Ricardo Silva de Oliveira

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC-CNPq/UFGD, no período de agosto de 2007 a fevereiro de 2008 em que desenvolveu o Plano de Trabalho intitulado "As epidemias nas reduções Jesuítico-Guarani, a catequização indígena e a dominação Ibérica, século XVII", sob a orientação da professora Drª Cândida Graciela Chamorro Argüello. Também foi bolsista pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC-UFGD/UFGD, desenvolvendo o Plano de Trabalho "Justiça Informal e acesso à Justiça: uma análise qualitativa do tipo de tratamento oferecido àqueles que buscam no Juizado Especial Criminal a solução para os seus conflitos de natureza interpessoal e intersubjetiva", sob orientação do professor Drº André Luiz Faisting.

Informações coletadas do Lattes em 11/10/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Graduação em Ciências Sociais

2006 - 2010

Universidade Federal da Grande Dourados
Orientador: ANDRÉ LUIZ FAISTING
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.

Participação em eventos

I Seminário de Estudos sobre as Transformações Rurais em Mato Grosso do Sul: Dilemas e Perspectivas.. 2007. (Seminário).

Comissão julgadora das bancas

Márcio Mucedula Aguiar

Faisting, A. L.AGUIAR, M. M.; Pereira, L. M.. O Juizado Especial Criminal da Comarca de Dourados: uma análise dos rituais judiciários.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Foi orientado por

Cándida Graciela Chamorro Argüello

As epidemias nas reduções Jesuítico-Guarani, a catequização indígena e a dominação Ibérica, século XVII; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Ciencias Sociais) - Universidade Federal da Grande Dourados, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Cándida Graciela Chamorro Argüello;

André Luiz Faisting

O Juizado Especial Criminal da Comarca de Dourados: uma análise dos rituais judiciários; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Grande Dourados; Orientador: André Luiz Faisting;

André Luiz Faisting

Justiça Informal e Acesso à Justiça: uma análise qualitativa da expectativa e satisfação de vítimas e acusados no Juizado Especial Criminal em Dourados; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Grande Dourados, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: André Luiz Faisting;

André Luiz Faisting

Justiça Informal e Acesso à Justiça: uma análise qualitativa do tipo de tratamento oferecido àqueles que buscam no Juizado Especial Criminal a solução para seus conflitos de natureza interpessoal e intersubjetiva; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal da Grande Dourados; Orientador: André Luiz Faisting;

Produções bibliográficas

  • FAISTING, A. L. ; OLIVEIRA, R.S. . JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL: UM ESTUDO DE CASO A PARTIR DAS AUDIÊNCIAS PRELIMINARES DE CONCILIAÇÃO. In: ENADIR - ENCONTRO NACIONAL DE ANTROPOLOGIA DO DIREITO, 2011, São Paulo. II ENADIR - Encontro Nacional Antropologia do Direito. GT 01: Antropologia e Sistemas de Justiça Criminal, 2011.

  • OLIVEIRA, R.S. . Justiça informal e acesso à justiça: uma análise qualitativa do tipo de tratamento oferecido àqueles que buscam no Juizado Especial Criminal a solução para seus conflitos de naturezan interpessoal e intersubjetiva. In: 3º Encontro de Extensão - 3º Encontro de Iniciação Científica e 2º Encontro de Pós-graduação da UFGD, 2009, Dourados. 3º Encontro de Extensão - 3º Encontro de Iniciação Científica e 2º Encontro de Pós-graduação da UFGD, 2009.

  • OLIVEIRA, R.S. . As epidemias nas reduções jesuítico-guaranis, a catequização indígena e a dominação ibérica, século XVII.. In: II ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UFGD/UEMS E I ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 2008, Dourados. PESQUISA DISCENTE: DA INICIAÇÃO À PÓS-GRADUAÇÃO., 2008.

  • OLIVEIRA, R.S. . As epidemais nas reduções jesuítico-guarani, a catequização indígena e a dominação Ibérica, século XVII. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Projetos de pesquisa

  • 2008 - 2010

    Práticas e Representações na Justiça Informal Criminal: o caso do Juizado Especial Criminal da Comarca de Dourados, MS, Descrição: O presente projeto de pesquisa pretende compreender o processo contemporâneo de informalização da justiça a partir da análise da lógica de funcionamento e das representações sociais sobre violência e punição desenvolvidas por agentes e litigantes nos Juizados Especiais Criminais, instância da justiça informal criminal no Brasil. Para tanto, elegemos como estudo de caso os Juizados Especiais Criminais da Comarca de Dourados, Mato Grosso do Sul para, com base na revisão bibliográfica sobre o assunto e na observação de dados empíricos levantados, buscar os seguintes objetivos específicos: a) caracterizar quantitativamente as demandas dos Juizados em Dourados, através do levantamento e análise dos boletins de ocorrência policial que tramitaram nos dois Juizados nos anos de 2006 e 2007; b) compreender como os operadores do direito juízes, promotores e advogados - caracterizam as demandas e as partes litigantes que tem seus conflitos tratados a partir da lógica da conciliação nos Juizados da Comarca, bem como avaliam a importância e os problemas relativos à lógica de funcionamento do Juizado Especial Criminal no Brasil e na região; c) compreender como se desenvolve o processo ritual de resolução dos conflitos nas audiências preliminares de conciliação, base na qual opera a justiça informal no Brasil, partindo principalmente das formas de representação social da violência e da punição que agentes e litigantes manifestam nessa instância de justiça. Pretende-se, enfim, a partir de uma realidade local, oferecer, de um ponto de vista sociológico, uma contribuição para a discussão mais ampla do processo contemporâneo de informalização da justiça.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ricardo Silva de Oliveira - Coordenador.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade Federal da Grande Dourados, Reitoria. , Rua: João Rosa Goés n 1761, Vila Progresso, 79825-070 - Dourados, MS - Brasil - Caixa-postal: 332, Telefone: (067) 34113600, URL da Homepage:

Experiência profissional

2008 - 2010

Universidade Federal da Grande Dourados

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC, Carga horária: 12