Jonas Rodrigo Henckes

Possui curso técnico em agropecuária pela Escola Estadual Técnica Fronteira Noroeste. Graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (2015) e mestrado em Fitossanidade com ênfase em Herbologia pela Universidade Federal de Pelotas. Atualmente é estudante de doutorado no programa de pós graduação em agronomia na Universidade Estadual de Maringá.

Informações coletadas do Lattes em 28/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Programa de Pós Graduação em Agronomia

2018 - Atual

Universidade Estadual de Maringá
Jamil Constantin. Coorientador: Rubem Silvério de Oliveira Júnior.

Mestrado em Fitossanidade

2016 - 2018

Universidade Federal de Pelotas
Título: Resistência múltipla de Lolium multiflorum a herbicidas inibidores da ALS e EPSPS,Ano de Obtenção: 2018
Leandro Vargas.Coorientador: Dirceu Agostinetto. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Agronomia

2011 - 2015

Universidade Federal de Santa Maria

Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Agropecuária

2008 - 2010

Escola Estadual Técnica Fronteira Noroeste

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Escola Estadual Técnica Fronteira Noroeste

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Aplicação Correta e Segura de Defensivos Agrícolas - NR-31. (Carga horária: 20h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - RS, SENAR - RS, Brasil.

2014 - 2014

Cultivo de morangos fertirrigados. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2013 - 2013

Análise estatística com o software SISVAR. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2012 - 2012

Regulagem de Semeadoras. (Carga horária: 7h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2012 - 2012

Curso de Apresentação Oral de Trabalhos Acadêmicos. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Plantas daninhas.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Irrigação e Drenagem.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Física do Solo.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Manejo de plantas daninhas em arroz.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Grandes culturas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

HENCKES, J. R. ; BARBIERI, P. ; BOSCHETTI, M. ; GEBERT, F. H. ; ALVES, J. S. ; BEXAIRA, K. P. ; ZUHL, J. ; BARBOZA, B. A. ; KUNTZER, E. T. ; RAMPAZZO, B. C. ; RODRIGUES, M. . Curso de regulagem de pulverizadores. 2014. (Outro).

HENCKES, J. R. ; GEBERT, F. H. ; ZUHL, J. ; FUHR, F. M. ; BOSCHETTI, M. ; BARBIERI, P. ; BEXAIRA, K. P. ; HERBSTRITH, N. B. ; ALVES, J. S. ; SANTOS, J. P. . XIX ENAPET - Encontro Nacional dos grupos PET. 2014. (Congresso).

HENCKES, J. R. ; BOSCHETTI, M. ; GEBERT, F. H. ; ALVES, J. S. ; BEXAIRA, K. P. ; BARBIERI, P. ; LOVATO, T. ; ZUHL, J. ; SANTOS, J. P. ; FUHR, F. M. . IV Simpósio de atualização em grandes culturas: arroz. 2014. (Outro).

NISHIJIMA, T. ; BARBIERI, P. ; HENCKES, J.R. ; ALVES, J. S. ; ZUHL, J. ; GEBERT, F. H. ; BEXAIRA, K. P. ; FUHR, F. M. ; SANTOS, J. P. ; BOSCHETTI, M. ; FRARI, B. K. ; BARBOZA, B. A. . Comissão de matrículas do curso de Agronomia. 2014. (Outro).

HENCKES, J. R. ; BOSCHETTI, M. ; VALMORBIDA, I. ; GEBERT, F. H. ; FRARI, B. K. ; BARBIERI, P. ; BLUME, E. ; KUNTZER, E. T. ; BARBOZA, B. A. ; RAMPAZZO, B. C. ; BEXAIRA, K. ; ZUHL, J. . III Simpósio de atualização em grandes culturas: cereais de inverno. 2013. (Outro).

BLUME, E. ; BARBIERI, P. ; HENCKES, J.R. ; BOSCHETTI, M. ; GEBERT, F. H. ; VALMORBIDA, I. ; FRARI, B. K. ; RAMPAZZO, B. C. ; BARBOZA, B. A. ; RODRIGUES, M. ; KUNTZER, E. T. . PROFITECS. 2013. .

NISHIJIMA, T. ; HENCKES, J.R. ; GEBERT, F. H. ; BOSCHETTI, M. ; VALMORBIDA, I. ; BARBOZA, B. A. ; RODRIGUES, M. ; BARBIERI, P. ; FRARI, B. K. . Comissão de Matrículas do Curso de Graduação em Agronomia. 2013. (Outro).

HENCKES, J. R. ; BOSCHETTI, M. J. ; GEBERT, F. H. ; KUNTZER, E. T. ; RAMPAZZO, B. C. ; BARBOZA, B. A. ; BARBIERI, P. ; FRARI, B. K. ; ARBUGERI, F. ; EBONE, A. ; VALMORBIDA, I. . Curso de regulagem de semeadoras. 2012. (Outro).

HENCKES, J. R. ; WARTHA, C. A. ; ZEN, H. D. ; RODRIGUES, M. ; TASCHETTO, F. M. . XXIII Semana Acadêmica de Agronomia. 2012. (Outro).

NISHIJIMA, T. ; GEBERT, F. H. ; Henckes, J. R. ; BLUME, E. ; BOSCHETTI, M. ; ARBUGERI, F. ; FRARI, B. K. ; KUNTZER, E. T. ; RAMPAZZO, B. C. ; EBONE, A. ; RODRIGUES, M. ; VALMORBIDA, I. . Comissão de matrículas do curso de Agronomia. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXXI Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas. RESISTENCIA CRUZADA DE AZEVÉM AOS HERBICIDAS IODOSULFURON-METHYL E PIROXSULAM. 2018. (Congresso).

XXXI Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas. Relato de azevem com resistência múltipla a ALS e EPSPs. 2018. (Congresso).

II Seminário de Resistência de Plantas Daninhas em Terras Baixas. 2017. (Seminário).

II Seminário de Resistência de Plantas Daninhas em Terras Baixas. 2017. (Seminário).

V Encontro Nacional Sobre Resistência de Plantas Daninhas. 2017. (Encontro).

XXX Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas. 2016. (Congresso).

II BRAZILIAN SYMPOSIUM ON SALINITY & II BRAZILIAN MEETING ON IRRIGATION. Simulação do Balanço Hídrico do solo para a cultura do milho submetida a diferentes estratégias de irrigação deficitária. 2014. (Congresso).

II BRAZILIAN SYMPOSIUM ON SALINITY & II BRAZILIAN MEETING ON IRRIGATION. Produtividade da água irrigada da cultura do sorgo submetida à irrigação deficitária. 2014. (Congresso).

IV Simpósio de atualização em grandes culturas: Arroz. 2014. (Simpósio).

XIX ENAPET - Encontro Nacional dos grupos PET.Expectativas e percepções dos acadêmicos do Curso de Agronomia - UFSM sobre as Disciplinas Complementares de Graduação. 2014. (Encontro).

XIX ENAPET - Encontro Nacional dos grupos PET. 2014. (Encontro).

III Simpósio de atualização em grandes culturas: cereais de inverno. 2013. (Simpósio).

XVI SulPET - Encontro dos grupos PET da região Sul. 2013. (Encontro).

Seminário Internacional água, irrigação e alimentação. 2012. (Seminário).

Semana da calourada do curso de Agronomia. 2011. (Encontro).

XXII Semana Acadêmica do Curso de Agronomia. 2011. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

LOVATO, T.;HENCKES, J. R.; BARBIERI, P.. Processo Seletivo de novos bolsistas para o Grupo PET Agronomia do CCR/UFSM. 2014. Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

André Guareschi

SOUTO, K. M.;GUARESCHI, A.; BALBINOT, A.. Estágio Supervisionado em Agronomia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Marta Rodrigues da Rocha

ROCHA, M. R.PETRY, M. T.. Determinação da evaporação da água do solo em sistemas de manejo plantio direto e preparo convencional (TCC). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Daiane de Pinho Benemann

VARGAS, L.;Benemann DP; ANDRES, A.. Resistência múltipla de Lolium multiflorum Lam. aos herbicida glifosato (EPSPS), iodosulfurom-metílico e piroxsulam (ALS). 2018. Dissertação (Mestrado em Fitossanidade) - Universidade Federal de Pelotas.

Dirceu Agostinetto

Vargas, LAGOSTINETTO, D.; Andres, André;BENEMANN, D. P.. Resistência múltipla de Lollium multiflorum Lam. aos herbicidas glifosato (EPSPs), idodosulfurom-metílico e piroxsulam (ALS). 2018. Dissertação (Mestrado em Fitossanidade) - Universidade Federal de Pelotas.

Viviane Schons de Avila

PETRY, M.;ÁVILA, V.S.. Evaporação da água na superfície do solo, através de microlisímetros em sistemas de manejo plantio direto e preparo convencional. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Thomé Lovato

Grupo PET Agronomia do Programa de Educação Tutorial da SESu - MEC; 2014; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Santa Maria, Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação; Orientador: Thomé Lovato;

Mirta Teresinha Petry

Evaporação da água na superfície do solo, através de microlesímetros em sistemas de manejo plantio direto e preparo convencional; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Mirta Teresinha Petry;

Mirta Teresinha Petry

Instalação, calibração e operacionalização de quatro lisímetros de pesagem para a medição direta da evapotranspiração de culturas; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Mirta Teresinha Petry;

Kelen Muller Souto

Estágio Final; 2015; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Kelen Müller Souto;

Leandro Vargas

Resistência múltipla de Lolium multiflorum a herbicidas inibidores da ALS e EPSPS; 2016; Dissertação (Mestrado em Fitossanidade) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Leandro Vargas;

Jamil Constantin

Metodologia para discriminação de variedades de soja sensíveis e tolerantes a herbicidas; Início: 2018; Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CECHIN, JOANEI ; SCHMITZ, MAICON FERNANDO ; HENCKS, JONAS RODRIGO ; VARGAS, ANDRES ANTONIO MONGE ; AGOSTINETTO, DIRCEU ; VARGAS, LEANDRO . Burial depths favor Italian ryegrass persistence in the soil seed bank. SCIENTIA AGRICOLA , v. 78, p. e20190078, 2021.

  • SCHMITZ, M. F. ; CECHIN, J. ; HENCKES, J. R. ; PIASECKI, C. ; AGOSTINETTO, D. ; VARGAS, L. . Fitness Cost and Competitive Ability to Different Ploidy Levels in Ryegrass Genotypes. PLANTA DANINHA , v. 37, p. e019181921, 2019.

  • MENDES, R. R. ; OLIVEIRA JR, R. S. ; CONSTANTIN, J. ; SILVA, V. F. V. ; HENCKES, J. R ; MACHADO, F. G. . Identification and Mapping of Cross-Resistance Patterns to ALS-Inhibitors in Greater Beggarticks (Bidens spp.). PLANTA DANINHA , v. 37, p. e019192481, 2019.

  • HENCKES, J. R ; CECHIN, JOANEI ; SCHMITZ, M. F. ; PIASECKI, CRISTIANO ; AGOSTINETTO, D. ; VARGAS, L. . Fitness Cost and Competitive Ability of Ryegrass Susceptible and with Multiple Resistance to Glyphosate, Iodosulfuron-Methyl, and Pyroxsulam. PLANTA DANINHA , v. 37, p. 019197532, 2019.

  • VARGAS, L. ; HENCKES, J.R. ; GAVA, F. ; AGOSTINETTO, D. ; CARVALHO, I.R. ; RAMOS, R. ; RODRIGUES, R. . Rapid Detection of Horseweed and Black Picker Sensitivity Levels to Saflufenacil. PLANTA DANINHA , v. 37, p. e019187603, 2019.

  • VARGAS, L. ; HENCKES, J. R ; SCHMITZ, M. F. ; PIASECKI, C. ; CECHIN, J. ; TORCHELSEN, J. ; AGOSTINETTO, D. . Caracterização e manejo de azevém (Lolium multiflorum L.) resistente a herbicidas em áreas agrícolas. REVISTA PLANTIO DIRETO , v. 2018, p. 15-19, 2018.

  • CECHIN, JOANEI ; SCHMITZ, MAICON FERNANDO ; PIASECKI, CRISTIANO ; Henckes, J. R. ; VARGAS, L. . Efeitos da Temperatura. CULTIVAR GRANDES CULTURAS , v. 232, p. 24-28, 2018.

  • PIASECKI, C. ; BILIBIO, M. ; CECHIN, J. ; SCHMITZ, M. F. ; HENCKES, J. . Technical effectiveness and economic return of the glyphosate-resistant hairy fleabane management in soybean pre-emergence. REVISTA BRASILEIRA DE HERBICIDAS , v. 16, p. 20-29, 2017.

  • HENCKES, J. R ; SCHMITZ, M. F. ; PIASECKI, C. ; CECHIN, J. ; AGOSTINETTO, D. ; VARGAS, L. . Desafios da resistência. CULTIVAR GRANDES CULTURAS , v. 217, p. 38-41, 2017.

  • PIASECKI, CRISTIANO ; BILIBIO, MARCOS IVAN ; FRIES, HENRIQUE ; CECHIN, JOANEI ; SCHMITZ, MAICON FERNANDO ; HENCKES, JONAS RODRIGO ; GAZOLA, JULIANO . Seletividade de associações e doses de herbicidas em pós emergência do trigo. REVISTA BRASILEIRA DE HERBICIDAS , v. 16, p. 286, 2017.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - 2018

    Resistência múltipla de Lolium multiflorum a herbicidas inibidores da ALS e EPSPS, Descrição: O azevém (Lolium multiflorum L.) é espécie forrageira e de cobertura de solo amplamente utilizada nos sistemas agrícolas do Sul do país. A espécie é de fácil dispersão e, por isso, está presente e caracteriza-se como planta daninha em praticamente todas as lavouras de inverno e em pomares da região sul do Brasil. O objetivo desse trabalho é identificar e avaliar genótipos com resistência múltipla a herbicidas inibidores da ALS e EPSPs . Para isso serão realizados experimentos em casa de vegetação e laboratório pertencente à UFPel e também no laboratório da Embrapa Trigo de Passo Fundo- RS. As sementes de azevém serão coletadas em lavouras onde ocorreram falhas de controle aos herbicidas para identificar os genótipos com resistência múltipla a herbicidas inibidores da ALS e EPSPS. Serão realizados estudos com os biótipos para avaliar se há ocorrência de resistência cruzada desses biótipos aos herbicidas inibidores da ALS. Também será avaliada a atividade da enzima EPSPs em biótipos de azevém resistentes ao glyphosate e a atividade da enzima ALS em biótipos resistentes a iodosulfurom-metílico. Os resultados embasarão recomendações técnicas para áreas infestadas com biótipos de azevém com resistência múltipla a fim de viabilizar a utilização das áreas para cultivo, especialmente, com cereais de inverno.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / Cristiano Piasecki - Integrante / Joanei Cechin - Integrante / Maicon Fernando Schmitz - Integrante / Leandro Vargas - Coordenador / Dirceu Agostinetto - Integrante / Silvio Thiago de Oliveira Raphaelli - Integrante / Joao Gabriel Schwanz Goebel - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Potencialidade e impacto do cultivo de azevém tetraploide sobre populações de azevém resistente a herbicidas, Descrição: O azevém (Lolium multiflorum) na região Sul do Brasil se caracteriza como importante forrageira e problemática planta daninha que infesta culturas de estação fria e pomares. Essa planta daninha era facilmente manejada pelo uso de herbicidas, porém aplicações repetitivas do mesmo mecanismo de ação selecionou populações resistentes a 5-enolpiruvilchiquimato-3- fosfato sintase (EPSPs), acetolactato sintase (ALS) e acetil coenzima-A carboxilase (ACCase). A fim de buscar alternativas para esse problema, torna-se necessário adoção de medidas de manejo que visem reduzir a infestação desta planta daninha nas áreas cultivadas sob sistema de integração lavoura-pecuária e ao mesmo tempo disponibilizar forragem com qualidade bromatológica. O presente trabalho visa avaliar a possibilidade e os impactos do uso de genótipos de azevém tetraploide em substituição ao diploide nos sistemas lavoura-pecuária do Rio Grande do Sul. Serão conduzidos experimentos visando determinar a habilidade competitiva e valor adaptativo entre genótipos de azevém diploide e tetraploide, avaliando a sensibilidade do genótipo de azevém tetraploide a herbicidas pós-emergentes, bem como a possibilidade de cruzamento entre genótipos diploides e tetraploides de azevém, sendo que caso o cruzamento ocorra, será determinado à viabilidade das sementes, bem como se a resistência do azevém diploide ao glifosato é herdada pelos descendentes do cruzamento diploide x tetraploide. Além disso, será realizado análise da viabilidade econômica da substituição dos genótipos, assim com a aplicação de questionário com agropecuaristas para verificar a aceitabilidade dos genótipos tetraploides. Os resultados obtidos permitirão determinar se o azevém tetraploide é alternativa viável para áreas infestadas com biótipos de azevém resistente a herbicidas, a fim de viabilizar a utilização destas áreas de cultivo, especialmente, com cereais de inverno.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / Cristiano Piasecki - Integrante / Joanei Cechin - Integrante / Maicon Fernando Schmitz - Integrante / Leandro Vargas - Coordenador / Dirceu Agostinetto - Integrante / RENAN RICARDO ZANDONÁ - Integrante.

  • 2016 - 2018

    SEQUENCIAMENTO E ANÁLISE DO TRANSCRIPTOMA DE Conyza bonariensis SENSÍVEL E RESISTENTE AO GLIFOSATO ATRAVÉS DE FERRAMENTAS DE RNA-Seq, Descrição: Plantas daninhas são historicamente um sério problema agrícola, pois interferem com as culturas e reduzem significativamente o rendimento biológico e econômico. No atual cenário da agricultura global muitas espécies de plantas daninhas têm apresentado resistência aos herbicidas, dentre elas a buva (Conyza spp.). Em ambientes agrícolas a buva foi a primeira espécie magnoliopsida a apresentar resistência ao glifosato, sendo atualmente uma das invasoras resistentes mais amplamente dispersas no mundo. O mecanismo de resistência ao herbicida glifosato em buva não envolve genes codificadores da enzima EPSPS, tendo uma provável alteração nos processos bioquímicos. Os locais ou enzimas que comumente estão associados com a resistência não relacionada ao local de ação do herbicida são o citocromo P450s, glutationa S-transferases (GSTs), glicosiltransferases (GTs), e transportadores ABC. No entanto, a nível global, poucos estudos discutem qual o verdadeiro mecanismo que confere a resistência ao glifosato em buva. Dessa forma, a identificação de genes com expressão diferencial que conferem a resistência ao glifosato não estando relacionados ao sítio de ação herbicida pode possibilitar melhor entendimento do processo e auxiliar no desenvolvimento de novas formas de manejo. O sequenciamento e caracterização do transcriptoma de buva através da metodologia do RNA-Seq pode ser decisiva neste processo, pois oferece algumas vantagens em relação aos métodos tradicionais, uma delas é a não necessidade de um genoma padrão já sequenciado da espécie. O objetivo do trabalho será caracterizar o transcriptoma de C. bonariensis sensível e resistente ao glifosato com a metodologia de RNA-Seq, buscando elucidar o processo da resistência não relacionada ao local de ação do herbicida. A presente pesquisa tem o intuito de melhorar o conhecimento sobre a buva e auxiliar no desenvolvimento de ferramentas para facilitar seu manejo, aumentando a sustentabilidade da atividade agrícola.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / Cristiano Piasecki - Integrante / Joanei Cechin - Integrante / Maicon Fernando Schmitz - Integrante / Leandro Vargas - Coordenador / Dirceu Agostinetto - Integrante / José Vitor Silva da Silva - Integrante / Edinalvo Rabaioli Camargo - Integrante / Luis Antonio de Avila - Integrante / Luciano Carlos Da Maia - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Desenvolvimento de diagramas ternários para a estimativa da retenção de água em solos do centro-sul do brasil usando funções de pedotransferencia, Descrição: As regiões irrigadas apresentam a característica de um aumento dos cultivos, e por consequência, há uma intensa utilização dos solos. Resultando uma maior pressão de degradação do solo, consequentemente, ocasionando por tantas vezes a compactação do solo. A compactação altera as características do solo, diminuindo a aeração, infiltração de água no solo e aumentando a resistência mecânica à penetração, dificultando o crescimento dos vegetais. Deste modo, a investigação de tecnologias que fornecem informações que contribuam para um manejo apropriado do solo e aplicação da água se torna cada vez mais imprescindível. Por conseguinte uma atenção especifica deve ser adota para que não ocorram alterações negativas na qualidade do solo e na distribuição de água. A qualidade do solo tem sido uma preocupação crescente nos últimos anos. Considera-se que o solo possui três principais componentes que define sua qualidade, a física, química e qualidade biológica. Das propriedades físicas, hierarquicamente mais importantes, referem-se a textura do solo, que é definida pela distribuição de tamanho de partículas, e a estrutura do solo definida pelo arranjamento das partículas em agregados. Algumas características físico-hídricas do solo, especialmente aquelas ligadas à retenção de água, são de difícil determinação, exigindo criteriosa amostragem do solo, laboratórios com equipamentos sofisticados e de alto custo, técnicos treinados e demanda considerável de tempo para sua execução. Alternativamente, é possível estimar os pontos da curva de retenção de água através de outros atributos do solo de simples obtenção e disponíveis em banco de dados de solos. Nesse sentido, (Bouma 1989) introduziu o conceito de função de pedotransferência (FPT), significando a "transformação de dados que possuímos em dados que necessitamos'' referindo a equações de relacionavam a retenção de água e condutividade hidráulica com parâmetros disponíveis nos estudos de solos. Esse projeto almeja realizar a caracterização física dos solos irrigados da região Centro-Sul do Brasil com vistas a promover uma base de informações para orientar a tomada de decisões relativas ao manejo de áreas irrigada, e ajustes dos modelos sejam eficientes para predizer, respectivamente, a retenção de água em solos irrigados e suas propriedades físicas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / LORENZO ROLIM SILVA - Integrante / SÔNIA THAIS MENEGAZ - Integrante / JOSÉ NILTON VIEIRA NUNES - Integrante / LAUDENIR JUCIÊ BASSO - Integrante / HEZER GOMES - Integrante / VIVIANE SCHONS DE ÁVILA - Integrante / GABRIEL MAIA SPOLAOR - Integrante / MARÍLIA COSSETIN ANTONELLO - Integrante / ANDREIA PROCEDI - Integrante / BERNARDO CHEROBINI DALMOLIN - Integrante / GERALDO JOSÉ RODRIGUES - Integrante / Luis Alberto Santos Pereira - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Modelos água-produção para a estimativa do rendimento da cultura do milho para três regiões do Rio Grande do Sul, Descrição: A atividade agrícola consome a maior parte dos recursos hídricos disponíveis em nível mundial. Embora a irrigação seja responsável pela produção de 40% dos alimentos produzidos no mundo, o manejo inadequado dessa pode comprometer a produção e interferir negativamente na produtividade da terra e da água. Dentre as etapas para se melhorar a eficiência do uso da água em sistemas irrigados está o aumento da precisão das estimativas das necessidades hídricas das culturas de expressão econômica no Brasil. Quantificar o consumo de água de forma mais exata significa melhorar as metodologias existentes e procurar novas alternativas, que permitam avaliações mais precisas. De uma maneira geral, o rendimento de uma cultura é uma função linear da quantidade de água evapotranspirada, ou seja, a evapotranspiração máxima das culturas (ETc) aumenta linearmente com a quantidade de água utilizada por essas plantas. Assim, reduções na disponibilidade de água em determinado estádio de desenvolvimento reduzem o rendimento potencial dessa cultura. Entretanto, a relação entre o rendimento de grãos (Y) e a evapotranspiração (ETc) pode apresentar uma resposta curvilínea ou quadrática em determinadas situações, tanto para o excesso como para a o déficit hídrico. Para isso foram desenvolvidos modelos de estimativa da evaporação da água do solo e transpiração vegetal, como o SIMDualKc, que tem como base o cálculo da evapotranspiração da cultura (ETc) e o agendamento da irrigação, utilizando a metodologia dos coeficientes duais de cultivo (Kcb + Ke) proposta por Allen et al. (1998, 2005), após devida calibração. As funções de produção, por sua vez, podem ser úteis para estimar possíveis impactos negativos da falta de chuvas em determinação região, assim como no rendimento de grãos das culturas. Entretanto, esses modelos exigem uma gama de dados para serem parametrizados, dificultando sua utilização. Assim, o desenvolvimento de uma estratégia ótima do manejo da água, que garanta maior eficiência dos recursos hídricos, é comumente utilizado. O principal objetivo desse trabalho será a estimativa do rendimento máximo em função das diferentes disponibilidades de água no solo e diferentes estádios fenológicos da cultura do milho, utilizando modelos de produção, para três regiões do Rio Grande do Sul, Depressão Central, Missões e Planalto Médio.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Coordenador / JOSÉ NILTON VIEIRA NUNES - Integrante / LAUDENIR JUCIÊ BASSO - Integrante / VIVIANE SCHONS DE ÁVILA - Integrante / GABRIEL MAIA SPOLAOR - Integrante / BERNARDO CHEROBINI DALMOLIN - Integrante / MARTA RODRIGUES DA ROCHA - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Influência do manejo da irrigação sobre as propriedades físicas do solo e sobre a morfogênese e produção de forragem de tifton 85, Descrição: A pesquisa científica com o uso de irrigação em pastagens tropicais, no Brasil, está concentrada em regiões de clima tropical. Nessas regiões, durante o ano, as temperaturas não são limitantes ao crescimento destas espécies. Em regiões subtropicais, caracterizadas por temperaturas médias durante o inverno próximas a temperatura limite para o crescimento da Tifton 85, a pesquisa científica ainda tem muito a avançar. Nessas regiões, não são conhecidos os benefícios potenciais da irrigação com déficit hídrico e quais suas interferências na morfogênese de Tifton 85, bem como nas características físicas do solo, modificadas pelo aumento da taxa de lotação, que é consequência da maior taxa de acúmulo de forragem. As mudanças que podem ocorrer na pastagem são atribuídas basicamente a três fatores: aumento da eficiência do uso da água de irrigação, redução dos custos de irrigação e redução de riscos associados aos impactos ambientais. Para isso, devem-se conhecer os efeitos na viabilidade econômica e na produtividade da cultura frente a esta prática de manejo. Pereira et al. (2011) em estudos desenvolvidos em Minas Gerais, testando doses de nitrogênio e altura de planta, observaram que o filocrono (medido em dias) para a Tifton 85 variou de 1 a 4 dias. Associada à determinação do filocrono, é de grande importância o conhecimento da duração de vida das folhas por perfilho, essa característica genotípica é bastante estável na ausência de deficiências hídricas e nutricionais, e também pode ser usada no manejo da pastagem (Nabinger & Pontes, 2001). No que se refere a capacidade produtiva da pastagem de Tifton 85, Maixner et al. (2009) avaliando espécies forrageiras tropicais em sistemas leiteiros no noroeste do estado do RS, observaram durante o período de crescimento do pasto, taxas de lotação superior a 2.000 kg.ha-1 de peso corporal, o que evidencia a alta capacidade de suporte destas pastagens mesmo quando cultivadas em regiões de clima subtropical e sem o uso de irrigação. Em ensaio comparando a pastagem de Tifton 85, com e sem irrigação, em Minas Gerais, Teixeira et al. (2013) observaram maior taxa de lotação para o tratamento irrigado (aproximadamente 100% superior em relação ao tratamento não irrigado), os autores obtiveram 4,6 UA.ha-1 em método rotativo de pastoreio, em bovinocultura de leite. Neste contexto, o projeto assume que para uma maior estabilidade na produção de pasto durante todo o ano, maior intensificação e aproveitamento da superfície explorada, conservação do solo e uso eficiente da água, é necessário o consórcio de espécies forrageiras de ciclos produtivos distintos, e que possam ser utilizadas com pastoreio pelo maior período de tempo possível durante o ano. Cabe à pesquisa científica mensurar os efeitos do manejo da irrigação frente aos estresses impostos pelo ambiente, em busca do uso sustentável desta prática e permitindo a expressão do máximo potencial produtivo das espécies, sem que o déficit hídrico seja o fator limitante ao crescimento das plantas. Visando esclarecer estas questões, será instalado um experimento com diferentes estratégias de manejo de irrigação (irrigação plena e irrigação-deficitária). Serão avaliados, por um período de dois anos, os parâmetros relacionados ao efeito de diferentes estratégias de irrigação nos possíveis impactos sobre os parâmetros de solo, na produção (primária e secundária da pastagem) e na qualidade de uma pastagem de Tifton 85 (Cynodon nlemfuensis) sobre semeada com azevém (Lolium multiflorum) e trevo vermelho (Trifolium repens). Será quantificado o consumo de água aplicado nas distintas estratégias de manejo da água de irrigação e determinado a eficiência do uso da água, e seus impactos no sistema solo - planta - animal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / SÔNIA THAIS MENEGAZ - Integrante / LAUDENIR JUCIÊ BASSO - Integrante / HEZER GOMES - Integrante / VIVIANE SCHONS DE ÁVILA - Integrante / GABRIEL MAIA SPOLAOR - Integrante / MARÍLIA COSSETIN ANTONELLO - Integrante / ANDREIA PROCEDI - Integrante / BERNARDO CHEROBINI DALMOLIN - Integrante / GERALDO JOSÉ RODRIGUES - Integrante / LUCIANA POTTER - Integrante / MARIA SOLEDAD ARMOA BAEZ - Integrante / MARTA GOMES DA ROCHA - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Instalação, calibração e operacionalização de quatro lisímetros de pesagem para a medição direta da evapotranspiração de culturas, Descrição: O manejo adequado dos recursos hídricos é fundamental para melhorar a eficiência do uso da água na agricultura irrigada. A agricultura irrigada é responsável pela produção de cerca de 40% dos alimentos disponíveis no mundo, sendo que a área irrigada corresponde a apenas 18% da área agrícola total. Dentre as etapas fundamentais para melhorar o uso eficiente e a produtividade da água em sistemas irrigados tem-se a melhoria da precisão das estimativas das necessidades hídricas das culturas. Dentro desse contexto, a medição direta da evapotranspiração da cultura (ETc) (Allen et al., 2011) para as principais culturas de expressão econômica no Brasil e a consequente obtenção dos coeficientes de cultura que tornam mais precisos os métodos de estimativa da ETc, bem como a capacidade de modelar/simular a irrigação, são fundamentais para melhorar os sistemas de irrigação, o manejo de irrigação e o uso da água. Assim, o objetivo desse trabalho é instalar, calibrar e operacionalizar quantro lisímetros de pesagem para a determinação da evapotranspiração (ETc) de culturas anuais em Santa Maria, RS. Os lisímetros serão instalados em área experimental do Sistema Irriga, no Departamento de Engenharia Rural da UFSM. Um conjunto de quatro lisímetros de pesagem será preenchido com solo de estrutura preservada, e dimensões de 2,82x2,32x1,24 m (comprimento x largura x profundidade). Os lisímetros serão acondicionados sobre células de carga com escala de 45 Mg de capacidade. As células de carga serão estimuladas e mensuradas por um sistema de aquisição de dados (Campbell Scientific, Inc.,), com resolução definida pelo datalogger (0,00231 kg/bit ou 0,02 mm/bit, em equivalência de água). Essa resolução irá resultar em erros menores que 5% para medidas diárias da ETc, necessitando-se incrementar a resolução para medidas horárias ou escalas de tempo menores que uma hora.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Integrante / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Coordenador / SÔNIA THAIS MENEGAZ - Integrante / VIVIANE SCHONS DE ÁVILA - Integrante / GABRIEL MAIA SPOLAOR - Integrante / BERNARDO CHEROBINI DALMOLIN - Integrante / Luis Alberto Santos Pereira - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Novos processos de estimativa e modelagem da evapotranspiração e necessidades hídricas das culturas, Descrição: O objetivo do projeto é implementar e melhorar os procedimentos e ferramentas de medição e estimativa da evapotranspiração das culturas e da vegetação (ETc), bem como da utilização e aplicação dessa importante informação em modelos de condução e programação da irrigação, modelos de gerenciamento de bacias hidrográficas, e utilizar essa linha de pesquisa para o treinamento de pós-graduados e de alunos de graduação. Parâmetros do balanço hídrico como os fluxos de água no interior do perfil do solo, a evaporação de água do solo e a lâmina de água retida ou armazenada nos resíduos vegetais (palhada) serão avaliados e modelados nesse projeto. Assim, realizar-se-á vários experimentos, com diversos tratamentos de irrigação e uso da água, para atender as necessidades de água das culturas e, também, com diferentes níveis de déficit hídrico ou irrigação deficitária. Para conduzir experimentos nessa linha de pesquisa, será utilizado estruturas específicas de avaliação de água no sistema solo-planta, utilizada por essa equipe de trabalho no Departamento de Engenharia Rural da UFSM, particularmente: (i) uma cobertura móvel (Sistema rainout shelter) com 32 unidades experimentais nas quais é evitada qualquer incidência de chuva, proporcionando um controle eficaz de toda a água fornecida às culturas; (ii) um conjunto de lisímetros de pesagem (04 lisímetros de pesagem, com estrutura preservada, e dimensões de 2,0 x 3,0 m e 2,0 m de profundidade); (iii) equipamento de medição dos fluxos turbulentos, com registro contínuo de observações associado a um sistema de medição de fluxos turbulentos instantâneos, i.e., "eddy covariance", o equipamento esta instalado no próprio local de condução do experimento de campo e; (iv) extensa área experimental irrigada. Na área experimental de campo serão instalados experimentos de campo de irrigação, com monitoramento diário dos parâmetros do balanço hídrico do solo e de determinação do conteúdo de água no solo, em todas as profundidades do perfil explorado pelo sistema radicular das plantas. Dessa forma serão instalados experimentos específicos para avaliar os impactos dos resíduos das culturas sobre a dinâmica da água no solo, a evaporação do solo e o escoamento superficial visando uma determinação mais precisa do balanço hídrico e para aumentar a eficiência do uso água. Os resultados obtidos serão utilizados para a calibração e melhoramento de processos de modelagem (METRIC, SIMDualKC, HYDRUS, IRRIGA), tomando como exemplo o modelo SIMDualKc concebido para o balanço hídrico da vegetação e gerenciamento da irrigação com determinação da ETc pelo método dos coeficientes duais das culturas, que permite determinar separadamente a evaporação do solo, a transpiração das culturas e a transpiração da vegetação da vegetação de cobertura, das árvores e dos cultivos. Esta modelagem permitirá uma melhor determinação da "pegada" da água nas culturas selecionadas ou uma análise mais detalhada da produtividade da água, ou uma análise econômica do uso da água, tanto da chuva como da irrigação. Deste modo, o projeto possibilita avaliar e estudar vários tipos de cobertura do solo e a sua influência sobre os vários componentes do balanço hídrico em escala regional ou, posteriormente com a utilização de SIG, em escala mais abrangente. Além disso, será realizado um monitoramento das condições econômicas de produção das principais culturas para permitir avaliar as estratégias de uso da água e de produtividade econômica da água.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / LORENZO ROLIM SILVA - Integrante / SÔNIA THAIS MENEGAZ - Integrante / LAUDENIR JUCIÊ BASSO - Integrante / VIVIANE SCHONS DE ÁVILA - Integrante / GABRIEL MAIA SPOLAOR - Integrante / MARTA RODRIGUES DA ROCHA - Integrante / ARNO BERNARDO HELDWEIN - Integrante.

  • 2014 - 2015

    CONTROLE QUÍMICO DE PERCEVEJOS NA CULTURA DO PORONGO (Lagenaria siceraria (Mol.) Standl), Descrição: As cucurbitáceas, família a qual Lagenaria siceraria pertence, são severamente atacadas por insetos desde a germinação até a colheita (BALDIN, et al., 2000). Os percevejos da família Coreidae são consideradas pragas secundárias na família das cucurbitáceas, porém, merecem destaque na cultura do porongo, pois sugam continuamente a seiva das brotações e dos frutos. As plantas atacadas ficam depauperadas, enquanto os frutos apresentam a área afetada totalmente enrijecida (empedramento). Devido à falta de recomendações e informações técnicas para a cultura, assim como, a inexistência de produtos registrados os produtores utilizam produtos registrados para soja e outras culturas. Além disso, as condições de aplicação e equipamentos utilizados muitas vezes não são os mais adequados. Todos estes problemas levam a uma ineficiência das aplicações resultando em reinfestações muito rápidas o que leva a aplicações consecutivas podendo chegar a oito aplicações por safra. Tendo em vista esta problemática, o presente trabalho buscou testar a eficiência do controle químico para o combate do percevejo, principal praga da cultura, responsável por baixos índices de produtividade e gastos excessivos com inseticidas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / Thomé Lovato - Coordenador / Priscila Barbieri - Integrante / Moisés Boschetti - Integrante / FÁBIO MIGUEL FUHR - Integrante / JACSON ZUHL - Integrante / JOVER DA SILVA ALVES - Integrante / KELIN BEXAIRA - Integrante / BRUNO CATAPAN RAMPAZZO - Integrante / FÁBIO HENRIQUE GEBERT - Integrante.

  • 2013 - 2016

    DETECCÇÃO REMOTA PARA A ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERENCIA (ETo) EM ÁREAS IRRIGADAS, Descrição: Existem consideráveis incertezas sobre a variabilidade temporal e espacial do consumo de água, não somente pela agricultura, como também em áreas marginais, ribeirinhas, com vegetação natural ou em áreas irrigadas. Esta variabilidade é causada pelas diferenças climáticas, distribuição e volume de chuvas, tipo e uso do solo, tipo de vegetação, sistemas de cultivo, métodos de irrigação utilizados e manejo do solo. A quantificação dos componentes do balanço hídrico é mais complexa e difícil devido ao escoamento superficial da água de irrigação, ao fluxo subsuperficial da água no solo devido à declividade do local e à ocorrência de percolação profunda. O desenvolvimento das técnicas de detecção remota tem permitido, nas últimas décadas, um aumento crescente em aplicações agrícolas e ambientais. A detecção e análise de alterações da paisagem ao longo do tempo, o monitoramento de ecossistemas e formas de uso do solo, o estudo da dinâmica da vegetação e sua fenologia a determinação da evapotranspiração para fins de irrigação. A estimativa da evapotranspiração das culturas por detecção remota se apresenta como uma alternativa confiável para melhorar a quantificação da evapotranspiração para grandes áreas, e, assim, quantificar o uso da água pelo sistema solo-água-vegetação. Especialmente para estimar o balanço hídrico de bacias hidrológicas, para regulação dos direitos do uso da água, no apoio ao planejamento de recursos hídricos, para avaliar a depleção de aquíferos e apoiar a modelação da água subterrânea, para estimar a água usada pela agricultura irrigada, para apurar a utilização histórica da água com a finalidade de fornecer suporte a decisões relativas à transferência de direitos da água, para desenvolver curvas dos coeficientes culturais e, também para avaliar o desempenho e a qualidade de projetos de irrigação, no Planalto Médio do Rio Grande do Sul.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / MARÍLIA COSSETIN ANTONELLO - Integrante / CASSIANE JRAYJ DE MELO VICTORIA BARIANI - Integrante.

  • 2013 - 2016

    EFEITO DE RESÍDUOS CULTURAIS NO BALANÇO HÍDRICO DO SOLO, Descrição: A água é um recurso natural finito. Estima-se que a agricultura é responsável por 70% do consumo da água no mundo (UNESCO, 2012). A distribuição irregular das precipitações pluviais durante os ciclos de desenvolvimento das culturas estivais tem estimulado agricultores a investimento em sistemas de irrigação. A estabilidade na produção agrícola é uma preocupação de todos, buscando reduzir riscos na agricultura, o cultivo de áreas em Sistema Plantio Direto Irrigado tem se expandido nos últimos anos. A redução da evaporação é apontada como uma das maiores vantagens da manutenção dos resíduos na superfície do solo (CAMPOS et. al., 1994); comparando-se sistema plantio direto com manejo convencional. Diante do exposto, este trabalho tem por objetivo avaliar a capacidade de interceptação e armazenamento de água do resíduo cultural de aveia preta em cobertura do solo e determinar o efeito sobre os componentes do balanço hídrico do solo em um sistema irrigado. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / LORENZO ROLIM SILVA - Integrante / SÔNIA THAIS MENEGAZ - Integrante / MARTA RODRIGUES DA ROCHA - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Características morfológicas e produtividade de plantas de alfafa (Medicago Sativa) submetidas à irrigação deficitária, Descrição: A água é um fator essencial para a produção agrícola, estando a sua disponibilidade fortemente relacionada com as variações de produtividade. O estresse hídrico afeta o crescimento e a produtividade da cultura de várias formas (FAO, 2002). Através do uso da irrigação pode se garantir a quantidade de água necessária para o perfeito desenvolvimento da cultura, buscando maior produtividade, e assegurando o risco de quebra na produção. O manejo de irrigação pode ser definido através da determinação da evapotranspiração da cultura. Allen et al (1998), apresenta duas metodologias para estimativa da ETc, utilizando dois coeficientes de cultura (Kc), sendo elas o Kc simples e Kc dual. O primeiro utiliza um coeficiente médio integrando a evaporação de água do solo e a transpiração da cultura, utilizada onde o nível de precisão não é tão elevado, e o segundo utiliza coeficientes separados de evaporação de água no solo e um coeficiente basal da cultura, geralmente a metodologia é utilizada quando é necessário elevada precisão nos resultados. Diante disso, a aplicação de água, na quantidade requerida pelas culturas e no momento apropriado, torna-se de fundamental importância dentro desse contexto de irrigação deficitária. Buscar avaliar o melhor manejo de irrigação sem afetar o desenvolvimento e a produtividade da cultura, avaliar a eficiência da água para cada manejo, obtendo-se a maior economia de água. Assim ressalta-se a relevância deste projeto.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / LORENZO ROLIM SILVA - Integrante / SÔNIA THAIS MENEGAZ - Integrante / GABRIEL MAIA SPOLAOR - Integrante / BERNARDO CHEROBINI DALMOLIN - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Resposta da cultura do sorgo granífero submetida a diferentes manejos de irrigação, Descrição: A água potável é um recurso natural cada vez mais escasso. Do uso total da água, a agricultura utiliza aproximadamente 70%, enquanto a indústria e o uso doméstico consomem os outros 30%, sendo que a sustentabilidade no uso da água busca uma gestão conservativa, uso ambientalmente amigável e assegurando viabilidade econômica do investimento. A cultura do sorgo é o quinto cereal mais produzido no mundo, apresenta produção mais econômica em situação sob condições de stress ambientais, a produção pode ser destinada a alimentação humana ou animal. No Brasil a cultura é identificada como o substituto do milho na produção agrícola e formulação de ração. A água é o fator essencial para a produção agrícola, estando fortemente relacionada com as variações de produtividade. A irrigação representa a maneira mais eficiente para o aumento da produção de alimentos. Visando o melhor gerenciamento dos recursos hídricos, existe um grande interesse na pratica da irrigação deficitária, tolerando um nível leve de déficit hídrico na cultura, com mínimos reflexos sobre seu rendimento. Através da determinação da evapotranspiração da cultura pode-se obter a quantidade de água necessária para a reposição através da irrigação. Este trabalho tem como objetivo avaliar o efeito das diferentes estratégias e manejo de irrigação sobre, as características morfológicas e fisiológicas das plantas de sorgo, rendimento de grãos e componentes de rendimento da cultura do sorgo. Identificando o manejo que possibilita obter maior produtividade da água e retorno econômico. O experimento será conduzido no interior de uma cobertura móvel (Rainout Shelter), os tratamentos serão: T1 - Manejo de irrigação com laminas de 30 mm, variando a quantidade de água facilmente disponível na zona radicular durante as fazes de desenvolvimento, sem déficit hídrico ao longo do ciclo, tendo como base o coeficiente p de 0,55 do total de água disponível (FAO, 2006) para o período inicial de desenvolvimento, de crescimento rápido da cultura e maturação, e para a fase intermediaria de desenvolvimento, um índice de 60% acima do coeficiente de p (0,05), laminas de irrigação estimadas através do Kc dual. T2 - Aplicação de lamina de irrigação de 30 mm quando a evapotranspiração da cultura acumular 30 mm estimado através do kc simples. T3 - Aplicação de lamina de irrigação de 30 mm quando a evapotranspiração da cultura acumular 40 mm estimado através do kc simples. T4 - Aplicação de lamina de irrigação de 30 mm quando a evapotranspiração da cultura acumular 60 mm estimado através do kc simples. T5 - Aplicação de lamina de irrigação de 30 mm quando a evapotranspiração da cultura acumular 120 mm estimado através do kc simples. Serão avaliadas as características morfológicas e fisiológicas das plantas, alem do rendimento em grãos e avaliação dos componentes de rendimento das culturas e análise do retorno econômico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / JÚLIO CÉSAR GATTO - Integrante / ANDERSON LUIZ ZWIRTES - Integrante / MARTA RODRIGUES DA ROCHA - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Qualidade física do solo sob diferentes tempos de adoção do sistema plantio direto e sua relação com a rotação de culturas, Descrição: Apesar de quase 40 anos de pesquisas e observações acumuladas sobre o SPD, alguns problemas ainda persistem e, portanto, merecem ser melhor estudados. Entre eles, destaca-se a existência, em quase todas as áreas sob sistema plantio direto (SPD), de uma camada de maior grau de compactação, geralmente posicionada a 0,1-0,2 m de profundidade. Objetivou-se determinar o potencial da rotação de culturas, em preservar e/ou melhorar a qualidade física do solo no SPD ao longo do tempo. Avaliando se a descompactação mecânica do solo é dispensável, pois aumenta os custos de produção e influência de forma negativa a qualidade estrutural do solo. O experimento será conduzido na Embrapa Soja (Londrina/PR) sob um Latossolo Vermelho Distroférrico em Parcelas com dimensão 10 x 50 m. O delineamento experimental a ser utilizado será o de blocos ao acaso, fatorial 5 x 2 (manejo do solo x modelo de produção), com quatro repetições. Os cinco níveis do fator manejo do solo será: (1) SPD contínuo, implantado em 1988 (SPDC24); (2) SPD contínuo, implantado em 2001 (SPDC11); (3) SPD com escarificação periódica a cada três anos (SPDE3); (4) SPD com escarificação periódica a cada ano (SPDE1) e; (5) Sistema convencional utilizando grade pesada antes de cada cultivo (SPC). Estes tratamentos são conduzidos sob dois modelos de produção: (A) sucessão trigo/soja e; (B) rotação tremoço ou nabo forrageiro/milho-aveia/soja-trigo/soja-trigo/soja. Serão avaliadas três camadas do solo (0,0-0,1; 0,1-0,2; 0,2-0,3 m). Serão medidos parâmetros para determinação da curva de retenção de água no solo (CRA), da curva de resistência do solo à penetração (CRSP), do intervalo hídrico ótimo (IHO) e atributos químicos do solo. A condutividade hidráulica saturada e a taxa de infiltração tridimensional de água no solo saturado serão determinadas a campo, na profundidade de 0,10 e 0,20 m. Serão avaliadas a produtividade de grãos da cultura da soja e do trigo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / JÚLIO CÉSAR GATTO - Integrante / VANDERLEI RODRIGUES DA SILVA - Integrante / MOACIR TUZZIN DE MORAES - Integrante.

  • 2010 - 2015

    AVALIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE MODELOS DE ESTIMATIVA DO BALANÇO HÍDRICO, CONSUMO DE ÁGUA E FENOLGIA DAS CULTURAS, Descrição: A melhoria nos sistemas de manejo em áreas irrigadas é apontada como a principal prioridade de contexto ambiental e econômico. Para os sistemas de produção agrícola irrigada, onde o custo de instalação e operação do sistema de irrigação é elevado, o grande desafio consiste em aumentar a produtividade com quantidades menores de água, particularmente em regiões com limitada disponibilidade de recursos hídricos, energia ou mesmo devido aos preços relativamente baixos de comercialização dos produtos agrícolas. Sabe-se que, o requerimento hídrico das plantas varia entre as espécies, cultivares, região de cultivo e época do ano, dependendo de características genéticas e adaptação às diferentes condições de cultivo. Um adequado manejo da irrigação é aquele que determina quando, quanto e como aplicar a água de irrigação, baseado no requerimento hídrico das culturas, nas características de solo, características e respostas da planta, sistema de cultivo, método ou sistema de irrigação e das condições meteorológicas. Na viabilização de um sistema de manejo de irrigação torna-se fundamental o conhecimento das características físico-hídricas do solo, armazenamento de água no solo, disponibilidade de água às plantas, fenologia e características do dossel vegetativo das plantas, consumo de água das culturas, demanda evaporativa da atmosfera, eficiência do sistema de irrigação, precipitação pluvial efetiva, infiltração e escoamento de água no solo, evaporação e evapotranspiração dos cultivos irrigados, além de outros parâmetros. Mesmo quando todos esses aspectos são conhecidos a aplicação de uma determinada lâmina de irrigação pode não resultar em benefício direto para a cultura irrigada (aumento na produção), por deficiência do método ou manejo de irrigação utilizado. Normalmente isso ocorre pela qualidade deficiente das informações em especial na estimativa do requerimento hídrico diário das culturas nas diferentes condições de cultivo irrigado. Neste sentido, o presente projeto visa avaliar, determinar e parametrizar procedimentos para sistemas e/ou modelos de medida ou estimativa da fenologia e dos requerimentos hídricos das culturas, visando uma melhor eficiência da água de irrigação, com redução na quantidade de água de irrigação aplicada as culturas. Ênfase especial será dada para os sistemas irrigados com culturas anuais ou perenes, cultivados em linha, com a manutenção de resíduos vegetais na superfície do solo, os quais reduzem as perdas de água por evaporação, perdas essas não devidamente quantificadas pelos métodos de estimativa normalmente empregados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Integrante / REIMAR CARLESSO - Coordenador / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / MIRTA TERESINHA PETRY - Integrante / JÚLIO CÉSAR GATTO - Integrante / HENRIQUE MARTINS FRIES - Integrante / SÔNIA THAIS MENEGAZ - Integrante / GABRIEL MAIA SPOLAOR - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Precipitação pluvial efeitiva em diferentes níveis de cobertura do solo, Descrição: O presente trabalho permitirá o conhecimento de uma gama de fatores relacionados ao solo e das culturas de milho e feijão, amplamente cultivadas no Brasil em sistemas irrigados e no sistema de cultivo plantio direto com elevadas quantidades de palha na superfície do solo, na estimativa da precipitação pluvial efetiva, parte fundamental do balanço hídrico na determinação das necessidades hídricas desses cultivos. Dessa forma o presente trabalho contribuirá para o planejamento da irrigação e uso eficiente da água na produção agrícola.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jonas Rodrigo Henckes - Coordenador / ALBERTO EDUARDO KNIES - Integrante / JULIANO DALCIN MARTINS - Integrante / REIMAR CARLESSO - Integrante / LUÍS FERNANDO GRASEL - Integrante / NÚBIA PENTIADO AIRES - Integrante / RODRIGO ELESBÃO DE ALMEIDA - Integrante / TICIANA FRANÇOIS - Integrante / VINICIUS DUBOU - Integrante / ZANANDRA BOFF DE OLIVEIRA - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual de Maringá, Centro de Ciências Agrárias. , Av. Colombo, 5790 - Zona 7, Maringá - PR, Campus universitário, 96010610 - Maringá, PR - Brasil, Telefone: (44) 30118958

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2011 - 2015

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

2014 - 2015

Dow Brasil

Vínculo: Estagio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2016 - Atual

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Mestrando, Enquadramento Funcional: Estudante de mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.