Gabriela Regina Ferreira

Atualmente é mestranda em Meteorologia Aplicada na Universidade Federal de Viçosa (UFV) com bolsa CNPq. Iniciou em 2011 o curso de Geografia na Universidade Federal de Viçosa - UFV, onde se formou em julho de 2015. É técnica em Turismo Rural pela atual UFV-Campus Florestal e técnica em Meio Ambiente pela Escola Técnica de Viçosa-ETEV. Foi bolsista de Iniciação Científica na Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais - EPAMIG/EMBRAPA-CAFÉ (2015/2016) com pesquisa em agrometeorologia e estagiou na área de Geoprocessamento no Centro de Estudos e Desenvolvimento Florestal (CEDEF-IEF) . Teve experiências de ensino como monitora da disciplina Biogeografia do departamento de Geografia da UFV, participou de atividades de ensino, pesquisa e extensão em áreas correlatas à Geografia. Além disso, teve participação em projetos na área de clima urbano.

Informações coletadas do Lattes em 09/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Agronomia (Meteorologia Aplicada)

2016 - Atual

Universidade Federal de Viçosa
Orientador:Flávio Barbosa Justino.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em Geografia

2011 - 2015

Universidade Federal de Viçosa
Título: Estudo do campo térmico e sua relação com o Sky View Factor em situação sazonal de verão no centro urbano de Viçosa-MG
Orientador: Edson Soares Fialho

Curso técnico/profissionalizante

2008 - 2009

Escola Técnica de Viçosa

Curso técnico/profissionalizante

2007 - 2007

Universidade Federal de Viçosa

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

NCAR Command Language (NCL). (Carga horária: 24h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2017 - 2017

Comunicação Pública da Ciência Fala Ciência UFV. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2017 - 2017

R-Classificação de imagens. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2017 - 2017

Free Flight. (Carga horária: 4h). , Wizard by Pearson, WIZARD, Brasil.

2016 - 2016

Sistema de Informações Geográficas Avançado - ArcGIS10.1. (Carga horária: 40h). , Centro Nacional de Treinamento em Armazenagem, CENTREINAR, Brasil.

2015 - 2015

Projeções cartográficas. (Carga horária: 8h). , Centro de Estudos e Desenvolvimento Florestal / Instituto Estadual de Flore, CEDEF/IEF, Brasil.

2013 - 2013

Introdução ao GPS. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2013 - 2013

As variabilidades do tempo e do clima. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2013 - 2013

"2ª OFICINA DO XVI ESTÁGIO INTERDISCIPLINAR DE VIVÊNCIA - AGROECOLOGIA E MO. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2012 - 2012

Introdução a fotografia digital. (Carga horária: 8h). , Centro Vocacional Tecnológico, CVT, Brasil.

2010 - 2010

Operação em recepção de hotéis e pousadas. (Carga horária: 30h). , Fundação Universa, FUNIVERSA, Brasil.

2009 - 2009

Áreas naturais protegidas e ecoturismo. (Carga horária: 12h). , Escola Técnica de Viçosa, ETEV, Brasil.

2009 - 2009

Avaliação de impactos ambientais. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, FACISA, Brasil.

2009 - 2009

Cuidados sobre animais peçonhentos. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Climatologia Geográfica.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Meteorologia Aplicada.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

FERREIRA, G. R. ; SIQUEIRA, L. C. . Mini curso: Herborização como instrumento de Educação e Conservação da Biodiversidade. 2014. (Outro).

FERREIRA, G. R. ; FIALHO, E. S. . II Biogeografia(s): paisagens em transformação. 2014. (Outro).

FERREIRA, G. R. ; FIALHO, E. S. ; QUINA, R. R. ; ALVES, R. S. ; PAULO, M. L. S. ; FRANCO, G. F. . Biogeografia (s): passado, presente e futuro. 2013. (Outro).

ALVES, R. S. ; FIALHO, E. S. ; FRANCO, G. F. ; QUINA, R. R. ; FERREIRA, G. R. . Aula inaugural do Departamento de Geografia. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Seminário de Geografia e Clima.Estudo do campo térmico e sua relação com o Sky View Factor no centro urbano de Viçosa-MG. 2017. (Seminário).

Simpósio Internacional de Climatologia.VARIAÇÃO SAZONAL DO RESFRIAMENTO NOTURNO EM AMBIENTE URBANO E RURAL NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA, MG. 2017. (Simpósio).

V GISday UFV. 2017. (Encontro).

IV GISday UFV. 2016. (Encontro).

Simpósio de Integração Acadêmica."Relação entre a altitude, temperatura do ar e a localização das lavouras cafeeiras na região das Matas de Minas. 2016. (Simpósio).

Simpósio de Integração Acadêmica.O Processo de Urbanização e sua Repercussão no Campo Térmico sobre a área urbana de Viçosa-MG. 2015. (Simpósio).

III Simpósio Nacional de Áreas Protegidas. 2014. (Simpósio).

Simpósio de Integração Academica.O processo de urbanização e sua repercussão no campo térmico sobre a área urbana de Viçosa-MG. 2014. (Simpósio).

Workshop Internacional "Áreas Degradadas pela Mineração e Procedimentos de Recuperação". 2014. (Outra).

III Colóquio Tansdisciplinar Paisagem e Etnicidade: as faces da cultura negra. 2012. (Outra).

II Simpósio Nacional de Áreas Protegidas. 2012. (Simpósio).

Seminário de Turismo. 2012. (Seminário).

Simpósio de Integração Acadêmica.Portas abertas para a democracia: a construção de saberes na relação comunidade x universidade. 2012. (Simpósio).

XXVI Seminário Internacional de Política Econômica. 2012. (Seminário).

IV Encontro Municipal de Mulheres Rurais de Viçosa.Confecção de colares artesanais. 2011. (Oficina).

IV Semana Acadêmica de Geografia. 2011. (Outra).

Áreas Naturais Protegidas e Ecoturismo. 2009. (Outra).

Palestra Vinhos e Degustação. 2007. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Carlos Augusto Brasileiro de Alencar

JUSTINO, F. B.; MELO, M. C.;ALENCAR, C. A. B.; RODRIGUES, J. M.. Eventos extremos de precipitação nas bacias hidrográficas dos rios Doce e Paraíba do Sul. 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Wagner Barbosa Batella

FIALHO, E.S.; TIBIRICA, A. C. G.;BATELLA, W.. Estudo do campo térmico em relação com o Sky View Factor, em situação sazonal de verão, no centro de Viçosa-MG. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Viçosa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Edson Soares Fialho

Estudo do campo térmico e sua relação com o Sky View Factor em situação sazonal de verão no centro urbano de Viçosa-MG; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais; Orientador: Edson Soares Fialho;

Edson Soares Fialho

Transformações e conformações de uma paisagem em (re)construção: As repercussões na dinâmica climática local decorrente do processo de urbanização na área urbana de Viçosa-MG; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edson Soares Fialho;

Edson Soares Fialho

Transformações e conformações de uma paisagem em (re)construção: As repercussões na dinâmica climática local decorrente do processo de urbanização na área urbana de Viçosa-MG; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edson Soares Fialho;

Williams Pinto Marques Ferreira

ESPACIALIZAÇÃO E GEORREFERENCIAMENTO DA REGIÃO DAS MATAS DE MINAS; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Williams Pinto Marques Ferreira;

Flávio Barbosa Justino

Análise da variabilidade espaço-temporal dos índices extremos de precipitação na região hidrográfica Atlântico Sudeste; Início: 2016; Dissertação (Mestrado em Agronomia (Meteorologia Aplicada)) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Amélia Carla Sobrinho Bifano

PIEPIS - Programa Interdiscplinar de Estudos para a Inclusão Social; 2012; Orientação de outra natureza; (Abi - Geografia) - Universidade Federal de Viçosa, Programa de Educação Superior; Orientador: Amelia Carla Sobrinho Bifano;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FERREIRA, G. R. ; FIALHO, E. S. . Campo térmico x fator de visão do céu: estudo da área central do município de viçosa-mg em episódios de outono e inverno/2014. Boletim Gaúcho de Geografia , v. 34, p. 1-25-25, 2016.

  • FERREIRA, W. P. M ; RUFINO, J. L. S. ; FERNANDES FILHO, E. I. ; BARBOSA, T. K. M. ; FERREIRA, G. R. . O Clima para a cafeicultura na região das Matas de Minas. Campo & Negócios. Campo&Negócios, Uberlândia-MG, 27 abr. 2016.

  • FERREIRA, W. P. M ; FERREIRA, G. R. ; BARBOSA, T. K. M. ; RIBEIRO, M. F. ; FERNANDES FILHO, E. I. ; RUFINO, J. L. S. . Região das Matas de Minas tem clima ideal para produção de café. Revista Cafeicultura, Rio Paranaíba, 07 abr. 2016.

  • FERREIRA, G. R. ; FIALHO, E. S. . Análise da variabilidade espacial do campo térmico em situação sazonal de verão (2013/2014), na mancha urbana de Viçosa-MG. In: XI Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica. V Simpósio Paranaenses de Estudos Climaticos e CoCoUGI - Reunião da Comissao de Climatologia da União Geográfica Internacional, 2014, Curitiba/PR. XI Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica. V Simpósio Paranaenses de Estudos Climaticos e CoCoUGI - Reunião da Comissao de Climatologia da União Geográfica Internacional. Curitiba: Abclima-UFPR, 2014. v. 1. p. 1059-1071.

  • FERREIRA, G. R. ; FIALHO, E. S. ; PAULO, M. L. S. ; ALVES, R. S. ; QUINA, R. R. . O processo de urbanização e sua repercussão no campo térmico sobre a área urbana de Viçosa-MG. In: Simpósio de Integração Acadêmica, 2014, Viçosa. Simpósio de Integração Acadêmica, 2014.

  • FERREIRA, G. R. ; HOLLERBACH, J. D. G . CONSIDERAÇÕES SOBRE ALIENAÇÃO E TRABALHO NA ASSOCIAÇÃO DOS CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS DE VIÇOSA - ACAMARE. In: V SEMINÁRIO INTERNACIONAL?TEORIA POLÍTICA DO SOCIALISMO ?Marx: Crise do capitalismo e transição?, 2013, Marília-SP. V SEMINÁRIO INTERNACIONAL?TEORIA POLÍTICA DO SOCIALISMO ?Marx: Crise do capitalismo e transição?, 2013.

  • FERREIRA, G. R. ; HOLLERBACH, J. D. G ; BIFANO, A. C. S. ; ALLOCA, R. A. . Portas abertas para a democracia: a construção de saberes na relação comunidade x universidade. In: Simpósio de Integração Acadêmica, 2012, Viçosa. Simpósio de Integração Acadêmica, 2012.

  • FERREIRA, G. R. ; FERREIRA, W. P. M ; BARBOSA, T. K. M. ; LUPPI, A. S. L. ; SILVA, M. A. V. . Zoneamento térmico para o cultivo do café de montanha na Região das Matas de Minas.. REVISTA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA FÍSICA , 2018.

  • FERREIRA, G. R. ; PRADO, L. B. ; PAULO, M. L. S. ; FIALHO, E. S. . Variação sazonal do resfriamento noturno em ambiente urbano e rural no município de Viçosa, MG'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FERREIRA, G. R. . Estudo do campo térmico e sua relação com o Sky View Factor no centro urbano de Viçosa-MG. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FERREIRA, G. R. ; FERREIRA, W. P. M . Caracterização das temperaturas mínima e máxima do ar a partir da regressão linear múltipla para a região das Matas de Minas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FERREIRA, G. R. ; FERREIRA, W. P. M ; BARBOSA, T. K. M. ; LUPPI, A. S. L. ; OLIVEIRA, K. R. . Relação entre a altitude, temperatura do ar e a localização das lavouras cafeeiras na região das Matas de Minas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FERREIRA, G. R. ; FIALHO, E. S. ; ALVES, R. S. ; QUINA, R. R. ; PAULO, M. L. S. . O Processo de Urbanização e sua Repercussão no Campo Térmico sobre a área urbana de Viçosa-MG. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FERREIRA, G. R. ; HOLLERBACH, J. D. G ; BIFANO, A. C. S. ; ALLOCA, R. A. . Portas abertas para a democracia: a construção de saberes na relação comunidade x universidade. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FERREIRA, G. R. . Entraves da extensão: o caso dos catadores de materiais recicláveis de Viçosa-MG. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

FERREIRA, G. R. ; FERNANDES, L. A. ; FIALHO, E. S. . Sky View Factor. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FERREIRA, G. R. ; CARVALHO, M. O. E. ; MOREIRA, G. F. ; MULER, J. S. . 3ª Etapa do Plano Estadual de Proteção à Biodiversidade de Minas Gerais. 2015. (Material de Divulgação/Cartilha).

FERREIRA, G. R. . Fragmentação da paisagem: as consequências do efeito de borda. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FIALHO, E. S. ; FERREIRA, G. R. ; SANTOS, H. T. ; PRADO, L. B. . Teste de aderência: Kolmogorov-Smirnov. 2017 (Tutoria) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Análise da variabilidade espaço-temporal dos índices extremos de precipitação na região hidrográfica Atlântico Sudeste, Descrição: Este projeto objetiva analisar o padrão dominante e a tendência dos eventos extremos climáticos de precipitação na região hidrográfica Atlântico Sudeste, no período compreendido entre 1980-2015, com ênfase nas bacias hidrográficas dos rios Doce e Paraíba do Sul. Especificamente, pretende-se avaliar a tendência e a magnitude dos extremos climáticos por meio de índices associados a intensidade, frequência e duração dos eventos de precipitação na região hidrográfica Atlântico Sudeste em escala anual e sazonal; e verificar o padrão dominante dos índices extremos de precipitação em escala anual e sazonal por meio da Função Ortogonal Empírica... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gabriela Regina Ferreira - Coordenador / Flávio Barbosa Justino - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2015 - 2016

    IDENTIFICAÇÃO DOS TERROIRS COM AS NUANCES DOS CAFÉS DAS MATAS DE MINAS, Descrição: Considerando a importância do Estado de Minas Gerais como o maior Parque Cafeeiro do Mundo, e pela característica da diversidade das lavouras localizadas no relevo acidentado das Matas de Minas, o sistema produtivo favorece a alocação de mão de obra local e, portanto, a geração de emprego e renda indispensáveis ao desenvolvimento regional. Também devido a grande influência do clima na produção do café, bem como da mudança do perfil do consumidor que busca melhor qualidade da bebida, objetiva-se com a presente pesquisa identificar os principais elementos edafoclimáticos que contribuem para a formação do Terroir dos cafés de qualidade das Matas de Minas. O estudo da caracterização do Terroir do café das Matas de Minas irá também descrever o modelo tecnológico empregado, as potencialidades e fragilidades específicas da região, servindo como documento fundamental necessário para a obtenção do registro de Identificação Geográfica da cafeicultura regional, associando a qualidade do café produzido a uma característica única, decorrente dos recursos naturais, que identifique o produto e contribua para o fortalecimento da formação da identidade da região como produtora de cafés de qualidade. O subprojeto tem como objetivo identificar áreas mais favoráveis ao cultivo do café Arábica na Região das Matas de Minas por meio da caracterização e espacialização de variáveis climáticas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Gabriela Regina Ferreira - Integrante / Williams Pinto MarquesFerreira - Coordenador / Elpídio Inácio Fernandes Filho - Integrante / Sérgio Lopes Donzeles - Integrante / Roberto Precci Lopes - Integrante / Marcelo de Freitas Ribeiro - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

  • 2013 - 2015

    O Processo de Urbanização e sua Repercussão no Campo Térmico sobre a área urbana de Viçosa-MG, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Edson Soares Fialho em 13/05/2016., Descrição: Inserido dentro da problemática do conforto térmico no meio urbano o presente estudo procurará concentrar-se em analisar a relação entre o uso da terra e os aspectos geoecológicos, enfatizando os atributos climáticos (térmico e hígrico) que possam contribuir para ampliar os conhecimentos sobre a climatologia urbana sobre o município de Viçosa. Para a obtenção de tais propósitos, realizaram-se estudos de casos, configurando-se para tais objetivos específicos, dentre os quais se destacam-se: 1. Elaborar um mapa de zonas climáticas urbanas, segundo metodologia de Oke (2006). 2. Correlacionar os aspectos geoecológicos do sítio e o uso da terra, associados às situações sinóticas sazonais dominantes nos dias dos experimentos de campo. 3. Avaliar o comportamento térmico de viçosa em diferentes situações sazonais. 4. Analisar o nível de percepção da população residente e flutuante do município de Viçosa, quanto às mudanças climáticas ao nível local, ou seja, da cidade. 5. Analisar a tendência da temperatura do ar, média, mínima e máxima e a pluviosidade para o período de 1968 a 2008.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2013 - 2014

    A importância do sítio no caráter climático nas cidades localizadas na Zona da Mata Mineira, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Edson Soares Fialho em 16/05/2016., Descrição: Em muitos estudos de climatologia, não há a observação do papel do sítio sobre a dinâmica de configuração do campo térmico. Por conta disto, o presente projeto de pesquisa visa avaliar em cidades de pequeno porte a configuração do campo térmico e sua relação com o sítio sobre a qual se instala a mancha urbana dos municípios compreendida no perfil Ubá-Ponte Nova. Quanto aos aspectos físicos e territoriais, os municípios, compreendidos na área de estudo se inserem na área do domínio morfoclimático de mar de morros. Esse domínio concede uma particularidade aos municípios da Zona da Mata Mineira de relevo dissecado e cidades que apresentam um clima tropical de altitude. A mancha urbana, por sua vez, depende, em grande parte, da sua situação topográfica, pois é evidente que, numa situação onde a cidade se encontra abrigada dos ventos, num vale, o clima de dentro e de fora apresentará naturalmente maiores diferenças do que se a cidade estivesse situada num planalto exposto ao vento ou localizada junto ao sopé de serras ou beira-mar, favorecendo determinadas características de seu clima.Com base na colocação de Geiger (1961), as áreas urbanas dos municípios de Ubá, Visconde do Rio Branco, São Geraldo, Coimbra, Viçosa, Teixeiras e Ponte Nova apresentariam uma alteração de seu clima inerente à condição do seu sítio convergente. Porém, com o crescimento de algumas destas manchas urbanas, principalmente, de Ubá, Viçosa e Ponte Nova, ao longo de vales, seu espraiamento pelas vertentes adjacentes associadas às modificações produzidas na paisagem pela urbanização, surge uma questão: a área urbana dos municípios compreendidos desenvolve a capacidade de gerar uma diferenciação entre o ambiente da cidade e o do seu entorno rural?.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2012 - 2012

    Portas abertas para a democracia: a construção de saberes na relação comunidade x universidade., Descrição: O presente projeto de extensão tem como objetivo geral a expansão das discussões acadêmicas em torno dos temas: democracia, capital, direito, espaço, desigualdade social e outras questões vindas dos membros da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Viçosa-MG (ACAMARE). Dentre os objetivos específicos estão: Oferecer oportunidades de discussão dos temas propostos com a associação a partir de encontros periódicos. Intervir na associação por meio de palestras, grupos de estudos, dinâmicas, exibição de vídeos, análise de notícias, tendo como foco a inclusão social e o reconhecimento de direitos fundamentais possibilitando o desenvolvimento de capacidades para o exercício autônomo, consciente e crítico da cidadania. Permitir o acesso dos membros, compostos em sua maioria de pessoas de baixa escolaridade, a saberes acadêmicos bem como discutir os saberes próprios dessas pessoas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Melhor trabalho na seção comunicação oral no XI Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica, AbClima-Curitiba.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - 2016

    Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

  • 2009 - 2009

    Prefeitura Municipal de Viçosa

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

  • 2009 - 2009

    Estação de Pesquisas e Treinamentos e Educação Ambiental Mata do Paraíso

    Vínculo: Estágio curricular, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

  • 2015 - 2015

    Instituto Estadual de Florestas

    Vínculo: Estágio obrigatório, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Atividades desenvolvidas: manipulação de dados espaciais em ambientes SIG - Sistema de Informações Geográficas; participação da equipe de execução na elaboração de materiais paea divulgação do Plano Estadual de Proteção a Biodiversidade em Minas Gerais.

  • 2014 - 2014

    Instituto Brasil

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Responsável pela alimentação do sistema de tabulação de dados, com a digitalização das informações dos questionários envolvendo pesquisa com agricultores familiares ligados a produção de oleaginosas para produção de biocombustível, dentro do Contrato de Repasse núm. 769347/2012, do Ministério do Desenvolvimento Agrário com o Instituto Brasil.

  • 2015 - 2015

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora I da disciplina Biogeografia, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Monitora I da disciplina Biogeografia (GEO 250) no curso de Geografia.