Erica Cristina Ferreira

Bióloga, Bacharel em Biologia Marinha, licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Fluminense. Mestrado Strito Sensu em Dinâmica dos Oceanos e da Terra, especialidade em Poluição Marinha (UFF), parte do mestrado foi desenvolvido na Alemanha e financiado pela Instituição GEOMAR - Helmholtz Centre for Ocean Reserch Kiel, onde permaneci por 4 meses para realização das analises químicas, estatísticas e divulgação científica. Com os resultados obtidos no meu trabalho de mestrado foi produzido um artigo publicado na revista Marine Pollution Bulletin (2015). Tenho experiência em Monitoramento Ambiental participando de diversos projetos e programas ambientais no CENPES ? Petrobras. Particularmente desenvolvi um curso que foi aplicado a toda a força de trabalho, com objetivo de esclarecimento sobre destinação de resíduos e cuidados a serem tomados ao administrar materiais contaminados; Experiência diversificada na área de educação no ensino médio e ensino fundamental, atuando como professora de Ciências e Biologia; Experiência de pesquisa em bancada de laboratório: purificação, extração de compostos químicos, coordenação de equipe. Profissional engajada na área de pesquisa tecnológica, capacitada a elaborar e executar projetos, assim como emitir relatórios técnicos. Tese de mestrado intitulada POLUIÇÃO POR MICROPLÁSTICOS EM SEDIMENTOS MARINHOS: IMPACTOS SOBRE O CARANGUEJO UCA RAPAX. Esta pesquisa foi resultado de um trabalho realizado em um projeto de âmbito global, financiado pela Instituição de Pesquisa Alemã GEOMAR (GAME - Global Approach by Modular Experiments). Este projeto foi realizado em 8 diferentes países ao mesmo tempo (Brasil, Chile, Finlândia, Indonésia, Portugal, México, Japão e Inglaterra). Microplásticos (partículas plásticas menores que 5 mm) estão se acumulando nos sedimentos marinhos e têm o potencial de prejudicar o desenvolvimento de invertebrados marinhos. Este trabalho teve o objetivo de investigar como a ingestão dessas partículas em combinação com poluentes orgânicos persistentes (POPs) absorvidos, afeta o desenvolvimento do caranguejo Uca rapax, e se esta ingestão interfere na sua sobrevivência. A laguna de Itaipu, habitat natural do caranguejo, é um ambiente que sofre grande influência antrópica. O caranguejo ingeriu o microplástico presente no sedimento e o acumulou em diferentes órgãos. Os resultados demonstraram que o plástico provocou efeitos negativos em seu crescimento e sobrevivência de maneira geral. Ponderando sobre a entrada dos poluentes na cadeia alimentar e sua magnificação trófica considero que a poluição ambiental deve ser tratada como uma questão de saúde pública.

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Dinâmica dos Oceanos e da Terra

2012 - 2014

Universidade Federal Fluminense
Título: ?Poluição por microplásticos em sedimentos marinhos: impactos sobre o caranguejo Uca rapax ?.,Ano de Obtenção: 2014
Orientador: em Helmholtz Centre for Ocean Research Kiel ( Mark Lenz)
com Dr. Bernardo Antonio Perez da Gama.Coorientador: Erwan Plouguerné. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.

Graduação em Ciências Biológias - Bacharelado Biologia Marinha

2006 - 2010

Universidade Federal Fluminense
Título: ATIVIDADE ANTI-HERBIVORIA E ANTI-INCRUSTANTE DE DUAS ALGAS VERMELHAS DO ATOL DAS ROCAS, RN, BRASIL
Orientador: Prof. Dr. Bernardo Antonio Perez da Gama
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2010 - 2010

Introdução à Geologia Marinha. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2010 - 2010

Elementos de Maricultura. (Carga horária: 45h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2010 - 2010

Micropaleontologia Marinha. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2010 - 2010

Avaliação de Impactos Ambientais. (Carga horária: 45h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2009 - 2009

Química Ambiental. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2008 - 2008

Conservação e Manejo de Ecossistemas Marinhos. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2008 - 2008

Produtos Naturais Marinhos. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2007 - 2007

Resposta ao derramamento de óleo no mar. (Carga horária: 10h). , HU - UFSC, HU - UFSC, Brasil.

2006 - 2006

Ecologia e conservação de manguezais. (Carga horária: 8h). , Fundação Euclides da Cunha de Apoio Institucional a UFF, FUNAG, Brasil.

2003 - 2003

Conservação de áreas úmidas na zona costeira. (Carga horária: 5h). , VI Congresso de Ecologia do Brasil, CEB, Brasil.

2002 - 2002

Recuperação de áreas degradadas. , Educação e Ação Ambiental, IETEC, Brasil.

1999 - 1999

Técnicas de abate e utilização da madeira. , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Poluição Marinha.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Ecologia Química Marinha.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Ecologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IUCN Mangrove Symposium.Users' perceptions on mangrove services and protected area in the Amazon. 2017. (Simpósio).

XII Congresso Brasileiro de Ficologia. Atividade Anti-incrustante e Anti-herbivoria de algas vermelhas do Atol das rocas, RN, Brasil. 2010. (Congresso).

XX Seminário de Iniciação Científica - Prêmio UFF Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia.Resistência e resiliência ao estresse salino de populações de moluscos bivalves provenientes de ecossistemas pristinos e impactados.. 2010. (Seminário).

II Congresso Brasileiro de Biologia Marinha. 2009. (Congresso).

XII Congresso Latino-Americano das Ciências do Mar. 2007. (Congresso).

III Semana de Biologia e II Dia da Educação Ambiental. 2006. (Outra).

VI Congresso de Ecologia do Brasil. 2003. (Congresso).

V Conferência Latino-Americana sobre Meio Ambiente. 2002. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Antonio Carlos Leite de Mattos Gonzales

FERREIRA, E. C.; FIORI, C. S.; CABRAL, U. G.. A íntima relação com os microplásticos: emissao de fragmentos através de ações domésticas. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Veiga de Almeida.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ivete Antonia de Miranda Oliveira

OLIVEIRA, I. A. M.; FERNANDES, A. M. C.. Artigo Científico. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis.

Leonardo Martha de Souza Lima

da Gama, BAP; Villaça, RC; Plouguerné, E;SOUZA-LIMA, Leonardo Martha. Atividade anti-herbivoria e anti-incrustante de algas vermelhas do Atol das Rocas, RN, Brasil. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

Roberto Campos Villaça

GAMA, Bernardo Peres da;VILLAÇA, R. C.. Atividade anti-herbivoria e anti-incrustante de algas vermelhas do Atol das Rocas, RN, Brasil. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

Bianca Navarro Marinho Meireles

Fernanda Serpa CardosoSimone Rocha SalomãoEllen Serri da MottaMEIRELES, B. N. M.. A utilização do laboratório de ciências como instrumento de iniciação em química e física. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

José Antônio Baptista Neto

BAPTISTA NETO, J. A.; BISI, T.; COSTA, T.; GAMA, B. A. P.. Poluição por microplásticos em sedimentos marinhos: impactos sobre o caranguejo Uca Rapx. 2014. Dissertação (Mestrado em Dinâmica dos Oceanos e da Terra - DOT) - Universidade Federal Fluminense.

Erwan Plouguerné

DA GAMA, B. A. P.; VILLAÇA, R.; PLOUGUERNÉ, E.; de Souza Lima, L. M.. Atividade anti-herbivoria e anti-incrustante de algas vermelhas do Atol das Rocas, RN, Brasil. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biologicas) - Universidade Federal Fluminense.

Fernanda Serpa Cardoso

Salomão, S.; MOTTA, E. S.; Navarro, Bianca;Cardoso, Fernanda Serpa. A Utilização do Laboratório de Ciências como Instrumento de Iniciação em Química e Física. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

Bernardo Antonio Perez da Gama

DA GAMA, BERNARDO; BAPTISTA NETO, J. A.; COSTA, T. M. M.; BISI, T.. Poluição por microplásticos em sedimentos marinhos: impactos sobre o caranguejo Uca rapax. 2014. Dissertação (Mestrado em Dinâmica dos Oceanos e da Terra) - Universidade Federal Fluminense.

Bernardo Antonio Perez da Gama

DA GAMA, B. A. P.; LIMA, L. M. S.;PLOUGUERNE, E.Villaça, R.C.. Atividade anti-herbivoria e anti-incrustante de algas vermelhas do Atol das Rocas, R.N., Brasil. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Erwan Plouguerné

Abundância de microplásticos no sedimento de diversas praias do município de Niterói (RJ, Brasil); Efeitos sobre Uca rapax; Início: 2012; Dissertação (Mestrado em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense; (Coorientador);

Fernanda Serpa Cardoso

A Utilização do Laboratório de Ciências como Instrumento de Iniciação em Química e Física; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Fernanda Serpa Cardoso;

Odara Horta Boscolo

Práticas Laboratoriais para Gimnosperma e Angiospermas; 2011; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Odara Horta Boscolo;

Bernardo Antonio Perez da Gama

Poluição por microplásticos em sedimentos marinhos: impactos sobre o caranguejo Uca rapax; 2014; Dissertação (Mestrado em Dinâmica dos Oceanos e da Terra) - Universidade Federal Fluminense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Bernardo Antonio Perez da Gama;

Bernardo Antonio Perez da Gama

Atividade anti-herbivoria e anti-incrustante de algas vermelhas do Atol das Rocas, R; N; , Brasil; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Bernardo Antonio Perez da Gama;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BRENNECKE, DENNIS ; FERREIRA, ERICA C. ; COSTA, TARSO M.M. ; APPEL, DANIEL ; DA GAMA, BERNARDO A.P. ; LENZ, MARK . Ingested microplastics (>100μm) are translocated to organs of the tropical fiddler crab Uca rapax. Marine Pollution Bulletin. , v. 96, p. 491-495, 2015.

  • SOARES, A. M. M. ; REIS, A. G. ; ALBERNAZ, A. L. G. ; FERNANDES, C. R. ; SOBRAL, B. ; FERREIRA, E. C. ; PORTO, I. S. ; SAUTHIER, M. ; BORGES NETO, R. S. . Poluição marinha: uma questão de saúde pública. In: André Marcelo M. Soares. (Org.). Conhecimento & Sociedade 6. 1ed.Rio de Janeiro: Real Engenho, 2016, v. 6, p. 07-144.

  • FERREIRA, E. C. . Microplásticos: impactos sobre a vida marinha. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FERREIRA, E. C. ; BRENNECKE, D. ; PLOUGUERNE, E. ; LENZ, M. ; GAMA, B. P. . Poluição por microplásticos em sedimentos marinhos: impactos sobre o caranguejo Uca Rapax. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FERREIRA, E. C. ; C., Cesconetto ; GAMA, B. P. . Atividade anti-herbivoria e anti-incrustante de duas algas vermelhas doAtol das Rocas, RN, Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • XAVIER, E. A. ; FERREIRA, E. C. ; GAMA, B. P. . Resistência e resiliência ao estresse salino de populações de moluscos bivalves proveniestes de ecossistemas pristinos e impactados. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2012 - 2014

    POLUIÇÃO POR MICROPLÁSTICOS EM SEDIMENTOS MARINHOS: IMPACTOS SOBRE O CARANGUEJO UCA RAPAX, Descrição: Microplásticos (partículas plásticas menores que 5 mm) estão se acumulando nos sedimentos marinhos e têm o potencial de prejudicar o desenvolvimento de invertebrados bentônicos depositívoros. Este estudo teve o objetivo de investigar como a ingestão dessas partículas em combinação com poluentes orgânicos adsorvidos, como o fenantreno, afeta o desenvolvimento do caranguejo Uca rapax, e se esta ingestão interfere na habilidade do animal sobreviver sob hipoxia. A laguna de Itaipu é um ambiente que sofre grande influência antrópica e Uca através de sua alimentação diminui o impacto da poluição. O caranguejo ingeriu o microplástico presente no sedimento e o acumulou em diferentes órgãos. Os resultados demonstraram que o plástico provocou efeitos negativos em seu crescimento e sobrevivência de maneira geral.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Erica Cristina Ferreira - Integrante / Bernardo Perez da Gama - Coordenador / Erwan Plouguerné - Integrante.

  • 2009 - 2011

    ATIVIDADE ANTI-HERBIVORIA E ANTI-INCRUSTANTE DE DUAS ALGAS VERMELHAS DO ATOL DAS ROCAS, RN, BRASIL, Descrição: Nos ambientes coralíneos geralmente a estrutura de comunidade macroalgácea é determinada pela ação de consumidores. As algas por sua vez podem desenvolver estratégias de defesas, sejam elas morfológicas ou químicas que minimizem a ação desses herbívoros e até mesmo contra epibiontes. Sabe-se que as algas vermelhas constituem um grupo bastante expressivo na produção de substâncias ecologicamente ativas e em locais onde a pressão de herbivoria é intensa, como os recifes de corais, essas algas são bem defendidas. No entanto são poucos os estudos de ecologia química realizados em recifes biológicos brasileiros, principalmente aqueles que ocorrem em ilhas oceânicas, onde a ecologia de espécies ainda é pouco compreendida. O objetivo deste estudo foi testar as atividades anti-herbivoria e anti-incrustante de duas algas vermelhas (Rhodophyta), Gelidiopsis sp e Bryothamnion triquetrum, provenientes da Reserva Biológica do Atol das Rocas (RN, Brasil). As algas foram coletadas em julho de 2009 e os extratos orgânicos foram feitos em diclorometano:metanol a 2:1. Os extratos foram testados em concentrações naturais contra o ouriço-do-mar Lytechinus variegatus, contra a lebre-do-mar Aplysia sp e contra juvenis do mexilhão incrustante Perna perna. No teste contra consumidores os extratos das algas foram incorporados a alimentos artificiais (tratamentos), sendo oferecido juntamente com os controles sobre uma malha quadriculada padronizada. Os experimentos foram realizados à noite, quando os organismos são mais ativos, e duraram cerca de 6 horas. Nos resultados obtidos contra L. variegatus, o extrato de Gelidiopsis sp inibiu significativamente a herbivoria, enquanto que o extrato de B. triquetrum não apresentou atividade contra consumidores, sendo na verdade significativamente mais preferido em relação ao controle. Quando o mesmo teste foi realizado contra Aplysia sp o extrato de Gelidiopsis sp foi menos consumido do que o controle. No teste contra P. perna foram utilizados 30 indiv. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Erica Cristina Ferreira - Coordenador / Bernardo Perez da Gama - Integrante / Cesconetto - Integrante.

  • 2009 - 2010

    RESISTÊNCIA E RESILIÊNCIA AO ESTRESSE SALINO DE POPULAÇÕES DE MOLUSCOS BIVALVES PROVENIENTES DE ECOSSISTEMAS PRISTINOS E IMPACTADOS, Descrição: A introdução de espécies exóticas em ecossistemas marinhos se tornou mais frequente nos últimos séculos devido ao maior tráfego de navios e à prática de aquicultura. Em paralelo, mudanças climáticas globais estão alterando regimes ambientais em todo o planeta. Uma interação entre estes dois processos pode afetar a estrutura de comunidades em ambientes costeiros, introduzindo novas espécies e simultaneamente modificando a hierarquia competitiva entre organismos nativos e invasores. Em um estudo empírico, esta dissertação investigou o desempenho de dois bivalves de costão rochoso sob estresse salino: o mexilhão nativo Perna perna e o bivalve invasor Isognomon bicolor. A variação gênica destes bivalves também é avaliada buscando um entendimento de como esta se relaciona com a origem do animal e sua tolerância ao estresse. Experimentos medindo a mortalidade e o desvio da taxa respiratória sob estresse hipossalino não mostram diferenças expressivas entre o desempenho do nativo e do invasor. Populações das duas espécies também apresentaram valores semelhantes e altos de polimorfismo, heterozigosidade e número médio de alelos. Mudanças nos padrões naturais de precipitação influenciariam portanto as duas espécies de maneira semelhante. Estes resultados falham tanto em corroborar ou invalidar uma relação entre o desempenho das espécies sob estresse e suas diversidades genotípicas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Erica Cristina Ferreira - Coordenador / Bernardo Perez da Gama - Integrante / Renato Crespo Pereira - Integrante / Eduardo de Almeida Xavier - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal Fluminense, Instituto de Biologia. , Outeiro São João Batista, Centro, 24020150 - Niterói, RJ - Brasil, Telefone: (21) 26291630

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - 2017

    Leibniz-Zentrum für Marine Tropenforschung

    Vínculo: Pesquisador convidado, Enquadramento Funcional: Pesquisador Convidado, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Durante o ano de 2017 tive a oportunidade de realizar um projeto em parceria com o Leibniz-Zentrum für Marine Tropenforschung em Bremen, que desenvolve atividades como o monitoramento científico de ecossistemas marinhos tropicais e ambientes costeiros em um contexto biológico, ecológico e socioeconômico. Este trabalho teve o objetivo de entender o uso da comunidade local de duas reservas extrativistas localizadas no Pará, no município de Bragança. Para a realização de projetos de engajamento eficientes para a conservação de manguezais, é crucial entender como os habitantes locais percebem e valorizam os mangues e os serviços prestados. Portanto, nosso estudo avaliou as percepções dos usuários locais sobre os serviços ecossistêmicos de manguezais. Este estudo foi apresentado em um congresso internacional de especialistas mangues, o IUCN Mangrove Symposium 2017 (Bremen, Alemanha) com o título: "Users' perceptions on mangrove services and protected area in the Amazon".

  • 2013 - 2014

    Helmholtz Centre for Ocean Research Kiel

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrado Acadadêmico, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Mestrado Acadêmico realizado em parceria com a referida Instituição de Pesquisa Alemã.

  • 2012 - Atual

    Universidade Federal Fluminense

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrado Acadadêmico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Mestrado Acadêmico financiado pela CAPES no Programa de Pós-Graduação em Dinâmica dos Oceanos e da Terra da UFF.

  • 2007 - 2010

    Universidade Federal Fluminense

    Vínculo: Aluna de graduação, Enquadramento Funcional: aluna de iniciação a pesquisa, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2009 - 2009

    Universidade Federal Fluminense

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio de complementação educacional, Carga horária: 10

    Atividades

    • 04/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biologia, .,Linhas de pesquisa

  • 2003 - 2004

    Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguêz de Mello

    Vínculo: Estágiária, Enquadramento Funcional: Estágiário de nível superior, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estágio realizado na gerência de SMS ? Segurança, Meio Ambiente e Saúde, especificamente na área de Meio Ambiente, onde realizei as seguintes atividades: participação no Programa de Ecoeficiência do CENPES; participação no Projeto de Gerenciamento de Resíduos; participação nos Projetos de Reúso de Água; contribuição para o desenvolvimento do Projeto de Compostagem; participação no Sistema de Gestão da Unidade; contribuição para a implantação do Projeto de Educação Ambiental; além das rotinas diárias de atendimento aos empregados, elaboração de relatórios, atas de reunião, elaboração de eventos internos visando à capacitação da força de trabalho.

  • 2009 - 2009

    Voltaire

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Monitora de Biologia, Carga horária: 10

  • 2008 - 2009

    Jardim EscolaTia Tereza

    Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Trabalho junto ao ensino fundamental, ministrando aulas de Ciências para turmas do 6º ao 9º ano. Experiência em aulas práticas em laboratório, oficinas (reciclagem, ecologia, biologia marinha), feira de ciências, visitas à museus e outras atividades complementares.

  • 2001 - 2001

    FUNDAÇÃO PARQUES E JARDINS

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Trabalho realizado no Horto da Taquara realizando o catálogo de todas as espécies arbóreas e ornamentais do horto, além da manutenção de parques e jardins da cidade.

  • 1999 - 1999

    Fundação Rio-zoo

    Vínculo: Estagio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Trabalho realizado junto com a área de arquitetura realizando um projeto paisagístico local, com finalidade de revitalização da área.

  • 1998 - 1998

    Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

    Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estágio realizado no Viveiro de Mudas Florestais, aprendenso técnicas de germinação e plantio de espécies florestais.