Clarissa Cunha Santana

Graduada em Licenciatura (2008) e Bacharelado (2010) em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário Jorge Amado (UNIJORGE). Mestre em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa pelo Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz, Fiocruz Bahia. Obteve então experiência em ecologia vegetal e taxonomia de fanerógamas, tendo atuado com os seguintes temas: Botânica, Ecologia e Taxonomia de Fanerógamas e biologia parasitária trabalhando com parasitologia e quimioterapia antiparasitária. Atuou no período de 2011-2012 como bolsista do CNPq no Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - CPqGM - Laboratório de Engenharia Tecidual e Imunofarmacologia (LETI), FIOCRUZ, em testes com Plasmodium sp. e, de 2013 a 2015, desenvolveu projeto de mestrado na área de quimioterapia antimalárica no Laboratório de Biologia Parasitária (LBP) também na Fiocruz. Atualmente trabalha com resposta imunológica ao Mycobacterium tuberculosis em coinfecção com HIV em projeto de doutorado pelo programa de Patologia Humana e experimental da UFBA em parceria com a Fiocruz-Bahia.

Informações coletadas do Lattes em 22/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Patologia Humana

2016 - Atual

Universidade Federal da Bahia
Theolis Costa Barbosa Bessa. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa

2013 - 2015

Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Oswaldo Cruz, CPqGM
Título: Avaliação de atividade antimalárica de novos derivados quinolínicos,Ano de Obtenção: 2015
Marcos André Vannier dos Santos.Coorientador: Patrícia Sampaio Tavares Veras. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Plasmodium; Quimioterapia; Quinolínicos; Parasitologia.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: biologia celular. Setores de atividade: Fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos.

Especialização em andamento em Pós-graduação em Análises clínicas

2019 - Atual

Atualiza Assessoria, Treinamento e Serviços Educacionais

Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas

2009 - 2010

Centro Universitário Jorge Amado
Bolsista do(a): Universidade para todos, PROUNI, Brasil.

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas

2006 - 2008

Centro Universitário Jorge Amado
Título: Uma análise das percepções dos professores sobre a inclusão de crianças autistas em escolas convencionais
Orientador: Msc. Valter Forastieri Cova
Bolsista do(a): Universidade para todos, PROUNI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Treinamento em Uso de Laboratório de Biossegurança nível 3. (Carga horária: 20h). , Instituto Aggeu Magalhães, CPQAM, Brasil.

2018 - 2018

I International Course on Immune-regulation. (Carga horária: 32h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2017 - 2017

Introduction to Systematic Review and Meta-Analysis using STATA. (Carga horária: 20h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2014 - 2014

Escrevendo e publicando artigos eficientemente. (Carga horária: 32h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2013 - 2013

XIII Curso Inter.l de Epidemio. Molecular. (Carga horária: 35h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em V Curso Avançado em Biologia de Patógenos. (Carga horária: 20h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em XII EPIMOL. (Carga horária: 35h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2012 - 2012

Planejamento, delineamento e análise de exp. II. (Carga horária: 10h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2012 - 2012

Curso de manipulação de animais de laboratório. (Carga horária: 6h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2011 - 2011

Contribuições da Etnoecologia à Gestão Ambiental. (Carga horária: 6h). , Centro Universitário Jorge Amado, UNIJORGE, Brasil.

2011 - 2011

Dispersão de Sementes e Morfologia de Frutos. (Carga horária: 6h). , Centro Universitário Jorge Amado, UNIJORGE, Brasil.

2011 - 2011

Insetos sim, Nocivos não! Abordagem Diferenciada. (Carga horária: 6h). , Centro Universitário Jorge Amado, UNIJORGE, Brasil.

2011 - 2011

Curso Básico de Biossegurança. (Carga horária: 20h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2011 - 2011

Planejamento, delineamento e análise de exp.. (Carga horária: 10h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2011 - 2011

Microscopia Eletrônica. (Carga horária: 20h). , Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Osvaldo Cruz, CPqGM, FIOCRUZ, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em Interações Mutualisticas com Ênfase na Pol. e Disp. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2010 - 2010

Minicurso Cultura de Tecidos Vegetais. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2009 - 2009

Minicurso Práticas de Sustentabilidade. (Carga horária: 4h). , Associação Brasileira de Educação a Distância, ABED, Brasil.

2009 - 2009

Estrutura, composição e distribuição de vegetações. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2008 - 2008

Minicurso Taxonomia de Abelhas. (Carga horária: 4h). , Rede Baiana de Polinizadores, REPOL, Brasil.

2008 - 2008

Visita téc. aos ecossistemas da Chapada Diamantina. (Carga horária: 60h). , Centro Universitário Jorge Amado, UNIJORGE, Brasil.

2006 - 2006

Minicurso Doenças Relacionadas ao Citoesqueleto. (Carga horária: 6h). , Centro Universitário Jorge Amado, UNIJORGE, Brasil.

2003 - 2003

Programa de Enriquecimento Instrumental - Nível II. , Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, CEAAT, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Interação planta-animal/Especialidade: Interação Inseto-planta.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Nectários extraflorais.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Biotecnologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PAZ, J.R.L. da ; SANTANA, C.C. ; ARAUJO, L. ; SANTOS, M. V. P. ; SILVA, W. P. . II Biovertentes. 2012. (Outro).

PAZ, J.R.L. da ; ABREU, M. da C. ; SILVA, W. P. ; SANTANA, C.C. . I Biovertentes. 2011. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

ImmunoTherapy. ACTIVATION AND EXHAUSTION PROFILES OF T CELLS IN VOLUNTEERS WITH LATENT TUBERCULOSIS (TB) INFECTION, ACTIVE PULMONARY TB, HUMAN IMMUNODEFICIENCY VIRUS (HIV) INFECTION AND TB-HIV COINFECTION. 2019. (Congresso).

XVIII Curso Internacional de Epidemiologia Molecular em doenças infecciosas e parasitárias emergentes. 2018. (Outra).

II BCG Workshop. 2017. (Seminário).

XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Parasitologia (XXIV CBP) e do XXIII Congresso Latinoamericano de Parasitologia ? CLP/FLAP. Antimalarial activity of novels quinolines derivatives. 2015. (Congresso).

XVIII Seminário Laveran & Deane sobre Malária.Potential antimalarial quinoline derivates and its mechanism of action on Plasmodium sp. 2013. (Seminário).

II Biovertentes.Coleta, montagem e curadoria de coleções entomológicas. 2012. (Outra).

I Seminário de Inovação e Biotecnologia. 2012. (Seminário).

I Biovertentes. 2011. (Encontro).

II Seminário de Iniciação Científica da UNIJORGE.Visitantes de nectários extraflorais de Ipomea carnea subsp. fistulosa, em área antropizada na Bahia. 2011. (Seminário).

VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULTE.Moscas em nectários extraflorais de Ipomea carnea subsp. fistulosa, no campus da UEFS, BAhia, Brasil. 2011. (Encontro).

VII Semana de Biologia da UFBA.Formigas e Moscas Visitantes de nectários extraflorais de Ipomea carnea subsp. fistulosa, no campus da UEFS, Bahia, Brasil: Dados preliminares. 2011. (Encontro).

VI Semana de Biologia da UFBA. 2010. (Encontro).

200 anos de Darwin na Bahia. 2009. (Simpósio).

4° Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação do Centro Universitário Jorge Amado. 2009. (Encontro).

Cursos de Ecologia 2009 - UFBA. 2009. (Outra).

VIII Encontro de Meio Ambiente Coelba. 2009. (Encontro).

Semana dos Polinizadores. 2008. (Encontro).

Visita técnica aos ecossistemas da Chapada Diamantina no entorno da Cidade de Mucugê-Ba. 2008. (Outra).

I Mostra de Projetos do ISE. 2007. (Outra).

1° Encontro Interdisciplinar de Cultura e Educação das Faculdades Jorge Amado - INTERCULT.Ensaio fotográfico - Olhares e Sentidos: leituras críticas do modus vivendi na cidade de São Salvador. 2006. (Encontro).

Seminário Educação no 3° Milênio: Professor e a inclusão digital. 2006. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Cristiane Flora Villarreal

Villarreal, CF; Velozo, ES; BEZERRA, D. P.. Avaliação de atividade antimalárica de novos derivados quinolínicos. 2015. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduação em Biotecnologia em Saúde e) - Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz/FIOCRUZ-BA.

Cristiane Flora Villarreal

MOREIRA, D. M.; Velozo, ES;Villarreal, CF. Avaliação de atividade antimalárica de novos derivados quinolínicos. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Curso de Pós-Graduação em Biotecnologia em Saúde e) - Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz/FIOCRUZ-BA.

Eudes da Silva Velozo

VELOZO, E. S.; Villarreal, C. F.; Bezerra, D. P.; MOREIRA, D. R. M.. Avaliação de atividade antimalária de novos derivados quinolínicos. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Biotecnologia em Saúde e Medicina) - Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz Fiocruz.

Eudes da Silva Velozo

MOREIRA, D. R. M.; VELOZO, E. S.. Avaliação da atividade antimalárica de novos derivados quinolínicos. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa) - Fundação Oswaldo Cruz.

Daniel Pereira BezerrA

BEZERRA, D. P.; VELOZO, E. S.; VILLARREAL, C. F.. Avaliação de Atividades Antimalárica de Novos Derivados Quinolínicos. 2015. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa) - Fundação Oswaldo Cruz.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

marcos André Vannier dos santos

Atividade anti-malárica de derivados quinolínicos; ; 2015; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia e Medicina Investigativa) - Fundação Oswaldo Cruz, Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz; Orientador: Marcos Andre Vannier dos Santos;

Theolis Costa Barbosa Bessa

Papel da morte celular e de polimorfismos em genes relacionados à resposta imune inata na ativação de linfócitos T CD8+ em indivíduos coinfectados TB-HIV; Início: 2016; Tese (Doutorado em Patologia Humana) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MATOS, P. C. P. ; SANTANA, T. A. ; QUEIROZ, . C. S. B. S. ; OLIVEIRA, B. S. S. ; NOGUEIRA, M. L. ; BARBOSA, L. A. ; SANTOS, G. C. ; SANTANA, C.C. . Desenvolvimento de um jogo de tabuleiro como ferramenta de ensino por investigação em Parasitologia para o Ensino Superior. Atas de Ciências da Saúde , v. 7, p. 17-31, 2019.

  • Batista, R. ; SANTANA, C.C. ; Azevedo-Santos, A. V. ; Suarez-Fontes, A. M. ; Ferraz, J. L. A. ; Silva, L. A. M. ; Vannier-Santos, M. A. . In vivo antimalarial extracts and constituents of Prosopis juliflora (Fabaceae). Journal of Functional Foods , v. 44, p. 74-78, 2018.

  • PAZ, J.R.L. da ; SANTANA, C.C. ; SILVA, W. P. ; ABREU, M. C. ; PIGOZZO, C.M. . Guilda de visitantes de nectários extraflorais de Ipomoea carnea fistulosa (Convolvulaceae) em uma área de semiárido antropizado da Bahia, Brasil. Acta Biológica Paranaense , v. 45, p. 21-51, 2016.

  • SILVA, W.P. ; PAZ, J.R.L. da ; SANTANA, C.C. ; SANTOS, M. V. P. ; ARAUJO, L. ; MOREIRA, W. B. . UM OLHAR SOBRE O RELATO DE EXPERIÊNCIA DO II BIOVERTENTES: EVENTO ACADÊMICO-CIENTÍFICO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO JORGE AMADO Um olhar sobre o relato de experiência do II Biovertentes: evento acadêmico-científico do curso de ciências biológicas do Centro Universitário Jorge Amado. Revista de Extensão , v. 13, p. 102-114, 2016.

  • PAZ, J.R.L. da ; SANTOS, M.V.P. ; SILVA, W.P. ; MOREIRA, A.L.C. ; SANTANA, C.C. . A importância da organização de eventos acadêmicos na formação do biólogo: a iniciativa do BioVertentes. Em Extensão (UFU. Impresso) , v. 13, p. 51-60, 2014.

  • PAZ, J.R.L. da ; SILVA, W. P. ; SANTANA, C.C. . Como, onde e por que conservar insetos?.. Blog do Hugo Gonçalves - Jornalismo, Blog Pessoal, 30 mar. 2012.

  • SANTANA, C.C. ; Vannier-Santos, M. A. ; Silva, J. J. . XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Parasitologia (XXIV CBP) e do XXIII Congresso Latinoamericano de Parasitologia ? CLP/FLAP. In: XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Parasitologia (XXIV CBP) e do XXIII Congresso Latinoamericano de Parasitologia ? CLP/FLAP, 2015, Salvador. Anais do XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Parasitologia (XXIV CBP) e do XXIII Congresso Latinoamericano de Parasitologia ? CLP/FLAP, Salvador, Bahia, Brasil. - 2015., 2015.

  • ABREU, M. C. ; SANTANA, C.C. ; PAZ, J.R.L. da ; GIMENES, M. ; PIGOZZO, C.M. . Comportamento de forrageio de formigas em nectários extraflorais de Ipomea carnea fistulosa (Convolvulaceae) em uma área antropizada da Bahia, Brasil. In: XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012, Salvador. XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012. p. 415-415.

  • SANTANA, C.C. ; MOREIRA, A. L. C. ; ARAUJO, L. ; SOUSA, J. H. . Guias de néctar na espécie Solanum paniculatum L. (Solanaceae) com pólen como único recurso. In: VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011, Salvador. VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011.

  • SANTOS, M. V. P. ; SILVA, W. P. ; PAZ, J.R.L. da ; MOREIRA, A. L. C. ; SANTANA, C.C. . Um olhar sobre a organização do I Biovertentes: Relato de experiências e resultados alcançados.. In: VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011, Salvador. VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011.

  • MOREIRA, A. L. C. ; PAZ, J.R.L. da ; SILVA, W. P. ; SANTOS, M. V. P. ; SANTANA, C.C. . Percepção dos estudantes do curso de biologia da Unijorge sobre reprodução das plantas com ênfase nas síndromes de dispersão.. In: VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011, Salvador. VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011.

  • SANTANA, C.C. ; PAZ, J.R.L. da ; ABREU, M. C. ; GIMENES, M. ; PIGOZZO, C.M. . Moscas em nectários extraflorais de Ipomoea carnea fistulosa (Convolvulaceae) em uma área antropizada da Bahia, Brasil.. In: VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011, Salvador. VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011.

  • SANTANA, C.C. ; ABREU, M. C. ; PAZ, J.R.L. da ; GIMENES, M. ; PIGOZZO, C.M. . Formigas e moscas visitantes dos nectários extraflorais de Ipomoea carnea fistulosa (MArt. ex Choisy) D. F. Austin (Convolculaceae), em uma área antropizada no semi-árido da Bahia: Dados preliminares. In: VII Semana de Biologia da UFBA, 2011, Salvador. VII Semana de Biologia da UFBA, 2011.

  • SANTANA, C.C. ; MOREIRA, A. L. C. ; ARAUJO, L. ; SOUSA, J. H. . Polinização e dispersão de sementes de Solanum paniculatum L. (Solanaceae) no campus da UFBA, Salvador, Bahia.. In: VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011, Salvador. VI Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, 2011.

  • SANTANA, C.C. . Malária: Um velho desafio para a ciência. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SANTANA, C.C. . Aspectos gerais sobre a Doença de Chagas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SANTANA, C.C. . Pesquisa de alternativas quimioterápicas para o tratamento de doenças parasitárias. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ABREU, M. da C. ; SANTANA, C.C. ; PAZ, J.R.L. da ; GIMENES, M. ; PIGOZZO, C.M. . Comportamento de forrageio de formigas em nectários extraflorais de Ipomoea carnea fistulosa (Convolvulaceae) em uma área antropizada da Bahia, Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SANTANA, C.C. ; PAZ, J.R.L. da ; ABREU, M. da C. ; GIMENES, M. ; PIGOZZO, C.M. . Moscas em nectários extraflorais de Ipomoea carnea fistulosa (Convolvulaceae) em uma área antropizada da Bahia, Brasil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTANA, C.C. ; MOREIRA, A. L. C. ; ARAUJO, L. ; SOUSA, J. H. . Polinização e dispersão de sementes de Solanum paniculatum L. (Solanaceae) no campus da UFBA, Salvador, Bahia.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, M. V. P. ; SILVA, W. P. ; PAZ, J.R.L. da ; MOREIRA, A. L. C. ; SANTANA, C.C. . Um olhar sobre a organização do do I Biovertentes: Relato de Experiências e Resultados Alcançados. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MOREIRA, A. L. C. ; PAZ, J.R.L. da ; SILVA, W. P. ; SANTOS, M. V. P. ; SANTANA, C.C. . Percepção dos alunos de Ciências Biológicas da UNIJORGE sobre a reprodução das plantas com ênfase nas síndromes de dispersão. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTANA, C.C. ; MOREIRA, A. L. C. ; ARAUJO, L. ; SOUSA, J. H. . Guias de néctar na espécie Solanum paniculatum L. (Solanaceae) com pólen como único recurso. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTANA, C.C. ; PAZ, J.R.L. da ; PIGOZZO, C.M. ; GIMENES, M. . Visitantes de nectários extraflorais de Ipomoea carnea fistulosa (MART. EX CHOISY) D.F. AUSTIN. (Convolvulaceae) em área antropizada na Bahia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SANTANA, C.C. ; ABREU, M. da C. ; PAZ, J.R.L. da ; GIMENES, M. ; PIGOZZO, C.M. . Formigas e moscas visitantes dos nectários extraflorais de Ipomoea carnea subsp fistulosa (Mart. ex Choisy) D.F. Austin (Convolvulaceae), em uma área antropizada no semi-árido da Bahia: Dados preliminares. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTANA, C.C. . Ensaio fotográfico - Olhares e Sentidos: Leituras críticas e sensíveis do modus vivendi na cidade de São Salvador. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SANTANA, C.C. ; PAZ, J.R.L. da ; SILVA, W. P. . Coleta, montagem e curadoria de coleções entomológicas. 2012. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2010 - 2011

    O papel dos nectários extraflorais na biologia de Ipomoea carnea subsp. fistulosa (Mart. Ex Choisy) D.F. Austin. (Convolvulaceae), em populações naturais do campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Bahia, Brasil, Descrição: Estudo do papel dos nectários extraflorais na biologia de I. carnea subsp. fistulosa, interações com visitantes dos nectários extraflorais, fatores reguladores destas interações, variação temporal dos visitantes de NEF. Projeto parte da Iniciação científica promovida pelo Centro Universitário Jorge Amado em parceria com o Mestrado em botânica da Universidade Estadual de Feira de Santana, orientado pelas Profªs. Drªs. Camila Magalhães Pigozzo e Miriam Gimenes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Wagner Pereira Silva - Integrante / Joicelene Regina Lima da Paz - Integrante / Miriam Gimenes - Integrante / Camila Magalhães Pigozzo - Coordenador / Mônica Costa Abreu - Integrante., Número de produções C, T & A: 4

  • 2009 - 2009

    Projeto de Campo: "Aspectos biogeográficos, microbiológicos e parasitológicos da Estação Biológica de Canudos"., Descrição: Projeto de campo realizado no período de 30 de outubro a 1 de novembro de 2009, sob a orientação do profºs. Drº EDinaldo Luz das Neves, MSc. Valter Forastieri Cova e MSc. Helmut Swastzelmuller. Coleta de dados do solo ao longo da Estação Biológica de Canudos, avaliação de dados morfoclimáticos, coleta de material biológico para avaliação parasitólogia e estudo da formação geológica local. Carga horária total: 40 horas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Edinaldo Luz das Neves - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2013 - Atual

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - Atual

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - Atual

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - Atual

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - Atual

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    COMBINAÇÕES DE DROGAS NA TERAPIA DAS DOENÇAS NEGLIGENCIADAS E CÂNCER, Descrição: Realizar a bioprospecção de produtos naturais de plantas e fungos, com ou sem alterações sintéticas e em combinações com fármacos conhecidos, buscando desenvolver novas estratégias terapêuticas para doença de Chagas, leishmaniose, esquistossomose, giardíase, amebíase, malária e trichomoníase, procurando entender os modos de ação de potenciais fármacos sobre Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis, Schistosoma mansoni, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, Plasmodium falciparum, Candida albicans e Trichomonas vaginalis. Paralelamente, os extratos e as substâncias serão avaliados quanto à sua citotoxicidade contra células da linhagem B176F10 de melanoma. Como forma de retorno direto à sociedade, faremos a promoção à saúde pela difusão de informações sobre as doenças negligenciadas nas áreas endêmicas, especialmente em comunidades de baixa renda, do Estado da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    Novas estratégias terapêuticas para o combate a doenças neglicenciadas e ao câncer, Descrição: Os tumores e as infecções parasitárias estão entre as doenças de maiores morbimortalidades. O câncer causa 550.000 óbitos/ano, superando a mortalidade causada pelas duas Grandes Guerras Mundiais, somadas às guerras da Coréia, Vietnam e do Golfo. As doenças infecto-parasitárias causam impactos consideráveis à economia e qualidade de vida do brasileiro. Somente a doença de Chagas representa perdas superiores a U$ 1 bilhão/ano ao país, incluindo tratamento e perda de produtividade. O tratamento dessas doenças é, em geral, medicamentoso baseando-se em recomendações da Organização Mundial de Saúde. Entretanto, alguns dos medicamentos para doenças parasitárias são usados há mais de 70 anos. Além dos efeitos colaterais associados a esses medicamentos, fenômenos de resistência ao tratamento são amplamente documentados. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no Sistema Único de Saúde (SUS). Nessa proposta pretendemos realizar a bioprospecção de produtos de origem vegetal e fúngica que tenham efeito citotóxico sobre parasitos e células cancerígenas. Nossas pesquisas em quimioterapia abordam diversas parasitoses como malária, tricomoníase, giardíase, amebíase e candidíase. Quanto ao câncer, estamos também realizando bioensaios com células de melanoma e carcinoma. Serão usadas células em cultura na seleção de compostos ou combinações de compostos de maior efeito citotóxico. Também pretendemos selecionar compostos que possam ser utilizados na terapia fotodinâmica (PDT) como, por exemplo, a curcumina, visando promover as ações microbicida e tumoricida desses compostos. Nesse sentido o nosso grupo já vem abordando efeitos antimicrobianos da PDT, em parceria com o Centro de Fotônica da UFBA. Os mecanismos de ação dos compostos mais promissores serão verificados pela análise estrutural e bioquímica das células. Esses compostos também serão avaliados in vivo em diversos modelos experimentais de infecções parasitárias e melanoma murino. Esse trabalho poderá resultar em publicações em periódicos internacionais, formação de recursos humano e patentes. Vale destacar a necessidade de se promover ações que permitam que os resultados efetivos desse projeto alcancem seu público alvo. Nesse sentido, estamos também realizando os primeiros testes clínicos, que visam verificar a segurança e eficácia em grupo de pacientes de uma formulação terapêutica desenvolvida em projetos anteriores (incluso o PPSUS). Dessa forma, o desenvolvimento tecnológico proposto aqui poderá ter um impacto real e positivo na saúde pública no estado da Bahia bem como em grande parte do território nacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Integrante / Marcos André Vannier Santos - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    USO COMBINADO DE FÁRMACOS E PRODUTOS NATURAIS NA TERAPÊUTICA DE DOENÇAS NEGLIGENCIADAS, Descrição: As doenças infecto-parasitárias estão entre as principais causas de morbidade e mortalidade em todo o planeta. Na maioria dos casos a intervenção preconizada pela Organização Mundial de Saúde é a medicamentosa, entretanto a quimioterapia atual é confrontada com efeitos adversos importantes e cada vez mais casos refratários. Assim sendo, existe premente demanda de desenvolvimento de novos medicamentos e/ou regimes terapêuticos utilizando fármacos eficazes e a baixos custos, que possam ser empregados no sistema público de assistência. As doenças negligenciadas atraem poucos investimentos por parte das indústrias, uma vez que são, geralmente, prevalentes em populações de baixa renda. A doença de Chagas, as leishmanioses e a esquistossomose são endêmicas em grande parte do território da Bahia, acarretando incalculável sofrimento e gastos com o Sistema Único de Saúde (SUS), bem como considerável perda de produtividade. Somente a doença de Chagas representa perdas anuais de mais de U$ 1 bilhão à economia brasileira. A presente proposta visa realizar a bioprospecção de produtos naturais de origem vegetal e fúngica sobre diferentes formas evolutivas de Trypanosoma cruzi, Leishmania amazonensis e Schistosoma mansoni in vitro e in vivo. Nossa equipe já vem abordando a quimioterapia antiparasitária, empregando diferentes modelos experimentais e tivemos uma patente depositada referente à otimização do tratamento da doença de Chagas (PI09008810, data de depósito 30/03/2009) e outra foi encaminhada pelo NIT (Núcleo de Inovação Tecnológica) e encontra-se em tramitação na Gestão Tecnológica (GESTEC) da FIOCRUZ. Na presente proposta visamos testar compostos isolados de espécies de famílias como Piperaceae, Clusiaceae, Myrtaceae e Fabaceae (Leguminosae) em modelos experimentais de doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose, além de outros patógenos em estudo por nossa equipe, buscando, quando possível, a identificação de combinações sinergísticas que apresentemelevadas atividades antiparasitárias e baixas toxicidades. Produtos naturais, com ou sem modificações sintéticas, que apresentarem evidencias ultraestruturais e ou bioquímicas de estresse oxidativo serão ensaiados em combinação com antagonistas de sistemas antioxidantes. Biocompostos que demonstrarem atividades antiparasitária promissora in vitro serão ensaiados in vivo, em modelo murino. Além da sobrevida cumulativa dos animais serão avaliados a toxicidade dos compostos pela atividade sérica de enzimas hepáticas, cardíacas, uréia etc., bem como a capacidade locomotora dos animais. Tal desenvolvimento tecnológico poderá impactar, significativamente, na saúde pública, tanto pela geração de novos conhecimentos e alternativas terapêuticas, como pela formação de novos pesquisadores e/ou técnicos capacitados a atuar em áreas estratégicas em enfoques de doenças negligenciadas de grande importância médica na Bahia, bem como em grande parte do território brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Clarissa Cunha Santana - Coordenador / Marcos André Vannier Santos - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2010

Láurea - Melhor Conceito global final no Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas, Centro Universitário Jorge Amado.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Fundação Oswaldo Cruz, Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz, CPqGM. , Rua Waldemar Falcão, Candeal, 40296-710 - Salvador, BA - Brasil, Telefone: (71) 31762200, Ramal: 236, Fax: (71) 31762327, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2011 - 2012

    Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista DTI, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Experimentos com Plasmodium sp. Testes de produtos sintéticos e naturais com possível atividade antimalárica.

    Atividades

    • 08/2011 - 07/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório de Engenharia Tecidual e Imunofarmacologia, .,Linhas de pesquisa

  • 2010 - 2010

    Herbário RADAMBRASIL - IBGE

    Vínculo: Estágio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Coleta, prensagem, herborização e identificação de material botânico, no periodo dede janeiro a junho de 2010 sob a supervisão do taxonomista MSc. Erivaldo Pereira Queiroz. Carga horária total: 244 horas.

    Atividades

    • 01/2010 - 06/2010

      Estágios , Herbário RADAMBRASIL - IBGE, .,Estágio realizado, Coleta, prensagem, herborização e identificação de material botânico..

  • 2009 - 2009

    Jardim Botânico de Salvador

    Vínculo: Estagio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Coleta, prensagem, herborização e identificação de material botânico, no período dede setembro a novembro de 2009 sob a supervisão do taxonomista MSc. Erivaldo Pereira Queiroz. Carga horária total: 156 horas.

    Atividades

    • 09/2009 - 11/2009

      Estágios , Superintendência do Meio Ambiente de Salvador, .,Estágio realizado, Coleta, prensagem, herborização e identificação de material botânico..

  • 2011 - 2011

    Centro Universitário Jorge Amado

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor no I BIOVERTENTES

    Outras informações:
    Monitora do I Biovertentes, evento organizado por ex-alunos do Centro Universitário Jorge Amado em parceria com a instituição. Carga horária total: 12 horas.

  • 2010 - 2011

    Centro Universitário Jorge Amado

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Aluno de Iniciação científica, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Desenvolvimento de trabalho de Iniciação Científica intitulado: O papel dos nectários extraflorais na biologia de Ipomea carnea subsp. fistulosa (Mart. ex Choisy) D.F. Austin (Convolvulaceae) em uma área antropizada do semiárido da Bahia, Brasil, no período de janeiro de 2010 janeiro de 2011, sob a orientação das Profªs. Drªs. Camila Magalhães Pigozzo e Miriam Gimenes.

  • 2010 - 2010

    Centro Universitário Jorge Amado

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor no V INTERCULTE, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Monitora do 5º Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação - INTERCULT, promovido pelo Centro Universitário Jorge Amado. Carga horária total: 20 horas.

  • 2009 - 2009

    Centro Universitário Jorge Amado

    Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitor na campanha "Saco é um saco", Carga horária: 12

    Outras informações:
    Monitora da campanha "Saco é um Saco", realizada em outubro de 2009. Carga horária total: 12 horas.

  • 2008 - 2008

    Colégio Estadual de Aplicação Anisio Teixeira

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Professora estagiária, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Ensino de biologia e ciências em turmas do ensino fundamental (5ª a 8ª série) e médio (1º ao 3º ano) e monitoria do projeto Saúde e Comunidade, no período de julho à dezembro de 2008 sob a supervisão do Diretor da Unidade de Ensino Carlos Luciano Brandão de Oliveira.

    Atividades

    • 06/2008 - 12/2008

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Ciências e biologia

  • 2008 - 2008

    Colégio Estadual Vale dos Lagos

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Professora estagiária, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Ensino de biologia e ciências em turmas do ensino fundamental de 5ª a 8ª série, no período de fevereiro a junho de 2008, sob a supervisão do Diretor da Unidade de Ensino Claudio de Sousa Silva

    Atividades

    • 02/2008 - 06/2008

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Ciências e Biologia

  • 2014 - 2016

    FORTES Formação Técnica em LTDA ME

    Vínculo: Professor Horista, Enquadramento Funcional: Professor Horista, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Professora das disciplinas teóricas e práticas Imunologia I e II, Química básica, Bioquímica I e II, Microbiologia I e II, Biologia celular, Fundamentos em saúde e Fundamentos em análises clínicas.

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal da Bahia

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de doutorado, Carga horária: 40

    Atividades

    • 11/2016

      Pesquisa e desenvolvimento , PgPat, .,Linhas de pesquisa