Mauricio Viana Gomes de Oliveira

Professor Assistente do Departamento de Enfermagem da Fundação Universidade Federal de Rondônia - UNIR. Doutorando em Enfermagem pelo programa de Pós Graduação da Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro - EEAN/UFRJ. Integrante do Centro de Pesquisa em Saúde do Índio de Rondônia - CESIR. Mestre em Epidemiologia em Saúde Pública na Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz. M.V. Gomes de Oliveira obteve seus títulos de Bacharelado e Licenciatura em Enfermagem pela Universidade Federal de Rondônia - UNIR em 2007. Durante seu período de graduação, teve sua inserção no campo de pesquisa em saúde coletiva através do CESIR (convênio UNIR/ENSP-FIOCRUZ). Durante esse período, foi bolsista de Iniciação Científica (2004-2007) e realizou suas primeiras atividades de pesquisa de campo entre o povo Suruí. Ao concluir a graduação, foi integrante da equipe de pesquisadores do I Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição dos Povos Indígenas, realizado sob os auspícios da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva - ABRASCO. Possui experiência na área de saúde pública/saúde coletiva, atuando em pesquisa, principalmente nos seguintes temas: Epidemiologia e Saúde Coletiva/Saúde Pública, Saúde e Epidemiologia dos Povos Indígenas.

Informações coletadas do Lattes em 22/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública

2009 - 2011

Escola Nacional de Saúde Pública
Título: Níveis tensionais e Prevalência de Hipertensão Arterial entre os Xavante, Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso.,Ano de Obtenção: 2011
Carlos Everaldo Alvares Coimbra Júnior.Bolsista do(a): Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil. Palavras-chave: epidemiologia; saúde pública; hipertensão arterial; povos indígenas.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Indígena. Setores de atividade: Saúde humana e serviços sociais.

Graduação em Enfermagem

2002 - 2007

Universidade Federal de Rondônia

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Oficina de Autocuidado em Hanseníase. (Carga horária: 30h). , Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia, AGEVISA/RO, Brasil.

2015 - 2015

``Pesquisa e Saúde Indígena: Um Balanço das Trajetórias e Desenvolvimento. (Carga horária: 8h). , Associação Brasileira de Saúde Coletiva, ABRASCO, Brasil.

2008 - 2008

Dimensões das Culturas Indígenas. (Carga horária: 30h). , Museu do Índio/FUNAI, MUSEU DO ÍNDIO, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Indígena.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

X Congresso Brasileiro de Epidemiologia. PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL ENTRE AS INDÍGENAS WARI? EM UMA REGIÃO AMAZÔNICA. 2017. (Congresso).

11 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. NÍVEIS TENSIONAIS E PREVALÊNCIA DE HIPERTENSÃO EM DUAS ALDEIAS INDÍGENAS XAVANTE, MATO GROSSO. 2015. (Congresso).

11 Congresso Mundial de Saúde Pública 8 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva.. Saúde Reprodutiva de Mulheres Indígenas Suruí, Rondônia: Avaliação do Pré-Natal. 2006. (Congresso).

Políticas e Práticas em Saúde Indígena. 2006. (Oficina).

57º Congresso Brasileiro de Enfermagem. Avaliação do Pré-Natal em Indígenas Suruí, Rondônia.. 2005. (Congresso).

27º Encontro Nacional de Estudantes de Enfermagem.congressista. 2004. (Encontro).

Semana de Enfermagem - UNIR..participante. 2003. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: DOUGLAS BATISTA SILVESTRE ANDRIOLLO

DOMINGOS FILHO, J.;Oliveira, Maurício V.G; SILVA, V. B.. Tuberculose e Comobirdades em Presidiários de Porto Velho, Rondônia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Rondônia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ana Lucia Escobar

COIMBRA JR, C. E. A.;ESCOBAR, A. L.SANTOS, R. V.. Níveis tensionais e prevalência de hipertensão entre os Xavante, Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso. 2011. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Gerson Luiz Marinho

ABREU, ÂNGELA MARIA MENDESCOIMBRA JR, C. E. A.MARINHO, G. L.. Níveis pressóricos e Determinantes Sociais em Saúde entre os Xavante, Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Anna Nery / UFRJ.

Carlos Everaldo Alvares Coimbra Junior

Coimbra Jr, Carlos E. A.Escobar, Ana LuciaSANTOS, Ricardo Ventura. Níveis Tensionais e Prevalência de Hipertensão Arterial entre os Xavante, Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso. 2011. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Maria Catarina Salvador da Motta

ABREU, A. M. M.; COIMBRA JUNIOR, C. E. A.; MARINHO, G.;Motta, Maria Catarina salvador da; JOMAR, R. T.. Níveis Pressóricos e seus Determinantes Sociais em Saúde entre Xavantes, Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso. 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Anna Nery.

Ricardo Ventura Santos

SANTOS, R. V.. Níveis Tensionais e Prevalência de Hipertensão entre os Xavante, Terra Indígena PImentel Barbosa, Mato Grosso. 2011. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Fernanda L

da Silva; Jaqueline C; Cruz; Junniene Beckman B; O Matriciamento e a Rede de Atenção Psicossocial no município de Porto Velho: um estudo através do CAPS e o atendimento aos usuários; Início: 2015; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Rondônia; (Orientador);

Mauricio Viana Gomes de Oliveira

NÍVEIS TENSIONAIS E POSSÍVEIS FATORES ASSOCIADOS EM UMA COMUNIDADE DO RIO MÉDIO SOLIMÕES - AMAZONAS; Início: 2013; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal do Amazonas; (Orientador);

Fernanda L

da Silva; Jaqueline C; Cruz; Junniene B; Barbosa; O Matriciamento e a Rede de Atenção Psicossocial no Estado de Rondônia: Um estudo através do CAPS e a Clínica Psiquiátrica do Hospital de Base Dr; Ary Pinheiro; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Rondônia; Orientador: Mauricio Viana Gomes de Oliveira;

Melquisedec da Silva Soares

Niveis Tensionais e possíveis fatores de risco associados numa comunidade do rio Médio Solimões; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Mauricio Viana Gomes de Oliveira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mauricio Viana Gomes de Oliveira

NÍVEIS TENSIONAIS E POSSÍVEIS FATORES ASSOCIADOS EM UMA COMUNIDADE DO RIO MÉDIO SOLIMÕES - AMAZONAS; Início: 2013; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal do Amazonas; (Orientador);

Carlos Everaldo Alvares Coimbra Junior

Níveis Tensionais e Prevalência de Hipertensão Arterial entre os Xavante, Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso; 2011; Dissertação (Mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz; Orientador: Carlos Everaldo Alvares Coimbra Junior;

Reinaldo Souza dos Santos

Análise Espacial e Epidemiologia da Malária em Populações Indígenas de Rondônia; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Enfermagem) - Universidade Federal de Rondônia; Orientador: Reinaldo Souza dos Santos;

James Robert Welch

Epidemiologia da hipertensão arterial sistêmica e fatores de risco associado em uma sociedade indígena do Brasil Central; 2011; Dissertação (Mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz; Coorientador: James Robert Welch;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Valencia, María Mercedes Arias ; Santos, Ricardo Ventura ; Coimbra Jr, Carlos E.A ; OLIVEIRA, Mauricio Viana Gomes de ; Escobar, Ana Lúcia . Aspectos de la fecundidad de mujeres indígenas Suruí, Rondônia, Brasil: una aproximación. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil (Impresso) , v. 10, p. 349-358, 2010.

  • Souza-Santos, Reinaldo ; de Oliveira, Maurício VG ; Escobar, Ana ; Santos, Ricardo ; Coimbra, Carlos EA . Spatial heterogeneity of malaria in Indian reserves of Southwestern Amazonia, Brazil. International journal of health geographics , v. 7, p. 55, 2008.

  • ALVES, C.L.M. ; Oliveira, Maurício V.G . Programa de Educação para a Saúde pelo Trabalho - PET no DSEI Porto Velho: Acesso aos serviços de saúde e desafios do subsistema de saúde indígena. In: 11 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2015, Goiânia - GO. Programa de Educação para a Saúde pelo Trabalho - PET no DSEI Porto Velho: Acesso aos serviços de saúde e desafios do subsistema de saúde indígena, 2015.

  • OLIVEIRA, Mauricio Viana Gomes de ; ESCOBAR, A. L. . EPIDEMIOLOGIA DA MALÁRIA EM POPULAÇOES INDÍGENAS DE RONDÔNIA. In: XV Seminário Final de Iniciação Científica da UNIR, 2006, Poto Velho. Pesquisa e Criação. Porto Velho: PROPEX/EDUFRO, 2006. v. 5.

  • OLIVEIRA, Mauricio Viana Gomes de ; ESCOBAR, A. L. ; COIMBRA JR, C. E. A. . AVALIAÇÃO DO PRÉ-NATAL EM MULHERES INDÍGENAS SURUÍ, RONDÔNIA.. In: XIV Seminário de Iniciação científica PIBIC/UNIR/ CNPq, 2005, Porto Velho. Pesquisa criação. Porto Velho: PROPEX/EDUFRO, 2005. v. 4.

  • BICALHO, B. O. ; Oliveira, Maurício V.G ; ALVES, C.L.M. . Perfil Epidemiológico da Assistência Pré-Natal ente as Indígenas Wari' em um Região Amazônica. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Perfil Epidemiológico da Assistência Pré-Natal ente as Indígenas Wari' em um Região Amazônica, 2017.

  • Oliveira, Maurício V.G ; COIMBRA JR, C. E. A. ; WELCH, J. R. . Níveis tensionais e prevalência de hipertensão em duas aldeias indígenas Xavante, Mato Grosso.. In: 11 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2015, Goiânia. Níveis tensionais e prevalência de hipertensão em duas aldeias indígenas Xavante, Mato Grosso., 2015.

  • OLIVEIRA, Mauricio Viana Gomes de ; COIMBRA JR, C. E. A. ; ESCOBAR, A. L. . Saúde Reproutiva de Mulheres Indígenas Suruí, Rondônia: Avaliação do Pré-Natal. In: 11 Congresso Mundial de Saúde Pública 8 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva., 2006, Rio de Janeiro. Ciência & Saúde Coletiva. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2006.

  • OLIVEIRA, Mauricio Viana Gomes de ; COIMBRA JR, C. E. A. ; ESCOBAR, A. L. . Avaliação do Pré-Natal em Indígenas Suruí, Rondônia. In: 57º Congresso Brasileiro de Enfermagem, 2005, Goiânia. Congresso Brasileiro e Enfermagem, 2005. v. 57.

  • Oliveira, Maurício V.G ; COIMBRA JR, C. E. A. ; WELCH, J. R. . Níveis tensionais e prevalência de hipertensão em duas comunidades indígenas Xavante, Mato Grosso.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OLIVEIRA, Mauricio Viana Gomes de ; COIMBRA JR, C. E. A. ; ESCOBAR, A. L. . Avaliação do Pré-Natal em Indígenas Suruí, Rondônia.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Estudo sobre morbidades em Rondônia, Descrição: Trata-se de um projeto visando o conhecimento das morbidades que possuem uma importância fundamental no planejamento sanitário, ao produzir indicadores que medem aspectos qualitativos e quantitativos da assistência dispensada a uma população determinada. Esta pesquisa tem como objetivo caracterizar o perfil demográfico, socioeconômico e as morbidades pré-hospitalares (UPA, pronto atendimento, SAMU) e hospitalares de unidades públicas de saúde localizadas no estado de Rondônia; e, também, estudar os agravos e/ou o quadro de morbidades referidas em grupos populacionais específicos. Trata-se de um estudo que utilizará dados secundários de prontuários eletrônicos e dos sistemas de informação em saúde SIS (SINAN, SINASC, SIH e SIA) para pesquisar as morbidades hospitalares e pré-hospitalar, bem como aplicará questionários e entrevistas para o estudo de agravos ou morbidades referidas. As investigações serão realizadas pela equipe de docentes pesquisadores e alunos vinculados ao CEPESCO/Departamento de Enfermagem da Fundação Universidade de Rondônia. O estudo será avaliado e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade. A análise dos dados se dará por meio da estatística descrita ou outro desenho analítico, de acordo com o método do estudo. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mauricio Viana Gomes de Oliveira - Coordenador / Kátia Fernanda Alves Moreira - Integrante / Maria do Socorro Bandeira de Jesus - Integrante / Daniela Ferreira Borba - Integrante / Jeanne Lúcia Gadelha - Integrante / Cleson Oliveira de Moura - Integrante / Daiana Evangelista Rodrigues - Integrante / Daniela Oliveira Pontes - Integrante / Aldrin de Sousa Pinheiro - Integrante / Edson Farias - Integrante / Adriana Tavares Hang - Integrante.

  • 2013 - Atual

    As iniquidades e os determinantes sociais de saúde e doença dos indígenas Wari´, Descrição: Trata-se de um projeto desenvolvido pelo Centro de Estudos em Saúde do Índio de Rondônia (CESIR), que faz parte do Instituto Nacional de Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente da Amazônia (IMPETAM), sob a coordenação da Profa. Dra. Ana Lúcia Escobar e contando com a colaboração do Grupo de Pesquisa em Saúde Indígena da Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/FIOCRUZ). Amplas e profundas mudanças sociais, econômicas e ambientais têm ocorrido na região amazônica brasileira ao longo das últimas décadas. A migração de grandes contingentes populacionais, principalmente do Sul e Nordeste do país, foi estimulada para diversos pontos da Amazônia. Rondônia foi um dos principais receptadores do fluxo migratório nas décadas de 1970 e 80 (Trindade-Henrique, 1985), e novamente nos anos 2010, com a implementação de projetos de infraestrutura para o desenvolvimento do país, que incluem hidrelétricas, pontes e estradas. Esta expansão da fronteira econômica e demográfica em direção à Amazônia está historicamente associada a transformações drásticas para as sociedades indígenas. Desde meados do século XIX até o presente, o ciclo da borracha, a expansão das atividades de mineração e a abertura de frentes de colonização levaram à quebra do isolamento de dezenas de povos indígenas. Os impactos do contato foram de toda ordem, já que o processo de interação com a sociedade nacional permeia as mais diversas esferas da vida cotidiana dos povos indígenas saúde, ecologia, demografia, organização social, etc. (Cunha 1992; Hemming 1987; Santos & Coimbra Jr. 1994). De imediato, epidemias de doenças infecciosas e parasitárias trazem efeitos nefastos de grande magnitude, notadamente depopulação, quando não a extinção de grupos inteiros. Passadas as epidemias, importantes mudanças ocorrem nas mais diversas esferas do cotidiano, desde a ecologia até a organização social. Os exemplos são abundantes: ocorrem modificações nas estratégias de economia de subsistência; transforma-se a alimentação; alteram-se as formas e grau de exposição a patógenos; transmuta-se a dinâmica demográfica (Santos & Coimbra Jr. 2003). Este projeto tem a duração prevista para trinta e seis meses a partir de janeiro de 2013, e está inserido num projeto maior, cuja duração estimada é de 60 meses. Tem como objetivo central o estudo de processos de mudanças ligados à saúde e às iniquidades de povos indígenas da Amazônia ocidental, com ênfase naqueles situados na fronteira do Brasil com a Bolívia, a oeste de Rondônia, os Wari . Parte-se do princípio que essas dimensões, saúde e iniquidades são arenas privilegiadas para apreender e elucidar aspectos relacionados à complexa dinâmica de interações culturais, sociais e econômicas que mediam as relações entre os povos indígenas e a sociedade nacional envolvente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mauricio Viana Gomes de Oliveira - Integrante / Ana Lúcia Escobar - Coordenador / Ricardo Ventura Santos - Integrante / Coimbra Jr, Carlos E.A - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Mudanças Sociais, Desigualdades e Epidemiologia das Doenças Cronicas Não-Transmissíveis: Os Índios Xavante de Mato Grosso [Papes/FiocruzAPQ - 403569/2008-7], Descrição: As condições de saúde e nutrição dos povos indígenas no Brasil são ainda pouco conhecidas e não há estudos de abrangência nacional que descrevam o perfil nutricional desses povos. Pesquisas epidemiológicas recentes, no entanto, apontam para uma tendência de acelerada transição nutricional e epidemiológica, com o surgimento e rápida progressão da obesidade e doenças crônicas associadas nesses povos. Conforme evidenciado por alguns autores (ver Santos & Coimbra 2003), o processo de transição observado nas populações indígenas vincula-se a mudanças no padrão de consumo de alimentos, assim como em alterações nos padrões de atividade física. Há, contudo, uma dimensão de significativa importância no processo de transição em saúde dos povos indígenas que, até o momento, não tem sido sistematicamente investigada ? a emergência de estratificação socioeconômica. O objetivo deste projeto é conduzir uma investigação epidemiológica e antropológica sobre a relação entre diferenciação socioeconômica interna a uma sociedade indígena e suas influências sobre a emergência de doenças crônicas não-transmissíveis, destacando-se a obesidade, hipertensão e diabetes mellitus. O estudo será realizado entre os índios Xavante da Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso, onde os pesquisadores já vêm realizando diversos estudos relacionados aos efeitos das mudanças sociais, econômicas e ambientais sobre a saúde e nutrição.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mauricio Viana Gomes de Oliveira - Integrante / Carlos Everaldo Alvares Coimbra Jr - Coordenador / Ricardo Ventura Santos - Integrante / Silvia Angela Gugelmin - Integrante / James Robert Welch - Integrante / Aline Alves Ferreira - Integrante., Financiador(es): Fundação Oswaldo Cruz - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Diferenciação Socioeconômica e Epidemiologia das Doenças Crônicas Não-Transmissíveis em Sociedade Indígenas no Brasil: os Xavante de Mato Grosso [CNPq-Universal2008-475674/2008-1], Descrição: Não há estudos de abrangência nacional que descrevam o perfil nutricional dos povos indígenas no Brasil. Pesquisas epidemiológicas recentes, realizadas em diversas comunidades indígenas no país e em geral de recorte transversal, têm se constituído nas únicas fontes de informação sobre o tema. Em seu conjunto, esses estudos apontam para uma tendência de acelerada transição nutricional e epidemiológica, com o surgimento e rápida progressão da obesidade e doenças crônicas associadas. O presente projeto pretende realizar estudo longitudinal visando monitorar o estado nutricional e a incidência de hipertensão arterial e diabetes mellitus em adolescentes e adultos Xavante de duas aldeias da Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso, ao longo de 24 meses. Trata-se do primeiro estudo com essas características a ser realizado no país. Serão ainda investigadas a situação alimentar/nutricional e seus fatores determinantes socioeconômicos, culturais e comportamentais, com ênfase na associação entre obesidade, hipertensão arterial e diabetes mellitus vis-à-vis o processo de diferenciação socioeconômica em curso na comunidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mauricio Viana Gomes de Oliveira - Integrante / Carlos Everaldo Alvares Coimbra Jr - Coordenador / Ricardo Ventura Santos - Integrante / Silvia Angela Gugelmin - Integrante / James Robert Welch - Integrante / Aline Alves Ferreira - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2009

    Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição dos Povos Indígenas, Descrição: Estudo transversal de base populacional nacional sobre situação nutricional e seus determinantes em mulheres indígenas de 14 a 49 anos e crianças indígenas menores de cinco anos. O inquérito teve representatividade regional, segundo quatro macrorregiões -- Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sul/Sudeste -- e incluindo aldeias em todos os distritos sanitários especiais indígenas e estados brasileiros.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mauricio Viana Gomes de Oliveira - Integrante / Carlos Everaldo Alvares Coimbra Jr - Coordenador / Ana Lúcia Escobar - Integrante / Rui Arantes - Integrante / Ricardo Ventura Santos - Integrante / Luiza Garnelo - Integrante / Silvia Angela Gugelmin - Integrante / Andrey Moreira Cardoso - Integrante / Bernardo Lessa Horta - Integrante / Ana Marlúcia Oliveira Assis - Integrante., Financiador(es): Banco Internacional de Reconstrucao e Desenvolvimento (Banco Mundial) - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2007

    Projeto de Saúde e Demografia Indígena em Contextos de Mudanças Sociais, Econômicas e Culturais na Amazônia Ocidental, Descrição: Projeto Muldispicplinar de Pesquisa em Saúde indígena na Amazônia Ocidental, Brasil: Linhas de pesquisa em valorização da cultura indígena, epidemiologia - investigação e controle de doenças endêmicas (tuberculose e malária), avaliação do estado nutricional, cuidados à saúde da mulher e da criança indígena. O projeto visa fomentar a pesquisa sobre saúde de populações indígenas em Rondônia tomando por base as instituições locais de ensino superior e pesquisa, em especial a Universidade Federal de Rondônia (UNIR), através do Centro de Estudos de Saúde do Índio de Rondônia (CESIR), em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Os projetos de pesquisa contemplam estudos demográficos sobre os povos indígenas e diagnósticos situacionais de saúde nas áreas de nutrição, epidemiologia e serviços de saúde.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Mauricio Viana Gomes de Oliveira - Integrante / Carlos Everaldo Alvares Coimbra Jr - Coordenador / Ana Lúcia Escobar - Integrante / Ricardo Ventura Santos - Integrante., Financiador(es): Fundação Ford - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Rondônia, Nucleo de Saúde, Departamento de Enfermagem - DENF. , Avenida Presidente Dutra - até 2965 - lado ímpar, Centro, 76801059 - Porto Velho, RO - Brasil, Telefone: (69) 21822268, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Universidade Federal de Rondônia

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2002 - 2007

    Universidade Federal de Rondônia

    Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador Iniciação Científica, Carga horária: 20

    Atividades

    • 07/2005

      Pesquisa e desenvolvimento , Nucleo de Saúde, Centro de Estudos em Saúde do Índio de Rondônia.,Linhas de pesquisa

    • 07/2004 - 07/2005

      Pesquisa e desenvolvimento , Nucleo de Saúde, Centro de Estudos em Saúde do Índio de Rondônia.,Linhas de pesquisa

  • 2012 - 2014

    Universidade Federal do Amazonas

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2009 - 2011

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Outro (mestrando/pesquisador), Enquadramento Funcional: mestrando/pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2008 - 2009

    Associação Brasileira de Saúde Coletiva

    Vínculo: Outro (pesquisador), Enquadramento Funcional: pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.