Bianca Carreiro Cerri

Formada em Engenharia Química pela Universidade Metodista de Piracicaba e em Técnico em Química pela ETEC Prefeito Alberto Feres. Possuo experiencia em análises laboratoriais química e microbiológica, preparo e coleta de amostas, preparo de soluções, manuseio de equipamentos, pesquisa e análise de dados. Atualmente é mestranda em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar - CCA).

Informações coletadas do Lattes em 29/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados

2017 - Atual

Universidade Federal de São Carlos
Título: Uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como biofertilizante.,Orientador:
Mariana Altenhofen da Silva.Coorientador: Márcio Roberto Soares. Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química. Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química / Especialidade: Fertilizantes.

Graduação em Engenharia Química

2011 - 2015

Universidade Metodista de Piracicaba
Título: EFEITO DAS CONTAMINAÇÕES COM LEVEDURAS SELVAGENS E BACTÉRIAS NO RENDIMENTO DA FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA CONDUZIDA COM A LINHAGEM INDUSTRIAL PE-2 EM DIFERENTES SUBSTRATOS
Orientador: Valmir Eduardo Alcarde

Curso técnico/profissionalizante em Técnico em química

2009 - 2010

ETEC Prefeito Alberto Feres

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Prefeito Alberto Feres

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados.Efeito da adição de etanol ao tratamento ácido do fermento para o controle da contaminação por Lactobacillus fermentum. 2017. (Simpósio).

?Tópicos em Cromatografia Líquida de Alta Eficiência?. 2016. (Outra).

I Simpósio de Produção Vegetal e Bioprocessos Associados.Efeito das contaminações com leveduras selvagens e bactérias no rendimento da fermentação alcoólica conduzida com a linhagem industrial PE-2. 2016. (Simpósio).

VII Simpósio de microbiologia aplicada.Efeito do tratamento celular baseado em baixo pH e adição de etanol para o controle de leveduras Saccharomyces cerevisae nativas e Lactobacillus fermentum na fermentação etanólica. 2015. (Simpósio).

X Curso de monitoramento teórico prático. 2015. (Outra).

XX SINAFERM. 2015. (Simpósio).

Semana Técnológica "Sustentabilidade, ciência e tecnologia a serviço da sociedade". 2014. (Outra).

Boas práticas laboratoriais Legislação e Procedimentos. 2012. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Márcio Roberto Soares

SILVA, M. A.;SOARES, M.R.; FORTI, V. A.; VENTURINI, A. C.. Potencial de uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como fertilizante agrícola. 2019. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Centro de Ciências Agrárias - Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Victor Augusto Forti

SILVA, M. A.; SOARES, M. R.;FORTI, V. A.; VENTURINI, A. C.. Potencial de uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como fertilizante agrícola. 2019. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Universidade Federal de São Carlos.

Victor Augusto Forti

SILVA, M. A.; PASTRE, A. C.; MAGRI, M. M. R.;FORTI, V. A.. Uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como biofertilizantes. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Universidade Federal de São Carlos.

Mariana Altenhofen da Silva

da Silva, M. A.; SOARES, M. R.; FORTI, V. A.; VENTURINI, A. C.. Potencial de uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como fertilizante agrícola. 2019. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Universidade Federal de São Carlos.

Mariana Altenhofen da Silva

da Silva, M. A.; PASTRE, A. C.; MAGRI, M. M. R.; FORTI, V. A.. Uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como biofertilizante. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Universidade Federal de São Carlos.

Adriana de Campos Pastre

Silva, M.A,;CAMPOS, A.; Rosa Magri, M.M.; Forti, V.A.. Uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como fertilizante. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Universidade Federal de São Carlos.

Márcia Maria Rosa Magri

PASTRE, A. C.; FORTI, V. A.; SILVA, M. A.; Rosa-Magri, Márcia Maria. Uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como biofertilizante. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Valmir Eduardo Alcarde

Efeito contaminação com leveduras selvagens e bactérias no rendimento da fermentação alcoólicada conduzda com a linhagen industrial PE-2 em diferentes substratos; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Metodista de Piracicaba; Orientador: Valmir Eduardo Alcarde;

Márcio Roberto Soares

Potencial de uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como fertilizante agrícola; 2019; Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Centro de Ciências Agrárias - Universidade Federal de São Carlos (UFSCar),; Coorientador: Marcio Roberto Soares;

Mariana Altenhofen da Silva

Potencial de uso de partículas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça como fertilizante agrícola; 2019; Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados) - Universidade Federal de São Carlos,; Orientador: Mariana Altenhofen da Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • REIS, VANDA R. ; BASSI, ANA PAULA G. ; CERRI, BIANCA C. ; ALMEIDA, AMANDA R. ; CARVALHO, ISIS G. B. ; BASTOS, REINALDO G. ; CECCATO-ANTONINI, SANDRA R. . Effects of feedstock and co-culture of Lactobacillus fermentum and wild Saccharomyces cerevisiae strain during fuel ethanol fermentation by the industrial yeast strain PE-2. AMB Express , v. 8, p. 1-11, 2018.

  • DE SOUZA COSTA, MARCELO AUGUSTO ; CERRI, BIANCA CARREIRO ; CECCATO-ANTONINI, SANDRA REGINA . Ethanol addition enhances acid treatment to eliminate Lactobacillus fermentum from the fermentation process for fuel ethanol production. LETTERS IN APPLIED MICROBIOLOGY , v. 65, p. 1-1, 2017.

  • REIS, V.R. ; BASSI, A. P. G. ; ALMEIDA, A. R. ; CERRI, B. C. ; CECCATO-ANTONINI, S. R. . Avaliação da contaminação por leveduras Saccharomyces cerevisiae selvagens e Lactobacillus fermentum consorciados em fermentação com mosto de caldo de cana e melaço. In: XX Simpósio Nacional de Bioprocessos, 2015, Fortaleza. Anais do XX Simpósio Nacional de Bioprocessos, 2015.

  • COSTA, M. A. S. ; CERRI, B. C. ; CECCATO-ANTONINI, S. R. . Efeito da adição de etanol ao tratamento ácido do fermento para o controle da contaminação por Lactobacillus fermentum. In: II Simpósio de Produção Vegetal e Bioprocessos Associados, 2017, Araras. Anais do II Simpósio de Produção Vegetal e Bioprocessos Associados, 2017.

  • PARALUPPI, A. L. ; COCCA, L. N. Z. ; CERRI, B. C. ; CECCATO-ANTONINI, S. R. . Efeito da adição de metabissulfito de potássio ao tratamento ácido do fermento no controle do crescimento de Dekkera bruxellensis e Lactobacillus fermentum.. In: II Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados, 2017, Araras. Anais do II Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados, 2017.

  • CECCATO-ANTONINI, S. R. ; BASSI, A. P. G. ; PARALUPPI, A. L. ; CERRI, B. C. ; COCCA, L. N. Z. ; FREITAS, C. . Impact of the co-occurrence of Dekkera bruxellensis and Lactobacillus fermentumin ethanolic fermentation and how to control the contaminant growth. In: 17th European Congress on Biotechnology, 2016, Cracóvia. Books of abstracts 17th European Congress on Biotechnology, 2016.

  • CERRI, B. C. ; REIS, V.R. ; PARALUPPI, A. L. ; CECCATO-ANTONINI, S. R. . Efeito das contaminações com leveduras selvagens e bactérias no rendimento da fermentação alcoólica conduzida com a linhagem industrial PE-2. In: I Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados, 2016, Araras. Anais do I Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados, 2016.

  • COCCA, L. N. Z. ; PARALUPPI, A. L. ; ALMEIDA, A. R. ; CERRI, B. C. ; CECCATO-ANTONINI, S. R. . Efeito do metabissulfito de potássio sobre a fermentação alcoólica contaminada com Lactobacillus fermentum. In: I Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados, 2016, Araras. Anais do I Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados, 2016.

  • CECCATO-ANTONINI, S. R. ; CERRI, B. C. ; PARALUPPI, A. L. . Acetaldehyde reverts the action of potassium metabisulphite on the cell viability of Dekkera bruxellensis. In: XXIII Congresso Latinoamericano de Microbiologia, 2016, Santa Fé. Anais do XXIII Congresso Latinoamericano de Microbiologia, 2016.

  • PARALUPPI, A. L. ; COCCA, L. N. Z. ; CERRI, B. C. ; ALMEIDA, A. R. ; CECCATO-ANTONINI, S. R. . Influência do metabissulfito de potássio no crescimento de bactérias e leveduras nativas do caldo de cana. In: I Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados, 2016, Araras. Anais do I Simpósio de produção vegetal e bioprocessos associados, 2016.

  • CECCATO-ANTONINI, S. R. ; BASSI, A. P. G. ; REIS, V.R. ; CERRI, B. C. ; PARALUPPI, A. L. . Effect of the contamination by Lactobacillus fermentum and wild yeasts in pure and co-cultures over the ethanolic fermentation.. In: 5a. Jornada Sul Americana de Biologia e Biotecnologia de Leveduras, 2015, Recife. Anais da 5a. Jornada Sul Americana de Biologia e Biotecnologia de Leveduras, 2015.

  • REIS, V.R. ; BASSI, A. P. G. ; CERRI, B. C. ; CECCATO-ANTONINI, S. R. . Addition of ethanol to the acid cell treatment for the control of contaminations by Lactobacillus fermentum and wild Saccharomyces cerevisiae in fermentations with molasses.. In: 5a. Jornada Sul Americana de Biologia e Biotecnologia de Leveduras, 2015, Recife. Anais da 5a. Jornada Sul Americana de Biologia e Biotecnologia de Leveduras, 2015.

  • CERRI, B. C. ; REIS, V.R. ; PARALUPPI, A. L. ; CECCATO-ANTONINI, S. R. . Efeito do tratamento celular baseado em baixo pH e adição de etanol para controle de leveduras Saccharomyces cerevisiae nativas e Lactobacillus fermentum na fermentação etanólica. In: VII Simpósio de Microbiologia Aplicada, 2015, Rio Claro. Anais do VII Simpósio de Microbiologia Aplicada, 2015.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Desenvolvimento e caracterização de esferas biodegradáveis de pectina, quitosana e vinhaça contendo biomassa microalgal como biofertilizante visando aplicação na agricultura, Descrição: O desenvolvimento de tecnologias alternativas que aumentem a produtividade de alimentos sem causar impactos negativos aos ecossistemas representa um desafio atual e urgente considerando o cenário de crescimento da população mundial. Neste contexto, sistemas capazes de retardar e/ou controlar a liberação de fertilizantes, agroquímicos e outros nutrientes vem sendo estudados, visando um aproveitamento mais eficiente pelas plantas, aumentando a produtividade e reduzindo custos, e, sobretudo com o mínimo impacto ambiental. Assim, o interesse por materiais alternativos na agricultura tem aumentado nos últimos anos. Polímeros biodegradáveis extraídos de fontes renováveis, como carboidratos e proteínas, vem se destacando como matrizes, alternativas aos polímeros sintéticos tradicionais, para a construção de sistemas de liberação controlada com foco na agricultura. Subprodutos do setor agroindustrial são normalmente fontes ricas em carboidratos e proteínas e assim, produtos de valor agregado podem ser obtidos. Dentre os polímeros naturais que se apresentam como potenciais formadores de matrizes de liberação controlada destacam-se a pectina e a quitosana. Estes polissacarídeos são abundantes na natureza, de fácil extração e possuem a capacidade de formação de hidrogéis. O solvente normalmente utilizado para a formação destes hidrogéis é a água. Assim, propõem-se a utilização da vinhaça, principal água residuária do setor sucroalcooleiro, como solvente na fabricação dos hidrogéis de pectina e/ou quitosana, obtendo-se assim a possibilidade de reciclagem de nutrientes (NPK) nos ecossistemas. A vinhaça é atualmente aplicada na agricultura como meio de irrigação, porém seu uso é limitado à áreas próximas as usinas de álcool devido a dificuldade de armazenamento e transporte. Além disso, o Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) vem desenvolvendo pesquisas sobre o cultivo de diferentes espécies de microalgas a partir de águas residuárias agroindustriais (como a vinhaça), com produção e aproveitamento da biomassa para obtenção de biodiesel. Entretanto, estes estudos não têm abordado o aproveitamento da biomassa residual desengordurada, podendo esta ser aproveitada como biofertilizante. Diante do exposto, esta proposta de pesquisa considera a utilização da vinhaça como solvente na fabricação de esferas de pectina e/ou quitosana visando uma possível aplicação como sistemas de liberação controlada, incorporando nas matrizes, além da vinhaça, a biomassa desengordurada da microalga Desmodesmus subspicatus como biofertilizante... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Bianca Carreiro Cerri - Integrante / Mariana Altenhofen da Silva - Coordenador / Theo Guenter Kieckbusch - Integrante / Reinaldo Gaspar Bastos - Integrante / Márcio Roberto Soares - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2016

    Utilização de agentes antimicrobianos no controle da contaminação por Dekkera bruxellensis e Lactobacillus spp em processo de fermentação etanólica, Descrição: Na indústria do vinho, vários agentes antimicrobianos têm sido utilizados para o controle das populações de leveduras indesejáveis, especialmente não-Saccharomyces, destacando-se dentre eles o sulfito, a quitosana e o dimetil dicarbonato. Entre as leveduras não-Saccharomyces, o gênero Dekkera/Brettanomyces tem sido considerado o principal contaminante da fermentação alcoólica, apresentando uma surpreendente capacidade de crescimento e adaptação nos substratos. Os sais de sulfito tem sido utilizados como preservativos para a obtenção de vinhos de alta qualidade, no entanto não foi ainda testado no processo de fermentação etanólica. Resultados preliminares demonstraram que na concentração de 250 mg/L, o metabissulfito de potássio (MBP) foi capaz de controlar o crescimento da levedura contaminante D. bruxellensis, sem afetar consideravelmente o crescimento de Saccharomyces cerevisiae, no entanto, houve uma perda de rendimento fermentativo. O menor prejuízo à produção de etanol ocorreu quando o MBP foi adicionado à fermentação e não na fase de tratamento de fermento. Em vista dos resultados obtidos, e em continuidade à linha de pesquisa com a qual temos trabalhado há cerca de 10 anos em relação aos contaminantes da fermentação etanólica, pretende-se neste projeto avaliar o efeito de agentes antimicrobianos sobre a levedura Dekkera bruxellensis e bactérias Lactobacillus spp, prosseguindo os estudos com o metabissulfito de potássio, e testando também a quitosana e o dimetil dicarbonato, os quais tem mostrado efeito na diminuição da contaminação do vinho por bactérias e leveduras indesejáveis. Além disto, o projeto objetiva também avaliar em que etapa do processo fermentativo o agente pode ser utilizado, visando o mínimo efeito sobre a levedura do processo. Do que se tem conhecimento, este é o primeiro trabalho visando o emprego desses antimicrobianos na fermentação para produção de etanol combustível... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Bianca Carreiro Cerri - Integrante / Sandra Regina Ceccato Antonini - Coordenador / Anna Livia Paraluppi - Integrante / Ligianne Din Shirahigue - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - 2016

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: FAPESP, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2014 - 2014

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Estagiario, Enquadramento Funcional: Estagio, Carga horária: 30

2012 - 2012

Usina Santa Lucia

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagio, Carga horária: 30