Geisiane Anatólia Gomes

Possui graduação em História - Bacharelado pela Universidade Federal de Ouro Preto (2015), graduação em História - Licenciatura pela Universidade Federal de Ouro Preto (2017) e mestrado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (2018). Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: Historiografia brasileira, Ensino de História, História do Brasil, Decolonialismo e Povos originários (Indígenas) do Brasil.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em História

2016 - 2018

Universidade Federal de Ouro Preto
Título: Decolonialismo e crítica à história única: possibilidades para a historiografia sobre os povos originários do Brasil,Ano de Obtenção: 2018
Helena Miranda Mollo.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Decolonialismo; Povos Originários; Historiografia Brasileira; História do Brasil; História única; Indígenas. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América / Especialidade: História Latino-Americana. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.

Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado

2015 - 2017

Universidade Federal de Ouro Preto
Título: A presença ausente dos povos indígenas no Império do Brasil
Orientador: Helena Miranda Mollo

Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado

2012 - 2015

Universidade Federal de Ouro Preto

Curso técnico/profissionalizante interrompido em 2010

2008 - Interrompido

INSTITUTO FEDERAL MINAS GERAIS
Ano de interrupção: 2010

Ensino Médio (2º grau)

2011 - 2011

Escola Estadual Dom Pedro II

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Indigenismo e pensamento decolonial na América do Sul. (Carga horária: 6h). , Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas, ANPHLAC, Brasil.

2014 - 2014

Clima Atmosfera, Stimmung como dimensão do [...]. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.

2014 - 2014

Historiografia Moçambicana e Historiografia Af[.... (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.

2014 - 2014

Las nuevas orientaciones en la historia polit[...]. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.

2013 - 2013

Historicidade e Transformação Conceitual [...]. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.

2012 - 2012

A História do Tempo Presente e as noções [...]. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.

2007 - 2007

Desenho: Da Observação à Representação. (Carga horária: 150h). , Fundação de Arte de Ouro Preto, FAOP, Brasil.

2006 - 2007

Artes Plásticas + Música. (Carga horária: 276h). , Fundação de Arte de Ouro Preto, FAOP, Brasil.

2006 - 2007

Piano. (Carga horária: 59h). , Fundação de Arte de Ouro Preto, FAOP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Império.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Ensino de Históra.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

GOMES, G. A. . 8SNHH-Variedades do Discurso Histórico: possibilidades para além do texto. 2014. (Outro).

GOMES, G. A. . 7SNHH - Diálogos Brasil-Alemanha. 2013. (Outro).

GOMES, G. A. . 6SNHH - O Giro-Linguístico e a Historiografia: balanço e perspectivas. 2012. (Outro).

GOMES, G. A. . Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 2010. (Outro).

GOMES, G. A. . Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 2009. (Outro).

GOMES, G. A. . Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 2008. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XIII Encontro Internacional da ANPHLAC. 2018. (Encontro).

2nd Conference of The International Network for Theory of History INTH. 2016. (Congresso).

V EPHIS.O Resumo da História do Brasil e as possibilidades de uma história do Brasil pós-Independência (1825-1831). 2016. (Simpósio).

4º Encontro de Pesquisa em História.Enunciados históricos sobre a Conjura Mineira na história e no ensino de história (1843-1897). 2015. (Encontro).

8° Seminário Brasileiro de História da Historiografia. 2014. (Seminário).

8° Seminário Brasileiro de História da Historiografia.A Independência do Brasil em ?Amor e Pátria? (1859) e nas ?Lições de História do Brasil? (1863). 2014. (Seminário).

II Colóquio Cultura e Educação na América Portuguesa. 2014. (Outra).

XXII Seminário de Iniciação Científica da UFOP - ENCONTRO DE SABERES.A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL ENTRE OS GÊNEROS LITERÁRIO E HISTORIOGRÁFICO A PARTIR DE JOAQUIM MANUEL DE MACEDO (1859-1863). 2014. (Seminário).

7° Seminário Brasileiro de História da Historiografia. 2013. (Seminário).

6° Seminário Brasileiro de História da Historiografia. 2012. (Seminário).

XVIII Encontro Regional (ANPUH-MG). 2012. (Encontro).

Simpósio Internacional Poderes e Lugares de Minas Gerais: 300 anos de Ouro Preto. 2011. (Simpósio).

Semana de Ciência e Tecnologia, IFMG - Campus Ouro Preto. 2010. (Outra).

Semana de Ciência e Tecnologia, IFMG - Campus Ouro Preto. 2009. (Outra).

Semana de Ciência e Tecnologia, IFMG - Campus Ouro Preto. 2008. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Mateus Fávaro Reis

MOLLO, H.; LOPES, A. M. H.; SOUZA, T. R.;REIS, M. F.. Decolonialismo e crítica à história única: possibilidadades para a historiografia sobre populações originárias do Brasil. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Mateus Fávaro Reis

MOLLO, H.;REIS, M. F.; LOPES, A. M. H.. O giro decolonial e a crítica à História Única: possibilidades para a História Indígena. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Tatiana Ribeiro de Souza

SOUZA, Tatiana Ribeiro de; MOLLO, Helena Miranda; LOPES, Ana Mónica; REIS, Mateus Fávaro. Decolonialismo e crítica à história única: possibilidades para a historiografia sobre os povos originários do Brasil. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Marcelo de Mello Rangel

MOLLO, H. M.RANGEL, M. M.; Silveira, Marco Antonio. A presença ausente dos povos indígenas no Império do Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Christiane Figueiredo Pagano de Mello

Monitoria da disciplina de História Moderna; 2013; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Christiane Figueiredo Pagano de Mello;

Helena Miranda Mollo

Decolonialismo e crítica à história única : possibilidades para a historiografia sobre os povos originários do Brasil; ; 2018; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto,; Orientador: Helena Miranda Mollo;

Helena Miranda Mollo

A presença ausente dos povos indígenas no Império do Brasil; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Helena Miranda Mollo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Neide Nativa ; MOREIRA, C. S. ; SOUZA, M. E. ; GOMES, G. A. ; PINHEIRO, G. H. D. . Máquina de Escrever. Uni/Versos, Mariana, Minas Gerais, p. 18 - 28, 01 maio 2013.

  • GOMES, G. A. ; OLIVEIRA, H. A. . Enunciados históricos sobre a Conjura Mineira na história e no ensino de história (1843-1897). In: IV EPHIS, 2015, Belo Horizonte. EDIÇÃO SUPLEMENTAR - Anais do IV Encontro de Pesquisa em História - UFMG. Belo Horizone: Departamento de História, FAFICH/UFMG, 2014. v. 7. p. 984-992.

  • GOMES, G. A. ; OLIVEIRA, H. A. . Enunciados históricos sobre a Conjura Mineira na história e no ensino de história (1843-1897). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • GOMES, G. A. . A Independência do Brasil em ?Amor e Pátria? (1859) e nas ?Lições de História do Brasil? (1863) de Joaquim Manuel de Macedo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GOMES, G. A. ; RANGEL, M. M. . A Independência do Brasil entre os gêneros literário e historiográfico a partir de Joaquim Manuel de Macedo (1859-1863). 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GOMES, G. A. . Musa. Antologia Poética, Prêmio Poetize 2013. Cabedelo, Paraíba: Vivara, 2013 (Texto Lírico).

  • GOMES, G. A. . Nós rochas. Antologia Poética, Prêmio Sarau Brasil 2013. Cabedelo: Vivara Editora Nacional, 2013 (Texto Lírico).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

BARBOSA, D. H. D. ; MACIEL, G. S. ; EVANGELISTA, D. G. ; MARCIANO, I. C. ; GOMES, G. A. . Te Pego Pela História. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Blog).

GOMES, G. A. ; GOMES, D. E. . Sarau de Época. 2010. Teatral.

GOMES, G. A. ; GOMES, D. E. . Sarau: Mulheres na poesia brasileira. 2010. Teatral.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2015

    História do Brasil e distância histórica em Joaquim Manuel de Macedo e José Pedro Xavier da Veiga (1844-1900), Descrição: Descrição: Este projeto se dedica à tematização do manual de História do Brasil de Joaquim Manuel de Macedo, adotado no Colégio Pedro II entre os anos de 1861-1882. Compararemos o manual de Macedo ao de Varnhagen a partir da hipótese de que ambos possuem uma autonomia relativa, ou seja, que suas interpretações acerca de conceitos como escravidão, negro, índio, colonização portuguesa, Portugal e jesuítas são distintas. De modo que, ao fim, atualizamos nossa hipótese mais geral que é a da autonomia do Colégio no que diz respeito à sedimentação da disciplina escolar, neste caso a História do Brasil. Entendemos, ainda, que Macedo dialoga com outros manuais de história pátria que foram adotados no interior do próprio Colégio Pedro II, os de Bellegarde e de Abreu e Lima, e com estudos acerca da História do Brasil produzidos no interior do mercado editorial, especialmente a partir da literatura Romântica. Ao fim, nossa compreensão é a de que a interpretação de Macedo acerca da História do Brasil é crítica em relação à colonização portuguesa, diferentemente de Varnhagen, o que produz o que chamamos de alargamento da distância histórica . Investiga-se, também, a produção de manuais didáticos e de estudos acerca da História do Brasil em Minas Gerais entre os anos de 1872-1897, e as interpretações sobre a história pátria especialmente em Xavier da Veiga, com objetivo de, ao fim, comparar as histórias do Brasil produzidas nas escolas e no mercado editorial do Rio de Janeiro e de Minas Gerais na segunda metade do século XIX. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Geisiane Anatólia Gomes - Integrante / Helenice Afonso de Oliveira - Integrante / Marcelo de Mello Rangel - Coordenador.

  • 2013 - 2014

    A constituição dos ensinos de história e de filosofia no Brasil a partir dos livros didáticos do Colégio Pedro II (1838-1889), Descrição: Este projeto está relacionado ao Programa Institucional de Voluntários de Iniciação Científica (PIVIC/UFOP) e está vinculado aos grupos de pesquisa História da Historiografia e Modernidade, ao Laboratório de Estudos de História Política e das Ideias (LEHPI) e ao grupo de pesquisa Afroperspectivas, saberes e interseções (Afrosin). Investigamos a constituição dos ensinos de história e de filosofia no Brasil, entre os anos de 1838 e 1889, a partir da análise dos livros didáticos, em especial dos compêndios adotados pelo Imperial Colégio de Pedro II. No âmbito do ensino de história analisaremos os compêndios de José Ignácio de Abreu e Lima, Compêndio de História do Brasil (1843), de Joaquim Manuel de Macedo, Lições de História do Brasil (1861), e o de Justiniano José da Rocha, Compêndio de História Universal (1866). No que concerne ao ensino de filosofia, tematizaremos o Curso Elementar de Filosofia , de Eustaque Barbe, traduzido por Joaquim Alves de Souza, no ano de 1846, o compêndio de A. Pellissier, o Curso Preciso e Completo de Filosofia Elementar , traduzido por Augusto Zaluar em 1876, e o Tratado Elementar de Filosofia , de Paul Janet, publicado pela Garnier em 1885. Estes compêndios são investigados com os objetivos de: 1- identificar os autores e conteúdos que foram se tornando fundamentais aos ensinos de história e de filosofia ao longo dos anos de 1838 e 1889, e, por conseguinte; 2- compreender a constituição dos campos: ensino de história e ensino de filosofia no Brasil; 3- conhecer a cultura escolar constituída neste período, e isto através da relação entre os compêndios e os programas e métodos de ensino, em especial os métodos intuitivo e analítico . 4- Compreender o processo de formação do Estado imperial, sua centralização política e a formação da nacionalidade; 5- compreender as orientações e tensões políticas no interior do Império do Brasil; 6- descrever os ideais morais e sentimentais de formação fundamentais à constituição do Estado imperial; 7- reconstituir as experiências de tempo e os climas históricos (Stimmung) próprios ao Império do Brasil. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Geisiane Anatólia Gomes - Integrante / Marcelo de Mello Rangel - Coordenador / Thamara de Oliveira Rodrigues - Integrante / Daniel Joni Mendes Nunes da Cunha - Integrante / João Pedro Menezes Jacinto - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Ouro Preto, Instituto de Ciências Humanas e Sociais. , Rua do Seminário, s/n, Centro, 35420000 - Mariana, MG - Brasil, Telefone: (31) 35579458, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - 2014

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora de História Moderna, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.

2012 - 2012

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista no AHCMM, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2012 - 2012

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Bolsista Voluntária, Enquadramento Funcional: Bolsista Voluntária no AHCMM, Carga horária: 4