Jaqueline da Silva Coelho-Moreira

Possui licenciatura em Ciências Biológicas (2006), mestrado (2009) e doutorado (2013) em Biologia Celular e Molecular, todos pela Universidade Estadual de Maringá. Professora de biologia do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná. Tem experiência na área de ensino em Bioquímica, Biologia geral e Tecnologia das Fermentações. Na pesquisa, atua na área de Bioquímica de Fungos e Tecnologia de alimentos, com ênfase em fungos basidiomicetos, estudando processos fermentativos e enzimáticos, biodegradação e biorremediação, bioprospecção de fungos basidiomicetos produtores de enzimas oxidativas e hidrolíticas, cultivo de cogumelos comestíveis.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Celular)

2010 - 2013

Universidade Estadual de Maringá
Título: Biodegradação do herbicida diuron por Phanerochaete chrysosporium: envolvimento do citocromo P450 e identificação de intermediários
Rosane Marina Peralta. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Ciências Biológicas (Biologia Celular)

2007 - 2009

Universidade Estadual de Maringá
Título: Envolvimento das Enzimas Ligninolíticas de Ganoderma Lucidum na Remoção dos Herbicidas Diuron e Bentazon.,Ano de Obtenção: 2009
Cristina Giatti Marques de Souza.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: bentazon; biorremediação; diuron; Ganoderma lucidum; herbicidas.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Bioquímica dos Microorganismos. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Enzimologia.

Graduação em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas

2002 - 2006

Universidade Estadual de Maringá
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2019

Cervejeiro Caseiro. (Carga horária: 42h). , Escola Superior de Cerveja e Malte - Faculdade Épica, ESCM, Brasil.

2018 - 2018

Extensão universitária em O básico sobre vinhos. (Carga horária: 8h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, IFSC, Brasil.

2018 - 2018

Extensão universitária em Elaboração de Receita - Cerveja Caseira. (Carga horária: 8h). , Escola Superior de Cerveja e Malte - Faculdade Épica, ESCM, Brasil.

2018 - 2018

Diretrizes para a oferta de EJA no IFSC - Documento Orientador - Canoinhas. (Carga horária: 4h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, IFSC, Brasil.

2017 - 2017

Introdução à Educação a Distância. (Carga horária: 20h). , Cursos Online Educa, CURSOS EDUCA, Brasil.

2017 - 2017

Linhas pedagógicas na Educação.. (Carga horária: 60h). , Instituto Nacional de Ensino a Distância, INEAD, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos/Especialidade: Micologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos/Especialidade: Aproveitamento de Subprodutos.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos/Especialidade: Tecnologia das Bebidas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Coelho JS . II Seminário Sobre Prevenção e Controle do Tabagismo de Maringá. 2006. (Outro).

Coelho JS . II seminário de Prevenção e Tratamento da Dependência Química e III Semana de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas.. 2005. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XII Seminário Brasileiro de Tecnologia Enzimática.Removal of Diuron by a Laccase Rich Crude Extract from Ganoderma lucidum. 2016. (Seminário).

I Semana da Bioquímica - Pesquisa e Empreendedorismo Biotecnológico.Produção de lacase e manganês peroxidase por Ganoderma lucidm e Pleurotus pulmonarius utilizando resíduos agrícolas em fermentação em estado sólido. 2012. (Outra).

XXI Congresso Latinoamericano de Microbiologia (XXI ALAM).. DEGRADATION OF THE HERBICIDE DIURON BY PHANEROCHAETE CHRYSOSPORIUM. 2012. (Congresso).

Herbarium: iniciando e mantendo uma coleção de plantas secas.. 2008. (Outra).

IV Fórum de Extensão e Cultura da UEM: Extensão Universitária - Intercâmbio de Saberes.. 2006. (Outra).

XV Encontro Anual de Iniciação Científica e VI Encontro de Pesquisa da UEPG..Estudos Fisiológicos e Bioquímicos do fitopatógeno Corynespora cassiicola.. 2006. (Encontro).

II Seminário sobre Prevenção e Tratamento da Dependência Química e III Semana de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas.. 2005. (Seminário).

Soja: A descoberta das Isoflavonas e os benefícios em seu consumo.. 2005. (Outra).

Tartarugas Marinhas: aspectos biológicos e conservação.. 2005. (Outra).

VII Encontro Maringaense de Biologia.Atividade de óleos essenciais no controle de fungos em pós-colheita em frutos de Musa balbisiana Colla (Musaceae).. 2005. (Encontro).

12 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP.Bioatividade de óleos essenciais no controle de Myrothecium verrucaria.. 2004. (Simpósio).

Estudos Populacionais com Marcadoores Moleculares Baseados em DNA.. 2003. (Outra).

Sequências de DNA Mitocondrial como Marcadores em Estudos de Diversidade Genética.. 2003. (Outra).

II Workshop - PELD - A Planície Alagável do Alto Rio Paraná.. 2002. (Outra).

IV Encontro Maringaense de Biologia - XVII Semana da biologia. 2002. (Encontro).

O Veneno nosso de cada dia: substâncais cancerígenas em nosso dia-a-dia.. 2002. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Bruna Polacchine da Silva

SOUZA, C. G. M.COELHO-MOREIRA J. S.; Soares, A. A.. Produção de lipases pelo fungo Pleurotus pulmonarius: reciclagem de óleos e gorduras oriundas de frituras. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biologia Celular)) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Wagner Mansano Cavalini

COELHO-MOREIRA, J. S.; Soares, A. A.; HECK, M. C.. Utilização de Fungos da Podridão Branca da Madeira para a Biorrmediação de solos Contaminados com Herbicidas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Camila Byanca Baldin Wessel

PERALTA, R. M.COELHO-MOREIRA J. S.; BRUGNARI, T.. Fenólicos Totais e atividade antioxidante de farinhas de banana verde comerciais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bioquímica) - Universidade Estadual de Maringá.

PERALTA, R. M.; MATIOLI, G.;COELHO-MOREIRA J. S.; BRACHT, F.; LIMA, M. V. S.. Inibição da Lipase pancreática e absorção intestinal de triacilglicerídeos por um extrato de casca de pinhão rico em taninos condensados. 2015.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

JURANDIR FERNANDO COMAR

PERALTA, R. M.; GASPARIN, F. G. M.; PAMPHILE, J. A.; COSTA, S. C.;COMAR, J. F.. Biodegradação do herbicida diuron por phanerochaete chrysosporium: envolvimento do citocromo P450 e identificação de intermediários.. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Celular)) - Universidade Estadual de Maringá.

Silvio Claudio da Costa

PERALTA, R. M.; Pamphile, J.A.; Comar, J.F.;COSTA, S. C.. Biodegradação do herbicida diuron por Phanerochaete chrysosporium: envolvimento do citocromo P450 e identificação de intermediários. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Celular)) - Universidade Estadual de Maringá.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Érica Maria Magalhães

BIOPROSPECÇÃO DE FUNGOS BASIDIOMICETOS PRODUTORES DE ENZIMAS DE INTERESSE INDUSTRIAL E AMBIENTAL; ; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina; (Orientador);

Bárbara Thiem

BIOPROSPECÇÃO DE FUNGOS BASIDIOMICETOS PRODUTORES DE ENZIMAS DE INTERESSE INDUSTRIAL E AMBIENTAL; ; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina; (Orientador);

Julia Graciano

Reaproveitamento de resíduos agroindustriais para a produção de biomassa de cogumelos comestíveis; ; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Helen Almeida Leite

Reaproveitamento de resíduos agroindustriais para a produção de biomassa de cogumelos comestíveis; ; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Wagner Mansano Cavalini

Utilização de Fungos da Podridão Branca da Madeira para a Biorrmediação de solos Contaminados com Herbicidas; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Jaqueline da Silva Coelho Moreira;

Breno Miguel Joia

Uma revisão sobre fungos da pordridão branca e suas aplicações na biorremediação de solos contaminados pelo herbicida diuron; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Jaqueline da Silva Coelho Moreira;

Alex Cardoso Perez

Monitoria de Bioquímica; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Jaqueline da Silva Coelho Moreira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

ROSANE MARINA PERALTA

Biodegradação do herbicida diuron por Phanerochaete chrysosporium: envolvimento do citocromo P450 e identificação de intermediários; 2013; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Celular)) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rosane Marina Peralta;

Cristina Giatti Marques de Souza

Degradação de herbicidas por Ganoderma lucidum: avaliação do envolvimento de enzimas ligninolíticas e do sistema citocromo P-450,; 2012; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Celular)) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Cristina Giatti Marques de Souza;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Coelho-Moreira, Jaqueline da Silva ; BRUGNARI, TATIANE ; SÁ-NAKANISHI, ANACHARIS B. ; CASTOLDI, RAFAEL ; DE SOUZA, CRISTINA G.M. ; BRACHT, ADELAR ; PERALTA, ROSANE M. . Evaluation of diuron tolerance and biotransformation by the white-rot fungus Ganoderma lucidum. Fungal Biology , v. 122, p. 471-478, 2018.

  • Coelho-Moreira, Jaqueline da Silva ; BRACHT, ADELAR ; SOUZA, ALINE CRISTINE DA SILVA DE ; OLIVEIRA, ROSELENE FERREIRA ; SÁ-NAKANISHI, ANACHARIS BABETO DE ; SOUZA, CRISTINA GIATTI MARQUES DE ; PERALTA, ROSANE MARINA . Degradation of Diuron by Phanerochaete chrysosporium: Role of Ligninolytic Enzymes and Cytochrome P450. BIOMED RES INT , v. 2013, p. 1-9, 2013.

  • KOEHNLEIN, E. A. ; Carvajal A. E. ; KOEHNLEIN, E. M. ; Coelho-Moreira JS ; COELHO-MOREIRA, J. S. ; INACIO, F. D. ; CASTOLDI, R. ; BRACHT, A. ; PERALTA, R. M. . Antioxidant activities and phenolic compounds of raw and cooked Brazilian pinhão (Araucaria angustifolia) seeds. African Journal of Food Science , v. 6, p. 512-518, 2012.

  • ZILLY, A. ; Coelho-Moreira JS ; Adelar Bracht ; SOUZA, C. G. M. ; Carvajal A. E. ; PERALTA, R. M. . Influence of NaCl and Na2SO4 on the kinetics and dye decolorization ability of crude laccase from Ganoderma lucidum. International Biodeterioration & Biodegradation , v. 65, p. 340-344, 2011.

  • ZILLY, A. ; Adelar Bracht ; Coelho-Moreira J.S. ; MACIEL, G. M. ; Soares, A. A. ; PERALTA, R. M. . Enzymes from Ganoderma lucidum: Production and applications. Current Topics in Biochemical Research , v. 13, p. 1-11, 2011.

  • da Silva Coelho, J. ; andréia luiza oliveira ; SOUZA, C. G. M. ; Adelar Bracht ; PERALTA, R. M. . Effect of the herbicides bentazon and diuron on the production of ligninolytic enzymes by Ganoderma lucidum. International Biodeterioration & Biodegradation , v. 64, p. 156-161, 2010.

  • da Silva Coelho J. ; SOUZA, C. G. M. ; andréia luiza oliveira ; Adelar Bracht ; Costa, Mara Aparecida Ferreira ; PERALTA, R. M. . Comparative Removal of Bentazon by Ganoderma lucidum in Liquid and Solid State Cultures. Current Microbiology (Print) , v. 60, p. 350-355, 2010.

  • DINIZ, Sergio Paulo de Souza Severo ; Coelho JS ; SPECIAN, Vânia ; Ricardo . Bioatividade do óleo essencial de Mentha arvensis L. no controle de fungos fitopatógenos. Revista Brasileira de Plantas Medicinais (Impresso) , v. 10, p. 9-11, 2008.

  • SERT, M. A. ; KERN, Kátia Aparecida ; Coelho JS . Experimento para a observação do efeito da deficiência hídrica em plantas. Arquivos do Mudi , v. 11, p. 38-40, 2007.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Coelho-Moreira JS ; caroline . Utilização de basidiomicetos na degradação de compostos recalcitrantes. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Coelho-Moreira J.S. ; caroline . Fungos e o controle da poluição ambiental. 2012. .

PERALTA, R. M. ; SOUZA, C. G. M. ; COELHO, Jaqueline da Silva . Produção de enzimas por fungos filamentosos. 2010. .

Coelho JS . A vida na água: conhecendo os animais e plantas de um aquário.. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

KERN, Kátia Aparecida ; Coelho JS . Ensiando Biologia através de Experimentos. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Biodegradação de poluentes ambientais por fungos basidiomicetos e seu sistema enzimático., Descrição: Com o aumento da preocupação com a qualidade ambiental, há o interesse na intensificação de estudos e aplicações de processos ambientalmente amigáveis. Entre as alternativas destacam-se a degradação mais rápida de poluentes ambientais e o tratamento de efluentes industriais com a utilização de sistemas biológicos (micro-organismos e/ou suas enzimas), área da biotecnologia que busca o emprego destes sistemas naturais para resolver problemas ambientais. Neste contexto, a aplicação de fungos basidiomicetos e suas enzimas se mostra uma alternativa viável e ambientalmente responsável. Um dos maiores grupos de fungos conhecidos pertence ao Filo Basidiomicota e são conhecidos como fungos basidiomicetos, popularmente conhecidos como cogumelos e orelhas-de-pau. Ao longo dos últimos anos, os basidiomicetos têm sido explorados como produtores de substâncias bioativas com importantes aplicações biotecnológicas, tais como fármacos, como alguns antibióticos, vitaminas, enzimas de interesse industrial e de elevado valor econômico, como as amilases, celulases, pectinases, lipases, etc., além de poderem ser aplicados em processos de tratamento de efluentes e descontaminação ambiental, através de sua capacidade de transformar compostos poluentes altamente tóxicos em moléculas inócuas. A utilização de fungos basidiomicetos em estratégias de descontaminação ambiental tem sido crescente nos últimos anos. Estes fungos apresentam uma ampla atividade de degradação, pois produzem uma grande diversidade de enzimas extracelulares, o que os torna capazes de metabolizar os mais diversos tipos de moléculas, incluindo compostos químicos estranhos lançados no ambiente (xenobióticos), corantes industriais, explosivos, medicamentos e outros poluentes encontrados no solo, como os pesticidas. Dentre as enzimas com aplicações biotecnológicas produzidas por fungos, serão estudadas neste projeto as celulases, lipases e fenol-oxidases. A pesquisa com biodegradação de poluentes é um tema contemporâneo, uma vez que houve uma intensificação dos estudos nas últimas décadas, o que demonstra a grande relevância científica do tema e a demanda por processos ambientalmente corretos. Assim, o objetivo deste projeto é analisar cepas de basidiomicetos com potencial para aplicação na degradação de poluentes ambientais. As cepas estudadas encontram-se estocadas no Laboratório de Agroecologia do IFPR campus Ivaiporã. Serão analisadas a produção dos três tipos de enzimas extracelulares em meios de cultivo diversos e, em seguida, os poluentes serão colocados nos meios de cultivo para a análise de biodegradação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Coordenador.

  • 2019 - Atual

    ELABORAÇÃO E ANÁLISES DE CERVEJAS ARTESANAIS ADICIONADAS DE PRODUTOS AGROECOLÓGICOS., Descrição: A cerveja é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo. O Brasil é o terceiro maior consumidor mundial de cerveja, onde a indústria cervejeira, juntamente com a de refrigerantes, representa 82 % do volume de bebidas produzidas, o que demonstra o peso econômico da cerveja no país. A produção de cerveja é um processo biotecnológico no qual carboidratos simples (glicose, maltose e maltotrioses) derivados do amido são fermentados em álcool etílico por ação de fungos unicelulares, as leveduras. O crescimento acentuado do mercado de cervejas artesanais tem estimulado o desenvolvimento de produtos diferenciados, com a adição de frutas, ervas e especiarias. Neste contexto, uma alternativa viável para criar novas formulações de cervejas artesanais pode ser a elaboração de bebidas com a adição de produtos agroecológicos. Tais produtos são gerados em sistemas que utilizam de forma sustentável os recursos naturais, livres de contaminantes, respeitando os saberes e as formas de produção tradicionais. O Paraná ocupa a posição de terceiro colocado nacional quando se considera a proporção de habitantes por cervejaria, além de ser um dos estados com produção agroecológica de alimentos mais expressiva. Assim, o objetivo deste projeto é analisar a possibilidade do uso de produtos agroecológicos na elaboração de cervejas artesanais, produzindo bebidas de boa qualidade. As formulações das cervejas serão realizadas em software denominado BeerSmith. Serão desenvolvidas formulações semelhantes para cada produto estudado, sendo uma das formulações sem adição do produto (controle), enquanto as outras formulações receberão a adição do produto em determinada concentração e fase da produção da cerveja. As cervejas serão produzidas a partir de matéria-prima adquirida em uma loja virtual de produtos para produção de cerveja, sendo eles: maltes, lúpulo e fermento. A água utilizada será mineral obtida no comércio local e observada o valor de pH na faixa de 4 e 9. Os produtos agroecológicos serão adquiridos de produtores da região do Vale do Ivaí. Serão realizadas análises físico-químicas da cerveja para avaliar seus padrões de qualidade. As análises realizadas serão: teor alcoólico, análise de pH, acidez, colorimetria, densidade, extrato real, extrato primitivo, teor de proteínas, capacidade antioxidante. As análises microbiológicas realizadas serão de contagem total de bolores e leveduras.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Coordenador / Andréia Assunção Soares - Integrante / Mariana Martins Zanelatto - Integrante / Thiago Orcelli - Integrante.

  • 2018 - 2019

    BIOPROSPECÇÃO DE FUNGOS BASIDIOMICETOS PRODUTORES DE ENZIMAS DE INTERESSE INDUSTRIAL E AMBIENTAL., Descrição: As enzimas são proteínas que atuam como catalisadores biológicos, aumentando a velocidades das reações químicas. As enzimas têm grande valor comercial, uma vez que podem substituir ou reduzir o uso de produtos químicos nas indústrias, representando uma tecnologia segura e ambientalmente correta. Desta forma, enzimas tem grande utilização nas indústrias de deter-gentes e alimentos, bem como nas áreas farmacêutica, têxtil, papel e celulose, saúde humana e na produção de rações, além de poderem ser aplicadas no tratamento de efluentes industriais, contribuindo para reduzir a poluição ambiental. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária ? EMBRAPA (2018), o mercado global de enzimas poderá atingir cerca de US$ 5,4 bilhões em 2020. Neste contexto, o Brasil encontra-se como um pais com grande po-tencial para a produção destas moléculas, visto que apresenta uma alta diversidade biológica. Dentre os produtores de enzimas, os micro-organismos apresentam papel de destaque, especi-almente os fungos basidiomicetos, uma vez que são capazes de gerar naturalmente quantidades significativas dessas enzimas. No Brasil, a diversidade de basidiomicetos é enorme devido, principalmente, às condições ambientais. Apesar disso, grande parte das espécies ainda não é conhecida ou não foi estudada, o que justifica o grande interesse em se pesquisar novas espécies e cepas de basidiomicetos com potencial para a síntese de enzimas industriais. Dentre as enzi-mas com aplicações biotecnológicas produzidas por fungos, serão estudadas neste projeto as amilases, proteases, pectinases, lipases e lacases. Assim, o objetivo deste estudo é isolar e sele-cionar basidiomicetos com potencial biotecnológico para a produção das enzimas. A coleta dos isolados será realizada na cidade de Canoinhas-SC e região. O isolamento será realizado a partir da cultura de segmentos do micélio retirados dos corpos de frutificação em meio batata-dex-trose-ágar (BDA) em placas de Petri, mantendo-se culturas puras dos fungos. Discos miceliais de aproximadamente 5 mm de diâmetro serão inoculados no centro de placas de Petri contendo meio de cultivo acrescentado do substrato específico de cada enzima. O crescimento será rea-lizado a 28 2 °C. Assim, o presente estudo poderá levar à descoberta de fungos potencialmente úteis para aplicações industriais, o que trará grandes benefícios sócio-ambientais uma vez que poderão ser aplicados para melhorar a qualidade e o custo de diversos produtos, bem como o impacto ambiental provocado por diversos setores industriais.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Coordenador / Érica Maria Magalhães - Integrante / Bárbara Theim - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Reaproveitamento de resíduos agroindustriais para a produção de biomassa de cogumelos comestíveis., Descrição: A demanda por novas fontes de proteínas tem levado ao crescente interesse pela busca de fontes alternativas de alimentos. Neste cenário destacam-se as proteínas microbianas, em especial a biomassa de cogumelos comestíveis, que pode ser produzida de forma eficiente e com reduzidos custos, utilizando-se resíduos agroindustriais. Tais resíduos, como cascas de frutas, palhas, farelos, sabugo, bagaços e soro de leite são considerados subprodutos das indústrias de alimentos e da agricultura, logo, são descartados no ambiente, apresentando pouco ou nenhuma utilização. Entre os fungos, os cogumelos comestíveis são os mais utilizados na alimentação humana, pois são reconhecidos como fontes de elevado valor nutricional. Tradicionalmente, a produção de cogumelos comestíveis tem sido realizada em meios de cultivo sólidos para a produção dos corpos de frutificação. Este processo esbarra em algumas dificuldades que são responsáveis pelos altos preços do produto no mercado, tais como o longo tempo de cultivo, o custo do inóculo, a manutenção de temperatura e umidade, a presença de pragas e contaminantes nas estufas de cultivo. Em comparação, o cultivo da biomassa de cogumelos em meios líquidos e semi-sólidos pode ser usado para a produção de grandes quantidade de biomassa micelial (micélio vegetativo), a qual pode apresentar valor nutricional similar ao do corpo de frutificação e, possivelmente, pode ser aplicada como alimento ou suprimento proteico. Assim, o objetivo deste projeto é produzir biomassa fúngica de modo economicamente viável, utilizando-se resíduos agroindustriais, sem a necessidade da produção de corpos de frutificação. Os isolados de cogumelos comestíveis serão provenientes de basidiomas frescos, obtidos no mercado local. O isolamento será realizado a partir da cultura de segmentos do micélio retirados dos corpos de frutificação em meio batata-dextrose-ágar (BDA). Os resíduos agroindustriais serão coletados em indústrias alimentícias, áreas de agricultura e outros setores da região. Cada resíduo será suplementado com solução mineral e glicose 1% para a composição de meios semi-sólidos ou líquidos. Três discos de micélio obtidos de cultura em BDA serão transferidos para os frascos. O fungo será cultivado na ausência de luz, a 25 2 °C. Em intervalos regulares, os meios de cultura serão filtrados em papel de filtro e a biomassa retida no filtro será levada à estufa a 60C para a determinação da biomassa seca. Nesta biomassa será determinada a quantidade de proteínas totais, as quais serão comparadas às do corpo de frutificação. A determinação da eficiência biológica será realizada com o objetivo de se determinar os melhores resíduos para a produção da biomassa. Assim, o presente projeto pretende contribuir com estudos sobre fontes alternativas de proteína produzidas de forma ambientalmente correta. Futuramente, o desenvolvimento de alimentos baseados nesta biomassa pode se tornar uma alternativa interessante para suprir as necessidades proteicas.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Coordenador / Helen Almeida Leite - Integrante / Julia Graciano - Integrante.

  • 2017 - 2017

    Isolamento de basidiomicetos em mata de cerrado do município de Nova Andradina e seu potencial para aplicações biotecnológicas, Descrição: Os fungos são organismos muito diversificados que desempenham um papel crucial no balanço de nutrientes dos ecossistemas, sendo considerados os mais importantes agentes decompositores de matéria orgânica da Biosfera. Um dos maiores grupos de fungos conhecidos pertence ao Filo Basidiomicota e são conhecidos como fungos basidiomicetos, os quais incluem cogumelos comestíveis e medicinais, patógenos de plantas e animais, simbiontes, endofíticos, micorrizas e saprofíticos. Nos últimos anos, os fungos basidiomicetos têm sido explorados como produtores de substâncias bioativas com importantes aplicações biotecnológicas, além de poderem ser aplicados em processos de tratamento de efluentes e descontaminação ambiental, processo chamado de biorremediação. Geralmente, os basidiomicetos apresentam uma ampla atividade de degradação de moléculas poluentes devido ao fato de produzem uma grande diversidade de enzimas extracelulares. Entre os poluentes de grande importância ambiental destacam-se os pesticidas e corantes industriais, os quais causam especial impacto no meio ambiente por serem de difícil degradação. Por esta razão, existe um crescente interesse pela descoberta de novas espécies e cepas de basidiomicetos com potencial para aplicações biotecnológicas. Neste cenário, o Cerrado brasileiro se mostra como uma rica fonte de recursos biológicos com elevado potencial econômico a ser explorado. Assim, o objetivo deste projeto é isolar basidiomicetos da mata nativa de cerrado no município de Nova Andradina-MS, visando o estudo de seu potencial para a biorremediação de poluentes ambientais. Pretende-se estudar a capacidade de crescimento dos isolados na presença de pesticidas, bem como analisar a capacidade de descoloração de corantes têxteis em meios de cultivo sólidos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Coordenador / Tassila Aparecida do Nascimento de Araújo - Integrante / Izamara Marzolla Gutierres Jacob Machado - Integrante / Jonatam Moreira Rodrigues - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Aplicações biotecnológicas e ambientais de fungos lignocelulolíticos, Descrição: Este é um projeto onde se pretende aplicar os fungos lignocelulolíticos em 3 áreas de igual importância: 1. fungos lignocelulolíticos, suas enzimas e aplicações ambientais; 2. Pré- tratamento biológico de biomassa: contribuições para a biorrefinaria de materiais lignocelulósicos; 3. bioativos de origem fúngica. O projeto está apresentado na forma de 7 subprojetos, todos com envolvimento de alunos de doutorado, mestrado e graduação. 4.2 - RESUMO 1. pré-tratamento biológico de resíduos lignocelulósicos: contribuições para a biorrefinaria de material lignocelulósico 2.Otimização da produção, purificação e caracterização de Mn peroxidase de Pleurotus pulmonarius e avaliação da capacidade de descoloração de corantes sintéticos 3. Aplicação do sistema lacase-mediador na deslignificação e detoxificação de biomassa vegetal: contribuições para a biorrefinaria de materiais lignocelulósicos. 4. Aplicação do sistema lacase de Ganoderma lucidum-mediador na descoloração e detoxificação do azo corante vermelho do Congo 5. Bioprospecção de fungos filamentosos produtores de celulases e hemicelulases: contribuição para a sacarificação de bagaço de cana e obtenção do bioetanol 6. Produção, caracterização, imobilização e aplicações da beta-glicosidase de Aspergillus awamori 7. Ações de extratos auosos de Agaricus blazei sobre os parâmetros oxidativos em ratos com artrite induzida por adjuvante.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Integrante / ADELAR BRACHT - Integrante / SOUZA, CRISTINA GIATTI MARQUES DE - Integrante / PERALTA, ROSANE MARINA - Coordenador.

  • 2012 - 2016

    Pré-tratamento biológico da biomassa: contribuições para a biorrefinaria de materiais lignocelulósicos, Descrição: Aplicação de fungos ligninolíticos para pré-tratamentos de fibras visando melhorar a sacarificação enzimática do componente celulose.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Integrante / PERALTA, ROSANE MARINA - Coordenador.

  • 2009 - 2015

    Biodegradacao de herbicidas por fungos causadores da podridao branca da madeira: envolvimento das enzimas ligninolíticas e das enzimas associadas ao estresse oxidativo, Descrição: Os basidiomicetos são importantes componentes da microbiota e apresentam atividade degradativa de amplo espectro, podendo secretar grande diversidade de enzimas, os que os tornam capazes de metabolizar os mais diversos tipos de moléculas, incluindo xenobióticos. Os herbicidas são considerados importantes poluidores ambientais. Eles catalisam a superprodução de radicais aniônicos superóxidos e conseqüentemente outras espécies reativas de oxigênio (ROS) gerados através de reações semelhantes a reação de Fenton. As ROS, por sua vez estimulam a produção de enzimas responsáveis por sua desintoxicação, dentre elas as peroxidases, superóxido dismutase (SOD) e catalase (CAT). Resultados preliminares indicam que os herbicidas estimulam também a expressão de enzimas ligninolíticas em basidiomicetos. Os objetivos deste projeto são avaliar o efeito dos herbicidas diuron, paraquat e bentazon na produção das enzimas ligninolíticas e das enzimas SOD e CAT pelos fungos Pleurotus ostreatus, Pleurotus pulmonarius, Ganoderma lucidum, Phanerochaete chrysosporium e Lentinula edodes e novas cepas identificadas como promissoras em trabalho de bioprospecção; correlacionar a produção de enzimas ligninolíticas e da resposta ao estresse metabólico dos fungos com a resposta aos herbicidas e avaliar a degradação dos herbicidas pelos fungos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Coordenador / Rosane Marina Peralta - Integrante., Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2012

    Mobilização de antioxidantes fenólicos de casca de laranja por Pleurotus sp durante cultivos em estado sólido: possível envolvimento das enzimas lignocelulolíticas, Descrição: Os basidiomicetos são importantes componentes da microbiota e apresentam atividade degradativa de amplo espectro, podendo secretar grande diversidade de enzimas, os que os tornam capazes de metabolizar os mais diversos tipos de moléculas, incluindo xenobióticos. Os herbicidas são considerados importantes poluidores ambientais. Eles catalisam a superprodução de radicais aniônicos superóxidos e conseqüentemente outras espécies reativas de oxigênio (ROS) gerados através de reações semelhantes a reação de Fenton. As ROS, por sua vez estimulam a produção de enzimas responsáveis por sua desintoxicação, dentre elas as peroxidases, superóxido dismutase (SOD) e catalase (CAT). Resultados preliminares indicam que os herbicidas estimulam também a expressão de enzimas ligninolíticas em basidiomicetos. Os objetivos deste projeto são avaliar o efeito dos herbicidas diuron, paraquat e bentazon na produção das enzimas ligninolíticas e das enzimas SOD e CAT pelos fungos Pleurotus ostreatus, Pleurotus pulmonarius, Ganoderma lucidum, Phanerochaete chrysosporium e Lentinula edodes e novas cepas identificadas como promissoras em trabalho de bioprospecção; correlacionar a produção de enzimas ligninolíticas e da resposta ao estresse metabólico dos fungos com a resposta aos herbicidas e avaliar a degradação dos herbicidas pelos fungos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Integrante / Cristina Giatti Marques de Souza - Integrante / Rosane Marina Peralta - Coordenador., Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2006

    Isolamento e caracterização biológica do fungo Corynespora cassiicola, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Integrante / Sergio Paulo de Souza Severo Diniz - Coordenador.

  • 2005 - 2006

    Efeitos de aleloquímicos sobre o metabolismo energético e sobre a germinação de plantas invasoras, Descrição: O projeto avalia os efeitos de produtos naturais de diversas classes (aleloquímicos) sobre o metabolismo energético de plantas invasoras e sua possível correlação com os efeitos sobre a germinação e crescimento. O objetivo central é elucidar o mecanismo bioquímico de compostos com potente ação fitotóxica, os quais poderiam ser utilizados como protótipos para o desenvolvimento de novos agentes reguladores ou herbicidas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jaqueline da Silva Coelho Moreira - Integrante / Kátia Aparecida Kern - Integrante / Emy Luiza Ishii Iwamoto - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná, Campus Ivaiporã. , Rodovia PR466,, Gleba Pindaúva, Secção C, Parte 2 - Rural, 89460000 - Ivaiporã, PR - Brasil, Telefone: (43) 31269400

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - 2017

Universidade Estadual de Maringá

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora adjunta, Regime: Dedicação exclusiva.

2012 - 2013

Universidade Estadual de Maringá

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: professora adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 03/2016

    Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica Experimental

  • 02/2015

    Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica Animal

  • 02/2012

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica - teórico-prática

  • 03/2016 - 02/2017

    Ensino, Tecnologia em Biotecnologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica II

  • 03/2016 - 02/2017

    Ensino, Abi - Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica

  • 07/2015 - 12/2015

    Ensino, Tecnologia em Biotecnologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Enzimologia e Tecnologia das Fermentações

  • 02/2015 - 12/2015

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica (teórico-prática)

  • 02/2012 - 12/2013

    Ensino, Tecnologia em Biotecnologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica II (prática), Bioquímica téorica

  • 02/2012 - 12/2013

    Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica (teórico-prática)

  • 07/2012 - 12/2012

    Ensino, Bioquímica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Laboratório de biomoléculas

2009 - 2010

Secretaria de Estado da Educação do Paraná - Núcleo R. de Educação Maringá

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 18

2017 - 2018

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40

Atividades

  • 05/2017

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Biologia Geral

  • 05/2017

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Anatomia e Morfologia Vegetal, Bioquímica, Ecologia, Zoologia GEral, Biologia Celular

  • 05/2017 - 08/2017

    Ensino, TEcnologia em Produção de Grãos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Anatomia e Morfologia Vegetal

2018 - 2019

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora efetiva, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 03/2018 - 04/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, .,Cargo ou função, Comissão de Alteração PPC Integrado Edificações. Portaria da Direção-Geral do Câmpus Canoinhas N° 74, de 9 de abril de 2018.

  • 02/2018 - 04/2019

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Biologia II para os cursos técnicos integrados ao ensino médio em Edificações e em Alimentos.

  • 02/2018 - 04/2019

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Biologia I para curso PROEJA em Agroecologia

  • 02/2018 - 04/2019

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Biologia I para os cursos Técnico integrado ao ensino médio em Edificações e em Alimentos

  • 02/2018 - 04/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, .,Cargo ou função, Comissão de REVISÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO TÉCNICO EM ALIMENTOS INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO. (Portaria N° 12, de 21 de fevereiro de 2018)..

2019 - Atual

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 07/2019

    Ensino, Engenharia Agronômica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia Geral , Zoologia Geral

  • 05/2019 - 07/2019

    Ensino, Tecnologia em Agroecologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos em Ecologia Geral