Carlos Augusto de Negreiros

Possui Graduação em TEOLOGIA - Seminário Presbiteriano do Sul (1986), Graduação em LETRAS E LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA (2007) e Mestrado em LITERATURA, área de concentração Teoria Literária pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Tem experiência na área profissional administrativa e comercial de mais de 15 anos em empresas do setor tecnológico. Experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa; experiência no ensino de Literatura e Língua Portuguesa em curso pré-vestibular (Cedep, 2010-2011), Produção Textual Acadêmica, Literatura Brasileira e Portuguesa no ensino superior (UFSC, 2011-2013), Literatura Portuguesa no EaD (UFSC, 2013) e Língua Portuguesa no ensino fundamental (EBM Henrique Veras, 2014), além de revisão de textos. Foi professor EBTT (dedicação exclusiva) no Instituto Federal do Paraná (IFPR), câmpus Uniao da Vitória, 2016-2017. Atualmente, é Professor EBTT, Dedicação Exclusiva, no Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), câmpus Bambuí.

Informações coletadas do Lattes em 29/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Programa de Pós-graduação em Literatura

2009 - 2011

Universidade Federal de Santa Catarina
Título: De Atenas a Vila Rica: ressignificações do mito de Fedra,Ano de Obtenção: 2011
Helena Heloisa Fava Tornquist.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: mito; trágico; intertextualidade; tragédia; romance.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesSetores de atividade: Educação.

Graduação em LETRAS E LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

2002 - 2007

Universidade Federal de Santa Catarina

Graduação interrompida em 1992 em PSICOLOGIA

1988 - Interrompido

Universidade Federal de Santa Catarina
Ano de interrupção: 1992

Graduação em Teologia

1983 - 1986

Seminário Presbiteriano do Sul

Curso técnico/profissionalizante

1978 - 1980

Escola Municipal Frei Osmar Dirks

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Língua Portuguesa.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

NEGREIROS, C. A. ; NEGREIROS, Carlos Augusto de . Cineclubes Livres - Mostra de curta-metragens. 2017. (Exposição).

NEGREIROS, Carlos Augusto de . Seminário internacional Fazendo Gênero 9. 2010. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

3a MIPEEC - Mostra de Inovação, Pesquisa, Ensino, Extensão. Variedades linguísticas no Brasil. 2017. (Exposição).

CINECLUBES LIVRES - Mostra de curta-metragens. Coordenação da Mostra de curta-metragens - Cineclubes Livres -DIEXT-PROEPI. 2017. (Exposição).

Formação continuada para professores de língua portuguesa do Núcleo Regional de Educação de União da Vitória da.União da Vitória - Marcas e Encantos (Oficina de Crônicas). 2017. (Oficina).

VI Sepin - Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação.As variedades linguísticas no Brasil. 2017. (Seminário).

VI Sepin - Seminário de Extensão, Ensino, Pesquisa e Inovação.Avaliação de trabalhos apresentados no Seminário. 2017. (Seminário).

Formação continuada para professores de língua portuguesa e matemática e salas de apoio à á aprendizagem: Reflexões sobre prática docente. 2016. (Outra).

I ELEM - Encontro de línguas estrangeiras modernas. 2016. (Encontro).

II ENTEC - Encontro de Tecnologia da Informação do IFPR - Campus União da Vitória. 2016. (Encontro).

Revisitando o PROEJA: frutos, lutas e perspectivas. 2016. (Seminário).

A Internacionalização da Língua Portuguesa: Concepções e Ações. 2013. (Outra).

Colóquio Helder Macedo: escritor de fronteiras - Conferência "Luís de Camões, o testemunho das cartas". 2010. (Outra).

Colóquio Hélder Macedo: escritor de fronteiras - Mesa redonda "Três vezes Hélder Macedo: escritas em diálogo. 2010. (Outra).

Curso de Literatura Comparada: Tendências clássicas e diretrizes atuais. 2010. (Outra).

Seminário internacional Fazendo Gênero 9. 2010. (Seminário).

XII Encontro da Abralic. 2010. (Encontro).

100 anos de Futurismo: do italiano ao português. 2009. (Congresso).

A proibição do incesto: crítica a Françoise Héritier - A antropologia social pode ser diluída na antropologia do simbólico?. 2009. (Outra).

Entrevista.Entrevista com Augusto de Negreiros. 2009. (Outra).

I Simpósio Internacional de Literatura Juan Carlos Onetti: os anos de Onetti na Espanha. 2009. (Simpósio).

Lançamento coletivo de livros.Lançamento do livro na III Semana de Letras, UFSC, CCE, anexo B, em 28 de maio de 2009. 2009. (Encontro).

Lançamento de livro.Lançamento do livro - Livraria Livros e Livros, em 30/04/2009. 2009. (Outra).

Lançamento de livro.Escritor cidadão são-lourenciano - Casa da Cultura de São Lourenço, 26/12/2009. 2009. (Outra).

Mesa Redonda.Mesa redonda com os escritores Maicon Tenfen, Emanuel Medeiros Vieira e Augusto de Negreiros. 2009. (Encontro).

Seminário Travessias: encontro de escritores atlânticos. 2005. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Vanessa Daniele de Moraes

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Passagens abjetas. 2011. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Josiane Costa Valeriano

NEGREIROS, Carlos Augusto de. O teatro brasileiro e a vida encantada. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Bairon Oswaldo Vélez Escallón

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Grande Sertão: Veredas: Uma epopéia da escrita. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Victor da Rosa

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Segunda escrita:. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Filipe Marchioro Pfutzenreuter

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Cristo na literatura do século XX: a personagem literária de Sabino, Mailer, Saramago e Lenero. 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Josué Chaves

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Versões e reverberações do sagrado em Júlio de Queiroz. 2009. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Rafael Soares Duarte

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Watchmen: vazios, tragédia e poesia visual moderna. 2009. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: José Carlos Mariano do Carmo

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Uma leitura benjaminiana da narrativa de Lima Barreto. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: CECÍLIA MARIA DA CUNHA

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Vivências em retalhos: um ensaio sobre a crônica de Raquel de Queiroz nas páginas de O Cruzeiro (anos 50). 2011. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Eleonora Frenkel Barreto

NEGREIROS, Carlos Augusto de. A paisagem da sarabanda infernal [águas-fortes goyescas de R. Arlt]. 2011. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Débora Cota

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Em trans: leituras latino-americanas do presente e o estatuto da literatura. 2010. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Roger Miguel Sulis

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Tradução de esboços & esboços de tradução: poemas inacabados de Konstantinos Kaváfis. 2010. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Marcelo Mendes de Souza

NEGREIROS, Carlos Augusto de. A formação do ídolo: O escritor em O Movimento Literário e a Vida Literária no Brasil-1900". 2010 - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Silvana de Gaspari

NEGREIROS, Carlos Augusto de. Convergências literárias: as visões do paraíso nos textos apócrifos de Enoque e Isaías e na Divina Comédia. 2010. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Sabatha Catoia Dias

NEGREIROS, Carlos Augusto de. O processo de construção de sentidos na leitura: um ensaio de mediação didática na formação da proficiência na compreensão leitora. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em LETRAS E LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Evandro Rodrigues

NEGREIROS, Carlos Augusto de. A Cosmogonia selvagem d'el astronauta paraguayo. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em LETRAS E LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Vanessa Daniele de Moraes

NEGREIROS, Carlos Augusto de. O cheiro do ralo e outros restos lixeirários. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em LETRAS E LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA) - Universidade Federal de Santa Catarina.

NEGREIROS, Carlos Augusto de; KUSMA, M. R. G.; FREY, R. M.. PSS - Processo Seletivo Simplificado (Biologia). 2017. Instituto Federal do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

José Ernesto de Vargas

Tornquist, Helena Heloisa Fava;VARGAS, J. E.; Ramos, Tânia Regina Oliveira. De Atenas a Vila Rica: algumas reescrituras do mito de Fedra. 2010. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduação em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Tania Regina Oliveira Ramos

TORNQUIST, Helena;RAMOS, T. R. O.; Vargas, J. E.. De Atenas a Vila Rica: algumas reeswcriturasd do Mito de Fedra". 2010. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Helena Heloísa Fava Tornquist

De Atenas a Vila Rica - ressignificações do mito de Fedra; 2011; Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduação em Literatura) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Helena Heloisa Fava Tornquist;

Denise Aparecida Moser

Estágio Curricular Supervisionado de Língua Portuguesa; 2007; Orientação de outra natureza; (Abi - Letras Língua Portuguesa) - Universidade Federal de Santa Catarina; Orientador: Denise Aparecida Moser;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • NEGREIROS, Carlos Augusto de . Entre a realidade e o sonho: uma leitura de "Tabacaria" de Fernando Pessoa e sua relação com o Eclesiastes. Revista Crioula (USP) , v. 000, p. 04/1-04/22, 2010.

  • NEGREIROS, Carlos Augusto de . Modernidade. Revista Litteris , v. Único, p. Nr 3, 2009.

  • NEGREIROS, Augusto de ; NEGREIROS, Carlos Augusto de . João, papéis e outras estórias. 1a. ed. Florianópolis-SC: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina, 2009. v. 1. 106p .

  • NEGREIROS, Carlos Augusto de . Lançamento do livro. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • NEGREIROS, Carlos Augusto de . Lançamento de livro. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

NEGREIROS, Carlos Augusto de . Mapeamento de Recursos Humanos e Cursos de TIC - Santa Catarina - 2a edição. 2012.

NEGREIROS, Carlos Augusto de . A configuração do trabalho e do trabalhador no romance brasileiro: profissões em destaque em José de Alencar. 2017. (Relatório de pesquisa).

NEGREIROS, Carlos Augusto de . Lançamento de livro. 2009.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - 2017

    As mulheres na literatura: escrevendo sob pseudônimos, Descrição: O trabalho foi realizado no IFPR, campus de União da Vitória no ano de 2017. A pesquisa procurou fazer um levantamento de mulheres que escreveram textos literários utilizando-se de pseudônimos; foram encontrados 15 nomes de escritoras brasileiras do século XIX e século XX. Também foi realizada uma pesquisa estatística no site da Biblioteca Nacional a fim de se fazer um levantamento dos percentuais de publicações literárias de autoria feminina no século XX. Além disso, foi feita uma pesquisa com alunos do ensino fundamental e médio de escolas públicas e particulares de União da Vitória, no intuito de se ter um perfil dos leitores no que diz respeito à leitura de textos literários de autoria feminina. O trabalho foi feito com a participação de três alunas do 1o ano do Curso Técnico de Informática Integrado ao Ensino Médio (IFPR, campus União da Vitória),. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carlos Augusto de Negreiros - Coordenador / Beatriz Heimoviski - Integrante / Ana Rockemback - Integrante / Thawany Nicolin - Integrante.

  • 2016 - Atual

    A configuração do trabalho e do trabalhador no romance brasileiro: profissões em destaque em José de Alencar, Descrição: Partindo do pressuposto de que o trabalho ainda é uma categoria central nas relações humanas, a pesquisa elege como objetivo principal mostrar como o trabalho (relações de produção) e o trabalhador brasileiro são configurados em textos do Romantismo brasileiro e se essa centralidade do trabalho está ou não presente nesses textos. O objeto de estudo são os romances ditos urbanos e regionalistas do escritor cearense José de Alencar. Como expoente da prosa romântica no Brasil do século XIX, Alencar tem a pretensão de recriar ficcionalmente o país; para isso abarca em seus romances tanto a vida no interior quanto na capital do Segundo Império. Pretende-se mostrar de que maneira o escritor faz tal recriação e qual o grau de fidelidade ao Brasil do século XIX no que diz respeito às relações de trabalho. Historicamente, no século XIX, o país ainda depende de uma economia agrária de exportação, mas já presencia o incremento do comércio, o povoamento das cidades, bem como o surgimento de novas profissões, de maior ou menor prestígio social; além disso, convive com a grande massa de trabalhadores escravos. Como objetivo secundário, dentre outros, pretende-se analisar como a subjetividade desses trabalhadores aparece nos textos selecionados para estudo, ou seja, se há espaço para manifestações subjetivas por parte dos trabalhadores que aparecem na obra ficcional de José de Alencar. A pesquisa é do tipo exploratório e o procedimento técnico é o da pesquisa bibliográfica. A metodologia é dialética: procura verificar como a História e a Sociologia do trabalho se mostram no texto ficcional, ou seja, este não é visto como autônomo em relação aos fatos históricos e sociais, não é mera ?representação? do real mas também dele não pode prescindir. Dessa relação dialética entre Literatura e Sociedade objetiva-se chegar a uma síntese que mostre a recriação artística do trabalho e do trabalhador nos textos românticos de José de Alencar e que relações se pode fazer com a subjetividade dos trabalhadores contemporâneos. Estudos de Teoria e História da Literatura bem como de História Econômica e Sociologia das Profissões serão utilizados como suporte teórico. Palavras-chave: Romantismo. Romance. José de Alencar. Trabalho. Escravidão.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carlos Augusto de Negreiros - Coordenador / Vitor Marcos Gregório - Integrante / Cybelle Martins de Lara Cardozo - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2008

Medalha de honra ao mérito, Universidade Federal de Santa Catarina.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Federal Minas Gerais, Instituto Federal de Minas - campus Bambuí. , Rod. Bambuí-Medeiros, Km 05, Cx Postal 05, Faz. Varginha, 38900000 - Bambuí, MG - Brasil, Telefone: (37) 34314900

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2016 - 2018

Instituto Federal do Paraná

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2011 - 2013

Universidade Federal de Santa Catarina

Vínculo: Professor substituto, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Outras informações:
Professor de Produção Textual Acadêmica, Redação Empresarial, Literatura Brasileira e Literatura Portuguesa.

2002 - 2011

Universidade Federal de Santa Catarina

Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante

Atividades

  • 03/2012

    Ensino, LETRAS E LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Portuguesa III, Literatura Brasileira II

  • 09/2011

    Ensino, PSICOLOGIA, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Produção Textual Acadêmica I

  • 09/2011

    Ensino, Ciências Contábeis, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Produção Textual Acadêmica I

  • 09/2011

    Ensino, Administração, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Redação Empresarial

  • 09/2011

    Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Produção Textual Acadêmica I

2011 - 2011

Centro Cultural Escrava Anastácia

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Voluntário, Carga horária: 1

Outras informações:
Prestação de serviço voluntário no ofício de Professor de Literatura Brasileira para o Pré-vestibular da Cidadania, entidade que presta serviços educacionais a estudantes e ex-estudantes de baixa renda, oriundos da rede de ensino público da grande Florianópolis. Aulas ministradas entre os dias 28 de fevereiro e 19 de dezembro de 2011 totalizando 42 h/a.

2010 - 2010

Centro Cultural Escrava Anastácia

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Voluntário, Carga horária: 1

Outras informações:
Prestação de serviço voluntário no ofício de Professor de Literatura Brasileira para o Pré-vestibular da Cidadania, entidade que presta serviços educacionais a estudantes e ex-estudantes de baixa renda, oriundos da rede de ensino público da grande Florianópolis. Aulas ministradas entre os dias 01 de março e 21 de dezembro de 2010 totalizando 37 horas/aula.

Atividades

  • 04/2011

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Literatura Brasileira

2014 - 2014

Escola Básica Municipal Henrique Veras - Florianópolis

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto (ACT), Carga horária: 40

2018 - Atual

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.