Paulo Cesar Flores Junior

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal- UFPR, área de concentração Silvicultura com enfoque em Genética e Melhoramento Florestal. Formado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Santa Maria, mestrado e doutorado (em andamento) pela Universidade Federal do Paraná. Conhecimento na área de: produção de mudas e sementes, genética florestal, melhoramento genético e biotecnologia.

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal

2015 - Atual

Universidade Federal do Paraná
Título: Estratégia de Melhoramento Genético de Pinus taeda, em testes de progênies em três localidades do Estado de Santa Catarina,
Antonio Rioyei Higa. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Grande área: Ciências Agrárias

Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenha Florestal

2014 - 2015

Universidade Federal do Paraná
Título: Caracterização morfológica e análise de divergência genética entre clones de Acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild.),Ano de Obtenção: 2015
Antonio Rioyei.Coorientador: Angela Cristina Ikeda e Guilherme Schnell Schuhli. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura / Especialidade: Genética e Melhoramento Florestal.

Graduação em Engenharia Florestal

2009 - 2013

Universidade Federal de Santa Maria

Ensino Médio (2º grau)

2001 - 2003

Instituto Anglicano Barão do Rio Branco

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2012 -

English Course. (Carga horária: 101h). , Vip Lab English Course, VLEC, Brasil.

2012 - 2012

Manejo Seguro e Rentável com Motosserras Stihl. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2011 - 2011

O balanço de carbono nos ecossistemas. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2010 - 2010

Oficina de GPS. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2010 - 2010

Oficina de Recuperação de Áreas Degradadas. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2010 - 2010

Programa de Iniciação à Micro-Informática. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Genética e Melhoramento Florestal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Sementes Florestais.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR . II Semana de Aperfeiçoamento em Engenharia Florestal. 2018. (Outro).

FLORES JUNIOR, P. C. . I Semana de Aperfeiçoamento em Engenharia Florestal. 2017. (Outro).

FLORES JUNIOR, P. C. . XVI Semana Acadêmica do curso de Engenharia Florestal. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Curso sobre legislação, coleta e manejo de sementes e produção de mudas de espécies florestais - Bioma Mata Atlântica. 2016. (Outra).

Estudos de Associação Ampla do Genoma (GWAS). 2016. (Outra).

IV Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos. 2016. (Congresso).

WORKSHOP MANEJO PARA USO MÚLTIPLO ? PINUS, A ÁRVORE DO FUTURO. 2016. (Encontro).

Curso de Genética Quantitativa Voltada para o Processo de Espécies Perenes. 2014. (Outra).

VII WORKSHOP EM MELHORAMENTO FLORESTAL. 2014. (Outra).

5° SIMPÓSIO LATINO-AMERICANO SOBRE MANEJO FLORESTAL. 2011. (Simpósio).

INTERFLORESTA. 2011. (Outra).

XV SEMANA ACADÊMICA DO CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Vanessa Giseli Dambros

FLÔRES, A. V.; CRUZ, S. P.;FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR. ATUAÇÃO DO FUNGO Scleroderma sp. NO DESENVOLVIMENTO INICIAL DE MUDAS DE DIFERENTES ESPÉCIES DE Eucalyptus E AVALIAÇÃO DA SUPERAÇÃO DA DORMÊNCIA DE DIÁSPOROS DE Butia eriospatha SUBMETIDOS À ESTRATIFICAÇÃO EM AREIA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Daniceli Barcellos

FLÔRES, A. V.; NIEMEYER, J. C.;FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR. QUALIDADE FISIOLÓGICA E ESTIMATIVA DE REPETIBILIDADE PARA CARACTERÍSTICAS BIOMÉTRICAS DE SEMENTES DE Mimosa scabrella BENTH.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Bruna Ortiz

FLÔRES, A. V.;FLORES JUNIOR, P. C.; VESCO, L. L. D.. Caracterização biométrica de frutos e sementes, domência e condutividade elétrica de sementes de Butia eriospatha (Martius ex Drude) Beccari. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Rhayana Schlichting

FLÔRES, A. V.;FLORES JUNIOR, P. C.; NIEMEYER, J. C.. Adequação de metodologia para envelhecimento acelerado, e estudos de repetibilidade e dissimilaridade genética para características biométricas de sementes de Mimosa scabrella Benth. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Karina Vanelli Koguta

HIGA, A. R.;FLORES JUNIOR, P. C.; BOMFIM, G. A.. Enriquecimento da base genética de Pinus taeda em um programa de melhoramento genético. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Caroline Soares Kurek

HIGA, A. R.;FLORES JUNIOR, P. C.; BOMFIM, G. A.. Estudo de tempos e movimentos da poda em pinus tropical. 2017.

Aluno: Lucas Kania Neto

ANGELO, A. C.; GRUNENNVALDT, R. L.;FLORES JUNIOR, P. C.. Efeito de diferentes adubações sobre o crescimento de dois clones de Eucalyptus saligna Smith. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Camile Moreira Ormianim

HIGA, A. R.; NAKAJIMA, N. Y.;FLORES JUNIOR, P. C.. Plano de Gestão de Impactos Ambientais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Melrian Schetz

HIGA, A. R.;FLORES JUNIOR, P. C.; BOMFIM, G. A.. Procedimentos para Proteção de Cultivares de Eucaliptos no Brasil. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Vanessa Ishibashi

HIGA, A. R.; BOMFIM, G. A.;FLORES JUNIOR, P. C.. Seleção Genética de Pinus elliotti var elliotti Engelman visando estabelecimento de Pomar Clonal de Sementes. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Fernanda Jungbluth

FLÔRES, A. V.;FLORES JUNIOR, P. C.; NIEMEYER, J. C.. Repetibilidade e dissimilaridade genética em características biométricas de frutos e sementes de Butia eriosphata (Mart. Ex Drude) Becc. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina.

FLORES JUNIOR, P. C.. Membro do comitê científico da I Semana de Aperfeiçoamento em Engenharia Florestal. 2017. Universidade Federal do Paraná.

FLORES JUNIOR, P. C.. 23° Evento de Iniciação Científica e 8° Evento de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Paraná. 2015. Universidade Federal do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Fabricio Santana Santos

SANTOS, Fabrício Santana; HIGA, A. R.; GOLDBACH, J. D.. CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA E ANÁLISE DE DIVERGÊNCIA GENÉTICA ENTRE CLONES DE ACÁCIA-NEGRA (Acacia mearnsii De Wildeman). 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Guilherme Schnell e Schühli

SANTOS, F. S.; DEGENHARDT-GOLDBACH, J.; HIGA, A. R.;SCHÜHLI, G. S.. Caracterização morfológica e análise de divergência genética entre clones de acácia-negra (Acacia mearnsii de Wild.). 2015. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Maurício Vassali

MARTINS, M. P.; PIVETA, G.;VASSALI, M.. Biologia Reprodutiva de Acacia mearnsii De Wild.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

ANTONIO RIOYEI HIGA

SANTOS, F. S.; GOLDBACH, J. D.;HIGA, A. R.; SCHUHLI, G. S. E.. Caracterização morfológica e análise de divergência genética entre clones de acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild). 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Cleber Witt Saldanha

MARTINS, M. P.; PEREIRA, R. S.;SALDANHA, C.W.. Análise de divergência genética entre Eucalyptus saligna, Eucalyptus botryoides e seus híridos através de marcadores isoenzimáticos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Juliana Degenhardt-Goldbach

Degenhardt-Goldbach, Juliana. Caracterização morfológica e análise de divergência genética entre clones de acácia-negra (Acacia mearnsii de Wild.). 2015. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Rhayana Schlichting

Repetibilidade de características biométricas de frutos e sementes, e envelhecimento acelerado em sementes de Mimosa scabrella; Início: 2016; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina; (Orientador);

Fernanda Jungbluth

Repetibilidade e dissimilaridade genética em características biométricas de frutos e sementes de Butia eriosphata (Mart; Ex Drude) Becc; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Catarina; Orientador: Paulo César Flôres Junior;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Guilherme Schnell e Schühli

Caracterização morfológica e análise de divergência genética entre clones de Acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild; ); 2015; Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Guilherme Schnell e Schühli;

Jorge Luis Monteiro de Matos

Melhoramento Genético Como Ferramenta Para a Produtividade Florestal e Qualidade da Madeira; Início: 2016; Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná; (Coorientador);

ANTONIO RIOYEI HIGA

Estratégia de Melhoramento Genético de Pinus taeda, em testes de progênies em três localidades do Estado de Santa Catarina; ; Início: 2015; Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

ANTONIO RIOYEI HIGA

Caracterização morfológica e análise de divergência genética entre clones de acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild); 2015; Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Antonio Rioyei Higa;

LUCIANA DUQUE SILVA

Caracterização morfológica e análise de divergência genética entre clones de acácia-negra (Acacia mearnsii De Wildeman); ; 2015; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Luciana Duque Silva;

Diego Tyszka Martinez

Estratégia de Melhoramento Genético de Pinus taeda, em testes de progênies em três localidades do Estado de Santa Catarina; Início: 2016; Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Coorientador);

ANGELA CRISTINA IKEDA

Caracterização Morfológica e Análise de Divergência Genética entre Clones de Acacia mearnsii De Wildeman; 2015; Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Angela Cristina Ikeda;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FLORES JUNIOR, P. C. ; IKEDA, A. C. ; SCHUHLI, G. S. ; SILVA, L. D. ; HIGA, A. R. . Repeatability and genetic dissimilarity using biometric traits of black wattle seeds. ADVANCES IN FORESTRY SCIENCE , v. 5, p. 333-337, 2018.

  • FLÔRES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; ENGEL, MARA LUANA ; IKEDA, ANGELA CRISTINA ; ALCANTARA, GIOVANA BOMFIM ; HIGA, ANTONIO RIOYEI . USE OF MINI POLYTUNNELS FOR THE MAINTENANCE OF A CLONE GARDEN OF ACACIA MEARNSII DE WILDEMAN IN DIFFERENT SEASONS OF THE YEAR. FLORESTA (UFPR. IMPRESSO) , v. 48, p. 601, 2018.

  • ENGEL, M. L. ; HIGA, A. R. ; BOMFIM, G. A. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; SOARES, I. D. . Enraizamento de miniestacas de diferentes clones de Acacia mearnsii De Wildeman com aplicação de AIB. REVISTA ESPACIOS , v. 38, p. 8, 2017.

  • SOARES, IZABELE DOMINGUES ; HIGA, ANTONIO RIOYEI ; FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; ENGEL, MARA LUANA ; ANDREJOW, GISELA PEDRASSANI . Estratégias de seleção de progênies de Eucalyptus saligna para produção de sementes melhoradas. Scientia Forestalis , v. 45, p. 319-326, 2017.

  • ISHIBASHI, V. ; KOGUTA, K. V. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; HIGA, A. R. . Estabelecimento in vitro de Acacia mearnsii De Wild. (Fabaceae). PLANT CELL CULTURE & MICROPROPAGATION , v. 13, p. 15-20, 2017.

  • TRAMONTINI, M. P. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; HIGA, A. R. ; BOMFIM, G. A. . Germinação e crescimento de plântulas de Acacia mearnsii de Wildeman com uso de giberelina e diferentes métodos de produção de sementes. REVISTA ESPACIOS , v. 38, p. 21, 2017.

  • KOGUTA, K. V. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; HIGA, A. R. ; BOMFIM, G. A. . Serial micropropagation and cuttings as rejuvenation methods for Cryptomeria japonica (L.f) D.Don. REVISTA ESPACIOS , v. 38, p. 7, 2017.

  • ENGEL, MARA LUANA ; HIGA, ANTÔNIO RIOYEI ; ANDREJOW, GISELA PEDRASSANI ; FLÔRES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; SOARES, IZABELE DOMINGUES . GENETIC GAIN FROM DIFFERENT SELECTION METHODS IN Eucalyptus macarthurii PROGENIES IN DIFFERENT ENVIRONMENTS. CERNE , v. 22, p. 299-308, 2016.

  • SANTOS, M. B. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; MARTINS, M. P. ; KONZEN, E. R. . Estrutura genética de palmiteiro (Euterpe edulis Martius) para melhoramento e conservação genética, no Rio Grande do Sul. In: 28° Jornada Acadêmica Integrada, 2013, Santa Maria. 28° Jornada Acadêmica Integrada, 2013.

  • FLORES JUNIOR, P. C. ; SANTOS, M. B. ; PIMENTEL, M.P. ; KONZEN, E. R. . Caracterização da variabilidade genética de Palmiteiro (Euterpe edulis Martius) do Rio Grande do Sul através de marcadores RAPD's. In: 28° Jornada Acadêmica Integrada, 2013, Santa Maria. 28° Jornada Acadêmica Integrada, 2013.

  • BENSBERG, M. ; ANDRADE, I. V. ; SANTOS, A. ; FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; IKEDA, A. C. ; BOMFIM, G. A. . EFEITO DO TAMANHO DA ESTACA NO ENRAIZAMENTO DO ARAÇAZEIRO. In: II Simpósio de Propagação de Plantas e Produção de Mudas, 2018, Águas de Lindóia. II Simpósio de Propagação de Plantas e Produção de Mudas, 2018.

  • BENSBERG, M. ; ANDRADE, I. V. ; SANTOS, A. ; FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; IKEDA, A. C. ; BOMFIM, G. A. . AVALIAÇÃO DO EFEITO DE ÁCIDO INDOL BUTÍRICO (IBA) NA PROPAGAÇÃO DE Psidium Cattleianum. In: II Simpósio de Propagação de Plantas e Produção de Mudas, 2018, Águas de Lindóia. II Simpósio de Propagação de Plantas e Produção de Mudas, 2018.

  • FLÔRES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; JUNGBLUTH, F. ; IKEDA, A. C. ; FLÔRES, A. V. . Repetibilidade de Características Biométricas de Frutos de Butiá. In: IV Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos, 2016, Curitiba. Repetibilidade de Características Biométricas de Frutos de Butiá, 2016.

  • KOGUTA, K. V. ; ENGEL, M. L. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; HIGA, A. R. . Rooting of Cedrela fissilis Vell. Leaf Cuttings. In: IV Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos, 2016, Curitiba. Rooting of Cedrela fissilis Vell. Leaf Cuttings, 2016.

  • ENGEL, M. L. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; ISHIBASHI, V. ; SCHETZ, M. ; HIGA, A. R. . Propagação Vegetativa de Diferentes Clones de Acacia mearnsii por Diferentes Tamanhos de Miniestacas. In: IV Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos, 2016, Curitiba. Propagação Vegetativa de Diferentes Clones de Acacia mearnsii por Diferentes Tamanhos de Miniestacas, 2016.

  • SOUZA, G. M. S. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; HIGA, A. R. . Crescimento do eixo hipocótilo-radicular de sementes de Acacia mearnsii De Wild. sob diferentes tratamentos. In: 22° EVINCI, 2014, Curitiba. Evento de Iniciação Científica, 2014.

  • PIASSETTA, R. R. L. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; IKEDA, A. C. ; HIGA, A. R. . Germinação de Acacia mearnsii De Wildeman provenientes de área de produção de sementes. In: 22° EVINCI, 2014, Curitiba. Evento de Iniciação Científica, 2014.

  • SILVA, S. F. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; IKEDA, A. C. ; HIGA, A. R. . Crescimento de hipocótilo de sementes de Acacia mearnsii De Wildeman sob diferentes métodos de quebra de dormência. In: 22° EVINCI, 2014, Curitiba. Evento de Iniciação Científica, 2014.

  • FLÔRES, A. V. ; SANTOS, Y. M. ; ATAIDE, G. M. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; BORGES, E. E. L. E. . Alterações fisiológicas e bioquímicas durante o armazenamento de Cedro- Rosa (Cedrela fissilis VELLOZO). In: XVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE SEMENTES, 2013, FLORIANÓPOLIS. ANAIS DO CONGRESSO BRASILEIRO DE SEMENTES [RECURSO ELETRÔNICO], 2013. v. 23.

  • ANDRADE, I. V. ; BENSBERG, M. ; SANTOS, A. ; FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; IKEDA, A. C. ; BOMFIM, G. A. . EFEITO DO TAMANHO DA ESTACA NO ENRAIZAMENTO DO ARAÇAZEIRO. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BENSBERG, M. ; ANDRADE, I. V. ; SANTOS, A. ; FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; IKEDA, A. C. ; BOMFIM, G. A. . AVALIAÇÃO DO EFEITO DE ÁCIDO INDOL BUTÍRICO (IBA) NA PROPAGAÇÃO DE Psidium Cattleianum. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ORMIANI, C. M. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; HIGA, A. R. . GANHOS GENÉTICOS COM SELEÇÃO DE Eucalyptus grandis Hill ex Maiden EM ÁREA DE PRODUÇÃO DE SEMENTES. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • TRAMONTINI, M. P. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; HIGA, A. R. . GERMINAÇÃO E CRESCIMENTO DE PLÂNTULAS DE A. mearnsii DE WILDEMAN. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • KUREK, C. S. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; HIGA, A. R. . FORMAS DE ARMAZENAMENTO E SUA INFLUÊNCIA NA VIABILIDADE POLINICA DE Pinus taeda. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • IMPARATO, Y. M. ; FLORES JUNIOR, P. C. ; IKEDA, A. C. ; HIGA, A. R. . OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE EXTRAÇÃO DE DNA GENÔMICO DE Acacia mearnsii DE WILDEMAN. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FLORES JUNIOR, P. C. . Análise genética para identificação de híbridos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FLORES JUNIOR, P. C. ; SANTOS, M. B. ; MARTINS, M. P. ; KONZEN, E. R. . Caracterização da variabilidade genética de Palmiteiro (Euterpe edulis Martius) do Rio Grande do Sul através de marcadores RAPD's. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

IKEDA, A. C. ; SCHETZ, M. ; FLORES JUNIOR, PAULO CÉSAR ; ISHIBASHI, V. . Uso da Biotecnologia no Melhoramento Florestal. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

FLORES JUNIOR, P. C. . Proteção de Cultivares: estudo de caso de Acacia mearnsii. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FLORES JUNIOR, P. C. . Registro e Proteção de Cultivares. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FLORES JUNIOR, P. C. . Seleção para qualidade da madeira. 2016. (Aula).

FLORES JUNIOR, P. C. . Proteção de Cultivares: estudo de caso de Acacia mearnsii. 2016. (Aula).

FLORES JUNIOR, P. C. . Biotecnologia no Melhoramento Florestal. 2016. (Aula).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - 2014

    Conservação do Palmiteiro (Euterpe edulis), Descrição: Atualmente, o palmiteiro é um componente escasso da Mata Atlântica e há um enorme interesse em restaurar suas importâncias comercial, social e ecológica em todas as regiões. Esta proposta, elaborada por este grupo de pesquisa, esta sendo sugerida com o objetivo central da implantação de Bancos de Germoplasma compostos de diversas populações naturais de palmiteiro, oriunda de diferentes áreas de Mata Atlântica, localizadas em diversas regiões brasileiras. A conservação ex situ do palmiteiro através da introdução de novos materiais genéticos permitirá ampliar a base genética do palmiteiro e, consequentemente obter um aumento na qualidade genética dos palmitais.A garantia de conservação do palmiteiro e melhoramento genético da espécie visará a aumento da precocidade, produtividade e adaptabilidade. Para a conservação do palmiteiro, a metodologia deverá seguir a uma sistemática de coleta de sementes em toda a área de ocorrência do palmiteiro na Mata Atlântica, envolvendo os estados: Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, e Santa Catarina; e também no Rio Grande do Sul. A coleção de procedências de palmiteiro originária de toda a faixa de distribuição deverá disponibilizar material de ampla base genética. O destino desse importante e singular recurso genético ameaçado de extinção, a ser trazido de várias procedências de palmiteiro da Mata Atlântica, deverá ser a implantação de populações base, constituída por milhares de indivíduos, para garantir a continuidade e segurança do programa para a prosperidade em distintas localidades. No contexto da biotecnologia, serão empregadas ferramentas essenciais para auxiliar nas definições e implementações de estratégias, tais como: a análise de RAPDs e de isoenzimas das distintas populações de palmiteiro. As análises genéticas através de marcadores genéticos com emprego de diversos locos auxiliarão nas medições da variabilidade genética para inclusão (ou exclusão) de materiais genéticos no programa de conservação e melhoramento genético, constituindo uma população base, finalmente, composta por uma base genética ampla, que permitirá o avanço de várias gerações de seleção e recombinação. A continuidade dos esforços para aconservação do palmiteiro representa uma ação efetiva na busca de um desenvolvimento sustentado, pois é possível manter a biodiversidade e simultaneamente, explorar de forma sustentável os recursos florestais da Mata Atlântica. Sob o ponto de vista sócio-econômico será possível utilizar os produtos gerados com a espécie como uma fonte alternativa de renda. As comunidades, classificados por excelência como exímios multiplicadores, auxiliarão no processo de conservação da espécie através de sua integração nesta temática. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Paulo César Flôres Junior - Integrante / ENIO GIOTTO - Integrante / RUDINEY SOARES PEREIRA - Integrante / SOLON JONAS LONGHI - Integrante / MARISTELA MACHADO ARAUJO - Integrante / MARCELA BURMEISTER DOS SANTOS - Integrante / MAISA PIMENTEL MARTINS - Coordenador / MAURO VALDIR SCHUMACHER - Integrante.

  • 2013 - 2014

    Melhoramento Genético de Palmiteiro (Euterpe edulis Martius) para Aumento da Produção de Frutos, no Rio Grande do Sul., Descrição: O Projeto de Pesquisa trata da implantação de um programa de melhoramento genético de palmiteiro (Euterpe edulis Martius) tendo como objetivo aumentar a produção de frutos para (i) aproveitamento comercial da polpa para atender a demanda crescente; (ii) aliviar as pressões antrópicas sobre os palmitais nativos no que tange ao produto extraído, o palmito, o que provocou perdas genéticas sem precedentes na espécie em toda sua faixa de ocorrência, na Mata Atlântica e áreas de domínio; e (iii) fornecer propágulos superiores geneticamente aos proprietários rurais para oferecer uma fonte de renda alternativa. Com a nova legislação vigente, que limita a exploração extrativista, abrem-se novas perspectivas de uso mais racional desse recurso natural, estabelecendo um incentivo a mais para a atividade de produção agrícola sustentável na região, com o cultivo dessa preciosa palmeira que apresenta elevado potencial para o incremento desta atividade agroindustrial. O presente estudo e as demais atividades serão desenvolvidos nas dependências do Viveiro Florestal e Laboratório de Biotecnologia Florestal da Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, no que se refere: (i) beneficiamento de sementes; (ii) armazenamento de sementes; (iii) produção de mudas; (iv) implantação da população base dentro de sistema agroflorestal; (v) análises de marcadores microssatélites; e (vi) embriogênese somática. O palmiteiro juçara é uma espécie esciófila, que depende de um sombreamento parcial nos três primeiros anos de vida. Portanto, o palmiteiro se aplica adequadamente dentro de sistemas agroflorestais, a partir do segundo ano, após a formação de espécies que crescem a pleno sol. O sistema agroflorestal será constituído por: quatro frutíferas arbóreas (ingá-feijão, ingá-banana, araçá e a espécie principal - o palmiteiro); uma frutífera de ciclo médio, a bananeira; e outras espécies agrícolas como: mandioca, feijão (cultura de verão) e aveia (cultura de inverno). O período de sombreamento necessário para a sobrevivência de palmiteiro é de três anos. A partir daí, o palmiteiro deverá gradualmente crescer a pleno sol. Colméias de abelhas serão agregadas ao sistema agroflorestal a partir do quarto ano, quando o material atingir a fase adulta. Certamente, a qualidade genética das sementes será potencializada através da presença ordenada do principal polinizador. As tecnologias e/ou produtos gerados com a presente proposta serão: (i) a produção de propágulos melhorados geneticamente para produção de novos palmitais, provavelmente mais precoces e mais produtivos para atendimento a uma demanda de mercado cada vez mais crescente; (ii) produção de sementes melhoradas geneticamente de ingá e araçá; (iii) conservação de uma espécie ameaçada de extinção; (iv) referência de sistemas agroflorestais para viabilizar a implantação em pequenas propriedade rurais no estado do Rio Grande do Sul, que carece de informações técnica dessa natureza.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Paulo César Flôres Junior - Integrante / MARCELA BURMEISTER DOS SANTOS - Integrante / MAISA PIMENTEL MARTINS - Coordenador / MAURO VALDIR SCHUMACHER - Integrante / IVANICE GIACOMINI - Integrante / JULIA JUNQUEIRA CAMARGO - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Análise de variabilidade genética de Eucalyptus sp. através de marcadores isoenzimáticos, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Paulo César Flôres Junior - Coordenador / Maisa Pimentel Martins - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Implantação de tecnologias para a sustentabilidade e geração de renda de comunidade terapêutica voltada para o tratamento de dependentes de substâncias psicoativas, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Paulo César Flôres Junior - Integrante / JUAREZ FELISBERTO - Coordenador / ARLEI RODRIGUES BONET DE QUADROS - Integrante / DINIZ FRONZA - Integrante / JORGE EUGENIO DA SILVA FILIPETTO - Integrante / PEDRO ROGERIO OLIVEIRA CAMPOS - Integrante.

  • 2011 - 2011

    ENRAIZAMENTO DE Aloysia gratissima (Gillies & Hook) Troncoso, Descrição: A Aloysia gratissima (Gillies & Hook) Troncoso ( Alfazema-do-Brasil), uma planta aromática e rica em óleos essenciais, pertencente a família Verbenaceae, nativa da Amércia do Sul é muito difundida na medicina popular sul-americana. A produção de mudas via estaquia torna-se uma importante alternativa de reprodução da espécie, considerando a necessidade de obter matéria prima para extração de óleos essenciais usados na produção de fármacos. O objetivo do trabalho consiste em identificar a técnica adequada para produção de mudar de Aloysia gratissima via estaquia. Caracterizar habitats característico de ocorrência natural da espécie, identificar o tipo de estaca mais responsivo ao enraizamento e avaliar diferentes substratos para obtenção de mudas via estaquia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Paulo César Flôres Junior - Integrante / SOLON JONAS LONGHI - Integrante / MARISTELA MACHADO ARAUJO - Coordenador / PATRICIA MIETH - Integrante / BERTA MARIA HEINZMANN - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2012 - 2014

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 15

  • 2012 - 2014

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Membro de colegiado

    Outras informações:
    Representante dos bolsistas e monitores no Departamento de Ciências Florestais

  • 2013 - 2013

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Monitor da disciplina CFL 1013 - Melhoramento Genético e Biotecnologia de Espécies Florestais sob orientação da Professora Maisa Pimentel Martins

  • 2012 - 2013

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Monitor da disciplina CFL 1027 - Genética Florestal sob orientação da Professora Maisa Pimentel Martins

  • 2012 - 2012

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Estágiario, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Monitor da disciplina CFL 1013 - Melhoramento Genético e Biotecnologia de Espécies Florestais sob orientação da Professora Maisa Pimentel Martins

  • 2010 - 2010

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estágio extracurricular, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Realização de estágio no Laboratório de Restauração Florestal. Atividades desenvolvidas: Avaliação do banco de sementes do solo, coleta e pesagem de biomassa em experimento de restauração florestal, medição de plântulas da regeneração natural, auxílio na identificação de material botânico e obtenção de fotografias hemisféricas do dossel florestal.

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal do Paraná

    Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Docente responsável pelas disciplinas Recursos Florestais na Propriedade Agrícola II e Silvicultura Geral I, para o Curso de Agronomia da Universidade Federal do Paraná