Monica Rosas da Costa Iemma

Docente no Programa de Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Química Medicinal da Universidade de Araraquara (PPGB-MRQM/UNIARA) responsável pelas disciplinas Biologia Celular e Biologia Molecular e Seminários Gerais. Atua como coordenadora do Programa de divulgação científica BiotechNews da Radio UNIARA, e coordenadora do Laboratório de Ensaios Celulares e Engenharia Regenerativa (LECER ) do Grupo Quimmera. Na área de pesquisa orienta alunos de Mestrado e Iniciação Científica na produção de fatores osteoindutores recombinantes humano, por clonagem molecular para a funcionalização e celularização de biomateriais como suportes biológicos para os estudos in vitro da reparação do sistema musculoesquelético. Trabalha com ensaios celulares para caracterização citotóxica de biomateriais e de moléculas alvo com atividade anti tumoral e anti bacteriana. Graduada em Educação Física (Bacharelado e Licenciatura) pela Faculdade de Educação Física de São Carlos (1993); Mestre em Ciências Fisiológicas pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Fisiológicas -PPG-DCF /UFSCar -bolsista CAPES (1997) . Doutora em Ciências pelo PPG-DCF /UFSCar, bolsista FAPESP (2002), com Doutorado sanduíche na School of Medicine, Department of Physiology na Temple University, Filadélfia, Pensilvania. Pós doutoramento com bolsa FAPESP (2004-2007 ) e CNPQ (2008-2009) no Laboratório de Bioquímica e Biologia Molecular no Departamento de Engenharia Química da UFSCar . Pós Doutorado com bolsa CNPQ-INCT/INBEQMedi (2010-2013) no Laboratório de Bioquímica Estrutural e Funcional do Departamento de Química da UFSCar.

Informações coletadas do Lattes em 26/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciências Fisiológicas

1998 - 2002

Universidade Federal de São Carlos
Título: Metaloproteases-desintegrinas de venenos de serpente: purificação e expressão heteróloga e interação com a integrina alfa 2 beta1
Orientador: Heloísa Sobreiro Selistre de Araújo
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: expressão; Clonagem; purificação.Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Produtos e Processos Biotecnológicos Vinculados À Saúde Humana Ou dos Animais.

Mestrado em Ciências Fisiológicas

1993 - 1997

Universidade Federal de São Carlos
Título: Estudo Morfofuncional do Músculo Soleus e Extensor Digital longo em ratas ovariecotmizadas submetidas ao treinamento físico,Ano de Obtenção: 1997
Sérgio Eduardo de Andrade Perez.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências da Saúde

Graduação em Educação Física

1988 - 1992

Escola de Educação Física de São Carlos

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2010 - 2013

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular / Especialidade: Clonagem.

2008 - 2009

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular / Especialidade: Expressão Bacteriana. , Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Molecular e de Microorganismos / Especialidade: Clonagem.

2004 - 2007

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Engenharias, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Molecular e de Microorganismos / Especialidade: Clonagem. , Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Molecular e de Microorganismos/Especialidade: Clonagem.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular/Especialidade: Expressão Bacteriana.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

A. C. Amaral ; Trovati, E. ; IEMMA, Mônica Rosas da Costa ; NOGUEIRA, F. R. . Feira de Ciências - "Ciência na Escola". 2019. .

M. R. C. Iemma ; FALONI, A. P. ; GILENO, M. C. ; DINIZ, J. ; NARDY, O. ; Trovati, E. ; MARCONDELLI, A. C. B. ; FORMARIZ, T. . I Simpósio Comitê de Ética no Uso de Animais. 2018. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

V Reunião Sobre Argilas Aplicadas.Empreendedorismo: Do design de projetos científicos a validação de ensaios biológicos.. 2019. (Encontro).

XIV CIC UNIARA. Avaliador dos trabalhos de alunos Bolsistas PIBIC. 2019. (Congresso).

I Forum Nacional de Pós Graduações em Biotecnologia.Production of a recombinant human BMP-2 (rhBMP-2) to functionalization of biopolymers in bone repair.. 2016. (Outra).

XI Congresso de Iniciação Científica. OTIMIZAÇÃO DA PRODUÇÃO E PURIFICAÇÃO DA BMP-2 RECOMBINANTE HUMANA. 2016. (Congresso).

XI Congresso de Iniciação Científica da UNIARA. Ação da BMP-2 (Bone Morphogenetic Protein) recombinante humana no Suporte de PLA em estrutura 3D celularizado. 2016. (Congresso).

XI Congresso de Iniciação Científica da UNIARA. Comunicação Oral. 2016. (Congresso).

Workshop sobre tecnologias tridimensionais. 2015. (Outra).

SHEB XVII Simpósio Nacional de Fermentações.Produção de lípase BTL2 de Bacillus thermocatenulatus em E. coli recombinante. 2009. (Simpósio).

XVII Simpósio Nacional de Bioprocessos.Atividade e Estabilidade da Lipase BTL2 de B. thermocatenulatus em E. coli. 2009. (Simpósio).

XVII Simpósio Nacional de Bioprocessos.Perfil Metabólico de Pichia pastoris Durante a Expressão Constitutiva de -amilase de Bacillus subtilis?. 2009. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Nádia Andrade Aleixo

NOGUEIRA, F. R.;IEMMA, Mônica Rosas da Costa; FURTADO, R. A.. Avaliação da Atividade antimicrobiana citotóxica, antiproliferativa e mutagênica do complexo de cobre (II) naniencapsulado em matrizes poliméricas. 2020. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Ana Carolina Franco Severo Martelli

MARQUES NOVO, MARIA TERESA; DA SILVA, ADILSON JOSÉ;DA COSTA IEMMA, MÔNICA ROSAS. Caracterização funcional parcial de duas proteínas recombinantes de Xanthomonas citri potencialmente relacionadas com a patogenicidade: malato desidrogenase (XAC1006) e proteína hipotética conservada (XAC0223). 2019. Dissertação (Mestrado em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Juliana Alves Rodrigues

SOUZA, D. H. F.IEMMA, Mônica Rosas da Costa; BATISTA, A. N. L.. Obtenção e caracterização de uma Lacase amarela recombinante de Leucoagaricus gongylophorus?. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Química-UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Juliana Gomes Rodrigues

SOUZA, D. H. F.; BATISTA, A. N. L.;IEMMA, MONICA ROSAS DA COSTA. Obtenção e Caracterização de uma Lacase amarela recombinante de Leucoagaricus gongylophorus. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Química-UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: André Marcon

SOUZA, D. H. F.; FADINI, P. S.;IEMMA, MONICA ROSAS DA COSTA. Avaliação do Mosto Fermentativo de Leveduras Provenientes de Cervejarias e Otimização do Processo de Autólise Industrial. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Química-UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Vilson Donizete Matias

MONTREZOR, L. H.;IEMMA, MONICA ROSAS DA COSTA; DORNELLES, R. C. M.. Efeitos do Treinamento de força sobre a dinâmica óssea em ratas induzidas á síndrome do ovário policístico. 2018. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Anne Lee Fares de Queiroz

Shiguemoto, G E;IEMMA, M.R.C.; CORNACHIONE, A. S.. Efeito da ovariectomia e do treinamento resistido nos parâmetros hemodinâmicos e na função mitocondrial do rim e do ventrículo esquerdo de rata. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pos-graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Ana Lucia Colange

DA COSTA IEMMA, MÔNICA ROSAS; Micocci, K.C.; NOGUEIRA, F. R.. Produção da BMP-2 recombinante de humano (rhBMP-2) para funcionaização de biopolímeros em reparo ósseo. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Cecília Tardivo Marin

Shiguemoto, G E; CORNACHIONE, A. S.;IEMMA, M.R.C.. O treinamento resistido, a restrição calórica e a associação de ambos alteram a expressão gênica de marcadores da biogênese e dinâmica mitoondrial do musculo esquelétiico de ratas ovariectomizadas. 2016. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Juliana Rossini

Shiguemoto, G E; CORNACHIONE, A. S.;IEMMA, M.R.C.. A ovariectomia promove disfunção mitocondrial em neurônios do cortex pré frontal e em fibras musculares do músculo vasto lateral. Existe uma relação central entre dinapenia e Sarcopenia? O treinamento resistido é capaz de reverter a disfunção mitocondrial provocada pela ovariectomia e prevenir a Dinapenia e Sarcopenia?. 2016. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Terezinha Aparecida de Almeida

Fernandes, K.P.S;IEMMA, M.R.C.; MESQUITA-FERRARI, R. A.. Efeito dos lasers vermelho e infravermelho sobre a ativação das células resonsáveis pelo direcionamneto do reparo muscular. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências da Reabilitação) - Universidade Nove de Julho.

Aluno: Erika Cássia Barroso Batista

Fernandes, K.P.S;IEMMA, M.R.C.; MESQUITA-FERRARI, R. A.. Migração de Células Precursoras miogênicas sobre a influência de sobrenadantes de macrófagos irradiados com laser de baixa potência. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências da Reabilitação) - Universidade Nove de Julho.

Aluno: Cíntia Regina Sargo

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Aperfeiçoamento das condições de cultivo em alta densidade de E.coli recombinante com Glicerol como fonte de carbono. 2011. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Ana Maria Velez

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; TORRES, F. A.;GIORDANO, Raquel de Lima Camargo. Estudo da Expressão da lipase recombinante BTL2 em Escherichia coli. 2008. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Renata Tieko Oguri

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; GIORDANO, Profa. Raquel de Lima Camargo; OGURI, R. T.. Estudo das condições operacionais na produção de penicilina G acilase por diferentes microrganismos. 2006. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Michelle Barbosa Soares

Parizotto, N.A.;IEMMA, M.R.C.; ANDRADE, P. R.; FERRARESI, C.; MARCOS, R. L.. Efeitos da Fotobiomodulação (660nm) isolada ou associada a dermocosméstico a base de urucum no fotoenvelhecimento: um estudo experimental controlado e duplo-cego. 2020. Tese (Doutorado em Fisioterapia) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Taís Marolato Danilucci

H.S. Selistre- de-AraújoIEMMA, MONICA ROSAS DA COSTA; COMINETTI, M. R.; Rodrigues, GJ. Atividade anti-angiogênica da Disba-01, uma desintegrina recombinante de Bothrops alternatus. 2018. Tese (Doutorado em CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UFSCAR - UNESP/ARARAQUARA) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Graziéle Fernanda deriggi Pisani

H.S. Selistre- de-Araújo; Wang, C.C.; Shiguemoto, G E;IEMMA, M.R.C.; Matiello, S.M.. Efeitos do treinamento resistido na morfologia e propriedades de ossos e marcadores de remodelamento de matriz extracelular em modelo de ratas ovariectomizadass. 2016. Tese (Doutorado em CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UFSCAR - UNESP/ARARAQUARA) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Vanderlei Aparecido de Lima

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Produção de mutantes de Streptomyces clavuligerus por disrupção nos genes lat e cvm7P, por inserção e replicação do gene rpoZ e o estudo de seus efeitos sobre a produção de ácido clavulânico.. 2011 - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Cynthia Aparecida de Castro

Rodrigues, GJ;IEMMA, M.R.C.; LEAL, A. M. O.. Effects of three differents exercises protocols in the vaspin and omentin inflammatory profilevand insulin resitance in experimental model of type 2 diabetes mellitus. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Estatística) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Sérgio do Amaral

Bezerra Cass; CARDOSO, C. L.;IEMMA, M.R.C.. Fosfoenolpiruvato Carboxiquinase Imobilizada: Novos Modelos de Triagem de Ligantes por cromatografia de bioafinidade. 2015 - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Ana María Vélez Escallón

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Produção de penicilina G acilase de Bacillus megaterium por Bacillus megaterium recombinante. 2011 - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Kelli Cristina Micocci

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Análise da expressão e do papel da ADAM9 humana na capacidade invasiva de células tumorais por silenciamento gênico. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Caroline Krieger de Moraes

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; D.H.F. Souza. Effects of rACLF, a recombinant snake venom metallopeptidase on cell viability, chemokyne expression and degradation of extracellular matrix proteins. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Vanessa Ribeiro de Souza

GIORDANO, Profa. Raquel de Lima Camargo;IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Produção e Purificação de Penicilina Acilase por diferentes microorganismo. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUIMICA - UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Nádia Andrade Aleixo

NOGUEIRA, F. R.;IEMMA, Mônica Rosas da Costa; CAMARGO, M. S.. Screening da atividade antiproliferativa e citotóxica in vitro de compostos de coordenação dependentes do metal. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Cristiane Michele Alves de Oliveira

Trovati, E.;IEMMA, Mônica Rosas da Costa; VICTORINO, K. R.. Produção de membrana barreira para regeneração óssea guiada com zeína. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Eduardo Donato Alves

MONTREZOR, L. H.;IEMMA, Mônica Rosas da Costa; ANDREO, B. G. C.. Fotobiomodulação com laser de baixa intensidade em ratas wistar adultas induzidas á síndorme do ovário policístico: estudos in vivo e in vitro. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Tatiana Oliveira Passos de Araujo

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; ARAUJO, A. S. G.; ALTEI, W. F.. Efeitos do Treinamento aeróbio no conteúdo da proteína utrofina e nas propriedades contráteis do músculo tibial anterior de camundongos mdx: modelo experimental da Distrofia Muscular de Duchenne. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UFSCAR - UNESP/ARARAQUARA) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Osmar José´Ferreira

Parizotto, N.A.;IEMMA, MONICA ROSAS DA COSTA; PRETEL, H.. Reparação ossea em tíbia de ratos com laser 660nm: aplicação local versus irradiação transcutânea na corrente sanguínea (T.I.L.B). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Miguel Renato Reviriego Saciloto

IEMMA, MONICA ROSAS DA COSTA; A. C. Amaral; FALCAI, M. J.. O Efeito da Estimulação com corrente elétrica contínua sobre diferentes linhagens celulares. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Juliana Gomes Rodrigues

SOUZA, D. H. F.IEMMA, MONICA ROSAS DA COSTA; BATISTA, A. N. L.. Obtenção e caracterização de uma enzima recombinante de Leucoagaricus gongylophorus, uma possível lacase amarela. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Química-UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Marina Araújo Neves

RODRIGUES, P. D. G. J.;IEMMA, M.R.C.; Tomasin, R.. Antitumor effects of the biphosphine ruthenium complex on triple-negative breast cAncer cells. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UFSCAR - UNESP/ARARAQUARA) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Ana Lucia Colange

IEMMA, M.R.C.; Micocci, K.C.; Trovati, E.. Produção da BMP-2 recombinante de humano (rhBMP-2) para funcionalizaçaõ de biopolímeros em reparo ósseo. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Camila do Vale Gomes Gatto

Iemma, M. Alterações da expressão gênica e proteica de VEGF e angiogenese no tecido adiposo de ratas ovariectomizadas submetidas ao treinamento. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Cíntia Regina Sargo

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Cultivos de alta densidade de rE. Coli com glicerol como fonte de carbono. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia Química) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: : Thaís Portantiolo Corrêa

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Estudo dos parâmetros cinéticos do sistema Bac-to-Bac (Invitrogen) para produção de proteínas recombinantes. 2011 - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Sandra Fernandes Suarez

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Avaliação da Expressão Transiente do gene da glicoproteína do virus da raiva (RGVP) em células de inseto da linhagem drosophia melanogaster S2. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Mariana Alves Rios

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; AQUARONI, N. A. S.; Trovati, E.. Produção de hidrogel de celulose quimicamente modificado para bioimpressão. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Benedito Domingos Neto

CARVALHO, R. A.; GASTALDI, G. G. C.;IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Imobilização da rhBMP-2 na celulose quimicamente modificada (T0CNF e avaliação in vitro da proliferação e diferenciação celular. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade de Araraquara.

Aluno: Victória Barbosa Dell Agostinho

H.S. Selistre- de-AraújoIEMMA, M.R.C.; PEVIANI, S.. Estudo da Interação de Cèlulas de tumor de Mama MDA-MB-231 com a matriz extracelular de osteoblastos. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Guilherme Navarro Nilo

IEMMA, M.R.C.H.S. Selistre- de-AraújoSOUZA, D. H. F.. Análise no rendimento e gastos na expressão da proteína recombinante DisBa-01 em dois diferentes volumes de cultura. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Antonio Carlos Manucci Pereira Júnior

H.S. Selistre- de-AraújoIEMMA, M.R.C.. Análise da Expressão de Moléculas da Matriz extracelular por fibroblastos tratados com Disba-01, uma desintegrina RGD recombinante. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Raquel Paulini Miranda

DA SILVA, ADILSON;MARQUES NOVO, MARIA TERESAIEMMA, M.R.C.. Desenvolvimento em linhagens recombinantes de Salmonella typhimurim para produção de vacinas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: : Ana Carolina Ferreira Cardoso

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Clonagem e expressão dos domínios desintegrina e rico em cisteína (DC) da ADAM 9 (A Desintegrin and metalloproteinase ) humana em Pichia pastoris. 2011 - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Priscila Rodrigues Marques

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; D.H.S. Souza. O ponto de vista químico do processo de produção de biscoitos do tipo crackers. 2011 - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Beatriz Nogueira Messias de Miranda

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; D.H.S. Souza. Clonagem do gene TcPEPCK no vetor pET-28ª, que codifica a Expressão da Enzima Fosfoenolpiruvato carboxiquinase (PEPCK) de Trypanossoma cruzi, em E. coli.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Ariele Cristina Moreira

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; D.H.S. Souza. Produção e Análise de Moléculas biologicamente ativas oriundas de veneno de serpente. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Nabor Batista Costa Junior

IEMMA, Mônica Rosas da Costa; D.H.S. Souza. Bioinformática aplicada em estudos estruturais de desintegrinas. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Aline Zamboni Machado

IEMMA, Mônica Rosas da CostaH.S. Selistre- de-Araújo. Desenvolvimento de um método de identificação de células tumorais por fluorescência a receptores de adesão celular. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Gisele da Silva Simonetti

IEMMA, Mônica Rosas da Costa. Expressão e Purificação do Domínio desintegrina recombinante da ADAM9 humana e seus efeitos na adesão celular. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Silvia Naomi Soida Hirayama

IEMMA, Mônica Rosas da CostaH.S. Selistre- de-Araújo. Subclonagem e coexpressão das subunidades alfa ( ) e beta () de B. megaterium em E. coli. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Ana Cristina Vigliar Bondioli

IEMMA, Mônica Rosas da CostaH.S. Selistre- de-Araújo. Estudo de uma Metaloprotease/desintegrina do veneno da serpente Agkostrodon contortrix laticinctus: Desenvolvimanto de sistemas de expressão em cálulas de mamíferos. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Roberto Vilarta

Vilarta, Roberto. Estudo morfofuncional dos músculos soleus e Extensor Digital Longo em ratas intactas e ovariectomizadas submetidas ao treinamento aeróbico em esteira.. 1996. Dissertação (Mestrado em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Maria Célia Bertolini

BERTOLINI, M. C.. Matalloproteases-desintegrinas de venenos de serpente: purificação, expressão heteróloga e interação com a integrina alfa2beta1. 2002. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Dulce Helena Ferreira de Souza

SOUZA, D. H. F.. Endereçamento de proteínas e modificações pós-traducionais. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Heloisa Sobreiro Selistre de Araujo

IEMMA, Monica Rosas da CostaSELISTRE-de-ARAUJO, H. S.; SILVA, Ana Maria Moura da; ZINGALI, R.; BERTOLINI, M. C.; ARAUJO, A. P. U.. Metalloproteases-desintegrinas de venenos de serpente: Purificação, expressão heteróloga e interação com a integrina alfa2 beta1. 2002. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Otavio Henrique Thiemann

THIEMANN, O H. Metalloproteases-desintegrinas de venenos de serpente: Purificação, expressão heteróloga e interação com a integrina a2b1. 2002. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas e da Saúde) - Universidade Federal de São Carlos.

ANA MARIA MOURA DA SILVA

MOURA-DA-SILVA AM. Monica Rosas da Costa Iemma. 2002. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Russolina Benedeta Zingali

ZINGALI, R. B.. Matalloproteases desintegrinas de venenos de serpente: Purificação, expressão heteróloga e interação com a integrina a2B1.. 2002. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Camila Cristina Mora Reina

Avaliação in vitro dos efeitos da modificação de superfície de PLA tratado com CAP em células osteogênicas; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara; (Orientador);

Ingridy Alves Vieira

Imobilização da rhBMP-2 em Scaffold de Biovidro para aplicação em Medicina Regenerativa; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade de Araraquara; (Orientador);

Letícia Carvalho Baumann

Teste Kalanchoe Daigremontiana e Fibroblasto Humano; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade de Araraquara; (Orientador);

Miguel Renato Reviriego Saciloto

O Efeito da Estimulação com corrente elétrica contínua sobre diferentes linhagens celulares; 2019; Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Renata Aquino de Carvalho

VIABILIDADE ,IN VITRO, DO COMPÓSITO DE POLI(ÁCIDO LÁCTICO) E FIBRINA CELULARIZADO PARA USO EM MEDICINA REGENERATIVA ÓSSEA; 2017; Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara,; Coorientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Ana Lucia Colange

Produção da BMP-2 recombinante humana (rhBMP-2) para funcionalização de biopolímeros em reparo ósseo; 2017; Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Quimica Medicina) - Universidade de Araraquara, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Ana Maria Velez1

Produção de lípase BTL2 de Bacillus thermocatenulatus em E; coli recombinante; 2009; Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Ana Maria Velez

Expressão da lipase BTL2 em E; coli recombinante; 2008; Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Debora Maria Fonseca

Estudo das condições de eletroporação de Bacillus megaterium para produção da PGA recombinante; 2007; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Benedito Domingos Neto

Imobilização da rhBMP-2 na celulose quimicamente modificada (ToCNF) e avaliação in vitro da proliferação e diferenciação celular; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biomedicina) - Universidade de Araraquara; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Camila Cristina Mora Reina

FUNCIONALIZAÇÃO DE SCAFFOLDS DE PLA IMPRESSO EM ESTRUTURA 3D PARA APLICAÇÃO EM ENGENHARIA DE TECIDOS; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade de Araraquara, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Mariana Alves Rios

CELULARIZAÇÃO DA CELULOSE PARA MODELO DE REPARO ÓSSEO IN VITRO; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade de Araraquara, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Carlos Sabino de Oliveira

Otimização da Produção e Purificação da Proteína Morfogenética ossea 2 recombinante humana (rhBMP-2) para uso na medicina regenerativa; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade de Araraquara; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Camila Mora Reina

Ação da BMP-2 (Bone Morphogentic protein) recombinante humana no suporte de PLA em estrutura 3D celularizado com osteoblastos; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade de Araraquara; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Guilherme Keppe Zanini

Obtenção da enzima recombinante acetilcolinesterase da lagarta do cartucho-do-milho(Spodoptera frugiperda) para estudos estruturais; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Caio Almeida Batista de Oliveira

Desenvolvimento de metodologias para obtenção de uma Pectina Metilesterase recombinante do fungo simbionte de formiga cortadeira, Leucoagaricus gongylophorus; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Júlio César Gomes de Sousa Filho

EXPRESSÃO E CARACTERIZAÇÃO DA ORF XF0264 DO FITOPATÓGENO Xylella fastidiosa; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Beatriz Nogueira Messias de Miranda

Clonagem do gene TcPEPCK no vetor pET-28ª, que codifica a Expressão da Enzima Fosfoenolpiruvato carboxiquinase (PEPCK) de Trypanossoma cruzi, em E; coli; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Federal de São Carlos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Katia Celina Souza Correa

Desenvolvimento de experimentos para busca de inibidores da enzima fosfoenolpiruvato carboxiquinase (PEPCK) de Trypanosoma cruzi; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Caroindes Correa

Cristalização da enzima arginase de Leishmania amazonensis para estudos estruturais da molécula; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Alexandre Marques Crisol

Estudos da condição de eletroporação em Bacillus megaterium; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Silvia Naomi

Expressão e dimerizaçaõ in vivo das subunidades da PGA de Bacillus megaterium; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Ana Cristina Vigliar Bondioli

Estudo de uma metaloprotease/desintegrina do veneno da serpente Agkistrodon contortrix laticinctus: Desenvolvimento de sistema de expressão em células bacterianas e em células de mamíferos; 2002; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Mônica Rosas da Costa Iemma;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Sergio Eduardo de Andrade Perez

ESTUDO MORFOFUNCIONAL DOS MÚSCULOS SOLEUS E EXTENSOR DIGITAL LONGO EM RATAS INTACTAS E OVARIECTOMIZADAS SUBMETIDAS AO TREINAMENTO EM ESTEIRA; 1996; 0 f; Dissertação (Mestrado em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Sergio Eduardo de Andrade Perez;

Heloisa Sobreiro Selistre de Araujo

Metaloproteases-desintegrinas de venenos de serpente: Purificação, Expressão Heteróloga e interação com a integrina a2b1; 2002; 122 f; Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Heloisa Sobreiro Selistre de Araujo;

Raquel de Lima Camargo Giordano

Sub-Clonagem e expressão de penicilina G acilase de Bacillus megaterium em E; coli; 2004; Universidade Federal de São Carlos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Raquel de Lima Camargo Giordano;

Roberto De Campos Giordano

2008; Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Roberto de Campos Giordano;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MACHADO, L. G. ; CRUZ, S. A. ; RANGEL, E. C. ; NASSAR, E. J. ; IEMMA, Mônica Rosas da Costa ; ZAIDIVAR, M. P. ; BARUD, H. . Polylatic acid scaffolds obtained by 3D printing and modified by oxygen plasma. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM (Uniara) , v. 23, p. 97, 2020.

  • MENDES NUNES, DANIEL ; ROBERTO PESSATTO, LUCAS ; MUNGO, DANIEL ; JULIANO OLIVEIRA, RODRIGO ; MOREIRA DE CAMPOS PINTO, LEANDRO ; ROSAS DA COSTA IEMMA, MONICA ; FERNANDA ALTEI, WANESSA ; ANTONIO UTRERA MARTINES, MARCO ; PEREIRA DUARTE, ADRIANA . New complexes of usnate with lanthanides ions: La(III), Nd(III), Tb(III), Gd(III), synthesis, characterization, and investigation of cytotoxic properties in MCF-7 cells. INORGANICA CHIMICA ACTA , v. 1, p. 119546, 2020.

  • FURLAN, ROBERTO GUSTAVO ; CORRER, WAGNER RAPHAEL ; RUSSI, ANA FLAVIA COSTA ; DA COSTA IEMMA, MÔNICA ROSAS ; TROVATTI, ELIANE ; PECORARO, ÉDISON . Preparation and characterization of boron-based bioglass by solgel process. JOURNAL OF SOL-GEL SCIENCE AND TECHNOLOGY , v. 88, p. 181-191, 2018.

  • ZIMER, ALEXSANDRO MENDES ; MACHADO, MARIA MANUELA P ; JÚNIOR, LÁZARO JOSÉ DALLA COSTA ; IKE, PRISCILA TOMIE LEME ; IEMMA, MÔNICA R. C ; YAMAMOTO, CÍNTIA FUMI ; FERREIRA, CAUÊ FAVERO ; SOUZA, DULCE H. F ; DE OLIVEIRA, CAUÊ RIBEIRO ; PEREIRA, ERNESTO CHAVES . Optimized Porous Anodic Alumina Membranes for Water Ultrafiltration of Pathogenic Bacteria ( E. coli ). Journal of Nanoscience and Nanotechnology (Print) , v. 16, p. 6526-6534, 2016.

  • DE SOUSA, LORENA RAMOS FREITAS ; RAMALHO, SUELEM DEMUNER ; BURGER, MARCELA CARMEN DE MELO ; NEBO, LILIANE ; FERNANDES, JOÃO BATISTA ; DA SILVA, MARIA FÁTIMA DAS GRAÇAS FERNANDES ; IEMMA, Mônica Rosas da Costa ; CORRÊA, CAROINDES JULIA ; SOUZA, DULCE HELENA FERREIRA DE ; LIMA, MARIA INÊS SALGUEIRO ; VIEIRA, PAULO CEZAR . Isolation of Arginase Inhibitors from the Bioactivity-Guided Fractionation of Byrsonima coccolobifolia Leaves and Stems. Journal of Natural Products , v. 77, p. 392-396, 2014.

  • DE SOUSA, LORENA RAMOS FREITAS ; RAMALHO, SUELEM DEMUNER ; FERNANDES, JOÃO BATISTA ; DA SILVA, MARIA FÁTIMA DAS GRAÇAS FERNANDES ; IEMMA, M.R.C. ; Correa C ; SOUZA, D. H. F. ; LIMA, MARIA INÊS SALGUEIRO ; VIEIRA, PAULO CEZAR . Leishmanicidal galloylquinic acids are noncompetitive inhibitors of arginase. Journal of the Brazilian Chemical Society (Impresso) , v. 25, p. 1, 2014.

  • DA SILVA, ADILSON ; HORTA, ANTÔNIO CARLOS ; VELEZ, ANA ; IEMMA, MÔNICA ROSAS C ; SARGO, CÍNTIA ; GIORDANO, RAQUEL LC ; NOVO, MARIA TERESA M ; GIORDANO, ROBERTO C ; ZANGIROLAMI, TERESA . Non-conventional induction strategies for production of subunit swine erysipelas vaccine antigen in rE. coli fed-batch cultures. SpringerPlus , v. 2, p. 322, 2013.

  • VÉLEZ, ANA MARIA ; HORTA, ANTONIO CARLOS LUPERNI ; DA SILVA, ADILSON JOSÉ ; IEMMA, Mônica Rosas da Costa ; GIORDANO, Raquel de Lima Camargo ; ZANGIROLAMI, TERESA CRISTINA . Enhanced production of recombinant thermo-stable lipase in Escherichia coli at high induction temperature. Protein Expression and Purification (Print) , v. 90, p. 96-103, 2013.

  • SILVA, ADILSON JOSÉ ; COSTA IEMMA, MÔNICA ROSAS ; LUPERNI HORTA, ANTÔNIO CARLOS ; SARGO, CÍNTIA REGINA ; LIMA CAMARGO GIORDANO, RAQUEL ; CAMPOS GIORDANO, ROBERTO ; ZANGIROLAMI, TERESA CRISTINA ; MARQUES NOVO, MARIA TERESA . Cloning, Auto-induction Expression, and Purification of rSpaA Swine Erysipelas Antigen. Current Microbiology , v. 65, p. 369-374, 2012.

  • ADALBERTO, PAULO ROBERTO ; JOSÉ DOS SANTOS, FRANCISCO ; GOLFETO, CAMILLA CALEMI ; COSTA IEMMA, MÔNICA ROSAS ; FERREIRA DE SOUZA, DULCE HELENA ; CASS, QUEZIA BEZERRA . Immobilization of pectinase from Leucoagaricus gongylophorus on magnetic particles. Analyst (London. 1877. Print) , v. 137, p. 4855, 2012.

  • SUAREZ, CARLOS ALBERTO GALEANO ; MONTANO, INTI DORACI CAVALCANTI ; NUCCI, EDSON ROMANO ; IEMMA, MONICA ROSAS DA COSTA ; GIORDANO, Raquel de Lima Camargo ; GIORDANO, ROBERTO DE CAMPOS . Assessment of the metabolism of different strains of Bacillus megaterium. Brazilian Archives of Biology and Technology (Impresso) , v. 55, p. 485-490, 2012.

  • SWIECH, K. ; Silva ; IEMMA, Mônica Rosas da Costa ; H.S. Selistre- de-Araújo ; Suazo, C.A.T. . EVALUATING KINETIC AND PHYSIOLOGICAL FEATURES OF rCHO-K1 CELLS CULTURED ON MICROCARRIERS FOR PRODUCTION OF A RECOMBINANT METALLOPROTEASE/DISINTEGRIN. ELECTRONIC JOURNAL OF BIOTECHNOLOGY , v. 10, p. 201/15-210, 2007.

  • GIULIANI, C.D. ; IEMMA, M.R.C. ; BONDIOLI, A.C.V. ; SOUZA, D.H.F. ; FERREIRA, L.L ; AMARAL, A.C. ; SALVINI, T.F. ; SELISTRE-DE-ARAUJO, H.S. . Expression of an active recombinant lysine 49 phospholipase A2 myotoxin as a fusion protein in bacteria. Toxicon (Oxford) , v. 39, p. 1595-1600, 2001.

  • SOUZA, D. H. F. ; IEMMA, M. R. C. . The Disintegrin-like Domain of the Snake Venom Metalloprotease Alternagin Inhibits a2b1 Integrin- Mediated Cell Adhesion. Archives of Biochemistry and Biophysics (Print) , v. 384, p. 341-350, 2000.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Celulose Bacteriana/Gelatina como Plataforma Biopolímerica para Aplicação em Cultivo Celular, Descrição: O papel, uma das invenções mais antigas e mais usadas da história, apresenta diversas aplicações, como suporte para a escrita, embalagens e cédulas. Recentemente o papel ganhou uma nova aplicação relacionada à área médica e farmacêutica: ele tem sido utilizado como plataforma para cultivo celular na investigação de respostas celulares frente a administração de fármacos ou patologias, como scaffold na engenharia tecidual e na criopreservação. A celulose bacteriana (CB), enquanto um nanopaper, se apresenta como uma plataforma promissora de cultivo celular, uma vez que a disposição aleatória de suas nanofibras faz com que o material se assemelhe à matriz extracelular. Além deste material se dispor de inúmeras características diferenciadas como biocompatibilidade, alta cristalinidade e atoxicidade. No entanto, a CB, por apresentar superfície quimicamente inerte, não se apresenta como uma superfície com boa adesão celular, necessitando de modificação em sua superfície a fim que a interação célula-CB seja melhorada. A gelatina, um polipeptídio derivado da desnaturação do colágeno, permite boa adesão e proliferação celular sobre sua superfície, além de ser biocompatível e atóxica. Neste sentido, o presente estudo visa modificar a superfície da celulose bacteriana com diferentes concentrações de gelatina e avaliar a influência dos agentes retiulantes genipina, glicose, proantocianidina e radiação ultravioleta na adesão e proliferação celular sobre a superfície da CB.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Hernane Barud - Coordenador / Nayara Cavichiolli do Amaral - Integrante.

  • 2020 - Atual

    IMOBILIZAÇÃO DA rhBMP-2 EM BIOVIDRO 45S5 PARA APLICAÇÃO EM MEDICINA REGENERATIVA, Descrição: A medicina regenerativa combina os princípios de engenharia de tecido e da biologia para a produção de suportes que possam restabelecer ou reforçar funções dos tecidos e órgãos humanos. A engenharia de tecido ósseo é o campo da Medicina Regenerativa que incide sobre as opções de tratamento alternativos para defeitos ósseos envolvendo o desenvolvimento de novos materiais ou dispositivos capazes de realizar interações específicas com os tecidos biológicos, buscando a utilização de materiais biocompatíveis. Os biomateriais são materiais apropriados que podem ser implantados (scaffolds) no tecido sem causar rejeição no organismo, e dessa maneira, apresentam-se como uma proposta promissora para servirem de suporte. Os estudos atuais buscam aperfeiçoar esses biomateriais para estimular uma resposta celular específica, para fornecer a entrega de células específicas no local com o uso de fatores de crescimento e moléculas necessárias para a área que precisa de regeneração. Os scaffolds são usados para fornecer uma estrutura de apoio tridimensional para as células, resultando assim na construção de novo tecido. Os vidros bioativos apresentam excelente biocompatibilidade e habilidade de aderir células ósseas, agregando as características de osteoindução e osteocondução. Quando em contato com fluidos biológicos, esse material é capaz de desenvolver uma camada de fosfato carbonatado deficiente em cálcio, a qual promove uma ligação química com o osso hospedeiro.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Camila Cristina Mora Reina - Integrante / Ingridy Alves Vieira - Integrante.

  • 2019 - 2019

    Imobilização da rhBMP-2 na celulose quimicamente modificada (ToCNF) e avaliação in vitro da proliferação e diferenciação celular, Descrição: As proteínas morfogenéticas ósseas (BMPs) são potentes promotoras da osteogênese, em especial a BMP-2. Para engenharia de tecidos existem diversos biomateriais que podem ser utilizados para liberação desses fatores, como os polímeros naturais. A celulose tem se destacado pela possibilidade de sua modificação química utilizando o reagente 2,2,6,6-tetrametil-1-piperidiniloxi (TEMPO) para obtenção de um derivado de celulose (TEMPO oxidized celulose nanofibers ? ToCNF), que se mostra um material promissor para a aplicação biológica. O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade da rhBMP-2 adsorvida na celulose TEMPO em induzir a proliferação e diferenciação celular, bem como a formação de matriz óssea em linhagem celular osteoblástica de rato ? MC3T3.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Eliane Trovati - Integrante / Benedito Domingos Neto - Integrante.

  • 2019 - Atual

    Avaliação in vitro dos efeitos da modificação de superfície de PLA tratado com CAP em células osteogênicas, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Camila Cristina Mora Reina - Integrante.

  • 2019 - Atual

    Plataforma para cultura de células baseada em Biocelulose, Descrição: O papel, composto essencialmente por celulose, é um material versátil que encontra aplicação na área biomédica enquanto substrato para testes diagnósticos. Recentemente o papel vem sendo utilizado na produção de plataforma para cultura de células, as quais podem ser empregadas para cultivar diversas linhagens. Este tipo de dispositivo pode ser utilizado, por exemplo, para se investigar respostas celulares frente a administração de fármacos (screening farmacológico), enquanto modelos de tecidos afetados por patologia para o desenvolvimento de tratamentos adequados, na criopreservação de células e enquanto scaffold na engenharia de tecidos. A superfície deste material, entretanto, não proporciona adesão celular adequada. Neste contexto, a celulose bacteriana (CB) constituída por nanofibrilas entrelaçadas, pode ser considerada um nanopaper e, portanto, um suporte mais adequado ao cultivo celular uma vez que apesenta maior semelhança à matriz extracelular (MEC) comparada à celulose vegetal. As nanoestruturas inerentes à CB e morfologicamente semelhantes à MEC nativa, regulam o comportamento celular, influenciando na adesão e proliferação celular, e são responsáveis pela maior resistência mecânica do material. Devido à presença de grupamentos hidroxilos (OH) na superfície da celulose, este material pode sofrer uma grande variedade de modificação química funcional. Neste sentido, o presente objeto de estudo visa a funcionalização da superfície da CB, um material ecologicamente sustentável, a partir de reação de sinalização utilizando-se diferentes organossilanos, seguida da imobilização das proteínas morfogenéticas ósseas (BMPs) -2 e -7, para a obtenção de plataformas de culturas de células otimizadas e inéditas. As referidas plataformas serão caracterizadas por Microscopia Eletrônica de Varredura e Transmissão, Difração de Raios-X, Espectroscopia no Infravermelho e de Fotoelétrons Excitados por raios-X, Análises Térmicas e Mecânicas e Ângulo de Contato. A fim de avaliar a eficácia dos materiais produzidos, serão realizados ensaios in vitro de adesão e proliferação celular... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Hernane Barud - Coordenador / Elenice Defune - Integrante / Tercjak Agnieska - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2019 - Atual

    Imobilização da rhBMP-2 em Scaffold de Biovidro para aplicação em Medicina Regenerativa, Descrição: Esse projeto visa dar continuidade aos estudos da utilização da rhBMP-2 na funcionalização de biomateriais como potencial alvo na utilização do repareo ósseo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Camila Cristina Mora Reina - Integrante / Ingridy Alves Vieira - Integrante.

  • 2018 - 2019

    PRODUÇÃO DE HIDROGEL DE CELULOSE QUIMICAMENTE MODIFICADA PARA BIOIMPRESSÃO, Descrição: A engenharia de tecidos aliada à medicina regenerativa, tem estratégias para desenvolver técnicas de reparo e manutenção de diferentes tipos de tecidos. Combinando células, biomateriais e tecnologia, essas áreas têm o objetivo de reproduzir o ambiente natural do tecido e celulariza-lo. O biomaterial, no caso a celulose quimicamente modificada (ToCNF), tem como função dar o suporte para a célula aderir, proliferar e diferenciar, levando à formação de uma matriz extracelular que dará origem ao tecido. Essa celulose, produzida na forma de um hidrogel a ser testado como biotinta para bioimpressão, possui características como biocompatibilidade, ausência de citotoxicidade e é um material interessante para aplicações biomédicas. O objetivo desse projeto é a celularização de um hidrogel de celulose quimicamente modificada (ToCNF) e sua injeção na presença de uma solução catiônica para a confecção de fibras a serem testadas quanto à capacidade de manutenção da viabilidade celular em modelo in vitro de reparo ósseo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Eliane Trovati - Coordenador / Mariana Alves Rios - Integrante.

  • 2017 - 2018

    FUNCIONALIZAÇÃO DE SCAFFOLDS DE PLA IMPRESSO EM ESTRUTURA 3D PARA APLICAÇÃO EM ENGENHARIA DE TECIDOS, Descrição: Neste projeto o biopolímero de ácido poliláctico (PLA) ,com potencial aplicação na linha de regeneração de tecidos, foi impresso em estrutura 3D. A impressão foi realizada em parceria com o Prof. Dr. Hernane Barud. Os resultados obtidos possuem uma importância relevante na área. O trabalho foi desenvolvido em duas etapas, onde na primeira etapa primeiramente observou-se um diferente comportamento celular (adesão e morfologia) frente a diferentes linhagens celulares de rato (osteoblasto, mioblasto e CTM-célula tronco mesenquimal de rato). Foi constatado que o biopolímero sem modificação de superfície não é uma boa superfície de adesão celular, com esse resultado então foi proposto no projeto de pesquisa em sua segunda etapa uma aplicação de técnicas para modificar a superfície do polímero aumentando a sua rugosidade. A técnica aplicada foi o tratamento com solução de NaOH. De acordo com as imagens obtidas por microscópio, o tratamento foi eficiente em modificar a rugosidade do PLA. Uma vez confirmada essa alteração, a linhagem celular de rato com fenótipo osteoblastico (Osteo-1) foi cultivada sobre o polímero tratado e não tratado. Observamos que a proliferação celular aumentou no cultivo celular sobre o PLA tratado quando comparado ao não tratado concluindo então que é necessário o aumento na rugosidade da superfície do PLA para se tornar um bom suporte para ser usado na regeneração tecidual.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Camila Cristina Mora Reina - Integrante / Hernane Barud - Integrante.

  • 2017 - 2018

    CELULARIZAÇÃO DA CELULOSE PARA MODELO DE REPARO ÓSSEO IN VITRO, Descrição: A engenharia de tecidos, vem ganhando muito espaço nas aplicações biomédicas e é uma forte aliada da medicina regenerativa, pois juntas, têm o objetivo de desenvolver técnicas para reparar e manter diferentes tipos de tecidos. Para isso utilizam biopolímeros e células viáveis afim de obterem a formação in vitro do tecido alvo. Os biopolímeros são confeccionados a partir de matérias sintéticos ou naturais e servem de suporte para as células aderirem, proliferarem e se diferenciarem. Neste caso, o biopolímero utilizado é a celulose, que será utilizado na forma de biotinta, na consistência de um hidrogel, para bioimpressão. A celulose, por sua vez, é um polímero natural abundante, em seu estado natural é insolúvel, o que dificulta sua aplicação em sistemas biológicos, porém é passível de sofrer modificações químicas que a torna solúvel em meio aquoso e capaz de formar hidrogel. Tendo isso em vista, o objetivo deste projeto é a celularização de um hidrogel de celulose quimicamente modificada (ToCNF) e sua injeção na presença de uma solução catiônica para a confecção de fibras a serem testadas quanto à capacidade de manutenção da viabilidade celular em modelo in vitro de reparo ósseo. Para isso, diversas passagens para produção das fibras foram realizadas e o resultado foi o esperado, é possível produzir fibras a partir do hidrogel de celulose quimicamente modificada. O próximo passo será a celularização da mesma e análise da viabilidade celular.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Eliane Trovati - Integrante / Mariana Alves Rios - Integrante.

  • 2016 - 2018

    O efeito da estimulação com concorrente elétrica contínua sobre diferentes linhagens celulares, Descrição: O músculo esquelético é um tecido vital para o corpo inteiro, bem como os ossos são importantes nos movimentos articulares. Ambos os tecidos possuem características próprias de reparação e regeneração tecidual. Os dois tecidos possuem vias de sinalização que permitem que ocorra a proliferação, migração e diferenciação celular. O presente estudo teve como objetivo geral verificar a proliferação, a viabilidade e diferenciação celular in vitro de diferentes linhagens celulares após a aplicação da Corrente Elétrica Contínua (CEC). Foram utilizadas as linhagens celulares C2C12 (subclone de mioblasto de camundongo), MC3T3 (pré-osteoblasto de rato) e OSTEO1(células osteoblásticas originadas de periósteo de osso parietal de ratos recémnascidos). As linhagens foram cultivadas em placas de 24 poços e foram submetidas a aplicação da estimulação elétrica através da corrente elétrica contínua em três densidades de corrente diferentes: 0,1, 0,2 e 0,4 mA/cm2 , nos tempos de 2 e 5 minutos. Foram realizados os ensaios de viabilidade MTT e o wound healing para as linhagens C2C12 e MC3T3, foi realizado o ensaio de diferenciação por fosfatase alcalina e o ensaio de Alizarina Red para a linhagem OSTEO-1 e a diferenciação da C2C12. A análise estatística foi obtida pela análise de variância ANOVA seguida pelo do Teste post-hoc de Tukey com valores significantes para p<0,05. O ensaio de viabilidade celular MTT das linhagens C2C12 e MC3T3 obtiveram diferença significativa (p<0,005) quando comparados os grupos estimulados em relação ao controle nos dois tempos estudados. Na linhagem C2C12 obteve diferença significativa no wound healing em 48 h nos grupos estimulados em relação aos mesmos grupos iniciais nos tempos de 2 e 5 minutos (p<0,0001) e na linhagem MC3T3 obteve diferença significativa em 24h no G 0.4-2 (p<0,05) em relação ao mesmo grupo inicial e todos os grupos estimulados em relação aos mesmos grupos iniciais nos tempos de 2 e 5 minutos (p<0,0005). Na diferenciação celular da linhagem C2C12 após 48h começou a observar-se nos grupos estimulados com CEC a formação de miotubos nos tempos estudados. Na linhagem OSTEO-1 embora o grupo G0.4-5 teve um aumento no valor da fosfatase alcalina, não houve diferença significativa nem em 7 e nem em 14 dias após a estimulação (p>0,999), porém com 7 dias já começaram a apresentar a formação de nódulos ósseos e deposição de cristais de cálcio. Conclui-se que a estimulação elétrica é favorável a um início de reparação muscular e óssea em tempos mais curtos e com densidades mais baixas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Nivaldo Antonio Parizotto - Integrante / Miguel Renato Reviriego Saciloto - Integrante / Mariana Alves Rios - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Açao da BMP-2 (bone morphogenetic protein )recombinante humana no suporte em estrutura 3D celularizado, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Heloísa Sobreiro Selistre de Araújo - Integrante / André Amaral - Integrante / Camila Cristina Mora Reina - Integrante.

  • 2015 - 2017

    PRODUÇÃO DA BMP-2 RECOMBINANTE DE HUMANO (RHBMP-2) PARA FUNCIONALIZAÇÃO DE BIOPOLÍMEROS EM REPARO ÓSSEO., Descrição: Proteínas morfogenéticas ósseas (BMPs) são fatores multifuncionais pertencentes à superfamília do fator transformante de crescimento beta (TGF-), capazes de induzirem a formação de osso e cartilagem. Até o momento, mais de 20 tipos de BMPs foram encontrados. A BMP-2 é considerada um dos fatores de crescimento mais importantes para a regeneração óssea, promovendo a quimiotaxia, proliferação e diferenciação celular no sentido da via osteogênica. Fraturas e defeitos ósseos de tamanho crítico são recorrentes na medicina ortopédica e os tratamentos convencionais como autoenxertos e aloenxertos necessitam de transplantes e abordagens muito invasivas, trazendo inúmeras desvantagens no processo de regeneração, representando um desafio no desenvolvimento de novas abordagens de tratamentos. A BMP-2 humana pode ser obtida por meio da tecnologia do DNA recombinante para ser incorporada a suportes biológicos de forma a estimular e orientar a regeneração do novo tecido, contribuindo assim para o avanço e melhorias nos tratamentos convencionais de reparo ósseo. Neste trabalho foi desenvolvido um sistema heterólogo de expressão da BMP-2 recombinante humana (rhBMP-2) que foi imobilizada em celulose quimicamente modificada apresentando atividade biológica frente a indução da proliferação celular e produção de matriz óssea mineralizada. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Heloísa Sobreiro Selistre de Araújo - Integrante / André Amaral - Integrante / Ana Lucia Colange - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2015 - 2017

    OTIMIZAÇÃO DA PRODUÇÃO E PURIFICAÇÃO DA BMP-2 RECOMBINANTE HUMANA, Descrição: As BMPs (Proteínas Morfogenéticas Ósseas) são conhecidas por atuarem na regulação de diferentes processos fisiológicos incluindo a migração, diferenciação, adesão e proliferação celular, apoptose e embriogênese. Uma função muito importante das BMPs é sua atividade osteoindutora, tendo um papel fundamental no processo da cicatrização e reparo ósseo, induzindo a diferenciação de células tronco em tecido ósseo e/ou cartilagem. Entre a família das BMPs, a BMP-2 é a molécula que tem sido melhor caracterizada. por apresentar propriedades osteoindutoras, sendo utilizadas para aumentar a cicatrização óssea com expoente melhora nas taxas de fusão e complicações associadas em comparação com os enxertos ósseos. Este trabalhou avaliou as melhores condições de produção de uma BMP-2 recombinantne humana (rhBMP-2) previamente clonada e produzida em sistema bacteriano. Foi possível determinar a melhor linhagem de Eschecrichia coli,, foram estabelecidas as condições de cultivo para produção da rhBMP-2 (concentração de indutor, temperatura e velocidade de agitação).Para a Purificação em coluna de afinidade também foram estabelecidas as melhores condições para a obtenção da proteína parcialmente purificada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Coordenador / Heloísa Sobreiro Selistre de Araújo - Integrante / Carlos Sabino Oliveira - Integrante / Ana Lucia Colange - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Busca de inibidores e Estudo estrutural da enzima arginase recombinante de L. amazonenses., Descrição: Este pojeto visa a obtenção da purificação da enzima arginase recombinante para a resolução da estrutura e busca de inibidores alvos com potencias terapeuticos. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Dulce Helena Ferreira Souza - Coordenador / Caroindes Correa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2010 - 2013

    Otimização das condições de solubilidade e purificação da PEPCK recombinante de T. cruzi para busca de potenciais inibidores., Descrição: Busca de potenciais inibidores da enzima para desenho de potenciais fármacos. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Dulce Helena Ferreira Souza - Coordenador / Katia Celina Correa - Integrante / Beatriz Nogueira Messias de Miranda - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2005 - 2009

    Inteligênica Computacional Aplicada à Monitorização e Controle de Biorreatores durante o Cultivo de Microrganismos Selvagens e Recombinantes para Produção de Penicilina G Acilase., Descrição: Inteligênica Computacional Aplicada à Monitorização e Controle de Biorreatores durante o Cultivo de Microrganismos Selvagens e Recombinantes para Produção de Penicilina G Acilase. Coordenador: Roberto de Campos Giordano. Auxílio Pesquisa FAPESP 05/02044-9. Pesquisadores: Prof. Roberto de Campos Giordano, DEQ/UFSCar/LaDABio, coordenador Prof. Antonio José Gonçalves da Cruz, DEQ/UFSCar/LaDABio, colaborador Profa. Raquel de Lima Camargo Giordano, DEQ/UFSCar, colaboradora Profa. Maria do Carmo Nicoletti, DC/UFSCar, colaboradora Profa. Heloisa S. S. Araújo, DCF/UFSCar, colaboradora Dra. Rosineide Gomes da Silva, pós-doutora CNPq-DTI (edital 14/2004) Dra. Monica Rosas da Costa Iemma, pós-doutora, proc. FAPESP 04/06984-3 Alunos de pós-graduação: Moacyr Francischetti Corrêa (mestrando do PPG-Biotec/UFSCar; co-orientadores: Profs. Roberto Giordano e Maria Nicoletti) Vanessa Ribeiro de Souza (doutoranda PPGEQ/UFSCar; orientada pela Profa. Raquel Giordano) Edson R. Nucci (doutorando PPGEQ/UFSCar; orientador: Prof. Antonio J.G. da Cruz) Previsão de novos alunos vinculados ao projeto: Iniciação Científica: dois alunos, um deles já em treinamento. Mestrado: um a dois alunos (vinculados ao PPG-Biotecnologia e/ou PPG-Engenharia Química da UFSCar). Início em 2006 Doutorado: um aluno vinculado ao PPG-EQ/UFSCar e um vinculado ao PPG-Biotec/UFSCar. Início em 2006.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Prof Roberto de Campos Giordano - Coordenador / Prof Antonio José Gonçalves da Cruz - Integrante / Profa. Raquel de Lima Camargo Giordano - Integrante / Profa. Maria do Carmo Nicoletti - Integrante / Profa. Heloisa S. S. Araújo - Integrante / Dra.Monica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Dra. Rosineide Gomes da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2009

    Inovações da Produção de Antibióticos Beta-Lactâmicos com Redução de Impactos Ambientais, Descrição: A crescente exigência de agências governamentais, no sentido da redução de impactos ambientais, faz com que aumente a busca por processos "limpos" ou de "química verde", ecologicamente sustentável, o qual é uma das forças-motrizes do desenvolvimento de novos processos bioquímicos e farmacêuticos industriais A principal aplicação da penicilina G acilase (PGA) é na hidrólise da penicilina G e cefalosporina para a produção dos ácidos 6-aminopenicilânico (6-APA) e 7-aminocefalosporânico (7-ACA), que são compostos chave na produção industrial de antibióticos -lactâmicos semi-sintéticos, tais como ampicilina, amoxicilina e cefalexina. Esses antibióticos também podem ser obtidos através de reações enzimáticas ("verdes") entre amidas ou ésteres com o ácido 6-aminopenicilânico. As principais reações do processo são catalisadas pela enzima PGA. Existe uma enorme competição em nível mundial na indústria farmacêutica em obter grandes quantidades desta enzima para poder diminuir os efeitos deletérios da rota química na produção dos antibióticos -lactâmicos semi-sintéticos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Profa. Raquel de Lima Camargo Giordano - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2008

    PRODUCAO E PURIFICACAO DE PENICILINA G ACILASE POR MICRORGANISMOS, Descrição: As rotas catalisadas por enzimas são alternativas naturais quando se trata de reduzir efeitos deletérios ao meio ambiente. Alguns avanços importantes para viabilizá-las economicamente ocorreram a partir da consolidação e ampliação do acesso a técnicas de engenharia genética e metabólica e do estabelecimento de processos eficientes de imobilização de enzimas. Esse tema é de grande atualidade, sendo objeto de intensa pesquisa acadêmica e industrial (Bruggink et al., 1998). A crescente exigência de agências governamentais, no sentido da redução de impactos ambientais, faz com que aumente a busca por processos "limpos" ou de "química verde", ecologicamente sustentável, o qual é uma das forças-motrizes do desenvolvimento de novos processos bioquímicos e farmacêuticos industriais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Raquel de Lima Camargo Giordano - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2007

    SUBCLONAGEM, EXPRESSÂO E PURIFICAÇÃO DO GENE PENICILINA G ACILASE DE B.MEGATERIUM EM E.COLI., Descrição: Este projeto visa o aumento da produção da enzima PGA de B. megaterium porduzida em E.coli recombinantes, visando atingir os níveis satisfatórios para a ultização da PGA como biocatalisador em processos industriais para a síntese de antibioóticos beta lactâmicos. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Mônica Rosas da Costa Iemma - Integrante / Heloísa Sobreiro Selistre de Araújo - Integrante / Raquel de Lima Camargo Giordano - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de Araraquara. , Rua Voluntários da Pátria - de 1045/1046 a 3165/3166, Centro, 14801320 - Araraquara, SP - Brasil, Telefone: (16) 33017348

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - Atual

Universidade de Araraquara

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 20

Atividades

  • 03/2017

    Extensão universitária , Programa de Pós Graduação em Biotecnologia UNIARA, .,Atividade de extensão realizada, Coordenação do Programa BiotecNews/UNIARA.

  • 08/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, COMITÊ DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS CEUA/UNIARA, .,Cargo ou função, Membro do CEUA/UNIARA.

  • 08/2015

    Outras atividades técnico-científicas , Programa de Pós Graduação em Biotecnologia UNIARA, Programa de Pós Graduação em Biotecnologia UNIARA.,Atividade realizada, Coordenadora adjuta do Laboratório de Ensaios Celulares e Engenharia Regenerativa LECER/UNIARA.

  • 04/2015

    Pesquisa e desenvolvimento , Universidade de Araraquara, .,Linhas de pesquisa

2014 - 2016

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

2009 - 2013

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pos doutorado, Carga horária: 40

2007 - 2008

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pos doutorado, Carga horária: 40

2004 - 2007

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pos doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.