Gustavo Alexandre Cruz

Aluno recém formado de graduação do curso de Bacharelado em Ciências Biológicas na Universidade Federal de São Carlos no campus São Carlos, tendo ingressado em março de 2015 por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU).

Informações coletadas do Lattes em 10/10/2021

Acadêmico

Formação acadêmica

Graduação em Ciências Biológicas

2015 - 2019

Universidade Federal de São Carlos
Título: Atividade antineoplásica do óleo-resina de copaíba sobre células da linhagem HEP-G2 de câncer hepático
Orientador: Fábio Gonçalves Pinto

Ensino Médio (2º grau)

2013 - 2014

ETEC Profª Anna de Oliveira Ferraz

Formação complementar

2021 - 2021

Bases Moleculares do Câncer. (Carga horária: 4h). , I Congresso Nacional On-line de Biologia Celular e Estrutural, CONACEL, Brasil.

2020 - 2020

Biotecnologia aplicada a alimentos. (Carga horária: 6h). , Movimento Biotecnologia Brasil, BIOTEC BRASIL, Brasil.

2020 - 2020

Biotecnologia no diagnóstico de doença. (Carga horária: 6h). , Movimento Biotecnologia Brasil, BIOTEC BRASIL, Brasil.

2020 - 2020

Alterações Genéticas: Câncer. (Carga horária: 40h). , Centro Educacional Sete de Setembro, CESS, Brasil.

2020 - 2020

Diagnóstico molecular de doenças por PCR em tempo real. (Carga horária: 10h). , Movimento Biotecnologia Brasil, BIOTEC BRASIL, Brasil.

2020 - 2020

Fundamentos e aplicações do CRISPR- Cas9. (Carga horária: 10h). , Movimento Biotecnologia Brasil, BIOTEC BRASIL, Brasil.

2020 - 2020

Produzindo e caracterizando proteínas a partir de um gene de interesse. (Carga horária: 10h). , Movimento Biotecnologia Brasil, BIOTEC BRASIL, Brasil.

2020 - 2020

Fundamentos e técnicas de Bioprospecção de Bioprodutos. (Carga horária: 6h). , Movimento Biotecnologia Brasil, BIOTEC BRASIL, Brasil.

2020 - 2020

Caracterização de genes e suas aplicações na biotecnologia. (Carga horária: 10h). , Movimento Biotecnologia Brasil, BIOTEC BRASIL, Brasil.

2020 - 2020

Fundamentos e práticas na construção de transgênicos. (Carga horária: 10h). , Movimento Biotecnologia Brasil, BIOTEC BRASIL, Brasil.

2019 - 2019

Introdução ao Cultivo Celular. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2018 - 2018

Extensão universitária em Estágio em laboratório do Departamento de Genética e Evolução. (Carga horária: 120h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2017 - 2017

Extensão universitária em ACIEPES- Tópicos da genética médica. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2017 - 2017

Manejo de serpentes. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2017 - 2017

Introdução a Genética da Conservação. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2017 - 2017

Citotoxicidade da Proteína Pulchellina Contra Linfócitos Infectados por HIV. (Carga horária: 2h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Participação em eventos

41 Congresso Virtual de Cardiologia SOCESP. 2021. (Congresso).

I Congresso Nacional On-line de Biologia Celular e Estrutura. 2021. (Congresso).

Congresso Biotecnologia Brasil. 2020. (Congresso).

I Simpósio Digital de Genética e Biotecnologia. 2020. (Simpósio).

IV Simpósio de Fotobiofisica: UV e vírus. 2020. (Simpósio).

I Workshop de imunologia: atualizações imunológicas em tempos de COVID-19. 2020. (Outra).

XI Semana Acadêmica da Biologia. 2017. (Encontro).

Comissão julgadora das bancas

Jaqueline Bianchi

PINTO, F. G.;BIANCHI, J.; ANIBAL, F. F.; LUNA, G. L. F.. Atividade antineoplásica do óleo-resina de copaíba sobre células da linhagem HepG2 de câncer hepático. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Genoveva Lourdes Flores Luna

PINTO, F. G; AMBROSIO, J. B.; ANIBLA, F. F.;LUNA, G. L. F.. Atividade antineoplásica do óleo-resina de copaíba sobre células da linhagem Hep-G2 de câncer hepático. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Maria Terezinha Serrão Peraçoli

Roscani, M.G.; Forin, M.R.;Peraçoli, M.T.. Investigação de biomarcadores cardíacos como preditores de desfecho desfavorável em pacientes hospitalizados com COVID-19. 2022. Exame de qualificação (Mestrando em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Fábio Gonçalves Pinto

PINTO, F. G.; Ambrósio, J.B.; ANIBAL, F. F.; Luna, G.L.F.. Atividade antineoplásica do óleo-resina de copaíba sobre células da linhagem Hep-G2 de câncer hepático. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Moacir Rossi Forim

ROSCANI, M. G.; PERACOLI, M. T. S.;Forim, M.R.. Investigação de biomarcadores cardíacos como preditores de desfecho desfavorável em pacientes hospitalizados com COVID-19. 2022. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pos-graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal de São Carlos.

Foi orientado por

Fernando Balbino

Excesso de esportes como causa de evasão nas aulas de educação física escolar; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Educação Física) - Escola Superior de Educação Física de Jundiaí; Orientador: Fernando Balbino;

Fernando Balbino

Excesso de esportes como causa de evasão nas aulas de educação física escolar; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Educação Física) - Escola Superior de Educação Física de Jundiaí; Orientador: Fernando Balbino;

Meliza Goi Roscani

AVALIAÇÃO DOS BIO-MARCADORES CARDÍACOS COMO PREDITORES DE EVOLUÇÃO DESFAVORÁVEL NA INTERNAÇÃO E APÓS 1 MÊS DE SEGUIMENTO DE PACIENTES HOSPITALIZADOS POR INFECÇÃO PELA COVID-19; Início: 2021; Dissertação (Mestrado profissional em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Jaqueline Bianchi

Atividade antineoplásica de óleo-resina de copaíba sobre células da linhagem HepG2 de câncer hepático; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Jaqueline Bianchi;

Sandra Regina Costa Maruyama

Clonagem molecular de gene específico de Leishmania infantum para quantificação do parasito; ; 2018; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Sandra Regina Costa Maruyama;

Fábio Gonçalves Pinto

Atividade antineoplásica do óleo-resina de copaíba sobre células da linhagem Hep-G2 de câncer hepático; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Fábio Gonçalves Pinto;

Produções bibliográficas

  • CRUZ, G. A. ; POTT JR, H. ; SANTOS, S. S. ; RIZATTI, F. P. G. ; ANIBAL, F. F. ; GREGORIO, J. P. ; LIBERATO, E. L. A. ; SLYWITCH FILHO, G. ; ROSCANI, M. G. . Perfil clínico e cardiovascular em pacientes internados por COVID-19. Associação entre menor contagem de plaquetas e maior mortalidade. 2021. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CRUZ, G. A. ; ANIBAL, F. F. ; LIBERATO, E. L. A. ; GREGORIO, J. P. ; ROSCANI, M. G. . Contagem de plaquetas na admissão como preditos de maior gravidade em pacientes hospitalizados por COVID-19. 2021. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Projetos de pesquisa

  • 2021 - Atual

    Avaliação dos bio-marcadores cardíacos como preditores de evolução desfavorável na internação e após 1 mês de seguimento de pacientes hospitalizados por infecção pela COVID-19, Descrição: Introdução: Pacientes com COVID-19 idosos ou portadores de doença cardiovascular apresentam pior evolução da doença quando comparados a indivíduos jovens saudáveis. Acredita-se que a elevação de marcadores cardíacos como peptídeo natriurético cerebral (BNP) e troponinas na fase aguda da doença possa estar associada à piora na evolução clínica e função cardiovascular de pacientes hospitalizados pela infecção pela COVID-19. Objetivos: (i) Avaliar se a presença de marcadores cardíacos como BNP e troponinas elevados na fase aguda de pacientes hospitalizados pode estar associada à evolução clínica desfavorável durante a internação, como: aparecimento de arritmias cardíacas, síndrome coronariana aguda, aparecimento ou piora da insuficiência cardíaca, necessidade de terapia intensiva, ventilação mecânica ou não invasiva e necessidade droga vasoativa e óbito. (ii) Comparar os pacientes com e sem elevação de troponinas e/ou BNP que foram internados com diagnóstico confirmado de COVID-19 e reavaliá-los após 1 mês da alta, em relação à função cardiovascular e capacidade funcional. Métodos: Estudo clínico prospectivo observacional e longitudinal com aproximadamente 50 pacientes, com 18 ou mais anos de idade diagnosticados e internados no Hospital Universitário da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) com a infecção pelo COVID-19. Todos os pacientes incluídos serão avaliados clinicamente quanto a sintomas compatíveis com a COVID-19. Para investigação cardiorrespiratória, todos os pacientes com diagnóstico confirmado de COVID-19 serão avaliados para a presença de fatores de risco cardiovasculares, uso de medicações e sintomas respiratórios e cardiovasculares agudos. Todos os participantes do estudo serão submetidos no momento da internação a exames laboratoriais incluindo BNP e troponinas e eletrocardiograma de 12 derivações. Os pacientes que sobreviverem ao período agudo de infecção pela COVID-19 serão reavaliados 1 mês após alta hospitalar, sendo realizados novo eletrocardiograma de 12 derivações, ecocardiograma transtorácico e teste de caminhada de 6 minutos. Serão considerados desfechos desfavoráveis com 1 mês de evolução da doença: a presença de disfunção diastólica e/ou sistólica sem diagnóstico prévio à infecção, a persistência de alterações eletrocardiográficas diagnosticadas na admissão, readmissão hospitalar ou morte por qualquer causa. A caracterização dessa amostra será realizada por uma análise estatística descritiva dos dados clínicos e laboratoriais obtidos durante todo o período de internação dos pacientes. Será realizada análise estatística para determinação de marcadores clínicos, laboratoriais e de exames complementares que se correlacionaram com desfechos clínicos desfavoráveis na internação e após 1 mês de estudo. Resultados esperados: Espera-se que pacientes com elevação de marcadores cardíacos como troponinas e/ou BNP hospitalizados pela infecção pela COVID-19 possam apresentar evolução desfavorável da doença durante a internação e após 1 mês da alta. Durante a internação, acredita-se que esses pacientes sejam mais suscetíveis a desenvolverem arritmias, insuficiência cardíaca ou síndrome coronariana aguda, além da maior gravidade do caso: necessidade de terapia intensiva, ventilação mecânica droga vasoativa ou mesmo óbito. Acredita-se que após 1 mês da doença, esses pacientes que apresentaram elevação dos bio-marcadores possam apresentar piora da função cardiovascular, persistência de distúrbios no eletrocardiograma ou prejuízo na capacidade funcional quando comparados a pacientes que tiveram elevação desses marcadores. Palavras Chave: COVID-19, SARS-COV 2, Síndrome da Angústia Respiratória Aguda, pandemia, arritmias cardíacas, insuficiência cardíaca.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gustavo Alexandre Cruz - Integrante / Fernanda de Freitas Anibal - Integrante / João Paulo Gregório - Integrante / Érica Letícia Ângelo Liberato - Integrante / Meliza Goi Roscani - Coordenador / Sigrid De Sousa dos Santos - Integrante / Thais Batistella Boteon - Integrante / Fabíola Paula Galhardo Rizzatti - Integrante / Alex Rafael de Oliveira - Integrante / Henrique Pott Junior - Integrante / Glieb Slywitch Filho - Integrante / Daniela Kuguimoto Andaku Olenscki - Integrante.

  • 2020 - Atual

    Carga viral de SARS-COV-2 estimada pelo metódo Ct e sobrevida em pacientes com COVID-19 no município de São Carlos: Estudo de coortes, Descrição: Estudo de Coortes, avaliando diferentes fatores associados à evolução da infecção por SARS-CoV-2 em pacientes internados no HU-UFSCar. Engloba seis diferentes subprojetos inter-relacionados: 1. Avaliação da Carga viral de SARS-CoV-2 em rinofaringe e sua relação com evolução com insuficiência respiratória com necessidade de ventilação mecânica e letalidade em pacientes com COVID-19; 2. Avaliação da Excreção de SARS-CoV-2 em mucosa retal em pacientes com SARS-CoV-2; 3. Avaliação de complicações cardiovasculares e respiratórias agudas e sequelas respiratórias e funcionais; 4. Análise espacial da distribuição de pacientes com COVID-19 internados em São Carlos; 5. Susceptibilidade Genética ao COVID-19; 6. Fatores prognósticos de pacientes internados com COVID-19 no HU-UFSCar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gustavo Alexandre Cruz - Integrante / Fernanda de Freitas Anibal - Integrante / João Paulo Gregório - Integrante / Érica Letícia Ângelo Liberato - Integrante / Meliza Goi Roscani - Integrante / Sigrid De Sousa dos Santos - Coordenador / Nathalia Gardin Pessoa - Integrante / Katia Regina Spille - Integrante / Sandra Regina Costa Maruyama - Integrante / Rafael Luis Luporini - Integrante / Anderson Ferreira da Cunha - Integrante / Thais Batistella Boteon - Integrante / Ana Beatriz dos Anjos Souza - Integrante / Fabio Fernandes Neves - Integrante / Fabíola Paula Galhardo Rizzatti - Integrante / Crislaine Aparecida Antonio Mestre - Integrante / Alex Rafael de Oliveira - Integrante / Barbara Martins Lima - Integrante / Paulo de Oliveira Vasconcelos Filho - Integrante / Carolina Toniolo Zenatti - Integrante / Caio Cesar De Melo Freire - Integrante / Luiz Tadeu Moraes Figueiredo - Integrante / Lucimar Retto Da Silva De Avó - Integrante / Edson Augusto Melanda - Integrante / Henrique Pott Junior - Integrante / Maria Paula Barbieri Delia - Integrante / Glieb Slywitch Filho - Integrante.

Histórico profissional

Experiência profissional

2020 - Atual

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: , Enquadramento Funcional: