Cláudia Regonha Suster

Mestra em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, na linha de pesquisa políticas, gestão e o sujeito contemporâneo, através de estudos ancorados pela perspectiva Sócio-Histórica. Graduada em Psicologia pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), campus Taquaral, em 2011. Durante a graduação atuou em projetos de iniciação científica e realizou estágios supervisionados em Psicologia Social, em Clínica e Educacional. Foi psicóloga da rede socioassistencial de Piracicaba por meio do CREAS ? Centro de Referência Especializado de Assistência Social, acompanhando famílias de crianças e adolescentes em situação de violação de direitos e vulnerabilidade social/risco. Atuou como psicóloga do Serviço de Acolhimento Familiar "Família Acolhedora". É Analista de Aprendizagem no Instituto Formar, acompanhando a inserção de jovens em situação de vulnerabilidade no mundo do trabalho. Militante pelos direitos das mulheres, atua na coordenação do curso de Promotoras Legais Populares - PLP Piracicaba.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Educacao

2015 - 2017

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Sentidos e significados do Acolhimento Familiar para famílias acolhedoras,Ano de Obtenção: 2017
Débora Cristina Fonseca.Palavras-chave: Acolhimento Familiar; Educação; Pol. Públicas de atenção à crianças e adolescentes.

Especialização em andamento em Educação em Direitos Humanos

2019 - Atual

Instituto Federal de São Paulo

Graduação em Psicologia

2007 - 2011

Universidade Metodista de Piracicaba
Bolsista do(a): Programa Universidade para todos, PROUNI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 -

Teoria Crítica e Educação. (Carga horária: 16h). , Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Brasil.

2016 - 2016

Serviço de famílias acolhedoras: da implantação à execução. (Carga horária: 24h). , Terra dos Homens - Ong, ONG, Brasil.

2015 - 2015

Orientação de Normas Técnicas para trabalhos.. (Carga horária: 6h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Campus Rio Claro, UNESP RIO CLARO, Brasil.

2015 - 2015

Trabalhando o cuidado com crianças a partir da comunidade. (Carga horária: 4h). , NECA, NECA, Brasil.

2013 - 2013

Enfrentamento à sit. de violência intrafamiliar.. (Carga horária: 64h). , NECA, NECA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia e Educação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SUSTER, C. R. ; et al . XI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. 2018. (Outro).

SUSTER, C. R. ; FONSECA, D. C. . Diálogos (Im)prováveis. 2017. (Outro).

SUSTER, C. R. ; SOUZA, T. R. P. ; FURLAN, V. . VI Encontro Estadual de Psicologia Política. 2017. (Outro).

SUSTER, C. R. ; et al . IV Conferência Municipal Lúdica dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente. 2015. (Outro).

SUSTER, C. R. . Exibição do documentário. 2015. (Outro).

SUSTER, C. R. ; BARBOSA, P. F. F. ; ZANARDO, P. . II Seminário Municipal sobre Família e desenvolvimento Infanto-juvenil. 2015. (Outro).

SUSTER, C. R. ; FONSECA, D. C. ; Elisiane Spencer Quevedo Goethel ; Priscila Carla Cardoso ; Tamyres Vituri da Silva ; MENEZES, M. C. K. ; Caroline Polido . III Seminário Interinstitucional de Psicologia Social. 2015. (Outro).

SUSTER, C. R. ; et al . X Conferência Municipal dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente. 2015. (Outro).

BARBOSA, P. F. F. ; SUSTER, C. R. ; ZANARDO, P. . I Seminário Municipal sobre Família e desenvolvimento Infanto-juvenil. 2014. (Outro).

SUSTER, C. R. ; et al . Semana da Psicologia: "O sujeito na contemporaneidade: questões éticas". 2011. (Outro).

et al ; SUSTER, C. R. . "Em defesa do SUS: Fortalecimento das redes antimanicomiais". 2011. (Outro).

SUSTER, C. R. ; et al . Semana da Psicologia: "Novos profissionais, novas demandas: o que os recém-formados vêm acrescentando ao exercício da Psicologia?. 2009. (Outro).

SUSTER, C. R. ; et al . Semana da Psicologia: "Dialogando com a diversidade das práticas psi". 2008. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica. 2019. (Simpósio).

III Encontro sobre Diversidade e Inclusão nas organizações.. 2019. (Encontro).

Infância e as piores formas de trabalho infantil. 2019. (Oficina).

Tráfico de drogas e Trabalho infantil: Mercado, Família e Rede de proteção social.. 2019. (Outra).

VI Encontro Estadual de Psicologia Política. 2017. (Encontro).

1º Congresso Brasileiro de Atuação Interdisciplinar nas Defensorias Públicas: múltiplos olhares revisitando o fazer jurídico.. "O acolhimento familiar de crianças e adolescentes em situação de risco: uma alternativa à institucionalização". 2015. (Congresso).

Conferência Estadual dos Direitos Humanos da Criança e do do adolescente do Estado de São Paulo.?Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes ? Fortalecendo os Conselhos?. 2015. (Outra).

Conferência Regional dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente.?Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes ? Fortalecendo os Conselhos?. 2015. (Outra).

III Seminário Internacional - Qualidade dos serviços de acolhimento de crianças e adolescentes: o cuidado como um direot. 2015. (Seminário).

II Seminário Interinstitucional de Psicologia Social. 2015. (Seminário).

VI Simpósio Internacional Sobre a Juventude Brasileira: os jovens e seus outros."Crianças privadas de cuidados parentais e o acolhimento familiar: algumas reflexões". 2015. (Simpósio).

X Conferência Municipal de Assistência Social de Piracicaba.Consolidar o SUAS de vez rumo a 2026. 2015. (Outra).

X Conferência Municipal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.Política e Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente ─ Fortalecendo os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente. 2015. (Outra).

X Encontro Ibero-Americano de Educação."Os procedimentos e as providências adotadas pelas escolas para resolver conflitos entre alunos envolvidos em atos de violência e indisciplina". 2015. (Encontro).

XII Encontro Regional ABRAPSO São Paulo.Acolhimento Familiar: desafios e perspectivas para a proteção de crianças e adolescentes com direitos violados. 2015. (Encontro).

18 de maio - Dia do combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. 2014. (Outra).

Além da Guerra às drogas: O desafio de novas políticas para o uso de substâncias psicoativas. 2014. (Outra).

Audiência Pública - Apresentação das ações desenvolvidas no âmbito da Política de Assistência Social no município. 2014. (Outra).

III Colóquio Internacional sobre Acolhimento Familiar. 2014. (Outra).

II Seminário Internacional Qualidade dos Serviços de Acolhimento. 2014. (Seminário).

I Seminário Municipal sobre Família e Desenvolvimento Infanto Juvenil. 2014. (Seminário).

IV Congresso Brasileiro Psicologia Ciência e Profissão. A atuação do psicólogo na assistência social: algumas reflexões. 2014. (Congresso).

Oficina de elaboração de Documentos - CRP Subsede Campinas. 2014. (Oficina).

Orientações técnicas para elaboração do plano de acolhimento institucional. 2014. (Outra).

Seminário: Trabalho social com famílias - significado, concepções e metodologia. 2014. (Seminário).

Invisibilidade Social: Crianças de rua e abuso de drogas.. 2013. (Outra).

IX Conferência Municipal de Assistência Social. 2013. (Outra).

19º Simpósio Internacional de Iniciação Cientícia da USP.Os fazeres em Psicologia Social na primeira década do século XXI no Brasil: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas.. 2011. (Simpósio).

IX Mostra Acadêmica UNIMEP - 19º Congresso de Iniciação Científica. Os fazeres em Psicologia Social na primeira década do século XXI no Brasil: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas.. 2011. (Congresso).

Semana de Psicologia (UNIMEP) - "O lugar do sujeito na contemporaneidade: questões éticas". 2010. (Outra).

VIII Mostra Acadêmica UNIMEP - 18º Congresso de Iniciação Científica. Estudo II: A percepção de professores de alunos com queixa escolar sobre a tarefa de casa.. 2010. (Congresso).

Semana de Psicologia (UNIMEP) - "Novos profissionais, novas demandas: o que os recém-formados vêm acrescentando ao exercício da Psicologia?". 2009. (Outra).

VII Mostra Acadêmica UNIMEP. 2009. (Simpósio).

XXVIII Semana de Psicologia: "Análise Bioenergética e Terapia Reichiana". 2009. (Oficina).

XXVIII Semana de Psicologia: "Psicologia e arte: novas perspectivas da linguagem artítica no tratamento de usuários de drogas psicoativas". 2009. (Oficina).

Semana de Psicologia (UNIMEP) - "Dialogando com a diversidade das práticas psi".. 2008. (Outra).

VI Mostra Acadêmica UNIMEP. 2008. (Simpósio).

XXVII Semana de Psicologia: "As oficinas pedagógicas como recurso na orientação sexual dos adolescentes". 2008. (Oficina).

XXVII Semana de Psicologia: "Hipnose Clínica". 2008. (Oficina).

XXVII Semana de Psicologia: "O corpo no setting". 2008. (Oficina).

XXVII Semana de Psicologia: "Psicodrama e o trabalho em grupo". 2008. (Oficina).

XXVII Semana de Psicologia: "Sobre a lógica do éteros". 2008. (Oficina).

Semana da Psicologia (UNIMEP). 2007. (Outra).

V Mostra Acadêmica UNIMEP. 2007. (Simpósio).

XXVI Semana de Psicologia: "Psicanálise e Arte: Reflexões sobre o discurso do artista". 2007. (Oficina).

XXVI Semana de Psicologia: "Psicodrama". 2007. (Oficina).

XXVI Semana de Psicologia: "Psicoterapia Corporal: Freud, Reich e Lowen". 2007. (Oficina).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

César Donizetti Pereira Leite

FONSECA, D. C.;LEITE, C. D. P.; AGUIAR, W. M. J.. Acolhimento familiar para famílias acolhedoras: sentidos e significados. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

César Donizetti Pereira Leite

FONSECA, D. C.; AGUIAR, W. M. J.;LEITE, C. D. P.. Sentidos e significados do acolhimento familiar para famílias acolhedoras. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Debora Cristina Fonseca

Fonseca, Debora Cristina; LEITE, C. D. P.; AGUIAR, W. M. J.. Sentidos e Significados do acolhimento familiar para famílias acolhedoras. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Educação) - Instituto de Biociência UNESP/Rio Claro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

MARIA TERESA DONDELLI PAULILLO DAL POGETTO

Estudo II: a percepção de professores de alunos com queixa escolar sobre a tarefa de casa; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Metodista de Piracicaba; Orientador: Maria Teresa Dondelli Paulillo Dal Pogetto;

Telma Regina de Paula Souza

Os fazeres em Psicologia Social na primeira década do século XXI: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Metodista de Piracicaba, Fundo de Apoio à Pesquisa da Unimep; Orientador: Telma Regina de Paula Souza;

Debora Cristina Fonseca

ACOLHIMENTO FAMILIAR PARA FAMÍLIAS ACOLHEDORAS: SENTIDOS E SIGNIFICADOS; 2017; Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho,; Orientador: Debora Cristina Fonseca;

Debora Cristina Fonseca

Estágio Docência na disciplina Psicologia do Desenvolvimento (CBI); 2015; Orientação de outra natureza; (Programa de Pós Graduação em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Debora Cristina Fonseca;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MENEZES, M. C. K. ; SUSTER, C. R. . A atuação do psicólogo na assistência social: algumas reflexões. REVISTA UNIVERSITAS , v. 19, p. 85-106, 2016.

  • SUSTER, C. R. . 'Crianças privadas de cuidados parentais e o acolhimento familiar: algumas reflexões'. In: VI Simpósio Internacional Sobre a Juventude Brasileira: os jovens e seus outros, 2015, Rio de Janeiro. Anais do VI Simpósio Internacional sobre a Juventude Brasileira. Rio de Janeiro: NIPIAC/IP/UFRJ, 2015.

  • MENEZES, M. C. K. ; SUSTER, C. R. . A atuação do psicólogo na assistência social: algumas reflexões. In: IV Congresso Brasileiro Psicologia Ciência e Profissão, 2014, São Paulo. PRATICAS PROFISSIONAIS SOCIAIS E EDUCACIONAIS: AS CONTRADIÇÕES DO PROCESSO DE EXECUÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS, 2014.

  • SUSTER, C. R. . Os fazeres em Psicologia Social na primeira década do século XXI no Brasil: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas.. In: 19º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2011, São Paulo. 19º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2011.

  • SUSTER, C. R. . Os fazeres em Psicologia Social na primeira década do século XXI no Brasil: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas.. In: 19º Congresso de Iniciação Científica da UNIMEP - Amostra Acadêmica, 2011, Piracicaba. 19º Congresso de Iniciação Científica da UNIMEP - Amostra Acadêmica. Piracicaba: UNIMEP.

  • SUSTER, C. R. . Estudo II: A percepção de professores de alunos com queixa escolar sobre a tarefa de casa.. In: VIII Mostra Acadêmica UNIMEP - 18º Congresso de Iniciação Científica, 2010, Piracicaba. Estudo II: A percepção de professores de alunos com queixa escolar sobre a tarefa de casa., 2010.

  • SUSTER, C. R. ; OLIVEIRA, P. C. . Feminismo e Psicologia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SUSTER, C. R. . Trajetória acadêmica e a inserção do psicólogo no suas ? algumas reflexões.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SUSTER, C. R. ; FONSECA, D. C. ; Priscila Carla Cardoso . Construção dos afetos, vínculos e rupturas no acolhimento familiar de crianças e adolescentes.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SUSTER, C. R. ; HENRIQUE, Rebeca . Oficina: Psicologia, feminismo e patriarcado. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FONSECA, D. C. ; Elisiane Spencer Quevedo Goethel ; Priscila Carla Cardoso ; SUSTER, C. R. . Eca, Educação e a Rede de Atendimento. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FONSECA, D. C. ; SUSTER, C. R. . Os livros de ocorrência e as providências para resolução de conflitos na escola.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SUSTER, C. R. ; FONSECA, D. C. . O acolhimento familiar na oferta de cuidados alternativos à crianças e adolescentes com direitos violados. . 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SUSTER, C. R. ; MENEZES, M. C. K. ; FONSECA, D. C. . Acolhimento Familiar: desafios e perspectivas para a proteção de crianças e adolescentes com direitos violados.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MENEZES, M. C. K. ; SUSTER, C. R. ; FONSECA, D. C. . Psicólogos no SUAS: novos desafios.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SUSTER, C. R. ; BRUZASCO, L. . 'O acolhimento familiar de crianças e adolescentes em situação de risco: uma alternativa à institucionalização'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SUSTER, C. R. . 'Crianças privadas de cuidados parentais e o acolhimento familiar: algumas reflexões'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Tamyres Vituri da Silva ; SUSTER, C. R. ; FONSECA, D. C. . Os procedimentos e as providências adotados pelas escolas para resolver conflitos entre alunos envolvidos em atos de violência ou indisciplina. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SUSTER, C. R. . Trajetória Acadêmica e o trabalho como psicóloga em um serviço de acolhimento familiar. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SUSTER, C. R. ; GERMANO, N. T. A. . Enfrentamento à situações de violência contra a mulher: considerações sobre um fenômeno.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SUSTER, C. R. . Os fazeres em Psicologia Social na primeira década do século XXI no Brasil: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MENEZES, M. C. K. ; SUSTER, C. R. . IV Congresso Psicologia Ciência e Profissão. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MENEZES, M. C. K. ; SUSTER, C. R. . A atuação do psicólogo na assistência social: algumas reflexões. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SUSTER, C. R. ; BARBOSA, P. F. F. ; ZANARDO, P. . Acolhimento Familiar: do direito à proteção.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SUSTER, C. R. . Os fazeres em Psicologia Social na primeira década do século XXI no Brasil: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SUSTER, C. R. . 19º Congresso de Iniciação Científica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SUSTER, C. R. . A criança, o estigma e o fracasso escolar: contribuições acerca de um fenômeno. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SUSTER, C. R. . Estudo II: A percepção de professores de alunos com queixa escolar sobre a tarefa de casa.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SUSTER, C. R. . Juventude, vulnerabilidade e mundo do trabalho.. 2019. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SUSTER, C. R. . Gênero e mobilidade urbana. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SUSTER, C. R. . Análise do filme 'Grandes Olhos' - Tim Burton. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

SUSTER, C. R. . Gênero e Mobilidade - podcast. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SUSTER, C. R. ; MOLLO, K. ; FURLAN, V. . Movimentos Feministas e a trajetória de luta das mulheres na cidade de Piracicaba. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Trajetória de alunos protagonistas de violência, Descrição: Em pesquisa anteriormente realizada, observamos que jovens identificados como violentos no contexto escolar, parecem receber tratamentos diferenciados, dependendo de quem são esses sujeitos, de sua história pessoal, familiar e origem social. Também, que muitos desses alunos não aparecem nos registros dos Livros de Ocorrências das escolas, sendo possível identificar que muitos professores não o fazem por receio de sofrerem perseguições. Entretanto, alguns casos/situações/jovens são encaminhados à delegacia de polícia e posteriormente à Vara da Infância e Juventude, formalizando-se a ação como ato infracional. Esse dado nos faz questionar como a escola identifica os alunos protagonistas de violência e como são tratados/encaminhados os atos/atitudes/comportamentos dos jovens assim identificados. Se a equipe gestora discute coletivamente as ações a serem tomadas, consultando o Conselho escolar, ou se são decisões individuais da direção/coordenação da escola. Nesta perspectiva, analisar se os espaços coletivos e supostamente democráticos da escola, tal como o Conselho Escolar e outros colegiados nos quais os jovens podem ser acusados, atuam nas decisões de criminalização dos alunos. Faz parte dessa pesquisa problematizar as possíveis consequências para a vida desses jovens e sua relação posterior com a escola e com o processo de escolarização. Neste contexto é que este projeto de pesquisa se insere, buscando compreender os elementos constitutivos da lógica de criminalização da pobreza e juventude à luz da perspectiva teórica histórico-cultural, refletindo sobre como as instituições escolares e de justiça têm tratado a questão, apontando possíveis conseqüências para a vida dos jovens e para a sociedade contemporânea. Caracteriza-se como uma pesquisa qualitativa, que terá três momentos de aproximação com o campo (levantamento de dados nas escolas, levantamento de dados junto à Vara da Infância e Juventude e entrevista individual com a equipe escolar, Conselho de Escola e com os jovens protagonistas de violência) e o uso de dois instrumentos de coleta de dados: análise documental e a entrevista individual/grupal. A pesquisa está sendo realizada a partir dos dados de quatro escolas públicas estaduais de duas cidades do interior paulista.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Claudia Regonha Suster - Integrante / Débora Cristina Fonseca - Coordenador / Maria Cecília Luiz - Integrante / Renata Maria Moschen Nascente - Integrante / Sérgio Dalaneze - Integrante / Ronaldo Martins Gomes - Integrante / Anderson Lima - Integrante / Ariel Cristina Gatti Vergna - Integrante / Elisiane Spencer Quevedo Goethel - Integrante / Larissa Barbosa Ferreira - Integrante / Michele Manies - Integrante / Paola Karuliny Guarnieri - Integrante / Livia Vuolo - Integrante / Priscila Carla Cardoso - Integrante / Maria Cecilia Kerches de Menezes - Integrante / Tamyres Vituri da Silva - Integrante / Caroline Polido - Integrante / Vanessa de Jesus Krominski - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2011

    Os fazeres em Psicologia Social na primeira década do século XXI: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas., Descrição: Os objetivos do presente trabalho consistiram em: identificar as práticas profissionais relatadas nos manuscritos da Revista Psicologia & Sociedade, no período de 2000 à 2010; analisar os sentidos de tais práticas na dimensão político-ideológica e por último, relacionar as práticas e seus sentidos com a formação de seus respectivos autores. Foram lidos todos os exemplares da revista Psicologia e Sociedade, produzidas pela ABRAPSO (Associação Brasileira de Psicologia Social), publicados entre o ano 2000 e 2010, totalizando em 32 exemplares (438 artigos). Todo material lido foi classificado de acordo com o conteúdo predominante, sendo estes: textos epistemológicos (discutem teorias e/ou categorias da Psicologia Social); textos metodológicos (discutem métodos de pesquisa em Psicologia Social); textos temáticos (discutem um tema, por exemplo: violência, grupos, direitos humanos etc); textos de ?outras? psicologias (apresentam claramente uma base não social); textos em outro idioma (que não estavam publicados em língua portuguesa); textos de outros contextos (não retratam sobre o cenário brasileiro) e os textos relativos às práticas (discutem práticas - intervenções identificadas como da Psicologia). A partir desse material, cinco eixos foram identificados para a realização da análise dos sentidos (investigativo, sociológico-adaptativo, político, educativo e ético) das práticas. Torna-se possível dizer que grande parte das práticas psicossociais publicadas são caracterizadas por seu sentido investigativo, com ênfase no mundo do trabalho. A maioria dos sujeitos alvo apresentados eram os trabalhadores, de modo geral, e mulheres e adolescentes. Os resultados indicam que o fato do sentido investigativo prevalecer dá indicativos sobre a busca pela garantia de cientificidade que a revista precisa para ser reconhecida. Também foi considerado que esse material não pode ser apresentado como representativo da totalidade das práticas psicossociais que vem ocorrendo no país na últim. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Claudia Regonha Suster - Integrante / Telma Regina de Paula Souza - Coordenador., Financiador(es): Universidade Metodista de Piracicaba - Bolsa.

  • 2009 - 2010

    Estudo II: A percepção de professores de alunos com queixa escolar sobre a tarefa de casa., Descrição: O objetivo deste trabalho foi identificar e analisar a percepção do professor sobre a tarefa de casa. Foram entrevistados onze professores. Desses, nove possuem graduação em pedagogia, um está a concluir e outro é graduado em psicopedagogia. Todos são docentes em uma escola localizada no município de Piracicaba. O procedimento utilizado para a coleta de dados foi o de entrevista semi-estruturada separada em duas partes: a primeira, perguntas para caracterização dos sujeitos, a segunda, sobre a opinião da professora em relação a tarefa de casa. As entrevistas foram gravadas e posteriormente digitadas. Dessas, emergiram 9 blocos temáticos, organizados em tabelas, sendo estes: Caracterização dos Participantes, Objetivos (finalidade da tarefa), Dificuldades (encontradas pelas professoras no cumprimento da atividade), Justificativas (utilizadas, pelos alunos, quando não realizam a atividade), Solicitação (como o professor solicita a tarefa), Correção (modo como o exercício é corrigido), Periodicidade (freqüência com que é solicitada aos alunos), Conseqüências (para a realização ou não realização da tarefa) e por último, os Procedimentos (utilizados, pelas professoras, para a realização ou não da tarefa). Durante a discussão, dados relevantes apontaram para: a importância da família no aprendizado do aluno, possibilidade de construção de hábitos de estudo mais adequados e a função da ação docente nesse processo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Claudia Regonha Suster - Integrante / Maria Teresa Dondelli Paulillo Dal Pogetto - Coordenador., Financiador(es): Universidade Metodista de Piracicaba - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - 2017

Serviço de Acolhimento Familiar - Família Acolhedora

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Psicóloga, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Atuo como psicóloga no Serviço de Acolhimento Familiar atendendo crianças/adolescentes e famílias. No serviço em questão, famílias voluntárias acolhem temporariamente em suas residências crianças/adolescentes que, em decorrência da grave violação de direitos sofridas, são afastadas do convívio familiar. Todas as ações desenvolvidas são direcionadas de modo à favorecer a reintegração familiar e, na impossibilidade do retorno da criança/adolescente, encaminhamento para família substituta. Principais atividades: atendimento psicossocial individual e em grupo, visitas domiciliares e monitoradas, confecção de relatórios sociais, articulação da rede socioassistencial, mobilização social para captação de famílias voluntárias, capacitação de famílias acolhedoras, dentre outras.

2012 - 2014

Centro de Referencia Especializado de Assistencia Social

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Psicóloga, Carga horária: 40

Outras informações:
Atuo como psicóloga no acompanhamento de famílias de crianças e adolescentes com direitos violados a fim de promover o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários e a superação da situação de violação de direitos. Principais atividades: atendimento psicossocial individual e em grupo, visitas domiciliares, confecção de relatórios sociais, articulação da rede socioassistencial, dentre outras.

2010 - 2011

Universidade Metodista de Piracicaba

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Inic. Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Atividades de Participação em Projeto, Faculdade de Psicologia Projetos de pesquisa: Os fazeres em Psicologia Socia na primeira década do século XXIl: os sentidos das práticas psicossociais contemporâneas.

2009 - 2010

Universidade Metodista de Piracicaba

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Inic. Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Atividades de Participação em Projeto, Faculdade de Psicologia Projetos de pesquisa: Estudo II: a percepção de professores de alunos com queixa escolar sobre a tarefa de casa. http://www.unimep.br/phpg/mostraacademica/anais/8mostra/1/235.pdf

2015 - Atual

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Vínculo: Mestranda, Enquadramento Funcional: Membro do Grupo de Pesquisa GEPEPDH

2018 - Atual

Instituto Formar

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Analista de Aprendizagem, Carga horária: 40