Luiza Fonseca de Souza

Mestranda em Sociologia e Antropologia pelo PPGSA-UFRJ. Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (UFF) com período sanduíche na Universidad Nacional de San Martin (UNSAM - Argentina). Tem como área de interesse Antropologia, com ênfase em discussões sobre memória, espaço público e violência de Estado, tendo desenvolvido pesquisa sobre intrrvenções urbanas que movimentam discussões sobre violência de Estado em Buenos Aires. Atualmente tem como interesse discussões sobre crise, eventos críticos em diálogo com o espaço público.

Informações coletadas do Lattes em 17/11/2021

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA)

2021 - Atual

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Orientador: -;Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Ciências Sociais

2015 - 2020

Universidade Federal Fluminense
Título: Ser pibe não é delito: Discursos sobre estigmatização e violência da juventude marginalizada em Buenos Aires
Orientador: Lucia Eilbaum
com

Ensino Médio (2º grau)

2012 - 2014

Colégio MV1 Macedo Soares

Formação complementar

2021 - 2021

Hegemonia discurso y sociedad el Análisis del Discurso como método para los. (Carga horária: 12h). , Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, FFLCH/USP, Brasil.

2021 - 2021

Memoria, género y derechos humanos las luchas por la verdad y la justicia e. (Carga horária: 12h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2021 - 2021

Trabalho no século XXI. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2019 - 2019

Oficina de Produção Audiovisual CPDOC. (Carga horária: 16h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.

Participação em eventos

La memoria en la encrucijada del presente El problema de la justicia. 2019. (Outra).

Memória, Reparação e Direitos. 2019. (Seminário).

Oficina de Produção Audiovisual FGV CPDOC.Habitar na Cidade do Aço. 2019. (Oficina).

18 Congresso Mundial IUAES. 2018. (Congresso).

III Congreso de Diversidade Sexual e Gênero. SER MÃE E LÉSBICA: MATERNIDADE E VIDA SOCIAL A PARTIR DA VIVÊNCIA DE MULHERES LÉSBICAS E BISSEXUAIS. 2018. (Congresso).

Semana Nacional da Ciência e Tecnologia. 2018. (Feira).

VIII Seminário dos Alunos PPGAS - Museu Nacional/UFRJ.A autobiografia como elemento no fazer etnográfico: um olhar sobre mudanças e reconhecimentos nas relações amorosas. 2018. (Seminário).

III Seminário Pontos, Linhas, Nós..Cosmopolíticas da Imagem Guarani. 2i.. 2017. (Seminário).

ENECS - Encontro Nacional de Estudantes de Ciências Sociais. 2016. (Encontro).

O golpe de 2016 e os movimentos sociais.. 2016. (Outra).

V Seminário Fluminense de Sociologia: Crise, Democracia e Desigualdades Sociais. 2016. (Seminário).

Comissão julgadora das bancas

Flávia Medeiros Santos

EILBAUM, L.MEDEIROS, Flavia; COZZI, E.. Ser Pibe não é delito: discursos sobre estigmatização e violência da juventude marginalizada em Buenos Aires.. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal Fluminense.

Foi orientado por

Lucia Eilbaum

?Ser pibe nao e delito": discursos sobre estigmatizacao e violencia da juventude marginalizada em Buenos Aires; 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Lucia Eilbaum;

Produções bibliográficas

  • SOUZA, L. F. . Ser pibe não é delito: Discursos sobre violência policial e estigmatização da juventude periférica nos muros de Buenos Aires. POSTO 68, São Paulo, p. 112 - 121, 23 out. 2020.

  • SOUZA, L. F. . O que dizem os muros da cidade: Intervenções urbanas e a presença de demandas contra violência de Estado e estigmatização social em bairros de Buenos Aires. 2021. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SOUZA, L. F. . Ser pibe não é delito: Discursos sobre violência policial e estigmatização da juventude periférica nos muros de Buenos Aires. 2020. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SOUZA, L. F. . Intervenções urbanas em Buenos Aires: a cidade como expressão de conflitos sociais. 2019. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SOUZA, L. F. . A autobiografia como elemento no fazer etnográfico: um olhar sobre mudanças e reconhecimentos nas relações amorosas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SOUZA, L. F. . Ser mãe e lésbica: Maternidade e vida social a partir da vivência de mulheres lésbicas e bissexuais. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Histórico profissional

Experiência profissional

2018 - 2018

Museu de Astronomia e Ciências Afins

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: PIBIC, Carga horária: 20

Outras informações:
Bolsista PIBIC no projeto "Nós no MAST : falas e escutas de crianças e jovens num museu público de popularização da ciência e da história da ciência em São Cristóvão"