o pequeno produtor porque oferece melhor aproveitamento dos recursos ambientais. Devido a escassez de informações sobre a cultura do feijão-fava, os estudos para avaliação de componentes de produção de variedades de fava são de importância para subsidiar a definição de sistemas de produção. Estes permitem identificar as respostas às condições edafo-climáticas de características presentes em genótipos que podem ser utilizados em programas de melhoramento, notadamente época de plantio, produtividade e precocidade, além de considerar aspectos de preferência de agricultores e consumidores. As variedades de fava existentes no Nordeste e principalmente no estado da Paraíba são pouco conhecidas e estudadas, sendo suas denominações oriundas de nomes regionais, que frequentemente não informam a respeito do seu comportamento ou hábito. Além disso, uma mesma variedade pode receber diferentes nomes, em alguns casos dificultando uma possível classificação. Os fatores nutrição e adubação são de elevada importância para a racionalização da produção e o aumento da produtividade da cultura da fava. São escassas as pesquisas que enfoquem aspectos relacionados a nutrição mineral da fava. A identificação e utilização de variedades tolerantes a deficiências e/ou toxicidades de elementos do solo são essenciais para a redução dos custos de produção e a dependência de mini e pequenos produtores em insumos caros e inacessíveis, possibilitando sistemas de produção sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Max Kleber Laurentino Dantas - Integrante / Djail Santos - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Láurea Acadêmica - Destaque da Graduação, Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Santa Maria. , Rua Adriano Chaves - 199, Camobi, 97105010 - Santa Maria, RS - Brasil, Telefone: (55) 81186137

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Graduação - Doutorado em Ciência do Solo, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2014 - 2016

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós Graduação - Mestrado em Ciência do Solo, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 08/2017 - 08/2018

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Irrigação e Drenagem - Na modalidade "Docência Orientada"

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal da Paraíba

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria da disciplina Fertilidade do Solo, Carga horária: 12

  • 2010 - 2013

    Universidade Federal da Paraíba

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq, Carga horária: 20

  • 2010 - 2010

    Universidade Federal da Paraíba

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria da disciplina de Química Orgânica, Carga horária: 12

  • 2010 - 2010

    Universidade Federal da Paraíba

    Vínculo: Extensionista Colaborador, Enquadramento Funcional: Programa de bolsas de extensão - PROBEX, Carga horária: 12

    Atividades

    • 03/2012 - 03/2014

      Estágios , Centro de Ciências Agrárias - Campus III, Departamento de Solos e Engenharia Rural.,Estágio realizado, Estágio no laboratório de matéria orgânica - LMO/DSER/CCA/UFPB.

    • 04/2011 - 12/2011

      Estágios , Universidade Federal da Paraíba, .,Estágio realizado, Estágio realizado no Laboratório de Geologia e Mineralogia (Departamento de solos e engenharia Rural).