Lissandra Queiroga Ramos

Tem experiência na área de História, com pesquisas desenvolvidas em história dos Estados Unidos. Mestre no campo da História das Doenças com ênfase no estudo da AIDS. Professora de História da rede pública e privada de ensino da cidade do Rio de Janeiro.

Informações coletadas do Lattes em 22/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em História das Ciências

2014 - 2016

Fundação Oswaldo Cruz
Título: Da cara da morte para a cara viva da AIDS: a transição expressa nas campanhas do dia mundial de luta contra a AIDS (1989-2014).,Ano de Obtenção: 2016
Dilene Raimundo do Nascimento.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em História

2007 - 2013

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: AIDS: um novo inimigo no front? O Grupo de Apoio aos Pacientes Imunodeprimidos do HAAF (2004-2012).
Orientador: Profa. Dra. Andrea Casa Nova Maia

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

VIII Encontro de Pesquisas de Graduação em História.Gângster: um novo ou antigo inimigo? O resgate da cultura gângster norte-americana nos filmes Os Intocáveis e Os Bons Companheiros.. 2012. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Diana Maul de Carvalho

CARVALHO, D. M.NASCIMENTO, D. R.; Fernandes, T. M. D.. Da cara de morte para a cara viva da AIDS: a transição expressa nas campanhas do Dia Mundial de Luta contra a doença (1989-2014). 2016. Dissertação (Mestrado em História das Ciências) - Fundação Oswaldo Cruz.

Tania Maria Dias Fernandes

SANTOS, F. S. D.;Fernandes, Tania Maria; NASCIMENTO, D. R.. A cara viva da morte pós-coquetel: a representação social da AIDS no século XXI. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Pós graduação em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz/ Fiocruz.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Wagner Pinheiro Pereira

The American Gangster: Uma Análise Comparativa de 1980 a 1990 Através do Cinema Norte-Americano; 2012; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Wagner Pinheiro Pereira;

Wagner Pinheiro Pereira

Gângster: Um Novo ou Antigo Inimigo? O Resgate da Cultura Gângster Norte-Americana nos Filmes ?Os Intocáveis? e ?Bons Companheiros?; 2012; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Wagner Pinheiro Pereira;

Andréa Casa Nova Maia

AIDS: um novo inimigo no front? O Grupo de apoio aos pacientes imunodeprimidos do HAAF (2004-2012); 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Andréa Casa Nova Maia;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RAMOS, L. Q. . A cara viva da AIDS pós coquetel: a representação social da doença no século XXI.. In: 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia ? 14º SNHCT, 2014, Belo Horizonte. Anais Eletrônicos do 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia ? 14º SNHCT, 2014.

  • RAMOS, L. Q. . XVI ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-RIO: SABERES E PRÁTICAS CIENTÍFICAS. In: XVI ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-RIO: SABERES E PRÁTICAS CIENTÍFICAS, 2014, Rio de Janeiro. Anais Eletrônicos XVI ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-RIO: SABERES E PRÁTICAS CIENTÍFICAS, 2014.

  • RAMOS, L. Q. ; MONTEIRO, A. C. ; BRANDAO, J. ; SILVA, J. F. M. ; GUERRA, A. C. O. ; OLIVEIRA, J. S. . A Química na investigação de crimes: uma estratégia interdisciplinar para o ensino de química no ensino médio. In: XVII Encontro Nacional de Ensino de Química, 2014, Ouro Preto. Anais eletrônicos XVII Encontro Nacional de Ensino de Química, 2014.

  • RAMOS, L. Q. . ?A AIDS não tem cara?- A imagem como possibilidade de transformação do imaginário da doença. In: XXVIII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA Lugares dos Historiadores: Velhos e Novos Desafios, 2015, Florianópolis. CADERNO DE RESUMOS DO XXVIII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA Lugares dos Historiadores: Velhos e Novos Desafios, 2015.

  • RAMOS, L. Q. . AIDS no século XXI: novos desafios e estratégias de prevenção à doença pós coquetel.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • RAMOS, L. Q. . 'A cara viva da AIDS pós-coquetel: a representação social da doença no século XXI.'. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BRANDAO, J. ; MONTEIRO, A. C. ; GUERRA, A. C. O. ; OLIVEIRA, J. S. ; SILVA, J. F. M. ; RAMOS, L. Q. . A Química na investigação de crimes: uma estratégia interdisciplinar para o ensino de química no ensino médio.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • RAMOS, L. Q. . Existe vida após a AIDS? Medidas públicas e privadas de solidariedade.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • RAMOS, L. Q. . ?Gângster: um novo ou antigo inimigo? O resgate da cultura gângster norte-americana nos filmes Os Intocáveis e Os Bons Companheiros?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional