Anna Maria Sales

Possui graduação em medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestrado em Medicina (Dermatologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999) e Doutorado em Saúde Pública pelo Instituto de Medicina Social (IMS-UERJ) em 2011. Atualmente é pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Dermatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: hanseníase, estados reacionais, tratamento, reação reversa e incapacidades físicas e epidemiologia.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Saúde Coletiva

2007 - 2011

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: Controle da Hanseníase: Detecção precoce através do exame de contatos e avaliação do tratamento dos pacientes submetidos a 12 doses da poliquimioterapia (PQT/OMS).
Orientador: Maria Lucia Fernandes Penna

Mestrado em Medicina (Dermatologia)

1995 - 1999

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Parâmetros Séricos de Reatividade Imunológica na Reação Reversa Hansênica,Ano de Obtenção: 1999
Orientador: Euzenir Nunes Sarno e Antônio Carlos Pereira Junior
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Hanseníase; Reação Reversa; imunologia.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Dermatologia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Dermatologia / Especialidade: Hanseníase. Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Populações Humanas.

Especialização - Residência médica

1992 - 1994

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Residência médica em: DermatologiaNúmero do registro: . Bolsista do(a): Ministério da Educação e Cultura, MEC, Brasil. Grande área: Ciências da Saúde

Especialização - Residência médica

1991 - 1992

Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro
Residência médica em: Clínica Médica -1 anoNúmero do registro: . Bolsista do(a): Ministério da Educação e Cultura, MEC, Brasil. Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica.

Graduação em medicina

1984 - 1990

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Introduction to the principles and practice of cli. (Carga horária: 40h). , National Institutes of Health, NIH, Estados Unidos.

2013 - 2013

Sistema de Gestão da Qualidade em Pesquisa Clínica. (Carga horária: 16h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2013 - 2013

Suporte Básico de Vida. (Carga horária: 8h). , Sociedade Brasileira de Cardiologia, SBC, Brasil.

2012 - 2012

Treinamento em Boas Práticas Clínicas. (Carga horária: 5h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2004 - 2004

Aperf em Tec de Análise de Dados para Lab de Ref.. (Carga horária: 210h). , Escola Nacional de Saude Pública, ENSP, Brasil.

1995 - 1995

Noções Básicas de Epidemiologia. , Instituto de Pesquisa Evandro Chagas, IPEC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Dermatologia.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Dermatologia/Especialidade: Hanseníase.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SALES, A. M. ; PIRES, A. P. ; BOCLIN, K. ; ALFANO, B. ; MARQUES, C. ; CAVALCANTI, F. . III Simpósio de Pesquisa do Instituto de Medicina Social UERJ. 2008. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

ENL Workshop.ENLIST Quality of Life - Fiocruz - RJ. 2015. (Encontro).

1 TeraRio. 2014. (Encontro).

XX Congresso Ibero Latinoamericano de Dermatologia. 2014. (Congresso).

18th International Leprosy Congress. EVALUATION OF MULTIBACILLARY PATIENTS ADMINISTERED ALTERNATIVE MULTIDRUG THERAPY. 2013. (Congresso).

67 Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Eficácia da Poquimioterapia Padrão OMS: Evidências Atuais e Perspectivas. 2012. (Congresso).

Campanha de Detecção de Casos de Hanseníase.Campanha de Detecção de Casos de Hanseníase. 2012. (Outra).

Campanha Nacional contra a Hanseníase.Campanha Nacional contra a Hanseníase. 2012. (Encontro).

ENL Workshop.ENL reaction among patients treated at the leprosy outpatient clinic of Oswaldo Cruz Foundation. 2012. (Seminário).

Congresso da Associação dos Ex Alunos do Preof Azulay. 2011. (Congresso).

VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia. Avaliação da Evolução das Incapacidades Físicas pela Hanseníase Após a Alta da Poliquimoterapia (PQT/OMS) com 12 doses: Análise de Sobrevida. 2011. (Congresso).

65 Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 2010. (Congresso).

Reunião Anual de Hanseníase. 2010. (Outra).

11 Congresso Brasileiro de HAnsenologia. Fatores associados ao adoecimento em contatos de pacientes com hanseníase. 2008. (Congresso).

4 Derma Rio. 2008. (Encontro).

III Seminário de Pesquisa do Instituto de Medicina Social-UERJ.Poliquimioterapia nos pacientes com hanseníase multibacilar tratados com o esquema OMS/12 doses-avaliação da carga bacilar, frequência das reações e alterações neurológicas. 2008. (Seminário).

XVIII CONGRESSO MUNDIAL DE EPIDEMIOLOGIA. Perfil dos pacientes de um Ambulatório Referência Nacional para hanseníase. 2008. (Congresso).

3 Encontro de Dermatologia - DERMARIO.3 Encontro de Dermatologia - DERMARIO. 2006. (Encontro).

42ª Reunião Triangular de Dermatologia.42ª Reunião Triangular de Dermatologia. 2006. (Outra).

Bienal de Pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz.Eficácia da Pentoxifilina no tratamento da reação tipo II hansênica. 2006. (Outra).

Congresso Brasileiro de Hanseníase. 10 Congresso Brasileiro de Hanseníase. 2005. (Congresso).

Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 60 Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 2005. (Congresso).

Jornada Fluminense de Terapêutica Dermatológica.II Jornada Fluminense de Terapêutica Dermatológica. 2005. (Outra).

2 Simpósio Brasileiro de Hansenologia.2 Simpósio Brasileiro de Hansenologia. 2004. (Simpósio).

Curso de Aperfeiçoamento em Técnicas de Análise de dados para Laboratório de Referência em Vigilância em Saúde.Curso de Aperfeiçoamento em Técnicas de Análise de dados para Laboratório de Referência em vigilância em Saúde. 2004. (Outra).

Reunião Triangular de Dermatologia.40ª Reunião Triangular de Dermatologia. 2004. (Outra).

58° Congresso Brasileiro de Dermatologia. 58° Congresso Brasileiro de Dermatologia. 2003. (Congresso).

16th International leprosy Congress. 16 th International Leprosy Congress. 2002. (Congresso).

38ª Reunião Triangular de Dermatologia.38ª Reunião Triangular de Dermatologia. 2002. (Outra).

Encontro de Dermatologia DERMARIO.Encontro de Dermatologia DERMARIO. 2002. (Encontro).

III Bienal de Pesquisa / I Mostra de Ensino da FIOCRUZ.III Bienal de Pesquisa / I Mostra de Ensino da FIOCRUZ. 2002. (Outra).

37ª Reunião Triangular de Dermatologia.37ª Reunião Triangular de Dermatologia. 2001. (Outra).

39 Congresso Científico do Hospital Universitário Pedro Ernesto. 39 Congresso Científico do Hospital Universitário Pedro Ernesto. 2001. (Congresso).

56 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 56 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 2001. (Congresso).

XXXVII Congresso da Sociedade Brasileira de MEdicina Tropical. M.leprae_HIV co-infection. Patterns of immune response in vivo and in vitro. 2001. (Congresso).

XXXVII Congresso da Sociedade Brasileira de MEdicina Tropical. Anti-inflamatory drugs block cytokine m RNA accumulation in the skin and improve clinical conditions of leprosy reactional patients. 2001. (Congresso).

36ª Reunião Triangular de Dermatologia.36ª Reunião Triangular de Dermatologia. 2000. (Outra).

1 Simpósio Brasileiro de Hanseníase.1 Simpósio Brasileiro de Hanseníase. 1999. (Simpósio).

54 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 54 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 1999. (Congresso).

Annual meeting of the American Academy of Dermatology. Annual Meeting of the American Academy of Dermatology. 1998. (Congresso).

. IX Congresso da Associação Brasileira de Hansenologia - IV Congresso do Colégio de Hansenologia dos Países Endêmicos. 1997. (Congresso).

Curso de Prevenção de Incapacidades Físicas em Hanseníase.Curso de Prevenção de Incapacidades Físicas em Hanseníase. 1997. (Outra).

. 49 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 1994. (Congresso).

30ª Reunião Triangular de Dermatologia.30ª Reunião Triangular de Dermatologia. 1994. (Outra).

vi Curso de Câncer de Pele.VI Curso de Câncer de Pele. 1994. (Outra).

48 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 48 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 1993. (Congresso).

47 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 47 Congresso Brasileiro de Dermatologia. 1992. (Congresso).

47 Congresso Brasileiro de Dermatologia.Curso de Hansenologia. 1992. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Carolina de Andrade Stallone Judice

DURAES, S. M. B.;SALES, A. M.; COSTA, F. A. C.; Illarramendi X. Estudo observacional retrospectivo do perfil epidemiológico e clínico dos menores de 15 anos acometidos por hanseníase diagnosticados em serviço de referência no Rio de Janeiro no período de 1987 a 2018. 2020. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Eleite Reis da Cruz Gameiro

CRUZ, A. M.; Souza, CTV;SALES, A. M.; Duppre N. C.; MUTIS, M. C. S.. A adesão ao tratamento antirretroviral durante a gestação e após o parto em mulheres acompanhadas no Hospital Geral de Nova Iguaçu. 2016. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Mauro Carvalho e Silva

SALES, A. M.; OLIVEIRA, R. V. C.; HOKERBERG, Y. H. M.. Situação Epidemiológica das Recidivas em Hanseníase no Piaui, 2009 a 2013. 2015. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Tânia Rdrigues Furtado

SALES, A. M.; HOKERBERG, Y. H. M.; OLIVEIRA, R. V. C.. Qualidade de vida de indivíduos com hanseníase em Teresina-Pi: Estudo Comparativo. 2015. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Mariana França da Cunha e Silva

NERY, JOSÉ AUGUSTO; COUTINHO, R. B. G. A.; Düppre, Nádia C.; ILLARRAMENDI, X.;Sales, Anna Maria. Relação entre a irregularidade do tratamento poliquimioterápico e a ocorrência de episódios reacionais em pacientes com hanseníase. 2014. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Roberta Faria Lemos

BOZZA, F. A.; SILVA, G. M. S.;SARNO, E. N.; Nery, Jose Augusto C.; OLIVEIRA, M. L. W.;SALES, A. M.. Avaliação dos pacientes com hanseníase multibacilar submetidos ao esquema terapêutico substitutivo. 2013. Dissertação (Mestrado em Pesquisa Clinica em Doenças Infecciosas) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Raquel Rodrigues Barbieri

BOZZA, F. A.; MIRANDA, A. M.; GALHARDO, M. C. G.;SANTOS, A. R.; ROCHAEL, M. C.;Antunes, SLGSALES, A. M.. Diagnóstico da hanseníase paucibacilar com lesão única. 2013. Dissertação (Mestrado em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas) - Instituto de Pesquisa Evandro Chagas.

Aluno: Patricia Elizabeth Pignataro

Gutierrez, Maria Clara; PIMENTEL, M. I. F.; MIRANDA, A. M.;Sales, Anna Maria. Avaliação do diagnóstico histopatológico da hanseníase paucibacilar considerando a resposta terapêutica a dapsona. 2013. Dissertação (Mestrado em Pesquisa Clinica em Doenças Infecciosas) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Pedro Jose Secchin de Andrade

Sales, Anna Maria; Rodrigues, Marcia Jardim; AZULAY-ABULAFFA, L.; Hacker, MAVB; NERY, JOSÉ AUGUSTO. A gravidade dos episódios de reação reversa em pacientes coinfectados pelo vírus da imunodeficiência humana e pela Mycobacterium leprae. 2013. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Maria Cristina Cardoso de Mendonça

AARESTRUP, B. J. V.;SALES, A. M.; NOGUEIRA, M. C. M.; CARVALHO, M. T. F.. Peeling de fenol pontuado no tratamento de fotoenvelhecimento: estudo histopatológico e imunohistoquímico. 2013.

Aluno: Karla Lucena Sampaio Calado

DURAES, S. M. B.; BUHRER-SEKULA, S.; MAGNANINI, M. M. F.; Pessolani, MCV; MISSAILIDIS, S.;Sales, Anna Maria; PIMENTEL, M. I. F.. Positividade sorológica com ML Flow em profissionais da saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). 2013. Tese (Doutorado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Vinicius Martins de Menezes

NERY, J. A. C.; Gutierrez, Maria Clara; PINHEIRO, R. O.; Hacker, MAVB;Sales, Anna M.. Avaliação epidemiológica, clínica e imunipatológica da reação reversa em pacientes coinfectados pelo vírus de imunodeficiiência humana e o Mycobacterium leprae. 2013. Tese (Doutorado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Tânia Rodrigues Furtado

Sales, Anna Maria; HOKERBERG, Y. H. M.; OLIVEIRA, R. V. C.. Qualidade de vida de indivíduos com hanseníase em Teresina -PI: Estudo comparativo. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Epidemiologia das Doenças Transmissíveis) - Escola Nacional de Saude Pública.

Aluno: Mauro Carvalho e Silva

Sales, Anna Maria; HOKERBERG, Y. H. M.; OLIVEIRA, R. V. C.. Situação epidemiológica das recidivas em hanseníase no Piauí, 2009 a 2013. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Epidemiologia das Doenças Transmissíveis) - Escola Nacional de Saude Pública.

Aluno: Marcos Davi Gomes de Sousa

Sales, Anna Maria. Recidiva de hanseníase: Incidência e descrição de critérios clínicos e laboratoriais utilizados para o diagnóstico. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Maria Cristina Cardoso de Mendonça

AARESTRUP, B. J. V.;Sales, Anna M.; CASTANON, C. M. N.; CARVALHO, M. T. F.. Peeling de Fenol Pontuado no Tratamento do Fotoenvelhecimento: estudo histopatológico e imunohistoquímicoo. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Sales, Anna Maria; AZEVEDO, L. M. S.; POCKSTALLER, M. P.; MIRANDA, M. J. S.; NERY, JOSÉ AUGUSTO. Pesquisador em Saúde Pública Perfil: Dermatologia, saúde e trabalho. 2014. Fundação Oswaldo Cruz.

Sales, Anna Maria. Pesquisador em Saúde Pública Perfil Pesquisa Clínica das Leishmanioses. 2014. Fundação Oswaldo Cruz.

Sales, Anna Maria. Candidatos ao Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical. 2014. Fundação Oswaldo Cruz.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Joaquim Gonçalves Valente

SARNO, E. N.; Werneck G. L.;Valente, JG; Grossi MAF; PENNA MLF. Controle da Hanseníase: Detecção precoce através do exame de contatos e avaliação do tratamento dos pacientes submetidos a 12 doses de poliquimioterapia (PQT/OMS) [DT]. 2011. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social Uerj.

Joaquim Gonçalves Valente

PENNA MLF; Werneck G. L.; Oliveira M.L.V.R.;Valente, JG. Controle da Hanseniase: Deteccao precoce atraves do exame de contatos e avaliacao da recidiva e das incapacidades fisicas apos alta terapeutica dos pacientes submetidos a 12 doses de poliquimioterapia (PQT/OMS) [EQD]. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-graduação em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social Uerj.

Fátima de Barros Fonseca Alvarenga

ALVARENGA, F. B. F.. Parâmetros séricos de reativação imunológica na reação reversa. 1999. Dissertação (Mestrado em Medicina (Dermatologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Maria Aparecida de Faria Grossi

PENNA, M. L. F.; Sarno, EN; Werneck, GL; Valente, JG;GROSSI, M.A.F.. Controle da hanseníase: detecção precoce através do exame de contatos e avaliação do tratamento dos pacientes submetidos a 12 doses de poliquimioterapia (PQT/OMS). 2011. Tese (Doutorado em pós graduação em ciências médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Euzenir Nunes Sarno

SARNO, E. N.; Werneck, G. L.;PENNA, M. L. F.; Valente, J. G.; Grossi, M. A. F.. Controle da hanseníase: Detecção precoce através do exame de contatos e avaliação do tratamento dos pacientes submetidos a 12 doses de poliquimioterapia (PQT/OMS). 2011. Tese (Doutorado em Curso de Mestrado e Doutorado da UERJ) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Guilherme Loureiro Werneck

SARNO, E. N.;WERNECK, G; PENNA, M. L. F.; VALENTE, J.; GROSSI, M. A. F.. Controle da Hanseníase: Detecção precoce através do exame de contatos e avaliação do tratamento dos pacientes submetidos a 12 doses de poliquimioterapia (PQT/OMS). 2011. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social / UERJ.

Danuza de Almeida Esquenazi

Penna, ML; Grossi, MA;SARNO, E. N.; Valente, JG;ESQUENAZI, D.. Controle da Hanseníase: detecção precoce através do exame de contatos e avaliação do tratamento dos pacientes submetidos a 12 doses da poliquimioterapia.. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva - IMS) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Isabela Loureiro Martinelli

Análise da incidência da reação reversa em uma coorte de pacientes com hanseníase tratados com 12 e 24 doses de poliquimioterapia; Início: 2012; Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz; (Coorientador);

Larissa Caldeira Fernandes

Poliquimioterapia nos pacientes com hanseníase multibacilar tratados com esquema OMS/12 doses - avaliação do índice baciloscópico e grau de incapacidade; Início: 2013; Orientação de outra natureza; Fundação Oswaldo Cruz; (Orientador);

Isabela Loureiro Martinelli

Análise da incidência da reação reversa em uma coorte de pacientes com hanseníase multibacilar tratados com 12 e 24 doses de poliquimioterapia; 2015; Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz,; Coorientador: Anna Maria Sales;

Marcelo Rosandiski Lyra

Descrição epidemiológica das reações hansênicas em pacientes multibacilares submetidos a PQT/OMS de 12 doses fixas; 2004; Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz,; Coorientador: Anna Maria Sales;

Claudia Maria de Carvalho Furtado

Avaliação dos motivos de internação hospitalar de pacientes com hanseníase; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Anna Maria Sales;

Olívia Batista Fava

CO-INFECÇÃO (HANSENÍASE / HIV): ESTUDO DA PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES FÍSICAS DECORRENTES DOS ESTADOS REACIONAIS; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em medicina) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Anna Maria Sales;

Luciano Motta Maldonado

Frequência dos Estados Reacionais na Co-infecção Hanseníase/HIV; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Gama Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Anna Maria Sales;

Monica Barbosa Fialho

Estudo Comparativo dos Parâmetros Clínicos e Laboratoriais de Pacientes com Hanseníase Multibacilar, tratados com PQT, nos períodos de 12 e 24 doses; ; 2001; Iniciação Científica; (Graduando em medicina) - Universidade Iguaçu, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Anna Maria Sales;

Larissa Caldeira Fernandes

Poliquimioterapia nos pacientes com hanseníase multibacilar tratados com o esquema OMS/12 doses - Avaliação do índice baciloscópico e grau de incapacidade; 2014; Orientação de outra natureza; (Programa de Vocação Científica) - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio; Orientador: Anna Maria Sales;

Regiane Bronus Moraes Rigueira

Hanseníase em Contatos de Pacientes: Formas Clínicas & Carga Bacilar; ; 2013; Orientação de outra natureza; (Programa de Vocação Científica) - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio; Orientador: Anna Maria Sales;

Karine Maria Vieira da Silva

Características clínicas e epidemiológicas dos casos de hanseníase entre os contatos; 2011; Orientação de outra natureza - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio; Orientador: Anna Maria Sales;

Daniel Garbin Di Luca

Hanseníase: uma visão multidisciplinar; 2007; Orientação de outra natureza - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio; Orientador: Anna Maria Sales;

Taiane Alves Ribeiro Mendes

Programa de Vocação Científica; 2004; Orientação de outra natureza - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio; Orientador: Anna Maria Sales;

Ingrid Souza Ribeiro

Programa de Vocação Científica; 2004; Orientação de outra natureza - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio; Orientador: Anna Maria Sales;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Maria Lucia Fernandes Penna

Controle da Hanseníase: detecção precoce através do exame de contatos e avaliação do tratamento dos pacientes submetidos a 12 doses; 2011; Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social\ UERJ,; Orientador: Maria Lucia Fernandes Penna;

Maria Lucia Fernandes Penna

Resultados dos Tratamentos da hanseniase; 2006; Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social\ UERJ,; Orientador: Maria Lucia Fernandes Penna;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • DOS SANTOS, DAIANE SANTOS ; DUPPRE, Nádia Cristina ; SARNO, E. N. ; Pinheiro, Roberta Olmo ; SALES, A. M. ; Nery, José Augusto da Costa ; Moraes, Milton Ozório ; CAMACHO, LUIZ ANTÔNIO BASTOS . Chemoprophylaxis of leprosy with rifampicin in contacts of multibacillary patients: study protocol for a randomized controlled trial. Trials , v. 19, p. 244, 2018.

  • SALES-MARQUES, CAROLINNE ; CARDOSO, CYNTHIA CHESTER ; ALVARADO-ARNEZ, LUCIA ELENA ; ILLARAMENDI, XIMENA ; SALES, A. M. ; HACKER, MARIANA DE ANDRÉA ; BARBOSA, MAYARA GARCIA DE MATTOS ; Nery, José Augusto da Costa ; Pinheiro, Roberta Olmo ; SARNO, E. N. ; PACHECO, ANTONIO GUILHERME ; Moraes, Milton Ozório . Genetic polymorphisms of the IL6 and NOD2 genes are risk factors for inflammatory reactions in leprosy. PLoS Neglected Tropical Diseases , v. 11, p. e0005754, 2017.

  • SALES, A. M. ; Illarramendi X ; WALKER, STEPHEN L. ; WILLIAMS, D. L. ; SARNO, E. N. ; Nery JAC . The impact of Erythema Nosum Leprosum on health related quality of life in Rio de Janeiro. LEPROSY REVIEW , v. 88, p. 499-509, 2017.

  • Secchin-de-Andrade, PJ ; Hacker, M. A. V. B. ; SALES, A. M. ; Dalve-Garcia F ; NERY, J. A. C. ; Menezes VM ; SARNO, E. N. ; SARNO, E. N. . Corticosteroid therapy in borderline tuberculoid leprosy patients co-infected with HIV undergoing reversal reaction: a clinical study. Leprosy Review , v. 87, p. 516-525, 2016.

  • SCHMITZ, VERONICA ; PRATA, RHANA BERTO DA SILVA ; BARBOSA, MAYARA GARCIA DE MATTOS ; MENDES, MAYARA ABUD ; BRANDÃO, SHEILA SANTOS ; Amadeu, Thaís Porto ; Rodrigues, Luciana Silva ; FERREIRA, HELEN ; COSTA, FABRÍCIO DA MOTA RAMALHO ; DOS SANTOS, JESSICA BRANDÃO ; PACHECO, FABIANA DOS SANTOS ; MACHADO, ALICE DE MIRANDA ; Nery, José Augusto da Costa ; HACKER, MARIANA DE ANDREA ; SALES, A. M. ; Pinheiro, Roberta Olmo ; SARNO, E. N. . Expression of CD64 on Circulating Neutrophils Favoring Systemic Inflammatory Status in Erythema Nodosum Leprosum. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online) , v. 10, p. e0004955, 2016.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SALES, A. M. ; SABROZA, P. C. ; NERY, J. A. C. ; FIALHO, M. B. ; SAMPAIO, E. P. ; GALLO, M. E. N. ; SARNO, E. N. . Estudo comparativo das parâmetros clínicos e laboratoriais de pacientes com hanseníase multibacilar, tratados com PQT, nos períodos de 12 e 24 doses. 2001.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - Atual

    Identificação de marcadores imunológicos e metabólicos de infecção subclínica em contatos de pacientes com a forma multibacilar da hanseníase, Descrição: Estudos anteriores demonstraram que os contatos intradomiciliares de pacientes com hanseníase, apresentam uma chance doze vezes maior de adoecerem do que a população em geral, e que o risco é oito vezes maior em contatos de pacientes com a forma multibacilar da doença. A alta incidência da doença entre os contatos intradomiciliares torna a vigilância dos contatos uma medida profilática importante em áreas endêmicas. As normas brasileiras recomendam o exame dos contatos intradomiciliares de todos os casos novos de hanseníase detectados, bem como orientação quanto aos sinais e sintomas, período de incubação, aspectos ligados à transmissão, tratamento e cura. Recomendam também a aplicação da vacina BCG intradérmica, como importante medida preventiva. No entanto, a detecção de casos novos de hanseníase no Brasil, ainda se mantém em níveis acima do esperado. Estudos relatam que devido ao seu efeito mais demorado em comparação ao da quimioprofilaxia, a imunoprofilaxia poderia ser utilizada em populações de baixo risco para desenvolver a doença, enquanto a quimioprofilaxia seria usada em grupos de maior risco. A revisão sistemática do uso da quimioprofilaxia em contatos de hanseníase demonstrou uma redução entre 30% a 72% de casos novos entre os contatos. Os autores observaram também que a vacina BCG teria um efeito adicional em contatos que utilizaram a rifampicina, sugerindo mais estudos para avaliar melhor esta associação. Portanto, o objetivo do presente estudo avaliar o comportamento dos marcadores imunológicos e metabólicos indicativos de infecção subclínica no grupo de contatos de pacientes multibacilares dos contatos submetidos à quimioprofilaxia e vacinados com BCG intradérmico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Anna Maria Sales - Integrante / Euzenir Nunes Sarno - Coordenador / Milton Osório - Integrante / Mariana de Andrea Vilas Boas Hacker - Integrante / Marcia Jardim Rodrigues - Integrante / Thaís Porto Amadeu - Integrante / Roberta Olmo Pinheiro - Integrante / Nádia Crisitina Duppre - Integrante / José A C Nery - Integrante / Flavio Lara - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Reação tipo 2 da hanseníase (Eritema Nodoso Hansênico): morbidade e mortalidade, Descrição: O projeto em questão aborda o estudo retrospectivo da hanseníase que é uma doença infecciosa crónica causada pelo Mycobacterium leprae (M. Leprae)e que somente no ano de 2010 foram detectados a nível mundial, novos 228,474 casos de hanseníase. Sendo que os países mais atingidos em 2012 foram: India (134,752), Brasil (33,303) e Nepal (3,492). As reações tipo 1 atingem pacientes nas formas ?borderline? da doença, causando inflamação nas lesões cutâneas pré-existentes e neurite(6). As reações de tipo 2 ou eritema nodoso hansênico (ENH), atingem aproximadamente 10% dos doentes com a forma ?borderline? lepromatosa e 50% dos doentes com a forma polar lepromatosa(7). Como as reações ocorrem geralmente nos dois primeiros anos após o início da terapêutica e são frequentemente crónicas ou recorrentes. O paradoxo associado ao ENH é que pode ser uma doença potencialmente fatal e exige imunossupressão prolongada a qual pode ter também riscos para a vida do doente. Desta forma o estudo visa realizar uma observação retrospectiva dos dados pacientes registrados e acompanhados no Ambulatório Souza Araújo (ASA), Unidade ambulatorial do Laboratório de Hanseníase ou admitidos no Instituto de Pesquisa Evandro Chagas (IPEC), que apresentaram quadro de eritema nodoso hansênico (ENH), durante os últimos 5 anos Será com os dos pacientes de hanseníase.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Anna Maria Sales - Coordenador / Euzenir Nunes Sarno - Integrante / Rogério Valls de Souza - Integrante / Alice Machado Miranda - Integrante / NERY, JOSÉ AUGUSTO - Integrante / Diana Neves - Integrante / Tatiana Camilo Ribeiro de Senna - Integrante / Lilian Pinheiro - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Identificação de biomarcadores inatos e adaptativos da hanseníase e das reações por uma nova abordagem funcional e transcricional, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Euzenir Nunes Sarno em 04/10/2012., Descrição: A hanseníase é uma doença infecciosa crônica que afeta principalmente a pele e nervos periféricos. A hanseníase se manifesta segundo um espectro de formas clínicas resultante do grau de resposta imune celular desenvolvida por cada indivíduo contra o Mycobacterium leprae. Uma característica marcante da hanseníase é o desenvolvimento de episódios reacionais. Estes episódios podem ser definidos como manifestações clínicas resultantes de alterações no balanço imunológico entre o hospedeiro e o agente infectante, o M. leprae. Esses episódios agudos, que afetam principalmente pele e nervos, são a principal causa de morbidade e incapacidade da função do nervo periférico. Os episódios reacionais podem se apresentar durante o curso natural da doença, durante o tratamento e até mesmo após a alta, quando o paciente é considerado curado. Dois tipos de reações são conhecidos: a reação reversa (RR) ou reação tipo 1 que ocorre nos pacientes borderline, e o eritema nodoso hansênico (ENH) ou reação tipo 2, que ocorre nos pacientes multibacilares. O objetivo geral da nossa proposta é identificar novos biomarcadores no prognóstico e/ou diagnóstico precoce das reações da hanseníase.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Anna Maria Sales - Integrante / José Augusto da Costa Nery - Integrante / Euzenir Nunes Sarno - Coordenador / Milton Osório Moraes - Integrante / Roberta Olmo Pinheiro - Integrante / Eliane Barbosa de Oliveira - Integrante / Annemiek Geluk - Integrante / Thomas H M Ottenhoff - Integrante.

  • 2011 - Atual

    A coinfecção HIV/Mycobacterium leprae: aspectos clínicos e imunológicos envolvidos antes e durante os estados reacionais, Descrição: Avaliação clínica e imunopatológica dos estados reacionais da hanseníase em pacientes coinfectados pelo HIV e Mycobacterium leprae. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Anna Maria Sales - Coordenador / José Augusto da Costa Nery - Integrante / Euzenir Nunes Sarno - Integrante / Alice Machado Miranda - Integrante / Edson Albuquerque - Integrante / Emanuel Rangel - Integrante / Mariana de Andrea Vilas Boas Hacker - Integrante / de Oliveira, Ariane Leite - Integrante / Vinícios de Martins Menezes - Integrante / Thaís Porto Amadeu - Integrante / Roberta Olmo Pinheiro - Integrante / Andressa Cristina de França Gomes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Caracterização de marcadores imunológicos associados ao controle e/ou adoecimento em contatos com hanseníase., Descrição: Os contatos domiciliares de pacientes com hanseníase apresentam um risco maior de adoecer e, o exame desse grupo representa a melhor maneira de detectar precocemente a doença. O diagnóstico da hanseníase é baseado nas manifestações clínicas, no entanto, a escassez de sinais iniciais ou sintomas, leva ao atraso no diagnóstico correto e tratamento apropriado. Cabe ressaltar que o diagnóstico precoce leva ao tratamento nos estágios iniciais da doença, o que reduz a transmissão e diminui o número de pacientes com incapacidades. Uma necessidade é a de identificarmos possíveis biomarcadores de controle e/ou adoecimento que sejam úteis para o desenvolvimento de kits diagnósticos onde, na população de contatos, seja possível selecionar os que apresentam maior predisposição ao adoecimento e, tratá-los profilaticamente. Ao mesmo tempo, torna-se necessário identificar antígenos que possam ser utilizados na avaliação da resposta imune protetora e que devem ser melhor avaliados no contexto do desenvolvimento de estratégias de diagnóstico e/ou profilaxia (incremento da BCG, por exemplo). Uma variedade de testes estão disponíveis, no entanto, nenhum possui sensibilidade e especificidade adequados para o diagnóstico da hanseníase (Rodrigues & Lockwood, 2011). Um estudo anterior de nosso grupo, que buscou avaliar a população de contatos no período de 2 anos, verificou que cinco contatos (6.41%) desenvolveram hanseníase no período do acompanhamento e, como previsto, estes pertenciam ao grupo de indivíduos que foram negativos ou apresentaram níveis reduzidos de IFN-gama em resposta ao antígeno micobacteriano (Sampaio et al., 1991). Assim, no presente trabalho, nos propomos a avaliar os marcadores imunológicos associados ao controle e/ou adoecimento da população de contatos atendida no Ambulatório Souza Araújo, unidade de referência, situada na Fundação Oswaldo Cruz, bem como o perfil de resposta imune celular ao M. leprae e a antígenos micobacterianos, de modo a avaliar a possível uti. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Anna Maria Sales - Coordenador / José Augusto da Costa Nery - Integrante / Euzenir Nunes Sarno - Integrante / Nádia Cristina Duppre - Integrante / Roberta Olmo Pinheiro - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Poliquimioterapia nos pacientes com hanseníase multibacilar tratados com o esquama OMS / 12 doses - avaliação do índice baciloscópio, frequência das reações e alterações neurológicas., Descrição: Trata-se de um estudo observacional, longitudinal e retrospectivo para avaliar os parâmetros clínicos e laboratoriais de pacientes com hanseníase multibacilar, classificados como bordeline-bordeline (BB), boderline-lepromatosa (BL) e lepromatosa-lepromatosa (LL), diagnosticados, acompanhados e registrados no Ambulatório Souza Araujo. (ASA/FIOCRUZ).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Anna Maria Sales - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Premio Ruben David Azulay, Sociedade Brasileira de Dermatologia.

2010

Investigação Sanitária, Sociedade Brasileira de Dermatologia Regional São Paulo.

1995

Título de Especialista em Dermatologia, Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz. , Av Brasil, nº 4365, Manguinhos, 21045900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (021) 25984286, Fax: (021) 22709997

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 1998 - Atual

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: TECNOLOGISTA, Carga horária: 40

    Atividades

    • 08/1998

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Oswaldo Cruz, .,Linhas de pesquisa

  • 1995 - 2001

    Secretaria Municipal de Saúde

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Médico dermatologista, Carga horária: 20