Eloisa Silva de Paula Parolin

Possui graduação em História pela Universidade Estadual de Maringá (1991), mestrado (2001) e doutorado (2007) em Ciências Ambientais pela Universidade Estadual de Mariingá. Atualmente, é professora Associada da Universidade Estadual do Paraná/Campus de Campo Mourão. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Educação Ambiental. Atua principalmente no Curso de Geografia e na Especialização em Geografia, Meio Ambiente e Ensino.

Informações coletadas do Lattes em 18/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais

2003 - 2007

Universidade Estadual de Maringá
Título: Conflito Ambiental e Conflito Existencial na Comunidade dos Pescadores de Porto Rico-Paraná
Luzia Marta Bellini. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Memória; natureza; existencialismo.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Outros / Área: Ciências Ambientais. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Educação Ambiental. Setores de atividade: Educação Superior.

Mestrado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais

1999 - 2001

Universidade Estadual de Maringá
Título: O Silêncio das Araucárias:Memória e Esquecimento da Natureza em um Grupo de Moradores da Microbacia Hidrográfica do Rio do Campo,Ano de Obtenção: 2001
Luzia Marta Bellini.Palavras-chave: Memória, Esquecimento e Natureza.Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Educação; Educação Superior.

Especialização em Filosofia

1992 - 1995

Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão

Graduação em História

1988 - 1991

Universidade Estadual de Maringá

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Francês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Teórica/Especialidade: Educação Ambiental.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.

    Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Teórica/Especialidade: História.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PAROLIN, Eloisa S. P. . II Encontro Anual de Iniciação Científica da Unespar. 2016. (Outro).

PAROLIN, M. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . XV REUNIÃO DA PALEO PR/SC. 2013. (Outro).

PAROLIN, Eloisa S. P. . VIII Encontro de Produção Científica e Tecnológica. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade.Avaliação das condições de tempo atmosférico nos últimos 50 Anos a partir da história de vida dos produtores rurais do Município de Ubiratã, Paraná. 2014. (Encontro).

VIII Encontro de Produção Científica e Tecnológica da Fecilcam.BIOTECNOLOGIA E SEGURANÇA ALIMENTAR: O CONSUMO DE ALIMENTOS TRANSGÊNICOS EM CAMPO MOURÃO ? PARANÁ. 2013. (Encontro).

I Simpósio de Estudos Urbanos - desenvolvimento regional e dinãmica ambiental.VIDAS MULTILADAS: REFLEXÕES SOBRE A DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DO PARQUE DO LAGO EM CAMPO MOURÃO/PR. 2011. (Simpósio).

V Encontro de Pesquisa em Educação "Ecoformação: a educação na teia da complexidade".Natureza, vida e evolução: algumas reflexões sobre o Homem e a natureza em Henri Bergson. 2011. (Encontro).

7 EPAST. 2010. (Encontro).

V Encontro de Produção Científica e Tecnológica. 2010. (Encontro).

III Semana Científica do UNILASALLE - III Mostra de Trabalhos.Conflito ambiental como um conflito existencial: a difícil relação entre uma comunidade de pescadores e a natureza. 2007. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Ana Cláudia Maccagnan Beckhauser

PAROLIN, Eloisa S. P.PAROLIN, M.; MONTEIRO, M. R.. Estudo das mudanças ambientais no município de Ubiratã, Paraná, por meio da história de vida dos moradores que vivem na região a mais de 60 anos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná.

Aluno: Lucinéia Hyrycena

PAROLIN, M.PAROLIN, Eloisa S. P.. Mudança ambientais nas bacias hidrográficas Água km 123 e 128, Campo Mourão/ Paraná, baseado na história de vida dos moradores. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná.

PAROLIN, Eloisa S. P.. Teste seletivo para professor temporário - História, Metodologia e Técnica de Pesquisa. 2010. Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão.

PAROLIN, Eloisa S. P.. Teste seletivo para professor temporário História da Cultura e da Arte. 2008. Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão.

PAROLIN, Eloisa S. P.. Teste seletivo para professor temporátrio - História da Cultura e da Arte. 2007. Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Luzia Marta Bellini

PAROLIN, E. S. P.;BELLINI, L. M.. Natureza em Esquecimento: a Memória como Instrumento para a Recuperação da História das Relações entre o Homem e o Ambiente. 2001. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Luzia Marta Bellini

BELLINI, L. M.; RODRIGUES, Liliana; TÔHA, Fábio Amodêo Lansac. A imanência do conflito: natireza e existência entre os moradores de Porto Rico, Paraná.. 2006. Tese (Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Luzia Marta Bellini

BELLINI, L. M.; RODRIGUES, Liliana; TÔHA, Fábio Amodêo Lansac. A imanência do conflito: natureza e existência entre os moradores de Porto Rico, Paraná.. 2006. Tese (Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Jozimar Paes de Almeida

ALMEIDA, J. P.. O silêncio das Araucárias: Memória e esquecimento da natureza em um grupo de moradores da microbacia hidrográfica do Rio do Campo. 2001. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Jozimar Paes de Almeida

BELLINI, Luzia Marta;ALMEIDA, J. P.; SOCHODOLAK, H.; TOHA, Fábio Amodeo Lansac; RODRIGUES, Liliana. Conflito Ambiental e Conflito Existencial na comunidade de pescadores de Porto-Rico - Paraná. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Liliana Rodrigues

BELINI, Luzia Marta; SOCHODOLAK, Hélio; ALMEIDA, Jozimar Paes de; TÔHA, Fábio Amodêo Lansac;RODRIGUES, L.. Conflito ambiental e conflito existencial na comunidade dos pescadores de Porto Rico - Paraná. 2007. Tese (Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Liliana Rodrigues

BELLINI, Luzia Marta;RODRIGUES, L.; TÔHA, Fábio Amodêo Lansac. A imanência do conflito: natureza e existência entre os moradores de Porto Rico, Paraná. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Fabio Amodeo Lansac Toha

BELLINI, Luzia Marta;LANSAC-TOHA, F. A.; SOCHODOLAK, Hélio; ALMEIDA, Jozimar Paes de; RODRIGUES, Liliana. Conflito ambiental e conflito existencial na comunidade dos pescadores de Porto Rico - Paraná. 2007. Tese (Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Fabio Amodeo Lansac Toha

BELLINI, Luzia Marta;LANSAC-TOHA, F. A.; RODRIGUES, Liliana. A imanência do conflito: natureza e existência entre moradores de Porto Rico, Paraná. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Fabio Amodeo Lansac Toha

BELLINI, Luzia Marta; RODRIGUES, Liliana;LANSAC-TOHA, F. A.. Natureza em esquecimento: a memória como instrumento para a recuperação da história das relações entre o homem e a natureza. 2001. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Alberto Gawryszewski

GAWRYSZEWSKI, A.. O silêncio das araucárias: Memória e esquecimento da natureza em um grupo de moradores da microbacia hidrográfica do Rio do Campo. 2001. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Hélio Sochodolak

SOCHODOLAK, Hélio.; ALMEIDA, J. P.; BELLINI, L. M.; TOHA, F. A. L.; RODRIGUES, L.. Conflito ambiental e conflito existencial na comunidade dos pescadores de Porto Rico - Paraná. 2007. Tese (Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Lucas Fernandes dos Santos

Um estudo da legislação de agrotóxicos no Brasil (1989-2019); Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná; (Orientador);

Mário Sérgio de Souza Alencar

Representação social dos moradores do entorno da menor estação ecológica do Brasil; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Pós-Graduação em Geografia, Meio Ambiente e Ensino) - Universidade Estadual do Paraná; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Lucinéia Hyrycena

A concepção de natureza de um grupo de moradores da zona rural no quadro das mudanças ambientais recentes no município de Campo Mourão, Paraná; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Pós-Graduação em Geografia, Meio Ambiente e Ensino) - Universidade Estadual do Paraná; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Sidival Antonio Calderan

A ASTRONOMIA NOS LIVROS DIDÁTICOS DE GEOGRAFIA DO ENSINO FUNDAMENTAL; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação em Geografia, Meio Ambiente e Ensino) - Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Mario Sergio Souza De Alencar

Avaliação da Densidade Vegetacional dos Remanescentes de Cerrado na Cidade de Campo Mourão/PR/Brasil; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Ana Cláudia Maccagnan Bekhauser

Estudo das mudanças ambientais nos últimos 60 anos em Ubiratã, Paraná, por meio da história de vida dos moradores do município; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Lucinéia Hyrycena

Mudança ambientais nas bacias hidrográficas Água km 123 e 128, Campo Mourão/ Paraná, baseado na história de vida dos moradores; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Eduarda do Couto Adam

Morfologia Fitolítica dos gêneros Bromelia e Dyckia (Bromeliaceae) presentes em Campo Mourão; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Mayra Stevanato

Morfologia dos fitólitos e pólen da Família Cyperaceae; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Fabiane Avanzi Rezende

O cultivo de organismos geneticamente modificados no município de Barbosa Ferraz, Paraná (2005-2015); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Produção Agroindustrial) - Universidade Estadual do Paraná; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Ana Cláudia Maccagnan Beckhauser

Avaliação das condições de tempo atmosférico nos últimos 50 Anos a partir da história de vida dos produtores rurais do Município de Ubiratã, Paraná; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual do Paraná; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Tatiana Ferri Ribeiro

A NATUREZA NO CONTEXTO JURÍDICO BRASILEIRO: UM ESTUDO DAS IMPLICAÇÕES FILOSÓFICAS E AMBIENTAIS DO NOVO CÓDIGO FLORESTAL; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Rodrigo Barozi

O CONCEITO DE CULTURA E EVOLUÇÃO NO PENSAMENTO DE EDGAR MORIN; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Dilaine Alves Almeida

A VIDA COMO OBJETO: UM ESTUDO SOBRE OS ANIMAIS NA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL BRASILEIRA; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Rodrigo Barozi

Biotecnologia e segurança alimentar: o consumo de alimentos transgênicos em Campo Mourão - PR; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Sidival Antonio Calderan

Um Estudo do Confronto Paradigmático acerca da Origem do Universo; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão; Orientador: Eloisa Silva de Paula Parolin;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Luzia Marta Bellini

O Silêncio das Araucárias: Memória e Esquecimento da Natureza em um Grupo de Moradores da Microbacia Hidrográfica do Rio do Campo; 2001; 0 f; Dissertação (Mestrado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá,; Orientador: Luzia Marta Bellini;

Luzia Marta Bellini

Conflito ambiental e conflito existencial na comunidade de pescadores de Porto Rico - Paraná; 2007; Tese (Doutorado em Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Luzia Marta Bellini;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PAROLIN, Eloisa S. P. ; BELLINI, L. M. . O SILÊNCIO DAS ARAUCÁRIAS: MEMÓRIA E ESQUECIMENTO DA NATUREZA EM UM GRUPO DE MORADORES DA MICROBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DO CAMPO. Boletim de Geografia (UEM) , v. 28, p. 137-156, 2010.

  • PEREIRA, J. S. R. ; PAROLIN, M. ; PAROLIN, Eloisa S. P. ; VILLWOCK, F. H. . Mudanças Socioambientais no Município de Engenheiro Beltrão, Paraná - com base na histporia de vida e documentos de época. 1. ed. Campo Mourão: Editora da Fecilcam, 2019. v. 1. 169p .

  • COLAVITE, A. P. (Org.) ; PAROLIN, Eloisa S. P. (Org.) ; MASSOQUIM, N.G. (Org.) . Geografia, Espaço e Sociedade: uma análise plural. 1. ed. Campo Mourão: Editora da Fecilcam, 2015. 204p .

  • PAROLIN, M. ; STEVANATO, M. ; STEVAUX, J. C. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Caracterização paleoambiental com base em espículas de esponjas e fauna espongológica atual das lagoas Dos 32 e Linda - sudeste do Mato Grosso do Sul. In: Nelson Vicente Lovatto Gasparetto; Marta Luzia de Souza. (Org.). Ambientes Naturais: dinâmica e evolução. 1ed.Maringá: PGE Editora, 2018, v. 1, p. 98-112.

  • PAROLIN, Eloisa S. P. ; BELLINI, L. M. . Natureza e existência na história de vida dos pescadores de Porto Rico, Estado do Paraná. In: Ana Paula Colavite; Eloisa silva de Paula Parolin; Nair Gloria Massoquim. (Org.). Geografia, Espaço e Socidade: uma análise plural. 1ed.Campo Mourão: Editora da Fecilcam, 2015, v. , p. 54-84.

  • PAROLIN, Eloisa S. P. . Conde de Buffon: um retrato da história natural às vésperas da Revolução Francesa. In: Fábio Amodêo Lansac Tôha; Evanilde Benedito; Edson Fortes de Oliveira. (Org.). Contribuições da História da Ciência e da Teorias Ecológicas para a Limnologia. Maringã: Eduem, 2009, v. , p. 203-215.

  • PAROLIN, Eloisa S. P. . A ética na pesquisa científica. In: Ana Cristina Teodoro da Silva; Luzia Marta Bellini. (Org.). Métodos e técnicas de pesquisa em educação. Maringá: Eduem, 2005, v. EAD 2, p. 21-42.

  • PAROLIN, Eloisa S. P. ; PAROLIN, M. . Vidas mutiladas: reflexões sobre a degradação ambiental do Parque do Lago em Campo Mourão/PR. In: I Simpósio de Estudos Urbanos - desenvolvimento regional e dinãmica ambiental, 2011, Campo Mourão. I Simpósio de Estudos Urbanos, 2011.

  • ALMEIDA, D. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A natureza no contexto jurídico brasileiro: um estudo das implicações filosóficas e ambientais do novo Código Florestal. In: XXIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2014, Londrina. XXIII Encontro Anual de Iniciação Cientifica, 2014.

  • REZENDE, F. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . O cultivo dos organismos geneticamente modificados no município de Barbosa Ferraz, Paraná (2005-2015). In: II Encontro Anual de Iniciação Cientifica da Unespar, 2016, Paranavai. II Encontro Anual de Iniciação Cientifica da Unespar, 2016.

  • BECKHAUSER, A. C. M. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Avaliação das condições de tempo atmosférico nos últimos 50 Anos a partir da história de vida dos produtores rurais do Município de Ubiratã, Paraná. In: IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade, 2014, Campo Mourão. IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade, 2014.

  • BAROZI, R. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . O conceito de cultura e evolução no pensamento de Edgar Morin. In: IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade, 2014, Campo Mourão. IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade, 2014.

  • ALMEIDA, D. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A natureza no contexto jurídico brasileiro: um estudo das implicações filosóficas e ambientais do novo Código Florestal. In: IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade, 2014, Campo Mourão. IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade, 2014.

  • SANTOS, S. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A vida como objeto: um estudo sobre os animais na Legislação Ambiental Brasileira. In: IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade, 2014, Campo Mourão. IX EPCT Encontro de Produção Científica e Tecnológica - Tecnologias e Universidade, 2014.

  • ALMEIDA, D. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A vida como objeto: um estudo sobre os animais na legislação ambiental Brasileira. In: VIII Encontro de Produção Cientifica e Tecnológica, 2013, Campo Mourão. VIII Encontro de Produção Cientifica e Tecnológica, 2013.

  • BAROZI, R. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . O conceito de cultura e evolução no pensamento de Edgar Morin. In: VIII Encontro de Produção Cientifica e Tecnológica, 2013, Campo Mourão. VIII Encontro de Produção Cientifica e Tecnológica, 2013.

  • RIBEIRO, T. F. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A natureza no contexto jurídico brasileiro: um estudo das implicações filosóficas e ambientais do novo Código Florestal. In: VIII Encontro de Produção Cientifica e Tecnológica, 2013, Campo Mourão. VIII Encontro de Produção Cientifica e Tecnológica, 2013.

  • BAROZI, R. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Biotecnologia e segurança alimentar: o consumo de alimentos transgênicos em Campo Mourão/Paraná. In: VIII Encontro de Produção Cientifica e Tecnológica, 2013, Campo Mourão. VIII Encontro de Produção Cientifica e Tecnológica, 2013.

  • CALDERAN, S. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . um estudo do confronto paradigmático acerca da origem do universo. In: V EPCT - Encontro de Produção Científica e Tecnológica, 2010, Campo Mourão. V EPCT, 2010.

  • CALDERAN, S. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Um estudo do confronto paradigmático acerca da origem do Universo. In: 7 Encontro Paranaense de Atronomia, 2010, Londrina. 7° EPAST, 2010.

  • PAROLIN, Eloisa S. P. ; BELLINI, L. M. . Memória e conflito existencial na construção das relações entre os pescadores de Porto Rico, Paraná e o seu meio ambiente. In: VII Encontro Maringaense de Biologia - XX Semana da Biologia, 2005, Maringá. ADAPEC Arquivos, 2005. v. 1. p. 75-75.

  • PAROLIN, Eloisa S. P. ; PAROLIN, M. . O mito do desenvolvimento sustentável. In: III SEMANA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2002, Campo Mourão. III SIC/ I EPEEx, 2002. p. 71-71.

  • ALMEIDA, D. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A natureza no contexto jurídico brasileiro: um estudo das implicações filosóficas e ambientais do novo Código Florestal. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SANTOS, S. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A vida como objeto: um estudo sobre os animais na Legislação Ambiental Brasileira. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • BECKHAUSER, A. C. M. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Avaliação das condições de tempo atmosférico nos últimos 50 Anos a partir da história de vida dos produtores rurais do Município de Ubiratã, Paraná. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • BAROZI, R. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . O conceito de cultura e evolução no pensamento de Edgar Morin. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • RIBEIRO, T. F. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A natureza no contexto jurídico brasileiro: um estudo das implicações filosóficas e ambientais do novo Código Florestal. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • ALMEIDA, D. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . A vida como objeto: um estudo sobre os animais na legislação ambiental Brasileira. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • BAROZI, R. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Biotecnologia e segurança alimentar: o consumo de alimentos transgênicos em Campo Mourão/Paraná. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • BAROZI, R. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . O conceito de cultura e evolução no pensamento de Edgar Morin. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • PAROLIN, Eloisa S. P. ; PAROLIN, M. . Vidas mutiladas: reflexões sobre a degradação ambiental do Parque do Lago em Campo Mourão/PR. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • PAROLIN, Eloisa S. P. ; BELLINI, L. M. . um estudo do confronto paradigmático acerca da origem do universo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CALDERAN, S. A. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Um estudo do confronto paradigmático acerca da origem do Universo. 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • PAROLIN, Eloisa S. P. ; PAROLIN, M. . O mito do desenvolvimento sustentável. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PAROLIN, M. ; CRISPIM, J. Q. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Plano de Manejo da Estação Ecológica do Cerrado Profa. Diva Aparecida Camargo. 2017.

PAROLIN, Eloisa S. P. ; PAROLIN, M. . Avaliação da área da ponte do rio Ivaí BR 317. 2016.

PAROLIN, M. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Relatório de vistoria em aterro sanitário no Município de Godoy Moreira. 2016.

PAROLIN, Eloisa S. P. . XXIII EAIC. 2014.

PAROLIN, Eloisa S. P. . VIII Encontro de Produção Científica e Tecnológica. 2013.

PAROLIN, Eloisa S. P. . I Simpósio de Estudos Urbanos: análise regional e dinâmica ambiental. 2011.

PAROLIN, M. ; PAROLIN, Eloisa S. P. . Recuperação de fontes iconográficas da região de Campo Mourão. 2014; Tema: Recuperação de fontes inconográficas. (Site).

COLAVITE, A. P. ; PAROLIN, Eloisa S. P. ; MASSOQUIM, N.G. . Geografia, Espaço e Sociedade: uma análise plural. 2015. (Editoração/Livro).

PAROLIN, Eloisa S. P. . Epistemologia da Educação Ambiental. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PAROLIN, Eloisa S. P. . Epistemologia da Educação Ambiental. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PAROLIN, Eloisa S. P. ; PAULA, E. S. . As bases neurobiológicas da memória: um diálogo entre Henri-Louis Bergson (1859-1941) e Alexander Romanovich Luria (1902-1977). 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PAROLIN, Eloisa S. P. . Charles Darwin (1809-1882) e a Teoria que revolucionou o Pensamento Biológico. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PAROLIN, Eloisa S. P. . Epstmologia da Educação Ambiental. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PAROLIN, Eloisa S. P. . Introdução à História das Ciências Ambientais. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PAROLIN, Eloisa S. P. . Capitalismo e globalização: o mundo contemporâneo (1989/1999). 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Lamarck e Darwin: vitalismo, finalismo e acaso nas origens do pensamento evolucionista, Descrição: A pesquisa tem como objetivo principal analisar a concepção de acaso e de finalidade, respectivamente, no pensamento evolucionista dos naturalistas Charles Darwin e Jean Baptiste Pierre Antoine de Monet, Cavaleiro de Lamarck, bem como a influência da escola vitalista na Teoria da Evolução lamarckiana. Em um sentido mais estrito, propõe-se discorrer sobre o contexto científico que marcou o surgimento das teorias evolucionistas de Lamarck e Darwin no século XIX, e avaliar as implicações científicas e filosóficas da Teoria da Evolução de Darwin e do finalismo lamarckiano na concepção de vida presente no pensamento biológico dos principais arquitetos da Teoria Sintética da Evolução, no neovitalismo, e na ontologia bergsoniana da primeira metade do século XX. A realização desta pesquisa envolve um conjunto de procedimentos metodológicos que compreende o levantamento das referências indispensáveis à elaboração do trabalho final e o seu respectivo fichamento, e a etapa de reflexão sobre o material coletado e à produção do texto final destinado a publicação. A análise dos textos clássicos dos principais autores selecionados para esse estudo exige a percepção do texto científico e filosófico como uma estrutura móvel e aberta, construída a partir de regras que podem ser discutidas e sujeitas à constantes reinterpretações; e, ao mesmo tempo, requer um trabalho de desconstrução histórica capaz de romper os limites do produto aparentemente final, para, voltar-se sobre sua edificação, buscando reconhecer nela todos os elementos que a compuseram, seus tijolos e argamassas, ferros retorcidos e mesmo no material de acabamento, identificar aqueles a quem os autores deveram em grande parte a elaboração de suas reflexões. O trabalho de interpretação de texto é também uma atividade de fazer-pensar que se inscreve na pesquisa histórica, mais propriamente de um fazer-pensar da História e da Filosofia da Ciência, ou seja, a sua leitura-interpretação se realiza em um contexto histórico específico. Neste sentido, o trabalho de compreensão dos pressupostos teóricos e metodológicos que fundamentaram as teorias evolutivas de Lamarck e Darwin não poderia se realizar somente com a utilização dos métodos da História da Ciência, mas, igualmente, com o auxílio da Hermenêutica, em especial da Hermenêutica ricoueuriana, imprescindível também em estudos de Filosofia da Biologia.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Coordenador.

  • 2016 - 2019

    Análise da ocorrência de Cerrado no estado do Paraná, considerações paleoambientais, nível de antropização atual e indicação de novas áreas para fins de preservação, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mauro Parolin em 26/04/2016., Descrição: A pesquisa analisará a ocorrência de vegetação de Cerrado no estado do Paraná (municípios de Arapoti, Campo Mourão, Cianorte, Jaguariaiva, Sabáudia, Sengés e Tuneiras do Oeste). Será estabelecido dois focos de análises: i) paleoambiental: com base em datações absolutas (14C ou Luminescência Opticamente Estimulada - LOE), determinações isotópicas δ13C (estabelecimentos de plantas com ciclo fotossintético C4 ? gramíneas ou C3 ? predomínio de árvores ou gramíneas com característica C3) e recuperação de fitólitos (corpos micrométricos de sílica biogênica precipitados ao longo da vida das plantas em seus tecidos, células e entre as células) de solo ou sedimentos turfosos nos municípios com remanescentes de cerrado, estabelecendo considerações paleoambientais e paleoclimáticas; ii) o nível de antropização sofrido pela vegetação de Cerrado nos municípios indicando novas áreas de preservação. Para obtenção do primeiro objetivo serão realizadas trincheiras em solos e testemunhos de sondagem em planícies aluviais/depósitos lacustres, as determinações isotópicas e datações serão realizadas em laboratórios credenciados no Brasil ou Estados Unidos. A recuperação e identificação dos fitólitos será executada no Laboratório de Estudos Paleoambientais da Fecilcam/UNESPAR/Campus de Campo Mourão. Os resultados irão mostrar o nível de mudança ambiental sofrida pela vegetação desde o final do Pleistoceno e durante o Holoceno, servindo como base para o entendimento e estabelecimentos de processos de conservação de preservação do Cerrado. O nível de antropização será avaliado com base no levantamentos e determinação de espécies do Cerrado (Herbário HCF/Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e análises de imagens orbitais com posterior mapeamento das reservas legais que possuam remanescentes de vegetação e a condição de preservação desses remanescentes. Os resultados poderão auxiliar o poder público no estabelecimentos de novas áreas de preservação de vegetação de Cerrado. Considerando que este tipo de vegetação é visto por muitos pesquisadores como uma vegetação relictual, o estabelecimento de novas áreas de preservação permanente ou unidades de conservação poderão gerar aos municípios estudados uma nova forma de captação de recursos financeiros via ICMs ecológico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Integrante / Mauro Parolin - Coordenador / Jefferson Queiroz Crispim - Integrante / Ana Paula Colavite - Integrante.

  • 2015 - 2018

    Elã ou Ilusão Vital? Uma Análise da Concepção de Vida e de Natureza na Lei nº 11.105/2005 - Lei de Biossegurança, Descrição: A pesquisa que propomos realizar tem como objetivo principal analisar a concepção de vida e de natureza presentes no texto da Lei nº 11.105/2005, Lei de Biossegurança, de 24 de Março de 2005. Em um sentido mais estrito, procuraremos reconstruir o processo histórico que conduziu à promulgação da Lei de Biossegurança, analisando o contexto científico que marcou os debates em relação à liberação do cultivo, comercialização e consumo de organismos geneticamente modificados (OGMs) no Brasil, bem como a liberação da pesquisa com células-tronco embrionárias. Como objetivo específico, também propomos a análise da trajetória do debate jurídico brasileiro sobre Biossegurança, comparando o seu desenvolvimento com o de países europeus como França, Inglaterra e Alemanha (Direito Ambiental Comparado). O conjunto de procedimentos metodológicos a serem adotados compreende o levantamento das referências necessárias à elaboração do trabalho final e o seu respectivo fichamento, levantamento da legislação brasileira e europeia relacionada à Biossegurança (OGMs e células tronco-embrionárias), e a interpretação das leis selecionadas para o estudo. Na interpretação do texto da Lei de Biossegurança, e de outras a ela relacionadas, incluindo a legislação europeia, faremos recurso à Hermenêutica, em especial a Hermenêutica de Paul Ricoeur, e na etapa da pesquisa relacionada à reconstrução do processo histórico que levou à promulgação da Lei 11.105/2005, todas as fontes obtidas também serão analisadas com a orientação metodológica da ciência histórica, relacionada especificamente à interpretação de documentos escritos. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Coordenador.

  • 2014 - 2017

    Melhoria da qualidade da água através da técnica de recuperação e proteção de nascentes em pequenas propriedades agrícolas no município de Campina da Lagoa - PR, Descrição: Projeto para melhoria da qualidade de vida dos agricultores familiares através de técnicas de saneamento ambiental... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Integrante / Jefferson Queiroz Crispim - Coordenador / SANDRA TEREZINHA MALYSZ - Integrante / JOSÉ ANTONIO DA ROCHA - Integrante., Financiador(es): Fundação Nacional de Saúde - Presidência - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2015

    Paleambientes e paleoclimatologia da Região Sul e Centro-Ocidental Paranaense: a utilização de fontes hitóricas na investigação das mudanças climáticas pretéritas e atuais, Descrição: A pesquisa que estamos realizando tem como objetivo principal a investigação das condições paleoambientais e paleoclimáticas da região sul e centro-ocidental paranaense por meio de fontes históricas, e em um sentido mais estrito, analisar e estabelecer relações entre os dados históricos e microbiológicos (pólen, espículas de esponjas e fitólitos), comparando-os com dados climatológicos de estações meteorológicas de superfície. A pesquisa propõe ainda de forma específica a constituição de uma Base de Dados com as informações científicas adquiridas durante a investigação. Concomitantemente ao levantamento das fontes documentais, serão realizadas entrevistas com dez moradores que se encontram há mais de cinquenta anos nas regiões envolvidas na pesquisa. Na elaboração das fontes orais faremos recurso aos procedimentos teóricos e metodológicos da história oral.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Coordenador / Ana Cláudia Maccagnan Beckhauser - Integrante / Isabel Ferreira de Souza - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2013 - 2014

    A NATUREZA NO CONTEXTO JURÍDICO BRASILEIRO: UM ESTUDO DAS IMPLICAÇÕES FILOSÓFICAS E AMBIENTAIS DO NOVO CÓDIGO FLORESTAL, Descrição: Nas sociedades ocidentais, distintas concepções de natureza, ou mesmo discussões sobre o lugar que o homem ocupa entre os demais seres vivos no Planeta, podem ser observadas no decorrer da história. Intimamente ligadas às atitudes dos homens em relação ao meio natural, estas concepções podem ser verificadas também nas ciências e na Filosofia. Neste sentido, em nossa pesquisa nos propomos a investigar a concepção de natureza presente no texto do Novo Código Florestal, disposto pela Lei nº 12.651 de 25 de maio de 2012, analisando as implicações filosóficas e ambientais advindas para a sociedade brasileira com a sua promulgação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Coordenador / Tatiana Ferri Ribeiro - Integrante., Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - 2014

    A VIDA COMO OBJETO: UM ESTUDO SOBRE OS ANIMAIS NA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL BRASILEIRA, Descrição: Nos últimos cento e cinquenta anos, o desenvolvimento das ciências naturais não permitiu que a concepção dominante de natureza, na qual os homens não são considerados como parte integrante do meio natural, fosse superada. Como esta concepção também está presente no contexto jurídico brasileiro, nos propomos a investigar na história da legislação ambiental brasileira a forma como os animais são concebidos no discurso jurídico, buscando verificar neste ínterim o processo de formação do imaginário coletivo, marcado, em alguns aspectos, pela cisão entre o homem e os demais seres vivos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Coordenador / Dilaine Alves Almeida - Integrante.

  • 2013 - 2014

    O CONCEITO DE CULTURA E EVOLUÇÃO NO PENSAMENTO DE EDGAR MORIN, Descrição: Ainda que a pesquisa sobre a evolução das espécies pertença, em princípio, às ciências biológicas, foi na Antropologia que surgiram abordagens muito originais sobre este tema, principalmente, a que fora desenvolvida por Edgar Morin. Segundo o pesquisador francês, no processo de evolução biológica do homem, a natureza e a cultura se constituíram em dois elementos indissociáveis, ou, de uma forma mais ampla, em duas importantes ?dimensões?. Neste sentido, nossa pesquisa tem como objetivo principal investigar a teoria da evolução humana proposta por Edgar Morin, analisando o papel desempenhado pela cultura, considerada por este autor como um sistema capaz de gerar complexidade, no processo que levou ao surgimento do homo sapiens.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Coordenador / Rodrigo Barozi - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Evolução paleoambiental e paleoclimática da região de Campo Mourão com base na recuperação de fitólitos, determinação delta 13C, razão C/N e fontes históricas., Descrição: Serão obtidos testemunhos de sondagens em turfeiras na bacia do rio Água dos Papagaios e rio Ranchinho em Campo Mourão ? PR (24º02?S e 52º23?W). A região já foi palco da presença de vegetação de Cerrado com mais de 100km2 (restando hoje pequenas manchas e uma área preservada de 1 hectare) a área constitui-se em um ecotono, tendo ao sul a Floresta Ombrófila Mista e ao norte a Floresta Estacional Semidecidual, sendo, portanto importante o entendimento e levantamento da gênese dessa configuração vegetacional. A extração de fitólito será executada via HCl (10%) (eliminação de carbonatos) e aquecimento com KOH (10%). Aplicar-se-á o método de separação entre as substâncias inorgânicas e orgânicas através de solução aquosa de ZnCl2 com densidade de 2g/cm3 (executado no LEPAFE). Serão contados 200 fitólitos por lâmina e calculados os seguintes índices: a) Densidade da Cobertura Arbórea ? com base na relação dicotiledôneas lenhosas e Poaceae; b) Adaptação à aridez (%) com base na relação (saddle/[saddle + cross + bilobate short cell] x 100); c) Estresse hídrico (%) (bulliform/[short cells + acicular + bulliform] x 100; d) Índice climático (%), através da proporção entre os fitólitos de gramínea C3 e C4. Os resultados serão avaliados em conjunto com os dados geocronológicos obtidos via datação 14C e fotossintéticos (C3 e C4), determinados por meio dos isótopos estáveis de carbono presentes na matéria orgânica do solo, mais especificamente o δ13C e δ15N). Concomitante a essas avaliações, será determinada a composição florística de áreas de interesse (ecotonais), sendo o material identificado em herbário (HCF ? UFPR). Das espécies identificadas será determinada sua composição fitolítca, esta composição será comparada com os percentuais de fitólitos recuperados de sedimentos superficiais em relação à floristica da área. Não obstante, como se trabalhará com sedimentos superficiais, faz-se também importante o agrupamento e o resgate de dados históricos (fotos, entrevista. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Integrante / Mauro Parolin - Coordenador / Marcelo Galeazzi Caxambu - Integrante / Mayara dos Reis Monteiro - Integrante / Leandro Domingos Luz - Integrante / João Claudio Alcantara dos Santos - Integrante., Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2015

    Significado paleoambiental de depósitos turfosos na região de Campo Mourão com base em fitólitos, δ13C, δ15N e razão C/N, Descrição: a) Determinar a origem, distribuição e a idade (14C) dos sedimentos turfosos na região de Campo Mourão. b) Determinar os fatores que controlaram sua formação. c) Determinar a espessura e a composição dos depósitos turfosos. d) Quantificar e identificar os fitólitos presentes no sedimento. e) Estabelecer os valores de δ13C e δ15N do sedimento. f) Obtido os objetivos anteriores, determinar as condições paleoambientais e paleoclimáticas da região. g) Correlacionar os dados com outros já estabelecidos para o Brasil. h) Determinar a composição florística de áreas preservadas e.g. Estação Ecológica do Cerrado de Campo Mourão/PR, Reserva das Perobas Tuneiras do Oeste/PR (Floresta Estacional Semidecidual) e Estação Ecológica Municipal de Luiziana (área de transição); i) Estabelecer dados e condições ambientais com base em fontes históricas (documentos, entrevistas,fotos, entre outros).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Integrante / Mauro Parolin - Coordenador / Marcelo Galeazzi Caxambu - Integrante / Mayara dos Reis Monteiro - Integrante / José Cândido Stevaux - Integrante / Giliane Géssica Rasbold - Integrante / João Claudio Alcantara dos Santos - Integrante / Isabel Ferreira de Souza - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2013

    BIOTECNOLOGIA E SEGURANÇA ALIMENTAR: O CONSUMO DE ALIMENTOS TRANSGÊNICOS EM CAMPO MOURÃO ? PARANÁ, Descrição: A biotecnologia, aliada à agricultura, sempre se apresentou como uma alternativa para promover a melhoria da qualidade dos alimentos. Entretanto, a produção de organismos geneticamente modificados (OGMs) e a sua inserção na indústria alimentícia têm provocado uma série de controvérsias entre a população. Neste cenário, marcado pelo desenvolvimento biotecnológico aplicado à produção de alimentos, é possível observar que o consumidor raramente é convidado a debater sobre as implicações destas ?inovações? em sua vida. Neste sentido, esta pesquisa objetivou verificar o conhecimento do consumidor da cidade de Campo Mourão, Paraná, sobre os OGMs, procurando analisar como este conhecimento, ou desconhecimento, influencia na escolha do produto que será consumido.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Coordenador / Rodrigo Barozi - Integrante.

  • 2011 - 2014

    PALEOAMBIENTES E PALEOCLIMATOLOGIA DO ESTADO DO PARANÁ, Descrição: Os estudos sobre mudanças climáticas pretéritas constituem um grande desafio, uma vez que a reconstituição tem como base interpretativa dados proxy (pólen, espículas de esponjas, fitólitos, isótopos de carbono na matéria orgânica do solo, documentos históricos, entre outros) e datações absolutas. No Estado do Paraná os estudos sobre mudanças climáticas são recentes. As primeiras interpretações paleoambientais baseadas em datações absolutas (14C) foram apresentadas por Bigarella (1971), indicando climas semiáridos nas regiões tropicais e subtropicais brasileiras em épocas de expansão glacial quaternária. Segundo o autor, ciclos menores de oscilação climática foram constatados dentro dos grandes ciclos glaciais, conferindo ao clima do Quaternário, regimes oscilatórios com flutuações climáticas. Stevaux & Parolin (2010) realizaram uma síntese do período Quaternário do Estado do Paraná constatando cerca de uma dúzia de artigos sobre reconstituição climática e ambiental no Estado, e, a maioria deles concentrada na região litorânea. Diante do exposto o presente projeto procura agregar dados que possibilitem entender a dinâmica climática pretérita e atual, baseado no estudo de bioindicadores ambientais (pólen, espículas de esponjas e fitólitos) presentes em sedimento (retirado de áreas turfosas, lagos/lagoas, planícies de inundação, entre outros) e datações absolutas. Para entender os processos mais recentes fará uso de fontes históricas como fotos, documentos oficiais, cartas, entrevistas, entre outros. Tais estudos levantarão e de certa forma responderão entre outras questões: a) Qual a evolução paleoambiental e paleoclimática da região central e norte do Paraná? A evolução dos campos e florestas no Estado? c) Qual o nível de preservação ambiental e biodiversidade do passado em comparação com condições ambientais atuais? As respostas possibilitarão a correlação paleoclimática de outras áreas do Brasil, salientando que, o Estado do Paraná é um dos que mais carecem de tais. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Eloisa Silva de Paula Parolin - Integrante / Mauro Parolin - Coordenador / Marcelo Galeazzi Caxambu - Integrante / Mayara dos Reis Monteiro - Integrante / Leandro Domingos Luz - Integrante / Jefferson Queiroz Crispim - Integrante / Sidney Kuerten - Integrante / José Cândido Stevaux - Integrante / Giliane Géssica Rasbold - Integrante / Luiz Carlos Ruiz Pessenda - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão, Coordenação Geral de Ensino, Departamento de Ciências Sociais. , Av. Comendador Noberto Marcondes, 733, Centro, 87303-100 - Campo Mourao, PR - Brasil, Telefone: (44) 35181880, Ramal: 238, Fax: (44) 35181880, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 1997 - 1998

    Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenadora, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Coordenadora do Curso de Especialização em História: O Ensino de História no Fim do Século XX

  • 1992 - Atual

    Universidade Estadual do Paraná

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Disciplinas - Fundamentos Teóricos e Epistemológicos da Educação Ambiental - Antropologia Social - Filosofia da Ciência - História Contemporânea Professora do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Geografia, Meio Ambiente e Ensino - Lecionando a disciplina de Epistemologia da Educação Ambiental