Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira

Possui graduação em Farmácia-Bioquímica pela Universidade Federal de Alfenas (2007), mestrado (2010) e doutorado (2013) em Ciências com área de concentração em Toxicologia pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo (FCFRP/USP). Realizou estágio na Unidad de Toxicología Experimental y Ecotoxicología (UTOX), localizado no Parc Científic de Barcelona (2011), durante o doutorado. Tem Pós-Doutorado em Toxicologia pela FCFRP/USP, com enfoque para a avaliação dos efeitos letais, sub-letais e genotóxicos de corantes têxteis sobre o desenvolvimento embrio-larval de zebrafish (Danio rerio). Atualmente ocupa o cargo de Professora Adjunto C - nível 1, na Faculdade de Farmácia - Universidade Federal de Goiás (FF/UFG). Tem experiência com ensaios de citotoxicidade, genotoxicidade/mutagenicidade, ecotoxicidade, cultura de células e zebrafish. Atua como membro permanente no programa de pós-graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF - FF/UFG), na seguinte linha de pesquisa: métodos alternativos para a avaliação da toxicidade de contaminantes emergentes e processos de remediação.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Toxicologia

2010 - 2013

Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP
Título: Avaliação toxicogenética e ecotoxicológica de corantes têxteis
Orientador: em Centre de Recerca en Toxicologia, Parc Científic de Barcelona ( Dr. Joaquín de Lapuente)
com Profa. Dra. Danielle Palma de Oliveira. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: Direct Black 38 e Reactive Blue 15; Tingimento têxtil e suor sintético; fibroblastos NDHF e queratinócitos HaCat; Ensaios de mutagenicidade e genotoxicidade; Ensaio de citotoxicidade com Anexina V; Ensaios ecotoxicológicos. Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Avaliação e analises toxicológicas / Especialidade: Toxicologia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Toxicogenética e Ecotoxicologia.

Mestrado em Toxicologia

2008 - 2010

Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP
Título: Comparação da eficiência do tratamento por fotoeletrocatálise em relação à cloração química convencional na redução da mutagenicidade de azo corantes empregando o ensaio de micronúcleos,Ano de Obtenção: 2010
Profa. Dra. Danielle Palma de Oliveira.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: corantes têxteis; Azo corantes; cloração; Fotoeletrocatálise; células HepG2; Teste de Micronúcleos. Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Toxicologia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Genotoxicidade Ambiental.

Graduação em Farmácia - Habilitação Bioquímica

2003 - 2007

Universidade Federal de Alfenas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2013 - 2013

Pós-Doutorado. , Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP, FCFRP/USP, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Ciências da Saúde, Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Genotoxicidade Ambiental. , Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Embriotoxicidade e Teratogenicidade.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Uso do peixe-zebra em ecotoxicologia. (Carga horária: 6h). , Centro Experimental Central - Instituto Biológico, CEIB, Brasil.

2013 - 2013

Zebrafish como modelo em ecotoxicologia-genotoxico. (Carga horária: 20h). , Mutagen - Brasil, MUTAGEN, Brasil.

2009 - 2009

Escola de Altos Estudos em Toxicologia. (Carga horária: 70h). , Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP, FCFRP/USP, Brasil.

2008 - 2008

Ethnic Differences in Skin Aging. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP, FCFRP/USP, Brasil.

2008 - 2008

Gestão da Qualidade aplicada à Farmácia Hospitalar. (Carga horária: 8h). , Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, HCFMRP-USP, Brasil.

2007 - 2007

Transtorno do Humor na Infância - Depressão e Bipo. (Carga horária: 4h). , Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, HCFMRP-USP, Brasil.

2006 - 2006

Aplicação de Injeções. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2005 - 2005

Extensão universitária em Atenção Farmacêutica no GRAAL. (Carga horária: 80h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2005 - 2005

Monitoria Voluntária na Disciplina de Bioquímica. (Carga horária: 200h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Assistência Farmacêutica. (Carga horária: 52h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2004 - 2004

Conhecendo o paciente. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2004 - 2004

Implementação política gerenciamento de resíduos. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2004 - 2004

Atenção Farmacêutica em Distúrbios Menores. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2003 - 2003

Doenças Infecto-contagiosas. (Carga horária: 12h). , Universidade José do Rosário Vellano, UNIFENAS, Brasil.

2003 - 2003

Bioquímica do Câncer. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2003 - 2003

Genética Humana. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Toxicologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MARRETO, R. N. ; OLIVEIRA, G.A.R. ; TAVEIRA, S. F. ; DEWULF, N. L. . V ABCF congress. 2020. (Congresso).

OLIVEIRA, G.A.R. ; VALADARES, M. C. ; CUNHA, L. C. ; FERRAZ, E. R. A. . XX Congresso Brasileiro de Toxicologia. 2016. (Congresso).

OLIVEIRA, G.A.R. ; TAVEIRA, S. F. . II Congresso de Ciências Farmacêuticas do Brasil Central (II CFBC). 2015. (Congresso).

OLIVEIRA, G.A.R. ; OLIVEIRA, D.P. ; Dorta, D.J. . XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox 2011). 2011. (Congresso).

OLIVEIRA, G.A.R. . III SINPOSPq - Simpósio Internacional de Pós-Graduação e Pesquisa. 2008. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

12th SETAC Latin America Biennial Meeting. High efficient low-cost carbon anodes on the electrochemical remediation of amoxicillin. 2017. (Congresso).

18th International Symposium on Toxicity Assessment (ISTA) 18). 2017. (Simpósio).

18th International Symposium on Toxicity Assessment (ISTA) 18),.POTENCIAL EFFECTS OF GLYPHOSATE MIXTURE ON ZEBRAFISH EARLY-LIFE STAGE. 2017. (Simpósio).

18th International Symposium on Toxicity Assessment (ISTA) 18),.Removal of an azo dye using Fenton and Fenton-like processes: evaluation of the process factors by Box-Benhken Design and ecotoxicity tests. 2017. (Simpósio).

CBAB - Biotecnologias aplicadas ao monitoramento e remediação ambiental.Os estágios embrio-larvais de zebrafish (Danio rerio) como uma metodologia alternativa para avaliação da contaminação aquática.. 2017. (Outra).

19th International In Vitro Toxicology ESTIV 2016 meeting. Zebrafish as an alternative model to assess embryotoxicity of glyphosate-based formulation. 2016. (Congresso).

19th International In Vitro Toxicology ESTIV 2016 meeting. 2016. (Congresso).

CBAB/CNPq - Biotecnologias Ambientais.Toxicologia Ambiental. 2016. (Outra).

Ciência no Espelho.Métodos alternativos de experimentação animal. 2016. (Simpósio).

Society of Toxicology 55th Annual Meeting and ToxExpo. Sublethal effects of amoxicillin on the development of zebrafish (Danio rerio). 2016. (Congresso).

XIV Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. Métodos alternativos para análises ecotoxicológicas. 2016. (Congresso).

XIV Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. Minicurso: Uso de embriões de peixe zebra como método alternativo em toxicologia ambiental. 2016. (Congresso).

IV Escola de Verão em Toxicologia.Métodos alternativos à experimentação animal aplicados à Toxicologia. 2015. (Outra).

SETAC Latin America 11th Biennial Meeting. 2015. (Congresso).

XIX Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox 2015) e 9th Congress of Toxicology in Developing Countries. 2015. (Congresso).

XIX Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox 2015) e 9th Congress of Toxicology in Developing Countries. SKIN PERMEABILITY AND CYTOTOXICITY OF TOPOTECAN-LOADED LIPID NANOPARTICLES. 2015. (Congresso).

1 Workshop Internacional de Métodos Alternativos Aplicados à Avaliação de Segurança de Agrotóxicos. 2014. (Outra).

European Society of Toxicology In Vitro (ESTIV 2014). Short time exposure (STE) and corneal opacity and permeability (BCOP) assays as tools for evaluating the toxicity of textile dyes. 2014. (Congresso).

European Society of Toxicology In Vitro (ESTIV 2014). 2014. (Congresso).

III Escola de Verão em Toxicologia.Zebrafish como modelo experimental na Toxicologia. 2014. (Outra).

Workshop Uso do peixe-zebra em ecotoxicologia. 2014. (Outra).

XIX SEMANA DE INTEGRAÇÃO FARMACÊUTICA.Toxicologia Ambiental. 2014. (Outra).

2nd Ibero-American Meeting on Toxicology and Enviromental Health (IBAMTOX).Toxicogenetic evaluation of cotton fabrics dyed with Direct Black38. 2013. (Simpósio).

2nd Ibero-American Meeting on Toxicology and Enviromental Health (IBAMTOX). 2013. (Simpósio).

Society of Toxicology 52nd Annual Meeting and ToxExpo. Evaluation of the mutagenicity of dyed fabrics with Direct Black 38. 2013. (Congresso).

Society of Toxicology 52nd Annual Meeting and ToxExpo. 2013. (Encontro).

XVIII Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox 2013). APLICAÇÃO DE BIOENSAIOS PARA A AVALIAÇÃO DA ECOTOXICIDADE DE CORANTES TÊXTEIS. 2013. (Congresso).

XVIII Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox 2013). 2013. (Congresso).

51st SOT Annual Meeting & ToxExpo - The Toxicologist - Supplement to Toxicological Sciences, 2012.. The dye Reactive Black 5 induces DNA damage in HepG2 cells. 2012. (Congresso).

European Society of Toxicology in Vitro 2012 - ESTIV. Genotoxicity and mutagenicity assays as tools to assess the safety of textile dyes. 2012. (Congresso).

Fish and amphibian embryos as alternative models in toxicology and teratology. 2012. (Simpósio).

Fish and amphibian embryos as alternative models in toxicology and teratology.Developmental toxicity of textile dyes in zebrafish (Danio rerio) embryos. 2012. (Simpósio).

I Escola Internacional de Corantes: Análise, Degradação e Toxicidade. 2012. (Outra).

I Escola Internacional de Corantes: Análise, Degradação e Toxicidade.Avaliação do potencial genotóxico dos corantes Reactive Red 120 e Reactive Blue 19 empregando o ensaio do cometa em fibroblasto de pele humana in vitro. 2012. (Outra).

I Escola Internacional de Corantes: Análise, Degradação e Toxicidade.Monitoramento da migração de corantes têxteis reativo e direto das fibras de algodão para as soluções de suor sintético. 2012. (Outra).

47th Congress of the European Societies of Toxicology (Eurotox 2011). 2011. (Congresso).

47th Congress of the European Societies of Toxicology (Eurotox 2011). Assays of cytotoxicity and mutagenicity as a tool for assessment of consumer exposed to textile dyes. 2011. (Congresso).

Environmental Health Conference. 2011. (Outra).

Environmental Health Conference.Evaluation of the treatment by photoelectrocatalysis on the mutagenicity and toxicity of textile dyes. 2011. (Outra).

Society of Toxicology 50th Annual Meeting and ToxExpoTM (SOT 2011). 2011. (Congresso).

Society of Toxicology 50th Annual Meeting and ToxExpoTM (SOT 2011). Evaluation of the genotoxicity and mutagenicity of the dye Reactive Orange 16. 2011. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox 2011). Avaliação da fotoeletrocatálise como tratamento para remover a toxicidade de amostras aquosas contaminadas com azo corantes. 2011. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox 2011). Avaliação da atividade mutagênica da crisina, um flavonóide inibidor do processo de aromatização. 2011. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox 2011). 2011. (Congresso).

4th International Symposium of Post-graduation and Research (IV SINPOSPq).Effects of the chrysin on cell proliferation in Human Hepatoma (HepG2) cells. 2010. (Simpósio).

4th International Symposium of Post-graduation and Research (IV SINPOSPq). 2010. (Simpósio).

4th International Symposium of Post-graduation and Research (IV SINPOSPq).Evaluation of the ability of the flavonoid crhysin to induce micronucleus in human hepatoma (HepG2) cells. 2010. (Simpósio).

1 st Ibero-American Meeting on Toxicology and Environmental Health. 2009. (Encontro).

1 st Ibero-American Meeting on Toxicology and Environmental Health.Evaluation of the chlorination as conventional chemical treatment to reduce of the mutagenic activity of dyes. 2009. (Encontro).

Escola de Altos Estudos em Toxicologia. 2009. (Outra).

IX Congresso Brasileiro da SBMCTA. 2009. (Congresso).

IX Congresso Brasileiro da SBMCTA. Avaliação da eficácia do tratamento convencional de amostras aquosas por cloração química na remoção da mutagenicidade do azo corante Disperse Orange 1. 2009. (Congresso).

XVI Congresso Brasileiro de Toxicologia. A cloração química convencional é eficiente na remoção da mutagenicidade do azo corante disperse red 1 detectada pelo ensaio de micronúcleos em células HepG2. 2009. (Congresso).

XVI Congresso Brasileiro de Toxicologia. 2009. (Congresso).

5th International Conference of INEBRIA. 2008. (Outra).

III Semana Farmacêutica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. 2008. (Encontro).

Simpósio ?Pós-Graduação: Fomento e Avaliação?. 2008. (Simpósio).

Congresso Brasileiro de Análises Clínicas. 2007. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Análises Clínicas. Avaliação da Atividade Biológica de Helianthus annuus em Microrganismos Patogênicos. 2007. (Congresso).

Simpósio: Transtorno do Humor na Infância - Depressão e Bipolaridade. 2007. (Simpósio).

XIV Congresso Paulista de Farmacêuticos - VI Seminário Internacional de Farmacêuticos e Expofar. 2005. (Congresso).

39ª Semana Farmacêutica da EFOA/Ceufe. 2004. (Outra).

III Mostra do Conhecimento: Graduação, Pesquisa e Extensão.Viva a Vida - Atenção Farmacêutica na Visita Familiar. 2004. (Outra).

38ª Semana Farmacêutica da UNIFAL. 2003. (Outra).

4ª Semana da Biologia. 2003. (Outra).

II Jornada Científico-Cultural do PET. 2003. (Outra).

II Mostra do Conhecimento: Graduação, Pesquisa e Extensão.Reciclar para Preservar. 2003. (Outra).

II Mostra do Conhecimento: Graduação, Pesquisa e Extensão. 2003. (Outra).

Liga de Infectologia de Alfenas. 2003. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Sara dos Santos Almeida

BAILAO, E. F. L. C.;OLIVEIRA, G. A. R.. Avaliação do risco toxicológico do filtro UV orgânico benzofenona-3 em organismos aquáticos. 2019. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais do Cerrado (Renac)) - Universidade Estadual de Goiás.

Aluno: Artur Christian da Silva

VALADARES, M. C.; SANTOS, F. C. A.; COLTRO, W. K. T.;OLIVEIRA, G. A. R.. Desenvolvimento de modelo biomimético de córnea para a avaliaçõa da toxicidade ocular de produtos farmacêuticos: perfil inflamatório, caracterização e aplicabilidade. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Maíra Rocha de Souza Prado

OLIVEIRA, D.P.; ESPINDOLA, E. L. G.;OLIVEIRA, G. A. R.; LOPES-FERREIRA, M.. Avaliação dos efeitos deletérios de fármacos psicotrópicos sobre o desenvolvimento dos estágios embrio-larvais de zebrafish. 2018. Dissertação (Mestrado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP.

Aluno: Marco Tulio Lacerda Ribeiro

ROCHA, M. L.;OLIVEIRA, GISELE AUGUSTO RODRIGUES DE; SILVA, V. B.. Efeito do tratamento crônico com paracetamol sobre a reatividade das vias aéreas isoladas de ratos. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Gessyca Gonçalves Costa

BRITO, P. V.; GIL, ERIC DE SOUZA;OLIVEIRA, G. A. R.. Avaliação dos efeitos tóxicos individuais e associados de herbicidas a base de glifosato e imazetapir sobre organismos não-alvo. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Raphaela Soares Fonseca

VIANNA, M. R. M.;OLIVEIRA, G. A. R.; SIEBEL, A. M.; NERY, L. R.. EXPOSIÇÃO DE EMBRIÕES E LARVAS DE ZEBRAFISH À COMPOSTOS BISFENÓLICOS PARA ELUCIDAÇÃO DE MECANISMOS NEUROTOXICOLÓGICOS. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Zoologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Laís de Brito Rodrigues

OLIVEIRA, G. A. R.OLIVEIRA, D.P.; GRISOLIA, C. K.. Efeitos ecotoxicológicos do glifosato e formulações em diferentes organismos. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Lara Barroso Brito

OLIVEIRA, G. A. R.OLIVEIRA, D.P.; OLIVEIRA, R.. AVALIAÇÃO ECOTOXICOLÓGICA DO ANTIBIÓTICO AMOXICILINA CONSIDERANDO SUA PRESENÇA NO AMBIENTE AQUÁTICO. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Thaís Rosa Marques dos Santos

VALADARES, M. C.;OLIVEIRA, G. A. R.; DINIZ, D. G. A.. Avaliação da atividade antitumoral de compostos n-fenil-piperazínicos em linhagem tumoral K562. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Rafael do Nascimento Ducas

VALADARES, M. C.;OLIVEIRA, G.A.R.; PARISE, M. R.. Análise de métodos alternativos ao uso de animais para a classificação da irritação ocular. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Carolina de Fatima Reis

ROCHA, M. L.; GUEDINI, P. C.;OLIVEIRA, G.A.R.. Efeitos vasculares do oleorresina de Pterodon spp. Vogel (Fabaceae) e do seu diterpeno isolado (6-acetoxi-7-hidroxivouacapano-17-oato de metila). 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Sandra Rita Silva

GRISOLIA, C. K.; PIRES JUNIOR, O.;OLIVEIRA, G.A.R.. Quantificação de substâncias com atividade estrogênica e caracterização da toxicidade embriolarval em zebrafish (Danio rerio) nos efluentes das Estações de. 2015. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade de Brasília.

Aluno: Cássia Cabral e Souza

SILVA, S. Q.;OLIVEIRA, G.A.R.; AQUINO, S. F.. Aplicação dos ensaios Salmonella/microssoma e MTT para avaliação da mutagenicidade e citotoxicidade de águas submetidas à cloração e fotocatálise. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Tamires Amabile Valim Brigante

OLIVEIRA, D.P.OLIVEIRA, G. A. R.; OLIVEIRA, R.; SANTOS, A. C.; HALLAK, J. E. C.; MONESI, N.. Avaliação de toxicidade de psicofármacos com potencial terapêutico. 2019. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP.

Aluno: Luane Ferreira Garcia

GIL, E. S.;OLIVEIRA, G. A. R.; COMALTI JUNIOR, F.; BALLAMINUT, N.; SIQUEIRA, A. C. R.. Uso de anodos de carbono nanoestruturados com óxidos metálicos para eletrooxidação de cianotoxinas em sistemas aquosos. 2019. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Neemias Cintra Fernandes

MARRETO, R. N.; BRITO, N. N.;OLIVEIRA, G. A. R.; CUNHA FILHO, M. S. S.; COSTA, O. S.. Avaliação da decomposição do corante Disperse Red 343 por oxidação avançada e estudo ecotoxicológico. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Inovação Farmacêutica) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Murilo Pazin Silva

Dorta, D.J.;OLIVEIRA, G. A. R.; PALMEIRAS, C. M. M.. AVALIAÇÃO DOS EFEITOS E MECANISMOS DE AÇÃO TÓXICA DOS PRINCIPAIS REPRESENTANTES DE ÉTERES DE BIFENILAS POLIBROMADAS (PBDES) SOBRE UM MODELO EXPERIMENTAL IN VIVO, ZEBRAFISH, E UM MODELO IN VITRO, CÉLULAS HEPG2. 2018. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP.

Aluno: Vinicius Barreto da Silva

OLIVEIRA, G. A. R.; ANDRADE, C. H.; FERREIRA, M. M. C.; COSTA, F. B.; NASCIMENTO, P. G. B. D.. Estratégias computacionais como métodos alternativos para avaliação da sensibilização cutânea. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Inovação Farmacêutica) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Suzana Ferreira Alves

OLIVEIRA, G.A.R.; BARA, M. T. F.; BAILAO, E. F. C.; FREITAS, O.; MARRETO, R. N.. Pellets contendo sistemas autoemulsionáveis obtidos a partir do extrato padronizado em geranilgeraniol dos frutos de Pterodon emarginatus Vogel (Fabaceae) e avaliação citotóxica e leishimanicida do extrato.. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Inovação Farmacêutica) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Flavia Renata Abe

OLIVEIRA, D.P.; GRAVATO, C. A. S.; OLIVEIRA, R.;RODRIGUES, G.A.; GARBELLINI, C. P. A.. Avaliação ecogenotoxicológica do corante natural extraído de microorganismo. 2017. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP.

Aluno: Maysa Paula da Costa Reis

SILVA, M. R. R.; CUNHA FILHO, M. S. S.;OLIVEIRA, G. A. R.; PAULA, J. A. M.; CARVALHO, C. R. C.. Toxicidade de fisetina e seu mecanismo de ação sobre leveduras do complexo Cryptococcus neoformans e dermatófitos. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Mariana Furio Franco Bernardes

DORTA, D. J.OLIVEIRA, G. A. R.; TIRAPELLI, C. R.; ROSENSTOCK, T. R.; ANTUNES, L. M. G.. Avaliação da citotoxicidade, genotoxicidade e mutagenicidade dos herbicidas tebutiurom e trifluralina e de seus efeitos na expressão de genes de resposta ao estresse celular. 2016. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP.

Aluno: Alecsandra Oliveira de Souza

Dorta, D.J.; PALMEIRAS, C. M. M.;OLIVEIRA, G. A. R.; MARTINIS, B. S.; OLIVEIRA, A. H. C.. Risco da exposição aos congêneres de éteres difenílicos polibromados (BDE-47, BDE-99, BDE-154, BDE-209): efeitos citotóxicos, genotóxicos, mutagênicos e quantificação ambiental. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Química) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto.

Aluno: Lilian Cristina Pereira

Dorta, D.J.; PALMEIRAS, C. M. M.;OLIVEIRA, G.A.R.; AMARAL, M. E. C.; BECHARA, A.. Avaliação dos congêneres BDE-100 e BDE-153 de éteres difenílicos polibromados sobre a linhagem celular HepG2 e linfócitos humanos: efeitos citotóxicos, genotóxicos e mutagênicos. 2016. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP.

Aluno: Otávio Peregrino Rocha

GRISOLIA, C. K.;OLIVEIRA, D.P.; BARBOSA JUNIOR, F.;OLIVEIRA, G.A.R.; FISCHER, F. G.. Avaliação de risco ecogenotoxicológico da utilização de corantes têxteis. 2016. Tese (Doutorado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP de Ribeirão Preto.

Aluno: Marcelo de Sousa Vieira

VALADARES, M. C.; TAGLIATI, C. A.; LIMA, E. M.; CUNHA, L. C.;OLIVEIRA, G.A.R.. Implementação de métodos alternativos ao uso de animais aplicados para investigação de alguns parâmetros de toxicidade e eficácia da molécula fotoprotetora LQFM048. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Neemias Cintra Fernandes

MARRETO, R. N.;OLIVEIRA, G. A. R.; COSTA, O. S.; TAVEIRA, S. F.. Avaliação da degradação do corante Disperse Red 343 por oxidação avançada e estudo ecotoxicológico do efluente tratado. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Inovação Farmacêutica) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Luane Ferreira Garcia

OLIVEIRA, G. A. R.; LOBÓN, GERMÁN SANZ; GIL, ERIC DE SOUZA. Uso de anodos de carbono nonoestruturados com óxidos metálicos para eletro-oxidação de cianotoxinas em sistemas aquosos. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Inovação Farmacêutica) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Thaísa Cristina Silva

COSTA, C. R.;OLIVEIRA, G.A.R.; VALADARES, M. C.. Atividade biológica da punicalagina sobre leveduras do complexo Cryptococcus neoformans e espécies de Candida. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Medicina Tropical) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Stela Ramirez de Oliveira

OLIVEIRA, G.A.R.; ROCHA, M. L.; TRESVENZOL, L. M. F.. Avaliação in vitro da inibição de metabolismo oxidativo por extratos fitoterápicos. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Marcelo de Sousa Vieira

LIMA, E. M.; CUNHA, L. C.;OLIVEIRA, G.A.R.. Validação in house de métodos alternativos ao uso de animais para a avaliação toxicológica e avaliação da segurança e eficácia de nova molécula fotoprotetora. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Faculdade de Farmácia - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Natália Oliveira de Farias

GRISOLIA, C. K.;OLIVEIRA, G.A.R.; VACCHI, F.. Avaliação dos efeitos ecotoxicológicos e comportamentais do fármaco psicotrópico fluoxetina usando o peixe-zebra (Danio rerio) como espécie modelo. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal) - Universidade de Brasília.

Aluno: Endrew Henrique de Sousa Carvalho

OLIVEIRA, G.A.R.; GIL, ERIC DE SOUZA. Endrew Henrique de Sousa Carvalho. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Gessyca Gonçalves Costa

VALADARES, M. C.; SCALIZE, P. S.;Oliveira, Gisele Augusto Rodrigues. Avaliação ecotoxicológica dos herbicidas á base de glifosato, seu metabólito e imazetapir. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Pedro Henrique Dias Botelho

OLIVEIRA, G.A.R.; ALCANTARA, K.; ARGOLO, A. F. L. T. E.. Avaliação do Desempenho de Diagnóstico Laboratoriais e da Atividade Antiviral de Plantas do Cerrado para Dengue. 2016.

Aluno: João Hélio Venâncio Gomes

VALADARES, M. C.; MARRETO, R. N.;OLIVEIRA, G.A.R.. Desenvolvimento de formulações semissólidas contendo topotecano encapsulado em carreadores lipídicos nanoestruturados para aplicação. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Rafael do Nascimento Ducas

OLIVEIRA, G.A.R.; ROCHA, M. L.; CORTEZ, A. P.. Estratégia de associação de métodos alternativos ao uso de animais para a classificação da irritação ocular de corantes têxteis.. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Laís de Brito Rodrigues

OLIVEIRA, G.A.R.; VALADARES, M. C.; OLIVEIRA, R.. Avaliação ecotoxicológica e toxicogenética do herbicida glifosato presente no ambiente aquático. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Lara Barroso Brito

OLIVEIRA, G. A. R.; FERRAZ, E. R. A.; GIL, E. S.. AVALIAÇÃO ECOTOXICOLÓGICA E TOXICOGENÉTICA DO ANTIBIÓTICO AMOXICILINA PRESENTE NO AMBIENTE AQUÁTICO. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Carla Caroline Bastos

VALADARES, M. C.; BARA, M. T. F.;OLIVEIRA, G.A.R.. Efeitos da formulação de Bidens pilosa L. e Curcuma longa L no tratamento da mucosite intestinal. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Leandra de Almeida Ribeiro Oliveira

BARA, M. T. F.; SANTOS, P. A.;OLIVEIRA, G.A.R.. Avaliação da atividade leishimanicida e tripanocida in vitro do óleo e dos diterpenos metil-6-a-acetoxi-7b-hidroxivouacapano-17b-oato e metil-6-a-acetoxi-7-b-dihidroxivouacapano-17-b-oato presentes no óleo de Pterodon spp.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Danillo Fabrini Maciel Costa Veloso

TAVEIRA, S. F.; ALVES, C. P. I.;OLIVEIRA, G.A.R.. Desenvolvimento de metodologia bioanalítica e sua aplicação para a determinação da farmacocinética e biodistribuição do paclitaxel e genisteína co-encapsulados em nanopartículas multicompartimentais. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Raquel Santos Faria

OLIVEIRA, G.A.R.; LACERDA, E.. Busca de novo protótipo à base de rutênio candidato a utilização na terapia antineoplásica. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Ingrid Pontes de Sousa

BASTOS, J. K.; PEDRAZZI, V.;OLIVEIRA, G.A.R.. Avaliação da atividade de óleos essenciais sobre micro-organismos bucais e efeito de formulação de enxaguatório bucal contendo óleo essencial sobre biofilme de microrganismo cariogênico. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto- FCFRP/USP.

Aluno: Bruno dos Santos Souza

OLIVEIRA, G.A.R.; TAVEIRA, S. F.. Centella asiatica extract-loaded lipid nanoparticles: impact of dry and glycolic extract in asiaticoside release. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Andressa Rocha Esteves Araújo

RODRIGUES, L. B.;OLIVEIRA, G.A.R.; GARCIA, L. F.. Investigação da eficácia do processo de remediação eletroquímica do antibiótico Amoxicilina em meio aquoso. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Tatiele Silva Santos

BRITO, L. B.; AVILA, R. I.;OLIVEIRA, G.A.R.. Avaliação da citotoxicidade de um herbicida a base de glifosato sobre células HepG2. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Jéssica Tolentino

OLIVEIRA, G.A.R.; GRISOLIA, C. K.; BIONE, E.; OLIVEIRA, R.. Ecofarmacovigilância e remediação ambiental: uso de nanopartículas para redução da ecotoxicidade de fármacos psicoativos presentes no ecossistema aquático. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Artur Christian Garcia da Silva

VALADARES, M. C.;OLIVEIRA, G. A. R.; DINIZ, D. G. A.. Avaliação da atividade antitumoral e antiangiogênica in vitro do protótipo LQFM126 sobre células de melanoma B16F10. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Raphael Rodrigues de Brito

OLIVEIRA, G.A.R.; OLIVEIRA, R.; CUNHA, L. C.. Avaliação da ecotoxicidade e citotoxicidade do herbicida glifosato presente no ambiente aquático. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: ISABELLA CRISTINA DE SOUSA MARQUES AMORIM

TAVEIRA, S. F.;OLIVEIRA, G.A.R.; MAIONE-SILVA, L.. Desenvolvimento e validação de metodologia analítica para a quantificação concomitante do clobetasol e tacrolimus em diferentes camadas da pele para estudos in vitro de permeação cutânea.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás.

LIMA, D. M.;OLIVEIRA, G.A.R.; REZENDE, K. R.. Processo Seletivo para Professor Substituto da Disciplina de Farmacologia - FF/UFG. 2018. Universidade Federal de Goiás.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria de Lourdes Pires Bianchi

OLIVEIRA, D. P.;Bianchi, M.D.P.; Zanoni,M.V.B.. Comparação da eficiência do tratamento por fotoeletrocatálise em relação à cloração química convencional na reduçào da mutagenicidade de azo corantes empregando o ensaio de micronúcleos. 2010. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto.

César Koppe Grisolia

OLIVEIRA, D. P.; DEBONSI, H. M.; ANTUNES, L. M. G.; ZANONI, V. B.;Grisolia, C K. Avaliação toxicogenética e ecotoxicológica de corantes têxteis. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto.

Danielle Palma de Oliveira

OLIVEIRA, D. P.; BIANCHI, M. L. P.;ZANONI, M. V. B.. Comparação da eficiência do tratamento por fotoeletrocatálise em relação à cloração química convencional na redução da mutagenicidade de azo corantes empregando o ensaio de micronúcleos. 2010. Dissertação (Mestrado em mestrado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP.

Danielle Palma de Oliveira

OLIVEIRA, D. P.; GRISOLIA, C. K.;ZANONI, M. V. B.; ANTUNES, L. M. G.; DEBONSI, H. M.. Avaliaçaõ toxicgenética e ecotoxicológica de corantes têxteis. 2013. Tese (Doutorado em Curso de doutorado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP.

Lusânia Maria Greggi Antunes

OLIVEIRA, D. P.; GRISOLIA, C. K.; ZANONI, M. V.;ANTUNES, L. M. G.; DEBONSI, H. M.. Avaliação toxicogenética e ecotoxicológica de corantes têxteis. 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto.

Maria Valnice Boldrin Zanoni

Antunes, Lusânia Maria GreggiZanoni MVB; BRAGA, G. U. L.. Avaliação dos efeitos tóxicos resultantes da exposição a corantes extraídos de fibra de algodão por meio de suor sintético, empregando os ensaios de mutagenicidade com Salmonella, cometa e indução de morte celular em fibroblastos de pele humana. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Iuri Barbosa Pereira

Os estágios iniciais do desenvolvimento de zebrafish como um refinamento para a avaliação da toxicidade oral aguda e genotoxicidade; ; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Endrew Henrique de Sousa Carvalho

Avaliação dos efeitos individuais e associados de alquifenóis presentes em sistemas hídricos sobre embriões e larvas de zebrafish; Início: 2019; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Gessyca Gonçalves Costa

Os estágios iniciais do desenvolvimento do zebrafish como modelo alternativo para predizer a teratogenicidade in vivo de misturas; ; Início: 2018; Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás; (Orientador);

Laís de Brito Rodrigues

INVESTIGAÇÃO DA CAPACIDADE DE RESILIÊNCIA DE EMBRIÕES E LARVAS DE ZEBRAFISH A EXPOSIÇÕES REPETIDAS DE FORMULAÇÕES A BASE DE GLIFOSATO: AVALIAÇÃO TOXICOGENÉTICA; Início: 2016; Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás; (Orientador);

Lara Barroso Brito Prado

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE RESILIÊNCIA DE EMBRIÕES E LARVAS DE PEIXE ZEBRA (D; rerio) EXPOSTOS AOS SUBPRODUTOS DE DESINFECÇÃO DA ÁGUA; Início: 2016; Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás; (Orientador);

Gessyca Gonçalves Costa

Avalia dos efeitos tóxicos individuais e associados de herbicidas a base de glifosato e imazetapir sobre organismos nã-alvo; 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Lara Barroso Brito

AVALIAÇÃO ECOTOXICOLÓGICA DO ANTIBIÓTICO AMOXICILINA CONSIDERANDO SUA PRESENÇA NO AMBIENTE AQUÁTICO; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Laís de Brito Rodrigues

Efeitos ecotoxicológicos do glifosato e formulações em diferentes organismos; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Rafael do Nascimento Ducas

ASSOCIAÇÃO DO TESTE DE EXPOSIÇÃO DE CURTA DURAÇÃO (SHORT TIME EXPOSURE - STE) E O TESTE DE OPACIDADE E PERMEABILIDADE DE CORNEA BOVINA (BOVINE CORNEAL OPACITY AND PERMEABILITY- BCOP) PARA AVALIAÇÃO DA IRRITAÇÃO OCULAR DE CORANTES TÊXTEIS; 2013; Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Laís Guedes Araújo

AVALIAÇÃO DA ECOTOXICIDADE DE CORANTES TÊXTEIS PRESENTES EM AMBIENTE; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Joice Caroline Ferreira Silva

AVALIAÇÃO DA CITOTOXICIDADE DE TOPOTECANO ENCAPSULADO EM CARREADORES LIPÍDICOS NANOESTRUTURADOS; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Simon Teixeira Costa

AVALIAÇÃO ECOTOXICOLÓGICA DO REPELENTE N,N-DIMETIL-META-TOLUAMIDA (DEET) USANDO O ESTÁGIO EMBRIO-LARVAL DE ZEBRAFISH (DANIO RERIO); 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Larissa Borges Machado

Vigilância no uso de repelentes de insetos: ação de prevenção e avaliação da toxicidade de novas formulações de repelentes; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Andressa Rocha Esteves Araújo

INVESTIGAÇÃO DA EFICÁCIA DO PROCESSO DE REMEDIAÇÃO ELETROQUÍMICA DO ANTIBIÓTICO AMOXICILINA EM MEIO AQUOSO, UTILIZANDO O TESTE DE TOXICIDADE ESTENDIDA (FEET) COM O ESTÁGIO EMBRIO-LARVAL DE ZEBRAFISH (Danio rerio); ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Joice Caroline Ferreira Silva

Avaliação da citotoxicidade do topotecano para células B16F10 e 3T3; ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Tatiele Silva Santos

AVALIAÇÃO DA CITOTOXICIDADE DE UM HERBICIDA A BASE DE GLIFOSATO SOBRE CÉLULAS HEPG2 DE HEPATOBLASTOMA HUMANO; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Aline Rangel Silva Araujo

AVALIAÇÃO DA ECOTOXICIDADE DO GLIFOSATO E DO CLORIDRATO DE RALOXIFENO; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Laís Guedes Araújo

Avaliação da ecotoxicidade de corantes têxteis presentes em ambiente aquático; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Raphael Rodrigues de Brito

AVALIAÇÃO DA ECOTOXICIDADE E GENOTOXICIDADE DO HERBICIDA GLIFOSATO PRESENTE NO AMBIENTE AQUÁTICO; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

André Luiz Coutinho e Eleandro Antônio dos Santos Boaro

A importância do profissional farmacêutico no combate ao uso indiscriminado do paracetamol; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Instituto Educacional do Estado de São Paulo; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Luana Priscila Ribeiro Rodrigues e Vanessa Cristina Morei

O uso da isoflavona na prevenção da osteoporose na pós-menopausa; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Instituto Educacional do Estado de São Paulo; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Laís Guedes Araújo

MÉTODO ALTERNATIVO COM EMBRIÕES E LARVAS DE ZEBRAFISH PARA A INVESTIGAÇÃO DA EFICÁCIA DE DIFERENTES PROCESSOS DE REMEDIAÇÃO EM MEIO AQUOSO CONTENDO ANTIBIÓTICO E HORMÔNIO; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Hugo Santiago Francisco da silva

AVALIAÇÃO DA SEGURANÇA DO EXTRATO PADRONIZADO EM PSORALENO E BERGAPTENO A PARTIR DE BROSIMUM GAUDICHAUDII TRÉCUL; PELO ENSAIO DE TOXICIDADE AGUDA COM OS ESTÁGIOS EMBRIO-LARVAL DE ZEBRAFISH (DANIO RERIO); 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Andressa Rocha Esteves Araújo

Avaliação dos efeitos letais e sub-letais de antibiótico -lactâmico sobre o estágio embrio-larval de zebrafish (Danio rerio); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Hugo Santiago Francisco da silva

Avaliação da segurança do extrato padronizado em psoraleno e bergapteno a partir de Brosimum gaudichaudii Trécul; pelo ensaio de toxicidade aguda com os estágios embrio-larval de zebrafish (Danio rerio); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Laís Guedes Araújo

Método alternativo com embriões e larvas de zebrafish para a investigação da eficácia de diferentes processos de remediação em meio aquoso contendo antibiótico e hormônio; ; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Aline Rangel Silva Araujo

MÉTODO ALTERNATIVO COM EMBRIÕES E LARVAS DE ZEBRAFISH PARA A INVESTIGAÇÃO DA EFICÁCIA DE DIFERENTES PROCESSOS DE REMEDIAÇÃO EM MEIO AQUOSO CONTENDO ANTIBIÓTICO E HORMÔNIO; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás; Orientador: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Danielle Palma de Oliveira

?Avaliação de efeitos tóxicos resultantes da exposição a um corante reativo extraído de fibra de algodão por meio de suor sintético, empregando os ensaios de mutagenicidade com Salmonella, e cometa e indução de morte celular em fibroblastos de pele humana?; 2010; Tese (Doutorado em Curso de doutorado em Toxicologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Danielle Palma de Oliveira;

Danielle Palma de Oliveira

2013; Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP,; Danielle Palma de Oliveira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • DE BRITO RODRIGUES, LAÍS ; GONÇALVES COSTA, GESSYCA ; LUNDGREN THÁ, EMANOELA ; DA SILVA, LUCAS RAFAEL ; DE OLIVEIRA, RHAUL ; MORAIS LEME, DANIELA ; CESTARI, MARTA MARGARETE ; KOPPE GRISOLIA, CESAR ; CAMPOS VALADARES, MARIZE ; DE OLIVEIRA, GISELE AUGUSTO RODRIGUES . Impact of the glyphosate-based commercial herbicide, its components and its metabolite AMPA on non-target aquatic organisms. MUTATION RESEARCH-GENETIC TOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL MUTAGENESIS , v. xx, p. 1-8, 2019.

  • MORENO, EMILY KUSSMAUL GONÇALVES ; GARCIA, LUANE FERREIRA ; LOBÓN, GERMÁN SANZ ; BRITO, LARA BARROSO ; Oliveira, Gisele Augusto Rodrigues ; LUQUE, RAFAEL ; DE SOUZA GIL, ERIC . Ecotoxicological assessment and electrochemical remediation of doxorubicin. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY , v. 179, p. 143-150, 2019.

  • DA SILVA FERNANDES, ANDRÉIA ; BRITO, LARA BARROSO ; Oliveira, Gisele Augusto Rodrigues ; FERRAZ, ELISA RAQUEL ANASTÁCIO ; EVANGELISTA, HEITOR ; MAZZEI, JOSÉ LUIZ ; FELZENSZWALB, ISRAEL . Evaluation of the acute toxicity, phototoxicity and embryotoxicity of a residual aqueous fraction from extract of the Antarctic moss Sanionia uncinata. BMC Pharmacology & Toxicology , v. 20, p. 1-10, 2019.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    VIGILâNCIA E IMPACTO NO USO DE AGROTóXICOS E OUTRAS SUBSTâNCIAS DE RELEVANTE INTERESSE SANITáRIO, Descrição: A forma mais barata de combater os mosquitos transmissores de doenças (febre amarela, dengue , zika e chikungunya) é através do uso de repelentes de insetos. Entretanto, os produtos atuais possuem solventes que favorecem a absorção sistêmica do ativo. Além disso, o efeito de duração é baixo. Dentro deste contexto, duas ações são imprescindíveis para manter a população protegida. Primeiramente, é o uso correto e diário do repelente de insetos. Em segundo lugar, é a disponibilização de formulações que sejam eficazes e de baixo custo, que poderiam ser distribuídas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Assim, o referido projeto, objetiva as duas ações, informar e orientar a população quanto ao uso do repelente e propor formulações mais seguras, efetivas e de baixo custo para distribuição a população pelo SUS. Para tanto, será realizado um levantamento do preço dos repelentes do mercado e a proposição de formulações de menor custo, de ação prolongada, baseadas em polímeros bioadesivos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira - Integrante / Stephânia Fleury Taveira - Coordenador / Ricardo Neves Marreto - Integrante / Nathalie de Lourdes Dewulf - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    OS ESTÁGIOS EMBRIO-LARVAIS DE ZEBRAFISH PARA PREDIZER A TOXICIDADE ORAL AGUDA E TERATOGENICIDADE EM MAMÍFEROS., Descrição: O teste com embriões e larvas de zebrafish (Danio rerio) - Fish Embryo Toxicity Test (FET) já é uma abordagem alternativa na avaliação ecotoxicológica, uma vez que os resultados com os estágios embrio-larvais de zebrafish se correlacionam fortemente com os obtidos nos testes de toxicidade com peixes juvenis e adultos. Entretanto, o FET ainda não faz parte das normativas do CONCEA (CONCEA n 18 de 24 de setembro de 2014 e n 31 de 18 de agosto de 2016), as quais reconhecem o uso de métodos alternativos validados no país. O uso de embriões de zebrafish tem surgido como modelo alternativo promissor na avaliação da toxicidade com base no critério da alimentação independente de acordo com a Directive Animal Welfare 2010/63/EU e devido algumas de suas características vantajosas como tamanho pequeno, transparência dos ovos e larvas, ciclo de vida curto e organogênese completa em 5 dias. O genoma completamente sequenciado e a similaridade genética aos humanos também oferecem uma posição privilegiada desse organismo-teste na avaliação toxicológica. Dessa forma, este projeto propõe avaliar a toxicidade aguda e teratogenicidade de várias substâncias químicas com diferentes categorizações no Globally Harmonized System of Classification and Labeling of Chemicals ? GHS (dados in vivo provenientes da literatura), usando os estágios embrio-larvais de zebrafish para determinar os valores de CL50 (mortalidade) e CE50 (desenvolvimento anormal) e gerar um modelo in silico multi-classificatório para toxicidade oral aguda e binário para teratogenicidade que irá correlacionar os valores de DL50 com valores de CL50 obtidos nos ensaios com zebrafish. Este projeto também irá avaliar aplicabilidade do modelo in silico gerado em relação a predição tanto da toxicidade oral aguda como da teratogenicidade usando novos compostos e substâncias com DL50 já conhecidas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira - Coordenador / Marize Campos Valadares - Integrante / Stephânia Fleury Taveira - Integrante / Laís de Brito Rodrigues - Integrante / Lara Barroso Brito - Integrante / Larissa Borges Machado - Integrante / Marcelo do Nascimento Gomes - Integrante / José Teófilo Moreira Filho - Integrante / Arthur de Carvalho e Silva - Integrante / Iuri Barbosa Pereira - Integrante / Gessyca Gonçalves Costa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Métodos analíticos em oncologia: desenvolvimento de biosensores aplicáveis à terapêutica anti-neoplásica, Descrição: sse projeto foi contemplado com financiamento do Edital para Estabelecimento de Núcleos Emergentes da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de Goiás. O Estudo multidisciplinar tem por objetivos: (a)Desenvolver sensores a base de DNA para avaliar a eficácia e mecanismo de ação de antineoplásicos; (b) Avaliar a citotoxicidade, comparando o uso de biosensor e o método convencional;; (c) Selecionar anticorpos para imobilizar, com vista a produzir um imunosensor; (d) Desenvolver métodos eletroanalíticos, espectrométricos e biossensores para detecção de antineoplásicos e neoplasias.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira - Integrante / Marize Campos Valadares - Integrante / Eric de Souza Gil - Integrante / Clarimar José Coelho - Integrante / Andreia Rodrigues Chaves - Integrante / Felipe Terra Martins - Integrante / Boniek Gontijo Vaz - Integrante / Aparecido Ribeiro de Souza - Integrante / Carlos Augusto de Oliveira Botelho - Integrante / Ieda Maria Sapateiro Torres - Integrante / Isabela Jubé Wastowski - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás - Auxílio financeiro.

  • 2016 - Atual

    Micropoluentes emergentes e o uso da água na Bacia do Paranoá: diagnóstico, identificação de fontes, efeitos tóxicos, métodos de remoção e de detecção in situ, Descrição: A presença de metais e contaminantes emergentes têm chamado atenção da comunidade científica e regulatória devido aos potenciais riscos que podem trazer ao ambiente e à saúde humana. Estudos demonstram que tais contaminantes alteram o equilíbrio microbiológico de ecossistemas aquáticos exercendo pressões seletivas que favorecem a proliferação de grupos seletos de microrganismos, como as bactérias multirresistentes. Desde 2010, hospitais de Brasília reportam surtos provocados por enterobactérias produtoras de carbapenemase (KPC, NDM e OXA) que tem apresentado rápida dispersão entre os hospitais. No entanto, recentemente, o Laboratório Central de Saúde Pública do DF (LACEN-DF) detectou a circulação dessas bactérias multirresistentes em amostras de água coletadas em efluentes de esgoto tratado e do Lago Paranoá. A circulação ambiental dessas superbactérias determinará novos desafios à gerência dos recursos hídricos e ao monitoramento e a avaliação de risco a saúde pública do Distrito Federal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira - Integrante / César Koppe Grisólia - Integrante / Rhaul de Oliveira - Integrante / Sérgio Francisco de Aquino - Integrante / Eric de Souza Gil - Integrante / Fernando Fabriz Sodré - Coordenador / Fernanda Vasconcelos de Almeida - Integrante / Marcos Juliano Prauchner - Integrante / Daniel Luiz R. da Annunciação - Integrante / Leonardo Giordano Paterno - Integrante / Robson José de Cássia Franco Afonso - Integrante / Cristina Célia S. BRANDÃO - Integrante / Yovanka Perez Ginoris - Integrante / Jonatas Gomes da Silva - Integrante / Cínthia Mesquita Pinke Cavalcanti - Integrante / Cristine Gobbato Brandão Cavalcanti - Integrante / Guilherme Dotto Brand - Integrante / José Joaquin Linares Leon - Integrante / Ariuska Karla Barbosa de Amorim - Integrante / Carlos Martín Infante Córdova - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Avaliação ecotoxicológica e toxicogenética de contaminantes emergentes presentes em sistemas hídricos, Descrição: Contaminantes emergentes podem ser definidos como substâncias, cuja ocorrência ou relevância no ambiente foi constatada recentemente e seus efeitos tóxicos são pouco conhecidos ou permanecem incertos. Há diversas classes de substâncias presentes na água que são consideradas contaminantes emergentes, tais como medicamentos, produtos de higiene pessoal, praguicidas, retardantes de chama, corantes, hormônios, protetores solares, nanomateriais e toxinas de algas. Este grupo de contaminantes podem ser encontrados na água utilizada para consumo, irrigação, pecuária e para as atividades recreacionais. As consequências de fármacos e medicamentos para o ambiente ainda não são muito conhecidas. Entretanto, a grande preocupação em relação à sua presença, na água, são os potenciais efeitos adversos para a saúde humana, animal e de organismos aquáticos. Alguns grupos de fármacos merecem uma atenção especial, entre eles, estão os antibióticos, os antineoplásicos e os estrogênios. Já os resíduos de praguicidas alcançam as águas superficiais pelo escoamento direto e/ou lixiviação dos campos agrícolas, podendo prejudicar o ecossistema aquático, assim como a qualidade da água utilizada para o consumo humano. O glifosato é um herbicida pós-emergente, muito utilizado no centro-oeste do Brasil, para o cultivo de soja, algodão, arroz e milho e o seu uso intensivo representa uma grande preocupação a saúde humana e ambiental, pela a sua mobilidade no solo e persistência nos sistemas hídricos. A indústria de tingimento têxtil é um dos setores que mais contribui para a poluição ambiental, devido à geração de grandes quantidades de efluentes carregados com corantes e outras substâncias químicas indesejáveis. Os azo corantes são considerados a classe química mais importante para a indústria de tingimento, com participação em cerca de 65% das formulações comerciais empregadas para colorir tecidos, representando um problema ambiental e de saúde humana, devido ao lançamento de quantidades elevadas para o ambiente e a falta de dados toxicológicos desses compostos. Neste contexto, o presente trabalho propõe avaliar os efeitos ecotoxicológicos e toxicogenéticos induzidos por alguns grupos de contaminantes emergentes, como fármacos, praguicidas e corantes têxteis, em concentrações encontradas no ambiente aquático, com o intuito de esclarecer os prováveis impactos ambientais e à saúde humana, provocados pelo descarte inadequado desses compostos. Para tanto, serão empregados os ensaios de toxicidade com sementes de tomate, pepino e alface, com o microcrustáceo artemia salina e com os estágios embrionário e larval de zebrafish (Danio rerio), assim como os testes do cometa e micronúcleo com células HepG2 e de mutagenicidade com Salmonella typhimurium. Os resultados desse trabalho servirão de suporte para o estabelecimento de campanhas destinadas à orientação no destino final de fármacos, praguicidas e corantes têxteis, assim como para a criação de políticas públicas, na determinação de limites legais desses contaminantes no ambiente e para o desenvolvimento de tecnologias capazes de removê-los das Estações de Tratamento de Efluentes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira - Coordenador / Danielle Palma de Oliveira - Integrante / Marize Campos Valadares - Integrante / César Koppe Grisólia - Integrante / Rhaul de Oliveira - Integrante / Laís de Brito Rodrigues - Integrante / Lara Barroso Brito - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Avaliação dos efeitos letais, sub-letais, teratogênicos e genotóxicos de corantes têxteis sobre o desenvolvimento embrio-larval de zebrafish (Danio rerio), Descrição: O tingimento de tecidos começou há milhares de anos e a disponibilidade comercial de corantes é enorme e crescente. A indústria têxtil brasileira desempenha um papel de inquestionável importância, destacando-se entre as principais atividades econômicas do país. No entanto, a ineficiência no tingimento, mais precisamente na etapa de fixação do corante à fibra, resulta em grandes quantidades de corantes sendo diretamente perdidos para os efluentes, e consequentemente lançados no ambiente aquático. A molécula dos corantes se divide em duas partes principais, o grupamento cromóforo, responsável pela cor e o grupo responsável pela fixação à fibra. Nosso grupo demonstrou que o corante têxtil, Disperse Red 1 (DR1), é um azo corante capaz de induzir genotoxicidade/mutagenicidade em células HepG2 e Salmonella typhimurium, além de ser tóxico para Daphnia similis. Adicionalmente, resultados preliminares também obtidos por nosso grupo mostram que o corante Reactive Orange 16 (RO16) inibiu significativamente a habilidade de eclosão dos embriões de zebrafish (Danio rerio), enquanto que o Direct Black 38 (DB38) apresentou falhas na inflação da bexiga natatória. Dessa forma, este projeto propõe avaliar a toxicidade dos azo corantes DB38, DR1 e RO16 sobre o desenvolvimento embrio-larval, assim como sobre o DNA de zebrafish. Para tanto, serão utilizados o ensaio de toxicidade com os estágios iniciais do desenvolvimento do zebrafish, conhecido como Early Life Stage (ELS) Toxicity Test, a partir da análise de indicadores toxicológicos de letalidade, sub-letalidade e teratogenicidade, como também o teste do cometa para investigar a genotoxicidade dos corantes sobre as larvas desse organismo-teste. Os resultados deste trabalho fornecerão informações valiosas para a prevenção de danos ao ambiente e à saúde humana, além de possibilitar a aplicação desse ensaio (ELS) na avaliação do potencial de toxicidade de outros corantes e efluentes têxteis, garantindo a utilização de compostos mais seguros pelas indústrias de tingimento têxtil. Além disso, a implantação deste modelo no Laboratório de Toxicologia Ambiental da FCFRP/USP é uma inovação a nível nacional, considerando que ainda não há publicações com o ensaio ELS no Brasil.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira - Coordenador / Danielle Palma de Oliveira - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Avaliação toxicogenética e ecotoxicológica de corantes têxteis, Descrição: O tingimento de tecidos começou há milhares de anos e a disponibilidade comercial de corantes é enorme e crescente. A indústria têxtil brasileira desempenha um papel de inquestionável importância, destacando-se entre as principais atividades econômicas do país. O processo de tingimento é um dos fatores fundamentais no sucesso comercial dos produtos têxteis, uma vez que o consumidor exige cores resistentes à exposição ao calor, à luz, à transpiração e às lavagens. Segundo a literatura, condições de transpiração intensa contribuem para uma alta taxa de migração e subseqüente penetração de corantes têxteis para a pele humana. Este fato é relevante, já que a exposição dos humanos a esta classe de compostos é extremamente alta, considerando a imensa quantidade de produtos coloridos utilizados rotineiramente pela população. Além disso, 10 a 50% desses compostos permanecem no banho de tingimento e são descartados nos efluentes industriais, contaminando o ambiente, juntamente com outras substâncias adicionadas durante o processo de tingimento dos tecidos. A molécula dos corantes se divide em duas partes principais, o grupamento cromóforo, responsável pela cor e o grupo responsável pela fixação à fibra. Dessa forma, este projeto propõe avaliar os efeitos toxicogenéticos do produto de extração de fibras tingidas com o corante Direct Black 38, utilizando suor sintético como extrator. Para tanto, estão sendo utilizados os ensaios de mutagenicidade com Salmonella, cometa e indução de morte celular em fibroblastos e queratinócitos de pele humana. Além disso, de setembro a dezembro de 2011, foi realizado um estágio no Parc Científic de Barcelona, onde se avaliou a ecotoxicidade dos corantes Direct Black 38 e Reactive Blue 15, por meio de ensaios com sementes, dapnhias, minhocas e zebrafish.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira - Integrante / Danielle Palma de Oliveira - Coordenador / Maria Valnice Boldrin Zanoni - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Comparação da eficiência do tratamento por fotoeletrocatálise em relação à cloração química convencional na redução da mutagenicidade de azo corantes empregando o ensaio de micronúcleos., Descrição: Os corantes sintéticos são extensivamente utilizados na indústria têxtil, gráfica, fotográfica e como aditivos em derivados de petróleo, sendo que o setor têxtil apresenta um destaque especial. Os azo corantes constituem uma classe de corantes sintéticos largamente empregados no tingimento de fibras têxteis. Esses compostos atualmente são considerados um assunto preocupante no que se refere à saúde pública e ambiental, pois quando lançados nos efluentes industriais contaminam o meio ambiente. Os azo corantes Disperse Red 1, Disperse Orange 1 e Disperse Red 13 são amplamente utilizados para o tingimento de fibras e são mutagênicos para o ensaio de Salmonella/microssoma (teste de Ames) e para o ensaio de micronúcleos. A fotoeletrocatálise é altamente eficiente tanto na remoção dos corantes de amostras aquosas como na redução da atividade mutagênica avaliada pelo ensaio de mutagenicidade Salmonella/microssoma. Atualmente, o método convencional de tratamento com lodos ativados empregado pelas indústrias de tingimento não tem removido, de maneira eficaz, os corantes dos efluentes têxteis bem como a mutagenicidade. Além disso, quando os corantes são lançados em corpos d? água utilizados na captação de água para abastecimento, atingem as Estações de Tratamento de Água, que também não são capazes de remover de forma eficiente os corantes e seus produtos mutagênicos. O presente trabalho propõe a utilização da fotoeletrocatálise em comparação com a cloração convencional como método alternativo de degradação dos azo corantes Disperse Red 1, Disperse Orange 1 e Disperse Red 13. Além disso, propõe a avaliação da eficiência do tratamento por estes métodos na remoção da mutagenicidade desses corantes utilizando o teste de micronúcleos em células HepG2.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Augusto Rodrigues de Oliveira - Integrante / Danielle Palma de Oliveira - Coordenador / Maria Valnice Boldrin Zanoni - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

Professora Homenageada pela Turma 90 de Farmácia da UFG., Universidade Federal de Goiás.

2017

V Premio UFG Melhores Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2016/2017 na Área de Ciências da Saúde, Pró-Reitora de Pesquisa e Inovação - UFG., PRPI UFG.

2016

Prêmio de Reconhecimento da UFG para pessoas da comunidade universitária que se destacaram em atividades relacionadas ao ensino, pesquisa, e extensão., Conselho Universitário (Consuni).

2015

IUTOX Travel Award - Advancing Toxicology Science in Developing Countries, International Union of Toxicology (IUTOX) e Sociedade Brasileira de Toxicologia (SBTox).

2011

Prêmio de melhor apresentação oral da área de Toxicologia de Alimentos, XVII Congresso Brasileiro de Toxicologia (CBTox).

2004

III Mostra do Conhecimento: Graduação, Pesquisa e Extensão, Universidade Federal de Alfenas.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Farmácia. , Rua 240, s/n, 3º andar, Setor Leste Universitário, 74605170 - Goiânia, GO - Brasil, Telefone: (62) 32096450

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - Atual

Universidade Federal de Goiás

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II - Faculdade de Farmácia, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 05/2016

    Extensão universitária , Faculdade de Farmácia, .,Atividade de extensão realizada, XX Congresso Brasileiro de Toxicologia.

  • 04/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Farmácia, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Interna de Saúde e Segurança do Servidor Público - CISSP.

  • 03/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Farmácia, .,Cargo ou função, Membro da Comissão de Bolsas.

  • 11/2014

    Direção e administração, Faculdade de Farmácia, .,Cargo ou função, Vice-coordenadora do Biotério da Faculdade de Farmácia.

  • 10/2014

    Ensino, Ciências Farmacêuticas, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Métodos Alternativos à Experimentação Animal

  • 02/2014

    Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Toxicologia Geral , Toxicologia Aplicada, Ecotoxicologia

  • 01/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Farmácia, .,Linhas de pesquisa

  • 01/2014

    Estágios , Faculdade de Farmácia, .,Estágio realizado, Estágio na Farmácia Universitária.

  • 10/2016 - 11/2016

    Ensino, Engenharia de Segurança do Trabalho, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Toxicologia Ocupacional

  • 01/2014 - 12/2015

    Estágios , Faculdade de Farmácia, .,Estágio realizado, Estágio em Farmácia Hospitalar.

  • 01/2015 - 11/2015

    Extensão universitária , Faculdade de Farmácia, .,Atividade de extensão realizada, Faculdade de Farmácia: 70 anos de tradição em Ensino, Pesquisa e Extensão.

  • 05/2014 - 12/2014

    Extensão universitária , Faculdade de Farmácia, .,Atividade de extensão realizada, Seminários Avançados em Toxicologia.

2009 - Atual

Sociedade Brasileira de Toxicologia, SBTOx

Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Sócio Efetivo, Carga horária: 4

Atividades

  • 11/2015

    Direção e administração, Sociedade Brasileira de Toxicologia, .,Cargo ou função, Membro da Diretoria - Tesoureira.

  • 10/2013 - 11/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Sociedade Brasileira de Toxicologia, .,Cargo ou função, Membro do Conselho Fiscal.

2013 - 2013

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutoranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Pesquisadora (pós-doutoranda) responsável pela execução do projeto de pesquisa intitulado "Avaliação dos efeitos letais, sub-letais, teratogênicos e genotóxicos de corantes têxteis sobre o desenvolvimento embrio-larval de zebrafish (Danio rerio)", que visa avaliar a toxicidade dos azo corantes DB38, DR1 e RO16 sobre o desenvolvimento embrio-larval, assim como sobre o DNA de zebrafish. Para tanto, serão utilizados o ensaio de toxicidade com os estágios iniciais do desenvolvimento do zebrafish, conhecido como Early Life Stage (ELS) Toxicity Test, a partir da análise de indicadores toxicológicos de letalidade, sub-letalidade e teratogenicidade, como também o teste do cometa para investigar a genotoxicidade dos corantes sobre as larvas desse organismo-teste. Assim, cabe à pesquisadora a implantação do cultivo e manutenção de zebrafish no laboratório de Toxicologia Ambiental da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP/USP), empregando o equipamento Zebtech (Tecniplast), assim como a padronização dos ensaios com as formas embrionárias e larval de zebrafish (Early Life Stage Toxicity Test ).

2010 - 2013

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutoranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Doutorado em Ciências, Área de Concentração Toxicologia pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP/USP), atuando na área de Toxicologia Genética e de Ecotoxicologia. Neste trabalho foram avaliados dos efeitos toxicogenéticos do corante têxtil Direct Black (DB38) original e após extração por lixiviação com suor sintético, utilizando o teste do cometa com fibroblastos e queratinócitos de pele humana, o teste Anexina V com fibroblastos e o ensaio de mutagenicidade com Salmonella typhimurium. Adicionalmente, foi investigada a ecotoxicidade dos corantes têxteis Direct Black 38 e Reactive Blue 15 (RB15) originais por meio de ensaios com sementes, dapnhias, minhocas e zebrafish realizados na UTOX/CERETOX em Barcelona.

2008 - 2010

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Mestrado em Ciências - Área de Concentração Toxicologia pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRPUSP), atuando na área de Mutagênese ambiental. Neste trabalho foi avaliada a eficiência do tratamento por fotoeletrocatálise na remoção da mutagenicidade dos azo corantes Disperse Red 1, Disperse Orange 1 e Disperse Red 13 presentes em amostras aquosas em comparação à cloração convencional utilizando o teste de micronúcleos (MNs) em células HepG2.

2007 - 2007

Universidade de São Paulo

Vínculo: Estágio Curricular, Enquadramento Funcional: Estagiária em Análises Clínicas, Carga horária: 480, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estágio Supervisionado em Análises Clínicas - FCFRP/USP

Atividades

  • 01/2014 - 01/2014

    Ensino, 3ª Escola de Verão em Toxicologia - III EVTOX, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Zebrafish como modelo experimental na toxicologia

  • 03/2008 - 11/2013

    Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, Departamento de Análises Clínicas Toxicológia e Bromatologia.,Linhas de pesquisa

  • 05/2013 - 05/2013

    Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Aula Prática: "Ensaio do Cometa com Linfócitos", realizada na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto

  • 01/2013 - 02/2013

    Ensino, Curso teórico-prático II EVTOX, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Curso Teórico-Prático "Biomarcadores precoces de dano ao DNA", na II Escola de Verão em Toxicologia, realizada na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP/USP)

  • 01/2012 - 02/2012

    Ensino, Curso teórico-prático na I EVTOX, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Curso teórico-prático ?Toxicologia Ambiental: Bioensaios para Avaliação Toxicogenética - Mutagenicidade e Genotoxicidade, realizado pela I Escola de Verão em Toxicologia (I EVTOX), na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto.

  • 02/2009 - 07/2009

    Estágios , Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, .,Estágio realizado, Estágio supervisionado em docência por meio do Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE - Disciplina: Parasitologia Clínica.

2011 - 2011

Centre de Recerca en Toxicologia, Parc Científic de Barcelona

Vínculo: Bolsista do Programa Santander, Enquadramento Funcional: Estagiária de doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estágio para a realização de estudos de toxicidade in vitro e in vivo e ecotoxicidade de corantes têxteis.

Atividades

  • 09/2011 - 12/2012

    Estágios , CERETOX, .,Estágio realizado, Avaliação da ecotoxicidade de corantes têxteis, utilizando ensaios com sementes pepino (Cucumis sativus), alface (Lactuca sativa) e tomate (Lycopersicon esculentum), dapnhias (Daphnia magna), minhocas (Eisenia foetida) e zebrafish (Danio rerio).

2012 - 2013

Instituto Educacional do Estado de São Paulo

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor de Farmacologia, Carga horária: 4

Atividades

  • 12/2012 - 12/2012

    Extensão universitária , Faculdade de Taquaritinga, .,Atividade de extensão realizada, Aplicação de Injetáveis e Tratamento de Intoxicação por Medicamentos.

  • 05/2012 - 05/2012

    Extensão universitária , Faculdade de Taquaritinga, .,Atividade de extensão realizada, Administração de Medicamentos Injetáveis.

2006 - 2006

Universidade Federal de Alfenas

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário em Farmácia

Outras informações:
Estágio na Farmácia-Escola (dispensação e manipulação, 45h), Estágio em Farmácia (dispensação e assistência farmacêutica - SUS de Alfenas, 210 h) e Estágio de Interesse Curricular em Farmácia Ambulatorial (SUS) de Monte Alto (80 h)

Atividades

  • 08/2006 - 11/2006

    Estágios , Universidade Federal de Alfenas, .,Estágio realizado, Estágio na Farmácia-Escola e Farmácia Ambulatorial, em Alfenas - MG.

  • 03/2006 - 11/2006

    Estágios , Universidade Federal de Alfenas, .,Estágio realizado, Estágio na Farmácia-Escola da Universidade Federal de Alfenas - MG.

  • 07/2006 - 08/2006

    Estágios , Universidade Federal de Alfenas, .,Estágio realizado, Estágio em Farmácia de Manipulação, em Monte Alto - SP.

  • 01/2006 - 02/2006

    Estágios , Universidade Federal de Alfenas, .,Estágio realizado, Estágio de Interesse Curricular em Farmácia Ambulatorial (SUS), na cidade de Monte Alto - SP.