Marcela Thadeo

Possui graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Federal do Ceará (2002) e doutorado em Botânica pela Universidade Federal de Viçosa (2007), tendo feito transposição do mestrado para o doutorado. Participou do programa de pos-doutoramento do New York Botanical Garden, trabalhando no projeto intitulado: From Acorus to Zingiber - Assembling the Phylogeny of the Monocots. Atualmente está locada como professora efetiva do Departamento de Biologia da Universidade Estadual de Maringá. Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Anatomia Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: Myrtaceae, Salicaceae/Flacourtiaceae, Melastomataceae, estruturas secretoras, histoquímica e anatomia aplicada à taxonomia e filogenia.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Botânica

2002 - 2007

Universidade Federal de Viçosa
Título: Anatomia foliar de espécies de Flacourtiaceae (Sleumer 1980)
Renata Maria Strozi de Alves Meira. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Anatomia Vegetal; Anatomia aplicada à taxonomia; Estruturas secretoras.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada / Especialidade: Anatomia Vegetal.

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas

1995 - 2002

Universidade Federal do Ceará

Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas

1995 - 2000

Universidade Federal do Ceará
Título: Estudos sobre Proteínas de Reserva das Raízes da Mandioca (Manihot esculenta CRANTZ.)
Orientador: Francisco de Assis de Paiva Campos
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2012 - 2014

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil. , Bolsista do(a): Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MCTI, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas

2009 - 2011

Pós-Doutorado. , The New York Botanical Garden, NYBG, Estados Unidos. , Bolsista do(a): Nacional Science Fundation, NSF, Estados Unidos. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Morfologia Vegetal. , Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal.

2007 - 2008

Pós-Doutorado. , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Anatomia Vegetal. , Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Sessão de treinamento sobre Web of Science. (Carga horária: 3h). , Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.

2013 - 2013

Introdução ao Sistema de Informações Geográfica. (Carga horária: 40h). , Fundação Hidroex, HIDROEX, Brasil.

2013 - 2013

Atualização sobre o novo código florestal. (Carga horária: 8h). , Fundação Hidroex, HIDROEX, Brasil.

2006 - 2006

Anatomia de madeira. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2004 - 2004

Citoquímica vegetal. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2001 - 2001

Interpretação anatômica dos estresses em plantas. (Carga horária: 9h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2000 - 2000

Filogenia Aplicada a Malacologia. , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

1999 - 1999

Cladística e Evolução. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

1999 - 1999

Taxidermia científica. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

1998 - 1998

Análise de aminoácidos pelo método do pico tag. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

1997 - 1997

Evolução. (Carga horária: 11h). , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

1997 - 1997

Marine Mammals Behavior. , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Anatomia Vegetal.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Morfologia Vegetal.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MACHADO, M. H. ; INADA, P. ; THADEO, M. ; MOREIRA, A. L. ; ROMAGNOLO, M. B. . XVIII Emabi. 2018. (Outro).

THADEO, M. . XV Simpósio de Iniciação Científica, III Simpósio de Extensão Universitária e V Mostra Científica da Pós-Graduação. 2006. (Congresso).

THADEO, M. . 55° Congresso Nacional de Botânica e 26° Encontro Regional de Botânicos de MG, BA e ES. 2004. (Congresso).

THADEO, M. . IX Encontro Regional dos Estudantes de Biologia do Nordeste. 1999. (Outro).

THADEO, M. . XVI Semana da Biologia. 1998. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

70 Congresso Nacional de Botânica. Revitalização da carpoteca de Ralph Hertel para fins didáticos. 2019. (Congresso).

69 Congresso Nacional de Botânica. A nova delimitação de Salicaceae e a relevância da anatomia para o entendimento da evolução de caracteres.. 2018. (Congresso).

Monocots VI. Anatomy of fleshy fruits in the monocots.. 2018. (Congresso).

68 Congresso Nacional de Botânica. Anatomia do pericarpo em frutos carnosos de espécies de Campomanesia (Myrtaceae). 2017. (Congresso).

66 Congresso Nacional de Botänica. Anatomia e desenvolvimento de frutos carnosos em Monocotiledôneas com enfoque na evolução de caracteres. 2015. (Congresso).

Encontro de Pos-Graduacao em Biologia Comparada.Encontro de Pos-Graduacao em Biologia Comparada. 2015. (Encontro).

XI Congreso Latinoamericano de Botánica. Foliar anatomy of neotropical Salicaceae: potentially useful characters for taxonomy. 2014. (Congresso).

Botany 2012. An efficient procedure for preparing permanent mounts of cleared leaves. 2012. (Congresso).

XVIII International Botanical Congress. Using combined evidence trees to elucidate morphological evolution in the monocots. 2011. (Congresso).

Botany 2010. Vegetative and reproductive morphology and anatomy of Zannichellia palustris L. (Zannichelliaceae) - useful characters for phylogenetic studies. 2010. (Congresso).

Early Events in Monocot Evolution.Character transformation in the Alismatids. 2010. (Encontro).

X Congreso Latinoamericano de Botanica. Alismatales: estudos filogeneticos utilizando dados morfologicos e moleculares. 2010. (Congresso).

Botany & Micology 2009. Anatomical and histochemical characterization of extrafloral nectaries of Prockia crucis (Salicaceae). 2009. (Congresso).

Systematics. 2009. (Congresso).

1 Simpósio Brasileiro de Biologia Celular Vegetal.1 Simpósio Brasileiro de Biologia Celular Vegetal. 2005. (Simpósio).

56 Congresso Nacional de Botânica. 56 Congresso Nacional de Botânica. 2005. (Congresso).

55° Congresso Nacional de Botânica. 55° Congresso Nacional de Botânica. 2004. (Congresso).

52 Congresso Nacional de Botânica. 2001. (Congresso).

XXIII Encontro Regional de Botânicos. XXIII Encontro Regional de Botânicos. 2001. (Congresso).

51 Congresso Nacional de Botânica. 51 Congresso Nacional de Botânica. 2000. (Congresso).

IV Seminário de Atualidades Malacológicas. 2000. (Seminário).

XVI Semana da Biologia. 1999. (Outra).

VIII Encontro Regional dos Estudantes de Biologia do Nordeste.VIII Encontro Regional dos Estudantes de Biologia do Nordeste. 1998. (Encontro).

XI Encontro de Zoologia do Nordeste. 1997. (Congresso).

XV Semana da Biologia. 1997. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Isabele Pierin Carneiro

MOURAO, K. S. M.THADEO, M.; LIMA, D. F.. Anatomia floral da subtribo Myrciinae (Myrteae, Myrtaceae). 2020. Dissertação (Mestrado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Ricardo Bressan Pacífico

RODRIGUES, K. F.;THADEO, M.; SCHMITZ, F.. Sistemática de Microlicieae (Melastomataceae) na Serra do Cipó, MG, Brasil.. 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Josiane Silva Araújo

MEIRA, R. M. S. A.; SILVA, L. C.;AZEVEDO, A. A.ARAUJO, J. M.THADEO, M.. Anatomia foliar de 16 espécies de Malpighiaceae ocorrentes em área de cerrado (MG). 2008. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Luana Martos

MOURAO, K. S. M.; GUTIERE, M. A. M.;THADEO, M.; MARZINEK, J.; ALBIERO, A. L. M.. Estrutura floral e natureza do ovário ínfero em espécies de Myrteae (Myrtaceae).. 2019. Tese (Doutorado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Caroline Heinig Voltolini

SOUZA, L. A.;THADEO, M.; OLIVEIRA, F. M. C.; HARTHMAN, V. C.; SANTOS, L. S.. Estrutura da inflorescência e ontogênese da cipsela em Vernonieae (Asteraceae). 2018. Tese (Doutorado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Vanessa Koza Kowalski

MOURAO, K. S. M.THADEO, M.; SANTOS, L. S.; OLIVEIRA, F. M. C.; MARZINEK, J.. Morfoanatomia de plântulas de Bromeliaceae Juss. com ênfase na ontogenia de tricomas foliares e raízes adventícias. 2018. Tese (Doutorado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Josiane Silva Araújo

MEIRA, R. M. S. A.; MEIRA NETO, J. A. A.;AZEVEDO, A. A.THADEO, M.FRANCINO, D. M. T.. Anatomia de espécies de Banisteriopsis C.B.Rob. (Malpighiaceae) ocorrentes no Brasil. 2014. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: PEDRO PAULO DE SOUZA

VENTRELLA, M. C.;AZEVEDO, A. A.THADEO, M.; LEITE, J. P. V.. Anatomia foliar de Ficus l. subgênero Urostigma (Gasp.) Miq. e estudo etnobotânico de Ficus l. (Moraceae).. 2014. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Rafael de Oliveira França

MOURAO, K. S. M.; SOUZA, L. A.;THADEO, M.. Anatomia foliar de Bombacoideae (Malvaceae): revisão e implicações taxonômicas.. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Luana Martos

MOURAO, K. S. M.THADEO, M.; GUTIERE, M. A. M.. Anatomy and micro morphology of the stem of Microlicieae (Melastomataceae).. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Vanessa Koza Kowalski

THADEO, M.MOURAO, K. S. M.; BATISTA, M. F.. Anatomia de escapos florais de Tillandsioideae (Bromeliaceae): aspectos taxonômicos e adaptativos.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Valéria Ferreira Fernandes

MEIRA, R. M. S. A.AZEVEDO, A. A.THADEO, M.; MARQUETE, R.. Anatomia foliar como subsídio à taxonomia de Casearia Jacq. (Salicaceae). 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Ítalo Cotta Coutinho

MEIRA, R. M. S. A.AZEVEDO, A. A.THADEO, M.FRANCINO, D. M. T.; CONCEICAO, A. S.. Anatomia foliar em Chamaecrista seção Apoucouita (Leguminosae - Caesalpinioideae): aplicação para a taxonomia e importância das estruturas secretoras. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Beatriz Fernanda da Silva Pittarelli

THADEO, M.MOURAO, K. S. M.; SOUZA, L. A.. Desenvolvimento do pericarpo em espécies de Campomanesia Ruiz & Pav. (Myrtaceae). 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Isabele Pierin Carneiro

MOURAO, K. S. M.THADEO, M.MARTOS, L.. Anatomia floral do "Grupo Myrcia" (Myrteae Myrtaceae): possíveis traços diagnósticos para os clados. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Beatriz F

THADEO, M.MARTOS, L.; BATISTA, M. F.. da Silva Pittarelli.Desenvolvimento do pericarpo em frutos de espécies de Campomanesia Ruiz & Pav. (Myrtaceae) ocorrentes no estado do Paraná. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Maria Camila Medina

THADEO, M.. CARACTERIZACIÓN ANATÓMICA FOLIAR EN Sphaeradenia laucheana (Sander ex Mast.) Harling, CYCLANTHACEAE, UNA ESPECIE CON POTENCIAL DE APROVECHAMIENTO EN LA LÍNEA DE LOS FOLLAJES FRESCOS ORNAMENTALES. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidad CES.

SILVA, L. C.; VENTRELLA, M. C.;THADEO, M.. Concurso para seleção de monitor nível I para a disciplina BVE 210, Anatomia de Espermatófitas. 2007. Universidade Federal de Viçosa.

BASTOS, J. L. P.;SOARES, A. A.; XAVIER, A. C. M. F.;THADEO, M.. Concurso para seleção de monitor para a disciplina Botânica Aplicada à Farmácia. 2001. Universidade Federal do Ceará.

BASTOS, J. L. P.;SOARES, A. A.; XAVIER, A. C. M. F.;THADEO, M.. Concurso para seleção de monitor para a disciplina Morfologia e Anatomia Vegetal. 2001. Universidade Federal do Ceará.

THADEO, M.; SOUZA, L. A.. Avaliadora de projetos dentro do Encontro de Pós-Graduação em Biologia Comparada. 2015. Universidade Estadual de Maringá.

THADEO, M.. Membro da comissão avaliadora dos trabalhos apresentados na sessão de painéis do XV Simpósio de Iniciação Científica, III Simpósio de Extensão Universitária e V Mostra Científica da Pós-Graduação do Departamento de Biologia Vegetal.. 2006. Universidade Federal de Viçosa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Roseli Buzanelli Torres

THADEO, M.; Meira, R.M.S.A.; AZEVEDO, A. A.; ARAUJO, J. M.;TORRES, R. B.; PAIVA, E. A. S.. Anatomia foliar de espécies de Flacourtiaceae (Sleumer 1980). 2007. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Elder Antonio Sousa e Paiva

MEIRA, R.M.S.A.;PAIVA, E.A.S.; AZEVEDO, A.A.; ARAÚJO, J.M.; TORRES, R.B. Anatomia e histoquímica de espécies de Flacourtiaceae (Sleumer, 1980). 2007. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Elder Antonio Sousa e Paiva

MEIRA, R.M.S.A.;PAIVA, E.A.S.; ARAÚJO, J.M.; AZEVEDO, A.A.;OTONI, W.C.. Anatomia foliar aplicada a taxonomia de Flacourtiaceae (sensu Sleumer, 1980) ocorrentes em fragmentos florestais da Zona da Mata Mireira. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Wagner Campos Otoni

OTONI, W. C.; MEIRA, Renata Maria Strozi Alves; WALDER, João Marcos Melges; HELDER;AZEVEDO, Aristéa Alves. Anatomia aplicada à taxonomia e caracterização de estruturas secretoras de espécies de Flacourtiaceae. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Aristéa Alves Azevedo

AZEVEDO, A. A.ARAÚJO, J. M.MEIRA, R. M. S. A.; PAIVA, E. A. S. E.. Anatomia foliar de espécies de Flacourtiaceae (Slemeur 1980). 2007. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Aristéa Alves Azevedo

MEIRA, R. M. S. A.AZEVEDO, A. A.; PAIVA, E. A. S. E.;ARAÚJO, J. M.OTONI, W. C.. Anatomia foliar aplicada a taxonomia de Flacourtiaceae (sensu Sleumer, 1980) ocorrentes em fragmentos florestais da Zona da Mata Mireira. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Renata Maria Strozi Alves Meira

MEIRA, R. M. S. A.AZEVEDO, Aristea AlvesARAÚJO, João Marcos de; PAIVA, Elder Antonio Sousa e. Anatomia foliar de espécies de Flacourtiaceae (Sleumer 1980).. 2007. Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa.

Renata Maria Strozi Alves Meira

Meira, R. M. S. A.Azevedo, A. A.Araújo, J. M.; OTONI, W.; PAIVA, Elder Antonio Sousa e. Exame de Qualificação. 2005.

Petronio Augusto Simão de Souza

SOUZA, P. A. S.F.A.P, Campos. Estudos sobre as proteínas das raízes da mandioca (Manihot esculenta Crantz). 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Ceará.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Wesley Soares Onofre

Anatomia foliar da subtribo Pimentinae O; Berg (Myrtaceae); Início: 2020; Dissertação (Mestrado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Beatriz Fernanda da Silva Pittarelli

Ontogenia do pericarpo na subtribo Pimentinae O; Berg (Myrtaceae); Início: 2020; Tese (Doutorado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá; (Orientador);

Beatriz F

da Silva Pittarelli; Ontogênese do pericarpo em espécies de Campomanesia; 2018; Dissertação (Mestrado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Marcela Thadeo;

Adrielle Tayrine Oliveira Froemming Galan

Estudos de Órgãos Reprodutivos do Grupo Plinia (Myrtaceae); 2018; Tese (Doutorado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Marcela Thadeo;

Valéria Ferreira Fernandes

Anatomia foliar como subsídio à taxonomia de Casearia Jacq; (Salicaceae); 2016; Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação Artur Bernardes; Coorientador: Marcela Thadeo;

Gabriel da Fonseca Alves (co-orientação)

Avaliação do status da variedade Cambessedesia hilarina var; longifolia (Melastomataceae); 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Marcela Thadeo;

Beatriz F

da Silva Pittarelli; Desenvolvimento do pericarpo em frutos de espécies de Campomanesia Ruiz & Pav; (Myrtaceae) ocorrentes no Estado do Paraná; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Marcela Thadeo;

Katherine Hampilos

Comparative Embryogenesis of Berries in the Monocots; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biology) - Oberlin College; Orientador: Marcela Thadeo;

Jessica Toso Mendes

ANATOMIA E MORFOLOGIA FOLIAR DE ESPÉCIES DE Campomanesia RUIZ & PAV; (MYRTACEAE) APLICADA À TAXONOMIA DO GRUPO; ; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Marcela Thadeo;

Milena Puga

Morfoanatomia e anatomia da raiz primária de cenoura (Daucus garota L; ) sob influência da simbiose micorrízica arbuscular; ; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Marcela Thadeo;

Beatriz F

da Silva Pittarelli; Anatomia do pericarpo em frutos carnosos de espécies de Campomanesia (Myrtaceae); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Marcela Thadeo;

Leticia Figueiredo Candido

Morfologia e Anatomia Vegetal; 2019; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Marcela Thadeo;

Lorena Rufato Rizzo

Morfologia e Anatomia Vegetal; 2018; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Marcela Thadeo;

Gabriel da Fonseca Alves

Morfologia e Anatomia Vegetal; 2017; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Marcela Thadeo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Renato Goldenberg

2008; Universidade Federal do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Renato Goldenberg;

FRANCISCO DE ASSIS DE PAIVA CAMPOS

Estudos sobre as proteínas das raízes da mandioca (Manihot esculenta Crantz); 2000; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Francisco de Assis de Paiva Campos;

Aristéa Alves Azevedo

Anatomia foliar aplicada à taxonomia de Flacourtiaceae (sensu Sleumer 1980) ocorrentes em fragmentos florestais da zona da mata mineira; ; 2007; Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Aristéa Alves Azevedo;

Renata Maria Strozi Alves Meira

Anatomia foliar de Flacourtiaceae(Sleumer 1980) ocorrentes em fragmentos florestais da Zona da Mata Mineira; 2007; Tese (Doutorado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Renata Maria Strozi Alves Meira;

Renata Maria Strozi Alves Meira

ANATOMIA VEGETATIVA, COM ÊNFASE EM ESTRUTURAS SECRETORAS, APLICADA À TAXONOMIA E FILOGENIA DA TRIBO PROCKIEAE (SALICACEAE); 2014; Universidade Federal de Viçosa, Fundação Arthur Bernardes; Renata Maria Strozi Alves Meira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FERNANDES, V. F. ; THADEO, M. ; DALVI, VALDNÉA C. ; MARQUETE, R. ; SILVA, J. X. B. ; PEREIRA, L. J. ; MEIRA, R. M. S. A. . How to distinguish cavities and ducts in Casearia Jacq. (Salicaceae): anatomical characterization and distribution. FLORA , v. 240, p. 89-97, 2018.

  • FERNANDES, VALÉRIA FERREIRA ; THADEO, MARCELA ; DALVI, VALDNÉA CASAGRANDE ; MEIRA, RENATA MARIA STROZI ALVES . Secretory Structures in Casearia sylvestris Sw. (Salicaceae): Diversity, Mechanisms of Secretion, and Exudate Complexity. International Journal of Plant Sciences , v. 178, p. 000-000, 2017.

  • FERNANDES, VALÉRIA F. ; THADEO, MARCELA ; DALVI, VALDNÉA C. ; MARQUETE, RONALDO ; MEIRA, RENATA M. S. A. . Colleters in (Salicaceae): a new interpretation for the theoid teeth. Botanical Journal of the Linnean Society (Print) , v. 181, p. 682-691, 2016.

  • THADEO, M. ; HAMPILOS, K. E. ; STEVENSON, D. W. . Anatomy of fleshy fruits in the monocots. American Journal of Botany , v. 102, p. 1757-1779, 2015.

  • ROSS, T. GREGORY ; BARRETT, CRAIG F. ; SOTO GOMEZ, MARYBEL ; LAM, VIVIENNE K.Y. ; HENRIQUEZ, CLAUDIA L. ; LES, DONALD H. ; DAVIS, JERROLD I. ; CUENCA, ARGELIA ; PETERSEN, GITTE ; SEBERG, OLE ; THADEO, MARCELA ; GIVNISH, THOMAS J. ; CONRAN, JOHN ; STEVENSON, DENNIS W. ; GRAHAM, SEAN W. . Plastid phylogenomics and molecular evolution of Alismatales. Cladistics (Westport. Print) , v. 32, p. n/a-n/a, 2015.

  • PETERSEN, GITTE ; SEBERG, OLE ; CUENCA, ARGELIA ; STEVENSON, DENNIS W. ; THADEO, MARCELA ; DAVIS, JERROLD I. ; GRAHAM, SEAN ; ROSS, T. GREGORY . Phylogeny of the Alismatales (Monocotyledons) and the relationship of (Acorales?). Cladistics (Westport. Print) , v. 32, p. n/a-n/a, 2015.

  • THADEO, MARCELA ; AZEVEDO, ARISTÉA A. ; MEIRA, RENATA M. S. A. . Foliar anatomy of neotropical Salicaceae: potentially useful characters for taxonomy. Plant Systematics and Evolution , v. 300, p. 2073-2089, 2014.

  • VASCO, ALEJANDRA ; THADEO, MARCELA ; CONOVER, MARGARET ; DALY, DOUGLAS C. . Preparation of Samples for Leaf Architecture Studies, A Method for Mounting Cleared Leaves. Applications in Plant Sciences , v. 2, p. 1400038, 2014.

  • THADEO, M. ; MEIRA, R. M. S. A. ; AZEVEDO, A. A. ; ARAUJO, J. M. . Anatomia e histoquímica das estruturas secretoras da folha de Casearia decandra Jacq. (Salicaceae). Brazilian Journal of Botany , v. 32, p. 329-338, 2009.

  • LOPES, K. L. B. ; THADEO, M. ; AZEVEDO, A. A. ; SOARES, A. A. ; MEIRA, R. M. S. A. . Articulated laticifers in the vegetative organs of Madevilla atroviolaceae (Apocynaceae, Apocynoideae). Canadian Journal of Botany (Online) (Cessou em 2007. Cont. ISSN 1916-2804 Botany (Ottawa. Online)) , v. 87, p. 202-209, 2009.

  • THADEO, M. ; TUFFI SANTOS, L. D. ; IAREMA, L. ; MEIRA, R. M. S. A. ; FERREIRA, F. A. . Foliar anatomy and histochemistry in seven species of Eucalyptus. Revista Árvore (Impresso) , v. 32, p. 769-779, 2008.

  • THADEO, M. ; CASSINO, M. F. ; VITARELLI, N. C. ; AZEVEDO, A. A. ; ARAUJO, J. M. ; VALENTE, V. M. M. ; MEIRA, R. M. S. A. . Anatomical and histochemical characterization of extrafloral nectaries of Prockia crucis (Salicaceae). American Journal of Botany , v. 95, p. 1515-1522, 2008.

  • SANT?ANNA-SANTOS, B. F. ; THADEO, M. ; MEIRA, R. M. S. A. ; ASCENSAO, L. . Anatomia e histoquímica das estruturas secretoras no caule de Spondias dulcis Forst. F. (Anacardiaceae). Revista Árvore , v. 30, p. 485-489, 2006.

  • TUFFI SANTOS, L. D. ; IAREMA, L. ; THADEO, M. ; FERREIRA, F. A. ; MEIRA, R. M. S. A. . Características da epiderme foliar de eucalipto e sua relação com a tolerância ao glyphosate. Planta Daninha , v. 24, p. 513-520, 2006.

  • FRANCINO, D. M. T. ; SANT?ANNA-SANTOS, B. F. ; SILVA, K. L. F. ; THADEO, M. ; MEIRA, R. M. S. A. ; AZEVEDO, A. A. . Anatomia foliar e caulinar de Chamaecrista trichopoda (Caesalpinioideae) e histoquímica do nectário.. Planta Daninha , v. 24, p. 695-705, 2006.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

THADEO, M. . Acta Scientiarum Biologia Science. 2019.

THADEO, M. . Applications in Plant Sciences (APPS-D-18-00209). 2019.

THADEO, M. . HELIYON-2018-5960. 2018.

THADEO, M. ; IAREMA, L. ; SILVA, L. C. . Métodos Histoquímicos em Vegetais. 2007. .

THADEO, M. . Anatomia das espermatófitas. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

THADEO, M. . Importância ecológica e econômica das estruturas secretoras em plantas. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

THADEO, M. ; MEIRA, R. M. S. A. . laminário histológico. 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - laminário histológico).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Anatomia e morfologia foliar de espécies de Campomanesia Ruiz & Pav. (Myrtaceae) aplicada à taxonomia do grupo., Descrição: A família Myrtaceae é composta por aproximadamente 6.000 espécies distribuídas em 144 gêneros e 17 tribos. No Brasil estão presentes 23 gêneros e 1.030 espécies, sendo Eugenia, Myrcia, Psidium e Campomanesia os gêneros com maior número de espécies. Na literatura existem muitas controvérsias em relação à descrição dos gêneros e dos grupos infrafamiliais de mirtáceas. Isso é reflexo da considerável variação morfológica, genética e da capacidade reprodutiva das espécies constituintes da família. Embora Campomanesia seja um grupo bem definido morfologicamente e aparentemente monofilético, sinonimizações e subsequentes reestabelecimentos de diversas espécies ao longo do tempo têm demostrado as dificuldades envolvendo o estabelecimento de designações inter e intraespecíficos. A anatomia foliar tem mostrado ser importante para a taxonomia de Myrtaceae. Apenas alguns estudos incluem espécies de Campomanesia nesse tipo de análise, mostrando que a configuração da margem foliar, o tipo de ornamentação da cutícula, a presença de fibras circundando os feixes vasculares, presença de uma provável hipoderme e a configuração do tecido vascular no pecíolo podem contribuir para a taxonomia do gênero. Com o presente projeto pretendemos descrever anatomicamente a folha de espécies de Campomanesia ainda não descritas e comparar os resultados com as já descritas; analisar a importância desses caracteres anatômicos como subsídio para a identificação das espécies e produzir uma chave de identificação para as espécies de Campomanesia analisadas no presente trabalho baseada nos dados anatômicos. Serão utilizados materiais provenientes de exsicatas presentes no acervo do Museu Botânico Municipal de Curitiba, que sofrerão reversão de herborização. Posteriormente serão empregadas técnicas usuais em anatomia vegetal para emblocamento, corte, dissociação de epiderme, diafanização, montagem e análise de lâminas em microscópio de luz.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Coordenador / Jessica Toso Mendes - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Anatomia do pericarpo em frutos carnosos de espécies de Campomanesia (Myrtaceae), Descrição: A família Myrtaceae é constituída por mais de 3800 espécies distribuídas em aproximadamente 130 gêneros. Ocorrem no Brasil 26 gêneros e 1000 espécies, e os gêneros com maior número de espécies são Eugenia, Myrcia, Psidium e Campomanesia. Existe muita controvérsia na literatura quanto à circunscrição de gêneros e espécies em categorias infrafamiliais em Myrtaceae. Estudos ontogênicos de órgãos reprodutivos em Myrtaceae podem fornecer informações relevantes para a evolução dos caracteres nos grupos infrafamiliares, principalmente os que busquem diferenças entre estados de caráter aparentemente idênticos com origens independentes, como é o caso dos frutos carnosos. Esse estudo irá focar em observações detalhadas da ontogenia do pericarpo de algumas espécies do gênero Campomanesia com a finalidade de entender e comparar as diferentes estratégias utilizadas por essas espécies para reter a suculência. A ampla variação no pericarpo de frutos carnosos é um assunto pouco estudado, e muita da informação utilizada na classificação da tipologia de frutos consiste em descrições baseadas somente em morfologia externa, não levando em conta as características ontogênicas do tecido. Esse projeto é um subprojeto dentro de um projeto maior intitulado ?Estudo dos órgãos reprodutivos em Myrtaceae como contribuição à filogenia do grupo?, que visa analisar morfoanatomicamente flores e frutos de espécies incluídas nos clados propostos pelas análises filogenéticas recentes para Myrteae. Com o presente projeto pretendemos aumentar a amostragem dentro da família, com a finalidade de conseguir dados mais acurados e conclusivos para entender a evolução dos tipos de frutos dentro do clado em uma escala mais ampla. Tendo em vista a abundância de espécies de Campomanesia nas formações fitogeográficas do Paraná e a grande quantidade de coletas depositadas nos herbários paranaenses, bem como a importância da anatomia como subsídio para a taxonomia, dados sobre o gênero são fundamentais para auxiliar na elucidação dos problemas taxonômicos expostos, além da possibilidade da indicação de caracteres que poderão auxiliar no entendimento da evolução dos tipos de frutos dentro do clado em uma escala mais ampla. A coleta do material botânico (ramos com botões florais, flores e frutos em diferentes fases de desenvolvimento) das espécies a serem estudadas será realizada em diferentes formações vegetacionais que ocorrem no Parque Estadual de Vila Velha e na Estação Ecológica de Caiuá. Serão também utilizados materiais provenientes de exsicatas do acervo dos herbários paranaenses MBM e HUEM. Para análise anatômica, em microscopia de luz, serão empregadas técnicas usuais em anatomia vegetal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Coordenador / Káthia Socorro Mathias Mourão - Integrante / Beatriz F. da Silva Pittarelli - Integrante / Duane Fernandes Lima - Integrante., Financiador(es): Universidade Estadual de Maringá - Bolsa.

  • 2014 - Atual

    AVATOL - Next Generation Phenomics for the Tree of Life, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marcela Thadeo - Integrante / Dennis Wm. Stevenson - Coordenador / Ramona Walls - Integrante., Financiador(es): National Science Foundation - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Estudo dos órgãos reprodutivos em Myrtaceae como contribuição a filogenia do grupo, Descrição: Estudos ontogênicos podem fornecer informações relevantes para a evolução dos caracteres nos grupos infrafamiliares, principalmente os que busquem diferenças entre estados de caráter aparentemente idênticos com origens independentes, como é o caso dos frutos carnosos. Os órgãos reprodutivos de espécies de Myrtaceae constituem amplo campo de investigação, sendo que o aumento no volume de dados pode permitir a utilização dos mesmos em estudos filogenéticos que, associados às análises moleculares, permitirão uma melhor compreendensão da evolução do grupo. Diante da necessidade de ampliar o conhecimento sobre os órgãos reprodutivos em Myrtaceae como subsídio às atuais discussões sobre padrões filogenéticos nas espécies que apresentam frutos carnosos e, também, de fornecer dados que corroborem com a conservação de espécies que ocorrem em fragmentos florestais e, principalmente nas formações campestres do Estado do Paraná, o presente projeto objetiva descrever a anatomia floral e a ontogênese do pericarpo e da semente de espécies que ocorrem nestes ambientes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Integrante / Káthia Socorro Mathias Mourão - Coordenador / Luana Martos - Integrante / Adrielle Tayrine Oliveira Froemming - Integrante / Beatriz F. da Silva Pittarelli - Integrante., Financiador(es): Universidade Estadual de Maringá - Bolsa.

  • 2012 - Atual

    Anatomia foliar como subsídio à taxonomia de Casearia Jacq. (Salicaceae), Descrição: Casearia Jacq. apresenta distribuição pantropical, possui aproximadamente 180 espécies e no Brasil ocorrem cerca de 50 espécies distribuídas em diferentes formações vegetacionais. O gênero está incluído na família Salicaceae, mas não existe consenso quanto a este posicionamento. Adicionalmente, existem dificuldades na identificação de alguns táxons. Caracteres anatômicos de órgãos vegetativos, principalmente os foliares, têm auxiliado na identificação de espécies, bem como na resolução de problemas taxonômicos em diversas famílias botânicas. Dentre os caracteres anatômicos, as estruturas secretoras destacam-se por sua relevância em estudos taxonômicos e filogenéticos. Assim, o presente projeto tem como objetivos: descrever a anatomia foliar dos táxons de Casearia e de espécies de Ryania, Samyda e Tetrathylacium (gêneros proximamente relacionados); identificar caracteres anatômicos que possam auxiliar na delimitação das espécies, com ênfase na caracterização das estruturas secretoras e na identificação da natureza química do secretado; selecionar caracteres morfoanatômicos que possam contribuir para a resolução de problemas taxonômicos e elaborar uma chave com dados morfoanatômicos para identificação das espécies. Amostras de folhas serão obtidas em coletas de campo e/ou de materiais herborizados. Os materiais serão processados de acordo com técnicas usuais de anatomia para inclusão em metacrilato, diafanização, dissociação e testes histoquímicos além de microscopia eletrônica de varredura. Espera-se com este estudo obter dados anatômicos úteis para esclarecer o posicionamento de Casearia e dos gêneros proximamente relacionados, bem como verificar a diversidade de estruturas secretoras.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Integrante / Ronaldo Marquete - Integrante / Valéria Ferreira Fernandes - Integrante / Renata Maria Strozzi Alves Meira - Coordenador., Financiador(es): Fundação Arthur Bernardes - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2012 - Atual

    Anatomia vegetativa, com ênfase em estruturas secretoras, aplicada à taxonomia e filogenia da tribo Prockieae (Salicaceae), Descrição: Não existe consenso quanto à organização taxonômica dos representantes Neotropicais da família Salicaceae, principalmente porque seus caracteres unificadores são compartilhados por muitas outras famílias. Baseadas nas recentes análises filogenéticas de Salicaceae, utilizando-se tanto dados morfológicos quanto moleculares, diversas mudanças taxonômicas foram propostas, tanto a nível familiar como genérico. Salicaceae agora inclui os representantes não cianogênicos da família Flacourticaceae, sendo que seus representantes cianogênicos foram transferidos para a família Achariaceae, uma pequena família endêmica do sudoeste da África. Os taxa que aqui serão estudados eram todos considerados anteriormente como representantes de Flacourtiaceae. Flacourtiaceae, como uma entidade taxonômica, representava uma ficção, constituindo-se em um grupo heterogêneo com tribos mais ou menos homogêneas. Esta diversidade pode ser resultado de dois fatores: uma taxonomia deficiente ou uma evolução fascinante. Os trabalhos recentes demonstram que ambos são verdadeiros. Dentre todas as tribos, Prockieae tem sido descrita como um ??grupo que possui gêneros enigmáticos??. Eram tidas como o link entre Flacourtiaceae e Elaeocarpaceae, mas as filogenias baseadas em dados moleculares claramente indicam que Prockieae está mais relacionada com os representantes não cianogênicos de Flacourtiaceae, sendo seus representantes divididos em 3 diferentes clados. Os resultados obtidos deverão contribuir para a utilização dos caracteres morfoanatômicos, em combinação com dados moleculares e dados morfológicos registrados na literatura, para a condução de análise filogenética e assim ampliar os conhecimentos sobre a anatomia da família. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marcela Thadeo - Coordenador / Renata Maria Strozi Alves Meira - Integrante., Financiador(es): Fundação Arthur Bernardes - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2015

    Anatomy and development of fleshy fruits in the monocots, Descrição: Though fruits in the monocot clade are predominantly capsular, baccate or berry-like fruits are present in several distantly related monocot orders and families. Capsules are generally accepted as the ancestral fruit type for the monocots, and the presence of baccate fruits in various unrelated monocot groups is considered the result of convergent evolution. The independent evolution of fleshy fruits multiple times in the monocot clade implies that separate lineages of baccate fruits may have varying developmental pathways. However, information on the ontogeny and anatomy of monocot fruits is scarce. This study aims to examinate the anatomy and development of baccate fruits in select genera from the Commelinales, Dioscoreales, Liliales, and Poales in addition to the Asparagales in order to better understand the evolution of fruit types in the monocot clade on a larger scale. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Coordenador / Dennis Wm. Stevenson - Integrante / Katherine E. Hampilos - Integrante., Financiador(es): National Science Foundation - Auxílio financeiro.

  • 2010 - Atual

    Character transformations in the alismatids: phylogenetic studies inferred from morphology and molecular data, Descrição: All known marine angiosperms and all hydrophytes angiosperms are concentrated in the alismatids with only a few species found in the Ceratophyllaceae and Callitrichaceae. The phylogeny of alismatids remains an area of deep uncertainty, with different arrangements being found in studies that examined various subsets of genes and taxa. Herein we conducted separate and combined analysis of 225 morphological, anatomical, ultrastructural and biochemical characters and molecular data to explore the controversial phylogenies of the family. The characters states of 60 taxa of Alismatales were compiled from the literature resources and from our personal observations. We review the bases and limitations of different hypotheses for interfamilial relationships within the group. Although cladistic analyses have provided many insights into phylogenetic relationships of alismatids, the homology of morphological character states in this mainly aquatic group is frequently uncertain and subject to alternative interpretations. The incorporation of molecular data in cladistic analysis is a potentially powerful technique to study phylogenetic relationships of aquatic plants characterized by what appear to be highly homoplasious morphological features. Former and current systematic studies consistently indicate strong support for the monophyly of the Alismatales.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marcela Thadeo - Integrante / Jerrold I. Davis - Integrante / Sean W. Graham - Integrante / Dennis Wm. Stevenson - Coordenador / Gitte Petersen - Integrante / Argelia Cuenca - Integrante / Ole Seberg - Integrante / G Ross - Integrante / Craig F Barret - Integrante., Financiador(es): National Science Foundation - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2015

    From Acorus to Zingiber - assembling the phylogeny of the monocotyledons, Descrição: Monocots ? with ca. 65,000 species, 91 families, and 12 orders and including such groups as grasses, sedges, bromeliads, palms,gingers, bananas, orchids, irises, lilies, yams, pondweeds, seagrasses, and aroids ? are profoundly diverse, ecologically successful, and economically important. Since monocotyledons arose in the early Cretaceous, they have radiated into almost every habitat on earth. Today, they are dominant in many terrestrial and aquatic ecosystems, display kaleidoscopic variation in vegetative and floral morphology, are at the base of most human diets, and comprise nearly 25% of all species and families of flowering plants. Understanding their origin, phylogeny, and patterns of morphological divergence, geographic diversification, and ecological radiation is an exciting but daunting challenge. Molecular systematics has revolutionized our understanding of monocot relationships. These studies have led to a dramatic reclassification of flowering plants. But even the most comprehensive approaches taken to date leave many relationships unresolved/weakly supported, and several crucial phylogenetic issues remain. Although molecular data strongly support many monocot clades, several groups lack diagnostic phenotypic synapomorphies. Morphological variation across monocots has been investigated with a suite of 151 characters scored across 110 terminals. This coverage needs to be extended to a wider range terminal taxa for characters scorable in extant and fossil taxa, and descriptions of synapomorphies need to be placed in a searchable database with key images. Moreover, understanding of monocot evolution would be enhanced through rigorous comparative analysis including molecular and morphological data. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marcela Thadeo - Integrante / Fuaz Ismail - Integrante / Thomas J. Givnish - Coordenador / Cecile Ané - Integrante / Jerrold I. Davis - Integrante / Claude W. dePamphilis - Integrante / Sean W. Graham - Integrante / James H. Leebens-Mack - Integrante / Chris J. Pires - Integrante / Dennis Wm. Stevenson - Integrante / Wendy B. Zomlefer - Integrante / Richard McCombie - Integrante / Mercedes Ames - Integrante / Michael Kinney - Integrante / Joel R. McNeal - Integrante / Gitte Petersen - Integrante / Argelia Cuenca - Integrante / Roxanne P. Steele - Integrante / Ole Seberg - Integrante / Michael Moore - Integrante., Financiador(es): National Science Foundation - Auxílio financeiro.

  • 2008 - Atual

    Anatomia foliar aplicada à taxonomia da tribo Miconieae (Melastomataceae) do leste do Brasil., Descrição: Os estudos de morfologia e anatomia foliar são, reconhecidamente, ferramentas para a taxonomia. As características anatômicas, principalmente as foliares, em muitos casos, são de utilidade para elucidar problemas taxonômicos em diversas famílias de plantas. A família Melastomataceae possui os mais diversos caracteres de superfície dentre as angiospermas, sendo esse um campo fértil para estudos futuros. Tendo em vista a abundância de espécies de Melastomataceae em quase todas as formações fitogeográficas do Paraná e a grande quantidade de coletas depositadas nos herbários paranaenses, bem como a importância da anatomia como subsídio para a taxonomia, dados sobre a família são fundamentais para auxiliar na elucidação dos problemas taxonômicos expostos, além da possibilidade da indicação de caracteres que poderão auxiliar na identificação de amostras estéreis. Este trabalho tem como objetivos: (1) caracterizar anatomicamente as folhas de espécies de representantes da tribo Miconieae, (2) avaliar a importância dos caracteres anatômicos como subsídio para a identificação das espécies, (3) elaborar uma chave de identificação para a tribo baseada em dados anatômicos, (4) utilizar estes caracteres, em combinação com dados moleculares, na condução de análise filogenética e (5) ampliar os conhecimentos sobre a anatomia foliar da família.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Coordenador / Renato Goldenberg - Integrante / Káthia Socorro Mathias Mourão - Integrante / Adrielle Tayrine Oliveira Froemming - Integrante.

  • 2004 - 2005

    Anatomia, histoquímica e química da secreção das estruturas foliares de Prockia crucis P. Browne ex. L. (Flacourtiaceae), Descrição: Prockia compreende duas espécies: Prockia flava Karsten, restrita à Venezuela, e Prockia crucis P. Browne ex. L., distribuída por toda a América Central e do Sul, nas regiões tropical e subtropical. São arbustos ou arvoretas cujas folhas têm bordas glandular-serreadas e na base normalmente apresentam duas glândulas localizadas em alturas diferentes. As estruturas secretoras apresentam uma grande variação na morfologia, anatomia, função, posição que ocupam e tipo de substância que secretam. O estudo da composição química do material secretado, juntamente com a anatomia dessas estruturas, pode contribuir para a compreensão do exato papel e da função do produto secretado para a planta, além de poder ser um componente importante para as avaliações taxonômicas. A diversidade de estruturas secretoras registradas em Flacourtiaceae é elevada e, em muitos casos, a denominação de glândula é adotada num contexto de reconhecer que a estrutura é secretora sem, contudo, caracterizá-la. Nas descrições taxonômicas é comum a utilização de termos como dentes salicóides e margens glandulares. A caracterização de tais estruturas é de fundamental importância, pois nem sempre existe uma correspondência da observação morfológica com a estrutural. Os objetivos do presente trabalho foram caracterizar a estrutura e o desenvolvimento das glândulas da folha de P. crucis, bem como analisar quimicamente o exsudado produzido. Esta caracterização é crucial para abordagens filogenéticas, especialmente quanto à proximidade entre os clados Flacourtiaceae e Salicaceae stricto sensu. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Integrante / Renata Maria Strozi Alves Meira - Coordenador / Aristéa Alves Azevedo - Integrante / João Marcos de Araujo - Integrante / Mariana F. Cassino - Integrante / Nara C. Vitarelli - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Viçosa - Bolsa.

  • 2003 - 2007

    Anatomia foliar aplicada à taxonomia de Flacourtiaceae (sensu Sleumer 1980) ocorrentes em fragmentos florestais da Zona da Mata Mineira, Descrição: Não existe consenso quanto à organização taxonômica das Flacourtiaceae e na literatura o assunto é pouco enfatizado, pois são escassos os trabalhos de revisão taxonômica realizados. Diversos autores ressaltam a íntima relação entre a família Flacourtiaceae e a Salicaceae. Numerosas são as famílias de plantas com representantes medicinais, destacando-se, entre elas, a Flacourtiaceae, principalmente os gêneros Casearia e Carpotroche. Extensivas investigações têm enfatizado as propriedades terapêuticas das espécies de Casearia, propriedades estas relacionadas com compostos secretados por estruturas especializadas presentes nas folhas. O estudo da composição química do material secretado pelas estruturas secretoras, juntamente com a anatomia dessas estruturas, pode contribuir para a compreensão do exato papel e da função do produto secretado para a planta, além de poder ser um componente importante para as avaliações taxonômicas. Considerando a importância da anatomia como subsídio para a taxonomia, dados sobre a família são fundamentais para auxiliar na elucidação dos problemas taxonômicos. Este trabalho teve como objetivos: caracterizar anatomicamente as folhas de espécies de Abatia, Banara, Carpotroche, Casearia, Prockia e Xylosma ocorrentes em fragmentos florestais da Zona da Mata de Minas Gerais e avaliar a importância dos caracteres anatômicos como subsídio para a identificação das espécies; caracterizar anatômica e histoquimicamente as estruturas secretoras que ocorrem nas folhas de Prockia crucis e Casearia decandra; correlacionando com a composição química do produto secretado pela primeira espécie citada; descrever a micromorfologia e anatomia das glândulas secretoras de Prockia crucis. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Integrante / Renata Maria Strozi Alves Meira - Coordenador / Aristéa Alves Azevedo - Integrante / João Marcos de Araujo - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2002 - 2003

    Anatomia e histoquímica foliar de espécies de Flacourtiaceae ocorrentes em fragmentos florestais da Zona da Mata Mineira, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Marcela Thadeo - Integrante / Renata Maria Strozi Alves Meira - Coordenador / Aristéa Alves Azevedo - Integrante / João Marcos de Araujo - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Foto que ilustra a capa da revista Cladistics 2016, v. 32, n. 2., .

2009

Foto que ilustra a capa da revista Canadian Journal of Botany, 2009, v. 87, n. 2., .

2008

Foto que ilustra a capa da revista American Journal of Botany, 2008, v. 95, n 12., .

2006

Prêmio Verde - Ontogenia, histoquímica e química da secreção das glândulas foliares de Prockia crucis P. Browne ex. L., durante o 57 Congresso Nacional de Botânica, concedido pela Sociedade Botânica do Brasil.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual de Maringá, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia. , Universidade Estadual de Maringá, Av. Colombo, 5.790, Bloco G80, sala 105, Jardim Universitário, 87020900 - Maringá, PR - Brasil, Telefone: (44) 30115314, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2012 - 2014

    Fundação Hidroex

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Pós-Doutoramento, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 11/2012 - 12/2014

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Botânica, .,Linhas de pesquisa

    • 11/2012 - 12/2014

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Botânica, .,Linhas de pesquisa

  • 2009 - 2011

    The New York Botanical Garden

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Post-doctoral researcher, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 01/2010

      Pesquisa e desenvolvimento , Science Department, .,Linhas de pesquisa

    • 02/2009

      Pesquisa e desenvolvimento , Science Department, .,Linhas de pesquisa

  • 2007 - 2008

    Universidade Federal do Paraná

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 08/2008 - 09/2008

      Ensino, Botânica, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos Especiais: Anatomia Vegetal Aplicada à Taxonomia

  • 2002 - 2007

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estudante de Pós-Graduação, Enquadramento Funcional: Bolsista de Pós-Graduação, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 04/2002 - 04/2007

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - Departamento de Biologia Vegetal, .,Linhas de pesquisa

    • 06/2006 - 06/2006

      Ensino, Botânica, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Professor convidado para ministrar aulas na disciplina Métodos em Anatomia. Tópico: Noções Básicas em Métodos Histoquímicos (aulas teóricas e práticas/ 18 horas aula)

    • 03/2006 - 03/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - Departamento de Biologia Vegetal, .,Cargo ou função, Membro da comissão avaliadora dos trabalhos apresentados no XV Simpósio de Iniciação Científica, III Simpósio de Extensão Universitária e V Mostra Científica da Pós-Graduação.

    • 02/2003 - 02/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - Departamento de Biologia Vegetal, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Coordenadora de Pós-Graduação em Botânica como representante discente.

  • 2000 - 2002

    Universidade Federal do Ceará

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

  • 1996 - 2000

    Universidade Federal do Ceará

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

    Atividades

    • 08/2001 - 03/2002

      Ensino, Graduação em Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ensino de graduação ministrando a disciplina CH822 Morfologia e Anatomia Vegetal para o curso de Zootecnia (aulas teóricas e práticas/ 60 horas aula por semestre).

    • 08/2000 - 03/2002

      Ensino, Graduação em Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ensino de graduação ministrando a disciplina CH822 Morfologia e Anatomia Vegetal para o curso de Agronomia (aulas teóricas e práticas/ 60 horas aula por semestre).

    • 08/2000 - 08/2001

      Ensino, Graduação em Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ensino de graduação ministrando a disciplina CH845 Botânica Aplicada à Farmácia para o curso de Farmácia (aulas teóricas e práticas/ 60 horas aula por semestre).

    • 03/2000 - 08/2000

      Estágios , Centro de Ciências, .,Estágio realizado, Monitoria da disciplina Biologia Molecular oferecida pelo Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular da Universidade Federal do Ceará para o curso de Ciências Biológicas (40 horas aula)..

    • 09/1999 - 12/1999

      Estágios , Centro de Ciências, .,Estágio realizado, Bolsista do Programa de Bolsas de IC da UFC participando do projeto "Proteínas da mandioca: propriedades químicas, nutricionais, anti-metabólicas, anti-fúngicas e anti-bacterianas", tendo como orientador o Prof Francisco A. Paiva Campos.

    • 09/1998 - 06/1999

      Estágios , Centro de Ciências, .,Estágio realizado, Bolsista do Programa de Bolsas de IC do CNPq/PIBIC/UFC participando do projeto "Proteínas da mandioca: propriedades químicas, nutricionais, anti-metabólicas, anti-fúngicas e anti-bacterianas", tendo como orientador o Prof Francisco A. Paiva Campos.

    • 09/1997 - 06/1998

      Estágios , Centro de Ciências, .,Estágio realizado, Bolsista do Programa de Bolsas de IC do CNPq/PIBIC/UFC participando do projeto "Proteínas da mandioca: propriedades químicas, nutricionais, anti-metabólicas, anti-fúngicas e anti-bacterianas", tendo como orientador o Prof Francisco A. Paiva Campos.

    • 08/1996 - 06/1997

      Estágios , Centro de Ciências, .,Estágio realizado, Bolsista do Programa de Bolsas de IC do CNPq/PIBIC/UFC participando do projeto "Estudo das variações composicionais dos talos de macroalgas marinhas sob condições de estresse osmo-eletrolíticos", tendo como orientador o Prof Éneas Gomes Filho.

  • 2015 - Atual

    Universidade Estadual de Maringá

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor efetivo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2015 - 2015

    Universidade Estadual de Maringá

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 04/2019

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia.,Cargo ou função, Membro do Comitê Gestor da UEM de Formação Inicial e Continuada de Professores da Educação Básica.

    • 10/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia.,Cargo ou função, Coordenadora Adjunta do Curso de Ciências Biológicas Presencial.

    • 08/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia.,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação em Ciências Biológicas.

    • 07/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Farmácia e Farmacologia.,Cargo ou função, Membro do Conselho Acadêmico do Curso de Farmácia.

    • 07/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia.,Cargo ou função, Membro do Conselho Acadêmico do Curso de Ciências Biológicas à distância.

    • 10/2015

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, Membro do Conselho Acadêmico do Curso de Ciências Biológicas presencial.

    • 03/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia.,Linhas de pesquisa

    • 03/2015

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Farmacobotânica

    • 03/2015

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Morfologia e Anatomia Vegetal

    • 08/2018 - 10/2018

      Ensino, Biologia Comparada, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Anatomia Vegetal Aplicada à Taxonomia e Filogenia DBI 4169

    • 10/2015 - 12/2015

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Botânica