Maria de Fatima de Andrade Souza

Graduada em Licenciatura em Biologia pela Universidade Federal do Recôncavo do Bahia, (UFRB - 2015), Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas (CCAAB). Foi bolsista (PIBIC-CAPES) em projeto de iniciação científica na linha de pesquisa Educação, Diversidade e Inclusão, período 2013 / 2014. Membro do grupo de pesquisa: Educação, Sociedade e Diversidade (UFRB). Bolsista (FAPESB IC- 2015), no projeto de pesquisa (Monitoramento e sensibilidade a fungicidas de isolados de Mycosphaeralla musicola- Embrapa Mandioca e Fruticultura). Discente do programa de Pós Graduação em Microbiologia Agrícola (Mestrado) - UFRB em parceria com a Embrapa Mandioca e Fruticultura; área de atuação: Microbiologia com ênfase em Fitopatologia (2015 - 2018).

Informações coletadas do Lattes em 22/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Microbiologia Agrícola

2015 - 2018

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Título: VARIABILIDADE DE Mycosphaerella spp. DA BANANEIRA COM BASE NA CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR, AGRESSIVIDADE E PRODUÇÃO DE CERCOSPORINA,Ano de Obtenção: 2018
Orientador: Fernando Haddad
Coorientador: Carlos Augusto Dórea Bragança. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Licenciatura em Biologia

2010 - 2015

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Título: SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS NO PROCESSO DE INCLUSÃO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA EM TURMAS REGULAR: UM ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE SÃO FELIPE-BA Cruz das Almas - BA 2015
Orientador: SUSANA COUTO PIMENTEL
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, FAPESB, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

INTRODUÇÃO AO PACOTE OFFICE 2007 - 2 HORAS. (Carga horária: 2h). , Fundação Bradesco, BRADESCO, Brasil.

2018 - 2018

MICROSOFT WORD 2007 - AVANÇADO - 18 HORAS. (Carga horária: 18h). , Fundação Bradesco, BRADESCO, Brasil.

2018 - 2018

MICROSOFT EXCEL 2013 - BÁSICO - 15 HORAS. (Carga horária: 15h). , Fundação Bradesco, BRADESCO, Brasil.

2017 - 2017

Curso de boas práticas agrícolas no cultivo da bananeira. (Carga horária: 25h). , Embrapa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA, Brasil.

2017 - 2017

Curso básico de estatística experimental utilizando o programa R. (Carga horária: 12h). , Embrapa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA, Brasil.

2017 - 2017

Curso de ecologia matemática e computacional de doenças de plantas. (Carga horária: 21h). , Embrapa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; PIMENTEL, S. C. ; B, TIAGO ALVES ; RIBEIRO, V. ; SILVA, A. P. ; SANTANA, L. L. ; ALVES, L. B. . II COLÓQUIO SOBRE INCLUSÃO NO ENSINO SUPERIOR: POLÍTICAS PUBLICAS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS. 2014. (Outro).

PIMENTEL, S. C. ; B, TIAGO ALVES ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; RIBEIRO, V. ; SILVA, A. P. ; SANTANA, L. L. . COLÓQUIO SOBRE INCLUSÃO NO ENSINO SUPERIOR: CONSTRUINDO CAMINHOS PARA DESCONSTRUÇÃO DE BARREIRAS. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Curso Básico de Estatística Experimental Utilizando Técnicas da analise Multivariada no Programa R. 2017. (Outra).

CURSO DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS NO CULTIVO DA BANANEIRA. 2017. (Outra).

Curso de Ecologia Matemática e Computacional de Doenças de Plantas. 2015. (Outra).

I DIA DE CAMPO DO RECÔNCAVO DA BAHIA. 2014. (Outra).

II COLÓQUIO SOBRE INCLUSÃO NO ENSINO SUPERIOR. 2014. (Outra).

III REUNIÃO ANUAL DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CULTURA NO RECÔNCAVO DA BAHIA. 2014. (Outra).

III REUNIÃO ANUAL DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CULTURA NO RECÔNCAVO DA BAHIA.CERTIFICADO DE HONRA AO MÉRITO- APRESENTAÇÃO DO TRABALHO: RUMO A INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PELA VIA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR. 2014. (Outra).

I SEMANA DE ATUALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS. 2014. (Outra).

IV CONGRESSO BAIANO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA E II SIMPÓSIO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL. 2014. (Congresso).

IV CONGRESSO BAIANO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA E II SIMPÓSIO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL. MINICURSO: SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS. 2014. (Congresso).

IV CONGRESSO BAIANO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA E II SIMPÓSIO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL. MONITOR. 2014. (Congresso).

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS.CURSO: SUSTENTABILIDADE NO DIA A DIA: ORIENTAÇÕES PARA O CIDADÃO. 2014. (Outra).

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS.CURSO AUTOINSTRUCIONAL- SUSTENTABILIDADE, UM VALOR PARA A NOVA GERAÇÃO: ORIENTAÇÕES PARA O PROFESSOR DO ENSINO FUNDAMENTAL. 2014. (Outra).

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS.CURSO AUTOINSTRUCIONAL- QUIZ: JOGO DAS NOVAS REGRAS ORTAGRÁFICAS- RECONHECENDO TEXTO E CONTEXTO. 2014. (Outra).

VIII COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE. 2014. (Outra).

VIII COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE.MESA REDONDA- DOCÊNCIA E EXPERIÊNCIAS FORMATIVAS INOVADORAS. 2014. (Outra).

VIII COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE.MINI CURSO: PESQUISAS EM ENSINO DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA: INTRODUÇÃO À CONSTRUÇÃO DE MONOGRAFIAS. 2014. (Outra).

VIII COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE.PALESTRA- CONFERÊNCIA: DIREITO À EDUCAÇÃO: DO PRINCÍPIO ANTROPOLÓGICO ÀS PR´STICAS. 2014. (Outra).

COLOQUIO SOBRE INCLUSÃO NO ENSINO SUPERIOR:"CONSTRUINDODO CAMINHOS PARA DESCONSTRUÇÃO DE BARREIRAS". 2013. (Outra).

ENCONTRO PEDAGÓGICO- OS DESAFIOS DE EDUCAR NA CONTEMPORANEIDADE. 2013. (Encontro).

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. 2013. (Outra).

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. 2013. (Outra).

II COLÓQUIO SOBRE INCLUSÃO NO ENSINO SUPERIOR.MONITOR. 2013. (Outra).

II FÓRUM INTERNACIONAL 20 DE NOVEMBRO e FÓRUM PRÓ-IGUALDADE RACIAL E INCLUSÃO SOCIAL DO RECÔNCAVO. 2013. (Outra).

IV SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES SEMFOPA.MONITOR. 2013. (Seminário).

IV SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES SEMFOPA.MINI-CURSO: PROJETOS INTERDISCIPLINARES: EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE ÉTNICO RACIAL. 2013. (Seminário).

IV SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES SEMFOPA. 2013. (Seminário).

IV SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES-SEMFOPA. 2013. (Seminário).

JORNADA PEDAGÓGICA: EDUCAÇÃO, DESAFIOS, APRENDIZAGEM E CONQUISTAS. 2013. (Outra).

Sessão de treinamento sobre web of knowledge. 2013. (Outra).

XXXIV ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE BIOLOGIA. 2013. (Encontro).

"EDUCAÇÃO SEM LIMITES-AMPLIANDO A VISÃO DO PROFESSOR NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS COM BAIXA VISÃO". 2012. (Encontro).

FÓRUM INTERNACIONAL 20 DE NOVEMBRO. 2012. (Congresso).

FÓRUM INTERNACIONAL 20 DE NOVEMBRO E VI FÓRUM PRÓ-IGUALDADE RACIAL E INCLUSÃO SOCIAL DO RECÔNCAVO.MINICURSO: CULTURA E EDUCAÇÃO NO RECÔNCAVO/ MACULELÊ PEDAGÓGICO. 2012. (Outra).

II RECONCITEC. 2012. (Outra).

II RECONCITEC.AS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE ARQUITETÔNICA NA UFRB. 2012. (Outra).

II SEMINÁRIO SOBRE FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM EXERCÍCIO:CENÁRIOS CO CONTEMPORÂNEOS. 2012. (Outra).

I RECITEC. 2011. (Outra).

JORNADA PEDAGÓGICA- EU FAÇO A DIFERENÇA E VOCÊ?. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Ediele da Silva Barreto

ANDRADE, C. R. B.;SOUZA, Maria de Fátima Andrade. Avaliação da atividade larvicida do extrato clorofórmico da Zanthoxylum caribaeum (Rutaceae) frente as larvas de Aedes aegypti.. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Faculdade Maria Milza.

Aluno: Eli da Veiga Pinto Filho

Cardoso, R.L.; GOMES, D. G.;SOUZA, Maria de Fátima Andrade. ELABORAÇÃO, CARACTERIZAÇÃO FíSICO-QuíMICA E ACEITAÇÃO SENSORIAL DE BEBIDA MISTA DE ÁGUA DE COCO, POLPA DE CACAU E GENGIBRE. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Adrielle de Jesus Nery

VIDAL, D.;SOUZA, Maria de Fátima Andrade; CAMPOS, R.. O USO DA ARMADILHA SOLAR AUTÔNOMA PARA O LEVANTAMENTO DA ENTOMOFAUNA N CULTURA DO TABACO ( Nicotiana tabacum L.). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Janete dos Santos

SANTOS, J.; ALMASSY, R. C. B.; PIMENTEL, S. C.. A sala de recursos multifuncionais no processo de inclusão de alunos com deficiência em turmas regular: um estudo de caso no município de São Felipe-Ba. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Carlos Augusto Dórea Bragança

Carlos A. D. Bragança; ROCHA, H. S.; ROCHA, L. S.. Detecção e quantificação de cercosporina, caracterização molecular e da agressividade deMycosphaerellaspp. da bananeira (Musaspp.). 2018. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Leandro de Souza Rocha

BRAGANCA, C. A. D.; ROCHA, H. S.;ROCHA, L. S.. Detecção e quantificação de cercosporina, caracterização molecular e da agressividade de Mycosphaerella spp. da bananeira (Musa spp.). 2018. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Susana Couto Pimentel

PIMENTEL, S. C.PIMENTEL, S. C.; SANTOS, J.; ALMASSY, R.C.B.. A sala de recursos multifuncionais no processo de inclusão de alunos com deficiência em turmas regulares: um estudo de caso no município de São Felipe-BA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Carlos Augusto Dórea Bragança

Detecção e quantificação de cercosporina, caracterização molecular e da agressividade deMycosphaerellaspp. da bananeira (Musaspp.). 2018. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Carlos Augusto Dórea Bragança.

Susana Couto Pimentel

A sala de recursos multifuncionais no processo de inclusão de alunos com deficiência em turmas regulares: um estudo de caso no município de São Felipe-BA; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Susana Couto Pimentel;

Susana Couto Pimentel

Acessibilidade curricular no Ensino Superior: reflexões sobre concepções de docentes da UFRB; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Orientador: Susana Couto Pimentel;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; SILVA, R. L. ; PIMENTEL, S. C. . ACESSIBILIDADE CURRICULAR EM CURSOS DE GRADUAÇÃO: PRÁTICAS NECESSÁRIAS A INCLUSÃO NO ENSINO SUPERIOR. In: VIII COLÓQUIO INTERNACIONAL 'EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE', 2014, SÃO CRISTÓVÃO SE. ACESSIBILIDADE CURRICULAR EM CURSOS DE GRADUAÇÃO: PRÁTICAS NECESSÁRIAS A INCLUSÃO NO ENSINO SUPERIOR, 2014.

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; SILVA, R. L. ; CIRQUEIRA, J. S. ; PIMENTEL, S. C. . POLÍTICAS INSTITUCIONAIS PARA ACESSIBILIDADE CURRICULAR NA UFRB: REFLEXÕES ACERCA DA INCLUSÃO. In: IV CONGRESSO BAIANO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA E II SIMPÓSIO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, 2014. POLÍTICAS INSTITUCIONAIS PARA ACESSIBILIDADE CURRICULAR NA UFRB: REFLEXÕES ACERCA DA INCLUSÃO, 2014.

  • BARBOSA, T. A. ; PIMENTEL, S. C. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade . BARREIRAS ATITUDINAIS NA CONSTRUÇÃO DE AMBIENTES UNIVERSITÁRIOS INCLUSIVOS. In: VII COLÓQUIO INTERNACIONAL 'EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE', 2013, SÃO CRISTÓVÃO SE. BARREIRAS ATITUDINAIS NA CONSTRUÇÃO DE AMBIENTES UNIVERSITÁRIOS INCLUSIVOS, 2013.

  • PIMENTEL, S. C. ; SILVA, A. P. ; SANTANA, L. L. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade . O ACESSO DO JOVEM COM DEFICIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR:EXPERIÊNCIA NO RECÔNCAVO DA BAHIA. In: V JUBRA SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE A JUVENTUDE BRASILEIRA, 2012, PERNAMBUCO RE. O ACESSO DO JOVEM COM DEFICIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR:EXPERIÊNCIA NO RECÔNCAVO DA BAHIA, 2012.

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; SILVA, R. L. ; CIRQUEIRA, J. S. ; PIMENTEL, S. C. . ACESSIBILIDADE CURRICULAR NA UFRB: REFLEXÕES ACERCA DA INCLUSÃO. In: I Encontro de Educação Especial no Recôncavo e I Simpósio de Educação Especial no Recôncavo da Bahia, 2014, AMARGOSA BA. ACESSIBILIDADE CURRICULAR NA UFRB: REFLEXÕES ACERCA DA INCLUSÃO, 2014.

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade . Monitoramento e sensibilidade a fungicidas de isolados de Mycosphaerella musicola na região nordeste. In: Jornada Cientifica- Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2015, Cruz das Almas BA. Pesquisa: para quê? para quem?, 2015.

  • SILVA, R. L. ; PIMENTEL, S. C. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; CIRQUEIRA, J. S. . RUMO A INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PELA VIA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR. In: III RECONCITEC, 2014, CRUZ DAS ALMAS BA. RUMO A INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PELA VIA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR, 2014.

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; CAMPOS, M. ; NEVES, T. T. ; CARVALHO, S. T. M. ; SAMPAIO, L. A. S. . Boliche Ecológico: Uma estratégia de prática de ensino aprendizagem em Ecologia. In: 1ª Semana de Atualização e Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, 2014, CRUZ DAS ALMAS BA. Boliche Ecológico: Uma estratégia de prática de ensino aprendizagem em Ecologia, 2014.

  • CONCEICAO, S. S. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; JESUS, M. G. S. ; SOUZA, G. S. . RELATOS DE EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO I E II DO CURSO DE BIOLOGIA. In: V Encontro Nacional das Licenciaturas (ENALIC) e o IV Seminário Nacional do Pibid, 2014, NATAL RN. RELATOS DE EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO I E II DO CURSO DE BIOLOGIA, 2014.

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; PIMENTEL, S. C. ; SILVA, R. L. . REFLEXÕES ACERCA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR EM CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFRB. In: V Encontro Nacional das Licenciaturas IV Seminário Nacional do PIBID XI Seminário de Iniciação à Docência, 2014, Natal/ RN. REFLEXÕES ACERCA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR EM CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFRB, 2014.

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; PIMENTEL, S. C. ; SILVA, R. L. . POLÍTICAS INSTITUCIONAIS DA UFRB: REFLEXÕES ACERCA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR. In: III RECONCITEC, 2014, CRUZ DAS ALMAS BA. POLÍTICAS INSTITUCIONAIS DA UFRB: REFLEXÕES ACERCA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR, 2014.

  • NEVES, T. T. ; SENA, I. S. S. ; SAMPAIO, L. A. S. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; CAMPOS, M. . Jogando Relações Ecológicas: uso de atividades lúdicas no processo de ensino e aprendizagem de Ciências. In: 1ª Semana de Atualização e Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, 2014, CRUZ DAS ALMAS BA. Jogando Relações Ecológicas: uso de atividades lúdicas no processo de ensino e aprendizagem de Ciências, 2014.

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; SILVA, R. L. ; CIRQUEIRA, J. S. ; PIMENTEL, S. C. . Inclusão e políticas de permanência de estudantes com deficiência no ensino superior. In: II Fórum Internacional 20 de Novembro, 2013, CRUZ DAS ALMAS BA. Inclusão e políticas de permanência de estudantes com deficiência no ensino superior, 2013.

  • PIMENTEL, S. C. ; B, TIAGO ALVES ; ALVES, L. B. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; RIBEIRO, V. . AS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE ARQUITETÔNICA NA UFRB. In: II RECONCITEC, 2012, CRUZ DAS ALMAS BA. AS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE ARQUITETÔNICA NA UFRB, 2012.

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; SILVA, R. L. ; PIMENTEL, S. C. . ACESSIBILIDADE CURRICULAR EM CURSOS DE GRADUAÇÃO:PRÁTICAS NECESSÁRIAS Á INCLUSÃO NO ENSINO SUPERIOR. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; SILVA, R. L. ; CIRQUEIRA, J. S. ; PIMENTEL, S. C. . POLITÍTICAS INSTITUCIONAIS PARA ACESSIBILIDADE CURRRICULAR NA UFRB: REFLEXÕES ACERCA DA INCLUSÃO. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; CONCEICAO, S. S. ; JESUS, M. G. S. ; SOUZA, G. S. . RELATOS DE EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO I E II DO CURSO DE BIOLOGIA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; SILVA, R. L. ; PIMENTEL, S. C. . POLÍTICAS INSTITUCIONAIS DA UFRB: REFLEXÕES ACERCA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SILVA, R. L. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; CIRQUEIRA, J. S. ; PIMENTEL, S. C. . RUMO A INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PELA VIA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • NEVES, T. T. ; SENA, I. S. S. ; SAMPAIO, L. A. S. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; CAMPOS, M. . JOGANDO RELAÇÕES ECOLÓGICAS: USO DE ATIVIDADES LÚDICAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; CAMPOS, M. ; NEVES, T. T. ; CARVALHO, S. T. M. ; SAMPAIO, L. A. S. . BOLICHE ECOLÓGICO: UMA ESTRATÉGIA PRÁTICA DE ENSINO APRENDISAGEM EM ECOLOGIA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; PIMENTEL, S. C. ; SILVA, R. L. ; SOUZA, V. S. . REFLEXÕES ACERCA DA ACESSIBILIDADE CURRICULAR EM CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFRB. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; PIMENTEL, S. C. ; SILVA, R. L. . INCLUSÃO E POLÍTICAS DE PERMANÊNCIA DE ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BARBOSA, T. A. ; PIMENTEL, S. C. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade . BARREIRAS ATITUDINAIS NA CONSTRUÇÃO DE AMBIENTES UNIVERSITÁRIOS INCLUSIVOS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • PIMENTEL, S. C. ; BARBOSA, T. A. ; ALVES, L. B. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; RIBEIRO, V. . AS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE ARQUITETÔNICA NA UFRB. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • PIMENTEL, S. C. ; SILVA, A. P. ; RIBEIRO, V. ; SANTANA, L. L. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade . O ACESSO DO JOVEM COM DEFICIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NO RECONCÂVO DA BAHIA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • PIMENTEL, S. C. ; SILVA, A. P. ; SANTANA, L. L. ; PAZ, L. M. ; ALVES, L. B. ; SOUZA, Maria de Fátima Andrade ; SANTANA, M. C. C. ; BARBOSA, T. A. ; RIBEIRO, V. . ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: CONSTRUINDO CAMINHOS PARA A DESCONSTRUÇÃO DE BARREIRAS NA UFRB 2013 (CARTILHA).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2018

    VARIABILIDADE DE Mycosphaerella spp. DA BANANEIRA COM BASE NA CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR, AGRESSIVIDADE E PRODUÇÃO DE CERCOSPORINA, Descrição: A cultura da bananeira, cultivada em regiões tropicais e subtropicais, assume importante papel econômico e social em mais de 136 países. No Brasil, a banana é cultivada em todas as regiões, com destaque para região Nordeste, principal produtora, onde o estado da Bahia se destaca como líder nacional na produção. Dentre as principais doenças fúngicas em que a bananeira é acometida destacam-se a Fusariose, causada pelo fungo Fusarium oxysporum f. sp. cubense (Foc), a Sigatoka-amarela causada pelo fungo (Mycosphaerella musicola, Leach) e a Sigatoka-negra causada pelo fungo (Mycosphaerella fijiensis, Morelet). O agente causal das sigatokas provoca a morte prematura das folhas devido ao comprometimento da capacidade fotossintética afetando o desenvolvimento e a produtividade das plantas. A diagnose de patógenos tem sido realizada por meio da análise de diferentes regiões do genoma, tais como, análises da região ITS e do gene β-tubulina. Ferramentas moleculares como a técnica de PCR (Polymerase Chain Reaction), basea-se no uso de primers específicos para amplificar diferentes genes, deste modo, favorece a caracterização de patógenos, compreensão sobre relações filogenéticas e diversidade genética de populações de fungos. Os isolados de Mycosphaerella spp. foram caracterizados baseado na identificação molecular, indução e produção da toxina cercosporina. A correlação entre agressividade versus produção de cercosporina também foi avaliada. Os resultados da caracterização molecular, demostraram alto índice de suporte bootstrap, formação de clados distintos e o alinhamento com sequências depositadas no banco de dados tanto para as análises ITS e β-tubulina, confirmando e caracterizando os isolados em estudo como Mycosphaerella musicola e Mycosphaerella fijiensis. Em relação à produção de cercosporina, os resultados evidenciaram a indução e produção do metabólito pelos patógenos Mycosphaerella musicola e Mycosphaerella fijiensis. Palavras-chave: Cercosporiose ? Diagnose ? micotoxinas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Maria de Fátima de Andrade Souza - Integrante / FERNANDO HADDAD - Coordenador / CARLOS AUGUSTO DOREA BRAGANÇA - Integrante.

  • 2015 - 2015

    MONITORAMENTO E SENSIBILIDADE A FUNGICIDAS DE ISOLADOS DE MYCOSPHARELLA MUSICOLA NA REGIÃO NORDESTE, Descrição: A cultura da bananeira assume importância econômica e social em todo o mundo sendo cultivada em mais de 136 países tropicais e subtropicais, principalmente por pequenos agricultores. No Brasil, a Região Nordeste se destaca, representando 40% da produção nacional e o Estado da Bahia se posiciona em primeiro lugar, com aproximadamente 92 mil hectares plantados e uma produção de ~1.5 milhões de toneladas. Embora este cenário seja bastante promissor, a maioria das variedades de bananeira disponíveis é suscetível à Sigatoka-amarela, causada pelo fungo Mysocphaerella musicola, onde a aplicação sistemática de fungicidas ainda é a principal forma de controle; prática esta que aumenta consideravelmente o custo de produção e é extremamente agressiva ao meio ambiente e ao ser humano. A medida de controle mais efetiva é o uso de variedades resistentes, porém, poucas variedades comercias estão disponíveis no mercado. Para o delineamento de estratégias de controle da Sigatoka-amarela é de fundamental importância o conhecimento e monitoramento da estrutura genética da população de M. musicola em regiões produtoras de banana do Nordeste. Todavia, estudos detalhados da biologia de populações de M. musicola e sua sensibilidade a fungicidas, ainda não foram realizados para essa região. Inicialmente, será estabelecida uma coleção com isolados de M. musicola oriundos de diferentes regiões produtoras do nordeste os quais serão caracterizados quanto a: i) sensibilidade a fungicidas; ii) variabilidade genética dentro e entre populações por meio de marcadores microssatélites (SSR), rDNA ITS e idiomorfos dos genes Mat1-1 e Mat1-2; e iii) parâmetros evolutivos. Portanto, o objetivo do projeto é estudar a diversidade genética, os parâmetros evolutivos e sensibilidade a fungicidas de isolados M. musicola nos principais polos (microrregiões) produtoras de banana da Região Nordeste para fornecer subsídios no controle da Sigatoka-amarela com uso de variedades resistentes a fungicidas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Maria de Fátima de Andrade Souza - Integrante / FERNANDO HADDAD - Coordenador.

  • 2013 - 2014

    ?Acessibilidade curricular no Ensino Superior: reflexões sobre concepções de docentes da UFRB?, Descrição: Embora a inclusão de estudantes com deficiência no ensino superior seja uma realidade, a permanência de tais estudantes neste nível de ensino, na maioria das vezes, está atrelada a funcionalidade interna das políticas institucionais e suas ações estratégias. Nesse sentido, o propósito desta investigação foi analisar as políticas e práticas pedagógicas de acessibilidade curricular desenvolvidas no âmbito dos cursos de graduação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) que possuem estudantes com deficiência matriculados, entendendo que as mesmas devem estar voltadas para favorecer a eliminação de barreiras de acesso ao conteúdo intelectual, possibilitando o desenvolvimento acadêmico destes educandos. Para tanto, a presente pesquisa foi desenvolvida numa abordagem qualitativa, sendo a metodologia utilizada o estudo de caso, envolvendo a análise de documentos institucionais e a aplicação de entrevistas com coordenadores de colegiados dos cursos de graduação que possuíam matriculados estudantes com deficiência. Na seleção dos documentos institucionais buscou-se privilegiar aqueles que continham as políticas acadêmicas aprovadas no âmbito dos conselhos superiores, bem como documentos para orientação de docentes que atuam com estudantes com deficiência, elaborados pelo Núcleo de Políticas de Inclusão (NUPI/PROGRAD). Os textos analisados indicam que na UFRB as políticas de inclusão para acessibilidade curricular dos estudantes com deficiência foram construídas a partir do ano de 2011 e estão sistematizadas na Resolução CONAC n°040/13, prevendo: adaptação do plano de ensino pelo docente, formas alternativas de avaliação e utilização de metodologias de ensino diferenciadas. No segundo momento da investigação foram analisadas as falas dos coordenadores de curso, participantes desta investigação, os quais afirmam reconhecer ações isoladas de docentes da instituição na construção de práticas de ensino diferenciadas dirigidas a estudantes com deficiência, porém ressaltam que tais iniciativas não são institucionalizadas para garantia da acessibilidade curricular para a totalidade dos estudantes com deficiência matriculados nos cursos de graduação dessa instituição. Por fim, os participantes afirmam a necessidade de se assegurar a formação do docente para efetivação de ações pedagógicas inclusivas. Conclui-se, portanto neste estudo que a UFRB tem dado passos iniciais para a construção de políticas de permanência dos estudantes com deficiência regularmente matriculados em seus cursos de graduação, com a aprovação de normativas e elaboração de orientações para os professores que atuam com esse público. Entretanto, para que tais políticas sejam asseguradas, torna-se necessário também o investimento na formação do docente universitário para atuar diante da diversidade presente em sala de aula, pois a inclusão implica que todos tenham reconhecido e garantido o direito de acesso ao saber através de práticas pedagógicas diferenciadas, removendo assim as barreiras históricas vivenciadas pelos estudantes com deficiência.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Maria de Fátima de Andrade Souza - Integrante / SUSANA COUTO PIMENTEL - Coordenador / RODRIGO DA LUZ SILVA - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Menção honrosa pelo trabalho: Rumo a Inclusão na Educação Superior pela via da Acessibilidade Curricula, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - 2018

    Embrapa Mandioca e Fruticultura

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2015 - Atual

    Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura Tropical

    Vínculo: DISCENTE PÓS GRADUAÇÃO, Enquadramento Funcional: BOLSISTA CNPQ, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2015 - 2015

    Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura Tropical

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: BOLSISTA FAPESB

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

    Vínculo: DISCENTE PÓS GRADUAÇÃO, Enquadramento Funcional: BOLSISTA CNPQ, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: BOLSISTA PIBIC

  • 2012 - 2014

    Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

    Vínculo: INTEGRANTE GRUPO DE PESQUISA, Enquadramento Funcional: GRUPO DE PESQUISA

    Outras informações:
    PARTICIPOU COMO MEMBRO INTEGRANTE DA LINHA DE PESQUISA EDUCAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO, PARTICIPOU DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO GRUPO DE PESQUISA EDUCAÇÃO,SOCIEDADE E DIVERSIDADE REALIZADAS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA, SENDO O REFERIDO GRUPO REGISTRADO NO DIRETÓRIO DE GRUPOS DE PESQUISA CNPQ E CERTIFICADO PELA INSTITUIÇÃO.

  • 2015 - 2015

    Escola Augusto Eugenio da Silveira

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora do programa Mais Educação, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Monitora do programa Mais Educação, criado pela Portaria Interministerial nº 17/2007 e regulamentado pelo Decreto 7.083/10, constituindo-se como estratégia do Ministério da Educação para indução da construção da agenda de educação integral nas redes estaduais e municipais de ensino que amplia a jornada escolar nas escolas públicas, para no mínimo 7 horas diária, por meio de atividades optativas nos macrocampos: acompanhamento pedagógico; educação ambiental; esporte e lazer; direitos humanos em educação; cultura e artes; cultura digital; promoção da saúde; comunicação e uso de mídias; investigação no campo das ciências da natureza e educação econômica. Desenvolvendo suas atividades na área de educação ambiental, na Escola Augusto Eugênio da Silveira, rua Manoel Marinho de Souza ? Sapucaia, Cruz das Almas-BA.

  • 2018 - 2018

    Escola Municipal Jovino de Souza Lima

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor do Ensino Fundamental II, Carga horária: 20

  • 2019 - Atual

    SEDUC - Prefeitura Municipal de Alagoinhas-BA

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Profissional de Apoio a Est. com Deficiência