Suzana Aparecida Matos da Silva

Professora na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Graduada em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura) pelo IBB UNESP - Botucatu. Mestre em Geologia Regional, pelo IGCE, UNESP - Rio Claro, quando desenvolveu sua dissertação na área de tafonomia de crustáceos fósseis (Formação Irati, Bacia do Paraná). Doutora em Ciências, pelo Programa de Geoquímica e Geotectônica do IGc-USP, tendo desenvolvido sua tese na área de paleoecologia e tafonomia de moluscos bivalves em facies deficientes em oxigênio (Formação Serra Alta, Bacia do Paraná). Pós-doutorado na UNESP - Botucatu, onde desenvolveu projetos sobre os macroinvertebrados da Formação Romualdo e Crato, Bacia do Araripe.

Informações coletadas do Lattes em 09/09/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Geociências (Geoquímica e Geotectônica)

2012 - 2016

Universidade de São Paulo
Título: TAFONOMIA E PALEOECOLOGIA DE BIVALVES PERMIANOS EM FÁCIES SILICICLÁSTICAS DEFICIENTES EM OXIGÊNIO: O EXEMPLO DAS FORMAÇÕES IRATI E SERRA ALTA, BACIA DO PARANÁ, BRASIL
Marcello Guimarães Simões. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Mestrado em Geologia Regional

2009 - 2011

Universidade Estadual Paulista - Campus de Rio Claro
Título: Tafonomia dos Pygocephalomorpha (Crustacea, Peracarida), Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná, Brasil: Implicações Paleoecológicas e Paleoambientais,Ano de Obtenção: 2012
Marcello Guimarães Simões.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura)

2008 - 2008

Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu
Título: Paleo Expo: Uma Exposição Sobre a História da Vida Na Terra Para Alunos Do Ensino Fundamental
Orientador: Luciana Maria Lunardi Campos; Marcello Guimarães Simões

Graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado)

2004 - 2007

Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu
Título: Braquiópodes Neógenos da Bacia de Pelotas, RS: Sistemática e Paleobiogeografia.
Orientador: Marcello Guimarães Simões; Sabrina Coelho Rodrigues
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Pós-doutorado

2018 - 2021

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual Paulista, UNESP, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

2016 - 2017

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu, UNESP, Brasil. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Formação complementar

2007 - 2019

Monitoria: Disciplina de Paleontologia. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2007 - 2019

Monitoria: Disciplina de Geologia. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2017 - 2017

Minicurso: Paleobiologia da Conservação - XXV CBP. (Carga horária: 8h). , Sociedade Brasileira de Paleontologia, SBP, Brasil.

2015 - 2015

Introdução à Fotografia. (Carga horária: 20h). , Sérgio Akira Adachi, SAA, Brasil.

2013 - 2013

Corel Draw X6 - Ilustração Digital. (Carga horária: 27h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.

2007 - 2007

Vertebrados Fósseis do Brasil. (Carga horária: 12h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2007 - 2007

Desconstruindo Darwin. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2007 - 2007

Técnicas de trabalho em campo com mamíferos.. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2005 - 2007

Extensão universitária em Cursinho CAVJ/IB: Coordenação de disciplina. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2004 - 2007

Extensão universitária em Cursinho CAVJ/IB: professor. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2006 - 2006

Extensão universitária em Cursinho CAVJ/IB: Coordenação Geral. , Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu, UNESP, Brasil.

2006 - 2006

Parque Nacional Serra da Capivara. (Carga horária: 12h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2005 - 2005

Atividades Práticas em Biologia Marinha. (Carga horária: 40h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2005 - 2005

II Curso Teórico- Prático de Animais Peçonhentos. (Carga horária: 16h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2005 - 2005

Biologia e Ecologia de Elasmobrânquios. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2005 - 2005

Comportamento Animal. (Carga horária: 12h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2004 - 2004

Origem e Evolução das Serpentes. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2004 - 2004

A Origem e a Evolução dos Dinossauros. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Paleozoologia.

Organização de eventos

MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. . Visitas Didáticas - Paleo Expo. 2010. (Exposição).

Participação em eventos

11th North American Paleontological Convention. Tracking benthic faunal changes in a monotonous oxygendeficient lithofacies: A study case in the Early Cretaceous Romualdo shales, Araripe Basin, northeastern Brazil. 2019. (Congresso).

XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia. PERMIAN BIVALVES OF THE SERRA ALTA FORMATION, BRAZIL: ORDINARY SUSPENSION FEEDERS OR SEEP ORGANISMS?. 2017. (Congresso).

XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia. IRATI FORMATION BIVALVES: TESTING THE PONTIAN-BLACK SEA ANALOG FOR THE BENTHIC DISTRIBUTION DURING AN ANOXIC INTERVAL. 2015. (Congresso).

4th International Paleontological Congress. PALEOECOLOGY OF THE LOW-OXYGEN ADAPTED BIVALVES, PERMIAN SERRA ALTA FORMATION, PARANÁ BASIN, BRAZIL. 2014. (Congresso).

XXIII Congresso Brasileiro de Paleontologia. PALEOECOLOGY OF "GIANT" PLESIOCYPRINELLINI (TAMBAQUYRA) BIVALVES ON PERMIAN EPEIRIC SEAFLOORS IN THE PARANÁ BASIN, BRAZIL.. 2013. (Congresso).

I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados. TAMBAQUYRA CAMARGOI (MEGADESMIDAE, BIVALVIA) NAS CAMADAS BASAIS DAS FORMAÇÕES CORUMBATAÍ/SERRA ALTA, PERMIANO, BACIA DO PARANÁ. 2012. (Congresso).

XXII Congresso Brasileiro de Paleontologia. Modelo tafonômico para os Pygocephalomorpha Beurlen, 1930, Crustacea-Peracarida, Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná, Brasil. 2011. (Congresso).

18th International Sedimentological Congress. Taphonomy of the crustacean-dominated micro-coquines in the Permian Irati Formation (Passa Dois Group), Paraná Basin, Brazil. 2010. (Congresso).

X Congreso Argentino de Paleontología y bioestratigrafía. Taphonomy of the Pygocephalomorphan crustaceans of the Permian, Irati Formation, Paraná basin, Brazil.. 2010. (Congresso).

III Encontro dos Programas de Pós Graduação em Geociências.Gênese e Significado Paleoambiental das Coquinas de Crustáceos da Formação Assistência (Subgrupo Irati), Permiano, Bacia do Paraná, no Estado de São Paulo.. 2009. (Encontro).

PALEO SP.Tafonomia de Micro-coquinas de Crustáceos da Formação Assistência, Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná: Observações Tafonômicas Preliminares. 2009. (Outra).

VI Workshop da Pós Graduação em Ciências Biológicas: "Ciência com Consciência". 2007. (Outra).

XI Semana da Bio.Implicações Paleobiogeográficas dos Braquiópodes Neógenos, na Bacia Sedimentar de Pelotas, RS.. 2007. (Outra).

XX Congresso Brasileiro de Paleontologia. Brachiopods of The Late Cenozoic Rocks From The Pelotas Basin, State of Rio Grande do Sul, Brazil. 2007. (Congresso).

Jornada Estadual do Aqüífero Guarani. 2006. (Encontro).

Venha Conhecer o Instituto de Biociências.Cursinho CAVJ - IB. 2006. (Outra).

X Semana da Bio. 2006. (Outra).

IX Semana da Bio.Participação como ouvinte na IX Semana da Bio. 2005. (Outra).

VIII Semana da Bio.Partcipação como ouvinte na VIII Semana da Bio. 2004. (Outra).

Participação em bancas

Aluno: Marcela Aragão de Carvalho Ramos

SCARDIA, G.; SAVIAN, J. F.;MATOS, S. A.. Magnetoestratigrafia do Grupo Passa Dois e da Formação Piramboia na Porção Nordeste da Bacia do Paraná. 2020. Dissertação (Mestrado em Programa de Geociências e Meio Ambiente) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Rio Claro.

Aluno: Guilherme Borges Pimenta

SIMÕES, M.G.;MATOS, S. A.. Os Efeitos do Grande Intercâmbio Biótico Americano nas Faunas Sul-Americanas: Uma revisão Sistemática da Literatura. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado)) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu.

Aluno: Hugo Queiroz Gonçalves Dias

SIMÕES, M.G.;MATOS, S. A.. Crustáceos Decapoda Excepcionalmente Fossilizados, Formação Crato, Cretáceo, Bacia do Araripe, Brasil, e suas Implicações Paleoambientais e Paleoecológicas. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado)) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu.

Aluno: Gustavo Brito Raimundo da Silva

SIMOES, M. G.MATOS, S. A.. Revisitando a Correspondência Vivo-morto/morto-vivo em Assembleias de Braquiópodes (Rhinconelliformes) da Plataforma Continental Brasileira e Implicações Metodológicas. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado)) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu.

Aluno: Talita Gabriela Lucas de Souza

SIMOES, M. G.MATOS, SUZANA APARECIDA. Exclusão competitiva entre Brachiopoda e Bivalvia (Mollusca) ao longo do Fanerozoico: Breve Retrospectiva com comentários sobre o registro fóssil Paleozoico Brasileiro. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura)) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu.

Comissão julgadora das bancas

Renato Pirani Ghilardi

SIMÕES, Marcello Guimarães; SOUSA, S. H. M. E.; PETRI, S.; KOTZIAN, C. B.; CARVALHO, I. S.;GHILARDI, RENATO PIRANI. Tafonomia e Paleoecologia de Bivalves Permianos em Fácies Siliciclásticas Deficientes em Oxigênio: o Exemplo das Formações Irati e Serra alta, Bacia do Paraná, Brasil (Suplente). 2016. Tese (Doutorado em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências - USP.

Renato Pirani Ghilardi

SIMÕES, Marcello GuimarãesGHILARDI, RENATO PIRANI; PETRI, S.. Análise integrada (Taxonomia, Paleoecologica e evolutiva) dos bivalves da base da Formação Corumbataí (Permiano) e unidades coevas e suas implicações para a história geológica da malacofauna endêmica da Bacia do Paraná, Brasil. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências - USP.

Renato Pirani Ghilardi

SIMÕES, Marcello Guimarães; ROHN-DAVIES, R.;GHILARDI, R. P.. Gênese e significado paleoambiental das micro-coquinas de crustáceos da Formação Assistência (Subgrupo Irati), Permiano, Bacia do Paraná, no Estado de São Paulo. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Geociencias - Geologia Regional(Rc)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

MARIA JUDITE GARCIA

PETRI, S.; SIMOES, M. G.;GARCIA, M J. ANÁLISE INTEGRADA (TAXONÔMICA, PALEOECOLOGICA E EVOLUTIVA) DOS BIVALVES DA BASE DA FORMAÇÃO CORUMBATAÍ (PERMIANO) E UNIDADES COEVAS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A HISTÓRIA GEOLÓGICA DA MALACOFAUNA ENDÊMICA DA BACIA DO PARANÁ, BRASIL.. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências-Universidade de São Paulo.

Marcos Gomes Nogueira

SIMÕES, M.;Nogueira, M. G.. Braquiópodes neógenos da bacia de pelotas, RS: sistemática e paleobiogeografia. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Luiz Eduardo Anelli

SIMÕES, M. G.; Rohn, R.;ANELLI, L. E.. Tafonomia de Pygocephalomorpha (Crustacea, Peracarida), Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná, Brasil: implicações paleoecológicas e paleoambientais.. 2011. Dissertação (Mestrado em Geologia Regional) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Rosemarie Rohn Davies

SIMÕES, M. G.Rohn, R.; ANELLI, L. E.. Tafonomia dos Pygocephalomorpha (Crustacea, Pecarida), Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná, Brasil: Implicações Paleoecológicas e Paleoambientais. 2011. Dissertação (Mestrado em Geociências (Geologia Regional)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Marcello Guimaraes Simoes

SIMOES, M. G.ANELLI, L. E.Rohn, Rosemarie. Tafonomia dos Pygocephalomorpha (Crustacea, Peracarida), Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná, Brasil: implicações paleoecológicas e paleoambientais. 2011. Dissertação (Mestrado em Geologia Regional) - IGCE-UNESP-Rio Claro.

Marcello Guimaraes Simoes

Simoes, M.G.; PETRI, Setembrino; CARVALHO, I. S.;KOTZIAN, C. B.; SAWAKUCHI, A.O.. Tafonomia e paleoecologia de bivalves permianos em fácies siliciclásticas deficientes em oxigênio: o exemplo das formações Irati e Serra Alta, Bacia do Paraná, Brasil. 2016. Tese (Doutorado em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências.

Marcello Guimaraes Simoes

SIMOES, M. G.; PETRI, S.; GARCIA, M. J.. Análise Integrada (Taxonômica, Paleoecológica e Evolutiva) dos Bivalves da Base da Formação Corumbataí e Unidades Coevas e suas Implicações para a História Geológica da Malacofauna Endêmica da Bacia do Paraná, Brasil. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências.

Marcello Guimaraes Simoes

SIMOES, M. G.; GHILARDI, R. P.;ROHN, R.. Tafonomia dos Pygocephalomorpha (Crustacea, Peracarida), Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná, Brasil: implicações paleoecológicas e paleoambientais. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Geologia Regional) - IGCE-UNESP-Rio Claro.

Orientou

Talita Gabriela Lucas de Souza

Tafonomia de Alta Resolução da Camada Amargosa, Formação Marizal, Cretáceo Inferior, Sub-Bacia do Tucano Central , Bahia: Implicações para a Dinâmica Paleoambiental e Paleoecológica; 2022; Dissertação (Mestrado em Programa de Geociências e Meio Ambiente) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Rio Claro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Suzana Aparecida Matos da Silva;

Mariza Gomes Rodrigues

BIVALVES BAKEVELLIIDAE DA FORMAÇÃO ROMUALDO (ANDAR ALAGOAS, CRETÁCEO INFERIOR), BACIA DO ARARIPE, BRASIL: SIGNIFICADO PALEOAMBIENTAL E PALEOGEOGRÁFICO; 2020; Dissertação (Mestrado em Geociências e Meio Ambiente) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas,; Coorientador: Suzana Aparecida Matos da Silva;

Foi orientado por

Luciana Maria Lunardi Campos

Paleo Expo: uma exposição sobre a história da vida na terra para alunos do ensino fundamental; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas - modalidade licenciatura) - Instituto de Biociências - UNESP - Botucatu; Orientador: Luciana Maria Lunardi Campos;

Marcello Guimaraes Simoes

FAPESP - 09/12484-7 - Gênese e significado paleoambiental das coquinas de crustáceos da Formação Assistência (Subgrupo Irati), Permiano, Bacia do Paraná, no Estado De São Paulo; 2011; Dissertação (Mestrado em Geologia Regional) - IGCE-UNESP-Rio Claro, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Marcello Guimaraes Simoes;

Marcello Guimaraes Simoes

Análise integrada (taxonômica, paleoecológica e evolutiva) dos bivalves da base da Formação Corumbataí (Permiano) e unidades coevas e suas implicações para história geológica da malacafauna endêmica da Bacia do Paraná, Brasil; 2016; Tese (Doutorado em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências/USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Marcello Guimaraes Simoes;

Marcello Guimaraes Simoes

2021; Instituto de Biociências/IBB-UNESP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Marcello Guimaraes Simoes;

Marcello Guimaraes Simoes

2017; Instituto de Biociências/IBB-UNESP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Marcello Guimaraes Simoes;

Marcello Guimaraes Simoes

Braquiópodes Neógenos da Bacia de Pelotas, RS: Sistemática e Paleobiogeografia; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências/IBB-UNESP; Orientador: Marcello Guimaraes Simoes;

Marcello Guimaraes Simoes

Projeto FAPESP - 2006/04777-6 - Braquiópodes neógenos da Bacia de Pelotas, RS: sistemática e paleobiogeografia; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências/IBB-UNESP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Marcello Guimaraes Simoes;

Produções bibliográficas

  • SOUZA, T.G.L. ; MATOS, S.A. ; VAREJÃO, F.G. ; RODRIGUES, M.G. ; RIBEIRO, A.C. ; FREITAS, B.T. ; WARREN, L.V. ; ASSINE, M.L. ; SIMÕES, M.G. . High-resolution taphonomy of the Lower Cretaceous Amargosa Biota, Central Tucano Sub-Basin, Bahia, Brazil: Implications for the paleoenvironmental dynamics of a new Konservat-Lagerstätte. PALAEOGEOGRAPHY PALAEOCLIMATOLOGY PALAEOECOLOGY , v. 592, p. 110908, 2022.

  • RODRIGUES, M.G. ; VAREJÃO, F.G. ; MATOS, S.A. ; FÜRSICH, F.T. ; WARREN, L.V. ; ASSINE, M.L. ; SIMÕES, M.G. . High-resolution taphonomy and sequence stratigraphy of internally complex, bakevelliid-dominated coquinas from the Aptian Romualdo Formation, Araripe Basin, NE Brazil. MARINE AND PETROLEUM GEOLOGY , v. 143, p. 105814, 2022.

  • VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; SILVA, VICTOR RIBEIRO ; ASSINE, MARIO LUIS ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; MATOS, SUZANA APARECIDA ; RODRIGUES, MARIZA GOMES ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Marine or freshwater? Accessing the paleoenvironmental parameters of the Caldas Bed, a key marker bed in the Crato Formation (Araripe Basin, NE Brazil). BRAZILIAN JOURNAL OF GEOLOGY , v. 51, p. e2020009, 2021.

  • MATOS, SUZANA APARECIDA ; CASTILHO, ANTONIO LEÃO ; PRADO, LUDMILA ALVES CADEIRA DO ; BONDIOLI, JOÃO GUEDES ; VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; CUSTÓDIO, MICHELE ANDRIOLLI ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ASSINE, MARIO LUIS ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Taphonomy and ontogeny of the brachyuran crab Exucarcinus gonzagai, from the Lower Cretaceous (Aptian) Romualdo Formation, Araripe Basin, NE Brazil. JOURNAL OF SOUTH AMERICAN EARTH SCIENCES , v. 111, p. 103443, 2021.

  • DA SILVA, VICTOR R. ; VAREJÃO, FILIPE G. ; MATOS, SUZANA A. ; RODRIGUES, MARIZA G. ; FÜRSICH, FRANZ T. ; SKAWINA, ALEKSANDRA ; SCHNEIDER, SIMON ; WARREN, LUCAS V. ; ASSINE, MARIO L. ; SIMÕES, MARCELLO G. . New freshwater mussels (Bivalvia, Unionida) with potential trigonioidid and hyriid affinities from the Early Cretaceous of Brazil. GEOBIOS , v. 61, p. 41-54, 2020.

  • SIMOES, MARCELLO ; GUERRINI, VITOR ; MATOS, SUZANA ; ROHN, ROSEMARIE . Morphology and taxonomic position of the bizarre Permian pachydomid bivalve Leinzia from Western Gondwana. ACTA PALAEONTOLOGICA POLONICA , v. 65, p. 291-303, 2020.

  • RODRIGUES, M.G. ; MATOS, S.A. ; VAREJÃO, F.G. ; FÜRSICH, F.T. ; WARREN, L.V. ; ASSINE, M.L. ; SIMÕES, M.G. . Short-lived -Bakevelliid-Sea- in the Aptian Romualdo Formation, Araripe Basin, northeastern Brazil. CRETACEOUS RESEARCH , v. 115, p. 104555, 2020.

  • DA SILVA, VICTOR R. ; VAREJÃO, FILIPE G. ; MATOS, SUZANA A. ; FÜRSICH, FRANZ T. ; SKAWINA, ALEKSANDRA ; SCHNEIDER, SIMON ; WARREN, LUCAS V. ; ASSINE, MARIO L. ; SIMÕES, MARCELLO G. . Cratonaia novaolindensis gen. et sp. nov. (Unionida, Silesunionoidea) from the Aptian of Brazil (Araripe Basin), and its implications for the early evolution of freshwater mussels. CRETACEOUS RESEARCH , v. 107, p. 104275, 2020.

  • FÜRSICH, FRANZ T. ; CUSTÓDIO, MICHELE ANDRIOLLI ; MATOS, SUZANA A. ; HETHKE, MANJA ; QUAGLIO, FERNANDA ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; ASSINE, MARIO L. ; SIMÕES, MARCELLO G. . Analysis of a Cretaceous (late Aptian) high-stress ecosystem: The Romualdo Formation of the Araripe Basin, northeastern Brazil. CRETACEOUS RESEARCH , v. 95, p. 268-296, 2019.

  • VAREJÃO, F.G. ; FÜRSICH, F.T. ; WARREN, L.V. ; MATOS, S.A. ; RODRIGUES, M.G. ; ASSINE, M.L. ; SALES, A.M.F. ; SIMÕES, M.G. . Microbialite fields developed in a protected rocky coastline: The shallow carbonate ramp of the Aptian Romualdo Formation (Araripe Basin, NE Brazil). SEDIMENTARY GEOLOGY , v. 389, p. 103-120, 2019.

  • VAREJÃO, FILIPE G. ; WARREN, LUCAS V. ; SIMÕES, MARCELLO G. ; FÜRSICH, FRANZ T. ; MATOS, SUZANA A. ; ASSINE, MARIO L. . EXCEPTIONAL PRESERVATION OF SOFT TISSUES BY MICROBIAL ENTOMBMENT: INSIGHTS INTO THE TAPHONOMY OF THE CRATO KONSERVAT-LAGERSTÄTTE. PALAIOS , v. 34, p. 331-348, 2019.

  • GUERRINI, VITOR B. ; MATOS, SUZANA A. ; ROHN, ROSEMARIE ; VAREJÃO, FILIPE G. ; WARREN, LUCAS V. ; SIMÕES, MARCELLO G. . The last chapter of 30 million years of molluscan evolution: Permian non-marine bivalves of the Rio do Rasto Formation, Paraná Basin, Brazil. Palaeontologische Zeitschrift , v. 00, p. 00, 2019.

  • MATOS, SUZANA APARECIDA ; WARREN, LUCAS VERISSIMO ; VAREJÃO, FILIPE GIOVANINI ; ASSINE, MARIO LUIS ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Permian endemic bivalves of the -Irati anoxic event-, Paraná Basin, Brazil: Taphonomical, paleogeographical and evolutionary implications. Palaeogeography, Palaeoclimatology, Palaeoecology , v. 469, p. 18-33, 2017.

  • MATOS, SUZANA APARECIDA ; WARREN, LUCAS VERISSIMO ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ALESSANDRETTI, LUCIANO ; ASSINE, MARIO LUIS ; RICCOMINI, CLAUDIO ; SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES . Paleoecology and paleoenvironments of Permian bivalves of the Serra Alta Formation, Brazil: Ordinary suspension feeders or Late Paleozoic Gondwana seep organisms?. JOURNAL OF SOUTH AMERICAN EARTH SCIENCES , v. 77, p. 21-41, 2017.

  • SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES ; DAVID, JULIANA MACHADO ; ANELLI, LUIZ EDUARDO ; KLEIN, CARLA ; MATOS, SUZANA APARECIDA ; GUERRINI, VITOR BONATTO ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO . The Permian Tiaraju bivalve assemblage, Passa Dois Group, southern Brazil: biostratigraphic and paleobiogeographic significance. Brazilian Journal of Geology , v. 47, p. 209-224, 2017.

  • SIMÕES, M.G. ; MATOS, S.A. ; WARREN, L.V. ; ASSINE, M.L. ; RICCOMINI, C. ; BONDIOLI, J.G. . Untold muddy tales: Paleoenvironmental dynamics of a -barren- mudrock succession from a shallow Permian epeiric sea. Journal of South American Earth Sciences , v. 71, p. 223-234, 2016.

  • BONDIOLI, JOÃO G. ; MATOS, SUZANA A. ; WARREN, LUCAS V. ; ASSINE, MÁRIO L. ; RICCOMINI, CLÁUDIO ; SIMÕES, MARCELLO G. . The interplay between event and background sedimentation and the origin of fossil-rich carbonate concretions: a case study in Permian rocks of the Paraná Basin, Brazil. Lethaia (Oslo. Trykt utg.) , v. 48, p. 522-539, 2015.

  • SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES ; MATOS, SUZANA APARECIDA ; ANELLI, LUIZ EDUARDO ; ROHN, ROSEMARIE ; WARREN, LUCAS VERÍSSIMO ; DAVID, JULIANA MACHADO . A new Permian bivalve-dominated assemblage in the Rio do Rasto Formation, Paraná Basin, Brazil: Faunal turnover driven by regional-scale environmental changes in a vast epeiric sea. JOURNAL OF SOUTH AMERICAN EARTH SCIENCES , v. 64, p. 14-26, 2015.

  • APARECIDA MATOS, SUZANA ; AUGUSTO PRETTO, FLAVIO ; GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO . Tafonomia dos Pygocephalomorpha (Crustacea, Peracarida, Malacostraca), Permiano, bacia do Paraná, Brasil, e seu significado paleoambiental. REVISTA BRASILEIRA DE PALEONTOLOGIA , v. 16, p. 97-114, 2013.

  • SIMOES, M. G. ; SILVA, S. A. M. ; RODRIGUES, S. C. ; COIMBRA, J. C. . Braquiópodes (rhynchonelliformea, bouchardioidea) neógenos da bacia de Pelotas (RS) e seu significado paleoambiental. Revista Brasileira de Geociências , v. 38, p. 676-685, 2008.

  • SIMOES, M. G. ; MATOS, S.A. ; VAREJAO, F. G. ; WARREN, L. V. ; ASSINE, M. L. . Guiratingia mendesi: implicações paleontológicas e geológicas. In: Rômulo Machado; Ana Maria Goés; Maria Cristina de Moraes; Andrea Batorelli. (Org.). Setembrino Petri: do Proterozoico ao Holoceno. 1ed.São Paulo: Sociedade Brasileira de Geologia, 2018, v. , p. 193-215.

  • SIMOES, M. G. ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. ; WARREN, L. V. ; MARONNA, M. M. ; MARQUES, A. C. . Introdução à Origem e à Evolução Basal dos Metazoa. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Roca, 2016, v. , p. 34-43.

  • SIMOES, M. G. ; WARREN, L. V. ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. ; MARONNA, M. M. ; MARQUES, A. C. . Visão Paleontológica da Evolução Basal dos Animais. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Roca, 2016, v. 2016, p. 54-76.

  • LEME, J. M. ; DAVID, J. M. ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. ; SIMOES, M. G. . Brachiopoda. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Roca, 2016, v. , p. 249-257.

  • SIMOES, M. G. ; NEVES, J. P. ; MATOS, S. A. ; ANELLI, L. E. ; LEME, J. M. . Trilobitomorpha. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Roca, 2016, v. , p. 425-434.

  • MARONNA, M. M. ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. ; SIMOES, M. G. ; MARQUES, A. C. . Visão Molecular da Evolução Basal dos Animais. In: Adilson Fransozo; Maria Lucia Negreiros-Fransozo. (Org.). Zoologia dos Invertebrados. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Roca, 2016, v. , p. 44-53.

  • SIMOES, M. G. ; NEVES, J. P. ; MATOS, S. A. . Tectônica de Placas e o Ciclo dos Supercontinentes. In: Marina Bento Soares. (Org.). Paleontologia na Sala de Aula. 1ed.Porto Alegre: Editora Imprensa Livre, 2015, v. , p. 46-89.

  • SIMOES, M. G. ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. . O Ciclo das Rochas. In: Marina Bento Soares. (Org.). Paleontologia na Sala de Aula. 1ed.Porto Alegre: Editora Imprensa Livre, 2015, v. , p. 32-45.

  • SILVA, S. A. M. ; SIMOES, M. G. ; PRETTO, F. A. . Modelo tafonômico para os Pygocephalomorpha Beurlen, 1930, Crustacea-Peracarida, Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná, Brasil. In: XXII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2011, Natal -RN. Atas, 2011. p. 472-475.

  • SILVA, VICTOR RIBEIRO ; MATOS, S. A. ; RODRIGUES, S. C. ; FÜRSICH, F.T. ; KOWALEWSKI, M. ; SIMÕES, M.G. . DRILLING PREDATION IN RECENT ECHINOIDS (CLYPEASTEROIDEA, MELLITIDAE) FROM THE NORTHERN COAST OF THE BRAZILIAN SHELF, SOUTH ATLANTIC. In: 2nd Workshop on Actualistic Taphonomy, 2021, Imbé. Abstracts Volume - 2nd Workshop on Actualistic Taphonomy, 2021. v. 2. p. 48-48.

  • MATOS, S. A. ; FURSICH, F. T. ; CUSTODIO, M. A. ; VAREJAO, F. G. ; RODRIGUEZ, M. G. ; WARREN, L. V. ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . Tracking benthic faunal changes in a monotonous oxygendeficient lithofacies: A study case in the Early Cretaceous Romualdo shales, Araripe Basin, northeastern Brazil. In: 11th North American Paleontological Conference, 2019, Riverside. Paleobios, 11th North American Paleontological Conference Program with Abstracts., 2019. v. 36. p. 237-237.

  • MATOS, S. A. ; SILVA, V. R. ; VAREJAO, F. G. ; FURSICH, F. T. ; WARREN, L. V. ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . First record of Silesunionina (Order Unionida) bivalves in South America: Aptian Crato Formation, northeastern Brazil. In: 11th North American Paleontological Conference, 2019, Riverside. Paleobios, 11th North American Paleontological Conference Program with Abstracts, 2019. v. 36. p. 236-237.

  • RODRIGUEZ, M. G. ; VAREJAO, F. G. ; MATOS, S. A. ; FURSICH, F. T. ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . Sedimentary dynamics of an internally complex bakevelliid-dominated shell bed: event condensation and taphonomic feedback in muddy bottoms. In: 11th North American Paleontological Convention, 2019, Riverside. Paleobios, 11th North American Paleontological Conference Program with Abstracts, 2019. v. 36. p. 303-304.

  • RODRIGUEZ, M. G. ; MATOS, S. A. ; VAREJAO, F. G. ; FURSICH, F. T. ; WARREN, L. V. ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . The ?Bakevelliidae Sea? of the Romualdo Formation: A shortlived Aptian marine ingression in the northeastern Braz. In: 11th North American Paleontological Conference, 2019, Riverside. Paleobios, 11th North American Paleontological Conference Program with Abstracts, 2019. v. 36. p. 302-303.

  • VAREJAO, F. G. ; WARREN, L. V. ; SIMOES, M. G. ; FURSICH, F. T. ; MATOS, S.A. ; ASSINE, M. L. . Exceptional preservation of shrimp soft tissues by microbial entombment: Cretaceous Crato konservat-lagerstätte, Araripe Basin, Brazil. In: 11th North American Paleontological Conference, 2019, Riverside. Paleobios, 11th North American Paleontological Conference Program with Abstracts, 2019. v. 26. p. 358-358.

  • VAREJAO, F. G. ; FURSICH, F. T. ; WARREN, L. V. ; MATOS, S. A. ; RODRIGUEZ, M. G. ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . Spectacular Aptian stromatolite fields and associated biofacies in the RomualdoFormation, Araripe Basin, northeastern Brazil. In: 11th North American Paleontological Conference, 2019, Riverside. Paleobios, 11th North American Paleontological Conference Program with Abstracts, 2019. v. 36. p. 358-359.

  • RODRIGUEZ, M. G. ; VAREJAO, F. G. ; MATOS, S. A. ; FURSICH, F. T. ; WARREN, L. V. ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . GENESIS OF MULTIPLE-EVENT SHELL CONCENTRATIONS IN EPEIRIC SEAS: BAKEVELLIID-DOMINATED SHELL-BEDS OF THE ROMUALDO FORMATION, CRETACEOUS, ARARIPE BASIN, BRAZIL. In: XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2019, Uberlândia. Paleontologia em Destaque. Boletim de Resumos, 2019. p. 77-77.

  • SIMOES, M. G. ; GIARETTA, A. A. ; MATOS, S. A. ; ASSINE, M. L. . SHELL-RICH PEBBLY RESISTATES: RECOGNIZING THE FOSSILS AND INTERPRETING THE SOURCE ROCKS. In: XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2019, Uberlândia. SHELL-RICH PEBBLY RESISTATES: RECOGNIZING THE FOSSILS AND INTERPRETING THE SOURCE ROCKS, 2019. p. 77-78.

  • SIMOES, M. G. ; GERRINI, V. B. ; MATOS, S. A. ; ROHN, R. . MORPHOLOGY AND TAXONOMIC POSITION OF THE BIZARRE PERMIAN BIVALVE GENUS Leinzia MENDES (PACHYDOMIDAE, EDMONDIOIDEA), PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2019, Uberlândia. Paleontologia em Destaque. Boletim de Resumos, 2019. p. 265-266.

  • SIMOES, M. G. ; FREITAS, B. T. ; WARREN, L. V. ; MATOS, S. A. ; VAREJAO, F. G. ; RODRIGUEZ, M. G. ; ASSINE, M. L. . FOSSIL-BEARING RESISTATES: A NEGLECTED SOURCE OF KEY TAPHONOMIC, PALEONTOLOGICAL AND PALEOGEOGRAPHIC DATA. In: XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2019, Uberlândia. Paleontologia em Destaque. Boletim de Resumos, 2019. p. 76-77.

  • MATOS, S.A. ; CASTILHO, A. L. ; BONDIOLI, J. G. ; CUSTODIO, M. A. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . New Aptian Necrocarcinoidea from the Early Cretaceous Romualdo Formation, Araripe Basin, Brazil. In: 9th International Crustacean Congress, 2018, Washington. Abstract Book, 2018. v. 1. p. 44-44.

  • BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S.A. ; MARQUES, A. C. ; VAREJAO, F. G. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . Systematic Reassessment of a Caridean Shrimp from the Aptian Crato Formation, Araripe Basin, NE Brazil. In: 9th International Crustacean Congress, 2018, Washington. Abstract Book, 2018. v. 1. p. 8-8.

  • BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. A. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; CUSTODIO, M. A. ; ASSINE, M. L. ; WARREN, L. V. ; SIMOES, M. G. . SHRIMP BIOSTRATINOMY (CRUSTACEA, DECAPODA) UPPER APTIAN ROMUALDO FORMATION, ARARIPE BASIN, BRAZIL, AND THEIR PALEOECOLOGIC SIGNIFICANCE. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto-SP. Paleontologia em Destaque - Edição Especial -Julho 2017. Ribeirão Preto-SP: Gráfica Editora São Francisco, 2017. v. 1. p. 47-47.

  • GUERRINI, VITOR BONATTO ; MATOS, S. A. ; VAREJAO, F. G. ; WARREN, L. V. ; ROHN, ROSEMARIE ; SIMOES, M. G. . A NEW PERMIAN SHELL-RICH DEPOSIT, RIO DO RASTO FORMATION, PARANÁ BASIN: TAPHONOMICAL AND PALEOECOLOGICAL IMPLICATIONS. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto-SP. Paleontologia em Destaque - Edição Especial - Julho 2017. Ribeirão Preto-SP: Gráfica Editora São Francisco, 2017. v. 1. p. 135-135.

  • MATOS, S.A. ; WARREN, L.V. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ALESSANDRETTI, LUCIANO ; ASSINE, M. L. ; RICCOMINI, C. ; SIMOES, M. G. . PERMIAN BIVALVES OF THE SERRA ALTA FORMATION, BRAZIL: ORDINARY SUSPENSION FEEDERS OR SEEP ORGANISMS?. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto-SP. Paleontologia em Destaque - Edição Especial - Julho 2017. Ribeirão Preto-SP: Gráfica Editora São Francisco, 2017. v. 1. p. 193-193.

  • SILVA, V. R. ; MATOS, S.A. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; ASSINE, M. L. ; VAREJAO, F. G. ; WARREN, L. V. ; CUSTODIO, M. A. ; SIMOES, M. G. . FIRST RECORD OF NEITHEA FROM THE APTIAN CRATO FORMATION, ARARIPE BASIN, BRAZIL, AND IT'S SIGNIFICANCE. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto-SP. Paleontologia em Destaque - Edição Especial - Julho 2017. Ribeirão Preto-SP: Gráfica Editora São Francisco, 2017. v. 1. p. 320-320.

  • SILVA, V. R. ; MATOS, S. A. ; FÜRSICH, FRANZ THEODOR ; SIMOES, M. G. . DRILLING PREDATION ON RECENT CLYPEASTEROID ECHINOIDS, NORTHERN COAST OF SÃO PAULO STATE, SOUTH ATLANTIC OCEAN. In: XXV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2017, Ribeirão Preto-SP. Paleontologia em Destaque - Edição Especial - Julho 2017. Ribeirão Preto-SP: Gráfica Editora São Francisco., 2017. v. 1. p. 321-321.

  • MATOS, S. A. ; BONDIOLI, J. G. ; WARREN, L. V. ; ASSINE, M. L. ; RICCOMINI, C. ; SIMOES, M. G. . BIVALVE SHELL PAVEMENTS IN OXYGEN-DEFICIENT INTERVALS OF THE PASSA DOIS GROUP, PERMIAN, PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: XXIV Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2015, Crato-CE. Boletim de resumos (Paleontologia em Destaque/Edição Especial). Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2015. v. 1. p. 158-159.

  • MATOS, S. A. ; WARREN, L. V. ; VAREJAO, F. G. ; ASSINE, M. L. ; SIMOES, M. G. . IRATI FORMATION BIVALVES: TESTING THE PONTIAN-BLACK SEA ANALOG FOR THE BENTHIC DISTRIBUTION DURING AN ANOXIC INTERVAL. In: XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2015, Crato-CE. Boletim de Resumos (Paleontologia em Destaque/Edição Especial). Porta Alegre: Sociedade Brasileira de Paleontologia, 2015. v. 1. p. 164-164.

  • BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. A. ; WARREN, L. ; ASSINE, M. L. ; RICCOMINI, C. ; SIMOES, M. G. . UNTOLD MUDDY STORIES: THE ECOLOGICAL DYNAMICS OF AN OXYGEN-DEFICIENT FACIES WITHIN A SHALLOW, ISOLATED PERMIAN EPEIRIC SEA (PARANÁ BASIN, BRAZIL). In: 4th International Paleontological Congress, 2014, Mendoza-Argentina. Abstract Volume, 2014. p. 655-655.

  • BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. A. ; WARREN, L. ; ASSINE, M. L. ; RICCOMINI, C. ; SIMOES, M. G. . FOSSIL-BEARING CARBONATIC CONCRETIONS OF THE PERMIAN SERRA ALTA FORMATION, PARANÁ BASIN, BRAZIL, AND THE ?PARADOX? OF CONCRETIONARY OBRUTION BEDS. In: 4th International Paleontological Congress, 2014, Mendoza-Argentina. Abstract Volume, 2014. p. 656-656.

  • MATOS, S. A. ; BONDIOLI, J. G. ; WARREN, L. ; ASSINE, M. L. ; RICCOMINI, C. ; SIMOES, M. G. . PALEOECOLOGY OF THE LOW-OXYGEN ADAPTED BIVALVES, PERMIAN SERRA ALTA FORMATION, PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: 4th International Paleontological Congress, 2014, Mendoza-Argentina. Abstract Volume, 2014. p. 751-751.

  • MATOS, S. A. ; BONDIOLI, J. G. ; DAVID, J. M. ; ANELLI, L. E. ; WARREN, L. ; RICCOMINI, C. ; SIMOES, M. G. . PALEOECOLOGY OF 'GIANT' PLESIOCYPRINELLINI (TAMBAQUYRA) BIVALVES ON PERMIAN EPEIRIC SEAFLOORS IN THE PARANÁ BASIN, BRAZIL.. In: XXIII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2013, Gramado -SP. Paleontologia em Destaque - Boletim de Resumos. Porto Alegre - RS: Pallotti. v. 1. p. 194-195.

  • BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. A. ; WARREN, L. ; RICCOMINI, C. ; SIMOES, M. G. . FOSSIL-RICH TSUNAMITES FROM A STORMY EPEIRIC SEA, PERMIAN CORUMBATAÍ FORMATION , PARANÁ BASIN, BRAZIL. In: XXIII Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2013, Gramado-RS. Paleontologia em Destaque - Boletim de Resumos. Porto Alegre - RS: Pallotti, 2013. v. 1. p. 298-298.

  • MATOS, S. A. ; BONDIOLI, J. G. ; SIMOES, M. G. ; DAVID, J. M. ; ANELLI, L. E. . TAMBAQUYRA CAMARGOI (MEGADESMIDAE, BIVALVIA) NAS CAMADAS BASAIS DAS FORMAÇÕES CORUMBATAÍ/SERRA ALTA, PERMIANO, BACIA DO PARANÁ. In: I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados, 2012, Bauru-SP. Boletim de resumos, 2012. p. 51-51.

  • SIMOES, M. G. ; BONDIOLI, J. G. ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. ; DAVID, J. M. ; WARREN, L. ; RICCOMINI, C. ; ANELLI, L. E. . EXPLORING THE STORM WINNOWING VERSUS THE EPISODIC STARVATION MODELS FOR THE SHELL BED GENESIS IN THE PERMIAN CORUMBATAÍ FORMATION, PARANÁ BASIN. In: I Simpósio Brasileiro de Paleoinvertebrados, 2012, Bauru-SP. Boletim de resumos, 2012. p. 74-74.

  • SILVA, S. A. M. ; SIMOES, M. G. ; Ricardi-Brando, F. . Taphonomy of the crustacean-dominated micro-coquines in the Permian Irati Formation (Passa Dois Group), Paraná Basin, Brazil. In: 18th International Sedimentological Congress, 2010, Mendoza. 18th International Sedimentological Congress - Abstracts volume, 2010. p. 592-592.

  • SILVA, S. A. M. . Taphonomy of the Pygocephalomorphan crustaceans of the Permian, Irati Formation, Paraná Basin, Brazil. In: X Congreso Argentino de Paleontología y bioestratigrafía, 2010, La Plata. X Congreso Argentino de Paleontología e Bioestratigrafía - Resúmens, 2010. v. 10. p. 209-210.

  • SILVA, S. A. M. ; SIMOES, M. G. . Gênese e Significado Paleoambiental das Coquinas de Crustáceos da Formação Assistência (Subgrupo Irati), Permiano, Bacia do Paraná, no Estado de São Paulo.. In: III Encontro dos Programas de Pós Graduação em Geociências: Carreira Acadêmica, perspectivas e desafios., 2009, Rio Claro. Livro de resumos do III EPPG, 2009. v. 3. p. 122-123.

  • SILVA, S. A. M. ; SIMOES, M. G. ; Ricardi-Brando, F. . Tafonomia de Micro-coquinas de crustáceos da Formação Assistência, Subgrupo Irati, Permiano, Bacia do Paraná: Observações Tafonômicas Preliminares. In: Paleo SP - 2009, 2009, Guarulhos. Boletim de Resumos da Paleo SP - 2009, 2009. p. 57-57.

  • SILVA, S. A. M. ; RODRIGUES, S. C. ; SIMOES, M. G. . Implicações Paleobiogeográficas dos Braquiópodes Noógenos, na Bacia Sedimentar de Pelotas, RS.. In: XI Semana da Bio, 2007, Botucatu - SP. Resumos da XI Semana da Bio, 2007. p. 23-23.

  • SIMOES, M. G. ; SILVA, S. A. M. ; RODRIGUES, S. C. ; COIMBRA, J. C. . Brachiopods of The Late Cenozoic Rocks From The Pelotas Basin, State of Rio Grande do Sul, Brazil.. In: XX Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2007, Buzios, RJ. Anais do XX Congresso Brasileiro de Paleontologia, 2007. p. 59-59.

  • SILVA, S. A. M. ; RUFATO,B.P. ; LIMA, J. F. S. . Levantamento de pequenos mamíferos não voadores do estado do Tocantins e seus padrões de habitats.. In: III Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 2005, Aracruz. Livro de Resumos do III Congresso Brasileiro de Mastozoologia., 2005. v. 1. p. 125-125.

  • MATOS, S. A. . Profissão Paleontólogo. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MATOS, S. A. . Os fósseis de nossa região (Guareí-SP). 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MATOS, S. A. . Paleontologia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MATOS, S. A. . Paleontologia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MATOS, S. A. . Paleontologia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MATOS, S. A. . Paleontologia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MATOS, S. A. . Cursinho CAVJ. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções

MATOS, S. A. . Minicurso: Introdução a tafonomia. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

SIMOES, M. G. ; NEVES, J. P. ; MATOS, S. A. . Jogo Ciclo das Rochas. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Atividade didática).

SIMOES, M. G. ; NEVES, J. P. ; MATOS, S. A. . Viajante Tectônico: Tectônica Global via Google Earth. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Atividade didática).

SIMOES, M. G. ; MATOS, S. A. ; NEVES, J. P. . A Tectônica de Placas Como Base Para a Construção do Conhecimento Geocientífico e o Entendimento da Terra Enquanto um Planeta Dinâmico. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Atividade didática).

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Contexto Estratigráfico e Paleoambiental das Assembleias de Macroinvertebrados da Formação Romualdo, Cretáceo da Bacia do Araripe, e suas Implicações Paleogeográficas, Descrição: Pós Doc. No Cretáceo da Bacia do Araripe (i.e., formações Crato e Romualdo) estão registrados alguns dos mais espetaculares depósitos fossilíferos (Konservat-Largestätten) do Mesozoico do Gondwana, gerados durante o desmantelamento desse supercontinente e consequente abertura do Oceano Atlântico Sul. Como resultado desse processo, as unidades estratigráficas mais superiores do Grupo Santana (i.e., Formação Romualdo) registram importante ingressão marinha aptiana. Vários aspectos desse evento (i.e., direção e extensão da transgressão) são ainda muito controversos. Essa ingressão marinha é caracterizada por um ciclo transgressivo-regressivo limitado por discordâncias regionais. Nesse projeto serão investigadas mudanças nas paleocomunidades de macroinvertebrados bentônicos, associadas às variações paleoambientais ocorridas durante o ciclo transgressivo-regressivo da Formação Romualdo. O projeto focará em extensa análise paleoecológica quantitativa de conjuntos de amostras já coletadas com grande acuracidade estratigráfica (metro a metro), precisamente posicionadas no arcabouço de estratigrafia de sequencias disponível para a Formação Romualdo. Para determinar a natureza das mudanças paleoambientais serão consideradas analises de fácies sedimentares, tafonômicas e paleoecológicas (i.e., composição faunística, abundância relativa, diversidade) de alta resolução. O objetivo principal é demonstrar como as paleocomunidades responderam às variações paleoambientais associadas às oscilações no nível do mar. A definição do caráter paleoecológico das assembleias fósseis da Formação Romualdo é tema inédito e chave para o entendimento da paleogeografia e correlação estratigráfica do intervalo Aptiano-Albiano das bacias interiores do NE brasileiro.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Suzana Aparecida Matos da Silva - Integrante / GUIMARÃES SIMÕES, MARCELLO - Coordenador / João Guedes Bondioli - Integrante / Mario Luiz Assine - Integrante / Lucas Verissimo Warren - Integrante / Filipe Giovanini Varejão - Integrante / FÜRSICH, FRANZ THEODOR - Integrante / Michele Andreolli Custódio - Integrante / Victor Ribeiro da Silva - Integrante / Mariza Gomes Rodriguez - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2015 - 2017

    TAFONOMIA DE ALTA RESOLUÇÃO DE COQUINAS EOCRETÁCICAS DAS BACIAS DO ARARIPE E DE SERGIPE-ALAGOAS: APLICAÇÃO EM RECONSTRUÇÕES PALEOGEOGRÁFICAS E NA INVESTIGAÇÃO DE RESERVATÓRIO DE HIDROCARBONETOS ANÁLOGOS, Descrição: O estudo tafonômico de alta resolução de coquinas (shell beds) eocretácicas das bacias do Araripe e de Sergipe-Alagoas tem elevada relevância científica e econômica, sendo o objetivo deste projeto. De um lado trará progressos para a investigação paleogeográfica e paleoambiental da região nordestina em uma fase muito particular da evolução das bacias sedimentares brasileiras (transição das fases não-marinha/marinha ? abertura do Atlântico Sul); de outro, consistir-se-á em elemento de grande potencial a ser usado no avanço da compreensão de reservatórios de hidrocarbonetos análogos (rudstones a moluscos) da Província do Pré-Sal, nas bacias de Santos e Campos. Este último tema é altamente estratégico para o setor energético do país. A despeito da importância econômica e científica desses depósitos, estudos tafonômicos dessas acumulações são escassos na literatura científica nacional e internacional. O foco deste projeto são as coquinas (shell beds) neobarremiano-neoalbianas que ocorrem em superfície nas bacias de Sergipe-Alagoas e do Araripe, respectivamente nas formações Morro do Chaves (Barremiano superior ? Aptiano inferior) e Santana ? Membro Romualdo (Aptiano? ? Albiano). Comparações e possíveis correlações serão estabelecidas com as coquinas oleíferas de subsuperfície da Bacia de Campos (Grupo Lagoa Feia, Formação Coqueiros), buscando-se vincular a análise tafonômica (e.g., biotrama) aos aspectos petrofísicos de intervalos testemunhados da Formação Coqueiros, tentando-se averiguar ? em diferentes escalas ? até que ponto a história tafonômica influenciou a qualidade dos reservatórios. Em suma, a pesquisa visa (a) descrever, em detalhe, as características tafonômicas, sedimentológicas, estratigráficas e petrográficas das coquinas e rochas conchíferas da Formação Santana, Membro Romualdo, Bacia do Araripe, ocorrentes em região que margeia a Chapada do Araripe, nos Estados do Ceará, Pernambuco e Piauí; (b) descrever, em detalhe, as características tafonômicas, sedimentológicas, estratigráficas e petrográficas das coquinas e rochas conchíferas da Formação Morro do Chaves, Bacia de Sergipe-Alagoas, especialmente na pedreira da fábrica de cimento CIMPOR (antiga Pedreira Atol), Alagoas, e nas margens do rio São Francisco, em Propriá, Sergipe; (c) interpretar a gênese das concentrações bioclásticas, em ambas as bacias, procurando classificá-las, segundo os processos sedimentares de deposição e determinar sua resolução paleoecológica e temporal (time-averaging); (d) estabelecer um modelo de fácies tafonômicas, com base nos dados estratigráficos e tafonômicos coligidos, buscando-se interpretações sobre os possíveis significados paleoambientais e paleogeográficos das coquinas; (e) estabelecer relações entre os padrões de arranjos/ fácies tafonômicas reconhecidos e as informações petrofísicas (porosidade e permeabilidade) das rochas de um campo petrolífero da Bacia de Campos (disponíveis), visando encontrar associação entre o controle deposicional e a qualidade do reservatório. A presente proposta está em consonância com a linha de pesquisa emergente em coquinas desenvolvida no Centro de Geociências Aplicada ao Petróleo, UNESPetro-UNESP, Rio Claro, no âmbito do projeto ?Coquinas eocretácicas do Brasil?, situada no domínio da temática ?Carbonatos do Brasil?, desenvolvida no Centro de Geociências Aplicada ao Petróleo, UNESPetro, IGCE, campus de Rio Claro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Suzana Aparecida Matos da Silva - Integrante / Jacqueline Peixoto Neves - Integrante / RICCOMINI, CLÁUDIO - Integrante / Lucas Verissimo Warren - Integrante / SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES - Coordenador / ROHN, ROSEMARIE - Integrante / ASSINE, MARIO LUIS - Integrante / FÜRSICH, FRANZ THEODOR - Integrante / Dimas Dias Brito - Integrante / Mitsuru Arai - Integrante / Fernanda Quaglio - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra.

  • 2012 - 2016

    ANÁLISE INTEGRADA (TAXONÔMICA, PALEOECOLÓGICA E EVOLUTIVA) DOS BIVALVES DA BASE DA FORMAÇÃO CORUMBATAÍ (PERMIANO) E UNIDADES COEVAS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA HISTÓRIA GEOLÓGICA DA MALACAFAUNA ENDÊMICA DA BACIA DO PARANÁ, BRASIL, Descrição: O presente projeto de pesquisa está fundamentado na hipótese de que o progressivo processo de continentalização da Bacia do Paraná, no final do Permo e Triássico, conduziu ao aparecimento de distintas faunas de bivalves, cujo caráter paleoautoecológico e paleobiogeográfico foi, em grande parte, influenciado pelas alterações paleoambientais ocorridas na bacia. O entendimento, entretanto, da evolução in situ das malacofaunas e de fenômenos ecológicos/evolutivos envolvidos, como a grande disparidade morfológica dos elementos são enormemente prejudicados pelo conhecimento ainda precário da taxonomia e afinidades das faunas, em especial da base da Formação Corumbataí. O presente projeto de pesquisa, fundamentado em novos achados e em coleções já existentes pretende fornecer dados para o preenchimento desta lacuna de conhecimento. Em outras palavras, visa contribuir para ampliar o conhecimento taxonômico, paleoecológico e bioestratigráfico dos bivalves da parte basal da Formação Corumbataí, como fundamento para a melhor compreensão da evolução da malacofauna endêmica do Grupo Passa Dois. Neste contexto, esse projeto tem como objetivo geral o estudo taxonômico e bioestratigráfico dos bivalves fósseis encontrados na base da Formação Corumbataí, na região de Rio Claro, Piracicaba e adjacências, incluindo: (a) coleta de novos dados nas pedreiras ao longo da Rodovia Fausto Santomauro, Rio Claro-Piracicaba; (b) descrição morfológica e revisão taxonômica dos bivalves da base da Formação Corumbataí, com base nas coleções do IBB/UNESP e IGc/USP; (c) identificação, descrição e classificação dos bivalves provenientes do novo afloramento (afloramento Canavial), da base da Formação Corumbataí, nos arredores de Rio Claro, SP; (d) estudo morfofuncional das conchas dos bivalves estudados, com o intuito de interpretar o caráter paleoautoecológico da fauna; (e) correlação dos dados paleoautoecológicos, com os tafonômicos, com a finalidade de entender as condições ambientais (dinâmica sedimentar) dos estratos onde os fósseis são encontrados e (h) interpretação dos dados em termos das biozonas de bivalves, disponíveis para o Grupo Passa Dois.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Suzana Aparecida Matos da Silva - Integrante / SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2010 - 2011

    GÊNESE E SIGNIFICADO PALEOAMBIENTAL DAS COQUINAS DE CRUSTÁCEOS DA FORMAÇÃO ASSISTÊNCIA (SUBGRUPO IRATI), PERMIANO, BACIA DO PARANÁ, NO ESTADO DE SÃO PAULO, Descrição: Famosa pela presença dos répteis mesossaurídeos, as rochas do Subgrupo Irati, Artinskiano, Eopermiano, da Bacia do Paraná, foram depositadas em condições de mar restrito, progressivamente mais salino da base para o topo e apresentando faciologia complexa, incluindo folhelhos, folhelhos betuminosos, arenitos, margas, carbonatos e anidrita. Tais depósitos são representativos de deposição em bacia com configuração complexa, envolvendo ambientes de golfos e baías de profundidades e salinidades extremamente variáveis. Nessa unidade ocorrem também, além dos mesossaurídeos, outros vertebrados, vegetais fósseis (principalmente troncos de gimnospermas), invertebrados (crustáceos malacóstracos, raros insetos e possíveis foraminíferos ainda não formalmente descritos), estromatólitos e os últimos acritarcas registrados na Bacia do Paraná. Os crustáceos malacóstracos (Paulocaris, Liocaris e "Pygaspsis") se destacam como os principais invertebrados do registro fóssil do Subgrupo Irati, sendo a muito conhecidos. As principais ocorrências bem documentadas estão na borda leste (Santa Catarina e São Paulo) e oeste (Goiás) da Bacia do Paraná. Aspecto notável e não explorado do registro fóssil desses crustáceos diz respeito ao fato de, em diversas localidades do Estado de São Paulo e Goiás existir acúmulo denso de carapaças de crustáceos, à moda de coquinas ou micro-coquinas, nos calcários da Formação Assistência e unidades coevas. Conforme discutido nessa proposta, coquinas são depósitos sedimentares extremamente importantes do ponto de vista tafonômico e estratigráfico, oferecendo exemplos diversos de situações bioestratinômicas/sedimentológicas e de relações complexas entre as rochas portadoras e outras que compõem a sucessão sedimentar da Formação Assistência. Coquinas não ocorrem aleatoriamente ao longo das sucessões sedimentares, representando, geralmente, depósitos associados a eventos episódicos, materializando tempestitos proximais a distais. Por esse motivo, as coquinas são importantes indicadoras de mudanças no nível de base das bacias sedimentares e úteis como marcadoras de parasseqüências. Além disso, a estudo tafonômico da preservação diferencial de partes duras dos crustáceos, principalmente com relação à orientação dos bioclastos na matriz sedimentar, a articulação da carapaça, a fragmentação e a corrosão estão relacionadas às variações nas taxas de sedimentação e energia do meio. Nesse contexto, o presente projeto de mestrado tem por objetivos responder a seguinte pergunta: quais foram os processos sedimentares e quais foram às condições ambientais necessárias para gerar as coquinas de crustáceos da Formação Assistência (Subgrupo Irati), no Estado de São Paulo e qual o seu significado estratigráfico? Para respondê-la, os seguintes objetivos principais serão cumpridos: a- DESCRIÇÃO detalhada (incluindo petrografia sedimentar) das características tafonômicas das coquinas de crustáceos da Formação Assistência, Subgrupo Irati; b- INTERPRETAÇÃO da gênese das coquinas em termos de processos e produtos sedimentares, procurando classificá-las, segundo os processos de deposição (ênfase na resolução paleoecológica e temporal), c- DETERMINAÇÃO das trajetórias tafonômicas e história bioestratinômica das carapaças de crustáceos que compõem as acumulações e, finalmente, d- ELABORAÇÃO de modelo de deposição para as concentrações bioclásticas estudadas, buscando-se interpretações sobre os seus possíveis significados paleoambientais e a integração com as informações de cunho estratigráfico e sedimentológico. Para isso será examinado material já coletado, depositado na Coleção de Paleontologia da UNICAMP, e material adicional oriundo de coletas nas pedreiras do Subgrupo Irati, Formação Assistência, em Angatuba, Cesário Lange, Itapetininga, Ipeúna, Limeira, Pereiras, Saltinho e Tietê.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Suzana Aparecida Matos da Silva - Integrante / SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2006 - 2007

    Braquiópodes Neógenos da Bacia de Pelotas, RS: Sistemática e Paleobiogeografia., Descrição: O presente projeto de pesquisa, de natureza multidisciplinar e relacionado aos projetos FAPESP (06/00169-1, 06/00217-6) e CNPq (300448/03-1, 557333/2005-9) pretende fornecer dados para a melhor compreensão da (a) sistemática, afinidades paleobiogeográficas e (b) da distribuição temporal/espacial de braquiópodes (Brachiopoda, Rynchonelliformea) encontrados na sucessão miocênica da Bacia de Pelotas, RS. De grande importância é a confirmação da presença de espécies referíveis ao gênero Bouchardia, no Neogeno (Bacia de Pelotas). Por se tratar de um braquiópode de águas quentes, Bouchardia é importante para elucidar questões relevantes, ainda pendentes (atuação da corrente das Malvinas, durante o Mioceno), referentes a paleoceanografia e paleobiogeografia do Atlântico Sul, no Cenozóico. Contudo, o entendimento do modelo de dispersão paleobiogeográfica de Bouchardia é prejudicado pelos escassos dados disponíveis para o Neogeno, referente às ocorrências ainda não confirmadas de braquiópodes em ?áreas-chave?, na plataforma continental sul e no intervalo Mio-Plioceno da Bacia de Pelotas. Portanto, o objetivo geral desse projeto de Iniciação à Pesquisa é o de ampliar os conhecimentos relativos à sistemática e paleobiogeografia dos braquiópodes articulados do Mioceno da Bacia de Pelotas (RS), a partir da identificação preliminar dos braquiópodes ocorrentes em amostras de calha dos Poços 2-PJ-1-RS (Ponta do Juncal), 2-PN-1-RS (Povo Novo) e 2-GA-1-RS (Graxaím). Lâminas contendo material bioclástico desses poços, pertencentes ao IG, UFRGS, e preliminarmente estudadas por Sanguinetti e colaboradores ao longo das décadas de 1980 e 1990, dentre outros autores, já estão disponíveis para análise. A identificação será feita a partir da análise taxonômica de detalhe (via MEV) e descrição das formas ocorrentes. Comparação entre a fauna de braquiópodes da Bacia de Pelotas e de estratos neógenos correlatos, como os do Uruguai, os quais contêm também braquiópodes articulados. Finalmente, os dados obtidos poderão ser, futuramente, utilizados em conjunto com outros (e.g., natureza micropaleontológica) para o estabelecimento de um modelo paleobiogeográfico, vinculando a distribuição dos braquiópodes às condições (paleo)ambientais, em especial de paleocorrentes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Suzana Aparecida Matos da Silva - Integrante / SIMÕES, MARCELLO GUIMARÃES - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Artes, Filosofia e Ciências Sociais, Instituto de Geografia. , XV de Novembro, 501 LAPE, Boa Vista, 38500000 - Monte Carmelo, MG - Brasil, Telefone: (14) 996027014

Experiência profissional

2010 - 2011

Universidade Estadual Paulista - Campus de Rio Claro

Vínculo: Bolsista Fapesp, Enquadramento Funcional: Aluna de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2009 - 2010

Universidade Estadual Paulista - Campus de Rio Claro

Vínculo: Bolsista Cnpq, Enquadramento Funcional: Aluna de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2004 - 2008

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Aluna de Graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2006 - 2007

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica - FAPESP, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2005 - 2006

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Vínculo: Vinculo Livre, Enquadramento Funcional: Estagio Extra Curricular, Carga horária: 8

Outras informações:
Estágio no Laboratório de Paleozoologia Evolutiva abrangendo desde atividades de laboratório, especialmente voltadas à análise computacional e preparação de amostras para imagens digitais de fósseis e organismos viventes, até o contato com aspectos da pesquisa em "Predação em Invertebrados Marinhos Fósseis Viventes".

2012 - 2016

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista Fapesp, Enquadramento Funcional: Aluna de Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2018 - 2021

Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doc, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2016 - 2017

Universidade Estadual Paulista - Campus de Botucatu

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Doc, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2022 - Atual

Universidade Federal de Uberlândia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do Magistério Superior, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.