David Gorender Magalhães

Bacharel em Ciência da Computação, realizou atividades em Tolerância a Falhas e Sistemas Distribuídos. Foi membro colaborador do único cápitulo estudantil da Association for Computing Machinery no Brasil, na função de Program Chairperson. Foi representante estudantil no Departamento e Colegiado de Ciência da Computação como membro do Diretório Acadêmico de Computação. Atualmente trabalha no Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde como cientista de dados.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Mecatrônica

2018 - Atual

Universidade Federal da Bahia
Orientador: Sérgio Gorender;

Graduação em Ciência da Computação

2009 - 2013

Universidade Federal da Bahia
Título: Tolerância a falhas em MANETs: um estudo sobre a recuperação de rota no AODV
Orientador: Sérgio Gorender

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2012 - 2012

Tratamento de Incidentes de segurança. (Carga horária: 3h). , Semana da Computação UFBA 2012, SEMCOMP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Subárea: Sistemas de Computação/Especialidade: Sistemas Distribuídos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Semana da Computação UFBA. 2012. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Flavio Morais de Assis Silva

GORENDER, S.;ASSIS, F.; SA, A. S.. Tolerância a Falhas em MANETs: um Estudo sobre a Recuperação de Rota no AODV. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência da Computação) - Universidade Federal da Bahia.

Alirio Santos de Sá

de SÁ, Alirio Santosde SÁ, Alirio SantosGorender, S.Silva, Flávio M. A.. Tolerância a falhas em MANETs: um estudo sobre a recuperação de rota no AODV. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência da Computação) - Universidade Federal da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Carlos Antonio de Souza Teles Santos

? Desenvolvimento de rotinas de extração, manipulação e transformação de bases de dados de Curadoria Digital; Início: 2017; Orientação de outra natureza; Instituto Gonçalo Moniz-Fiocruz/BA; CNPq/Gates; (Orientador);

Sérgio Gorender

Implementação de protocolos para roteamento Multicast em redes móveis ad-hoc; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciência da Computação) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Sérgio Gorender;

Sérgio Gorender

Aplicações Distribuídas sobre Dispositivos Móveis: requisitos e desafios; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Ciência da Computação) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sérgio Gorender;

Sérgio Gorender

Consenso com recuperação de falhas em modelos híbridos e adaptativos; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciência da Computação) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Sérgio Gorender;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MAGALHÃES, D. G. . IMPLEMENTAÇÃO DE PROTOCOLOS PARA ROTEAMENTO MULTICAST EM REDES MÓVEIS AD-HOC. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2012 - 2013

    Aspectos de confiabilidade em protocolos de roteamento para redes móveis ad hoc, Descrição: Dispositivos móveis, tais quais notebooks, netbooks, smartphones, pads, PDAs e outros, têm sido foco de muitas pesquisas, e com a popularização e mais fácil acessibilidade desses dispositivos torna-se necessária a construção e otimização de mecanismos que deem suporte aos aplicativos - cada vez mais inovadores - que executam sobre essas plataformas, assim como à comunicação de tais aplicativos entre diferentes dispositivos. Redes construídas sobre estes dispositivos, MANETs (Mobile Ad hoc Networks), são redes sem fio dinâmicas e auto-configuráveis, que não possuem uma infraestrutura centralizada, ou seja, para que seja feito o roteamento nessa rede, todos os dispositivos atuam dualmente como host e roteador. O roteamento Multicasting é a transmissão de pacotes de dados para um grupo de nós dividindo um mesmo endereço, chamado endereço multicast. Diversas aplicações distribuídas para redes móveis demandam serviços de multicast, como jogos, por exemplo. Devido às características das redes MANETs, o roteamento multicast trás diversas dificuldades em seu desenvolvimento. O objetivo específico deste plano de trabalho é o estudo e implementação de protocolos para prover roteamento multicast sobre redes móveis ad-hoc, e a posterior implementação, sobre estes protocolos, de algoritmos para prover multicast ordenado (mensagens são entregues a todos os nós receptores do grupo multicast na mesma ordem) e multicast atômico (mensagens são entregues de forma ordenada e confiável a todos os nós receptores do grupo multicast).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: David Gorender Magalhães - Integrante / Sérgio Gorender - Coordenador.

  • 2011 - 2012

    Aplicações Distribuídas sobre Dispositivos Móveis: requisitos e desafios, Descrição: Dispositivos computacionais móveis, como notebooks e netbooks, palm tops, smartphones e outros, são cada vez mais utilizados para a execução de diferentes aplicações distribuídas. Estes dispositivos permitem, através de conexões em rede sem fio, que as aplicações executem de forma distribuída, trocando informações. Além disto, o aspecto de mobilidade destes dispositivos não é um impedimento para a execução destes sistemas distribuídos. Por outro lado, os novos protocolos para a construção de redes sem fio, e a mobilidade dos dispositivos, apresentam novos desafios para que as aplicações distribuídas executem de forma confiável. A diminuição na potência do sinal de comunicação, a movimentação do dispositivo móvel para locais sem sinal e esta movimentação entre diferentes pontos de acesso à rede são alguns dos problemas enfrentados na construção de aplicações distribuídas sobre dispositivos móveis. Problemas como falhas na comunicação com perda de informações, dificuldade em detectar a presença e/ou ausência de outros dispositivos, atrasos na comunicação, e outros, são desafio para a correta execução dos aplicativos. O objetivo deste projeto é a investigação e o desenvolvimento de soluções para problemas temporais e de confiabilidade na execução de aplicativos distribuídos sobre móveis, considerando a característica dinâmica destas redes, gerada pela movimentação dos nós e pela limitação do alcance na comunicação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: David Gorender Magalhães - Integrante / Sérgio Gorender - Coordenador.

  • 2010 - 2011

    Comunicação em Grupo para Sistemas Distribuídos Híbridos, Descrição: Sistemas distribuídos são compostos por processos em execução em diferentes computadores, que se comunicam via canais de comunicação, estabelecidos sobre uma rede de computadores. Estes sistemas são chamados de híbridos quando tanto os processos quanto os canais de comunicação podem apresentar um comportamento síncrono ou assíncrono. Modelos para sistemas distribuídos híbridos, tais como o modelo HA e o modelo Partitioned Synchronous, permitem a execução de soluções para problemas clássicos dos sistemas distribuídos, como o consenso, tolerando falhas. Tais soluções poderão tolerar mais falhas, em número proporcional à quantidade de componentes (processos e canais de comunicação) síncronos no sistema. Neste projeto temos por objetivo o desenvolvimento de um mecanismo para comunicação em grupo [Cristian 1996, Schiper e Toueg 2006, van Renesse et al 1996] para sistemas distribuídos híbridos. Tal mecanismo é composto por protocolos de comunicação em grupo (multicast), que procedem ao envio de mensagens para grupos de processos, com diferentes níveis de garantias, e também na gerência do grupo de processos (membership), de forma a que processos possam ser retirados do grupo, ao falharem ou caso desejem, e novos processos possam ser inseridos no grupo, sendo estas modificações acordadas por todos os demais membros do grupo. Tanto os protocolos para membership, quanto os protocolos de multicast, em especial quando o multicast é ordenado, utilizam o acordo (consenso) como base para a sua execução. Sistemas de comunicação em grupo são importantes blocos de construção para prover tolerância a falhas a sistemas distribuídos, sendo utilizados em mecanismos de replicação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: David Gorender Magalhães - Integrante / Sérgio Gorender - Coordenador.

  • 2009 - 2010

    CONSENSO COM RECUPERAÇÃO DE FALHAS NO MODELO HÍBRIDO E DINÂMICO PARA SISTEMAS DISTRIBUÍDOS TOLERANTES A FALHAS, Descrição: Em "Sergio GORENDER, Raimundo MACÊDO e Michel RAYNAL, A QoS-Based Adaptive Model for Fault-Tolerant Distributed Computing (with an Application to Consensus), DSN2005" e "S. Gorender, R. Macêdo, M. Raynal, An Adaptive Programming Model for Fault-Tolerant Distributed Computing. In IEEE Transactions on Dependable and Secure Computing Vol. 4, no. 1, pp. 18-31, Los Alamitos, CA, USA, January 2007" foi apresentado um novo modelo parcialmente síncrono, híbrido e dinâmico, para sistemas distribuídos tolerantes a falhas. Este modelo é construído sobre um ambiente de execução híbrido (síncrono/assíncrono), no qual tanto processos como canais de comunicação podem ser síncronos ou assíncronos. O nosso objetivo é o desenvolvimento de soluções para o consenso no modelo híbrido, que aceite falhas do tipo crash-recovery. As soluções desenvolvidas para o consenso serão implementadas e testadas. Serão realizados testes de validade e de desempenho. Também pretendemos utilizar as soluções desenvolvidas para o consenso na construção de soluções para problemas clássicos como comunicação em grupo e eleição de líder.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: David Gorender Magalhães - Integrante / Sérgio Gorender - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2010 - 2011

Association for Computer Machinery

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Program Chairperson

2012 - 2012

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12

Outras informações:
Monitor da Disciplina MATA37 - Introdução à Lógica de Programação

2009 - 2010

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20

Atividades

  • 01/2012

    Direção e administração, Diretório Acadêmico de Computação UFBA, .,Cargo ou função, Representante Estudantil no Departamento de Ciência da Computação.

2017 - Atual

Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Engenheiro de Dados, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Manipulação de grandes bases de dados (Big Data), categorização e tratamento dos dados, incluindo dados nominais. Vinculação probabilística entre bases de dados, incluindo implementação, otimização e manutenção das ferramentas de vinculação. Extração e análise de datasets.