Lucas Lopes Grischke

Possui graduação em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG (2009) e pós-graduação (MBA) em Administração Pública e Gerência de Cidades pelo Centro Universitário Internacional UNINTER (2012). Mestre em Direito e Justiça Social pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG (2019). Atualmente é assistente em administração e Membro do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) e Núcleo de Gênero e Diversidade (NUGED) da Reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul) . Foi membro titular da Comissão de Ética do IFSul de maio de 2015 a dezembro de 2017.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Direito e Justiça Social

2018 - 2019

Universidade Federal do Rio Grande
Título: NÚCLEOS DE GÊNERO E DIVERSIDADE (NUGEDS) DO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE (IFSUL) EM PELOTAS-RS: UMA ANÁLISE SOBRE A PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS,Ano de Obtenção: 2020
Renato Duro Dias.

Especialização em Administração Pública e Gerência de Cidades

2011 - 2012

Centro Universitário Internacional
Título: Uma Breve Análise sobre a Reforma do Estado e a Administração Pública Gerencial
Orientador: Zita Ana Lago Rodrigues

Graduação em Direito

2004 - 2009

Universidade Federal do Rio Grande
Título: A questão do terrorismo no ordenamento jurídico internacional e brasileiro
Orientador: Claudia Mota Estabel

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Gestão da Informação e Documentação - Conceitos Básicos em Gestão Documenta. (Carga horária: 20h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2016 - 2016

Aluno Especial - Mestrado em Sociologia. , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2015 - 2016

Aluno Especial - Mestrado Direito e Justiça Social. , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2015 - 2015

Ética e Serviço Público. (Carga horária: 20h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2015 - 2015

ÉTICA E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. (Carga horária: 40h). , Instituto Legislativo Brasileiro, ILB, Brasil.

2014 - 2014

Organização do Arquivo - Básico - VIA INTERNET. (Carga horária: 8h). , ACERVO - Organização e Guarda de Documentos, ACERVO, Brasil.

2014 - 2014

Nova Regra Ortográfica. (Carga horária: 20h). , ESAF-ESCOLA DE ADMINISTRACAO FAZENDARIA, EAF_FORN, Brasil.

2013 - 2013

Capacitação de Tutores. (Carga horária: 60h). , Associação Nacional dos Tutores da Educação a Distância, ANATED, Brasil.

2012 - 2012

Curso Geral de Propriedade Intelectual. , Instituto Nacional da Propriedade Industrial, INPI, Brasil.

2011 - 2012

Curso de Aperfeiçoamento Técnico-Administrativo. (Carga horária: 152h). , Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, IFSUL, Brasil.

2011 - 2011

Escrita e Redação. (Carga horária: 35h). , Cursos 24 horas, CURSOS 24 HORAS, Brasil.

2011 - 2011

Gestão Empresarial III. (Carga horária: 150h). , Centro de Ensino e Treinamento Aplicado a Profissionais Ltda., CETAP - EAD, Brasil.

2006 - 2007

Operador e digitador em microcomputadores. (Carga horária: 80h). , Sisttemi Informática, SISTTEMI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

GRISCHKE, L. L. . Mostra de Produção do IFSul 2018. 2018. (Congresso).

GRISCHKE, L. L. . Mostra de Produção do IFSul 2017. 2017. (Congresso).

GRISCHKE, L. L. . VIII Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica. 2015. (Congresso).

GRISCHKE, L. L. . VII Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica. 2014. (Congresso).

GRISCHKE, L. L. . VI Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica. 2013. (Congresso).

GRISCHKE, L. L. . V Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica. 2012. (Congresso).

GRISCHKE, L. L. . IV Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica. 2011. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

17ª Mostra da Produção Universitária.EDUCAÇÃO PARA O DESASTRE: UMA FORMA DE PROTEÇÃO DAS VÍTIMAS DOS SINISTROS. 2018. (Encontro).

2 Workshop Extremo Sul de Pesquisa Empírica em Direito. 2018. (Outra).

2 Workshop Extremo Sul de Pesquisa Empírica em Direito.O nome social nas instituições de ensino públicas: uma abordagem à educação inclusiva dos núcleos de gênero e diversidade do Instituto Federal Sul-Riograndense. 2018. (Outra).

2 Workshop Extremo Sul de Pesquisa Empírica em Direito. Pesquisa de campo em direito: ferramentas, desafios e possibilidades.. 2018. (Oficina).

II Simpósio de Gênero e Diversidade: interseccionalidades e epistemologias do sul. 2018. (Simpósio).

MINICURSO 06: RELAÇÕES DE GÊNERO E PESQUISA HISTÓRICA no Seminário Corpus Possíveis no Brasil Profundo. 2018. (Seminário).

Seminário Corpus Possíveis no Brasil Profundo. 2018. (Seminário).

VII Seminário Corpo, Gênero e Sexualidade, III Seminário Internacional Corpo, Gênero e Sexualidade e III Luso-Brasileiro Educação em Sexualidade, Gênero, Saúde e Sustentabilidade.A APLICAÇÃO DA LEI MARIA DA PENHA AOS CASOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER TRANSEXUAL: INSTRUMENTO DE DIGNIDADE E JUSTIÇA SOCIAL. 2018. (Seminário).

Seminários Âmbjito Jurídico - Seminário Virtual Âmbito Jurídico: Temas do Direito Penal e Processual Penal. 2009. (Seminário).

1 Jornada de Atualização Normativa em Direito Processual Civil. 2006. (Outra).

Responsabilidade Civil no Direito do Trabalho - Subseção de Pelotas da OAB/RS. 2006. (Outra).

Ciclo de Palestras - Agências Reguladoras - Terceiro departamento da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pelotas. 2005. (Outra).

I Seminário do Direito do Consumidor - Primeiro Departamento da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pelotas. 2005. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Francisco Quintanilha Veras Neto

VERAS NETO, F. Q.. A questão do terrorismo no ordenamento jurídico internacional e brasileiro. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Rio Grande.

Fernando Seffner

DIAS, R. D.; SPAREMBERGER, R. F. L.;Seffner, Fernando. Núcleos de Gênero e Diversidade (NUGEDS) do Instituto Federal Sul-Rio Grandense (IFSUL) em Pelotas RS: uma análise sobre a perspectiva da Educação em Direitos Humanos. 2019. Dissertação (Mestrado em Direito e Justiça Social) - Universidade Federal do Rio Grande.

Fernando Seffner

DIAS, R. D.; SPAREMBERGER, R. F. L.;SEFFNER, F.. NÚCLEOS DE GÊNERO E DIVERSIDADE (NUGEDS) DO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE (IFSUL) EM PELOTAS-RS: UMA ANÁLISE SOBRE A PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS. 2019. Dissertação (Mestrado em Direito e Justiça Social) - Universidade Federal do Rio Grande.

Renato Duro Dias

Dias, Renato DuroSPAREMBERGER, R. F. L.; SEFFNER, F.. NÚCLEOS DE GÊNERO E DIVERSIDADE (NUGEDS) DO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE (IFSUL) EM PELOTAS-RS: UMA ANÁLISE SOBRE A PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS. 2019. Dissertação (Mestrado em Direito e Justiça Social) - Universidade Federal do Rio Grande.

Hector Cury Soares

SOARES, Hector Cury; ESTABEL, Claudia Mota; NETO, Francisco Quintanilha Veras. A questão do terrorismo no ordenamento jurídico internacional e brasileiro. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Rio Grande.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Regina Cecere Vianna

Competência Marítima; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Direito) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Regina Cecere Vianna;

Claudia Mota Estabel

A questão do terrorismo no ordenamento jurídico internacional e brasileiro; ; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Claudia Mota Estabel;

Renato Duro Dias

NÚCLEOS DE GÊNERO E DIVERSIDADE (NUGEDS) DO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE (IFSUL) EM PELOTAS-RS: UMA ANÁLISE SOBRE A PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS; 2019; Dissertação (Mestrado em Direito e Justiça Social) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Renato Duro Dias;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Dias, Renato Duro ; GRISCHKE, L. L. . Identidades e deslocamentos: as lutas por reconhecimento. Sul-Sul - Revista de Ciências Humanas e Sociais , v. 1, p. 148-165, 2020.

  • PENHA CORRÊA, ANDRÉ LUIS ; LOPES GRISCHKE, LUCAS ; RODRIGUES VASCONCELOS, RUBENS VICENTE . Pluralismo jurídico e diversidade sexual e de gênero. Revista do Curso de Direito do UNIFOR , v. 10, p. 133-147, 2019.

  • COSTA, E. D. P. ; FONSECA, B. B. ; TIMM, D. W. ; LOPES GRISCHKE, LUCAS ; VASCONCELOS, R. V. R. . Uma abordagem dos direitos humanos como referencial para o diálogo intercultural. REVISTA DO PORTAL JURÍDICO INVESTIDURA , v. VI, p. 1, 2019.

  • GRISCHKE, L. L. ; TIMM, D. W. ; VASCONCELOS, R. V. R. . Os impactos da Reforma do Estado e da Administração Pública Gerencial nos direitos dos servidores públicos federais. REVISTA DO PORTAL JURÍDICO INVESTIDURA , v. 1, p. 1, 2019.

  • GRISCHKE, L. L. ; SPAREMBERGER, R. F. L. . Um Breve Estudo acerca da Possível Origem dos Preconceitos na América: Análise sobre o Discurso da Superioridade Cultural Europeia na Idade Moderna. REVISTA DO PORTAL JURÍDICO INVESTIDURA , v. 226, p. 1, 2018.

  • GRISCHKE, L. L. ; TIMM, D. W. ; VASCONCELOS, R. V. R. . A LEI DE ESTÁGIOS N 11.788/08 E A BUSCA PELA CONCRETIZAÇÃO DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS DO ESTAGIÁRIO. Revista Científica Semana Acadêmica , v. 1, p. 1, 2018.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - 2019

    Grupo de Pesquisa Gênero, Sexualidade e Direito, Descrição: Descrição: O Grupo de Estudos \"Gênero, Sexualidades e Direito\" pretende refletir sobre as questões de gênero e sexualidades, eis que centrais nas ciências sociais,sociais aplicadas e humanas, especialmente no campo do Direito. Embora ainda recentes no campo jurídico, estes estudos apresentam elementos, métodos e abordagens capazes de transpor os desafios da epistemologia tradicional problematizando desde os marcos legais e jurisprudenciais, passando pela crítica e revisão do conhecimento sobre o direito com ênfase em gênero e sexualidade. Neste sentido, este Grupo de Estudos pretende problematizar as temáticas sobre gêneros, sexualidades e direito em diálogo com raça, classe e etnia; teorias e epistemologias feministas; identidades de gênero, teorias pós identitárias e decoloniais; diferenças, diversidades e teorias de justiça; gêneros, sexualidades e relações de trabalho; violências e criminalização; movimentos sociais feministas e LGBT; representações e discursos; transexualidades, saúde e direito; gêneros, sexualidades e direito de família; corpo, nome e direitos da personalidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lucas Lopes Grischke - Integrante / Renato Duro Dias - Coordenador / Amanda Brum Netto - Integrante / Luciana Alves Dombkowitsch - Integrante / josiane petry faria - Integrante / André Luis Penha Corrêa - Integrante.

  • 2018 - 2018

    QUEM TEM MEDO DE MICHEL FOUCAULT? INQUIETAÇÕES SOBRE DIREITO E EDUCAÇÃO, Descrição: Descrição: Michel Foucault foi um importante filósofo francês do século XX que revolucionou o campo da filosofia e outros mais das ciências humanas. Com suas ideias desconcertantes, muitos estudiosos da Educação e do Direito abriram sua caixa de ferramentas e, a partir dela, fizeram ranger suas investigações. Muito longe de tornar Foucault ?o? grande autor ? algo inclusive que ele mostrava verdadeira aversão! ? esse projeto de ensino trata de dar a ver o quanto sua caixa de ferramentas, passado mais de trinta anos de sua morte, ainda ecoa em nós. Foucault dedicou-se a temas sempre polêmicos e tensos a respeito da fabricação do sujeito moderno, seja pensando a constituição da loucura, as instituições de sequestro, a sexualidade ou ainda os modos de governo que institui a sociedade moderna. Cabe a nós, estudiosos do seu pensamento, tensionar seus ensinamentos para pensar o nosso contemporâneo. Assim é que podemos pensar com ele e, em alguma medida, abandoná-lo para analisar o mundo atual, as relações com o Direito e com a Educação. Utilizá-lo na medida em que sirva, em que funcione para nossos modos de problematizar o mundo hoje e, logo, potencializar outros modos de enxergar aquilo vivemos em nossa atualidade. É nesse sentido que o projeto aqui apresentado pretende contribuir. Como é possível pensar com Foucault? No que seus deslocamentos e perspectivas ajudam a pensar a Educação e o Direito em tempos atuais? Qual produtividade de suas ferramentas conceituais, analíticas e metodológicas para criarmos outras educações e direitos possíveis? Filhos da modernidade, a Educação e o Direito se pautam por verdades tão bem solidificadas em nós que, muitas vezes, esquecemos que são ditos fabricados como legítimos e tomados como necessários para construirmos novas subjetividades em tempos de crise social, política, econômica e cultural. Assim, o presente projeto de ensino pretende subverter alguns valores de verdade assumidos nesses campos de estudos e pensar como podemos encher de potência espaços que se dedicam a problematizar questões que se apresentam em nossa atualidade. O projeto foi construído na parceria entre Instituto de Educação e Faculdade de Direito de nossa Universidade. Unindo dois grupos de pesquisa ? GEECAF e GTJUS, a ideia é problematizar junto aos estudantes, professores e comunidade em geral os modos como vivemos nossa atualidade e formamos certas verdades na seara da Educação e do Direito. Esperamos que esses encontros possam potencializar espaços de resistência e criação à Educação e ao Direito. Trata-se de ?sacudir a quietude? (FOUCAULT, 2002) que muitas vezes vivemos no cenário educacional e jurídico; trata-se de pensar de novo e vislumbrar experiências possíveis que nos coloquem no jogo da vida, pensando as relações que estabelecemos com a verdade, a ciência e a filosofia. Que uma vez mais, coloquemos em exercício aquilo que Foucault (2006) nos convidou a fazer: que seus escritos possam ser como fogos de artifício, utilizados e esquecidos, lembrando apenas da bonita explosão que mobiliza a vida e o nosso pensamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Lucas Lopes Grischke - Integrante / Renato Duro Dias - Coordenador / Paula Correa Henning - Integrante / André Luis Penha Corrêa - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2013

Proficiência em Inglês, Universidade Católica de Pelotas.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2018 - Atual

    Universidade Federal do Rio Grande

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2011 - Atual

    Instituto Federal Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente em Administração, Carga horária: 40

  • 2017 - 2018

    Instituto Federal Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Coordenador da Coordenadoria de Pesquisa e Inovação (COPI) da Pró-reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação (PROPESP)

  • 2014 - 2015

    Instituto Federal Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Coordenador da Coordenadoria de Apoio à Administração (COAAD) da Pró-reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação (PROPESP)

    Atividades

    • 05/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituição: Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - Reitoria, .,Cargo ou função, Membro da Comissão para aplicação do Processo Eletrônico Nacional no IFSul.

    • 07/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituição: Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - Reitoria, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) da Reitoria.

    • 07/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituição: Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - Reitoria, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo de Gênero e Diversidade (NUGED) da Reitoria.

    • 05/2015 - 12/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituição: Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - Reitoria, .,Cargo ou função, Membro Titular da Comissão de Ética.