Cristine Cioato da Silva

Médica veterinária graduada pela Universidade Federal de Pelotas, especialista em Clínica Médica de Animais de Companhia pelo Programa de Residência Multiprofissional em Área de Saúde - Medicina Veterinária/UFPel e mestre em Ciência Animal pelo Programa de Pós-Graduação em Veterinária da Universidade Federal de Pelotas. Atualmente é aluna do Programa de Pós-Graduação em Veterinária da Universidade Federal de Pelotas, em nível de doutorado, com ênfase na área de Terapêutica e Clínica Médica de Pequenos Animais.

Informações coletadas do Lattes em 30/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Programa de Pós-graduação em Veterinária

2016 - Atual

Universidade Federal de Pelotas
Marlete Brum Cleff. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Terapêutica Veterinária.

Mestrado em Veterinária

2014 - 2016

Universidade Federal de Pelotas
Título: Estudo retrospectivo de melanomas cutâneos caninos e determinação da atividade citotóxica de produtos vegetais frente a células neoplásicas (B16F10) e não neoplásicas (MDBK),Ano de Obtenção: 2016
Marlete Brum Cleff.Coorientador: Geferson Fischer. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Plantas medicinais; Extratos vegetais; Óleos essenciais; Toxicidade; Melanomas cutâneos.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Oncologia Veterinária. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Fitoterapia Veterinária.

Especialização - Residência médica

2012 - 2014

Universidade Federal de Pelotas
Residência médica em: Clínica Médica de Animais de CompanhiaNúmero do registro: . Bolsista do(a): Ministério da Educação, MEC, Brasil. Palavras-chave: Animais de companhia; Clínica médica; Oncologia; Dor crônica.Grande área: Ciências AgráriasSetores de atividade: Atividades veterinárias.

Especialização em andamento em Especialização em Patologia Clínica Veterinária

2018 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduação em Medicina Veterinária

2006 - 2011

Universidade Federal de Pelotas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 -

Curso de Idioma - Italiano. (Carga horária: 96h). , Associação Beneficente e de Assistência Educacional do Rio Grande do Sul, ACIRS, Brasil.

2017 -

Mente Ativa. (Carga horária: 20h). , Jonata Brignol Desenvolvimento Pessoal e Financeiro, JB, Brasil.

2017 - 2017

Programação Neurolinguística. (Carga horária: 20h). , Jonata Brignol Desenvolvimento Pessoal e Financeiro, JB, Brasil.

2017 - 2017

Patologia Veterinária Especial de Cães e Gatos. (Carga horária: 55h). , Cursos Online Educa Ltda, EDUCA, Brasil.

2017 - 2017

Urgência e Emergência Veterinária. (Carga horária: 50h). , Cursos Online Educa Ltda, EDUCA, Brasil.

2017 - 2017

Minicurso de Citologia Aplicada à Oncologia Veterinária. (Carga horária: 4h). , Associação Brasileira de Oncologia Veterinária, ABROVET, Brasil.

2017 - 2017

Cuidados Clínicos no Pós-operatório de Cães e Gatos. (Carga horária: 60h). , Cursos Online Educa Ltda, EDUCA, Brasil.

2015 - 2015

Dicção, desinibição e oratória. (Carga horária: 30h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC/RS, Brasil.

2011 - 2011

Curso de Dermatologia em Cães e Gatos. (Carga horária: 20h). , Associação dos Médicos Veterinários da Zona Sul, VETESUL, Brasil.

2007 - 2007

Neurologia em Pequenos Animais. (Carga horária: 20h). , Associação dos Médicos Veterinários da Zona Sul, VETESUL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Italiano

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica Médica de Animais de Companhia.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Oncologia Veterinária.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

GUIM, T. N. ; FERNANDES, Cristina Gevehr ; SILVA, C. C. . Encontros Técnicos Vetesul - Oncologia em Pequenos Animais. 2018. (Outro).

GOULART, K. ; GUIM, T. N. ; SILVA, C. C. . Encontros Técnicos Vetesul - Reprodução em Foco. 2018. (Outro).

NAKASU, C. C. T. ; SILVA, C. L. ; GUIM, T. N. ; SILVA, C. C. . Encontros Técnicos Vetesul - Medicina Felina. 2018. (Outro).

AGUIAR, E. S. V. ; GEHRCKE, M. I. ; GUIM, T. N. ; SILVA, C. C. . Encontros Técnicos Vetesul - Emergência em Pequenos Animais. 2018. (Outro).

CUNHA, F. R. ; ROSA, C. S. ; GUIM, T. N. ; SILVA, C. C. . Encontros Técnicos Vetesul - Dermatologia. 2018. (Outro).

FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. ; SILVA, C. C. . Ação Contra o Câncer de Mama Canino. 2015. (Outro).

GIORDANI, C. ; SILVA, C. C. ; GUTERRES, K. A. ; MATOS, C. B. ; AZAMBUJA, R. H. ; CLEFF, M. B. ; ALBUQUERQUE, G. ; RATSLAFF, K. ; MORAES, T. B. ; AVERSA, J. M. ; Añaña, D. C. ; PEREIRA, S. C. ; RODRIGUES, F. ; AZAMBUJA, S. A. ; GIESTA, L. B. ; BOTELHO, L. ; MACHADO, G. . 1° Ciclo de Atualização em Animais de Companhia. 2014. (Outro).

GUTERRES, K. A. ; RIBEIRO, E. M. ; SCHMITT, B. ; SILVA, Cristine Cioato da . I Workshop da Área de Clínica Médica de Pequenos Animais. 2011. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IX Oncovet. 2017. (Congresso).

Encontros Técnicos Vetesul - 1° edição: Oncologia. 2016. (Encontro).

Encontros Técnicos Vetesul - 3° edição: Anestesiologia. 2016. (Encontro).

31 Semana Acadêmica de Medicina Veterinária. 2015. (Outra).

II Jornada de Oncologia e Hematologia. 2015. (Outra).

VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2015. (Outra).

II Simpósio Sul-Brasileiro de Oncologia Veterinária. 2014. (Simpósio).

XIV Encontro de Pós-Graduação.Estudo retrospectivo dos pacientes portadores de neoplasmas mamários atendidos pelo Serviço de Oncologia Veterinária da Universidade Federal de Pelotas no ano de 2013. 2014. (Encontro).

34° Congresso Brasileiro da Anclivepa. Estadiamento clínico e classificação histomorfológica de 44 casos de tumores mamários caninos. 2013. (Congresso).

34° Congresso Brasileiro da Anclivepa. Avaliação de margens cirúrgicas em 131 casos de tumores mamários caninos. 2013. (Congresso).

34° Congresso Brasileiro da Anclivepa. Caracterização clínica e patológica da tríade felina: relato de caso. 2013. (Congresso).

II Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias. Aspectos clínico-cirúrgicos de adenocarcinoma primário de pulmão em cão. 2013. (Congresso).

II Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias. Avaliação do tipo histológico e das margens cirúrgicas em 53 neoplasmas cutâneos de cães. 2013. (Congresso).

I Simpósio Internacional de Emergências em Pequenos Animais. 2012. (Simpósio).

I Simpósio Nacional de Anestesiologia e Clínica Médica de Pequenos Animais. 2012. (Simpósio).

XIV Encontro de Pós-Graduação. Hipotireoidismo canino: relato de caso. 2012. (Congresso).

XIX Congresso de Iniciação Científica. Hemangiossarcoma Nasal em um Canino. 2010. (Congresso).

II Simpósio Estadual de Oncologia Veterinária. 2009. (Simpósio).

XVIII Congresso de Iniciação Científica. Adenocarcinoma nasal em cão: relato de caso. 2009. (Congresso).

XVIII Congresso de Iniciação Científica. Achados Histopatológicos da Gengivite Estomatite Felina. 2009. (Congresso).

XVIII Congresso de Iniciação Científica. Piometra em Cadela: Relato de Caso. 2009. (Congresso).

XVIII Congresso de Iniciação Científica. Adenocarcinoma Nasal em Cão: Relato de Caso. 2009. (Congresso).

XVIII Congresso de Iniciação Científica. Acupuntura no Tratamento da Incontinência Urinária e Fecal em Paciente Canino. 2009. (Congresso).

XVIII Congresso de Iniciação Científica. Carcinoma Tubulopapilar de Mama em Felino: Relato de Caso. 2009. (Congresso).

XVIII Congresso de Iniciação Científica. Uso da Quimioterapia no Controle do Linfoma Multicêntrico. 2009. (Congresso).

XVIII Congresso de Iniciação Científica. Piometra em cadela: relato de caso. 2009. (Congresso).

XI Simpósio de Pequenos Animais da Região Sul. 2008. (Simpósio).

XVII Congresso de Iniciação Científica. Hiperadrenocorticismo em Canino: Relato de Caso. 2008. (Congresso).

XVII Congresso de Iniciação Científica. Infiltrado Pulmonar Eosinofílico em Felino: Relato de Caso. 2008. (Congresso).

XVII Congresso de Iniciação Científica. Casuística de Felinos com DTUIF Atendidos no Hospital de Clínicas Veterináriada Universidade Federal de Pelotas (HCV-UFPEL) no Período de Janeiro de 2004 até Dezembro de 2008. 2008. (Congresso).

XVII Congresso de Iniciação Científica. Casuística de Atendimentos Clínicos do Hospital Universitário Veterinário (HUV/UFPel) Durante o Período de Janeiro de 2004 a Dezembro de 2007 em Pacientes Felinos. 2008. (Congresso).

XVII Congresso de Iniciação Científica. Casuística Cirúrgica em Felinos no Hospital de Clínicas Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (HCV - UFPEL) no Período de Janeiro de 2004 até Dezembro de 2008. 2008. (Congresso).

XXVIII Semana Acadêmica da Medicina Veterinária. 2008. (Outra).

I Ciclo de Palestras da Medicina Veterinária. 2007. (Outra).

X Simpósio de Pequenos Animais da Região Sul. 2007. (Simpósio).

XVI Congresso de Iniciação Científica. Osteossarcoma Axial: Relato de Caso. 2007. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Letícia Reginato Martins

RIBEIRO, C. L. G.; ROSA, C. S.;SILVA, C. C.; GASPAR, L. F. J.. ESTUDO RETROSPECTIVO DE DOENÇAS ZOONOTICAS ATENDIDAS NO HOSPITAL DE CLÍNICAS VETERINÁRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS EM UM PERÍODO DE TRÊS ANOS (2012 A 2014). 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Residência Médico Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Angel Ripplinger

AGUIAR, E. S. V.; GUIM, T. N.; BRAGA, F. V. A.;SILVA, C. C.. Avaliação de lesões recidivantes de neoplasmas mamários em cadelas submetidas à mastectomia. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Residência Médico Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Giovana Paula Pivotto

CLEFF, M. B.; LOPES, D. C. N.; SOARES, G. F.;SILVA, C. C.. Estágio Curricular Supervisionado. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Thaís Estércio

BRAGA, F. V. A.; RAPPETI, J. C. S.; SOARES, G. F.;SILVA, C. C.. Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Camila Selzer Ninomiya

MEINERZ, A. R.; CLEFF, M. B.;SILVA, C. C.; ROSA, C. S.. Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica de Felinos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Daniela Lehmen

CLEFF, M. B.; SALLIS, E. S. V.; GRECCO, F. B.;SILVA, C. C.. Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica de Pequenos Animais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Wesley Aquino Zoia

CLEFF, M. B.; ROSA, C. S.; ZAUK, N.;SILVA, C. C.. Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica de Pequenos Animais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Jhamila Viégas Abdala

LIMA, M.; CAVALCANTI, G. A. O.;SILVA, C. C.. Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica de Pequenos Animais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Carina Burket da Silva

MEINERZ, A. R.; ZAUK, N.;SILVA, C. C.. Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica de Pequenos Animais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Thomas Normanton Guim

Cleff, M.B.;FERNANDES, Cristina Gevehr; MEINERZ, Ana Raquel Mano; FREITAS, R. A.;GUIM, T.N.. Estudo retrospectivo de melanomas cutâneos caninos e determinação da atividade citotóxica de produtos vegetais frente a células neoplásicas e não neoplásicas. 2016. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Thomas Normanton Guim

GUIM,T.N.; AGUIAR, E. S. V.;FERNANDES, Cristina Gevehr. Residência em Clínica Médica de Animais de Companhia - Avaliação da qualidade de vida e intensidade da dor em cães com câncer. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Residência Multiprofissional em Área da Saude) - Universidade Federal de Pelotas.

Ana Raquel Mano Meinerz

MEINERZ, A.R.M.. Defesa da dissertação do Programa de Oós-Graduação em Veterinária da UFPel. 2016. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Amanda de Souza da Motta

Gaspar, L.F.J.; Valente, A.;MOTTA, A. S.. Estágio Curricular Supervisionado em Medicina e Conservação de Animais Silvestres e Clínica Médica de Pequenos Animais. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Cristina Gevehr Fernandes

CLEFF, M. B.;FERNANDES, CG; FREITAG, R. A.; MEINERZ, A. R. M.. Estudo retrospectivo de melanomas cutâneos caninos e determinação da atividade citotóxica de produtos vegetais frente a células neoplásicas (B16F10) e não neoplásicas (MDBK). 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Marlete Brum Cleff

CLEFF,M.B.; MEINERZ, A.R.;Fernandes, Cristina Gevehr; FREITAG, R. A.; GUIM, T. N.. Estudo retrospectivo de melanomas cutâneos caninos e determinação da atividade citotóxica de produtos vegetais frente a células neoplásicas (B16F10) e não neoplásicas (MDBK).. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Marlete Brum Cleff

Cleff, M.B.; CORCINE, C. D.; FREITAG, R. A.; PICOLI, T.. Determinação da composição química, potencial antioxidante, toxicidade e atividade intracelular do óleo essencial de Origanum majorana. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós/Graduaçao em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Fábio da Silva e Silva

Piometra em Cadela; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Fábio da Silva e Silva;

Fábio da Silva e Silva

Adenocarcinoma Nasal em Cão; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Fábio da Silva e Silva;

Fábio da Silva e Silva

Casuística de felinos com D; T; U; I; F; atendidos no HCV-UFPel no peródo de janeiro de 2004 a dezembro de 2007; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Fábio da Silva e Silva;

Fábio da Silva e Silva

Casuística cirúrgica em felinos no HCV-UFPel no período de janeiro de 2004 a dezembro de 2007; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Fábio da Silva e Silva;

Luiz Fernando Jantzen Gaspar

-; 2011; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Luiz Fernando Jantzen Gaspar;

Thomas Normanton Guim

Avaliação da intensidade da dor e da qualidade de vida em cães com câncer; 2012; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Residência Médico Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Thomas Normanton Guim;

Marlete Brum Cleff

Prospecção de extratos Vegetais na inibição de células neoplásicas; Início: 2016; Tese (Doutorado em Programa de Pós/Graduaçao em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; (Orientador);

Marlete Brum Cleff

Estudo retrospectivo de melanomas cutâneos caninos e determinação da atividade citotóxica de produtos vegetais frente a células neoplásicas (B16F10) e não neoplásicas (MDBK); ; 2016; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas,; Orientador: Marlete Brum Cleff;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • AÑAÑA, DÉBORA DE CAMPOS ; CLEFF, MARLETE BRUM ; GIORDANI, CLAUDIA ; MOURA, MICAELE QUINTANA DE ; PINTO, NATÁLIA BERNE ; SILVA, Cristine Cioato da ; GUTERRES, KARINA AFFELDT ; PERERA, SOLIANE CARRA ; MOTTA, TAIRAN OURIQUE ; CASTRO, LEONARDO MORTAGUA DE ; CAPELLA, GABRIELA DE ALMEIDA . Environmental contamination by parasitic forms in a socially vulnerable community in southern Rio Grande do Sul state: a serious public health problem. BRAZILIAN JOURNAL VETERINARY RES. AND ANIMAL SCIENCE , v. 55, p. e132007, 2018.

  • SILVA, C. C. ; GUIM, T. N. ; FERNANDES, C. G. ; BARBOZA, D. V. ; CLEFF, M. B. . Estudo retrospectivo de melanomas cutâneos em cães. Clínica Veterinária (São Paulo) , v. 126, p. 52-60, 2017.

  • CARNEVALI, T. R. ; GIORDANI, C. ; MATOS, C. B. ; GUTERRES, K. A. ; SILVA, C. C. ; CLEFF, M. B. . Situs inversus totalis em rato wistar. Science and Animal Health , v. 4, p. 228-237, 2017.

  • SILVA, C. C. ; GUIM, T. N. ; BRAGA, F. V. A. ; CAVALCANTI, G. A. O. ; SALGADO, L. G. ; RAPPETI, J. C. S. . Dioctophyme renale parasitism in domestic cat in Rio Grande do Sul, Brazil - first reported case. Semina-Ciencias Agrarias , v. 38, p. 2215-2219, 2017.

  • GUTERRES, K. A. ; SILVA, C. C. ; ATHAYDE, C. L. ; GRECCO, F. B. ; MATOS, C. B. ; GIORDANI, C. ; CLEFF, M. B. . Surto de aflatoxicose aguda em cães no município de Pelotas/RS. PESQUISA VETERINÁRIA BRASILEIRA (ONLINE) , v. 37, p. 1281-1286, 2017.

  • GIORDANI, C. ; MATOS, C. B. ; GUTERRES, K. A. ; SILVA, C. C. ; SANTIN, R. ; SCHUCH, L. F. D. ; CLEFF, M. B. . Plantas com potencial medicinal e tóxico em comunidade atendida pelo Ambulatório Veterinário-UFPel. Revista Brasileira de Ciência Veterinária , v. 23, p. 126-132, 2016.

  • ATHAYDE, C. L. ; FERNANDES, C. P. M. ; LEMOS, C. D. ; CAVALCANTI, G. A. O. ; SILVA, C. C. ; NOBRE, M. O. . Níveis séricos de creatinoquinase-MB em cães com e sem sinais de cardiopatia. Nosso Clínico , v. 101, p. 30-36, 2014.

  • SCHMITT, B. ; WIECHETECK, F. ; VIVES, Patrícia Silva ; CASTRO, J. L. C. ; AGUIAR, E. S. V. ; GUIM, T. N. ; SILVA, C. C. ; SCHOSSLER, J. E. W. ; SERAFINI, G. M. C. ; N-GUIM, T. . Complicações relacionadas à tenorrafia do tendão calcâneo comum em canino.. Jornal Brasileiro de Cirurgia Veterinária , v. 03, p. 24-30, 2014.

  • FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. ; SILVA, D. S. ; SILVA, C. C. ; ZAMBONI, R. ; SANTOS, B. L. ; RAPOSO, J. B. . Clinical-Pathologic Study of Canine Mammary Tumors at the Oncologic Veterinary Service of FV/UFPel. In: II Encontro de Patologia Mamaria Diagnostico, Prognostico e Tratamento das Neoplasias Mamárias da Cadela, 2014, Belo Horizonte. Brazilian Journal of Veterinary Pathology - Abstracts of the II Encontro de Patologia Mamaria Diagnostico, Prognostico e Tratamento das Neoplasias Mamárias da Cadela, 2014. v. 7. p. 133-136.

  • CAVALCANTI, E. A. N. L. D. ; GUTERRES, K. A. ; SILVA, C. C. ; MATOS, C. B. ; VERSTEG, N. ; CLEFF, M. B. . Associação de óleo essencial e antibióticos no controle de Pseudomonas spp. resistentes isoladas de cães. In: XXVI Congresso de Iniciação Científica -UFPel, 2017, Pelotas - RS. Anais do XXVI Congresso de Iniciação Científica -UFPel, 2017.

  • VERSTEG, N. ; SILVA, C. C. ; GIORDANI, C. ; GUTERRES, K. A. ; MATOS, C. B. ; CLEFF, M. B. . DETERMINAÇÃO DA CITOXICIDADE DE EXTRATOS HIDROALCOÓLICOS DE PLANTAS DA FAMÍLIA LAMIACEAE E FABACEAE. In: XXVI Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2017, Pelotas - RS. Anais do XXVI Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2017.

  • CANALS, T. ; KEIDANN, B. M. ; SILVA, C. C. ; BARBOZA, D. V. ; FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. . Criocirurgia e cirurgia convencional no tratamento de carcinoma de células escamosas nasolabial em um felino. In: XXIV Congresso de Iniciação Científica da UFPel, 2016, Pelotas. XXIV Congresso de Iniciação Científica da UFPel, 2016.

  • KEIDANN, B. M. ; CANALS, T. ; BARBOZA, D. V. ; SILVA, C. C. ; FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. . Carcinoma ductal apócrino metastático em cão. In: 2° Congresso Sul Brasileiro da Anclivepa e 1° Encontro do Mercosul de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais, 2016, Florianópolis. Anais do 2° Congresso Sul Brasileiro da Anclivepa e 1° Encontro do Mercosul de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais, 2016.

  • KEIDANN, B. M. ; CANALS, T. ; BARBOZA, D. V. ; SILVA, C. C. ; FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. . Casuística de melanomas cutâneos em cães atendidos no Hospital de Clínica Veterinárias da UFPEL (2011-2015). In: XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016, Pelotas. Anais do XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016.

  • SILVA, C. C. ; BOTELHO, L. ; MATOS, C. B. ; GUTERRES, K. A. ; GIORDANI, C. ; CLEFF, M. B. . Citotoxicidade in vitro do extrato hidroalcóolico de Bauhinia forficata em células neoplásicas e não-neoplásicas. In: II Congresso Sul Brasileiro da Anclivepa, 2016, Florianópolis. Anais do II Congresso Sul Brasileiro da Anclivepa, 2016.

  • GALIZA, A. X. F. ; SAPIN, C. F. ; SILVA, L. M. C. ; GUIM, T. N. ; SILVA, C. C. ; GRECCO, F. B. . CARCINOMA DE CÉLULAS C DA TIREÓIDE ?RELATO DE CASO. In: XXV Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2016, Pelotas - RS. Anais do XXV Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2016.

  • BARBOSA, R. M. ; KNABAH, N. W. ; SILVA, C. C. ; GIORDANI, C. ; CLEFF, M. B. ; CORCINI, C. D. . DETERMINAÇÃO DA TOXIDADE DE ÓLEO ESSENCIAL DE PLANTA DA FAMÍLIA LAMIACEAE EM CÉLULAS ESPERMÁTICAS SUÍNAS. In: XXV Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2016, Pelotas - RS. Anais do XXV Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2016.

  • GUTERRES, K. A. ; GIORDANI, C. ; MATOS, C. B. ; SILVA, C. C. ; LADEIRA, S. R. L. ; CLEFF, M. B. . PERFIL DE RESISTÊNCIA DE PSEUDOMONAS SP. ISOLADAS DE LESÕES CUTÂNEAS DE CÃES DO HCV-UFPEL E ATIVIDADE IN VITRO DA FAMÍLIA LAMIACEAE. In: XVII Encontro de Pós Graduação UFPel, 2015, Pelotas. XVII Encontro de Pós Graduação UFPel, 2015.

  • MILECH, V. ; RAPPETI, J. C. S. ; SILVA, C. C. ; BRAGA, F. V. A. ; CAVALCANTI, G. A. O. ; GUIM, T. N. ; SALGADO, L. G. ; SANCHES, A. R. ; GAMBOA, D. ; HILLER, J. B. ; Añaña, D. C. ; PERERA, S. C. . Primeiro caso de Dioctophyma renale em gato doméstico no Rio Grande do Sul, Brasil. In: 13° Congresso Paulista de ClínicosVetrinários de Pequenos Animais, 2015, São Paulo. Anais do 13° Congresso Paulista de ClínicosVetrinários de Pequenos Animais, 2015.

  • GIORDANI, C. ; GUTERRES, K. A. ; MATOS, C. B. ; SILVA, C. C. ; CLEFF, M. B. . Ação Antibacteriana do Óleo Essencial de Pimenta-rosa (Schinus terebinthifolius) sobre isolados clínicos resistentes. In: XVII Encontro de Pós-graduação da UFPel, 2015, Pelotas. Anais do XVII Encontro de Pós-graduação da UFPel, 2015.

  • SILVA, C. C. ; GIORDANI, C. ; GUIM, T. N. ; FERNANDES, C. G. ; CLEFF, M. B. . Estudo retrospectivo dos pacientes portadores de neoplasmas mamários atendidos pelo Serviço de Oncologia Veterinária da Universidade Federal de Pelotas no ano de 2013. In: XVI Encontro de Pós-Graduação UFPel, 2014, Pelotas. XVI Encontro de Pós-Graduação da UFPel, 2014.

  • ALBUQUERQUE, G. ; ATHAYDE, C. L. ; GUTERRES, K. A. ; GIORDANI, C. ; RATSLAFF, K. ; LAVADOURO, J. H. B. ; SILVA, C. C. . USO DA HOMEOPATIA COMO ADJUVANTE NA TERAPIA DA DEMODICIOSE CANINA GENERALIZADA: RELATO DE CASO. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado/RS. 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014.

  • RATSLAFF, K. ; ALBUQUERQUE, G. ; LAVADOURO, J. H. B. ; MATOS, C. B. ; LEMOS, C. D. ; FERNANDES, C. G. ; SILVA, C. C. . ASPECTOS CLÍNICO-PATOLÓGICOS DA DOENÇA RENAL POLICÍSTICA FELINA: RELATO DE CASO. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado/RS. 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014.

  • RATSLAFF, K. ; ALBUQUERQUE, G. ; SILVA, C. C. ; GASPAR, L. F. J. ; CLEFF, M. B. ; GIORDANI, C. . RELATO DE CASO DE HÉRNIA DIAFRAGMÁTICA EM FELINO. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado/RS. 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014.

  • LAVADOURO, J. H. B. ; SILVA, C. C. ; FERNANDES, C. G. ; ALBUQUERQUE, G. ; MORAES, T. B. ; GUTERRES, K. A. . CARCINOMA DE CÉLULAS DE TRANSIÇÃO EM CÃO AMERICAN PIT BULL TERRIER. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014. 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014.

  • SILVA, C. C. ; ATHAYDE, C. L. ; GUIM, T. N. ; FERNANDES, C. G. ; NEVES, K. R. ; RIPPLINGER, A. . AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA E INTENSIDADE DA DOR EM CÃES PORTADORES DE NEOPLASMAS MALIGNOS. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado/RS. 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014.

  • NEVES, K. R. ; BARBOZA, D. V. ; NUNES, A. R. ; SILVA, C. C. ; FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. . ESTUDO RETROSPECTIVO DE MASTOCITOMAS EM CÃES E GATOS ATENDIDOS NO HCV-UFPEL NO PERÍODO DE 2012 A 2014. In: XXIII Congresso de Iniciação Científica, 2014, Pelotas. XXIII Congresso de Iniciação Científica, 2014.

  • BARBOZA, D. V. ; GUTERRES, K. A. ; SILVA, C. C. ; SILVA, C. L. ; FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. . CARCINOMA DE CÉLULAS TRANSICIONAIS DA BEXIGA EM CÃES: ESTUDO CLÍNICOPATOLÓGICO E DE SOBREVIDA. In: XXIII Congresso de Iniciação Científica, 2014. XXIII Congresso de Iniciação Científica, 2014.

  • GUTERRES, K. A. ; GIORDANI, C. ; MATOS, C. B. ; SILVA, C. C. ; MEIRELES, M. C. A. ; CLEFF, M. B. . ATIVIDADE DO EXTRATO HIDROALCOÓLICO DE Bauhinia forficata FRENTE AO Sporothrix brasiliensis. In: XVI Encontro de Pós-Graduação UFPel, 2014, Pelotas. Anais do XVI Encontro de Pós-Graduação UFPel, 2014.

  • GIORDANI, C. ; GUTERRES, K. A. ; MATOS, C. B. ; SILVA, C. C. ; FARIA, R. O. ; CLEFF, M. B. . AÇÃO DOS EXTRATOS HIDROALCOÓLICOS DE AROEIRA-MANSA E LANCETA FRENTE A SPOROTHRIX BRASILIENSIS. In: XVI Encontro de Pós-Graduação UFPel, 2014, Pelotas. Anais do XVI Encontro de Pós-Graduação UFPel, 2014.

  • MATOS, C. B. ; GUTERRES, K. A. ; GIORDANI, C. ; SILVA, C. C. ; AZAMBUJA, R. H. ; CLEFF, M. B. . ROSÁRIO ESPOROTRICÓTICO EM FELINO DOMÉSTICO E A IMPORTÂNCIA DA INSTITUIÇÃO DE MEDIDAS PROFILÁTICAS NO CONTROLE DA ENFERMIDADE. In: XVI Encontro da Pós-Graduação da UFPel, 2014, Pelotas. Anais do XVI Encontro da Pós-Graduação da UFPel, 2014.

  • SILVA, C. C. ; NEVES, K. R. ; ATHAYDE, C. L. ; GRECCO, F. B. ; GUIM, T. N. . Linfoma nasal com comprometimento do nervo óptico em um canino. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado. Anais do 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2016.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; ATHAYDE, C. L. ; LEMOS, C. D. ; GUTERRES, K. A. ; FERRO, A. G. ; FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. . Estadiamento clínico e classificação histomorfológica de 44 casos de tumores mamários caninos. In: 34° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2013, Natal. Acta Veterinaria Brasilica, 2013.

  • GUIM, T. N. ; GUIM, Tainã ; SILVA, Cristine Cioato da ; SANTOS, B. L. ; FERRO, A. G. ; FERNANDES, C. G. . Avaliação de margens cirúrgicas em 131 casos de tumores mamários caninos. In: 34° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2013, Natal. Acta Veterinaria Brasilica, 2013.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; LEMOS, C. D. ; GUTERRES, K. A. ; GUIM, T. N. ; SILVA, F. S. E. ; GRECCO, F. ; CLEFF, M. B. . Caracterização clínica e patológica da tríade felina: relato de caso. In: 34° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2013, Natal. Acta Veterinaria Brasilica, 2013.

  • GUTERRES, K. A. ; ATHAYDE, C. L. ; SILVA, Cristine Cioato da ; BERGMANN, L. K. ; CORREA, A. ; LEMOS, C. D. ; BORGARTZ, A. ; GUIM, T. N. ; AGUIAR, E. S. V. . Atendimentos de emergência ocorridos no período de março de 2012 a fevereiro de 2013 no Hospital de Clínicas Veterinária da Universidade Federal de Pelotas. In: II Simpósio Internacional de Emergências em Pequenos Animais - UFRGS, 2013, Porto Alegre. Revista de Ciências Agroveteriárias, 2013. v. 13. p. 1-2.

  • PERERA, S. C. ; SILVA, Cristine Cioato da ; CORREA, A. ; MILECH, V. ; AZAMBUJA, S. A. ; RAMOS, S. ; RIPPLINGER, A. ; GUIM, T. N. ; RAPPETI, J. C. S. ; BERGMANN, L. K. . Ruptura de Bexiga em Cão: relato de Caso. In: II Simpósio Internacional de Emergências em Pequenos Animais - UFRGS, 2013, Porto Alegre. Revista de Ciências Agroveteriárias. Lages, 2013. v. 13. p. 31-32.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; BERGMANN, L. K. ; GUIM, T. N. . Aspectos clínico-cirúrgicos de adenocarcinoma primário de pulmão em cão. In: II Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, 2013, Bento Gonçalves. Anais do II Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, 2013.

  • AZAMBUJA, S. A. ; SILVA, Cristine Cioato da ; BERGMANN, L. K. ; CORREA, A. ; ATHAYDE, C. L. ; GUTERRES, K. A. ; GUIM, T. N. . Hipertermia por intermação em um cão: relato de caso. In: II Simpósio Internacional de Emergências em Pequenos Animais - UFRGS, 2013, Porto Alegre. Revista de Ciências Agroveteriárias. Lages, 2013. v. 13. p. 63-64.

  • AZAMBUJA, S. A. ; CORREA, A. ; GUTERRES, K. A. ; SILVA, Cristine Cioato da ; ATHAYDE, C. L. ; GUIM, T. N. ; AGUIAR, E. S. V. ; RODRIGUES, F. ; PERERA, S. C. ; MILECH, V. ; BERGMANN, L. K. . Pneumotórax e miocardite traumática em um cão. In: II Simpósio Internacional de Emergências em Pequenos Animais - UFRGS, 2013, Porto Alegre. Revista de Ciências Agroveteriárias. Lages, 2013. v. 13. p. 61-62.

  • FERRO, A. G. ; FORESTI, L. T. ; SILVA, C. C. ; FERNANDES, C. G. . Estudo retrospectivo de tumores mamários em cães atendidos no HCV-UFPel em 2011 e 2012. In: 34° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2013, Natal. Acta Veterinaria Brasilica, 2013.

  • MILECH, V. ; RAPPETI, J. C. S. ; BERGMANN, L. K. ; CIMA, I. ; RIPPLINGER, A. ; SILVA, Cristine Cioato da ; RAMOS, S. ; AZAMBUJA, S. A. ; PERERA, S. C. ; VIVES, Patrícia Silva . Peritonite séptica em fêmea canina - relato de caso. In: II Simpósio Internacional de Emergências em Pequenos Animais - UFRGS, 2013, Porto Alegre. Revista de Ciências Agroveteriárias. Lages, 2013. v. 13. p. 35-36.

  • LEMOS, C. D. ; SILVA, Cristine Cioato da ; GUTERRES, K. A. ; RIBEIRO, E. M. ; CARAPETO, L. P. . Avaliação Radiográfica de Megaesôfago em Canino. In: XIV Encontro de Pós-graduação UFPel, 2012, Pelotas. XIV Encontro de Pós-graduação UFPel, 2012.

  • SCHMITT, B. ; SCHOSSLER, J. E. W. ; VIVES, Patrícia Silva ; AGUIAR, E. S. V. ; SILVA, Cristine Cioato da ; GUIM, T. N. ; N-GUIM, T. . Imobilização deficiente da articulação tarsocrural na tenorrafia em cão. In: X Congresso Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária, 2012, Florianópolis. X Congresso Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária, 2012.

  • GUTERRES, K. A. ; SILVA, Cristine Cioato da ; SCHMITT, B. ; AGUIAR, E. S. V. ; FERNANDES, Cristina Gevehr ; GUIM, T. N. . Mesotelioma Torácico em Cão. In: XIV Encontro de Pós-graduação UFPel, 2012, Pelotas. XIV Encontro de Pós-graduação UFPel, 2012.

  • FRANCISCO, L. S. ; GUTERRES, K. A. ; SILVA, Cristine Cioato da ; GASPAR, L. F. J. . Esporotricose em Cão. In: 21° Congresso de Iniciação Científica UFPel, 2012, Pelotas. 21° Congresso de Iniciação Científica UFPel, 2012.

  • MEINERZ, A. R. ; MATOS, C. B. ; FERREIRA, C. M. ; GIORDANI, C. ; SILVA, Cristine Cioato da ; GUTERRES, K. A. ; ACOSTA, G. S. ; BATISTA, M. ; CLEFF, M. B. ; LADEIRA, S. . Determinação da atividade da infusão de Bauhinia fortificata no tratamento de ferida aberta em cão. In: VI Simpósio Iberoamericano de Plantas Medicinais - UEPG, 2012, Ponta Grossa. VI Simpósio Iberoamericano de Plantas Medicinais - UEPG, 2012.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; GUTERRES, K. A. ; LEMOS, C. D. ; DAMIANI, C. M. ; SILVA, Fábio da Silva e ; GUIM, T. N. . Hipotireoidismo canino: relato de caso. In: XIV Encontro de Pós-graduação UFPel, 2012, Pelotas. XIV Encontro de Pós-graduação UFPel, 2012.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; Scopel, Débora ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Fábio da Silva e ; SOUZA, Lidiane da Silva Sengik de ; LEMOS, Carolina Decker . Hemangiossarcoma Nasal em um Canino: Relato de Caso. In: XIX Congresso de Iniciação Científica, 2010, Pelotas. XIX Congresso de Iniciação Científica, 2010.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; Scopel, Débora ; NUNES, Fernanda Camargo ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Fábio da Silva e . Casuística de Felinos com DTUIF Atendidos no Hospital de Clínicas Veterináriada Universidade Federal de Pelotas (HCV-UFPEL) no Período de Janeiro de 2004 até Dezembro de 2008. In: XVII Congresso de Iniciação Científica, 2008, Pelotas. XVII Congresso de Iniciação Científica - Pelotas, 2008, 2008.

  • Scopel, Débora ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Cristine Cioato da ; NUNES, Fernanda Camargo ; SILVA, Fábio da Silva e ; FERNANDES, Cristina Gevehr ; NUNES, José Eurico Vieira ; CAETANO, Clarissa Fonseca . Sarcoma de Células Sinoviais em Felino - Relato de Caso. In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008, Gramado. 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008.

  • Scopel, Débora ; SILVA, Cristine Cioato da ; FORTES, Tanise Pacheco ; NUNES, Fernanda Camargo ; SILVA, Fábio da Silva e . Infiltrado Pulmonar Eosinofílico em Felino: Relato de Caso. In: XVII Congresso de Iniciação Científica, 2008, Pelotas. XVII Congresso de Iniciação Científica - Pelotas, 2008., 2008.

  • LEHMEN, D. ; GUTERRES, K. A. ; SCHEFFLER, A. F. ; MATOS, C. B. ; SILVA, C. C. ; GIORDANI, C. ; LADEIRA, S. R. L. ; CLEFF, M. B. . Sensibilidade de isolados clínicos de E. coli multirresistentes ao Origanum vulgare (família Lamiaceae). In: XV Mostra da Produção Universitária, 2016, Rio Grande. Anais da XV Mostra da Produção Universitária, 2016.

  • SILVA, C. C. ; AZAMBUJA, R. H. ; CLEFF, M. B. ; GUIM, T. N. ; GIORDANI, C. ; FERNANDES, C. G. . Estudo retrospectivo de melanomas em pacientes atendidos no HCV-UFPEL (2011-2015). In: VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2015, Bagé. Anais do VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2015.

  • GUIM, T. N. ; SANCHES, A. R. ; SILVA, C. C. ; LEMOS, C. D. ; NUNES, A. R. ; AGUIAR, E. S. V. . Aspectos clínicos e cirúrgicos de timoma em um felino.. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado. Anais do 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014.

  • GUIM, T. N. ; SILVA, C. C. ; NUNES, A. R. ; PEREIRA, L. F. ; FERNANDES, C. G. . Osteossarcoma orbital e periorbital em um felino. In: 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014, Gramado. Anais do 41° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2014.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; GUIM, T. N. ; SILVA, D. S. E. ; FERNANDES, C. G. . Avaliação do tipo histológico e das margens cirúrgicas em 53 neoplasmas cutâneos de cães. In: II Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, 2013, Bento Gonçalves. II Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, 2013.

  • NEVES, K. R. ; FERRO, A. G. ; SILVA, C. C. ; FERNANDES, C. G. ; GUIM, T. N. . Perfil dos pacientes com neoplasias cutâneas atendidos no Serviço de Oncologia Veterinária da Universidade Federal de Pelotas. In: XXII Congresso de Iniciação Científica - UCPEL, 2013, Pelotas. Anais do XXII Congresso de Iniciação Científica, 2013.

  • Júnior, A. S. ; Añaña, D. C. ; GUTERRES, K. A. ; STELMALKE, L. L. ; BATISTA, M. ; AZAMBUJA, R. H. ; ACOSTA, G. S. ; GIORDANI, C. ; SILVA, Cristine Cioato da ; ARAÚJO, M. ; CLEFF, M. B. . Ações direcionadas para a redução da desigualdade social, perspectivas na medicina veterinária. In: XI Mostra da Produção Universitária, 2012, Rio Grande. XI Mostra da Produção Universitária, 2012.

  • Júnior, A. S. ; ARAÚJO, M. ; Añaña, D. C. ; BATISTA, M. ; ACOSTA, G. S. ; GUTERRES, K. A. ; SILVA, Cristine Cioato da ; ATHAYDE, C. L. ; STELMALKE, L. L. ; CLEFF, M. B. . MEDICINA VETERINÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE HUMANA E ANIMAL: AÇÕES EM COMUNIDADES CARENTES COMO ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO DA DESIGUALDADE SOCIA. In: 30° Seminário de Extensão Universitária - FURG, 2012, Rio Grande. 30° Seminário de Extensão Universitária - FURG, 2012.

  • ARAÚJO, M. ; BATISTA, M. ; Júnior, A. S. ; FERNANDES, L. M. ; AZAMBUJA, R. H. ; MEINERZ, A. R. ; CLEFF, M. B. ; SILVA, Cristine Cioato da . Principais zoonoses diagnosticadas em pequenos animais provenientes de localidades em vulnerabilidade social. In: I Congresso de Extensão Universitária da Unifesp, 2012, São Paulo. I Congresso de Extensão Universitária da Unifesp, 2012.

  • AZAMBUJA, R. H. ; ARAÚJO, M. ; Añaña, D. C. ; ACOSTA, G. S. ; Júnior, A. S. ; SILVA, Cristine Cioato da ; CLEFF, M. B. ; ROSA, C. S. . Homeopatia: terapêutica complementar para o tratamento de animais de companhia. In: I Congresso de Extensão Universitária da Unifesp e II Congresso Paulista de Extensão, 2012, São Paulo. I Congresso de Extensão Universitária da Unifesp e II Congresso Paulista de Extensão, 2012.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; LEMOS, C. D. ; GUTERRES, K. A. ; BERGMANN, L. K. ; CORREA, A. ; BORGARTZ, A. ; CURY, P. C. ; CLEFF, M. B. ; AGUIAR, E. S. V. ; GUIM, T. N. ; FERNANDES, C. G. . Carcinoma de células escamosas sublingual em felino: relato de caso. In: XI Mostra de Pós-Graduação/Salão Universitário - Universidade Católica de Pelotas, 2012, Pelotas. XI Mostra de Pós-Graduação/Salão Universitário - Universidade Católica de Pelotas, 2012.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; Scopel, Débora ; NUNES, Fernanda Camargo ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Fábio da Silva e ; SPRANDEL, L. ; VIVES, Patrícia Silva . Piometra em Cadela: Relato de Caso. In: XVII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVII Congresso de Iniciação Científica, 2009.

  • Scopel, Débora ; SILVA, Cristine Cioato da ; FORTES, Tanise Pacheco ; NUNES, Fernanda Camargo ; SPRANDEL, L. ; SILVA, Fábio da Silva e ; GUIM, Tainã ; FERNANDES, Cristina Gevehr . Carcinoma Tubulopapilar de Mama em Felino: Relato de Caso. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009.

  • Scopel, Débora ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Cristine Cioato da ; NUNES, Fernanda Camargo ; SPRANDEL, L. ; SILVA, Fábio da Silva e ; NUNES, José Eurico Vieira . Uso da Quimioterapia no Controle do Linfoma Multicêntrico. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009.

  • SPRANDEL, L. ; SILVA, Cristine Cioato da ; NUNES, Fernanda Camargo ; Scopel, Débora ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Fábio da Silva e ; SALLIS, Elisa Simone Viegas . Achados Histopatológicos da Gengivite Estomatite Felina. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009.

  • SPRANDEL, L. ; SILVA, Cristine Cioato da ; NUNES, Fernanda Camargo ; Scopel, Débora ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Fábio da Silva e . Acupuntura no Tratamento da Incontinência Urinária e Fecal em Paciente Canino. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009.

  • SILVA, C. C. ; Scopel, Débora ; SPRANDEL, L. ; NUNES, Fernanda Camargo ; FORTES, Tanise Pacheco ; VIVES, Patrícia Silva ; SILVA, Fábio da Silva e . Adenocarcinoma nasal em cão: relato de caso. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009.

  • SILVA, Cristine Cioato da ; Scopel, Débora ; NUNES, Fernanda Camargo ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Fábio da Silva e . Casuística Cirúrgica em Felinos no Hospital de Clínicas Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (HCV - UFPEL) no Período de Janeiro de 2004 até Dezembro de 2008. In: XVII Congresso de Iniciação Científica, 2008, Pelotas. XVII Congresso de Iniciação Científica - Pelotas, 2008, 2008.

  • Scopel, Débora ; SILVA, Cristine Cioato da ; FORTES, Tanise Pacheco ; NUNES, Fernanda Camargo ; SILVA, Fábio da Silva e . Casuística de Atendimentos Clínicos do Hospital Universitário Veterinário (HUV/UFPel) Durante o Período de Janeiro de 2004 a Dezembro de 2007 em Pacientes Felinos. In: XVII Congresso de Iniciação Científica, 2008, Pelotas. XVII Congresso de Iniciação Científica - Pelotas, 2008., 2008.

  • NUNES, Fernanda Camargo ; SILVA, Cristine Cioato da ; Scopel, Débora ; SILVA, Fábio da Silva e . Hiperadrenocorticismo em Canino: Relato de Caso. In: XVII Congresso de Iniciação Científica, 2008, Pelotas. XVII Congresso de Iniciação Científica - Pelotas, 2008., 2008.

  • Scopel, Débora ; FORTES, Tanise Pacheco ; SILVA, Cristine Cioato da ; SILVA, Fábio da Silva e ; MENDES, Tatiana Camacho ; SPADER, Melissa ; XAVIER, F. S. . Osteossarcoma Axial - Relato de Caso. In: XVI Congresso de Iniciação Científica, 2007, Pelotas. XVI Congresso de Iniciação Científica - Pelotas, 2007, 2007.

  • GIORDANI, C. ; SILVA, C. C. ; PERERA, S. C. ; BARBOSA, R. M. ; PIRES, D. M. ; CORCINI, C. D. ; VARELA JUNIOR, A. S. ; CLEFF, M. B. . EFEITO DO EXTRATO HIDROALCÓOLICO DE Polygonum hydropiperoides EM CÉLULAS ESPERMÁTICAS DE Sus scrofa domesticus. SCIENCE AND ANIMAL HEALTH , 2018.

  • SILVA, C. C. . Neoplasias Cutâneas: Diagnóstico e Tratamento em Pequenos Animais. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Estudo da eliminação de ovos de Dioctophyme renale pela urina de animais parasitados e do nível de conhecimento da comunidade acadêmica sobre a dioctofimatose, Descrição: Dioctophyme renale é um helminto cosmopolita popularmente conhecido como o verme gigante do rim por atingir até um metro de comprimento e ter como órgão de eleição o rim dos hospedeiros definitivos. O agente causa a dioctofimatose e tem como hospedeiros definitivos os mamíferos domésticos e silvestres, além do homem, o que caracteriza a parasitose como uma zoonose. Pelotas é um local favorável para o desenvolvimento de D. renale, havendo diversos relatos da parasitose em cães e gatos do município. Devido a sua importância, pesquisas a respeito da dioctofimatose devem ser realizadas para que se tenha maior compreensão acerca da infecção por D. renale e a ocorrência da enfermidade nos animais domésticos em nossa região. A partir disso, será possível informar a população sobre o controle e a profilaxia da doença, focando nos cuidados necessários tanto com os animais quanto com as pessoas e o ambiente, uma vez que a doença tem grande importância em saúde pública. Esse estudo tem como meta determinar as principais características dos animais diagnosticados em nossa região, assim como investigar se, mesmo após a realização do procedimento cirúrgico para remoção de D. renale do rim dos animais parasitados, ainda ocorre a eliminação de ovos pela urina dos mesmos. Acredita-se que é provável que ocorra a contaminação ambiental com ovos do parasito mesmo após a cirurgia, permitindo que os mesmos se desenvolvam em condições favoráveis e, consequentemente, possam a vir a gerar risco de infecção para os hospedeiros definitivos do helminto. Além disso, tem-se como meta também analisar o nível de conhecimento sobre a parasitose por parte dos alunos dos cursos da área da saúde da UFPel, a fim de estabelecer medidas para divulgação de informações e agregar conhecimento sobre a doença. Portanto, após determinar o período de eliminação de ovos de D. renale em animais de companhia mesmo após a remoção do(s) parasito(s), espera-se com esse projeto desenvolver ações a fim de minimizar ou evitar que ocorra contaminação ambiental e, consequentemente, o risco de infecção para animais e pessoas. Além disso, espera-se contribuir com a disseminação do conhecimento no meio acadêmico dos cursos da área da saúde da UFPel, sendo importante a orientação adequada à população a partir de profissionais da área da saúde.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2018 - Atual

    Atividade, toxicidade e mecanismo de ação de plantas da família Lamiaceae em Pseudomonas resistentes, Descrição: As afecções dermatológicas apresentam grande destaque em pequenos animais, podendo ser causadas por bactérias, como do gênero Pseudomonas, que vem apresentando uma crescente resistência frente aos antimicrobianos. Diante desta problemática de resistência por parte dos microorganismos aos antibióticos utilizados, muitas pesquisas tem se focado na busca de novas moléculas ou novas opções terapêuticas, como alternativas aos tratamentos já pré-estabelecidos, destacando-se assim aquelas utilizando extratos vegetais com ns proláticos e curativos em infecções bacterianas. Extratos de plantas da família Lamiaceae, como os óleos essenciais, vêm demonstrando propriedades antibacterianas, antifúngicas, antioxidantes, cicatrizantes, estimulantes, entre outras ações. Quando se refere à atividade antimicrobiana, destaca-se o gênero Origanum e Rosmarinus, sendo que em algumas espécies vegetais pertencentes a esta família, o uso popular está tradicionalmente consolidado no tratamento de diversas afecções e serve como guia para pesquisas farmacológicas. Diante deste contexto, formas de driblar a resistência bacteriana têm sido investigadas, incluindo a associação de fármacos convencionais com extratos vegetais, o que poderia ampliar o espectro de ação dos antimicrobianos, melhorando desta forma, a eficácia destes em microrganismos resistentes. Assim, pretende-se isolar bactérias do gêneroPseudomonas de lesões cutâneas de caninos,traçando um perfil de susceptibilidade a antimicrobianos e determinando a composição e a atividade de óleos essenciais da família Lamiaceae. Será feita avaliação da atividade in vitro de antimicrobianos associados aos óleos essenciais em isolados de Pseudomonas spp. multiresistentes; buscando-se um possível sinergismo e determinando a citotoxicidade dos óleos essenciais em células MDBK e em células espermáticas de ovinos através do CASA e a realização de citometria de fluxo nas células espermáticas e em isolados de Pseudomonas. A partir dos resultados espera-se traçar um perfil anti-pseudomonas e tóxico de diferentes concentrações de extratos da família Lamiaceae, caracterizando e conhecendo os padrões de atividade dos extratos assim como, um sinergismo com os antimicrobianos testados. Ainda espera-se elucidar melhor o mecanismo de ação dos extratos nas bactérias do gênero Pseudomonas através de citometria de fluxo, servindo desta forma como uma nova possível opção terapêutica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2018 - Atual

    Determinação de pacientes FIV\FeLV positivos com esporotricose, aspectos clínicos da micose e sensibilidade dos isolados de Sporothrix spp. a compostos fenólicos e terpênicos, Descrição: A esporotricose é causada pelo complexo de fungos Sporothrix schenckii, que acomete humanos e animais, sendo o felino doméstico o animal que apresenta a maior frequência de casos. O itraconazol é o fármaco de eleição para o tratamento da esporotricose em felinos, porém a ocorrência de falhas terapêuticas vem sendo relatadas, as quais podem estar relacionadas a diversos fatores, como erro de dosagens e interrupção da terapia. Além disso, a imunossupressão pode contribuir para as falhas no tratamento uma vez que gatos portadores de viroses imunossupressivas, como FeLV, podem apresentarse mais suscetíveis à doenças fúngicas. As amostras de lesões dos felinos com suspeita de esporotricose primária serão coletadas através da utilização de swabs estéreis. Os isolados de Sporothrix spp com histórico de resistência ou refratariedade para fins de comparação e avaliação serão obtidos a partir da micoteca do MICVET ? UFPel. Para a detecção de FIV e FeLV nos felinos incluídos no estudo, será realizado o teste rápido (SNAP TEST IDEXX). Os compostos isolados a serem testados serão a quercetina, o ácido p-cumárico, o ácido caféico, o 1,8-cineol e o gamma terpineno, na concentração inicial de 10mg/mL e suas diluições sucessivas. Os isolados de Sporothrix spp. serão testados na fase filamentosa, e os testes de suscetibilidade serão realizados através da técnica de Microdiluição em Caldo. O presente projeto visa contribuir com a descoberta de novas formas de controle e tratamento de esporotricose com o objetivo de reduzir a contaminação ambiental e também os riscos de transmissão de zoonozes as pessoas e outros felinos, visando um maior cuidado com a saúde dos felinos e o auxilio ao tutor em obter um resultado eficiente em menos tempo, diminuindo suas chances de coinfecção. Ao final do projeto, espera-se ter caracterizado o paciente felino positivo para esporotricose e retroviroses atendido no ambulatório veterinário e HCV - UFPel; auxiliar no diagnóstico clínico adequado através de confirmação por exame micológico e determinar os pacientes que são co-infectados por retroviroses. A partir disto, pontuar as principais causas de falhas no tratamento para esporotricose, associar às condições de resistência fúngica ou às falhas terapêuticas, visando um esclarecimento das dificuldades enfrentadas hoje em relação ao tratamento da doença.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2017 - Atual

    Eficácia de extratos vegetais sobre parasitos de animais de companhia, Descrição: As doenças causadas por helmintos e protozoários são responsáveis pelo aumento da morbidade e da mortalidade, principalmente em cães e gatos debilitados. O papel dos animais de estimação como disseminadores de parasitos com potencial zoonótico deve ser considerado, principalmente em populações com condições sanitárias precárias. Além disso, o contato cada vez mais próximo dos animais com os humanos e a possibilidade de animais assintomáticos eliminarem formas contaminantes de parasitos é um problema de saúde público. Assim, pesquisas tem sido desenvolvidas em busca de plantas bioativas para o controle das parasitoses, sendo que as plantas da família Lamiaceae tem sido alvo de estudos nessa área. Assim, pretende-se determinar a ocorrência de parasitoses em animais de companhia e avaliar a atividade in vitro de extratos vegetais sobre a inibição de ovos destes parasitos. As plantas selecionadas da família Lamiaceae serão utilizadas para a preparação de extratos (aquoso e hidroalcoólico) e óleos essenciais de acordo com a Farmacopéia Brasileira IV (1998). As amostras de fezes e urina serão coletadas de animais atendidos no HCV-UFPel, Ambulatório Ceval e no Canil Municipal de Pelotas. As fezes e urinas coletadas, serão armazenadas em frascos estéreis e mantidas refrigeradas até a análise. Será preenchido questionário no momento da coleta das amostras dos pacientes. As amostras de fezes serão processadas pelas técnicas de FAUST et al. (1938) e de Ziehl-Neelsen modificada por Kinyoun (RIGO; FRANCO, 2002), enquanto as amostras de urina serão processadas pela técnica de centrífugo-sedimentação (THRALL et al., 2007). Para a recuperação dos ovos de D. renale, será feita a centrifugação da água destilada em que os parasitos fêmeas adultos estiverem armazenados. Também será realizada a histerectomia com o objetivo de coletar os ovos diretamente dos parasitos. Os extratos vegetais de plantas serão preparados e analisados no Setor de química orgânica da UFPel. Após preparação, os extratos serão testados em diferentes concentrações, além de um controle positivo com antihelmíntico e de um controle negativo com água destilada. Ao final do trabalho espera-se determinar as concentrações inibitórias dos extratos e óleos essenciais em diferentes parasitas de cães e gatos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2016 - Atual

    Zoonoses de importância em Saúde pública: Percepção dos tutores de animais de companhia sobre o tema, Descrição: A relação com os animais, incluindo o contato físico, afetivo e emocional tem sido benéfica para o ser humano, melhorando o relacionamento social e a qualidade de vida em geral da população, em contrapartida, a crescente aquisição de cães e gatos como animais de companhia tem aumentado o número de pessoas expostas às doenças zoonóticas. Em virtude disso e, aliado há uma grande casuística de doenças zoonóticas atendidas na rotina hospitalar e ocorrentes da cidade de Pelotas, objetivou-se, a partir do presente projeto, avaliar a percepção dos tutores de cães e gatos que frequentam o Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV) e Ambulatório Veterinário, acerca das principais zoonoses. Os dados serão obtidos através de questionários manuscritos com perguntas objetivas e relevantes sobre o tema, sendo que todos os participantes deverão assinar um termo de consentimento livre e esclarecido. Sendo incluidos os tutores/responsáveis pelos animais que passarão por atendimento no HCV e ambulatório veterinário da UFPel, independente de faixa etária, sexo e escolaridade. Posteriormente, ao se definir os principais pontos de carência de informação a respeito das zoonoses abordadas, serão desenvolvidos planos de ação, a fim de preparar os profissionais da área para que possam esclarecer possíveis dúvidas em relação as doenças zoonóticas, assim como promover conscientização da população sobre o tema.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2015 - Atual

    Eficácia de extratos vegetais na desinfecção de superfícies contaminadas com fungos do complexo Sporothrix schenckii, Descrição: Quanto aos testes de exposição direta, a tintura a 10% obtida a partir do Origanum vulgare e Rosmarinus officinalis inibiu em 100% o crescimento de todos isolados de Sporothrix spp testados, na presença ou não de matéria orgânica. Já os extratos aquosos (infusão e decocção) das mesmas plantas, não apresentaram atividade fungicida frente a nenhum dos isolados de Sporothrix spp testados e o uso do extrato hidroalcoólico de R. officinalis e O. vulgare, não apresentou diferença na suscetibilidade entre os isolados felinos e caninos testados. Através deste mesmo teste, pudemos observar que o EHA de O. vulgare foi o único que se mostrou eficaz, reduzindo significativamente o número de UFC quando comparado ao controle, na presença ou não de matéria orgânica. Os desinfetantes testados apresentaram 100% de eliminação de todos isolados em todos os tempos a que foram submetidos, na presença ou não de matéria orgânica. No que diz respeito aos testes de suscetibilidade em superfície, as soluções desinfetantes testadas demonstraram eficácia na desinfecção de superfícies em inox, fórmica e piso cerâmico contaminados com Sporothrix spp, considerando-se a ausência ou baixo número de UFC/placa quando comparado ao controle negativo. O extrato hidroalcoólico (EHA) de Origanum vulgare mostrou-se eficaz na eliminação de 100% dos microrganismos testados independente da superfície testada e do isolado clínico. Já o EHA de Rosmarinus officinalis demonstrou redução de carga fúngica entre 76,3% e 100%. Para o Álcool 70°, o percentual de eliminação fúngica variou de 87,4% a 100% enquanto que para o Hipoclorito de Sódio 4% foi de 90,2% a 100%.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2015 - Atual

    Determinação da atividade antimicrobiana, antineoplásica e toxicidade de extratos vegetais, Descrição: As plantas ganham espaço no tratamentos em humanos e nos animais, devido a almejar-se produtos mais naturais, sem resíduos químicos, além da busca por menores custos no tratamento e a busca por princípios bioativos contra microrganismos patogênicos resistentes, assim como novas opções terapêuticas na terapia do câncer. A seleção microrganismos resistentes vem se destacando como um problema em saúde pública, onde a velocidade de disseminação de resistência é maior que produção de novos fármacos. Em relação a quimioterapia do câncer, são relatados efeitos colaterais durante administração, além dos fármacos não possuirem toxicidade seletiva ao tumor, atingindo as células do paciente, causando danos a tecidos e funções orgânicas. Dessa forma, é necessário a busca de novas opções de terapêuticas, com características aprimoradas. Estima-se que 60% dos pacientes oncológicos, utilizam alguma terapia alternativa ao longo da doença. Porém, nesta realidade surgem preocupações a cerca do uso popular e tradicional sem avaliação toxicológica dos recursos vegetais. Outro aspecto importante é a identificação da composição química destes extratos, já que as atividades antimicrobianas, antinflamatórias, antioxidante, etc, estão associadas a presença de determinadas substâncias. Com relação a plantas medicinais encontradas em Pelotas, RS, destaca-se algumas de uso empírico pela população local como a Eugenia uniflora Polygonum hydropiperoides e Schinus terebinthinfolius, sendo que já existem relatos sobre a atividade antimicrobiana de muitas destas plantas, assim como a planta Bauhinia forficata. A família Lamiaceae vem se destacando, devido as espécies serem ricas em substâncias antioxidantes e por apresentarem baixa toxicidade ao organismo. Muitas espécies dessa família estão sendo amplamente testadas quanto à sua atividade antimicrobiana e vêm apresentando resultados promissores. Os extratos e óleos essenciais obtidos de plantas da família Lamiaceae, já demonstraram ação antiproliferativa frente a diversas linhagens de células tumorais humanas e animais de melanoma, insulinoma, câncer de mama, câncer de colo uterino e fibrossarcoma. A partir disso, a determinação do potencial antimicrobiano, antitumoral e tóxico dos extratos vegetais destas famílias, torna-se de grande importância, tendo em vista a aplicabilidade dos resultados, assim como determinação da toxicidade, que é um dos principais fatores limitantes para que um extrato possa ser indicado como medicinal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2015 - Atual

    Testes com modelos alternativos na avaliação de toxicidade de extratos vegetais, Descrição: Estudos preliminares realizados pelo grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Produtos Naturais na Clínica Médica Veterinária (FITOPEET) já demonstraram efetividade de extratos vegetais e óleos essenciais in vitro frente a parasitas, fungos, bactérias e vírus, todos de importância veterinária. Entretanto, apesar dos estudos e dos avanços científicos obtidos na área, várias espécies ainda não possuem avaliação toxicológica. Mediante isso, o projeto tem como objetivo realizar testes de citotoxicidade em cultivo de células MDBK e VERO e atividade hemolítica in vitro de sangue através de uma amostra de sangue de 10 ml coletada de um único animal atendido no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Pelotas que passar por coleta para check up ou exame prévio para cirurgia eletiva cujo proprietário aceitar participar do projeto, e teste de toxicidade em ovos embrionados de codorna (Coturnix coturnix japonica) doados por granja produtora, utilizando extratos vegetais de Eugenia uniflora (pitangueira), Polygonum hydropiperoides (erva-de-bicho), Bauhinia forficata (pata-de-vaca) e Schinus terebinthinfolius (aroreira mansa), e dos óleos essenciais e extratos hidroalcoólicos das plantas das famílias Fabaceae e Lamiaceae, entre elas, Origanum vulgare (orégano), Origanum majorana (manjerona) e Rosmarinus officinalis (alecrim). Espera-se que os extratos vegetais e os óleos essenciais não possuam ou apresentem baixa toxicidade, determinando assim a viabilidade da continuação dos estudos e possível alternativas terapêuticas, após estudos complementares.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2014 - 2015

    Avaliação de lesões recidivantes de neoplasmas mamários em cadelas submetidas à mastectomia, Descrição: Os neoplasmas das glândulas mamárias estão entre os mais prevalentes nas fêmeas caninas. A incisão cirúrgica é a primeira linha de tratamento para os neoplasmas maários exceto pacientes que apresentem carcinoma inflamatório ou metástases distantes. O principal objetivo da cirurgia é remover todo o neoplasma pelo procedimento mais simples, o qual deve levar em consideração possível extensão das lesões malignas através dos vasos linfáticos para os linfonodos regionais. Estudos revelam o desenvolvimento de novo neoplasma no tecido mamário remanescente após cirurgia de mastectomia regional em casos de nbeoplasmas mamários malignos, o que pode ser avaliado pela análise histopatológica das margens cirúrgicas da peça excisada. Haja visto os fatos relatados, o objetivo deste trabalho é a avaliação da ocorrência de recidivas de neoplasmas mamários em cadelas submetidas à mastectomia. As pacientes que contemplem as exigências deste estudo serão avaliadas clinicamente para a recidiva de neoplasma mamário, tanto clinica quanto citologicamente.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2014 - Atual

    INVESTIGAÇÃO DA CITOTOXICIDADE E ATIVIDADE ANTI-VIRAL DOS EXTRATOS DE PLANTAS DA FAMÍLIA LAMIACEAE, Descrição: O presente estudo teve como objetivo determinar a composição química, a concentração não tóxica dos óleos essenciais, extratos aquoso e etanólico de Origanum vulgare e Rosmarinus officinalis em diferentes linhagens celulares e avaliar a atividade antiviral frente a vírus de importância veterinária. As identificações químicas dos óleos essenciais Origanum vulgare e Rosmarinus officinalis foram realizadas com o método da cromatografia gasosa com ionização por chama e os compostos dos extratos identificados com cromatográfica líquida de alta eficiência. No ensaio de citotoxicidade foram utilizadas as linhagens celulares MDBK, MDCK, CRFK e RK13, sendo confirmada a viabilidade celular pelo método MTT. A presença de atividades antivirais dos extratos foram analisadas por titulações dos vírus da diarréia viral bovina (BVDV), vírus da arterite equina (EAV), influenza vírus equino (EIV), calicivírus felino (FCV), vírus da cinomose canina (CDV), adenovírus canino (CAV) e coronavírus canino (CCoV), na presença ou ausência de cada extrato em concentração não tóxica. As placas foram mantidas em estufa até a realização da leitura, tendo como base a ausência ou presença de efeito citopático. O título foi determinado como dose infectante para cultivo celular a 50% (DICC50/100 L). Os compostos encontrados em ambos extratos foram o ácido carnósico, ácido rosmarinico, luteolina, apigenina, caempferol e quercetina. No óleo essencial de orégano pode-se constatar o -terpineno, -terpineno, linalol, 4- terpineol e timol. No óleo de alecrim foram encontrados o -pineno, canfeno, 1,8- cineol e cânfora. De acordo com os resultados obtidos na determinação da concentração não tóxica dos extratos e sua composição química, definiu-se a concentração segura e eficiente dos extratos nos testes antivirais. O extrato aquoso na concentração de 1600 g/mL, não apresentou citoxicidade para as linhagens celulares, enquanto ao extrato etanólico de Origanum vulgare somente na concentração de 600 g/mL não foi tóxico para as células. A concentração máxima não tóxica do óleo essencial de Rosmarinus officinalis frente a células RK13, MDBK, MDCK e CRFK foi de 0,023 g/mL. Com relação ao óleo essencial de Origanum vulgare frente as células RK 13 e MDCK foi de 0,013 g/mL, utilizando as células MDBK o resultado foi de 0,052 g/mL e nas CRFK foi de 0,023 g/mL. Com relação aos extratos aquoso de Origanum vulgare e Rosmarinus officinalis, apresentaram concentração não tóxica de 50 g/mL para as células MDBK, CRFK e MDCK. Já nas células RK 13 o extrato aquoso de Rosmarinus officinalis foi de 12,5 g/mL e o extrato aquoso de Origanum vulgare foi de 3,125 g/mL. Com relação aos extratos etanólico de Origanum vulgare e Rosmarinus officinalis, apresentaram concentração não tóxica de 3,125 g/mL frente as células CRFK, mesmo resultado apresentado nas células RK 13 com extrato etanólico de Rosmarinus officinalis, já nas células MDBK e MDCK foi de 6,25 g/mL. O extrato etanólico de Origanum vulgare foi de 12,5 g/mL para as células MDBK e RK 13 e 25 g/mL para as células MDCK. Os óleos essenciais de ambas as plantas apresentaram resultados mais tóxicos que os extratos, e não revelaram ação antiviral. Já o extrato etanólico do O. vulgare quando adicionado juntamente ao EAV em células RK13, resultou em redução no título viral, indicando significativa ação antiviral (p0.05). O extrato aquoso de O. vulgare quando adicionado juntamente ao EAV em células RK13, resultou em redução no título viral de 105,42TCID50/100 L para 102,09 TCID50/100 L. A adição do extrato aquoso de O. vulgare frente ao CDV resultou em redução nos títulos 102,00TCID50/100 L para 100,00 TCID50/100 L e na presença do extrato etanólico a redução do título foi de 102,00TCID50/100 L para 101,50 TCID50/100 L. Confirmando a ação virucida dos extratos avaliados, apresentando-se grande .. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2014 - Atual

    Bioprospecção com extratos vegetais de plantas da família Lamiacea e Fabaceae em microrganismos resistentes, Descrição: Com a crescente problemárica envolvendo a resistência desenvolvida por parte dos microorganismos e, principalmente, devido à atividade satisfatória das plantas medicinais que vem sendo testadas, este projeto tem como objetivo avaliar a ação antimicrobiana de extratos vegetais de Bauhinia forficata, Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis frente a bactérias multirresistentes isoladas de feridas contaminadas de animais e frente ao fungo Sporothrix brasiliensis. Para tal, num primeiro momento será realizado o isolamento e identificação de bactérias provenientes de feridas contaminadas de animais, assim como, análise do perfil de resistência dessas bactérias. Em seguida, será realizada a avaliação da atividade in vitro do extrato hidroalcoólico de Bauhinia forficata e óleo essencial de Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis frente as bactérias multirresistentes isoladas, através do teste de microdiluição em caldo. Da mesma forma, será realizada a avaliação da atividade in vitro do extrato hidroalcoólico de Bauhinia forficata frente o Sporothrix brasiliensis, também sendo realizado através da técnica de microdiluição em caldo com isolados pertencentes a micoteca do Laboratório de Doenças Infecciosas, Setor de Micologia, da UFPel. Espera-se que ao final do projeto o extrato hidroalcoólico de Bauhinia forficata, assim como os óleos essenciais de Origanum vulgare, Origanum majorana e Rosmarinus officinalis, apresentem atividade antimicrobiana frente aos microrganismos testados, servindo, desta forma, como uma possível nova opção terapêutica, principalmente nos casos de patologias em que os produtos utilizados normalmente para o tratamento não sejam efetivos, necessitando, para isto, futuros testes in vivo, avaliando-se principalmente a toxicidade e citotoxicidade destes produtos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2014 - Atual

    Determinação da atividade antifúngica de plantas medicinais encontradas em Pelotas, RS, Descrição: Para o estudo foram entrevistadas 111 pessoas, proprietários de pequenos e grandes animais, sendo 65 (58,6%) mulheres e 46 (41,4%) homens, atendidos no Ambulatório Veterinário-UFPel. A distribuição de animais por residência foi de 2,9 animais por casa, entre eles cães, gatos, cavalos, bovinos, ovinos e aves, sendo os cães e cavalos com maior ocorrência. Através do trabalho de visitação na comunidade, juntamente com uma assistente social, foram visitadas as residências de alguns entrevistados (n=39), onde se observou plantas com potencial terapêutico e tóxico, distribuídas nos jardins ou proximidades das casas da região do ambulatório. Na visitação também foram realizadas novas entrevistas, realizando fotografias e coletas de amostras de algumas espécies vegetais, a partir do consentimento dos moradores. Foram listadas 74 plantas medicinais, pelo seu nome popular, principalmente das famílias Asteraceae e Lamiaceae, conhecidas ou utilizadas como medicinais pela população do estudo, evidenciando o grande número de espécies vegetais utilizadas. As plantas foram citadas tanto para uso próprio como também para os animais sob diferentes formas de utilização e indicação, sendo as mais relatas a camomila, carqueja, cidreira, erva-doce, macela, malva, palminha e tansagem. Nesta população, a parte mais utilizada das plantas eram as folhas, que foram citadas por 82,1% (n=78) dos entrevistados. Os entrevistados citaram a utilização das plantas principalmente para terapêutica de sintomas gastrointestinais, incluindo doenças hepáticas, gripe, dores localizadas, como dores musculoarticulares e feridas. As principais formas de preparação das plantas para o uso foram a infusão e decocto. Em relação ao uso das plantas para tratamento, foi relatada melhora em 94% dos casos, utilizadas como terapia única, com apenas 6% de reações adversas e ineficácia do tratamento. Nesta comunidade, muitas vezes, os recursos naturais se tornam a única opção viável para tratamento das enfermidades de pessoas e animais, devido à baixa renda familiar. Os entrevistados que não possuíam animais correspondem aos indivíduos que levavam animais pertencentes a outros membros da família, não sendo os proprietários diretos. Em relação às pessoas que usam plantas, há um baixo número que utilizam para tratamento dos animais. O conhecimento da utilização das plantas de forma terapêutica foi adquirido por intermédio da família (pais e avós) em 85% (n=81) dos casos e por intermédio de revistas, reportagens e livros 15% (n=14) conforme relato dos entrevistados. Com relação à distribuição das plantas, 78 residências da população entrevistada cultivavam plantas, tendo um número médio de 4,4 espécies por residência. Destas, 98,7% (n=77) que mantinham as plantas no quintal faziam uso para tratamento e apenas 1,3% (n=1) não utilizavam, adquirindo as espécies de outras formas. Além disso, das outras 44 moradias, que não cultivavam plantas, apenas 38,6% (n=17) adquiria as plantas de outras formas, como no ervateiro, parentes, amigos, vizinhos, supermercado, farmácia, ou de áreas rurais. Observamos que as pessoas que tinham plantas em casa, também adquiriam de outras fontes, o que demonstra o interesse e a confiança que as pessoas têm no uso das plantas medicinais. Mediante os dados da pesquisa, a faixa etária média dos entrevistados relacionada ao cultivo e utilização de plantas medicinais,predomina em pessoas com maior idade. Além disso, pessoas que passaram por um período de suas vidas na zona rural, e que pertencem ao sexo feminino, foram aquelas que possuíam maiores conhecimentos e mais usavam as plantas com fins terapêuticos, e que inclusive, mantinham pequenos canteiros em suas residências. As pessoas mais jovens e com baixo grau de escolaridade, em sua grande maioria, não utilizavam as plantas, não tinham conhecimento ou não souberam informar. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2014 - Atual

    Prospecção do potencial anti-helmíntico dos óleos essenciais da família Lamiaceae,sobre a eclodibilidade de ovos de Ancylostoma spp.na espécie canina., Descrição: Na medicina veterinária é conhecida a problemática acerca do controle e tratamento das parasitoses. Os endo e ectoparasitas acometem rebanhos e levam a grandes perdas econômicas na cadeia produtiva brasileira, sendo que esta também é a realidade quando se trata de animais de companhia, onde se tem uma alta casuística de endoparasitos com maior prevalência para o gênero Ancylostoma spp. na espécie canina. O nematódeo Ancylostoma pertence à família Ancylostomatidae, sendo o agente etiológico mais freqüente causador da Larva Migrans cutânea-LMC no homem. Associado a alta taxa de parasitismo, temos as dificuldades enfrentadas em relação ao tratamento dos animais infectados devido ao fenômeno adaptativo de resistência aos anti-helmínticos. Diante desta realidade tem-se incentivado as pesquisas com novas moléculas e novos métodos de tratamento, destacando-se o uso de óleos essenciais. Assim, nesse estudo pretende-se, como objetivo geral, avaliar in vitro a atividade dos óleos essenciais da família Lamiaceae sobre a eclodibilidade de ovos de Ancylostoma spp. de cães e os específicos: verificar qual dos óleos possui maior poder de inibição da eclodibilidade de ovos, avaliar diferentes concentrações dos óleos essenciais sobre ovos de Ancylostoma spp.,a fim de determinar a melhor concentração ovicida e determinar a composição fitoquímica e os constituintes majoritários dos óleos essenciais através de análise cromatográfica. Com o estudo pretende-se demonstrar que os óleos essenciais podem ser uma boa opção para o tratamento e controle de ancilostomose canina.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2013 - 2014

    Avaliação com os sinais clínicos e eletrocardiográficos, ecocardiográficas e radiográficas do coração de cães relacionand, Descrição: Manifestações de doenças cardíacas podem estar presentes mesmo que o animal não se apresente num quadro de insuficiência cardíaca. Uma avaliação complementar, utilizando radiografia torácica, eletrocardiografia, ecocardiografia e algumas vezes outros testes são geralmente indicados quando os sinais sugestivos de doença cardíaca estão presentes. Visto a importância que as alterações cardíacas representam para a clínica de pequenos animais e da necessidade de diagnóstico precoce e de um serviço especializado no diagnóstico das variadas cardiopatias, propõe-se esse projeto que busca implementar um serviço especializado em cardiologia no HCV - UFPel.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (6) / Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) . , Integrantes: Cristine Cioato da Silva - Integrante / Eduardo Fontoura - Integrante / Thomas Normantom Guim - Integrante / Cristiane de Lima Athayde - Integrante / Lucimara Konflanz Bergmann - Integrante / Karina Affeldt Guterres - Integrante / Alexandre Corrêa - Integrante / Carolina Decker Lemos - Integrante / Anelise Borgartz - Integrante / Fábio da Silva e Silva - Integrante / Eduardo Santiago Ventura de Aguiar - Integrante / Luiz Paiva Carapeto - Integrante / Cristiano Silva da Rosa - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Guilherme Albuquerque de Oliveira Cavalcanti - Integrante / Anelize Felix - Integrante / Magno Eduardo Costa Igansi - Integrante / Luciele Turow - Integrante / Ciciane Fernandes - Integrante / Patricia Ferreira - Integrante / Mariana Tillmann - Integrante.

  • 2013 - 2014

    Avaliação do efeito analgésico pós operatório da anestesia local tumescente (ALT) em cadelas submetidas à mastectomia, Descrição: Objetivo geral: Avaliar a intensidade da dor e o efeito analgésico da anestesia local tumescente durante o período pós operatório em cadelas submetidas à mastectomia unilateral radical. Objetivos específicos: 1. Avaliar o nível de dor pós-operatória de cadelas submetidas à mastectomia com ou sem ALT, utilizando a escala de Glasgow 2. Avaliar a quantidade e a freqüência da utilização de analgésicos no período pós- operatório em animais submetidos ou não a ALT. 3. Mostrar através dos dados obtidos, a importância da mensuração e do controle adequado da dor pós operatória em cadelas submetidas à mastectomia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (6) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Cristine Cioato da Silva - Integrante / Patrícia Silva Vives - Integrante / Thomas Normantom Guim - Coordenador / Cristiane de Lima Athayde - Integrante / Lucimara Konflanz Bergmann - Integrante / Karina Affeldt Guterres - Integrante / Alexandre Corrêa - Integrante / Carolina Decker Lemos - Integrante / Anelise Borgartz - Integrante / Cristina Gevehr Fernandes - Integrante / Eduardo Santiago Ventura de Aguiar - Integrante / Luiz Felipe Damé Schuch - Integrante.

  • 2013 - 2014

    Avaliação da intensidade dor e da qualidade de vida de cães com câncer, Descrição: Serão utilizados 100 cães provenientes do atendimento de rotina do HC V-UFPel, no período compreendido entre março e outubro de 2013. Não haverá restrições quanto ao sexo, à raça e a idade desses animais. Os animais serão divididos em dois grupos. O grupo 1 será composto por 50 cães hígidos, servindo como grupo controle, e o grupo 2 por 50 cães nos quais tenham sido diagnosticados neoplasmas malignos espontâneos, através de histopatologia e cujo tratamento instituído tenha sido a exérese cirúrgica do(s) tumor(es). Todos os animais passarão por exame clínico completo e avaliação da qualidade de vida e intensidade da dor. Os animais do G2 passarão ainda por estadiamento clínico (TNM) e avaliação da qualidade de vida e intensidade da dor em dois momentos (antes e após a exérese do tumor). Será realizado uma análise descritiva dos animais doentes em relação a intensidade da dor e da qualidade de vida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (6) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Cristine Cioato da Silva - Integrante / Patrícia Silva Vives - Integrante / Thomas Normantom Guim - Coordenador / Cristiane de Lima Athayde - Integrante / Lucimara Konflanz Bergmann - Integrante / Karina Affeldt Guterres - Integrante / Alexandre Corrêa - Integrante / Carolina Decker Lemos - Integrante / Anelise Borgartz - Integrante / Cristina Gevehr Fernandes - Integrante / Fábio da Silva e Silva - Integrante / Eduardo Santiago Ventura de Aguiar - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Pelotas, Programa de Pós Graduação em Veterinária. , Campus Universitário, -, 96010900 - Capão do Leão, RS - Brasil - Caixa-postal: 354, Telefone: (53) 32757292

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Preceptoria (Residência Multiprofissional), Carga horária: 4

    Outras informações:
    Prestar orientação técnico-prática aos residentes e estagiários do Hospital de Clínicas Veterinária da Universidade Federal de Pelotas e auxiliar nos atendimentos aos pacientes do Serviço de Oncologia Veterinária.

  • 2013 - 2013

    Clínica Veterinária VETPLUS

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário em clínica médica e cirúrgica, Carga horária: 40

  • 2010 - 2010

    Clínica Veterinária São Francisco

    Vínculo: Estágio extra-curricular, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 4

  • 2009 - 2010

    Hospital de Clinicas Veterinária - UFPEL

    Vínculo: Estágio extra-curricular, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

  • 2006 - 2008

    Hospital de Clinicas Veterinária - UFPEL

    Vínculo: Estágio Extra- Curricular, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 16

  • 2011 - 2011

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Estágio curricular, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40

  • 2011 - 2011

    Associação Mata Ciliar

    Vínculo: Estágio curricular, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40

  • 2016 - 2016

    Pet Help Centro Veterinário

    Vínculo: Plantonista, Enquadramento Funcional: Plantonista, Carga horária: 24

    Outras informações:
    A atividade profissional consiste em exercer funções ligadas à área de clínica médica de pequenos animais, na qualidade de plantonista.