Michele Diana da Luz

Estudante de Doutorado em Ciência Política no Instituto de Filosofia, Sociologia e Política da Universidade Federal de Pelotas (IFISP/UFPel) com período sanduíche junto ao Centre for Applied Philosophy, Politics and Ethics (CAPPE), da University of Brighton. Graduada em Ciências Sociais (2015) e Mestre em Ciência Política (2017) pela mesma Instituição. Membro do Grupo de Pesquisa "Ideologia e Análise de Discurso (IdAD/UFPel)" e do Projeto "Transnational Populism" (CAPPE/University of Brighton). Pesquisadora da teoria do discurso, redes sociais e comunicação política.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Doutorado em Ciência Política

2017 - Atual

Universidade Federal de Pelotas
Título: Populismo de direita? Uma análise dos discursos pré-eleitorais e eleitorais de Donald Trump e Jair Bolsonaro nas Redes sociais,
Daniel de Mendonça. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Populismo; Direita; Redes Sociais.

Doutorado em Political Theory

2018 - 2019

University Of Brighton
Título: "Ideology and Politics of Right Wing Populist Movements"
Orientador: em University of Brighton ( Mark Devenney)
com Daniel de Mendonça. Coorientador: Mark Devenney. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.

Mestrado em Ciência Política

2015 - 2017

Universidade Federal de Pelotas
Título: Em busca de um discurso social: A ideologia da política social do PSDB na Câmara dos Deputados na 52ª Legislatura (2003-2007),Ano de Obtenção: 2017
Daniel de Mendonça.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Ideologia; Partido da Social Democracia Brasileira; Teoria do Discurso.Grande área: Ciências Humanas

Graduação em Ciências Sociais

2011 - 2014

Universidade Federal de Pelotas
Título: Nova Classe Média Brasileira: Construção discursiva e significação política no primeiro governo Dilma Rousseff (2011-2014)
Orientador: Daniel de Mendonça

Ensino Médio (2º grau)

2003 - 2005

Escola Estadual Comendador Albino Souza Cruz

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Diplomado en Comunicación Política. (Carga horária: 120h). , Universidad de Montevideo, UM, Uruguai.

2016 - 2016

Extensão universitária em Curso Política e Psicanálise. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2013 - 2013

Pesquisa Quantitativa em Sociologia com SPSS. (Carga horária: 34h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2011 - 2011

Extensão universitária em Espanhol Básico I, II, III, IV e Conversação. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

LUZ, M. . Panel Chair - Brazil: Populism and Resistance (ICCTP Conference | Critical Theories In A Global Context). 2019. (Congresso).

MENDONÇA, Daniel de ; LINHARES, B. F. ; RODRIGUES, L. P. ; LUZ, M. . II Simpósio Pós-Estruturalismo e Teoria Social: Laclau e Interlocutores. 2017. (Outro).

MENDONÇA, Daniel de ; LUZ, M. ; PARZIANELLO, Sandra . Coordenadora do Grupo de Trabalho Teoria do Discurso e Mobilizações Sociais na América Latina. 2017. (Outro).

LINHARES, B. F. ; MENDONÇA, Daniel de ; LUZ, M. ; RUSSO, Larissa . Curso Política e Psicanálise. 2016. (Outro).

LUZ, M. . I Simpósio Pós-estruturalismo e Teoria Social: o legado transdisciplinar de Ernesto Laclau. 2015. (Outro).

LUZ, M. ; Coelho, C.B . I Simpósio Pós-estruturalismo e teoria social: o legado transdisciplinar de Ernesto Laclau. Coordenadora do GT: TEORIA DO DISCURSO E TRANSDISCIPLINARIEDADE.. 2015. (Outro).

LINHARES, B. F. ; LUZ, M. . IV Encontro Internacional de Ciências Sociais. 2014. (Outro).

LUZ, M. . Seminário "Democracia e transparência no controle social das políticas públicas". 2013. (Outro).

LUZ, M. . Semana Acadêmica das Ciências Sociais 2013 (UFPel) - As Ciências Sociais em perspectiva: discutindo os rumos do ensino e da pesquisa acadêmica. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Congresso Internacional de Pesquisa em Cultura e Sociedade. Redes Sociais Digitais e o fortalecimento do discurso da "nova direita" no Brasil. 2018. (Congresso).

9 Congresso Latino-Americano de Ciência Política: Democracias em recessão?. A intersecção entre os discursos dos movimentos pró-impeachment de Dilma Rousseff e do pré-candidato a presidência Jair Bolsonaro. 2017. (Congresso).

XIX Encontro de Pós-Graduação.XIX Encontro de Pós-Graduação. 2017. (Encontro).

XIX Encontro de Pós-Graduação.A identidade da "nova direita" brasileira pela perspectiva antagônica. 2017. (Encontro).

40 Encontro Anual da ANPOCS. 2016. (Encontro).

40 Encontro Anual da ANPOCS.O combate à desigualdade como baliza ideológica no debate parlamentar durante o primeiro mandato de Lula (2003-2006). 2016. (Encontro).

Encontro de Pós-Graduação UFPel.Combate às desigualdades e ideologia: o debate parlamentar no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2006). 2016. (Encontro).

Política e Psicanálise. 2016. (Outra).

XII Congreso Nacional y V Congreso Internacional sobre Democracia. Nova classe média brasileira: construção discursiva e signifição política no primeiro governo Dilma Rousseff (2011-2014). 2016. (Congresso).

Encontro da Pós-Graduação.A outra face da moeda: o discurso social do PSDB no Legislativo Federal como oposição ao primeiro governo Lula (2003-2007). 2015. (Encontro).

IV Encontro Internacional de Ciências Sociais. 2014. (Encontro).

XXIII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas. 2014. (Congresso).

XXIII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas. Diálogos de surdos? Uma análise ideológica dos sentidos de democracia segundo os partidos políticos brasileiros. 2014. (Congresso).

III Jornada Brasileira de Sociologia.Breves considerações acerca da noção de cultura organizacional e identidade na pós-modernidade. 2013. (Outra).

Semana Acadêmica das Ciências Sociais 2013 (UFPel) - As Ciências Sociais em perspectiva: discutindo os rumos do ensino e da pesquisa acadêmica. 2013. (Outra).

XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas. 2013. (Congresso).

XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas. A classificação partidária brasileira: Uma proposta a partir da significação ideológica de direita. 2013. (Congresso).

8 Encontro da ABCP. 2012. (Encontro).

A Ciência que Perturba: Rediscutindo a prática do Cientista Social. 2012. (Seminário).

III EICS - Encontro Internacional de Ciências Sociais. 2012. (Encontro).

Jornadas Pedagógica das Ciências Sociais. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Romério Jair Kunrath

MENDONCA, D.; LINHARES, B. F.;KUNRATH, Romerio Jair.. Em busca de um discurso social: a política social do PSDB na Câmara dos Deputados na 52ª Legislatura (2003-2007). 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas.

Pedro Alcides Robertt Niz

MENDONÇA, D.; LINHARES, B.;ROBERTT, Pedro. Populismo de Direita? Uma análise dos discursos pré-eleitorais e eleitorais de Donald Trump e Jair Bolsonaro nas Redes Sociais.. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas.

Álvaro Augusto de Borba Barreto

Mendonça, Daniel de;BARRETO, A. A. B.; LINHARES, B. F.. Em busca de um discurso social: a política social do PSDB na Câmara dos Deputados (2003-2006). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas.

Álvaro Augusto de Borba Barreto

Mendonça, Daniel de;BARRETO, A. A. B.; Francisco Eduardo Beckenkamp Vargas. Nova Classe Média brasileira: construção discursiva e significação política no primeiro governo Dilma Rousseff (2011-2014). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Pelotas.

Daniel de Mendonça

MENDONÇA, Daniel de; KUNRATH, R. J.; LINHARES, B. F.. Em busca de um discurso social: a ideologia política social do PSDB na Câmara dos Deputados na 52ª legislatura (2003-2007).. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas.

Daniel de Mendonça

MENDONÇA, Daniel de; BARRETO, A. A. B.; VARGAS, F. E. B.. Nova Classe Média Brasileira: Construção discursiva e significação política no primeiro governo Dilma Rousseff (2011-2014).. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Pelotas.

Bianca de Freitas Linhares

MENDONÇA, Daniel de;LINHARES, B. F.; KUNRATH, R. J.. Em busca de um discurso social: a ideologia da política social do PSDB na câmara dos deputados na 52 legislatura (2003-2007). 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas.

Bianca de Freitas Linhares

MENDONÇA, Daniel de;LINHARES, B. F.; Robertt NIZ, P. A.. Populismo de Direita? Uma análise dos discursos pré-eleitorais e eleitorais de Donald Trump e Jair Bolsonaro nas Redes Sociais. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas.

Bianca de Freitas Linhares

MENDONÇA, Daniel de;LINHARES, B. F.; BARRETO, Alvaro A de Borba. Em busca de um discurso social: a política social do PSDB na Câmara dos Deputados (2003-2006). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas.

Francisco Eduardo Beckenkamp Vargas

MENDONÇA, Daniel de;VARGAS, Francisco; Barreto, Alvaro A. B.. Classes Médias e os Discursos Governamentais. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais Bacharelado) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Daniel de Mendonça

Populismo e o discurso da direita; Início: 2017; Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Daniel de Mendonça

Em busca de um discurso social: a ideologia política social do PSDB na Câmara dos Deputados na 52ª legislatura (2003-2007); ; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Daniel de Mendonça;

Daniel de Mendonça

Nova Classe Média Brasileira: Construção discursiva e significação política no primeiro governo Dilma Rousseff (2011-2014); ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Daniel de Mendonça;

Daniel de Mendonça

Ideologia e Partidos Políticos no Brasil: uma nova metodologia de classificação; ; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Daniel de Mendonça;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • LUZ, M. . O Momento Populista: A saída está à Esquerda. TEORIA & PESQUISA (ON LINE) , v. 28, p. 118-124, 2019.

  • BARON, L. ; LUZ, M. . Redes sociais e mídia tradicional: Disputa e articulação na significação do impeachment de Dilma Rousseff. Revista de Ciências do Estado , v. 3, p. 366-388, 2018.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

LUZ, M. . Paracer de artigo submetido à Revista eletrônica Simbiótica. 2018.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Destaque de sessão XVIII Encontro de Pós-Graduação Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas.

2015

Menção Honrosa - 1 Lugar no Curso de Ciências Sociais, Bacharelado, 2014/2, Universidade Federal de Pelotas.

2014

Destaque de sessão XXIII Congresso de Iniciação Científica UFPel, Universidade Federal de Pelotas - Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

2013

3 lugar na área de Ciências Humanas - XXII Congresso de Iniciação Científica da UFPel, Universidade Federal de Pelotas - Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

2013

Destaque de sessão XXII Congresso de Iniciação Científica UFPel, Universidade Federal de Pelotas - Pró Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - Atual

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Regime: Dedicação exclusiva.

2015 - Atual

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaboradora

Outras informações:
Pesquisa na área de Ideologia e Partidos Políticos no Brasil: uma nova metodologia de classificação. O objetivo da pesquisa é construir uma metodologia de análise consistente para estabelecer a relação entre ideologias e partidos políticos no Brasil. Seus objetivos Específicos são: - Expandir a análise crítica sobre a inconsistência dos atuais métodos de classificação ideológica dos partidos políticos no Brasil; - Aprofundar a discussão em torno do fenômeno ideológico, a partir de pesquisa à literatura especializada; - Demonstrar a importância da ideologia para a compreensão mais apurada do comportamento político-institucional dos partidos políticos, mormente o caso brasileiro.

2015 - 2017

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Regime: Dedicação exclusiva.

2013 - 2015

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação científica - FAPERGS, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Pesquisa na área de Ideologia e Partidos Políticos no Brasil: uma nova metodologia de classificação. O objetivo da pesquisa é construir uma metodologia de análise consistente para estabelecer a relação entre ideologias e partidos políticos no Brasil. Seus objetivos Específicos são: - Expandir a análise crítica sobre a inconsistência dos atuais métodos de classificação ideológica dos partidos políticos no Brasil; - Aprofundar a discussão em torno do fenômeno ideológico, a partir de pesquisa à literatura especializada; - Demonstrar a importância da ideologia para a compreensão mais apurada do comportamento político-institucional dos partidos políticos, mormente o caso brasileiro.

2013 - 2013

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação científica - FAPERGS, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Virando a casaca? Uma análise dos pronunciamentos dos deputados da direita brasileira no governo Lula (2003-2006). O projeto de pesquisa visa a identificar o comportamento dos parlamentares dos partidos da direita brasileira (PFL/PP/PTB/PL) em relação ao governo Lula, a partir da análise dos seus pronunciamentos nas sessões do Grande Expediente no período de janeiro de 2003 a dezembro de 2006. Subsidiarimente, o presente ainda busca a) a partir dos referidos pronunciamentos, estabelecer as congruências e as discrepâncias entre os mesmos em relação ao Programa e Manifesto dos seus respectivos partidos e; b) verificar as diferenças discursivas em relação ao governo Lula entre os partidos de direita cujos pronunciamentos parlamentares serão analisados..

2012 - 2013

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PROBEC, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Revista Sul-Americana de Ciência Política. Periódico científico do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade Federal de Pelotas, Brasil.

2016 - 2017

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

Outras informações:
Grupo de Investigação Eleitoral Descrição: O Grupo de Investigação Eleitoral foi fundado em 2014 na Escola de Ciência Política da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro com o objetivo de investigar o processo que envolve a decisão do voto. Tal tarefa inclui a análise de resultados eleitorais e dados de pesquisa de opinião, bem como os padrões de cobertura eleitoral e as estratégias de comunicação dos candidatos no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral e nos debates organizados pelas emissoras de televisão. Os trabalhos feitos pelos pesquisadores do GIEL são apresentados em congressos e seminários nacionais e internacionais e publicados nas revistas acadêmicas especializadas. Integrantes: Felipe de Moraes Borba - Coordenador / José Paulo Martins Junior - Integrante / Luciana Fernandes Veiga - Integrante / Steven Dutt Ross - Integrante / Márcia Ribeiro Dias - Integrante.

2018 - Atual

University Of Brighton

Vínculo: Pesquisadora visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisadora visitante, Regime: Dedicação exclusiva.