Vilma de Figueiredo

Possui curso de Capacitação em Educação para Gestão Ambiental pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2000), graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Grande Rio (2010) e Mestrado em Ciências Médicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2017). Atualmente atua no desenvolvimento de projetos e pesquisas na imunopatologia da hanseníase na Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Imunologia com ênfase em resposta imune celular, atuando principalmente no estudo da produção de citocinas em indivíduos expostos ao Mycobacterium leprae e vivência em gestão de laboratório de análises clínicas.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Ciências Médicas

2014 - 2017

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: Resposta imune a antígenos do Mycobacterium leprae na forma neural pura de hanseníase,Ano de Obtenção: 2017
Geraldo Moura Batista Pereira.Coorientador: Euzenir Nunes Sarno. Palavras-chave: Hanseníase; Neural pura; M. leprae; Resposta imune; Antígeno; Neuropatia. Grande área: Ciências da Saúde

Graduação em Ciências Biológicas

2006 - 2010

Universidade do Grande Rio
Título: PADRONIZAÇÃO DE CONDIÇÕES PARA INVESTIGAÇÃO DA RESPOSTA IMUNE CELULAR EM HANSENÍASE
Orientador: Geraldo Moura Batista Pereira

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2011 - 2011

Extensão universitária em Células e Moléculas da Resposta Imune. (Carga horária: 30h). , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em A Imunobiologia do Sistema HLA. (Carga horária: 30h). , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.

1999 - 2000

Extensão universitária em Capacitação em Educação para Gestão Ambiental. (Carga horária: 270h). , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Celular.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Laboratório de Microbiologia Celular.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Laboratório de Análises Clinica - Urgência e Emergencia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Simpósio em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Doenças Bacterianas e Fúngicas. 2010. (Simpósio).

I Seminário DST, AIDS e Gravidez na Adolescencia.Planejamento Familiar. 2008. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Sandra Regina Boiça da Silva

RODRIGUES, L.S.; ANTUNES, S. L. G.;SILVA, S. R. B.. Resposta imune a antígenos do Mycobacterium leprae na forma neural pura de hanseníase.. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação Ciências Médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Flávio Alves Lara

Lara, F.A.. Resposta imune a antígenos do Mycobacterium leprae na forma neural pura de hanseníase. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Luciana Silva Rodrigues

Rodrigues, Luciana S.; SILVA, S. R. B.; Antunes, S.L.G.. Resposta imune a antígenos do Mycobacterium leprae na forma neural pura de hanseníase. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Luciana Silva Rodrigues

Rodrigues, L.S.; RODRIGUES, M. M. J.; Antunes, SLG. Investigação da resposta imune in vitro a antígenos específicos do Mycobacterium leprae em pacientes com forma neural pura de hanseníase. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Márcia Maria Jardim Rodrigues

RODRIGUES, L. S.; SILVA, S. R. B.; ANTUNES, S. L. G.;JARDIM, M.R.; LARA, F. A.. Resposta imune a antigenos Mycocabterium leprae na forma neural pura da hanseníase. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Geraldo Moura Batista Pereira

Resposta imune a antígenos do Mycobacterium leprae na forma neural pura de hanseníase; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro,; Orientador: Geraldo Moura Batista Pereira;

Euzenir Nunes Sarno

Investigação da resposta imune in vitro a antígenos específicos do Mycobacterium leprae em pacientes com forma neural pura de hanseníase; 2013; Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Euzenir Nunes Sarno;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FIGUEIREDO, V. ; GUIMARÃES, M M S ; PEREIRA, G M B ; CARDOZO, S V . PADRONIZAÇÃO DE CONDIÇÕES PARA INVESTIGAÇÃO DA RESPOSTA IMUNE CELULAR EM HANSENÍASE. Saúde & Ambiente em Revista, Rio de Janeiro, p. 36 - 36, 18 dez. 2009.

  • FIGUEIREDO, V. ; PEREIRA, G M B . Responsiveness to Mycobacterium leprae (ML) antigens in pure neural leprosy (PNL). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FIGUEIREDO, V. ; PEREIRA, G M B ; RODRIGUES, M. M. J. ; ANTUNES, S. L. G. ; ALVIM, I. M. P. ; SARNO, E. N. ; PESSOLANI, M. C. V. ; GANDINI, M. ; NOGUEIRA, O. C. ; MOREIRA, S. J. M. . Responsiveness to Mycobacterium leprae (ML) antigens in pure neural leprosy (PNL). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FIGUEIREDO, V. ; Melo, ACM ; Silva, GC ; FIGUEIREDO, V. . A Sociedade na Luta Contra a Dengue. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Investigação da resposta imune em pacientes com forma neural pura de hanseníase., Descrição: Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a hanseníase ainda é considerada um problema de saúde pública. Nos países em desenvolvimento e emergentes, a hanseníase é a causa mais comum de neuropatia periférica, tendo em vista que pacientes com hanseníase podem ter acometimento de nervos periféricos sem alterações na pele. Esta forma de hanseníase, a HNP, é diagnosticada em aproximadamente 10% dos pacientes com hanseníase. O M. leprae apresenta preferência pela célula de Schwann, a célula glial mielinizante do sistema nervoso periférico (SNP). A invasão das células de Schwann pelo M. leprae constitui a fase inicial da lesão do nervo na hanseníase. A resposta imune do hospedeiro contra as micobactérias é mediada por células da resposta imune inata e da resposta imune adaptativa. A imunidade adaptativa tem como importante função coibir a multiplicação das micobactérias, através de atividades efetoras como a secreção de citocinas (Ex. interferon-gama; IFN-γ) e citotoxidade contra células infectadas. Na hanseníase, os linfócitos T são os principais responsáveis pela produção de IFN-γ, que é essencial para a defesa do hospedeiro contra agentes patogênicos micobacterianos. Estudos desenvolvidos em nosso laboratório com peptídeos sintéticos correspondentes a proteínas ou regiões de proteínas específicas do M. leprae demonstraram que estes peptídeos são capazes de induzir a produção de IFN-γ in vitro por leucócitos sanguíneos de indivíduos expostos ao M. leprae e pacientes com hanseníase. Foram identificados 17 peptídeos M. leprae-específicos que induziram níveis de IFN-γ que permitiram diferenciar indivíduos não-expostos ao M. leprae daqueles expostos e de pacientes com hanseníase. Com base nesses dados, resolvemos então investigar os níveis de IFN-γ induzidos por peptídeos sintéticos M. leprae-específicos, em células mononucleares de sangue periférico e em culturas de sangue não-fracionado em pacientes com HNP. Esta é uma etapa inicial para avaliação da resposta in vitro a antígenos do M. leprae como uma ferramenta de diagnóstico de HNP, especialmente para a exclusão da hipótese de hanseníase em pacientes com outras neuropatias periféricas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Vilma de Figueiredo - Integrante / Geraldo Moura Batista Pereira - Coordenador / Márcia Maria Jardim Rodrigues - Integrante / Euzenir Nunes Sarno - Integrante / Sergio Luiz Gomes Antunes - Integrante / Maria Cristina Vidal Pessolani - Integrante / Iris Maria Peixoto Alvim - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estudante/estagiário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Elaboração do projeto para ingresso ao doutorado