Ana Caroline de Alcantara Missias

Atualmente sou doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (UNB). Mestra em Ciências Ambientais - Universidade de Brasília (2019), graduada em Gestão Ambiental - Universidade de Brasília (2013) e licencianda em Biologia- Instituto Federal de Brasília (IFB). Tenho experiência na área de Ecologia e Limnologia, com ênfase no Monitoramento Biológico (coleta de campo, triagem e identificação) dos quatro principais grupos da comunidade zooplanctônica: Amebas Testáceas, Cladóceros, Copépodes e Rotíferos.

Informações coletadas do Lattes em 18/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Ciências Ambientais

2019 - Atual

Universidade de Brasília, UnB
Título: Diversidade zooplanctônica e seus preditores na Planície de Inundação do rio Araguaia,
Ludgero Cardoso Galli Vieira.

Mestrado em Ciências Ambientais

2017 - 2019

Universidade de Brasília, UnB
Título: Preditores de estrutura e diversidade da comunidade zooplanctônica,Ano de Obtenção: 2019
Ludgero Cardoso Gali Vieira.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Filtros ambientais; Filtros espaciais; Colonização; Paisagem; Cerrado; Amazônia. Grande área: OutrosGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia aquática.

Graduação em andamento em Biologia

2016 - Atual

Instituto Federal de Brasília

Graduação em Gestão Ambiental

2009 - 2013

Universidade de Brasília, UnB
Título: DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL E TEMPORAL DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA NO RESERVATÓRIO HIDRELÉTRICO DA SERRA DA MESA, GOIÁS, BRASIL.
Orientador: Ludgero Cardoso Galli Vieira

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Técnicas de manipulação de microorganismos aquáticos para identificação.... (Carga horária: 7h). , Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Monitoramento Biológico.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Cúpula dos Povos na Rio+20 por justiça social e ambiental. 2012. (Encontro).

I Seminário de Geoprocessamento FUP. 2011. (Seminário).

XII Congresso Brasileiro de Limnologia. Heterogeneidade espacial da comunidade zooplanctônica em lagos da planície do rio Araguaia.. 2011. (Congresso).

5º Encontro Nacional dos Estudantes de Gestão Ambiental - ENEGeA. 2010. (Encontro).

IX Encontro Verde das Américas. 2009. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Flávia Nogueira de Sá

NOGUEIRA- DE-SÁ, F.; VIEIRA, L. G.. Distribuição espacial e temporal da comunidade zooplanctônica no reservatório hidrelétrico da Serra da Mes. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Universidade de Brasília.

Erina Vitório Rodrigues

VIEIRA, L. C. G.;RODRIGUES, E. V.; DIAS, J. D.. Determinantes naturais e antrópicos na estruturação da comunidade zooplanctônica em diferentes ambientes e escalas espaciais. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade de Brasília.

Cleber Nunes Kraus

VIEIRA, L.KRAUS, C. N.. Distribuição Espacial e Temporal da Comunidade Zooplanctônica no Reservatório Hidrelétrico da Serra da Mesa, Goiás, Brasil. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Universidade de Brasília.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Roberto Teixeira Alves

Controle microbiano de insetos-praga; 2014; Orientação de outra natureza; (Gestão Ambiental) - Universidade de Brasília, Embrapa Cerrados; Orientador: Roberto Teixeira Alves;

Ludgero Cardoso Galli Vieira

Preditores de estrutura e diversidade da comunidade zooplanctônica; 2019; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais (53001010108P9)) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ludgero Cardoso Galli Vieira;

Ludgero Cardoso Galli Vieira

Distribuição espacial e temporal da comunidade zooplanctônica no reservatório hidrelétrico da Serra da Mesa, Goiás, Brasil; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Gestão Ambiental) - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília; Orientador: Ludgero Cardoso Galli Vieira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MISSIAS, A. C. A. ; SOUSA, J. P. S. ; ALARCAO, A. G. ; BONECKER, C. C. ; C.FERNANDES, A. P. ; VIEIRA, L. C. G. . Heterogeneidade espacial da comunidade zooplanctônica em lagos da planície do rio Araguaia.. In: XIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2011, Natal, RN. Anais do XIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2011., 2011.

  • GOMES, L. F. ; PEREIRA, H. R. ; MISSIAS, A. C. A. ; VIEIRA, M. C. ; MARTINS, P. R. ; ROITMAN, I. ; VIEIRA, L. C. G. . Zooplankton functional-approach studies in continental aquatic environments: a systematic review. AQUATIC ECOLOGY , 2019.

  • MISSIAS, ANA CAROLINE DE ALCÂNTARA ; GOMES, LEONARDO FERNANDES ; PEREIRA, HASLEY RODRIGO ; SILVA, LEO CAETANO FERNANDES DA ; ANGELINI, RONALDO ; VIEIRA, LUDGERO CARDOSO GALLI . Is it possible to simplify environmental monitoring? Approaches with zooplankton in a hydroelectric reservoir. ACTA LIMNOLOGICA BRASILIENSIA (ONLINE) , 2017.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

MISSIAS, A. C. A. ; SOUZA, C. A. ; GOMES, L. F. ; VIEIRA, L. C. G. ; SILVA, M. L. C. . Noções de biologia e taxonomia de organismos planctônicos de águas continentais e sua utilização como ferramenta em estudos de monitoramento ambiental. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

MISSIAS, A. C. A. ; SOUZA, C. A. ; GOMES, L. F. ; VIEIRA, L. C. G. ; SILVA, M. L. C. . Noções de biologia e taxonomia de organismos planctônicos de águas continentais e sua utilização como ferramenta em estudos de monitoramento ambiental. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Cerrados do Planalto Central : Estrutura, dinâmica e processos ecológicos - Ecossistemas Aquáticos: Estrutura de comunidades, biomonitoramento, qualidade da água e sedimentos -PELD fase 3, Descrição: rata-se da 3ª fase do projeto PELD, Programa Ecológico de Longa Duração, financiado pelo CNPq, CAPES e FAPs. O Grupo de Estudos de Ecossistemas Aquáticos da Universidade Católica de Brasília vem participando de todas as fases do PELD, desde o estabelecimento do sítio do Distrito Federal, em 2010. O sítio PELD está localizado na APA Gama e Cabeça de Veado, DF, que contém algumas unidades de conservação e corpos de água de excelente qualidade, tais como riachos e lagoas. Em função da proteção provida a esses ecossistemas aquáticos, a APA é uma área estratégica para estudos de longa duração. Para a nova fase do PELD, a proposta está centrada nas seguintes metas: 1. Monitorar as variáveis físicas e químicas da água e sedimentos em escala sazonal (estação de seca, chuva e transições) e acompanhar eventos atípicos em sistemas lóticos; 2. Monitorar a comunidade de macroinvertebrados bentônicos em escalas sazonais, em sistemas lóticos; 3. Investigar a estrutura trófica da comunidade de macroinvertebrados bentônicos em sistemas lóticos e sua potencial relação com eventos hidrológicos e fontes de energia; 4. Avaliar o efeito top-down e da estrutura de habitat nos atributos ecológicos de consumidores primários em sistemas lênticos; 5. Avaliar o uso de fósforo pelo perifíton em sistemas lênticos ultraoligotróficos; 6. Construir modelos tridimensionais de ecossistemas aquáticos para fins didáticos e de divulgação científica. Além da manutenção das atividades de monitoramento e coleta de dados abióticos e bióticos em riachos e lagoas, o projeto avança na parte experimental e na difusão do conhecimento técnico-científico para a sociedade, especialmente na sensibilização da população local e de estudantes de ensino médio e fundamental. Os principais produtos da proposta estão relacionados ao treinamento de recursos humanos (especialmente estudantes de graduação da UCB), produção de banco de dados e imagens de séries temporais, que contribuirão para apoio à gestão das áreas de conservação, apresentação de trabalhos em eventos, produção de artigos científicos, exposições, produção de material didático. Os dados obtidos pelos sítios PELD compõem um esforço internacional (LTER), do qual o Brasil é participante oficial, para obtenção e partilha de dados ecológicos em escalas temporais longas, visando uma melhor compreensão dos efeitos de distúrbios, eventos climáticos extremos e dinâmica dos ecossistemas. O projeto tem previsão de duração de 48 meses e é uma parceria entre Universidade de Brasília, Universidade Católica de Brasília, Embrapa, ICMBio, Jardim Botânico de Brasília, Reserva Ecológica do IBGE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Ana Caroline de Alcântara Missias - Coordenador / Ludgero Cardoso Galli Vieira - Integrante / Luciana de Mendonça-Galvão - Integrante / Lourdes M.A. Elmoor-Loureiro - Integrante / Bárbara Medeiros Fonseca - Integrante / Melina Guimarães - Integrante / Francisco Diogo Rocha Sousa - Integrante / Elisa de Araújo Carvalho Alvim - Integrante / Silvia Kely Alconfor - Integrante / Tiago Borges Kisaka - Integrante / Jonatas Gomes da Silva - Integrante / Mercedes Maria Bustamante - Integrante / Luciano Coêlho Milhomens Cemin - Integrante / Gabriela Bielfield Nardoto - Integrante / Yara Regina Oliveira - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Regularização Ambiental e Diagnóstico dos Sistemas Agrários dos Assentamentos da Região Norte do Mato Grosso, Descrição: Realizar estudo para regularização ambiental de assentamentos de reforma agrária situados no norte do Estado do Mato Grosso, por meio da inscrição dos lotes e assentamentos no Cadastro Ambiental Rural (CAR), possibilitando o desenvolvimento de diagnóstico e de planos de recuperação das áreas de preservação permanentes degradadas. O Cadastro Ambiental Rural é o primeiro passo para a adesão aos Programas de Regularização Ambiental, a serem coordenados pelo governo federal e os estados, neste, o cálculo de quanto cada produtor deve em termos florestais, possibilita que os pequenos se tornem os maiores beneficiados. Enquanto imóveis com mais de quatro módulos fiscais devem recuperar Áreas de Preservação Permanente (APPs) desmatadas às margens de rios, em índices que variam entre 20 e 100 metros, conforme o tamanho do curso d'água, os pequenos devem recompor as matas ciliares em índices que vão de 5 a 15 metros, dependendo da extensão da propriedade e independentemente da largura do rio. Outra vantagem é que, para os pequenos proprietários com APPs convertidas em atividade agrícola até julho de 2008, está garantida uma trava na porcentagem de recuperação. Quer dizer, para imóveis com área de até dois módulos fiscais, a recomposição das APPs não ultrapassará 10% da propriedade. Em imóveis com área entre dois e quatro módulos fiscais, a recuperação não passará de 20%. Além dos problemas com APPs, pequenos produtores também vinham enfrentando dificuldades para cumprir os índices de Reserva Legal, que variam entre 20% e 80% da propriedade, conforme a região. Pelo novo código, em propriedades de até quatro módulos fiscais, a área de reserva é considerada regularizada se o imóvel possuía algum remanescente de vegetação nativa até julho de 2008, mesmo que em índices inferiores aos exigidos pela lei. Assim, pretende-se identificar os passivos ambientais em APPs de acordo com o novo código florestal, bom como identificar e avaliar a situação das reservas legais, a partir de imagens de sensoriamento remoto e coleta de dados em campo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Caroline de Alcântara Missias - Coordenador / Ludgero Cardoso Galli Vieira - Integrante / Leonardo Fernandes Gomes - Integrante / Antônio Felipe Couto Junior - Integrante / Rômulo José da Costa Ribeiro - Integrante / Mariana Lessa Carneiro da Silva - Integrante / Iris Roitman - Integrante / Hasley Rodrigo Pereira - Integrante / Elizabeth Maria Mamede da COSTA - Integrante / Tamiel Khan Baiocchi Jacobson - Integrante / Reinaldo José de Miranda Filho - Integrante / Mario Lucio de Ávila - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Impactos Ambientais Provocados pela Agropecuária em Recursos Hídricos no Centro-Oeste brasileiro e Utilização de Bioindicadores Ambientais, Descrição: Este projeto será desenvolvido em diversos corpos aquáticos localizados na região agrícola do Distrito Federal e do Estado de Goiás e tem como principais objetivos: (i) avaliar o efeito das atividades agrícolas sobre as características ambientais dos corpos aquáticos por meio de caracterização aniônica e catiônica dos elementos químicos dissolvidos; (ii) avaliar o impacto das atividades agrícolas na estrutura das comunidades aquáticas (fitoplâncton, zooplâncton e macroinvertebrados bentônicos); (iii) estimar o nível de concordância na estruturação espacial entre os três grupos biológicos considerados (fitoplâncton, zooplâncton e macroinvertebrados bentônicos); (iv) quantificar a influência relativa de processos locais (controle ambiental) e espaciais (e.g. decréscimo da similaridade faunística entre as unidades de amostragem com o aumento da distância geográfica) na estrutura das comunidades de fitoplâncton, zooplâncton e macroinvertebrados bentônicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Caroline de Alcântara Missias - Coordenador / Ludgero Cardoso Galli Vieira - Integrante / Leonardo Fernandes Gomes - Integrante / Juliana Ferreira de Santana - Integrante / Gabriela Bielefeld Nardoto - Integrante / Carla Albuquerque de Souza - Integrante / Lucas Ferreira da Silva - Integrante / Antônio Felipe Couto Junior - Integrante / José Vicente Elias Bernardi - Integrante / Rômulo José da Costa Ribeiro - Integrante / Eduardo Cyrino de Oliveira Filho - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Inovações Tecnológicas, Computacionais e Meio Ambiente., Descrição: Aprendizado e desenvolvimento de metodologias de análises estatísticas tendo como ferramenta o Programa Estatístico R.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Ana Caroline de Alcântara Missias - Integrante / Ludgero Cardoso Galli Vieira - Coordenador / Leonardo Fernandes Gomes - Integrante / Pryscila Nunes de Otanásio - Integrante / Juliana Ferreira de Santana - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2013 - 2014

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estágio na área de Entomologia/Controle Biológico sob a orientação do Dr.Roberto Teixeira Alves, realizado em Planaltina-DF.

  • 2012 - 2013

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estágio na área de Entomologia Aquática sob orientação da Dra.Káthia Cristhina Sonoda, realizado em Planaltina-DF.

  • 2010 - 2011

    Universidade de Brasília, UnB

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2015 - 2015

    Instituto Educacional Livre Expressão

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor de Geografia, Carga horária: 20