Ana Paula Silva Campagnoli

Ana Paula Silva Campagnoli é doutoranda bolsista pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no Centro de Estética Experimental vinculado ao Programa de Psicobiologia da FFCLRP/USP sob supervisão do Professor Doutor José Lino Oliveira Bueno. Mestra bolsista pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no Centro de Estética Experimental vinculado ao Programa de Psicobiologia da FFCLRP/USP sob supervisão do Professor Doutor José Lino Oliveira Bueno. Licenciada Plena em Música pela Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP. É pesquisadora nas linhas: cognição musical e temporal, músicas para meditação e estados alterados de consciência com e sem o uso do chá psicotrópico ayahuasca. Pesquisadora das substâncias psicoativas em geral com ênfase no estudo da Psicobiologia da substância ayahuasca. Concluiu projeto de pesquisa: Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função de uso da bebida ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música.

Informações coletadas do Lattes em 03/08/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Psicobiologia

2018 - Atual

Universidade de São Paulo
José Lino Oliveira Bueno. Palavras-chave: Tempo Subjetivo; Tempo; Ayahuasca; Rapé; Ritual; Xamanismo. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Cognitiva.

Mestrado em Psicobiologia

2015 - 2017

Universidade de São Paulo
Título: Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função de uso da bebida ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música,Ano de Obtenção: 2018
José Lino Oliveira Bueno.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Tempo Subjetivo; Ayahuasca; Música; Estados Alterados de Consciência; Estados de Ânimo Presentes.

Graduação em Licenciatura Plena em Música

2008 - 2013

Universidade de Ribeirão Preto
Título: EFEITOS DA ORDEM TEMPORAL DE TONALIDADES MUSICAIS EM MODULAÇÕES SOBRE ESTIMAÇÕES SUBJETIVAS DE TEMPO
Orientador: Érico Artioli Firmino

Ensino Médio (2º grau)

1999 - 2000

COLÉGIO TECNOLÓGICO DA AERP - ENS.MÉDIO E ED.PROF.

Formação complementar

2001 - 2004

Curso Técnico em Piano Popular. , Conservatório Arte e Som, A&S, Brasil.

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Música.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Fisiológica/Especialidade: Psicobiologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.

Grande área: Ciências da Saúde.

Participação em eventos

XIV REUNIÃO ANUAL DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM PSICOBIOLOGIA.Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função de uso da bebida ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música. 2019. (Seminário).

Formação CEP-CONEP sobre a resolução 510/2016 - Normas Aplicáveis a Pesquisas em Ciências Humanas e Sociais.Formação CEP-CONEP sobre a resolução 510/2016 - Normas Aplicáveis a Pesquisas em Ciências Humanas e Sociais. 2018. (Outra).

Workshop ORCiD USP - 2018 Ribeirão Preto.Workshop ORCiD USP - 2018 Ribeirão Preto. 2018. (Oficina).

XII REUNIÃO ANUAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOBIOLOGIA ? 2017, 2017, Ribeirão Preto. XII REUNIÃO ANUAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOBIOLOGIA.Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função de uso da bebida ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música. 2017. (Seminário).

1º Simpósio Psicobiologia da Dor: da sensação, percepção, avaliação e tratamento.1º Simpósio Psicobiologia da Dor: da sensação, percepção, avaliação e tratamento. 2016. (Simpósio).

XI REUNIÃO ANUAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOBIOLOGIA ? 2016, 2016, Ribeirão Preto. XI REUNIÃO ANUAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOBIOLOGIA.Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função de uso da bebida ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música. 2016. (Seminário).

Ayahuasca: história, botânica, psicofarmacologia. 2015. (Outra).

6ª Semana de Música Unaerp.6ª Semana de Música Unaerp. 2012. (Oficina).

The Neil A. Rios Music Compang.Workshop de Piano Bastien. 2001. (Outra).

Comissão julgadora das bancas

Lucas Eduardo da Silva

Galon, Lucas E. S.. Efeitos da ordem temporal de tonalidades musicais em modulações sobre estimações subjetivas de tempo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade de Ribeirão Preto.

Andrea Tame Parreira

FIRMINO, E.A.; GALON, L.E.;PARREIRA, A. T.. Efeitos da ordem temporal de tonalidades musicais em modulações sobre estimações subjetivas de tempo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Música) - Universidade de Ribeirão Preto.

José Francisco Miguel Henriques Bairrão

BUENO, J. L. O.;BAIRRÃO, J. F. M. H.; GALERA, C. A.. Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função do uso da bebida ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo músicos. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Universidade de São Paulo.

Raquel Cocenas da Silva

BUENO, J. L. O.; GALERA, C. A.; RAMOS, D.; BAIRRAO, J. F. M. H.;COCENAS-SILVA, R.. Tempo subjetivo de participantes com estados alterados de consciência em função de uso de bebida Ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música - Suplente. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto.

Danilo Ramos

Bueno, José Lino Oliveira;RAMOS, Danilo; Bairrão, J. M. H.; Galera, C. A.. Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função de uso da bebida ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música. 2018. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Universidade de São Paulo.

Marcelo Salvador Caetano

CAETANO, M. S.; SANTOS, R. G.. Subjective time under altered states of consciousness in ayahuasca users in shamanistic rituals involving music. 2022. Exame de qualificação (Doutorando em Psicobiologia) - Universidade de São Paulo.

Foi orientado por

Jose Lino Oliveira Bueno

Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função das substâncias ayahuasca e rapé em rituais xamânicos envolvendo música; Início: 2018; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Jose Lino Oliveira Bueno

Tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função de uso da bebida Ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música; 2017; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Jose Lino Oliveira Bueno;

Jose Lino Oliveira Bueno

Supervisão de estágio - Centro de Estética Experimental; 2014; Orientação de outra natureza; (Psicobiologia) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto; Orientador: Jose Lino Oliveira Bueno;

Jose Lino Oliveira Bueno

(Colaborador) Efeitos da ordem temporal de tonalidades musicais em modulações sobre estimações subjetivas de tempo; 2013; Orientação de outra natureza; (Licenciatura Plena em Música) - Universidade de Ribeirão Preto; Orientador: Jose Lino Oliveira Bueno;

Produções bibliográficas

  • CAMPAGNOLI, A. P. S. ; BUENO, J. L. O. . Subjective Time Under Altered States of Consciousness due to the use of Ayahuasca in Shamanistic Rituals Involving Music. In: 2nd Annual Conference of the Timing Research Forum, 2019, México. Anais da 2nd Annual Conference of the Timing Research Forum, 2019.

  • CAMPAGNOLI, A. P. S. . Estados Alterados de Consciência e a Psicologia. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CAMPAGNOLI, A. P. S. . Palestra sobre pesquisa científica com ayahuasca. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CAMPAGNOLI, A. P. S. ; FIRMINO, E. A. ; BUENO, J. L. O. ; CAMPAGNOLI, A. P. S. . Efeitos da Ordem Temporal de Tonalidades Musicais em Modulações Sobre Estimações Subjetivas de Tempo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • CAMPAGNOLI, A. P. S. ; BUENO, J. L. O. . Subjective time under altered states of consciousness due to the use of yahuasca in shamanistic rituals involving music 2019 (Artigo Submetido).

  • FIRMINO, E. A. ; CAMPAGNOLI, A. P. S. ; BUENO, J. L. O. . Temporal Order of Musical Keys and Subjective Estimates of Time 2018 (Artigo Submetido).

Outras produções

CAMPAGNOLI, A. P. S. . Avaliadora do 27º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USPAvaliadora de pôsteres no 27º SIICUSP. 2019.

CAMPAGNOLI, A. P. S. . Avaliadora de painéis do 26º SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da Universidade de São Paulo. 2018.

CAMPAGNOLI, A. P. S. . Avaliadora de painéis do 24º SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da Universidade de São Paulo. 2016.

CAMPAGNOLI, A. P. S. ; FIRMINO, E. A. ; BUENO, J. L. O. ; MOTTA, M. R. ; David Andrés Casilimas-Díaz . Estação de Trabalho do Centro de Estética Experimental. 2017. (Equipamento Científico).

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Percepção de Tempo e Tempo Subjetivo, Descrição: A vida biológica, psicológica e social do homem se desenrola num contínuo de mudanças - experiência de sucessões, periódicas ou não, mudanças contínuas ou descontínuas, renovações entrelaçadas, permanências relativas - que explica a ideia do tempo. O estudo desta condição de temporalidade dos organismos é bastante desenvolvido pela análise experimental do controle temporal em animais. Em humanos, tem se desenvolvido através de análises experimentais, dentre as quais o estudo de Temp. Subj. o na experiência perceptiva e artística, de Tomadas de Decisão em escolhas intertemporais de comportamento econômico, e de Decurso Temporal de estados de ânimo de atletas. Este projeto estudará (a) a estimação subjetiva de tempo de exposição a diferentes modalidades perceptivas e estímulos artísticos, com ênfase em processos perceptivo-cognitivos, neurobiológicos e de alterações de estados de consciência; (b) o controle temporal em tomadas de decisão de comportamento econômico, incluindo seus elementos éticos; (c) otempo momentâneo de estados emocionais em atletas. Os mecanismos do tempo subjetivo são estudados especialmente na apreciação artística (música, artes plásticas) e em diferentes modalidades de estimulação perceptiva, com enfoque psicobiológico, terapêutico e social, envolvendo participantes universitários, mas, também, pacientes parkinsonianos e usuários de ayahuasca em rituais xamânicos. Est 1 verificará a influência de sete modos (jônio, dórico, frígio, lídio, mixolídio, eólio e lócrio) e três andamentos (lento, moderado e rápido) sobre a estimativa de tempo. O método será de comparação temporal. Est 2 avaliará os efeitos da modulação da amplitude de um estímulo vibro-tátil na percepção subjetiva do tempo e, também, comparará o desempenho em uma tarefa de memória de trabalho quando apresentada isolada ou em conjunto com uma tarefa de estimação temporal. Est 3 examinará os efeitos da música sobre a manipulação de uma obra de arte móvel (L. Clark) e sobre o tempo subjetivo, em indivíduos que apresentam diagnóstico de Parkinson. Est 4 investigará os efeitos da escuta de estímulos musicais sobre tarefas de reproduções temporais, durante a ação da ayahuasca, com / sem rapé, durante um ritual xamânico realizado em contexto urbano. O comportamento econômico sob pressão temporal é examinado através de modelos de economia crítica, com experimentos que consideram a relevância de padrões éticos, que repercutem na dinâmica das relações sociais. Est 5 avaliará se decaimentos nas curvas de distribuição hiperbólica ou exponencial das escolhas intertemporais são diferentes, quando se trata do contexto do dinheiro público quando comparado ao dinheiro privado. Est 6 examinará a percepção de tempo subjetivo em humanos nos processos de tomada de decisão que envolvem cooperação eescolhas intertemporais. Est 7 avaliará como os atrasos ou o adiantamento de uma recompensa podem afetar o comportamento desonesto em uma tarefa e se a percepção individual dos participantes é distorcida frente à possibilidade de agirem de forma desonesta. Os estados de ânimo momentâneos de atletas em condição pré-competitiva são estudados em diferentes modalidades esportivas e contextos, gerando procedimentos e instruções para uso de equipes técnicas, como atestado pelo capítulo que publicamos em 2019 no livro de revisão internacional "Psychology of Football". Est 8 analisará a relação entre estados de ânimo pré-competitivos de atletas, relevantes para a compreensão dos seus componentes emocionais / motivacionais, e os comportamentos de liderança de atletas líderes durante competições esportivas. O Est 9 investigará a relação entre os aspectos motivacionais específicos, como nível de realização e metas de realização, com os estados de ânimo pré-competitivos de atletas brasileiros, empregando instrumentos precisos e aplicáveis, adaptados ao contexto esportivo brasileiro. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (7) . , Integrantes: Ana Paula Silva Campagnoli - Integrante / José Lino Oliveira Bueno - Coordenador / Leandro Augusto Santos Pereira - Integrante / Victor Cavallari Souza - Integrante / Rafael Campos Oliveira Jordao - Integrante / Ricardo Marinho de Mello de Picoli - Integrante / David Andrés Casilimas-Díaz - Integrante / Márcia Regina Motta - Integrante / Gabriela Soares Tibúrcio - Integrante / Vitor Ferreira Campos - Integrante.

  • 2013 - 2016

    PD Firmino - Modelo Fração de Desenvolvimento Esperado Contextual: Efeitos de modulações tonais em composições musicais genuínas, de experiência prévia e de tempo de resposta sobre estimações temporais, Descrição: O modelo Fração de Desenvolvimento Esperado Contextual (FDE-C) propõe que, se uma distância entre tonalidades é percorrida durante certo intervalo de tempo de uma composição musical, uma expectativa de desenvolvimento temporal é evocada, aquele intuitivamente necessário para percorrer tal distância de modo mais ?suave?. Esse desenvolvimento temporal esperado é mais longo do que a duração percebida. A desproporção é aplicada sobre a duração percebida resultando em encurtamento temporal. Por outro lado, informações contextuais visuais e verbais interferem, alongando o tempo. A estimação temporal última é, portanto, produto dos estados desbalanceados das representações musicais e não-musicais. O Experimento 1 investiga se o princípio de que modulações tonais eliciam estimações temporais em função inversa a distâncias intertonais também pode ser estendido a composições genuínas, isto é, a composições gravadas por músicos tocando instrumentos acústicos. O Experimento 2 investiga se o princípio de que informações contextuais interferem no processamento temporal da modulação tonal estimulatória também pode ser estendido a diferentes experiências prévias, particularmente para a condição de músicos capazes de descrever conscientemente a estrutura musical escutada em contraste à condição de não-músicos não capazes do mesmo ato. O Experimento 3 investiga o princípio de que, após a escuta de composições modulatórias, um tempo de resposta (TR) curto para estimar o tempo da música favorece superestimações, um TR longo favorece subestimações, e um TR muito longo favorece estimações não padronizadas, devido ao esvanecimento lento das representações musicais e ao esvanecimento rápido das representações visuais e verbais. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Silva Campagnoli - Integrante / Érico Artioli Firmino - Integrante / José Lino Oliveira Bueno - Coordenador.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto. , Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP, Vila Monte Alegre, 14040901 - Ribeirão Preto, SP - Brasil, Telefone: (16) 33153697

Experiência profissional

2018 - Atual

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (USP)

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Ayahuasca, Rapé e Tempo Subjetivo, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estados alterados de consciência podem ocorrer em função da ingestão de diversas substâncias, sejam elas naturais ou sintéticas. Substâncias naturais, como a ayahuasca e o rapé, extraídas de plantas nativas da floresta amazônica, desenvolvidas pelos indígenas, são foco de interesse para estudos que visam compreender os efeitos do estado alterado de consciência sobre os processos humanos. Esses estados alterados da consciência podem ser acessados especialmente por registro de alterações de tempo subjetivo, em participantes de rituais xamânicos, não apenas em aldeias indígenas, mas em rituais praticados no contexto rural e urbano.

2015 - 2017

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Ayahuasca, Cognição Musical e Temporal, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
A temporalidade compõe os atos da pessoa no mundo. A subjetividade assume papel importante, a partir dela é que o tempo adquire sentido e significado. Desta forma, a percepção subjetiva do tempo torna-se essencial para a percepção da realidade, delineando uma distinção entre o decurso temporal dos eventos vividos ao longo da vida, o que implica que o processamento da informação temporal é indispensável ao cotidiano. Os rituais xamânicos afetam estados de consciência, dependendo do uso da substância e das músicas. Alterações nos estados de consciência devem alterar o tempo subjetivo, em função destes elementos específicos do ritual que produzem estas alterações de estados de consciência. A proposta deste trabalho foi examinar os efeitos do tempo subjetivo de participantes com estados alterados da consciência em função de uso da bebida ayahuasca em rituais xamânicos envolvendo música.