Antonio Carlos Ferrari Júnior

Mestre em Entomologia e Conservação da Biodiversidade (2017). Em 2014 concluiu bacharelado em Ciências Biológicas, ambos pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Tem experiência na área de Entomologia Médica e Veterinária com ênfase em Leishmanioses, Biologia e Comportamento de Flebotomíneos (Diptera: Psychodidae), Aedes aegypti e Culicídeos (Diptera: Culicidae) e Borrachudos (Diptera: Simuliidae) e em Bioensaios para a Avaliação de possíveis Ativos Inseticidas.

Informações coletadas do Lattes em 30/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade

2015 - 2017

Universidade Federal da Grande Dourados
Título: O ritmo circadiano difere entre machos e fêmeas de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) independentemente de variações climáticas,Ano de Obtenção: 2017
Orientador: Wedson Desidério Fernandes
Coorientador: Eunice Aparecida Bianchi Galati. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em Ciências Biológicas

2011 - 2014

Universidade Federal da Grande Dourados
Título: Estabelecimento de colônia de Nyssomyia neivai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) em laboratório
Orientador: Wedson Desidério Fernandes

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2016

Inglês - Immediate Conversation. (Carga horária: 140h). , Wizard Brasil, WIZARD, Brasil.

2013 - 2013

Extensão universitária em Laboratório de Diptera. (Carga horária: 40h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2013 - 2013

Avaliação do Potencial Inseticida de Bioativos. (Carga horária: 60h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Estudos da Fauna e Flora do Pantanal - MS. (Carga horária: 80h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2012 - 2012

Bioensaios para avaliação de ativos inseticidas. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2011 - 2011

Doenças Infecto-Parasitárias de Impacto em Saúde. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2011 - 2011

Identificação de material Entomológico. (Carga horária: 300h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2011 - 2011

Prática em Análises Clínicas. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2011 - 2011

Controle Biológico. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2011 - 2011

Estudos da Fauna e Flora do Pantanal - MS. (Carga horária: 80h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Entomologia Médica e Veterinária.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

FERRARI JUNIOR, A. C. ; SARDIN, J. P. N. . Citogenética Vegetal: Uma ferramenta para Biossistemática e evolução de Plantas. 2013. (Outro).

FERRARI JUNIOR, A. C. . 16º Workshop de Plantas Medicinais de Mato Grosso do Sul. 2013. (Outro).

FERRARI JUNIOR, A. C. ; COSTA, R. G. L. ; MUSSURY, R. M. . Curso de Flutuação, Mergulho com Apnéia e Arborismo em Bonito-MS. 2013. (Outro).

FERNANDES, M. F. ; FERRARI JUNIOR, A. C. . Avaliação do Potencial Inseticida de Bioativos. 2013. (Outro).

FERRARI JUNIOR, A. C. . 6º Empório da Agricultura Familiar da Grande Dourados. 2013. (Outro).

FERRARI JUNIOR, A. C. . V Semana Acadêmica da Gestão Ambiental e II Semana Acadêmica Integrada de Ciências Biológicas, Ambientais e Biotecnológicas. 2011. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IX International Symposium on Phlebotomine Sandflies.Evaluation of different diets for feeding larvae of Nyssomyia neivai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae). 2016. (Simpósio).

I ECOPET - Encontro Centro-Oeste dos Grupos PET.Educação Ambiental através de Horta Orgânica e Palestras Educativas. 2014. (Encontro).

ISOPS VIII - International Symposium on Phlebotomine Sandflies.VECTOR COMPETENCE OF NYSSOMYIA WHITMANI (DIPTERA: PSYCHODIDAE: PHLEBOTOMINAE) TO LEISHMANIA (LEISHMANIA) AMAZONENSIS. 2014. (Simpósio).

Avaliação do Potencial Inseticida de Bioativos, Teoria e Prática. 2013. (Outra).

Planejamento e Gestão ambiental na região de Fronteira. 2013. (Seminário).

VI SEREX - Seminário de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste.Os Petianos despertando nos alunos o interesse pela Ciência. 2013. (Seminário).

3º Encontro de Ensino de Graduação, 5º Encontro de Pós-Graduação, 6º Encontro de Iniciação Científica e 6º Encontro de Extensão.Monitoramento e avaliação de insetos hematófagos em área rural e urbana. 2012. (Encontro).

Diálogo e Oficina de Articulação e Mobilização para a RIO+20 e Cúpula dos Povos. 2012. (Encontro).

II SAICBAB ? II Semana Acadêmica Integrada de Ciências Biológicas, Ambientais e Biotecnológicas UFGD/UEMS. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Vânia Lúcia Brandão Nunes

Fernandes, WD; DORVAL, M. E. M. C.;NUNES, V. L. B.. ?O ritmo circadiano difere entre machos e fêmeas de flebotomíneos Nyssomyia whitmani (Díptera: Psychodidae) independentemente de variações climáticas?. 2017. Dissertação (Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Wedson Desiderio Fernandes

Fernandes, Wedson Desidério; DORVAL, M. E. M. C.; NUNES, V. L. B.. O Ritmo Circadiano difere entre machos e fêmeas de flebotomíneos Nyssomya whitmani (Diptera: Psychodidae) independente das variações climáticas.. 2017. Dissertação (Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Wedson Desiderio Fernandes

Desidério Fernandes, Wedson; NEGRAO, F. J.;FERNANDES, Marcos Gino. Estabelecimento de colônias de Nyssomya whitmani e Nyssomyia neivai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) em laboratório: diferentes dietas alimentares para o desenvolvimento das formas imaturas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Marcos Gino Fernandes

FERNANDES, Wedson Desidério; NEGRÃO, F. J.;FERNANDES, MARCOS G.. Estabelecimento de colonia de Nyssomyia whitmani e Nyssomyia neivai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) em laboratório: diferentes dietas alimentares para o desenvolvimento das formas imaturas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Magda Freitas Fernandes

Estabelecimento de colônia de Nyssomyia neivai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) em laboratório; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Curso de Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Grande Dourados / UFGD; Orientador: Magda Freitas Fernandes;

Herintha Coeto Neitzke Abreu

Epidemiologia das infecções por Leishmania sp; em pacientes da Região da Grande Dourados; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Grande Dourados; Orientador: Herintha Coeto Neitzke Abreu;

Wedson Desiderio Fernandes

O ritmo circadiano difere entre machos e fêmeas de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) independentemente de variações climáticas; 2017; Dissertação (Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Federal da Grande Dourados, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Wedson Desidério Fernandes;

Rosilda Mara Mussury Franco Silva

Programa de Educação Tutorial - PETBio; 2013; Orientação de outra natureza; (Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Grande Dourados, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Rosilda Mara Mussury Franco Silva;

Eunice Aparecida Bianchi Galati

FAUNA FLEBOTOMÍNEA ANTROPOFÍLICA: ASPECTOS SOBRE DENSIDADE, RAZÃO MACHO/FÊMEA E RITMO HORÁRIO; Início: 2016; Dissertação (Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade) - Universidade Federal da Grande Dourados; (Coorientador);

Jairo Campos Gaona

Monitoramento e avaliação de insetos hematófagos em área rural e urbana; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Grande Dourados, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Jairo Campos Gaona;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FERRARI JUNIOR, A. C. ; CAMPOS J . Monitoramento e Avaliação de Insetos Hematófagos em área Rural e Urbana. In: Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão - ENEPE, 2012, Dourados - MS. ENEPE 2012, 2012.

  • FERRARI JUNIOR, A. C. ; COSTA, R. G. L. ; SILVA, G. B. ; THOMAZ, N. L. ; ALEM, J. A. S. ; MUSSURY, R. M. . Falando sobre Doenças Infecto-Parasitárias de Impacto em Saúde Pública para Alunos do Ensino Médio. In: 8º ENEPE/UFGD - 5º EPEX/UEMS, 2014, Dourados - MS. ENEPE 2014, 2014.

  • FERRARI JUNIOR, A. C. ; SILVA, G. B. ; COSTA, R. G. L. ; SANTOS, S. P. L. ; MUSSURY, R. M. . Extensão na busca pelo Densenvolvimento da Consciência Ambiental. In: 8º ENEPE/UFGD - 5º EPEX/UEMS, 2014, Dourados - MS. ENEPE 2014, 2014.

  • FERRARI JUNIOR, A. C. ; SILVA, G. B. ; COSTA, R. G. L. ; SANTOS, S. P. L. ; MUSSURY, R. M. . Sustentabilidade: Mudando o Mundo com Pequenas Atitudes. In: 8º ENEPE/UFGD - 5º EPEX/UEMS, 2014, Dourados - MS. ENEPE 2014, 2014.

  • FERRARI JUNIOR, A. C. ; DUTRA, L. C. M. ; COSTA, R. G. L. ; PONTES, T. C. ; SANTOS, S. G. ; SILVA, R. M. ; OLIVEIRA, M. P. ; ORTOLANI, L. G. ; MUSSURY, R. M. . Os Petianos despertando nos alunos o interesse pela Ciência. In: Seminário Regional de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste, 2013, Dourados - MS. VI SEREX, 2013.

  • SOBREIRO, A. I. ; PERES, L. L. S. ; COSTA, R. G. L. ; FERRARI JUNIOR, A. C. ; COLTRO, E. M. ; DIAS, G. A. S. ; SANTOS, J. G. M. ; SANTOS, S. P. L. ; MUSSURY, R. M. . PET VERDE: Estratégias para melhor Educação Ambiental e Alimentar. In: Seminário Regional de Extensão Universitária da Região Centro-Oeste, 2013, Dourados - MS. VI SEREX, 2013.

  • FONTOURA, L. F. ; FERRARI JUNIOR, A. C. ; FERNANDES, M. F. ; SANTOS, K. M. ; FERNANDES, W. D. ; NEITZKE-ABREU, H. C. . Fauna de flebotomíneos em zonas urbanas no Município de Dourados. In: III ENEPEX - Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2016, Dourados, MS. III ENEPEX, 2016.

  • FERRARI JUNIOR, A. C. ; SANTOS, K. M. ; FERNANDES, M. F. ; FERNANDES, W. D. ; NEITZKE-ABREU, H. C. ; DORVAL, M. E. M. C. ; OLIVEIRA, A. G. ; GALATI, E. A. B. . Evaluation of different diets for feeding larvae of Nyssomyia neivai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae). In: IX International Symposium On Phlebotomine Sandflies, 2016, Reims, França. ISOPS IX, 2016.

  • FONTOURA, L. F. ; FERRARI JUNIOR, A. C. ; FERNANDES, M. F. ; NEGRAO, F. J. ; NEITZKE-ABREU, H. C. . Epidemiologia das Infecções por Leishmania sp. em pacientes da região da Grande Dourados. In: II ENEPEX - Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2015, Dourados-MS. II ENEPEX - Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2015.

  • SARAIVA, J. M. ; DIAS, G. A. S. ; COLTRO, E. M. ; FERRARI JUNIOR, A. C. ; COSTA, R. G. L. ; SANTOS, S. G. ; SILVA, R. M. ; TROVATO, V. W. ; PERES, L. L. S. ; MEIRA, R. O. ; DUTRA, L. C. M. ; SANTOS, J. G. M. ; TSUNADA, M. S. ; SANTOS, S. P. L. ; OLIVEIRA, M. P. ; MUSSURY, R. M. . Plantão PETBio de Morfologia Vegetal. In: I Encontro Centro-Oeste dos Grupos PET, 2014, Cuiabá - MT. ECOPET 2014, 2014.

  • PERES, L. L. S. ; FERRARI JUNIOR, A. C. ; COSTA, R. G. L. ; MEIRA, R. O. ; TROVATO, V. W. ; DIAS, G. A. S. ; SANTOS, S. P. L. ; TSUNADA, M. S. ; SARAIVA, J. M. ; DUTRA, L. C. M. ; COLTRO, E. M. ; OLIVEIRA, M. P. ; SILVA, R. M. ; SANTOS, S. G. ; SANTOS, J. G. M. ; MUSSURY, R. M. . PET Solidário: Atividades Recreativas em uma Comunidade Carente no Município de Dourados-MS. In: I Encontro Centro-Oeste dos Grupos PET, 2014, Cuiabá - MT. ECOPET 2014, 2014.

  • FERRARI JUNIOR, A. C. ; COSTA, R. G. L. ; PERES, L. L. S. ; MEIRA, R. O. ; TROVATO, V. W. ; DIAS, G. A. S. ; SANTOS, S. P. L. ; TSUNADA, M. S. ; SARAIVA, J. M. ; DUTRA, L. C. M. ; COLTRO, E. M. ; OLIVEIRA, M. P. ; SILVA, R. M. ; SANTOS, S. G. ; SANTOS, J. G. M. ; MUSSURY, R. M. . Educação Ambiental através de Horta Orgânica e Palestras Educativas. In: I Encontro Centro-Oeste dos Grupos PET, 2014, Cuiabá - MT. ECOPET 2014, 2014.

  • SANTOS, S. G. ; OLIVEIRA, M. P. ; SANTOS, J. G. M. ; SILVA, R. M. ; COLTRO, E. M. ; FERRARI JUNIOR, A. C. ; COSTA, R. G. L. ; SARAIVA, J. M. ; DIAS, G. A. S. ; TROVATO, V. W. ; PERES, L. L. S. ; MEIRA, R. O. ; DUTRA, L. C. M. ; TSUNADA, M. S. ; SANTOS, S. P. L. ; MUSSURY, R. M. . Discutindo Drogas e Sexualidade na Comunidade Valderez no Município de Dourados-MS. In: I Encontro Centro-Oeste dos Grupos PET, 2014, Cuiabá - MT. ECOPET 2014, 2014.

  • SILVA, R. M. ; COLTRO, E. M. ; FERRARI JUNIOR, A. C. ; COSTA, R. G. L. ; SANTOS, S. G. ; SARAIVA, J. M. ; DIAS, G. A. S. ; TROVATO, V. W. ; PERES, L. L. S. ; MEIRA, R. O. ; DUTRA, L. C. M. ; SANTOS, J. G. M. ; TSUNADA, M. S. ; SANTOS, S. P. L. ; OLIVEIRA, M. P. ; MUSSURY, R. M. . Citogenética Vegetal: Uma Experiência em forma de Oficina. In: I Encontro Centro-Oeste dos Grupos PET, 2014, Cuiabá - MT. ECOPET 2014, 2014.

  • FERRARI JUNIOR, A. C. ; COSTA, R. G. L. ; PERES, L. L. S. ; MEIRA, R. O. ; TROVATO, V. W. ; DIAS, G. A. S. ; SANTOS, S. P. L. ; TSUNADA, M. S. ; SARAIVA, J. M. ; DUTRA, L. C. M. ; COLTRO, E. M. ; OLIVEIRA, M. P. ; SILVA, R. M. ; SANTOS, S. G. ; SANTOS, J. G. M. ; MUSSURY, R. M. . Viagem Técnica a Bonito-MS: Sensibilização e Desenvolvimento da Consciência Ecológica. In: I Encontro Centro-Oeste dos Grupos PET, 2014, Cuiabá - MT. ECOPET 2014, 2014.

  • FERNANDES, M. F. ; SANTOS, K. M. ; FERRARI JUNIOR, A. C. ; LEVAY, A. P. S. ; NEGRAO, F. J. ; FERNANDES, W. D. ; OSHIRO, E. T. ; DORVAL, M. E. M. C. ; ANDRADE FILHO, J. D. ; OLIVEIRA, A. G. ; GALATI, E. A. B. . Vector Competence of Nyssomyia whitmani (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) to Leishmania (Leishmania) amazonensis. In: ISOPS VIII - International Symposium on Phlebotomine Sandflies, 2014, Puerto Iguazú, Argentina. Abstract Book - ISOPS VIII. Puerto Iguazú, Argentina: Ministerio de Salud, 2014. v. 1. p. ID 101-P-ID 101-P.

  • FERRARI JUNIOR, A. C. . I Debate sobre Preservação e Legislação Ambiental. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FERRARI JUNIOR, A. C. . Plantão PETBio de Morfologia Vegetal. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FERRARI JUNIOR, A. C. . PET Solidário: Atividades Recreativas em uma Comunidade Carente no Município de Dourados-MS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FERRARI JUNIOR, A. C. . Educação Ambiental através de Horta Orgânica e Palestras Educativas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FERRARI JUNIOR, A. C. . Os Rumos da Profissão de Biólogo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FERRARI JUNIOR, A. C. . Falando sobre Doenças Infecto-Parasitárias de Impacto em Saúde Pública para Alunos do Ensino Médio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FERRARI JUNIOR, A. C. . Os Petianos despertando nos alunos o interesse pela Ciência. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FERRARI JUNIOR, A. C. . Monitoramento e avaliação de insetos hematófagos em área rural e urbana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

FERRARI JUNIOR, A. C. ; THOMAZ, N. L. ; ALEM, J. A. S. . Parasitologia: O que os olhos não veem, o organismo sente. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Estudo de competência vetorial de Nyssomyia whitmani e Ny neivai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) para Leishmania (Leishmania) infantum, Descrição: A leishmaniose visceral nas Américas tem sido atribuída à Leishmania (Leishmania) infantum, tendo Lutzomyia longipalpis como principal vetor. Todavia, algumas espécies de flebotomíneos, tais como Nyssomyia neivai e Nyssomyia whitmani, reconhecidos vetores de Leishmania que causam a forma tegumentar, vêm sendo encontradas naturalmente infectadas por L. (L.) infantum. O encontro de flebotomíneos infectados naturalmente por este parasita, exceto se vetor comprovado, os encaixam no conceito de vetores permissivos, com potencial para atuarem na transmissão desse agente. A investigação desses vetores é relevante, principalmente pela existência de casos autóctones de leishmaniose visceral em diversos Estados do Brasil, sem a presença de Lu. longipalpis. A proposta tem como objetivo investigar a competência vetorial de Ny. whitmani e de Ny. neivai para L. (L.) infantum. Espécimes selvagens de ambas as espécies serão coletados em fragmentos de mata, com armadilhas de Shannon para estabelecimento de colônia em laboratório. Fêmeas de primeira geração serão alimentadas em hamsters infectados por L. (L.) infantum e após o período de incubação extrínseco, as fêmeas serão expostas a novos repastos em hamsters suscetíveis, na tentativa de se demonstrar a transmissão experimental e obter evidências da competência vetorial delas. Para confirmar a infecção por L. (L.) infantum nas fêmeas de flebotomíneos e nos hamsters utilizados nos experimentos serão realizados a reação em cadeia pela polimerase e análise de polimorfismo de fragmentos de restrição. Se demonstrada a competência dessas espécies, isto implicará em abordagem diferenciada nas ações de controle vetorial, uma vez que as medidas preconizadas pelo Ministério da Saúde estão centradas em Lu. longipalpis.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Antonio Carlos Ferrari Junior - Integrante / Wedson Desidério Fernandes - Coordenador / Eunice Aparecida Bianchi Galati - Integrante / Magda Freitas Fernandes - Integrante / Kleiton Maciel dos Santos - Integrante / Maria Elizabeth Moraes Cavalheiros Dorval - Integrante / Herintha Coeto Neitzke-Abreu - Integrante / Vânia Lúcia Brandão Nunes - Integrante / Ana Letícia Rodenheber Tomita - Integrante / Manoel Sebastião da Costa Lima Junior - Integrante / Rosianne Assis de Sousa Tsujisaki - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Fauna flebotomínea antropofílica. Aspectos relativos à densidade das espécies, ritmo horário e infecção natural por Leishmania spp., Descrição: Serão efetuadas coletas de espécimes selvagens de flebotomíneos em fragmento de mata remanescente do tipo floresta estacional semidecidual em área urbana do município de Dourados-MS. Para as coletas dos espécimes será utilizada armadilha de Shannon Preta, no período noturno, uma vez por mês durante um ano. Em relação às espécies da fauna flebotomínea de fragmento de mata em área urbana, o presente projeto procurará responder às seguintes questões: - Todas as espécies de flebotomíneos são igualmente atraídas por seres humanos? - As espécies são atraídas igualmente em todos os horários da noite? - Machos e fêmeas de flebotomíneos são igualmente atraídos pelos seres humanos? - As espécies de flebotomíneos são igualmente suscetíveis à infecção por Leishmania spp.? O objetivo da pesquisa é conhecer o comportamento das espécies de flebotomíneos atraídas por seres humanos quanto à densidade, razão machos/fêmeas, ritmo horário e infecção natural por Leishmania spp.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Antonio Carlos Ferrari Junior - Integrante / Wedson Desidério Fernandes - Coordenador / Fábio Juliano Negrão - Integrante / Eunice Aparecida Bianchi Galati - Integrante / Magda Freitas Fernandes - Integrante / Kleiton Maciel dos Santos - Integrante / Herintha Coeto Neitzke-Abreu - Integrante / Ana Letícia Rodenheber Tomita - Integrante / Manoel Sebastião da Costa Lima Junior - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Estudo de competência vetorial de flebotomíneos (Diptera: Phlebotominae) para Leishmania (Viannia) braziliensis e Leishmania (Leishmania) amazonensis, Descrição: Considerando-se os parâmetros para se incriminar uma espécie como vetor de uma espécie de Leishmania, o que existe na literatura em relação às espécies alvos de flebotomíneos são apenas evidências parciais, faltando a demonstração de suas competências vetoriais. A demonstração desta competência de espécies alvos de flebotomíneos para L. (V.) braziliensis e L. (L.) amazonensis poderá apontar para outras áreas de risco de transmissão da leishmaniose tegumentar (LT). Será realizado o estabelecimento de colônia de flebotomíneos em laboratório e as tentativas de infecção experimental será com espécies incriminadas como vetores de LT, uma espécie a cada ano.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Antonio Carlos Ferrari Junior - Integrante / Wedson Desidério Fernandes - Integrante / Fábio Juliano Negrão - Integrante / Eunice Aparecida Bianchi Galati - Coordenador / Magda Freitas Fernandes - Integrante / Kleiton Maciel dos Santos - Integrante / Maria Elizabeth Moraes Cavalheiros Dorval - Integrante / Herintha Coeto Neitzke-Abreu - Integrante / Ueslei Teodoro - Integrante / Vânia Lúcia Brandão Nunes - Integrante / Ana Letícia Rodenheber Tomita - Integrante / Manoel Sebastião da Costa Lima Junior - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Avaliação de dietas alimentares para o desenvolvimento das formas imaturas de Nyssomyia whitmani e Nyssomyia neivai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae), Descrição: O presente estudo tem por objetivo o estabelecimento de colônia de Nyssomyia whitmani e de Nyssomyia neivai em laboratório, comparando as diferentes dietas alimentares no desenvolvimento das formas imaturas, avaliando qual dieta favorece melhor sincronia na emergência dos espécimes, no intuito de subsidiar os estudos de competência vetorial. Estudos sobre a competência vetorial de uma espécie de flebotomíneo em relação à Leishmania spp. apresentam como um dos grandes desafios a obtenção de fêmeas de primeira geração em número suficiente para desenvolver as tentativas de infecção experimental. As coletas de espécimes selvagens de flebotomíneos serão realizadas em um fragmento de mata, no município de Dourados, Mato Grosso do Sul; utilizando armadilha de Shannon Preta, com auxílio de aspiradores elétricos, no período noturno. Com relação à criação e estabelecimento de colônia de flebotomíneos, em laboratório, é comumente utilizado para a alimentação das larvas em todos os estádios, ração comercializada para peixes de aquário, composta de mistura de farinha de carne, farinha de peixes, farinha de algas, farinha de rosca, farinha de crustáceo, gérmen de trigo e farinha de sangue. Neste estudo, para a alimentação das formas imaturas de flebotomíneos, utilizaremos como substrato solo da mata e terra vegetal comercializada, adicionando para cada um dos substratos fezes de codorna, fígado bovino liofilizado, fezes de codorna, ração de peixe para aquário e levedura do complexo B. Para avaliar a emergência dos espécimes de flebotomíneos será feito a análise de variância e a comparação entre as dietas pelo teste de Tukey, utilizando o software de acesso livre R (R Development Core Team). Para estimar o tempo de vida dos adultos F1 de cada dieta alimentar será construída uma tabela de vida (OVALLOS, 2011).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Antonio Carlos Ferrari Junior - Integrante / Wedson Desidério Fernandes - Coordenador / Nathalia Lomba Thomaz - Integrante / Eunice Aparecida Bianchi Galati - Integrante / Magda Freitas Fernandes - Integrante / Kleiton Maciel dos Santos - Integrante / Maria Elizabeth Moraes Cavalheiros Dorval - Integrante / Herintha Coeto Neitzke-Abreu - Integrante / Ana Letícia Rodenheber Tomita - Integrante / Josue Raizer - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Pesquisa de Leishmania spp. em flebotomíneos e em pacientes com suspeita de leishmanioses, Descrição: Investigar a fauna de flebotomíneos, o comportamento e a taxa de infecção natural por Leishmania spp. em áreas urbanas do município de Dourados, estado de Mato Grosso do Sul e Caracterizar as espécies de Leishmania spp. em pacientes com suspeita de leishmanioses tegumentar e visceral atendidos no Hospital Universitário (HU)/UFGD, associando-as às manifestações clínicas por meio da PCR.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Antonio Carlos Ferrari Junior - Integrante / Wedson Desidério Fernandes - Integrante / Fábio Juliano Negrão - Integrante / Eunice Aparecida Bianchi Galati - Integrante / Magda Freitas Fernandes - Integrante / Kleiton Maciel dos Santos - Integrante / Ana Paula Silva Levay - Integrante / Herintha Coeto Neitzke-Abreu - Coordenador / Sebastião Martins de Souza Neto - Integrante / Ueslei Teodoro - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2014

    Competência vetorial de Nyssomyia whitmani e Pintomyia pessoai (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) para Leishmania (Viannia) braziliensis, Leishmania (Leishmania) amazonensis e Leishmania (Leishmania) infantum, Descrição: Avaliar a suscetibilidade de Nyssomyia whitmani para as três espécies de Leishmania e Pintomyia pessoai para L. (V.) braziliensis e L. (L.) amazonensis. Espécimes selvagens de ambas as espécies de flebotomíneos serão coletados em fragmentos de mata, com armadilhas de Shannon, no período noturno para estabelecimento de colônia de flebotomíneos em laboratório. Com a emergência de adultos de primeira geração (F1), as fêmeas serão alimentadas em hamsters infectados experimentalmente pelos parasitas. Após o período de incubação extrínseco, as fêmeas serão expostas a novos repastos em hamsters suscetíveis (não infectados), na tentativa de se demonstrar a transmissão experimental e obter evidências da competência vetorial delas. Para confirmar a infecção por Leishmania, as fêmeas de flebotomíneos alimentadas e amostras de baço dos hamsters utilizados nos experimentos serão submetidos à reação em cadeia pela polimerase e análise de polimorfismo de tamanho do fragmento de restrição.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Antonio Carlos Ferrari Junior - Integrante / Wedson Desidério Fernandes - Coordenador / Fábio Juliano Negrão - Integrante / Eunice Aparecida Bianchi Galati - Integrante / Magda Freitas Fernandes - Integrante / Kleiton Maciel dos Santos - Integrante / José Dilermando Andrade Filho - Integrante / Maria Elizabeth Moraes Cavalheiros Dorval - Integrante / Alessandra Gutierrez de Oliveira - Integrante / Elisa Teruya Oshiro - Integrante / Ana Paula Silva Levay - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Destaque de melhor Trabalho Apresentado na Área de Competência Vetorial & Infecções por Leishmania (Certificado), Organizing Committee and the Argentinean Network for Research on Leishmaniasis (REDILA) - ISOPS 8.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal da Grande Dourados, Laboratório de Insetos Vetores - LIVE. , Rodovia Dourados/Itahum km 12, Cidade Universitaria, 79804970 - Dourados, MS - Brasil, Telefone: (67) 99565480

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: PIVIC, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Epidemiologia das infecções por Leishmania sp. em pacientes da Região da Grande Dourados. Objetivo: Investigar a fauna de flebotomíneos, o comportamento e a taxa de infecção natural por Leishmania sp., em áreas urbanas dos municípios da Região da Grande Dourados.

  • 2014 - 2014

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitor de Zoologia dos Vertebrados I, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Objetivos: Atender às atividades de preparação e acompanhamento das aulas práticas de Zoologia dos Vertebrados I para o Curso de Ciências Biológicas. Fornecer apoio didático aos estudantes nos conteúdos teóricos de Zoologia dos Vertebrados I.

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: PETBio, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista do Programa de Educação Tutorial do curso de Ciências Biológicas, criado em outubro de 2009, e tem o objetivo de promover a formação de profissionais de excelência acadêmica geradores e multiplicadores de conhecimentos relativos a todas as áreas das Ciências Biológicas, capazes de compreender e transformar o contexto sócio-político-ambiental da região onde estão inseridos, por meio de ensino, pesquisa e extensão.

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitor de Bioquímica Aplicada, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Objetivos: Atender às atividades de preparação e acompanhamento das aulas práticas de Bioquímica Aplicada para o Curso de Ciências Biológicas. Fornecer apoio didático aos estudantes nos conteúdos teóricos de Bioquímica.

  • 2011 - 2012

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: PIBIC, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Monitoramento e avaliação de insetos hematófagos em área rural e urbana. Objetivos: Analisar a relação de fatores ambientais na incidência e manutenção de insetos hematófagos em área rural e urbana. Avaliar condicionantes antrópicos como determinantes da presença de insetos hematófagos. Diagnosticar fatores ambientais no favorecimento de espécies hematófagas. Avaliar o potencial do ambiente rural e urbano na manutenção e propagação de insetos hematófagos.