Jânia Betânia Alves da Silva

Possui graduação em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Campina Grande (2006), Mestrado Química Aplicada (UNEB, 2009) e Doutorado em Engenharia Química (UFBA, 2013)/UFSCar- DEMA. Pós-doutorado (PPEQ-UFBA) pela REDE-Nanobiotec - Brasil (2013) e UNESP-UFBA (2019), Atualmente é Professora Adjunto II do Curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Tem experiência nas áreas nanotecnologia, nanocompósitos, nanopartículas, bionanocompósitos, blendas poliméricas, filmes flexíveis e caracterização de Bioprodutos, atuando principalmente nos seguintes temas: Produção e caracterização de biomateriais, bioativação de filmes com propriedades curativas em lesões teciduais, aproveitamento de resíduos industriais e bioplásticos. Possui parcerias e coautorias com diferentes instituições (UFBA, UFSCar, UFMG, IFBA, UNESP, UNIFACS, UNIFESP e CEFET-MG), Empresa (Bibi calçados). É coordenadora do Laboratório de Pesquisa em Materiais (UFRB). Nas áreas de atuação, a pesquisadora possui artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais, além de pedidos de patentes e prêmios. Primeiro lugar concurso ideias inovadoras - Categoria Pesquisador (FAPESB-2013).

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Engenharia Química

2009 - 2013

Universidade Federal da Bahia
Título: PREPARAÇÃO DE NANOBIOCOMPÓSITOS REFORÇADOS COM NANOWHISKERS DE CELULOSE
Orientador: em Universidade Federal de São Carlos ( Rosário Bretas)
com Janice Izabel Druzian. Coorientador: Fabiano Vargas Perreira. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, FAPESB, Brasil.

Mestrado em andamento em Química Aplicada

2007 - Atual

Universidade do Estado da Bahia
Título: PREPARAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE NANOCOMPÓSITOS DE PP EM ARGILAS DO TIPO MONTMORILONITAS,Orientador: FABIANO VARGAS PEREIRA
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Engenharia de Materiais

2001 - 2006

Universidade Federal de Campina Grande

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2019

Pós-Doutorado. , UNESP - Campus Araraquara, UNESP, Brasil.

2013

Pós-Doutorado. , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil. , Grande área: Engenharias, Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Engenharia Médica / Especialidade: Biomateriais e Materiais Biocompatíveis.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2020 - 2020

Introdução à Bioengenharia. (Carga horária: 4h). , Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, EMPRABA, Brasil.

2019 - 2019

Compósitos: uma alternativa para unir diferentes propriedades na biomedicin. (Carga horária: 10h). , COMGRESSE.ME, COMGRESSE.ME, Brasil.

2019 - 2019

Workshop Redação de patente, Além dos Guias + Oficinas Práticas. (Carga horária: 12h). , Instituto Federal da Bahia, IFBA, Brasil.

2017 - 2017

Extensão universitária em USINAGEM - Torneamento Mecânico. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.

2011 - 2011

Extensão universitária em Extrusão de Termoplásticos. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2010 - 2010

Processos de Separação com Membranas. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2010 - 2010

6º treinamento oficina Mão-na-Massa da rede NIT. (Carga horária: 24h). , Instituto Federal de Pernambuco, IFPE, Brasil.

2009 - 2009

Nanomateriais e Nanotecnologia. (Carga horária: 6h). , Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.

2009 - 2009

Treinamento no uso do Portal de Periódicos Capes. (Carga horária: 35h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2009 - 2009

Difração de raios X. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2007 - 2007

Surface Analytical Techniques I, Fundamentals.... (Carga horária: 10h). , Iniversity of Wisconsin UWMilwaukee, UWMILWAUKEE, Inglaterra.

2007 - 2007

Micrsocopias Eletrônicas em Ciência dos Materiais. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2007 - 2007

Capaciataçã Interna unificada de Docentes do SENAI. (Carga horária: 40h). , SENAI - Departamento Regional da Bahia, SENAI/DR/BA, Brasil.

2006 - 2006

Espectrometria de Massa - LC/CG/MS. (Carga horária: 24h). , SENAI - Departamento Regional da Bahia, SENAI/DR/BA, Brasil.

2006 - 2006

Fundição. (Carga horária: 6h). , Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.

2004 - 2004

Oficina de Empreendedorismo. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.

2002 - 2002

Materiais Nanoestruturados. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2001 - 2001

O Engenheiro e a Seguraça no Trabalho. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Nanocompósitos/Especialidade: nanopartículas.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Nanocompósitos.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Engenharia Médica/Especialidade: Biomateriais e Materiais Biocompatíveis.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

da Silva, Jania B.A. . 4º Encontro Nordeste de Ciência e Tecnologia de Polímeros. 2018. (Outro).

SILVA, J. B. A. . 1 Simpósio de Materiais Avançados da Bahia. 2008. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Congresso Digital de Nanobiotecnologia e Bioengenharia (I CDNB. Análise de atrito e desgaste de nanopartículas de celulose aplicadas como aditivo lubrificante. 2020. (Congresso).

XIII Simposio Argentino de Polímeros ? SAP 2019.Participante. 2019. (Simpósio).

4° Encontro Nordeste de Ciência e Tecnologia de Polímeros.AVALIADOR CIENTÍFICO. 2018. (Encontro).

III Seminário de Avaliação de Pesquisa Científica e Tecnológica (SAPCT), II Workshop de Integração e Capacitação em Processamento de Alto Desempenho (ICPAD) e VIII GPU NVIDIA Workshop.AVALIADOR CIENTÍFICO. 2018. (Seminário).

SAPCT - III SEMINARIO DE AVALIAÇÃO DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA.AVALIADOR CIENTÍFICO. 2018. (Seminário).

IV RECONCITEC.AVALIADOR CIENTÍFICO. 2017. (Outra).

XIII EQA.BLENDS PREPARATION PBT/TPS-NANOWHISKERS AND APPLICATION AS FOOD PACKAGING. 2016. (Encontro).

ANM 2014 - 5th International conference on Advanced Nanomaterials. Influence of the incorporation of different sources nanocellulose the properties of bionanocomposites. 2014. (Congresso).

III Encontro nacional dos Bacherelados e Licenciaturas interdisrdiplinares. 2014. (Encontro).

Congresso Internacional de Fibras Naturais. 2009. (Congresso).

1° Simpósio de Materiais Avançados da Bahia.Preparation and characterization of polypropylene -clay nanocomposites: Effect of organic surfactant cations. 2008. (Simpósio).

CONFERENCE AND SUMMER SCHOOL SAN LUIS IV. Preparation and Caracterization of Organically-Modified Silicates: Effect of Campatibilizing Agents. 2007. (Congresso).

Seminário de Pesquisa e Pós-graduação. 2006. (Seminário).

III Reunião Anual de avaliação do PRH-25/ANP/MCT. 2003. (Outra).

XI Encontro de Iniciação Científica da UFPB.., ?Influência do Sal Quaternário de Amônio na Degradação dos Nanocompósitos PP/argila?. 2003. (Encontro).

XV Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais. 2002. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Karina Lizzeth Pedraza Galvan

SILVA, J. B. A.; DE SOUZA, CAROLINA OLIVEIRA;DRUZIAN, J. I.. Desenvolvimento de filmes de PBAT incorporados com bixina e acido cítrico:propriedades e ação ativa. 2020. Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Thiago Fernandes Barbosa

SILVA, J. B. A.; LUPORINI, S.. DESENVOLVIMENTO E CARACTERIZAÇÃO DE COMPÓSITOS UTILIZANDO POLIPROPILENO RECICLADO E FARINHA DE MADEIRA. 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Yara Batista Cerqueira

LUPORINI, S.; JOSE, N. M.; RIGOLI, I. C.;SILVA, J. B. A.. Desenvolvimento e caracterização de nanocompósitos a base de amido de milho, nanoargila e glicerol com incorporação de óleo de orégano. 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Lorena Lima de Santana

da Silva, Jania B.A.; JOSE, N. M.; LUPORINI, S.. PREPARAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE NANOCOMPÓSITOS DE PROTEÍNA ISOLADA DE SOJA REFORÇADOS COM NANOCRISTAIS DE CELULOSE EXTRAÍDOS DA CASCA DA SOJA E DA FIBRA DO ALGODÃO COMERCIAL. 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Jamerson Carneiro de Oliveira

N. M. JoséJania B.A. da Silva. Síntese e caracterização de nanocompósitos poliméricos reforçados com whiskers de celulose da fibra de licuri. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Helmut Piper

Jania B.A. da Silva. Avaliação comparativa para revestimento internos a base de epóxi em tubulações de aço carbono aplicados na industria de óleo e gás. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em gestão e Tecnologia) - SENAI - Departamento Regional da Bahia.

Aluno: Sara Pereira de Agrela

PONTES, K. V.; SOUZA, C. A. C.; DIAS, F. R. V.; LIMA, L. R. P. A.;SILVA, J. B. A.. Síntese e caracterização de nanocompósitos de polietileno de alto peso molecular e argila produzidos por polimerização in sit. 2020. Tese (Doutorado em Engenharia Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Jamille Santos Santana

Janice I. Druzian;SILVA, J. B. A.; LOBATO, A. K. C. L.; BARBOSA, J. D. V.; AZEVEDO, J. B.. Desenvolvimento de nanoparticulas de reforço em biocompositos de amido de mandioca: Efeito nas propriedades dos filmes. 2019. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Normane Mirele Chaves da Silva

da Silva, Jania B.A.; ALBUQUERQUE, E. C. C.; FIALHO, R. L. L.; FAKHOURI, F. M.; SILVA, C. F.; AZEVEDO, J. B.. Desenvolvimento e caracterização de filmes biodegradaveis utilizando amido , produzidos por extrusão termoplástica visando aplicações em embalagens. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Vanessa Zanatta

Jania B.A. da SilvaN. M. José; Brioud, M. M; MATEDE, S.; SA, R. M.; REZZADORI, K.. ?AUMENTO DA SELETIVIDADE COM A INCORPORAÇÃO DE NANOCRISTAIS DE CELULOSE EM MEMBRANAS DE PDMS/TEOS PARA APLICAÇÃO EM PROCESSO DE PERVAPORAÇÃO?. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Ana Paula Bispo Gonlçaves

MIRANDA, C. S.; JOSE, N. M.; MATEDE, S.; FILHO, J.S.B;DA SILVA, JANIA BETÂNIA ALVES; RIGOLI, I. C.. Desenvolvimento de nanocompositos com matriz de PBAT/PLA/Liguinina e nanocristais de celulose extraidos das fibras de caroá a partir de liquidos iônicos e acido sulfúrico. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Cleidiene Souza de Miranda

JOSE, N. M.;PEREIRA, F. V.; SANTOS, Z.I.G; FILHO, J.S.B;SILVA, J. B. A.. Desenvolvimento de bionanocompósitos polimericos a partir de nanowhiskers de celulose da fibra de gravatá e lignina em matriz de amido e blendas de amido/PBAT. 2015. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Larissa Alves de Souza Costa

Jania B.A. da Silva; JOSE, N. M.; FILHO, J.S.B. "DESENVOLVIMENTO DE BIOPRODUTOS A PARTIR DA GLICERINA RESIDUAL DO BIODIESEL: GOMA XANTANA EM ESCALA DE BIORREATOR E FILMES FLEXÍVEIS REFORÇADOS COM NANOWHISKERS". 2014. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Raul San Martin Rivadulla

FILHO, J.S.B; SANTOS, Z.I.G; SOUZA, C.A.C;SILVA, J. B. A.; JOSE, N. M.; LUPORINI, S.. Desenvolvimento de nanocompósitos de policarbonato com argilas e avaliação de sua estrutura molecular e propriedades físicas. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: George Gonçalves dos Santos

ARAUJO, R. P. C.;SILVA, J. B. A.; BARRETO, I. C.; MIGUEL, F. B.. ESTUDO HISTOMORFOMETRICO DO REPARO ÓSSEO APOS IMPLANTAÇÃO DE SCAFFOLDS DE WOLLASTONITA E FOSFATO DE TRICÁLCIO. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Luisa Queiroz Vasconcelos

ARAUJO, R. P. C.;SILVA, J. B. A.; BARRETO, I. C.; MIGUEL, F. B.. ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E HISTOMORFOMÉTRICA DO COMPOSTO WOLLASTONITA/FOSFATO TRICÁLCICO COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES APÓS IMPLANTAÇÃO IN VIVO. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Paulo Romano Cruz Correia

SILVA, J. B. A.; SOUZA, C.O.; CASTRO, R. D.. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS BIOCOMPÓSITOS BASEADOS EM POLI(ADIPATO-CO-TEREFTALATO DE BUTILENO) E ZEÓLITO PARA LIBERAÇÃO CONTROLADA DO FEROMÔNIO RINCOFOROL. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em BIOTECNOLOGIA) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Mariana Costa

SILVA, J. B. A.; JOSE, N. M.; Brioud, M. M. Obtenção de nanofibras de celulose a partir de biomassa lignocelulósica. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Normane Mirele Chaves da Silva

da Silva, Jania B.A.. Desenvolvimento de filmes biodegradáveis visando aplicação na indústria alimentícia. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Industrial) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Jamile Santos Santana

Janice I. Druzian;N. M. JoséJania B.A. da Silva. Adição de nanoparticulas de reforço em biocompositos de amido de mandioca: efeito nas propriedades dos filmes.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Renata dos Santos Almeida

ROSA, F. P.; COVAS, C. A. P.;Jania B.A. da Silva. COMPÓSITOS DE HIDROXIAPATITA E QUITOSANA DE BAIXO E MÉDIO PESO MOLECULAR COMO BIOMATERIAIS PARA O REPARO DE DEFEITOS ÓSSEOS. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Vanessa Zanatta

da Silva, Jania B.A.; JOSE, N. M.; Brioud, M. M. Membranas nanocompositas hidrofobicas obtidas a partir de PDMS/TEOS com adição de nanocristais de celulose de eucalipto. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Denilson de Jesus Assis

Jania B.A. da Silva; Janice I. Druzian. Estudo da biossíntese simultânea de Polihidroxialcanoatos e exopolímero a partir do cultivo bacteriano em meio contendo glicerina do biodisel. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Karina Lizzeth Pedraza Galvan

SILVA, J. B. A.; SOUZA, C.O.. PROPERTIES AND BIOACTIVE ACTION OF PBAT FILMS INCORPORATED WITH BIXIN EXTRACT AND CITRIC ACID.. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência de Alimentos) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Cleidiene Souza de Miranda Fiuza

ROCHA, S. A.; TALMA, H. C. S.;SILVA, J. B. A.. POTENCIAL TECNOLÓGICO DOS NANOCRISTAIS DE CELULOSE PARA DESENVOLVIMENTO DE EMBALAGENS SUSTENTÁVEIS A PARTIR DE DIFERENTES FONTES DE BIOMASSA. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Interdisciplinar em Ambiente, Tecnologia e Sustentabilidade) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Maurício Torres Correia Junior

SILVA, J. B. A.; RIBEIRO, A.; FERREIRA, V. P.. ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA CURVA DE CALCINAÇÃO NAS PROPRIEDADES DE PEÇAS FUNDIDAS PELO PROCESSO DE CERA PERDIDA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Sillas Souza Oliveira

SILVA, J. B. A.; SILVA, E. A.; EMANUEL, G.. PLANO DE ADEQUAÇÃO À NR-12 PARA UMA EMPRESA AGRO ALIMENTÍCIA SITUADA NO RECÔNCAVO DA BAHIA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Lucas da Rocha de Melo

Jania B.A. da Silva; RIBEIRO, A.. ESTUDO DA CAPACIDADE DE ATENUA ÇÃO ACÚSTICA DA MANTA RESIDUAL DE ACETATO DE VINILA ETIL (EVA) EM ESCALA ABSOLUTA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Abner Marques Dias Araujo

SILVA, J. B. A.; SILVA, E. A.; COTRIM, L. R.. MPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO PLANEJADA COM FOCO EM UMA EMPRESA DE TECNOLOGIA DE ARTIGOS PLÁSTICOS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Emily Rocha dos Santos

da Silva, Jania B.A.; FERREIRA, R. M.; PERREIRA, J. C. C.. Estudo do Oscilador Harmonico em Sistemas Acoplados. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Paulo José Carvalho Mascarenhas Filho

da Silva, Jania B.A.; FERREIRA, V. P.; TORRES, F.. FUNDIÇÃO EM AREIA A VERDE: UMA ABORDAGEM EXPERIMENTAL. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Gabriela Soares Santos

Silva,jania B.A.DA. ANÁLISE DA CAPACIDADE DE ISOLAMENTO TÉRMICO DE MANTAS DE RESÍDUOS DE POLIETILENO CO ? ACETATO DE VINILA (EVA) EM SUPERFÍCIES PLANAS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Sérgio Carvalho Pereira Filho

Silva,jania B.A.DA. ANÁLISE DE DUAS PROPOSTAS DE MÉTODOS PARA A DETERMINAÇÃO DE COEFICIENTES DE CONDUÇÃO DE CALOR EM ISOLANTES TÉRMICOS ? PROPAGAÇAO CILINDRICA E PLANA ? EM MANTAS DE EVA POLI[ (ETILENO) ? CO - (ACETATO DE VINILA) ]. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Dijane dos Santos Ferreira

Silva,jania B.A.DA. Analise da aplicabilidade de mantas de EVA (material de retrabalho da Bibi calçados) para isolamento termico de superficies cilíndricas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Douglas Carvalho

SILVA, J. B. A.; NUNES, J. M.; RIBEIRO, A.. Análise de aproveitamento do calor exaurido pelo tubo de escapamento de um motor de ciclo Otto.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Hidelvécio Antonio Gondim Sobrinho

Jania B.A. da Silva. AVALIAÇÃO E PROPOSIÇÃO DE MEDIDAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE MECÂNICA DA UFRB. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

SILVA, J. B. A.; TADEO, A. T.; COTRIM, L. R.. PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE POR TEMPO DETERMINADO. 2020. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

SILVA, J. B. A.. concurso publico para magisterio superior - Edital 10-2016-UFRB - Dedicação exclusiva- Engenharia de Materiais - materiais Polimericos - 30 a 03-2017. 2017. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

SILVA, J. B. A.. concurso publico para magisterio superior - Edital 10-2016-UFRB - Dedicação exclusiva- Engenharia de Materiais - Materiais Metálicos - 06 a 10-2017. 2017. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

SILVA, J. B. A.. Concurso publico para magisterio superior - Edital 10-2016-UFRB - Dedicação exclusiva- Engenharia de Materiais - Materiais Poliméricos - 13 a 17-2017. 2017. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

SILVA, J. B. A.. Concurso publico para magisterio superior - Edital 10-2016-UFRB - Dedicação exclusiva- Engenharia de Materiais - Materiais Compósitos - 20 a 24-2017. 2017. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

da Silva, Jania B.A.. Edital Interno N°03/2016 - Concurso publico para professor substituto - Áreas - Fenômenos de Transporte, termodinâmica e transferência de calor e massa, Regime: 40 horas. 2016. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Jania B.A. da Silva. Concurso Publico para Professor auxiliar em engenharia Mecânica/Fabricação- DE - CETEC- UFRB. 2015. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

SILVA, J. B. A.. Concurso Publico para Professor auxiliar em engenharia Mecânica/Fabricação- 20 horas - CETEC- UFRB. 2015. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

SILVA, J. B. A.. Concurso Publico para Professor auxiliar em engenharia Mecânica/Engenharia industrial- CETEC- UFRB. 2014. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

SILVA, J. B. A.. Concurso Publico para Professor auxiliar em engenharia Mecânica/Projeto de Máquinas 20 horas- CETEC- UFRB. 2014. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Cecilia Azevedo Esperidiao

DRUZIAN, J.I.; LUCAS, A. A; JOSE, N. M;ESPERIDIÃO, M C A; Gama dos Santos, Z. I.. . . Preparação e caracterização de filmes flexíveis á base de amido de mandioca reforçados com nanowhiskers de celulose por casting e extrusão. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Nádia Mamede José

Pereira, F. V.; Malta, M;JOSE, NM. Preparação e caracterização de nanocompósitos de polipropileno e montmorilonita modificada. 2009. Dissertação (Mestrado em Química Aplicada) - Universidade do Estado da Bahia.

Nádia Mamede José

Druzian, J. I.José, Nadia Mamede. preparação e caracterização de nanobiocompósitos reforçados com nanowhiskers de celulose. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

TOMAS JEFERSON ALVES DE MELO

ARAÚJO, Edcleide MariaMÉLO, T. J. A.SANTANA, Lisiane Navarro de Lima. Efeito de Aditivo nas Propriedades de Polietileno e Estudo de Blendas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Campina Grande.

Janice Izabel Druzian

DRUZIAN, J. I.; LUCAS, A. A;JOSE, N. M.Esperidião, Maria Cecília Azevedo; Gama dos Santos, Z. I.. Preparação e caracterização de filmes flexíveis á base de amido de mandioca reforçados com nanowhiskers de celulose por casting e extrusão. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Edcleide Maria Araújo

Araújo, E. M.MELO, Tomas Jeferson Alves deSANTANA, Lisiane Navarro de L. Avaliação do Efeito de Aditivos sobre as Propriedades de Polietileno e Estudo de Blendas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Campina Grande.

Marcos Malta Dos Santos

José, N. M.;Malta, M.; PEREIRA, F. V.. Preparação e caracterização de nanocompósitos de polipropileno e montmorilonita modificada. 2009. Dissertação (Mestrado em Química Aplicada) - Universidade do Estado da Bahia.

SAMUEL LUPORINI

DRUSIAN, Janice; JOSÉ, Nádia Manede;LUPORINI, Samuel. Preparação e caracterização de nanobiocompósitos reforçados com nanowhiskers de celulose. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Sinara Silva Neves Machado

Obtenção e caracterização físico-química e funcional de quitina e quitosana a partir de fontes alternativas; Início: 2020; Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos) - Universidade Federal da Bahia; (Coorientador);

Denise Agostina Grimaut

Blendas de amido modificado e PBAT degradado; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos) - Universidade Federal da Bahia; (Coorientador);

Suellen Rocha Vieira

; Obtenção e caracterização de nanopartículas de celulose a partir de métodos alternativos; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Ciência de Alimentos) - Universidade Federal da Bahia; (Coorientador);

Leandro Sequin

TÍTULO: AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE LARVAS DE TENÉBRIO NA BIODEGRADAÇÃO DE RESÍDUOS DE EVA (COPOLÍMERO ETILENO/ACETATO DE VINILA) PROVINIENTES DO SETOR INDUSTRIAL; ; Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; (Orientador);

Matheus Gonçalves Leão de Oliveira

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE LARVAS DE TENÉBRIO NA BIODEGRADAÇÃO DE RESÍDUOS DE EVA (COPOLÍMERO ETILENO/ACETATO DE VINILA) PROVINIENTES DO SETOR INDUSTRIAL; ; Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; (Orientador);

Elia Karina Carvalho

Efeito de nanoamido e de nanocelulose nas propriedades de filmes de amido de mandioca; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos) - Universidade Federal da Bahia,; Coorientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Gleice Valéria Pacheco Gomes

Produção e caracterização de goma xantana em bioreator; 2014; Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia,; Coorientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Danrley Nunes Montalvão

ESTUDO DO COMPORTAMENTO ACÚSTICO DE COMPÓSITOS DE EVA COM FIBRAS DE SISAL; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

TICIANA DE OLIVEIRA SANTIAGO

Caracterização Mecânica e Física do Compósito de Resíduos de EVA com Fibra de Sisal; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Elisa Marilize de Oliveira Carneiro

OBTENÇÃO DE NANOPARTÍCULAS DE AMIDO E CELULOSE PARTIR DE FONTES RENOVÁVEIS PARA DESENVOLVIMENTO DE NANOLUBRIFICANTES (FLUIDO DE CORTE); ; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Matheus Gonçalves Leão de Oliveira

PRODUÇÃO DE NANOPARTÍCULAS DE AMIDO DE MANDIOCA PARA UTILIZAÇÃO COMO ADITIVO PARA A PREPARAÇÃO DE NANOLUBRIFICANTE (FLUIDO DE CORTE); ; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Yan Andrade Nunes

PROJETO DE UM ATENUADOR DE IMPACTO DE BAIXO CUSTO PARA FÓRMULA SAE; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Elisa Marilize de Oliveira Carneiro

Estudo para a obtenção de nanopartículas (nanoamido e nanfibrilas de celulose) a partir de fontes renováveis para desenvolvimento de nanolubrificantes (fluido de corte); 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Luan Mello Vilas Boas

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE ISOLAMENTO ACÚSTICO DO RESÍDUO DE ACETATO DE VINILA ETIL (EVA); 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Dannywill Medeiros Santos

Caracterização de reíduos de EVA visando seu reaproveitamento como revestimento acústico; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Pollyana Grazielle Luz da Rocha

Desencolvometo e caracterização de nanoparticulas de Amido; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Matheus Gaonçalves Leão de Oliveira

Preparação de nanolubrificantes; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Cecília Silva Costa

Caracterização e avaliação da utilização de residuos de EVA da indústria calçadista para obtenção de revestimento térmico; ; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Cecília Costa

Utilização de resíduos de EVA da indústria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; ? Edital universal CNPQ ? 2014; ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Elisa Marilize Carneiro

PREPARAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE NANOPARTÍCULAS (NANOAMIDO E NANOFIBRILAS DE CELULOSE) A PARTIR DE FONTES RENOVÁVEIS PARA DESENVOLVIMENTO DE NANOLUBRIFICANTES (FLUIDOS DE CORTE); 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Sérgio Carvalho Pereira Filho

Preparação de mantas de EVa para utilização como revestimento acústico; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Luan Mello Vilas Boas

Utilização de resíduos de EVA da indústria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; ? Edital universal CNPQ ? 2014; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Dennywill Medeiros

Utilização de resíduos de EVA da indústria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; ? Edital universal CNPQ ? 2014; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Exatas e Tecnológicas) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Aline Casais Tavares

Avaliação da eficácia de biofilmes ativos de purê de manga e glicerina para embalar óleo vegetal; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Daniel Carvalho de Souza Cruz

Preparação e caracterização de filmes flexíveis reforçados com nanowhiskers de celulose de licuri; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Paulo César de Jesus Silva

Melhoria no processo de limpeza na troca de cor das injetoras; 2015; Orientação de outra natureza; (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Jania Betânia Alves da Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Arnaud Victor dos Santos

Preparação e Caracterização de Nanocompósitos de Montmorilonita em Polipropileno; 2007; Dissertação (Mestrado em Química Aplicada) - Universidade do Estado da Bahia,; Coorientador: Arnaud Victor dos Santos;

Valéria de Carvalho Santos Ebinuma

2018; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho,; Valéria de Carvalho Santos Ebinuma;

Janice Izabel Druzian

Início: 2019; Universidade Federal da Bahia;

Janice Izabel Druzian

Preparação e caracterização de filmes flexíveis á base de amido de mandioca reforçados com nanowhiskers de celulose por casting e extrusão; 2013; Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Janice Izabel Druzian;

Janice Izabel Druzian

Preparação de nanopartículas (nanocelulose e nanoamido) por diferentes fontes; 2013; Universidade Federal da Bahia,; Janice Izabel Druzian;

Edcleide Maria Araújo

Avaliação do efeito de aditivos sobre as propriedades do polietileno e estudo de blendas; 2006; 40 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Campina Grande; Orientador: Edcleide Maria Araújo;

Fabiano Vargas Pereira

Preparação e caracterização de nanocompósitos de montmorilonita em polipropileno; 2009; Dissertação (Mestrado em Química Aplicada) - Universidade do Estado da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Fabiano Vargas Pereira;

Fabiano Vargas Pereira

Preparação e avaliação de nanobiocompósitos reforçados com nanowhiskers de celulose; 2009; Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Coorientador: Fabiano Vargas Pereira;

TEREZA CRISTINA DE FARIAS GUIMARAES

NANOCOMPÓSITO ( Polipropileno/ Bentonita modificada); 2007; Orientação de outra natureza - Universidade do Estado da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Tereza Cristina de Farias Guimarães;

Suédina Maria de Lima Silva

Nanocompósitos de PP/Bentonita; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Campina Grande; Orientador: Suédina Maria de Lima Silva;

Suédina Maria de Lima Silva

Nanocompósitos de PP/bentonita; 2003; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Campina Grande; Orientador: Suédina Maria de Lima Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • DA SILVA, JANIA BETANIA ALVES ; BRETAS, ROSÁRIO ELIDA SUMAN ; LUCAS, ALESSANDRA ALMEIDA ; MARINI, JULIANO ; DA SILVA, ALINE BRUNA ; SANTANA, JAMILLE SANTOS ; PEREIRA, FABIANO VARGAS ; DRUZIAN, JANICE IZABEL . Rheological, mechanical, thermal, and morphological properties of blends poly(butylene adipate- -terephthalate), thermoplastic starch, and cellulose nanoparticles. POLYMER ENGINEERING AND SCIENCE , v. 4, p. 92, 2020.

  • LEMOS, PAULO VITOR FRANÇA ; OPRETZKA, LUÍZA CAROLINA FRANÇA ; ALMEIDA, LETÍCIA SANTOS ; CARDOSO, LUCAS GUIMARÃES ; DA SILVA, JÂNIA BETÂNIA ALVES ; DE SOUZA, CAROLINA OLIVEIRA ; VILLARREAL, CRISTIANE FLORA ; DRUZIAN, JANICE IZABEL . Preparation and characterization of C-phycocyanin coated with STMP/STPP cross-linked starches from different botanical sources. INTERNATIONAL JOURNAL OF BIOLOGICAL MACROMOLECULES , v. 1, p. 1, 2020.

  • DA SILVA, JANIA BETANIA ALVES ; SANTANA, JAMILLE SANTOS ; DE ALMEIDA LUCAS, ALESSANDRA ; PASSADOR, FABIO ROBERTO ; DE SOUSA COSTA, LARISSA ALVES ; PEREIRA, FABIANO VARGAS ; DRUZIAN, JANICE IZABEL . PBAT/TPS-nanowhiskers blends preparation and application as food packaging. JOURNAL OF APPLIED POLYMER SCIENCE , v. 2, p. 47699, 2019.

  • BORGES, J. G. ; da Silva, Jania B.A. ; GALVAN, K. L. P. ; Janice I. Druzian . Extraction of eucalyptus pulp nanofibers by enzymatic hydrolysis with and without acid pre-treatment. INTERNATIONAL JOURNAL OF DEVELOPMENT RESEARCH , v. 09, p. 30394-30399, 2019.

  • GALVAN, K. L. P. ; CARDOSO, L. G. ; ALVES, J. C. ; SALGADO, M. J. G. ; TAVARES, P. P. L. G. ; NASCIMENTO, R. Q. ; SILVA, J. B. A. ; DRUZIAN, J. I. . Development of Active Biodegradable Films: Starch Films Incorporated with Starch Nanoparticles and Oregano Essential Oil. JOURNAL OF BIOENGINEERING AND TECHNOLOGY APPLIED TO HEALTH , v. 2, p. 92-98, 2019.

  • COSTA, ÉLIA KARINA DE CARVALHO ; DE SOUZA, CAROLINA OLIVEIRA ; DA SILVA, JANIA BETÂNIA ALVES ; DRUZIAN, JANICE IZABEL . Hydrolysis of part of cassava starch into nanocrystals leads to increased reinforcement of nanocomposite films. JOURNAL OF APPLIED POLYMER SCIENCE , v. 134, p. 45311, 2017.

  • SILVA, J. B. A. ; NASCIMENTO, T. ; COSTA, L.A.S ; Gomes, G. V. P ; PEREIRA, F. V. ; DRUZIAN, J. I. . Effect of Source and Interaction with Nanocellulose Cassava Starch, Glycerol and the Properties of Films Bionanocomposites. Materials Today: Proceedings , v. 2, p. 200-207, 2015.

  • COSTA, L.A.S ; ASSIS, D.J ; Gomes, G. V. P ; SILVA, J. B. A. ; PEREIRA, F. V. ; DRUZIAN, J. I. . Extraction and Characterization of Nanocellulose from Corn Stover. Materials Today: Proceedings , v. 2, p. 287-294, 2015.

  • Gomes, G. V. P ; ASSIS, D.J ; SILVA, J. B. A. ; COSTA, L.A.S ; DRUZIAN, J. I. . Obtaining Xanthan Gum Impregnated with Cellulose Microfibrils Derived from Sugarcane Bagasse. Materials Today: Proceedings , v. 2, p. 389-398, 2015.

  • MIRANDA, C. S. ; FERREIRA, M. S. ; MAGALHOES, M. T. ; SANTOS, W. J. ; GUIMARAES, D. H. ; SILVA, J. B. A. ; JOSE, N. M. . Starch-based Films Plasticized with Glycerol and Lignin from Piassava Fiber Reinforced with Nanocrystals from Eucalyptus. Materials Today: Proceedings , v. 2, p. 134-140, 2015.

  • MIRANDA, C. S. ; FERREIRA, M. S. ; MAGALHOES, M. T. ; SANTOS, W. J. ; GUIMARAES, D. H. ; SILVA, J. B. A. ; JOSE, N. M. . Mechanical, Thermal and Barrier Properties of Starch-based Films Plasticized with Glycerol and Lignin and Reinforced with Cellulose Nanocrystals. Materials Today: Proceedings , v. 2, p. 63-69, 2015.

  • Carolina O.Souza ; Reis, L.C.B ; SILVA, J. B. A. ; FIGUEREDO, T.V.B ; NUNES, I.L ; DRUZIAN, J. I. . Active biocomposites of cassava starch: the effect of yerba mate extract and mango pulp as antioxidant additives on the properties and the stability of a packaged product. Food and Bioproducts Processing , v. 1, p. 1, 2014.

  • Machado, B. A. S ; REIS, J. H. ; Jania B.A. da Silva ; CRUZ, L. S. ; NUNES, I. L. ; PEREIRA, F. V. ; Janice I. Druzian . OBTENÇÃO DE NANOCELULOSE DA FIBRA DE COCO VERDE E INCORPORAÇÃO EM FILMES BIODEGRADÁVEIS DE AMIDO PLASTIFICADOS COM GLICEROL. Química Nova (Online) , v. 10, p. 1275, 2014.

  • da Silva, Jania B.A. ; Pereira, Fabiano V. ; Druzian, Janice I. . Cassava Starch-Based Films Plasticized with Sucrose and Inverted Sugar and Reinforced with Cellulose Nanocrystals. Journal of Food Science , v. 77, p. N14-N19, 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Jania B.A. da Silva ; T.C.F. Guimarães . Nanocompósitos (Polipropileno/bentonnita modificada). 2007.

SILVA, J. B. A. . Processo de Fabricação de Pneus. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

SILVA, J. B. A. ; T.C.F. Guimarães . Nanocomposito ( Polipropileno/bentonita modificada). 2006. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE LARVAS DE TENÉBRIO NA BIODEGRADAÇÃO DE RESÍDUOS DE EVA (COPOLÍMERO ETILENO/ACETATO DE VINILA) PROVINIENTES DO SETOR INDUSTRIAL., Descrição: O imenso acúmulo de resíduos plásticos principalmente à base de petróleo representa uma grande parte dos materiais preocupação ambiental para socie-dade mundial. O processo de degradação dos polímeros (plásticos) é definida como uma alteração física ou química, devido a fatores ambientais (luz, calor, umidade, condições químicas ou atividade biológica). Quando acontece via atividade biológica, é chamada de biodegradação, nesse processo o polímero é despolimerizado em monômeros, e na etapa final ocorre a mineralização, ou seja, os monômeros degradados são convertidos em CO2, água, e biomassa microbiana estabilizada. Neste sentido uma alternativa eficiente e ambientalmente amigável, vem sendo investigada, a biodegradação de polímeros sintéticos (Poliestireno - PS e Policloreto de vinila - PVC) utilizando larvas e desouros da família cosmopolita dos Tenebrios, que pertence à ordem Coleoptera da família Tenebrionidae, mostrando resultados favoráveis a biodegradação. No entanto o número de estudos ainda é bastante restrito, o que motiva novas pesquisas relacionadas a este tema. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera em média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. Neste sentido este trabalho propoe a utilização de larvas de Tenébrio para degradar resíduos de EVA, provinientes do setor industrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Coordenador / Denilson de Jesus Assis - Integrante / Carolina Oliveira Souza - Integrante / MATHEUS GONÇALVES LEÃO DE OLIVEIRA - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.

  • 2018 - Atual

    Preparação de biomaterial em matrizes tridimensionais: compósito de quitosana e nanopartículas de celulose (obtidas por rota alternativa utilizando líquidos iônicos), Descrição: A bioengenharia tecidual tem como finalidade desenvolver biomateriais que possam atuar como substitutos ósseos, capazes de reconstruir ou regenerar tecidos danificados. Esta área de atuação colige conhecimentos da ciência dos materiais, farmacêutica e da medicina regenerativa. Neste âmbito, os biomateriais obtidos a partir de um biopolímero contendo nanopartículas cerâmicas recebem destaque, no entanto, estes apresentam limitações, como a fragilidade mecânica. O grande desafio da pesquisa atual reside em produzir compósitos de nanopartículas associadas a polímeros com alta taxa de degradação e com características físico-químicas e morfológicas, que quando implantadas nas regiões lesionadas estimulem a neoformação tecidual. As nanopartículas de celulose por apresentarem alta área superficial, propriedades mecânicas, biocompatibilidade, biodegradabilidade, além de sua origem renovável, podem ser consideradas como alternativa para diminuir ou sanar deficiências destes materiais. A quitosana é um polímero biocompatível, biodegradável, não-tóxico e mucoadesivo, o que a torna atrativa para aplicações biomédicas. Este trabalho propõe a produção e caracterização de compósito de quitosana e nanopartículas de celulose (obtidas por uma rota alternativa, eficiente e mais limpa, utilizando líquidos iônicos), com potencial para aplicações biomédicas. Dessa maneira, espera-se obter um novo biomaterial com características adequadas para aplicações biomédicas, especialmente regeneração de defeitos e/ou perdas ósseas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Coordenador / Janice Izabel Druzian - Integrante / Carolina Oliveira Souza - Integrante / Valéria C. Santos Ebinuma - Integrante / Suellen Rocha Vieira - Integrante / Ussemane Massagy - Integrante / Jorge Fernando Brandão - Integrante / Paulo Romano Cruz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.

  • 2018 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE FILMES POLIMÉRICOS BIOATIVADOS E COMPLEXOS DE INCLUSÃO MOLECULAR PARA APLICAÇÕES COMO CURATIVOS EM FERIDAS, Descrição: O tratamento das feridas cutâneas inclui métodos clínicos e cirúrgicos, sendo o curativo um dos tratamentos clínicos mais utilizados. Curativos passivos ou ativos auxiliam na reparação tecidual. Dentre os polímeros, os de ocorrência natural tem ganhado atenção devido biocompatibilidade, biodegradabilidade, atoxicidade, baixo custo e versatilidade. Apesar disso, ainda existem poucos estudos de amidos e polihidróxialcanoatos (PHA) para essa aplicação. De uma maneira geral, as membranas curativas atuam como suportes para membranas de matrizes naturais. Os miofibroblastos proliferam e migram para dentro dessas matrizes assumindo orientação e disposição, favorecendo a regeneração de tecido epitelial. Já os complexos de inclusão molecular são potenciais carreadores de substâncias que favorecem a cura das lesões. O amido é constituído majoritariamente por amilose e amilopectina, com variações nas proporções destas frações dependendo da fonte vegetal. Os PHA são polímeros poliésteres intracelulares sintetizados por microrganismos. Esses têm sido produzidos pelo grupo de pesquisa da orientadora, com detenção de patentes dos processos de produções de um PHA flexível e elastomérico, de membranas ativas deste e também de amidos. Para reparação tecidual, membranas com baixo módulo de elasticidade, alta permeabilidade ao vapor de água e bioativos, como os obtidos pelo grupo de pesquisa, são desejáveis. Além das propriedades terapêuticas intrínsecas das membranas de amido e de PHA, testes preliminares indicam que a biomassa de Spirulina sp. e seus extratos possuem alta atividade terapêutica, podendo atuar de forma sinérgica curativa se incorporados às membranas ou encapsulados por inclusão molecular. Nesse aspecto, o presente projeto tem por objetivo preparar complexos de inclusão molecular e sintetizar amidos quimicamente modificados, assim como desenvolver membranas bioativas para aplicar como curativos de lesões cutâneas. Os resultados esperados englobam (i) a possibilidade das diferentes características físico-químicas dos polímeros estarem envolvidas com diferentes eficácias terapêuticas; (ii) o aumento da eficácia terapêutica pela bioativação das membranas e pelo carreamento de compostos bioativos; (iii) e principalmente, a produção de membranas e complexos de inclusão molecular totalmente biodegradáveis com propriedades terapêuticas que atuam na cura de lesões teciduais por mecanismos físicos e farmacológicos de baixo custo de produção, elevado poder de reparo tecidual e elevado potencial de inovação biotecnológica... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Integrante / Denilson de Jesus Assis - Integrante / Carolina Oliveira Souza - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2017 - Atual

    PREPARAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE NANOPARTÍCULAS (NANOAMIDO E NANOFIBRILAS DE CELULOSE) A PARTIR DE FONTES RENOVÁVEIS PARA DESENVOLVIMENTO DE NANOLUBRIFICANTES (FLUIDOS DE CORTE)., Descrição: Os movimentos rotativos entre componentes em contato são responsáveis pelo aumento do atrito, e consequentemente, pela perda de material por desgaste. Uma alternativa para reduzir essas perdas e, com isso, aumentar a durabilidade de muitos equipamentos, é a utilização de lubrificantes que impeçam o contato direto entre as peças. Setores de geração de riquezas como o automotivo, aeroespacial, petroquímico e o de bens de consumo duráveis, entre outros, tem interesse na tecnologia da lubrificação, através dessa, aumentar a confiabilidade, durabilidade, qualidade e desempenho de componentes. Dentre as alternativas mais investigadas para aumentar a eficiência dos lubrificantes, destaca-se a utilização de nanomateriais (nanopartículas). Nos últimos anos, as nanopartículas como aditivos de lubrificantes começaram a mostrar sua superioridade em relação aos demais aditivos já utilizados. As nanopartículas se destacam justamente por possuírem dimensões nanométricas que permitem a elas atuar diretamente na área de contato, além de apresentar propriedades diferenciadas. Várias nanopartículas (nanotubos de carbono, TiO2, fulerenos e etc) vem sendo utilizadas, cada uma com forma/tamanho e funcionalidade específicas, têm mostrado desempenho significativo desses materiais chamados de nanolubrificantes em relação aos lubrificantes convencionais. Neste contexto, nenhum relato é encontrado na literatura quando se trata da adição de nanopartículas biodegradáveis aos lubrificantes. O objetivo deste trabalho é preparar nanopartículas (nanoamido e nanofibrilas de celulose) de fonte renováveis e estudar o efeito da adição dessas nanopartículas a lubrificantes (miscíveis em água) em diferentes concentrações e avaliar a influência nas propriedades de fluidos de corte (nanolubrificantes).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Adelson Ribeiro - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.

  • 2014 - 2017

    Utilização de resíduos de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia., Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) . , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante / Adelson Ribeiro - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2017

    DESENVOLVIMENTO DE FILMES FLEXÍVEIS BIODEGRADÁVEIS PARA EMBALAGEM PRIMÁRIA DE MATRIZES ZEOLÍTICAS CONTENDO RINCOFOROL, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Janice Izabel Druzian em 18/06/2020., Descrição: A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador / Paulo Victor França Lemos - Integrante / Paulo Romano Cruz - Integrante / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Artur José Santos Mascarenhas - Integrante / Antônio Euzébio Goulart Sant'Ana - Integrante / Edeilza Lopes dos Santos - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo full-plastic . O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo full-plastic . O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante / Adelson Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) . , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante / Adelson Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betania Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) . , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante / Adelson Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) . , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante / Adelson Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Utilização de resíduo de EVA da industria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico e térmico para aplicação em laboratório de aulas práticas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Projeto de pesquisa submetido ao Conselho Naciona, Descrição: O poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA) possuem grande aplicação na indústria calçadista, sendo utilizado na confecção de placas expandidas para posterior corte de palmilhas e entressolas. A resina EVA (copolímero etileno/acetato de vinila) é material de custo relativamente baixo, utilizada em solados, sandálias, palmilhas e entressolas de calçados de menor preço final e do tipo ?full-plastic?. O processo de corte e acabamento de chapas expendidas de EVA gera uma média de 18% em massa de material residual, perfazendo o montante estimado no Brasil deste tipo de descarte da ordem de 7.932 toneladas anuais. A industria local gera em torno de 160 Kg mês aproximadamente 1920 ton/ano. Baseado neste cenário, o objetivo deste trabalho foi o de caracterizar resíduos de EVA provenientes de chapas expandidas quanto à morfologia, propriedades térmicas e mecânicas e determinar o custo da moagem destes resíduos visando sua reutilização, em seguida produzir placas/mantas prensadas para aplicação como revestimento/isolamento acústico e térmico em laboratório de aulas práticas no campus universitário. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) . , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Coordenador / Jacson Machado Nunes - Integrante / Marcus Vinicius Silva - Integrante / Adelson Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes flexíveis biodegradáveis para embalagem primária de matrizes zeolíticas contendo rincoroforol, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante / Luciene Santos Sousa - Integrante / Paulo Victor França Lemos - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Consolidação da Área de Desenvolvimento de Processos Nanobiotecnológicos dos Programas de Pós-Graduação em Química Aplicada, Engenharia Química e Ciência de Alimentos da Bahia, Descrição: Edital APES 04/CII-2008, REDE NANOBIOTEC BRASIL. O desenvolvimento deste projeto busca contribuir para o avanço regional da Pós-Graduação brasileira, uma vez que procura estabelecer uma rede de colaboração entre instituições da região nordeste (UFBA e UNEB) e da região sudeste (UFSCAR) através da interação entre docentes e da realização de pesquisas em tema de interesse comum aos diversos Programas de Pós-graduação envolvidos no projeto. Este projeto de pesquisa tem a intenção de dar continuidade às atividades do incipiente Grupo de Pesquisadores da cadeia produtiva de Compósitos Poliméricos com Fibras Vegetais Naturais dentro do contexto do Projeto Fênix Amazônico, o qual é ativo desde 2006. A consecução da presente proposta contribuirá decisivamente para a consolidação dos programas de Pós-Graduação envolvidos no projeto de colaboração acadêmica. Todos os programas envolvidos apresentam como alvo em suas linhas de pesquisa o desenvolvimento de nanobioprodutos através da busca de um desenvolvimento auto-sustentável para a transformação destas matérias primas em produtos de alto valor agregado. Aliado a este aspecto, os Programas de Pós-Graduação contemplam temas de pesquisa abordando nanobioprodutos. Durante o decorrer do projeto está previsto o desenvolvimento de 7 teses de doutorado na UFSCAR e no exterior, o desenvolvimento de 7 pós-doutorados de docentes e pesquisadores, além de 6 dissertações de mestrado e 5 trabalhos de iniciação científica, resultando assim na formação de pesquisadores com experiência em desenvolvimento de processos nanobiotecnológicos. Isso enfatiza o forte caráter de formação de recursos humanos qualificados na região nordeste em temas atuais e de relevância científica e tecnológica para o país, e conseqüentemente o desenvolvimento regional também será fortalecido. A consolidação de Programas de Pós-Graduação da região Nordeste do País contribuirá para minimizar as desigualdades regionais neste quesito.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice Izabel Druzian - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes biodegradáveis com dispositivos de liberação controlados para aplicação, principalmente para alimentos, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada... , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes biodegradáveis com dispositivos de liberação controlados para aplicação, principalmente para alimentos, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada... , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Luciane Santos Sousa - Integrante / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes biodegradáveis com dispositivos de liberação controlados para aplicação, principalmente para alimentos, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada... , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Luciane Santos Sousa - Integrante / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes biodegradáveis com dispositivos de liberação controlados para aplicação, principalmente para alimentos, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada... , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Luciane Santos Sousa - Integrante / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Desenvolvimento de filmes biodegradáveis com dispositivos de liberação controlados para aplicação, principalmente para alimentos, Descrição: Chamada Nº 48/2013 MCTI/CT-AGRONEGÓCIO/CT-AMAZÔNIA/CNPq / LINHA 2: Agroecologia. A tecnologia de feromônio para o controle biológico de pragas permite a redução ou até mesmo eliminação de defensivos químicos, reduzindo o nível de intoxicações de trabalhadores rurais, poluição ambiental e o teor de resíduos químicos nos produtos agrícolas, além de contribuir para o aumento de sua produtividade. O rincoforol é um feromônio de agregação que tem sido usado com sucesso para o controle do besouro Rhynchophorus palmarum, uma praga que traz prejuízos significativos para a cocoicultura, uma das mais importantes culturas agrícolas do Norte e Nordeste brasileiro. Para o emprego dessa tecnologia existe a necessidade de dispositivos que libere o feromônio por longos períodos em uma velocidade adequada durante toda a estação de crescimento, enquanto os insetos adultos estão presentes. Os zeólitos foram apontados como materiais eficientes para serem utilizados como carreadores de feromônio devido às características de sua estrutura. Entretanto, apesar de seu grande potencial como dispositivo de liberação prolongada de feromônios, para que sua comercialização seja viável, estes suportes precisam ser armazenados em embalagens primárias, uma vez que fisicamente são pós cristalinos. Nesse contexto, a utilização de filmes biodegradáveis elaborados à base de amido e blendas biodegradáveis representa uma alternativa exequível para a embalagem requerida, pois apresenta duas características essenciais necessárias: porosidade modulável e degradabilidade. Assim, o aumento do período de atividade do feromônio permitirá a troca da isca em intervalos de tempo maiores facilitando a aceitação de um produto ambientalmente amigável e de menor custo pelo agricultor. Estudos prévios mostraram a viabilidade de alguns sistemas zeolíticos em relação à estabilidade do rincoforol. No entanto, estudos de cinética de liberação a partir desses materiais, tanto in vitro quanto no campo devem ser realizados para a definição das melhores condições de impregnação do feromônio. A literatura científica também dispõe de resultados promissores em relação ao desenvolvimento de filmes biodegradáveis com aplicação, principalmente, em alimentos. Assim, a avaliação desses materiais, através de uma ampla caracterização e estudos de estabilidade e permeabilidade ao feromônio é necessária para a determinação de sua funcionalidade como embalagem primária de dispositivos de liberação prolongada... , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Janice I. Druzian - Coordenador / Luciane Santos Sousa - Integrante / Ingrid Graça Ramos - Integrante / Jaff da Silva Ribeiro - Integrante.

  • 2015 - Atual

    INCT MIDAS, Tecnologias Ambientais Para a Valoração de Resíduos e Materiais Renováveis, Descrição: O INCT Midas, coordenado por Rochel Montero Lago da UFMG, é um projeto dentro do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia do CNPq que tem como objetivo o desenvolvimento de ciência aplicada nas áreas de química, engenharia, materiais e processos que gerem tecnologias ambientais de alto potencial aplicado para a valoração de resíduos e materiais renováveis. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Jania Betânia Alves da Silva - Integrante / Druzian, Janice I. - Coordenador / BRETAS, ROSÁRIO ELIDA SUMAN - Integrante / LUCAS, ALESSANDRA ALMEIDA - Integrante / Assis, Denilson de Jesus - Integrante / Rochel Montero Lago - Integrante / Regina de Fatima Peralta Muniz Moreira - Integrante / Jéssica Carvalho - Integrante / Márcio César Pereira - Integrante / Papa Matar Ndiaye - Integrante / Raimundo Kennedy Vieira - Integrante / Vivian Stumpf Madeira - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Inventor 2019- Categoria Inventor Nacional, UFRB.

2018

Professora homenageado pelos formandos 2018.1, UFRB.

2017

Professora homenageado pelos formandos 2017.1, UFRB.

2014

1 lugar no concurso Ideias Inovadoras 2013, Fapesb.

2013

Prêmio Inventor UFBA na categoria inventor nacional, Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT-UFBA).

2011

INVENTOR UFBA na categoria Inventor nacional, NIT- Núcleo de inovação Tecnológica -UFBA.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CETEC. , Rua: Rui Barbosa, 710, Centro, 41170970 - Cruz das Almas, BA - Brasil, Telefone: (75) 36214314

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - Atual

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor D.E - Dep. Engenharia Mecânica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2013 - Atual

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjundo II, Carga horária: 40, Regime: DE, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Enquadramento Funcional: Professor D.E - Colegiado de Engenharia Mecânica, Carga horária: 40, regime: Dedicação exclusiva; Ensino: Engenharia Mecânica, Nível: Graduação Disciplinas: Ciência e e Tecnologia dos Materiais Ensaios Mecânicos Materiais Poliméricos Materiais Avançados materiais de Construção Mecânica

2016 - 2016

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjundo II, Carga horária: 40, Regime: DE, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
2016 - Substituta Eventual da Direção do Centro Ciência Exatas e Tecnológicas ? CETEC - UFRB, no exercício de 2016, portaria n 79, de janeiro de 2016.

2015 - 2016

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjundo I I, Carga horária: 40, Regime: DE, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
2015 ? 2016 - Coordenadora do Curso de Engenharia Mecânica, portaria n 572, de julho de 2015.

2014 - 2015

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjundo I I, Carga horária: 40, Regime: DE, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
2014 ? 2015 - Vice - Coordenadora do Curso de Bacharelado em Ciência Exatas e Tecnológicas - BCET, portaria n 783, 27 de outubro de 2014.

2012 - 2013

Universidade Salvador

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 33

2012 - 2012

Faculdade Metropolitana de Camaçari

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor nivel superior, Carga horária: 6

2005 - 2006

Politeno Industria e Comercio S/A

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Desenvolvimento e Assistência Técnica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Auxilio no tratamento de reclamações de clientes; Participação no desenvolvimento de novos grades das resinas em geral; Acompanhamento da performance do Produto e do processo durante a produção; Treinamento em técnicas de caracterização mecânicas, térmicas e em GPC, HPLC, GC e Raio -X.

2010 - 2010

SENAI - Departamento Regional da Bahia

Vínculo: Prestador de serviço, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 10

Outras informações:
disciplina: Estrutura e propriedades de materiais de construção

2009 - 2009

SENAI - Departamento Regional da Bahia

Vínculo: Prestador de serviço, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 10

Outras informações:
disciplina: Estrutura e propriedades de materiais de construção.

2006 - 2006

SENAI - Departamento Regional da Bahia

Vínculo: Prestação de serviço, Enquadramento Funcional: Docente - Meteriais plásticos e borrachas, Carga horária: 40

2006 - 2006

SENAI - Departamento Regional da Bahia

Vínculo: Prestador de serviço, Enquadramento Funcional: Docente- Química Básica, Carga horária: 40

2006 - 2007

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia

Vínculo: Bolsista Inovação Tecnologia 3, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 32, Regime: Dedicação exclusiva.