Roberta Gomes Linhares

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2017). Tem experiência na área de Bioquímica e Biotecnologia, com ênfase em Bioquímica de Proteínas, atuando principalmente nos seguintes temas: Proteômica; HPLC; LC-MS; Orchidaceae.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Ciências Biológicas

2012 - 2017

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Título: Estudos Proteômicos de Vanilla bahiana ORCHIDACEAE (Hoehne)
Orientador: Andrea Furtado Macedo
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Colégio Nossa Senhora das Mercês

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Bioquímica de Proteínas.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal/Especialidade: Taxonomia de Criptógamos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

BrMass. Estudos Proteômicos de Vanilla bahiana ORCHIDACEAE (Hoehne). 2016. (Congresso).

13ª Jornada de Iniciação Científica. ACOMPANHAMENTO DA COMPOSIÇÃO TAXONÔMICA E COBERTURA DE MACROALGAS NAS COMUNIDADES MARINHAS BENTÔNICAS NA BAÍA DE GUANABARA, RJ. 2014. (Exposição).

XV Congresso Brasileiro de Ficologia. 2014. (Congresso).

XV Congresso Brasileiro de Ficologia. Acompanhamento da sucessão ecológica e da diversidade de espécies após a retirada dos organismos dominantes em um costão marinho rochoso da Baía de Guanabara - RJ. 2014. (Congresso).

12ª Jornada de Iniciação Científica. ACOMPANHAMENTO DA COMPOSIÇÃO TAXONÔMICA E COBERTURA DE MACROALGAS NAS COMUNIDADES MARINHAS BENTÔNICAS NA BAÍA DE GUANABARA, RJ. 2013. (Exposição).

XXXI Jornada Fluminense de Botânica. 2012. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Silas Pessini Rodrigues

Rodrigues, Silas P.. Estudos proteômicos de Vanilla bahiana HOEHME (ORCHIDACEAE). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Andrea Furtado Macedo

MACEDO, A. F.; PESSINI, S.; KOBLITZ, M. G. B.; FERREIRA, M. S. L.. ESTUDOS PROTEÔMICOS DE Vanilla bahiana HOEHNE (ORCHIDACEAE). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Joel Campos de Paula

ACOMPANHAMENTO DA COMPOSIÇÃO TAXONÔMICA E COBERTURA DE MACROALGAS NA PRAIA VERMELHA NA BAÍA DE GUANABARA, RJ; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Joel Campos de Paula;

Andrea Furtado Macedo

ESTUDOS PROTEÔMICOS DE Vanilla bahiana HOEHNE (ORCHIDACEAE); 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO; Orientador: Andrea Furtado Macedo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • LINHARES, R. G. ; SILVA, R. P. ; VALENTIN, Y. Y. ; JUNQUEIRA, A. O. R. ; PAULA, J. C. . ACOMPANHAMENTO DA COMPOSIÇÃO TAXONÔMICA E COBERTURA DE MACROALGAS NAS COMUNIDADES MARINHAS BENTÔNICAS NA BAÍA DE GUANABARA, RJ. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • LINHARES, R. G. ; GIORDANO, R. ; PAULA, J. C. ; NASCIMENTO, S. M. . Acompanhamento da sucessão ecológica e da diversidade de espécies após a retirada dos organismos dominantes em um costão marinho rochoso da Baía de Guanabara - RJ. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LINHARES, R. G. . Relatório de Participação Jovens Talentos para a Ciência. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • LINHARES, R. G. ; SILVA, R. P. ; VALENTIN, Y. Y. ; JUNQUEIRA, A. O. R. ; PAULA, J. C. . ACOMPANHAMENTO DA COMPOSIÇÃO TAXONÔMICA E COBERTURA DE MACROALGAS NAS COMUNIDADES MARINHAS BENTÔNICAS NA BAÍA DE GUANABARA, RJ. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2017

    FLAVORIZANTES NATURAIS DA MATA ATLÂNTICA FLUMINENSE: ESTUDOS PROTEÔMICOS E METABOLÔMICOS DE VANILLA SP., Descrição: A espécie Vanilla planifolia é a principal fonte comercial de baunilha, o ingrediente flavorizante universalmente mais utilizado e a terceira especiaria natural mais cara do mundo. Além de seus extratos com aroma atraente, os extratos de baunilha possuem atividade antioxidante, anti-mutagênica, hipolipidêmica e têm potencial como conservante de alimentos e anticarcinogênico. Vinte e cinco compostos fenólicos têm sido apontados como responsáveis pelo aroma e sabor característicos da baunilha. Na Mata Atlântica brasileira encontram-se duas espécies de Vanilla com potencial para produção do extrato de baunilha. Este trabalho tem por finalidade verificar a produção dos compostos do aroma de baunilha por espécies brasileiras de Vanilla e avaliar a expressão de proteínas possivelmente relacionadas com o metabolismo desses compostos. A análise proteômica pretende fazer a caracterização completa do repertório proteico expresso por um genoma e concentra-se sobre a funcionalidade da porção traduzida. O metaboloma é uma manifestação bioquímica do genoma e do proteoma e é também modulado pelas funções das proteínas. Através de técnicas de espectrometria de massas será possível investigar, pela primeira vez, o perfil metabólico destas duas espécies brasileiras e verificar se são metabolicamente diversas de V. planifolia e entre si. Para esta análise, as amostras serão adquiridas em um sistema de UPLC-MSE através do espectrometro de massas Xevo G2-S QTof com o software MassLynx. Para análise proteômica, os peptídeos obtidos serão analisados em instrumento 1D-nanoUPLC ou 2D-nanoUPLC-RPxRP Synapt G2-S HDMS, com mobilidade iônica. Os espectros de massas obtidos serão utilizados na identificação e quantificação das proteínas. Dessa forma, espera-se apresentar o perfil proteômico e metabolômico de duas espécies do gênero Vanilla, característicos da Mata Atlântica do Rio de Janeiro, e avaliar a produção de compostos da essência de baunilha, sua qualidade e potencial para produção comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Roberta Gomes Linhares - Coordenador / Andrea Furtado Macedo - Integrante / Ellen Moura Lopes - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Evolução, Sistemática e Ecologia de Algas; Acompanhamento da Composição Taxonômica e Cobertura de Macroalgas nas Comunidades Marinhas Bentônicas na Baía de Guanabara, RJ., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joel Campos de Paula em 21/07/2015., Descrição: Os costões rochosos, considerados um dos mais importantes ecossistemas das regiões costeiras por abrigarem um elevado número de espécies de importância ecológica e econômica e são um dos principais biótopos bentônicos da Baía de Guanabara. Segundo dados pretéritos, a Baía de Guanabara apresenta grande heterogeneidade espacial em relação à biota dos costões rochosos. A maior riqueza de espécies encontra-se nas áreas próximas à entrada da baía, onde a influência oceânica é maior e a qualidade da água se encontra dentro dos padrões mínimos. Apenas no início dos anos 70 foram realizadas amostragens exclusivas e exaustivas na área. Estudos quantitativos, a médio e longo prazo, que acompanhem as variações temporais destas comunidades, auxiliarão na avaliação do processo de reestruturação da comunidade biótica após possíveis acidentes, evitando interpretações precipitadas, bem como a longo prazo em virtude de uma esperada melhoria das condições ambientais em decorrência do Programa de Despoluição da Baia de Guanabara. O presente trabalho acompanhará a cobertura das comunidades marinhas em três localidades da Baía de Guanabara e irá inventariar a flora marinha bentônica ao longo das quatro estações do ano.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Roberta Gomes Linhares - Integrante / Joel Campos de Paula - Coordenador / Roberta Pacheco Silva - Integrante / Andrea de Oliveira Ribeiro Junqueira - Integrante / Susanna Dias de Faria - Integrante / Flavia Rivola - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Prêmio de Iniciação Científica - Melhor Trabalho da Área de Biologia, Unirio.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - 2017

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estudo do perfil proteômico de uma espécie de baunilha do Rio de Janeiro, Vanilla bahiana, para determinar se essa espécie teria potencial uso biotecnológico comparável à de outras espécies de Vanilla atualmente no mercado, em relação a uma potencial produção de extrato natural.

2012 - 2014

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação científica, Carga horária: 20

Outras informações:
Projeto Ecológico de Longa Duração (PELD) na Baía de Guanabara - RJ. Monitoramento das populações de macroalgas bentônicas em 3 praias distintas para determinar a qualidade ambiental das praias ao longo de 9 anos de estudo.

Atividades

  • 07/2015 - 07/2017

    Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS).,Linhas de pesquisa

  • 04/2012 - 07/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS).,Linhas de pesquisa