Ana Paula Neuschrank Albano

Médicina Veterinária, doutora em Ciências (área de concentração Sanidade Animal) pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) em 2012, possui especialização (latu sensu) em Clínica e Cirurgia de Animais Selvagens (2013) e em Medicina Veterinária Legal (2016) pelo Instituto Qualittas de Pós-Graduação. Membro da Associação Brasileira de Veterinários de Animais Selvagens - ABRAVAS e da Associação Brasileira de Medicina Veterinária Legal (ABMVL). Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Reabilitação de Animais Silvestres, atuando principalmente nas seguintes áreas: manejo, conservação, sanidade, regate, recepção, triagem e destinação de fauna silvestre, reabilitação de fauna impactada por óleo e clínica e cirurgia de animais silvestres e exóticos. Atualmente é Técnica Administrativa em Educação - Auxiliar de Veterinária e Zootecnia da UFPel, desenvolvendo atividades junto ao Hospital de Clínicas Veterinária.

Informações coletadas do Lattes em 22/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Veterinária

2010 - 2012

Universidade Federal de Pelotas
Título: Paracoccidioides brasiliensis: utilização de animais como sentinelas para presença do fungo no Rio Grande do Sul, Brasil
Mário Carlos Araújo Meireles. Coorientador: Melissa Orzechowski Xavier.

Mestrado em Veterinária

2007 - 2009

Universidade Federal de Pelotas
Título: Fungos e micoses em animais silvestres recebidos por Centros de Triagem,Ano de Obtenção: 2009
Mario Carlos Araújo Meireles.

Especialização em Clínica e cirurgia de animais silvestres e exótico

2011 - 2112

Instituto de Pós Graduação Qualittas - certificado pela Universidade Castel
Título: Fibroma em jibóia (Boa constrictor): relato de caso
Orientador: Greici Maia Behling

Especialização em Medicina Veterinária Legal

2015 - 2016

Qualittas Instituto de Pós-Graduação
Título: Casuística de caça e pesca de animais silvestres no Brasil - Realidade a partir de um Cetas no Sul do Brasil
Orientador: Sérvio Túlio Jacinto Reis

Graduação em Medicina Veterinária

2000 - 2006

Universidade Federal de Pelotas

Curso técnico/profissionalizante

1991 - 1997

Escola Técnica Federal de Pelotas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Gerenciamento de Desastres: Prevenção e Resposta. (Carga horária: 8h). , Instituto Técnico de Educação e Controle Animal, ITEC, Brasil.

2015 - 2015

Curso de Formação para Responsável Técnico em Biotérios. (Carga horária: 15h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grade do Sul (RS), CRMV RS, Brasil.

2014 - 2014

Seminário de Responsabilidade Técnica em Animais Selvagens. (Carga horária: 7h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grade do Sul (RS), CRMV RS, Brasil.

2014 - 2014

Curso de Formação para Responsável Técnico: Manejo de Fauna Silvestre. (Carga horária: 14h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grade do Sul (RS), CRMV RS, Brasil.

2013 - 2013

Seminário de Responsabilidade Técnica em Animais Selvagens módulo avançado. (Carga horária: 4h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grade do Sul (RS), CRMV RS, Brasil.

2013 - 2013

Técnicas de Injeção à Distância. (Carga horária: 7h). , Associação Paranaense de Medicina de Animais Selvages, GRUPO FOWLER, Brasil.

2012 - 2012

Seminário de Responsabilidade Técnica Medicina Veterinária modulo avançado. (Carga horária: 8h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grade do Sul (RS), CRMV RS, Brasil.

2012 - 2012

APCC em quarentenários de zoológicos e hospitais veterinários. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2012 - 2012

Atualização em Clínica de Felinos - via web. (Carga horária: 20h). , Equalis - Ensino e Qualificação Superior, EQUALIS, Brasil.

2011 - 2011

Introdução a Radiotelemetria. (Carga horária: 9h). , Sociedade de Zoológicos do Brasil, SZB, Brasil.

2010 - 2010

Perícia Forense na Área Cível para Médicos Veterin. (Carga horária: 20h). , Sindicato dos Médicos Veterinários do Estado do Rio Grande do Sul, SIMVETRS, Brasil.

2010 - 2010

Perícia Forense na Área Cível para Médicos Veterin. (Carga horária: 20h). , Sindicato dos Médicos Veterinários do Estado do Rio Grande do Sul, SIMVETRS, Brasil.

2010 - 2010

Criação de órfãos. (Carga horária: 4h). , Grupo Medicina Selvagem, GMS, Brasil.

2009 - 2009

1° Curso de Bioterismo e Experimentação Animal. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2007 - 2007

Monitoramento de doenças em animais de vida livre. (Carga horária: 8h). , Sociedade de Zoológicos do Brasil, SZB, Brasil.

2006 - 2006

Medicina Veterinária de Animais Selvagens. (Carga horária: 14h). , Sociedade de Zoológicos do Brasil, SZB, Brasil.

2006 - 2006

II Minicurso de Reprodução. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2005 - 2005

Extensão universitária em XXVI Semana Acadêmica de Medicina Veterinária Ufpe. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2005 - 2005

Seminário de Responsabilidade Técnica. (Carga horária: 8h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária do RS, CRMVRS, Brasil.

2005 - 2005

Enfermidades Em Aves Criadas Em Cativeiro. (Carga horária: 5h). , Zoológico Municipal de Cachoeira do Sul, ZOOLÓGICO MUNICI, Brasil.

2005 - 2005

Curso de Controle Clínico da Babesiose e Ehrlichio. (Carga horária: 6h). , Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais Regional R, ANCLIVEPA - RS, Brasil.

2001 - 2001

Programa de Capacitação de Pessoal Para Atuar na r. (Carga horária: 12h). , Centro de Recuperação de Animais Marinhos, CRAM, Brasil.

2001 - 2001

Reabilitação de Animais Silvestres na Região de Pe. (Carga horária: 4h). , Associação dos Médicos Veterinários da Zona Sul, VETESUL, Brasil.

2001 - 2001

Advanced One. (Carga horária: 53h). , Fisk English Courses, FISK, Brasil.

2000 - 2000

Curso de Embriologia do Sistema Urogenital. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2000 - 2000

Formas Cores e Sexualidade Animal e Humana. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2000 - 2000

Minicurso de Contenção Animal. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

1999 - 2000

Intermediate Two. (Carga horária: 108h). , Fisk English Courses, FISK, Brasil.

1999 - 1999

Intermediate One. (Carga horária: 56h). , Fisk English Courses, FISK, Brasil.

1999 - 1999

Informática. (Carga horária: 80h). , Exattus Informática, EXATTUS, Brasil.

1998 - 1998

Basic Two. (Carga horária: 56h). , Fisk English Courses, FISK, Brasil.

1998 - 1998

Basic One. (Carga horária: 57h). , Fisk English Courses, FISK, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal/Especialidade: Reabilitação de Animais Silvestres.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia de Animais Silvestres e Exóticos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Doenças Infecciosas de Animais Silvestres e Exóticos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Doenças Infecciosas de Animais.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Medicina Veterinária Preventiva.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

NOGUEIRA, C. E. W. ; GEHRCKE, M. I. ; CURCIO, B. R. ; BRAGA, F. V. A. ; ALBANO, A. P. N. . XV Fórum dos Dirigentes de Hospitais Veterinários de Instituições Federais de Ensino Superior. 2018. (Outro).

ALBANO, A. P. N. . II Minicurso de Reprodução. 2006. (Outro).

ALBANO, ANA PAULA NEUSCHRANK . XXVI Semana Acadêmica de Medicina Veterinária. 2005. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias. 2017. (Congresso).

II Congresso Internacional de Medicina Veterinária Legal. 2017. (Congresso).

Simpósio: Doenças Emergentes. 2016. (Simpósio).

VII Conferência Internacional de Medicina Veterinária do Coletoletiivo. 2016. (Outra).

Congresso Internacional de Medicina Veterinária Legal. 2015. (Congresso).

I Semana do Meio Ambiente - Interdisciplinaridade na Conservação da Biodiversidade. 2014. (Outra).

Teoria dos Germes. 2013. (Outra).

VII Jornada Grupo Fowler - Multiespecialidades na Medicina de Animais Selvagens. 2013. (Outra).

III Conferência de Medicina Veterinária do Coletivo. 2012. (Outra).

35° Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil. 2011. (Congresso).

Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias. 2011. (Congresso).

VI Jornada Grupo Fowler - Especialidades Cirúrgicas em Animais Selvagens. 2011. (Outra).

4° Simpósio Gaúcho de Animais Selvagens. 2010. (Simpósio).

Ciclo de Palestras com Prof. Dr. Jaime Hernandez - Universidad Autónomama de Nuevo Leonn de. 2010. (Outra).

IV Encontro do Grupo Medicina Selvagem. 2010. (Encontro).

Wildlife Diseases Association - 59th Annual International Conference Misiones - Argentina. 2010. (Congresso).

III Encontro do Grupo Medicina Selvagem.Apresentação de Casos Clínicos em Zoológicos, CETAS e Clínicas Particulares. 2009. (Encontro).

IV Jornadas de Investigación y Conservación de Tortugas Marinas del Atlántico Sur Occidental - ASO.Micoses cutâneas em tartaruga-verde (Chelonia mydas) no sul do Brasil. 2009. (Encontro).

V Jornada Grupo Fowler. 2009. (Encontro).

35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - Conbravet. 2008. (Congresso).

IV Jornada Grupo Fowler - Encontro Nacional de Medicina de Aves. 2008. (Encontro).

III Jornada Grupo Fowler - Encontro Nacional de Medicina de Répteis. 2007. (Encontro).

III Jornadas de Conservación e Investigación de Tortugas Marinas en el Atlántico Sur Occidental. 2007. (Encontro).

II Minicurso de Reprodução. 2006. (Outra).

XXX Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil. 2006. (Congresso).

I Encontro de Zoológicos do Rio Grande do Sul. 2005. (Encontro).

XXIX Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil e I Mostra de Programas de Educação Ambiental em Zooláogicos. 2005. (Congresso).

I Simpósio Gaúcho sobre Animais Selvagens. 2004. (Simpósio).

IV Conferência Sul-Americana de Medicina Veterinária. 2004. (Congresso).

I Workshop Regional de recepção, triagem e destinação da Fauna Silvestre.I Workshop Regional de recepção, triagem e destinação da Fauna Silvestre. 2004. (Outra).

XXV Congresso Brasileiro de Zoologia. 2004. (Congresso).

VI Simpósio em Pequenos Animais da Região Sul. 2003. (Simpósio).

26 Congreso de Zoológicos do Brasil e do 2º Encontro de Zôos do Mercosul. 2002. (Congresso).

VII Simpósio emBovinocultura de Leite da Região Sul.VII Simpósio em Bovinocultura de Leite da Região Sul. 2002. (Simpósio).

V Simpósio em Pequenos Animais da Região Sul.V Simpósio em Pequenos Animais da Região Sul. 2002. (Simpósio).

XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia. 2002. (Congresso).

XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária. 2002. (Congresso).

I Campanha de Preservação dos Animais Silvestres.I Campanha de Preservação dos Animais Silvestres. 2001. (Outra).

I Congresso Brasileiro de Mastozoologia. 2001. (Congresso).

IV simpósio em Pequenos Animais da Região Sul. 2001. (Simpósio).

Programa de capacitação de pessoal para atuar na recuperação da fauna contaminada por petróleo. 2001. (Outra).

Reabilitação de Animais Silvestres na Região de Pelotas/RS. 2001. (Outra).

VI Simpósio em Bovinocultura de Corte da Região Sul. 2001. (Simpósio).

III Simpósio em Pequenos Animais da Região Sul. 2000. (Simpósio).

4° Seminário Regional Sul de Manutenção. 1996. (Seminário).

Ciclo de Palestras Técnicas. 1996. (Outra).

I Ciclo de Palestras e Mostra de Informática da ETFPEL. 1996. (Outra).

Qualidade Total - ISO 9000. 1996. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Caroline Lunkes dos Santos

MEIRELES, M. C. A.VARGAS, G.D.ALBANO, A. P. N.MATTEI, A. S.MEINERZ, A. R. M.. Microbiota de psitaciformes silvestres e exóticos mantidos em centros de reabilitação e triagem. 2017. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Aryse Moreira Martins

MEIRELES, M. C. A.ALBANO, A. P. N.RUAS, J.L.NASCENTE, P. S.. Curva de parâmetros sanguíneos e de peso em (Spheniscus magellanicus) (Foster, 1781) pinguins de Magalhães com aspergilose durante reabilitação. 2015. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Gleide Marsicano

Ana Paula Neuschrank Albano; MELLO, F. B.; BOTH, M. C.. Estudo da eficácia da Cefovecina sódica no tratamento da pneumonia bacteriana em Psitacídios. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Alice Teixeira Meirelles Leite

VARGAS, G.D.; BORDIN, R. A.;ALBANO, A. P. N.OSÓRIO, L. G.; FISHER, G.. Investigação de vírus de impacto na sanidade avícola em aves silvestres no Rio Grande do Sul. 2017. Tese (Doutorado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Fábio da Silva e Silva

HÜBNER, S.O.; VARELA JUNIOR, A. S.;ALBANO, A. P. N.; FINGER, P. F.; LIMA, M.. Terapia Antirretroviral no Controle do Vírus da Imunodeficiência Felina. 2017. Tese (Doutorado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Angela Leitzke Cabana

MEIRELES, M. C. A.; PASQUALOTTO, A. C.;ALBANO, A. P. N.NASCENTE, P. S.MATTEI, A. S.. Avaliação do teste platelia EIA® Aspergillus para diagnóstico da aspergilose em pinguins e interferência da contaminação ambiental. 2017. Tese (Doutorado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Angela Leitzke Cabana

MEIRELES, M. C. A.; PASQUALOTTO, A. C.;ALBANO, A. P. N.NASCENTE, P. S.MATTEI, A. S.. Avaliação do teste platelia EIA® Aspergillus para diagnóstico da aspergilose em pinguins e interferência da contaminação ambiental. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Fernanda Rochedo Tages

BANDARRA, P. M.;ALBANO, A. P. N.; VALENTE, A. L. S.. Traumatismo em animais silvestres encaminhados ao NURFS-CETAS/UFPel. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Residência em Área Profissional de Saúde em Medicina Silvestres) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Diego Almeida Moncks

VIVES, P. S.; AGUIAR, E. S. V.;ALBANO, A. P. N.; CLEFF, M. B.; SILVA, F. S. E.. Comparação entre dois protocolos de reabilitação fisioterápica pós-operatória de pacientes submetidos à artrotomia da articulação femorotibiopatelar. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Residência em Área Profissional de Clínica Círúrgica de Animais) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Vanessa Milech

VIVES, P. S.;ALBANO, A. P. N.; CLEFF, M. B.; RAPPETI, J. C. S.;NOBRE, M. O.. Avaliação da eficácia de um veículo de transporte para antifúngicos no tratamento de micose cutânea em cães e gatos. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Residência em Área Profissional de Clínica Círúrgica de Animais) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Pâmela Marques da Silva

COIMBRA, M. A. A.; RUI, A. M.;ALBANO, A. P. N.MASCARENHAS, C. S.. Levantamento da mastofauna silvestre atendida em um centro de triagem de animais silvestres no extremo sul do Brasil. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Paola Oteiro Faria

MINELLO, L. F.LEITE,A.T.MALBANO, A. P. N.COIMBRA, M. A. A.; SILVEIRA, I. D. B.. Participação em banca examinadora de Trabalho de Conclusão de Curso Bacharelado em Zootecnia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Paola Oteiro Faria

MINELLO, L. F.COIMBRA, M. A. A.ALBANO, A. P. N.. Participação na banca examinadora do Trabalho de Defesa de Estágio II do Curso Bacharelado em Zootecnia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Camila Alvez Islas

BEHLING, G. M.; COIMBRA, MARCO A.A.; Gil, R.;Ana Paula Neuschrank Albano. Identificação da mastofauna de médio e grande porte e suas relações com moradores no entorno da UFPel, Capão do Leão, RS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Sandra Margarida Rodrigues Pereira Curado

MINELLO, L. F.ALBANO, A. P. N.; MONDADORI, R. G.. Banca para avaliação do estágio curricular de Sandra Margarida Rodrigues Pereira Curado. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade de Lisboa.

ALBANO, A. P. N.. II Congresso de Extensão e Cultura. 2015. Universidade Federal de Pelotas.

ALBANO, A. P. N.. 21° Congresso de Iniciação Científica. 2012. Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Luiz Carlos Severo

MEIRELES, M. C. A.; VARGAS, G. D.; NASCENTE, P. S.;Severo, Luiz Carlos. Paracoccidioides brasiliensis: utilização de animais como sentinelas para presença do fungo no Rio Grande do Sul. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Luiz Carlos Severo

SEVERO, L. C.; VARGAS, G. D.; NASCENTE, P. S.. Paracoccidioides brasiliensis: avaliação micológica e sorológica em animais silvestres na região sul do Brasil. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Luiz Filipe Damé Schuch

PEREIRA, D. B.;Cleff, M.B.Schuch, Luiz Filipe D.Meireles, Mário Carlos Araújo. Fungos e micoses em animais silvestres recebidos por Centros de Triagem. 2009. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

MARIO CARLOS ARAUJO MEIRELES

PEREIRA, D. B.CLEFF, M. B.Schuch, L.F.D.MEIRELES, M. C. A.. Fungos e micoses em animais silvestres recebidos por Centros de Triagem. 2009. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

MARIO CARLOS ARAUJO MEIRELES

SEVERO, L. C.;VARGAS, G. D.Nascente, P.S.MEIRELES, M. C. A.. Paracoccidioides brasiliensis: utilização de animais como sentinela para presença do fungo no Rio Grande do Sul, Brasil.. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Patrícia da Silva Nascente

MEIRELES, M.C.A.; Severo, L.C.;NASCENTE, P. S.; Vargas, G. D.. Paracoccidioidis brasiliensis: utiliação de animais como sentinelas para a presença do fungo no Rio Grande do Sul. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Patrícia da Silva Nascente

MEIRELES, M.C.A.; Severo, L.C.;NASCENTE, P. S.; Vargas, G. D.. Paracoccidioidis brasiliensis: avaliação micológica e sorológica em animais silvestres na região sul do Brasil. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Gilberto D'Ávila Vargas

MEIRELES, M. C. A.; SEVERO, L. C.; Nascente, P.S.;VARGAS, G. D.. Paracoccidioides brasiliensis:utilização de animais como sentinelas para presença do fungo no Rio Grande do Sul, Brasil.. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Gilberto D'Ávila Vargas

MEIRELES, M. C. A.; SEVERO, L. C.; Nascente, P.S.;VARGAS, G. D.. Paracoccidioides brasiliensis: avaliação micológica e sorológica em animais silvestres na região sul do Brasil. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Marlete Brum Cleff

CLEFF,M.B.; PEREIRA, D. I. B.; SEVERO, L. C.;MEIRELES, M. C. A.. Micoses em Animais Silvestres em Centros de Triagem. 2009. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Sandra Margarida Rodrigues Pereira Curado

Protocolo de criação de órfãos de Lontra longicaudis; 2014; Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) - Universidade de Lisboa,; Coorientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Sandra Margarida Rodrigues Pereira Curado

Monografia de conclusão do curso de Medicina Veterinária; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade de Lisboa; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Caroline Lunkes dos Santos

Enucleação de globo ocular em um coelho(Oryctolagus cuniculus) - Relato de caso; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Clarisse Felter Meira

Identificação de Trichuris sp; em Graxaim-do-mato (Cerdocyon thous); 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Stefanie Bressan Waller

Potencial antifúngico dos óleos essenciais de alecrim e orégano; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Anna Luiza Silva

Ocorrência de bumblefoot em pinguins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) em dois diferentes ambientes para reabilitação; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Nathália Batista Lima

Micoses em animais domésticos: ocorrência, diagnóstico e importância zoonótica; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Camila Alves Islas

O uso de mídia visual como ferramenta de educação ambiental para a prevenção do cativeiro ilegal de animais silvestres; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Josiara Furtado Mendes

Estudo comparativo do tratamento com imunomodulador versus antifúngico na esporotricose experimental; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Stefanie Bressan Waller

Presença de leveduras na cavidade oral de cães; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Alice Silveira Becker

Relatório de estágio; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Bruna Zafallon da Silva

Relatório de estágio; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Guilherme Ferreira Robaldo

Relatório de estágio; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Mariana Fisher Borges

Relatório de estágio; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Valéria Defavari Moretti

Relatório de estágio; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yasmin Cunha dos Santos

Relatório de estágio; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yasmin Mendes Paes

Relatório de estágio; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yih Min Liu

Relatório de estágio; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Sandra Curado

Orientadora de estágio em medicina de animais silvestres; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade de Lisboa; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Guilherme Robaldo

Orientadora de estágio em medicina de animais silvestres; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yasmin Paes

Orientadora de estágio em medicina de animais silvestres; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Mariana Fischer

Orientadora de estágio em medicina de animais silvestres; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Bruna Zafallon da Silva

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Camila Bosembecker

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Caroline Lunkes dos Santos

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Guilherme Ferreira Robaldo

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Lilian Karnopp

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Mariana Fisher Borges

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Valéria Defavari Moretti

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yasmin Cunha dos Santos

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yasmin Mendes Paes

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yih Min Liu

Relatório de estágio; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Bruna Zafalon da Silva

Orientadora de estágio em medicina de animais silvestres; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yih Min Liu

Orientadora de estágio em medicina de animais silvestres; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Bruna Zafallon da Silva

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Camila Bosembecker

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Caroline Lunkes dos Santos

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Clarisse Felter Meira

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Faith Caroly Leite

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Lilian Karnopp

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Valéria Defavari Moretti

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Yih Min Liu

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Letícia Bento Ligabue

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Laura Garcia Storino

Relatório de estágio; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Carine Cardoso

Relatório de estágio; 2011; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Clarisse Felter Meira

Relatório de estágio; 2011; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Faith Caroly Leite

Relatório de estágio; 2011; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Laura Garcia Storino

Relatório de estágio; 2011; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Lucas Feijó Bianchini

Relatório de estágio; 2011; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Letícia Bento Ligabue

Relatório de estágio; 2011; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Carine Cardoso

Relatório de estágio; 2010; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Faith Caroly Leite

Relatório de estágio; 2010; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Laura Garcia Storino

Relatório de estágio; 2010; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Letícia Bento Ligabue

Relatório de estágio; 2010; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Lucas Feijó Bianchini

Relatório de estágio; 2010; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Lucas Feijó Bianchini

Relatório de estágio; 2009; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Marcela Elisa Pearson

Relatório de estágio; 2008; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Ana Paula Neuschrank Albano;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Greici Maia Behling

FIBROMA EM JIBÓIA (BOA CONSTRICTOR): RELATO DE CASO; 2012; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE CLÍNICA MÉDICA E CIRÚRGICA DE ANIMAIS SEL) - Universidade Castelo Branco; Orientador: Greici Maia Behling;

MARIO CARLOS ARAUJO MEIRELES

Paracoccidioides brasiliensis: utilização de animais como sentinela para presença do fungo no Rio Grande do Sul, Brasil; ; 2012; Tese (Doutorado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas,; Orientador: Mario Carlos Araujo Meireles;

Melissa Orzechowski Xavier

Paracoccidioides brasiliensis: utilização de animais como sentinelas para presença do fungo no Rio Grande do Sul, Brasil; 2012; Tese (Doutorado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas,; Coorientador: Melissa Orzechowski Xavier;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ECHENIQUE, J. ; SOARES, M.P. ; UZAL, F. ; LADEIRA, S. ; ALBANO, ANA PAULA N. ; BANDARRA, P. ; SCHILD, A.L. . Blackleg in a free-range brown brocket deer (Mazama gouazoubira). PESQUISA VETERINARIA BRASILEIRA , v. 1, p. 1, 2019.

  • TIRELLI, FLÁVIA P ; TRIGO, TATIANE C ; TRINCA, CRISTINE S ; ALBANO, ANA PAULA N ; MAZIM, FÁBIO D ; QUEIROLO, DIEGO ; ESPINOSA, CAROLINE DA C ; SOARES, JOSÉ BONIFÁCIO ; PEREIRA, JAVIER A ; CRAWSHAW, PETER G ; MACDONALD, DAVID W ; LUCHERINI, MAURO ; EIZIRIK, EDUARDO . Spatial organization and social dynamics of Geoffroy’s cat in the Brazilian pampas. JOURNAL OF MAMMALOGY , v. 99, p. 859-873, 2018.

  • ROCHA, MARLA P. ; NUNES, ANA PAULA ; MINELLO, LUIZ FERNANDO ; CRUZ, LUIS AUGUSTO X. ; ALBANO, ANA PAULA N. ; MONDADORI, RAFAEL G. . Histological description of Cerdocyon thous (Linnaeus, 1766) respiratory system. PESQUISA VETERINARIA BRASILEIRA , v. 37, p. 531-535, 2017.

  • VALENTE, Ana Luisa Schifino ; BRAUNER, R. K. ; ALBANO, ANA PAULA N. ; COIMBRA, MARCO A.A. ; CARAPETO, L. P. ; LEITE, ALICE T. MEIRELLES . Tarsus-Metarsus Duplication and Polydactyly in Wild Greater Rhea, Rhea Americana, from South Brazil - Case Report. Journal of dairy & veterinary sciences , v. 3, p. 001-003, 2017.

  • MENDES, JOSIARA F. ; KLAFKE, GABRIEL B. ; ALBANO, ANA PAULA N. ; CABANA, ÂNGELA L. ; TELES, ALESSANDRA J. ; DE CAMARGO, ZOILO P. ; XAVIER, MELISSA O. ; MEIRELES, MÁRIO CARLOS A. . Paracoccidioidomycosis infection in domestic and wild mammals by Paracoccidioides lutzii . MYCOSES , v. 60, p. 402, 2017.

  • TELES, ALESSANDRA JACOMELLI ; KLAFKE, GABRIEL BARACY ; CABANA, ÂNGELA LEITZKE ; ALBANO, ANA PAULA NEUSCHRANK ; XAVIER, Melissa Orzechowski ; MEIRELES, MÁRIO CARLOS ARAÚJO . Serological Investigation into Paracoccidioides brasiliensis Infection in Dogs from Southern Rio Grande do Sul, Brazil. MYCOPATHOLOGIA , v. 181, p. 323-328, 2016.

  • ALBANO, A. P. N. ; KLAFKE, G. B. ; BRANDOLT, T. M. ; HORA, V. P. ; NOGUEIRA, C.E.W. ; XAVIER, M. O. ; MEIRELES, M. C. A. . Seroepidemiology of Paracoccidioides brasiliensis infection in horses from Rio Grande do Sul, Brazil. BRAZILIAN JOURNAL OF MICROBIOLOGY (ONLINE) , v. 46, p. 513-517, 2015.

  • FERREIRA, G. F. ; GONCALVES, C. L. ; MENDES, J. F. ; ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. ; NASCENTE, P. S. . Dermatofitose por Microsporum gallinae em Gallus gallus domesticus: Relato de caso.. ACTA VETERINARIA BRASILICA (UFERSA) , v. 9, p. 180-184, 2015.

  • MENDES, JOSIARA FURTADO ; ALBANO, ANA PAULA NEUSCHRANK ; COIMBRA, MARCO ANTÔNIO A. ; FERREIRA, GRACIALDA FERREIRA DE ; GONÇALVES, CAROLINA LAMBRECHT ; NASCENTE, PATRÍCIA DA SILVA ; MELLO, JOÃO ROBERTO BRAGA DE . FUNGI ISOLATED FROM THE EXCRETA OF WILD BIRDS IN SCREENING CENTERS IN PELOTAS, RS, BRAZIL. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (Impresso) , v. 56, p. 525-528, 2014.

  • ALBANO, A. P. N. ; KLAFKE, G. B. ; BRANDOLT, T. M. ; HORA, V. P. ; MINELLO, L. F. ; JORGE, S. ; SANTOS, E. O. ; BEHLING, G. M. ; CAMARGO, Z. P. ; XAVIER, M. O. ; MEIRELES, M. C. A. . Wild Animals as Sentinels of Paracoccidioides brasiliensis in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. Mycopathologia (1975. Print) , v. 177, p. 207-215, 2014.

  • BENEDETTI, F. G. ; CABANA, A. L. ; ALBANO, A. P. N. . Isolamento de Microsporum canis do pelame de um veado-catingueiro (Mazama gouazoupira) - relato de caso. MEDVEP Dermato. Revista de Educação Continuada em Dermatologia e Alergologia Veterinária , v. 3, p. 77-78, 2014.

  • ALBANO, ANA PAULA N. ; NASCENTE, PATRÍCIA DA SILVA ; LEITE, ALICE T. MEIRELLES ; XAVIER, MELISSA O. ; SANTIN, ROSEMA ; MATTEI, ANTONELLA SOUZA ; HUMBERG, ROBERTA M.P. ; COIMBRA, MARCO ANTONIO A. ; MINELLO, LUIZ FERNANDO ; MEIRELES, MARIO C.A. . Isolation of dermatophytes in wild felids from screening centers. Brazilian Journal of Microbiology (Impresso) , v. 44, p. 171-174, 2013.

  • PESENTI, T. C. ; MASCARENHAS, C. S. ; KRUGER, C. ; SINKOC, A. L. S. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; MÜLLER, G. . Dioctophyma renale (Goeze, 1782) Collet-Meygret, 1802 (Dioctophymatidae) em Galictis cuja (Molina, 1782) (Mustelidae) no Rio Grande do Sul, Brasil. Neotropical Helminthology , v. 6, p. 301-305, 2012.

  • JORGE, SÉRGIO ; HARTLEBEN, CLÁUDIA P. ; Seixas, Fabiana K. ; COIMBRA, MARCO A.A. ; STARK, CLEDIR B. ; LARRONDO, ADRIANA G. ; AMARAL, MARTA G. ; ALBANO, ANA PAULA N. ; MINELLO, LUIZ F. ; DELLAGOSTIN, ODIR A. ; BROD, CLAUDIOMAR S. . Leptospira borgpetersenii from free-living white-eared opossum (Didelphis albiventris): First isolation in Brazil. Acta Tropica , v. 124, p. 147-151, 2012.

  • JORGE, SÉRGIO ; Monte, Leonardo G. ; COIMBRA, MARCO ANTONIO ; Albano, Ana Paula ; HARTWIG, DAIANE D. ; Lucas, Caroline ; Seixas, Fabiana K. ; DELLAGOSTIN, ODIR A. ; HARTLEBEN, CLÁUDIA P. . Detection of Virulence Factors and Molecular Typing of Pathogenic Leptospira from Capybara (Hydrochaeris hydrochaeris). Current Microbiology (Print) , v. 65, p. 461-464, 2012.

  • VARGAS, G.D. ; ALBANO, A. P. N. ; FISHER, G. ; HÜBNER, S.O. ; SALLIS, S.E. ; NUNES, C. F. ; RAFFI, M. B. ; SOARES, M.P. . Avian pox virus infection in a common barn owl (Tyto alba) in southern Brazil. Pesquisa Veterinária Brasileira (Impresso) , v. 31, p. 620-622, 2011.

  • ALBANO, A. P. N. ; Mendes, J. F. ; COIMBRA, M. A. A. ; MEIRELES, M. C. A. . Ocorrência de Malassezia pachydermatis em gambá de orelha branca (Didelphis albiventris) - relato de caso. Clínica Veterinária (São Paulo) , v. 91, p. 32-44, 2011.

  • ALBANO, A. P. N. ; Mendes, J. F. ; Felicio, A. P. ; COIMBRA, M. A. A. ; MEIRELES, M. C. A. . MICROBIOTA FÚNGICA DE FELÍDEOS SILVESTRES HÍGIDOS ENCAMINHADOS A CENTROS DE TRIAGEM NO RIO GRANDE DO SUL E MATO GROSSO DO SUL.. MEDVEP. Revista Científica de Medicina Veterinária. Pequenos Animais e Animais de Estimação , v. 9, p. 631-637, 2011.

  • 2009 ALBANO, A. P. N. ; XAVIER, F. S. ; SILVEIRA, G. R. ; SCOPEL, D. . Eficácia terapêutica da acupuntura na medicina de répteis (Relato de Caso). A Hora Veterinária , v. Ano 29, p. 61-62, 2009.

  • 2008 MEINERZ, A. R. M. ; XAVIER, Melissa Orzechowski ; ALBANO, A. P. N. ; FONSECA, A . Candidiase cutânea em Cebbus apella (macaco-prego). Ciência Animal Brasileira (UFG) , v. 9, p. 791-795, 2008.

  • XAVIER, Melissa Orzechowski ; ALBANO, A. P. N. . Aspergilose em pingüim-de -magalhães (Spheniscus magellanicus) Relato de caso. Veterinária e Zootecnia , v. 13, p. 28-32, 2006.

  • 2005 BRUM, J. G. W. ; ALBANO, A. P. N. . A new host for Colpocephalum infuscati (Amblycera:Menoponidae) from the state of Rio Grande do Sul,Brazil. Arquivos do Instituto Biológico , São Paulo, v. 72, n.n.1, p. 125-125, 2005.

  • BRUM, J. G. W. ; ALBANO, A. P. N. ; PAULSEN, R. M. M. . Parasitos de animais silvestres no Rio Grande do Sul: I-piolhos de alguns Anseriformes. Arquivos do Instituto Biológico , São Paulo, v. 72, n.n.2, p. 261-262, 2005.

  • ALBANO, A. P. N. ; BRUM, J. G. W. . First report of Ciconiphilus decimfasciatus(Amblycera:Menoponidae) in Casmerodius albus(Aves:Ciconiiformes) from Brazil. Arquivos do Instituto Biológico , São Paulo, v. 72, n.n.2, p. 263-264, 2005.

  • BRUM, J. G. W. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; ALBANO, A. P. N. ; GREQUE, G. G. . Ixodidae de Mamíferos Silvestres atendidos no Núcleo de Reabilitaçao da Fauna Silvestre, UFPel. Arquivos do Instituto Biológico , São Paulo, v. 70, n.2, p. 211-212, 2003.

  • ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. . Fungos e micoses em animais silvestres recebidos por centros de triagem. 1. ed. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2014. 69p .

  • Albano, Ana Paula ; MEIRELES, M. C. A. (Org.) . Fungos e micoses em animais silvestres recebidos por centros de triagem. 1. ed. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2014. 69p .

  • ALBANO, A. P. N. ; FARIA, R.O. . Paracoccidioidomicose. In: Mário Carlos Araújo Meireles; Patrícia da Silva Nascente. (Org.). Micologia Veterinária. 1ed.Pelotas: Editora Universitária UFPEL, 2009, v. 1, p. 245-254.

  • SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. . Meios e Reagentes. In: Mário Carlos Araújo Meireles; Patrícia da Silva Nascente. (Org.). Micologia Veterinária. 1ed.Pelotas: Editora Universitária UFPEL, 2009, v. 1, p. 439-456.

  • PEREIRA, T. D. ; MENDES, J. F. ; ALBANO, A. P. N. ; CABANA, A.L. ; XAVIER, M. O. ; MEIRELES, M. C. A. . INVESTIGAÇÃO SOROLÓGICA DA INFECÇÃO POR Paraoccidioiddes lutzii EM MAMÍFEROS SILVESTRES NO RIO GRANDE DO SUL. In: XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016, Pelotas. Anais do XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016.

  • KUNRATH, S. E. ; ALBANO, A. P. N. ; GUIM, T. N. ; NOGUEIRA, C. E. W. . CASUÍSTICA CIRÚRGICA EM PEQUENOS ANIMAIS NO HOSPITAL DE CLÍNICAS VETERINÁRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ? UFPEL NOS ANOS DE 2015 e 2016. In: XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016, Pelotas. Anais do XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016.

  • VALLE, B. D. S. ; CABANA, A. L. ; XAVIER, M. O. ; SILVA FILHO, R. P. ; ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. . Associação de exame micológico e macroscopia no diagnóstico da aspergilose em pinguins-de-Magalhaes. In: 35° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2014, Belo Horizonte. Anais do 35° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2014.

  • PIOVESAN, M. ; MATOS, C. S. ; LOBO, R. R. ; SALLIS, S. E. ; ALBANO, A. P. N. ; VARGAS, G.D. . ISOSPOROSE CAUSADA POR Isospora paroariae EM CARDEAIS (Paroaria coronata) MANTIDOS EM CATIVEIRO. In: XIII Congresso de Iniciação Científica, 2014, Pelotas. Anais do XIII Congresso de Iniciação Científica, 2014.

  • FARIA, P. O. ; BEHLING, G. M. ; COIMBRA, M. A. A. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. . Avaliação do consumo alimentar de Saltator similis Orbigny & Lafresnaye, 1837 (trinca-ferro-verdadeiro, Green-winged Saltator) no Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (NURFS ? CETAS). In: XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013, Pelotas. Anais do XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013.

  • BEHLING, G. M. ; ISLAS, C. A. ; MINELLO, L. F. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; SILVEIRA, F. . Contribuições das ações de educação ambiental do NURFSs/CETAS-UFPEL na preservação da fauna silvestre. In: 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, 2013, Florianópolis. Anais do 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, 2013.

  • PIOVESAN, M. ; ALBANO, A. P. N. ; VARGAS, G.D. . Megabacteriose em Pombos (Columba livia) Oriundos da Cidade de Pelotas - Rio Grande do Sul. In: Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, 2013, Bento Gonçalves. Anais do Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias, 2013.

  • BEHLING, G. M. ; ISLAS, C. A. ; MINELLO, L. F. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; SILVEIRA, F. L. . CONTRIBUIÇÕES DAS AÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO NURFS/CETAS-UFPEL NA PRESERVAÇÃO DA FAUNA SILVESTRE. In: 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, 2013, Florianópolis. Anais do 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, 2013.

  • RECKZIEGEL, D. Z. ; ALBANO, A. P. N. ; CABANA, A.L. ; MINELLO, L. F. ; MEIRELES, M. C. A. . DERMATOFITOSE EM GATO DO MATO GRANDE (Leopardus geoffroyi) RELATO DE CASO. In: XX Congresso de Iniciação Científica / CIC, 2011, Pelotas. Anais do XX Congresso de Iniciação Cientifica da UFPel, 2011.

  • Munhoz, L.S. ; RUAS, J.L. ; FISHER, G. ; HÜBNER, S.O. ; SALLIS, S.E. ; RAFFI, M. B. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; NUNES, C. F. ; VARGAS, G.D. . COCCIDIOSE EM CARDEAIS (Poroaria coronata) ORIUNDOS DE APREENSÃO NA CIDADE DE PELOTAS RS. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. Anais do XVIII Congresso de Iniciação Científica. Pelotas: Editora da UFPel, 2009. v. 01. p. 01-01.

  • Munhoz, L.S. ; FINGER, P. F. ; SIELDER, B. S. ; FISHER, G. ; HÜBNER, S.O. ; SCHILD, A.L. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; NUNES, C. F. ; VIDOR, T. ; VARGAS, G.D. . OCORRÊNCIA DE BOUBA AVIÁRIA EM CANÁRIOS (Serinus canarius domesticus) NA REGIÃO SUL DO RIO GRANDE SUL. In: XVII CIC da Universidade Federal de Pelotas, 2008, Pelotas. Anais do XVII CIC da Universidade Federal de Pelotas, 2008.

  • MATTEI, A. S. ; MADRID, I. M. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; CLEFF, M. B. ; CARAPETO, L. P. ; SAMPAIO, D. P. ; MEIRELES, M. C. A. . PRESENÇA DE LEVEDURAS EM INSTRUMENTOS DE TOSA NA CIDADE. In: XVII CIC da Universidade Federal de Pelotas, 2008, Pelotas. Anais do XVII CIC da Universidade Federal de Pelotas, 2008.

  • OSÓRIO, L.G. ; CABANA, A.L. ; MEINERZ, A. R. M. ; LEITE,A.T.M ; ALBANO, A. P. N. ; SILVA FILHO, R. P. ; MEIRELES, M. C. A. . Desinfecção Ambiental no Controle de Aspergillus Spp. no Centro de Recuperação de Animais Marinhos. In: XVI Congresso de Iniciação Científica e IX Encontro de Pós Graduação, 2007, Pelotas. Anais do XVI Congresso de Iniciação Científica e IX Encontro de Pós Graduação, 2007.

  • OSÓRIO, L.G. ; MARTINS, A.A. ; ALBANO, A. P. N. ; MATTEI, A. S. ; MEINERZ, A. R. M. ; LEITE,A.T.M ; SILVA FILHO, R. P. ; MEIRELES, M. C. A. . Aspergilose em pingüim -rei (Aptenodytes patagonicus). In: XVII Congresso Estadual de Medicina Veterinária, 2006, Gramado. XVII Congresso Estadual de Medicina Veterinária, 2006.

  • CLEFF, M. B. ; FONSECA, A. ; ALBANO, A. P. N. ; NUNES, A. M. ; SILVEIRA, E. ; MARTINS, A.A. ; ANTUNES, T. A. ; MEIRELES, M. C. A. . Candidíase cutânea em Cebus apella (macaco-prego): relato de caso.. In: XVII Congresso Estadual de Medicina Veterinária, 2006, Gramado. XVII Congresso Estadual de Medicina Veterinária, 2006.

  • BRUM, C. S. ; MEINERZ, A. R. M. ; ALBANO, A. P. N. ; FONSECA, A. ; CLEFF, M. B. ; MADRID, I. M. ; MEIRELES, M. C. A. . Atividade in vitro da terbinafina e itraconazol frente o Sporothrix schenckii. In: XV Congresso de Iniciação Científica, 2006, Pelotas. XV Congresso de Iniciação Científica, 2006.

  • BRUM, J. G. W. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; GREQUE, G. G. ; RIBEIRO, M. . Ixodidae de Mamíferos Silvestres atendidos no Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre, UFPel. In: XII Congresso Brasileiro de Parasitologia, 2002, Rio de Janeiro. Anais XII Congresso Brasileiro de Parasitologia, 2002.

  • DIAS, T. P. ; Mendes, J. F. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; XAVIER, M. O. ; MEIRELES, M. C. A. . INVESTIGAÇÃO DA PRESENÇA DE Paracoccidioides brasiliensis EM DIFERENTES MESORREGIÕES DO RIO GRANDE DO SUL. In: XXIV Congresso de Iniciação Científica, 2015, Pelotas. Anais do XXIV Congresso de Iniciação Científica, 2015.

  • POETSCH, F. S. ; TELES, A. J. ; GOMES, A. R. ; CABANA, A.L. ; ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. . Observação da ocorrência do isolamento de Candida spp. em animais domésticos e silvestres entre 2010 e 2013. In: XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013, Pelotas. Anais do XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013.

  • BORGES, M. F. ; SILVA, B. Z. ; LIU, Y. M. ; CURADO, S. M. R. P. ; MINELLO, L. F. ; ALBANO, A. P. N. . Asa de anjo em Coscoroba (Coscoroba coscoroba) ? Relato de caso. In: XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013, Pelotas. Anais do XXII Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013.

  • RECKZIEGEL, D. Z. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; CABANA, A.L. ; MEIRELES, M. C. A. . Isolamento de Microsporum canis do pelame de um veado-campeiro (Ozotecerus bezoarticus ) relato de caso. In: XXI Congresso de Iniciação Científica/ CIC, 2012, Pelotas. Anais do XXI Congresso de Iniciação Cientifica da UFPel, 2012.

  • BRUNO-FILHO, P. L. ; SILVA FILHO, R. P. ; PETITET, R. ; MARTINS, A. M. ; GASTAL, S. B. ; SAMPAIO, D. P. ; EDON, V. ; ALBANO, A. P. N. ; DUTRA, C. D. S. . Redução de fratura de fêmur e recuperação de um pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus). In: 2º Congresso Latinoamericano de Reabilitação de Fauna Marinha, 2012, Rio Grande. Livro de resumos do 2º Congresso Latinoamericano de Reabilitação de Fauna Marinha, 2012. p. 9-12.

  • RECKZIEGEL, D. Z. ; ALBANO, A. P. N. ; CABANA, A. L. ; MINELLO, L. F. ; MEIRELES, M. C. A. . Dermatofitose em gato-do-mato-grande (Leopardus geoffroyi) - relato de caso. In: XX Congresso de Iniciação Científica e III Mostra Científica UFPel, 2011, Pelotas. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica e III mostra Científica UFPel, 2011.

  • FARIA, P. O. ; BEHLING, G. M. ; COIMBRA, M. A. A. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. . Alimentação de Paroaria coronata no Núcleo de Reabilit)ação da Fauna Silvestre (NURFS-CETAS. In: XX Congresso de Iniciação Científica e III Mostra Científica da UFPEL, 2011, Pelotas. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica e III Mostra Científica da UFPEL, 2011.

  • PORTO, L. ; ISLAS, C. ; BEHLING, G. M. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. . Acompanhamento do crescimento de um filhote de Hydrochoerus hydrocharis (Rodentia, Hydrochaeridae) atendido no NURFS/CETAS/ UFPEL. In: XX Congresso de Iniciação Científica, 2011, Pelotas. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica, 2011.

  • Mendes, J. F. ; ALBANO, A. P. N. ; FERREIRA, G. F. ; COIMBRA, M. A. A. ; NASCENTE, P. S. . FUNGOS PATOGÊNICOS EM MEATO ACÚSTICO EXTERNO DE MAMÍFEROS PROVENIENTES DO NÚCLEO DE REABILITAÇÃO DA FAUNA SILVESTRE ? PELOTAS/RS. In: XX Congresso de Iniciação Científica, 2011, Pelotas. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica, 2011.

  • LIU, Y. M. ; SANTOS, C. L. ; MEIRA, C. F. ; ALBANO, A. P. N. ; VALENTE, A. L. S. . ENUCLEAÇÃO DE GLOBO OCULAR EM UM COELHO (Oryctolagus cuniculus) - RELATO DE CASO. In: XX Congresso de Iniciação Científica, 2011, Pelotas. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica, 2011.

  • BRAUNER, R. K. ; DREHMER, C. J. ; CARAPETO, L. P. ; VALENTE, A. L. S. ; ALBANO, A. P. N. . ANATOMIA RADIOGRÁFICA COMPARADA DA CAUDA DO BUGIO-RUIVO (ALOUATTA CLAMITANS), MÃO-PELADA (PROCYON CANCRIVORUS) E LONTRA (LOTRA LONGICAUDIS). In: XX Congresso de Iniciação Científica, 2011, Pelotas. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica, 2011.

  • MEIRA, C. F. ; LIU, Y. M. ; SANTOS, C. L. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. . Identificação de Trichuris sp. em Graxaim-do-mato (Cerdocyon thous) no NURFS/CETAS - UFPEL. In: XX Congresso de Iniciação Científica, 2011, PELOTAS. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica, 2011.

  • FARIA, P. O. ; BEHLING, G. M. ; COIMBRA, M. A. A. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, LUIZ F. . ALIMENTAÇÃO DE Paroaria coronata) NO NÚCLEO DE REABILITAÇÃO DA FAUNA SILVESTRE (NURFS/CETAS). In: XX Congresso de Iniciação Científica, 2011, Pelotas. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica, 2011.

  • MATTEI, A. S. ; MADRID, I. M. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. ; SEVERO, L. C. . Candida guilliermondii frente a quatro desinfetantes utilizados na rotina hospitalar veterinária. In: IX INFOCUS América Latina, 2010, Santiago de Chile. Anais do IX INFOCUS América Latina, 2010.

  • ISLAS, C. A. ; BEHLING, G. M. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; MINELLO, L. F. . Tráfico de animais silvestres: sensibilizando alunos e pais em uma escola pública. In: IV SIMPÓSIO GAÚCHO DE ANIMAIS SELVAGENS, 2010, Santa Maria. ANAIS DO IV SIMPÓSIO GAÚCHO DE ANIMAIS SELVAGENS, 2010.

  • FACCIO, C. ; LUZ, P. G. ; NUNES, C. F. ; MEDEIROS, D. M. ; SALLIS, S. E. ; ALBANO, A. P. N. ; VARGAS, G.D. . Ocorrência de Macrorhabdus ornithogaster em aves silvestres e ornamentais oriundas da região sul do estado do Rio Grande do Sul. In: XIX Congresso de Iniciação Científica, 2010, Pelotas. Anais do \XIX Congresso de Iniciação Científica, 2010.

  • LUZ, P. G. ; ALBANO, A. P. N. ; FACCIO, C. ; LADEIRA, S. R. L. ; VARGAS, G.D. . Investigação da ocorrência de Salmonella sp. em aves silvestres cativas mas central e sul do Rio Grande do Sul: dados preliminares. In: XIX Congresso de Iniciação Científica, 2010, Pelotas. Anais do XIX Congresso de Iniciação Científica, 2010.

  • ALBANO, A. P. N. ; SANTIN, R. ; SOARES, M.P. ; MEIRELES, M. C. A. ; COIMBRA, M. A. A. ; LEITE,A.T.M ; MINELLO, L. F. ; NASCENTE, P. S. . Ocorrência de Malassezia pachydermatis em gambá-de-orelha-branca (Didelphis albiventris). In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, o XI Encontro de Pós-Graduação e a I Mostra Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, o XI Encontro de Pós-Graduação e a I Mostra Científica, 2009.

  • ALBANO, A. P. N. ; SANTIN, R. ; MEIRELES, M. C. A. ; COIMBRA, M. A. A. ; LEITE,A.T.M ; MINELLO, L. F. ; NASCENTE, P. S. . Estudo da microbióta fúngica de felinos recebidos em Centros de Triagem. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, o XI Encontro de Pós-Graduação e a I Mostra Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, o XI Encontro de Pós-Graduação e a I Mostra Científica, 2009.

  • MATTEI, A. S. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; MADRID, I. M. ; CABANA, A.L. ; SILVA, F.M.V ; MEIRELES, M. C. A. . Sensibilidade de isolados de superfície do gênero Aspergillus frente a anfotericina B. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Veterinaria, 2009, Porto Seguro. XXXVI Congresso Brasileiro de Veterinaria, 2009.

  • Wendishch, I. ; ALBANO, A. P. N. ; MATTEI, A. S. ; MADRID, I. M. ; MINELLO, L. F. ; BEHLING, G. M. ; VARGAS, G.D. ; CLEFF, M. B. ; MEIRELES, M. C. A. . Isolamento e identificação de Candida em aves silvestres no Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (Nurfs). In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, o XI Encontro de Pós-Graduação e a I Mostra Científica, 2009, Pelotas2. XVIII Congresso de Iniciação Científica, o XI Encontro de Pós-Graduação e a I Mostra Científica, 2009.

  • Roberta Riet Vargas ; ALBANO, A. P. N. ; SILVA FILHO, R. P. . FLORA BACTERIANA DA CAVIDADE ORAL E NASAL DE LOBO-MARINHO-DO-SUL (Arctocephalus australis) EM CENTRO DE REABILITAÇÃO. In: 35° CONBRAVET, 2008, Gramado. 35° CONBRAVET, 2008.

  • SANTIN, R. ; MATTEI, A. S. ; ALBANO, A. P. N. ; FONSECA, A. ; FARIA, R.O. ; NASCENTE, P. S. ; MELLO, J. R. B. ; MEIRELES, M. C. A. ; CLEFF, M. B. . Hemocultura e urocultura no diagnóstico de candidemia. In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - Conbravet, 2008, Gramado. 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - Conbravet, 2008.

  • MATTEI, A. S. ; MADRID, I. M. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; SCHURBERT, R. N. ; CARAPETO, L. P. ; MARTINS, A.A. ; ANTUNES, T. A. ; MEIRELES, M. C. A. . Comparação de três técnicas para isolamento de fungos em superfícies. In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - Conbravet, 2008, Gramado. Anais do 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008.

  • MATTEI, A. S. ; MADRID, I. M. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; SCHURBERT, R. N. ; ANTUNES, T. A. ; MEINERZ, A. R. M. ; CARAPETO, L. P. ; SAMPAIO, D. P. ; MEIRELES, M. C. A. . Isolamento de leveduras em instrumentos de tosa de pequenos animais. In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - Conbravet, 2008, Gramado. Anais do 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008.

  • FINGER, P. F. ; Munhoz, L.S. ; SIELDER, B. S. ; FISHER, G. ; HÜBNER, S.O. ; SCHILD, A.L. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; NUNES, C. F. ; VARGAS, G.D. . Leucose aviária em cardeais (Paroaria coronata) na região sul do estado do Rio Grande do Sul. In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008. Anais do 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária.

  • JORGE, S. ; RECUERO, A. L. C. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; FERNANDES, C. P. H. ; BROD, C. S. . Investigação de anticorpos anti Brucella abortus em mamíferos silvestres Leopardus geoffroyi e Cerdocyon thous. In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - Conbravet, 2008, Gramado. Anais do 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008.

  • Munhoz, L.S. ; FINGER, P. F. ; SIELDER, B. S. ; FISHER, G. ; HÜBNER, S.O. ; SALLIS, S.E. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; VILELA, C. ; VARGAS, G.D. . Presença de Macrorhabdus ornithogaster em Canários-belga (Serinus canarius) oriundos da cidade de Pelotas - Rio Grande do Sul. In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - Conbravet, 2008, Gramado. Anais do 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008.

  • MARTEN, C. P. ; Munhoz, L.S. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; COIMBRA, M. A. A. ; SCHILD, A.L. ; FISHER, G. ; HÜBNER, S.O. ; VARGAS, G.D. . Bouba aviária em Pomba-doméstica (Columba livia). In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária - Conbravet, 2008, Gramado. Anais do 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008.

  • SILVEIRA, G. R. ; STEIN, M. ; SCOPEL, D. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; XAVIER, F. S. ; CARAPETO, L. P. . Acupuntura na reabilitação física de Lagarto-Teiú (Tupinambis meriane). In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008, Gramado. Anais do 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008.

  • ALBANO, A. P. N. . Aspergilose em Sanhaçu-frade (Stephanophorus diadematus) em centro de reabilitação: relato de caso. In: 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008, Gramado. 35° Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2008.

  • CLEFF, M. B. ; FONSECA, A. ; MEINERZ, A. R. M. ; FARIA, R.O. ; OSÓRIO, L.G. ; ALBANO, A. P. N. ; SILVA, F.M.V ; MELLO, J. R. B. ; MEIRELES, M. C. A. . Avaliação do uso de Sabouraud líquido e RPMI no teste de microdiluição em caldo. In: XXIV Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2007, Brasilia. Anais do XXIV Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2007.

  • TIRELLI, F. P. ; MAZIM, F. D. ; CRAWSHAW, P. G. ; ALBANO, A. P. N. ; ESPINOSA, C. ; QUEIROLO, D. ; SOARES, J. B. G. ; TRIGO, T. C. ; MACDONALD, D. ; EIZIRIK, E. . Geoffroy?s cat in Brazil: estimating density and behavioural patterns of the species in human-dominated landscapes. In: 12th International Mammalogical Congress, 2017, Perth, Western Australia. 12th International Mammalogical Congress Abstract Book, 2017. p. 314.

  • Mendes, J. F. ; KLAFKE, G. B. ; ALBANO, A. P. N. ; CABANA, A.L. ; TELES, A. J. ; DIAS, T. P. ; XAVIER, M. O. ; MEIRELES, M. C. A. . Sorologia da Infecção por P. lutzii em mamíferos domésticos e silvestres. In: III Encontro Gaúcho de Micologia, 2016, Pelotas. Science and animal Health - III Encontro Gaúcho de Micologia, 2016. v. 5. p. 70.

  • MENDES, J. F. ; KLAFKE, G. B. ; ALBANO, A. P. N. ; CABANA, A.L. ; TELES, A. J. ; XAVIER, M. O. ; MEIRELES, M. C. A. . INVESTIGAÇÃO SOROLÓGICA DA INFECÇÃO POR Paracoccidioides lutzzi EM CÃES DOMÉSTICOS NO SUDESTE DO RIO GRANDE DO SUL. In: VIII Congresso Brasileiro de Micologia, 2016, Florianópolis. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Micologia, 2016.

  • MENDES, J. F. ; ALBANO, ANA PAULA N. ; KLAFKE, G. ; MINELLO, L. F. ; XAVIER, M. O. ; MEIRELES, M. C. A. . INVESTIGATION OF PARACOCCIDIOIDES BRASILIENSIS IN ANIMALS IN SOUTHERN BRASIL. In: International Meeting on Paracoccidioidomycosis, 2014, Brasília. Anais do International Meeting on Paracoccidioidomycosis, 2014.

  • Waller, S.B. ; CABANA, A. L. ; XAVIER, M. O. ; BENEDETTI, F. G. ; ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. . Microsporose mista canina - Relato de caso. In: 35° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2014, Belo Horizonte. Anais do 35° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2014.

  • GOMES, A. R. ; CABANA, A.L. ; TELES, A. J. ; MARTINS, O. A. ; ALBANO, A. P. N. ; WALLER, S. B. ; FARIA, R. O. ; MEIRELES, M. C. A. . CONOCIMIENTO DE LA ESPOROTRICOSIS EN UNA REGIÓN ENDÊMICA: PELOTAS, BRASIL. In: XIII Congresso Argentino de Micología, 2014, Buenos Aires. LILLOA - XIII Congresso Argentino de Micología, 2014. v. 51. p. 137.

  • MARTINS, O. A. ; GOMES, A. R. ; CABANA, A.L. ; TELES, A. J. ; ALBANO, A. P. N. ; MENDES, J. F. ; PEREIRA, G. M. ; FARIA, R. O. ; MEIRELES, M. C. A. . Perfil epidemiologico y clinico gatos con infecciones por Candida sp.. In: XIII Congresso Argentino de Micología, 2014, Buenos Aires. Lilloa - XIII Congresso Argentino de Micología, 2014. v. 51. p. 151.

  • GOMES, A. R. ; CABANA, A.L. ; ALBANO, A. P. N. ; TELES, A. J. ; OSÓRIO, L. G. ; MARTINS, O. A. ; CLEFF, M. B. ; MEIRELES, M. C. A. . Características clínicas e fatores de risco associados à Candidose em cães. In: VII Congresso Brasileiro de Micologia, 2013, Belém do Pará. Livro de Resumos VII Congresso Brasileiro de Micologia de 25 A 28 de novembro de 2013, 2013.

  • BRANDOLT, T. M. ; ALBANO, A. P. N. ; KLAFKE, G. B. ; HORA, V. P. ; MEIRELES, M. C. A. ; XAVIER, M. O. . Infecção por Paracoccidioides brasiliensis em animais silvestres no sul do Rio Grande do Sul. In: XVIII Congresso Brasileiro de Infectologia, 2013, Fortaleza. The Brazilian Journal of Infectious Diseases, 2013. v. 17. p. 35-35.

  • Mendes, J. F. ; ALBANO, A. P. N. ; NASCENTE, P. S. ; MELLO, J. R. B. . DESINFETANTES DE AMBIENTE TESTADOS EM LEVEDURAS ISOLADAS DE ANIMAIS SILVESTRES EM REABILITAÇÃO. In: V ENCONTRO DE MEDICINA SELVEGEM, 2013, Porto Alegre. Anais do V Encontro de Medicina Selvagem, 2013.

  • POESTER, V. R. ; ALBANO, A. P. N. ; KLAFKE, G.B. ; BRANDOLT, T. ; MEIRELES, M. C. A. ; XAVIER, Melissa Orzechowski . ANIMAIS SILVESTRES COMO SENTINELAS DA PRESENÇA DE Paracoccidiodes brasiliensis NO SUL DO RIO GRANDE DO SUL. In: Congresso de Iniciação Científica - XI MPU-FURG, 2012, Rio Grande. Congresso de Iniciação Científica - XI MPU-FURG, 2012.

  • RECKZIEGEL, D. Z. ; CABANA, A.L. ; XAVIER, Melissa Orzechowski ; SILVA FILHO, R. P. ; GOMES, A. R. ; ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. . ETIOLOGIA DA ASPERGILOSE EM PINGUINS-DE-MAGALHÃES (Spheniscus magellanicus) E ALTERAÇÕES MACROSCÓPICAS NO EXAME POST-MORTEM. In: XI Mostra de Produção Universitária - FURG, 2012, Rio Grande. Anais da XI Mostra de Produção Universitária / FURG, 2012.

  • ISLAS, C. A. ; BEHLING, G. M. ; MINELLO, L. F. ; ALBANO, A. P. N. . Tráfico de Animais Silvestres: Sensibilizando Alunos e Pais Sobre o Tema em Uma Escola Pública. In: 4º Simpósio Gaúcho de Animais Selvagens, 2012, Santa Maria. Anais do 4º Simpósio Gaúcho de Animais Selvagens, 2012.

  • COLL, L. ; BEHLING, G. M. ; ALBANO, A. P. N. ; CREMONINI, M. R. ; LEMOS, M. . Controle populacional de cães e gatos no município de Pelotas - RS. In: III Conferencia Internacional de Medicina Veterinária do Coletivo, 2012, Curitiba. ARCHIVES OF VETERINARY SCIENCE, 2012. v. 17. p. 13-14.

  • ALBANO, A. P. N. ; LEITE,A.T.M ; JORGE, S. ; DUTRA, C. D. S. . Remoção cirúrgica de fibroma em jibóia (Boa constrictor) - Relato de caso. In: VI Jornada Grupo Fowler - Especialidades Cirúrgicas em Animais Selvagens, 2011, Curitiba. VI Jornada Grupo Fowler - Especialidades Cirúrgicas em Animais Selvagens, 2011.

  • BITENCOURT, L.R. ; ARAÚJO, J.S.V. ; ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. ; GRECCO, F. B. ; XAVIER, Melissa Orzechowski . DETECÇÃO DE IgG anti-gp43 DE Paracoccidiodes brasiliensis EM ANIMAIS SILVESTRES ATRAVÉS DE IMUNODIFUSÃO RADIAL DUPLA. In: Congresso de Iniciação Científica - Mostra de Produção Universitária (MPU-FURG), 2011, Rio Grande. Anais do Congresso de Iniciação Científica - Mostra de Produção Universitária (MPU-FURG), 2011.

  • ISLAS, C. A. ; PORTO, L. ; BEHLING, G. M. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, LUIZ F. ; COIMBRA, M. A. A. . Acompanhamento do Crescimento de Um Filhote de Mazama gouazoubira (Artiodactyla, Cervidae) atendido no NURFS/CETAS/UFPEL). In: III Simpósio de Biodiversidade: Filosofia da Ciência e a Prática Científica, 2011, Santa Maria. Anais do III Simpósio de Biodiversidade: Filosofia da Ciência e a Prática Científica, 2011. p. 20.

  • ALBANO, A. P. N. ; MATTEI, A. S. ; MADRID, I. M. ; SANTIN, R. ; BEHLING, G. M. ; NASCENTE, P. S. ; MINELLO, L. F. ; MEIRELES, M. C. A. . Isolation of fungi from Orbigny's slider (Trachemys dorbigny) failed eggs. In: Wildlife Diseases Association - 59th Annual International Conference Misiones - Argentina, 2010, Puerto Iguazú, Missiones. WDA 2010 Ecosystem health in the neotropics: a growing challenge, 2010. p. 194-194.

  • ALBANO, A. P. N. ; LEITE,A.T.M ; MATTEI, A. S. ; MADRID, I. M. ; SANTIN, R. ; NASCENTE, P. S. ; MINELLO, L. F. ; MEIRELES, M. C. A. . Detection Kloeckera japonica in the Yellow cardinal (Gubernatrix cristata) from a screening center in Brazil. In: Wildlife Diseases Association - 59th Annual International Conference Misiones - Argentina, 2010, Puerto Iguazú, Misiones. WDA 2010 Ecosystem health in the neotropics: a growing challenge, 2010. p. 193-193.

  • SILVA, J. M. ; CUNHA, S. K. ; CORCINI, C. D. ; VARELA JR, A. S. ; ALBANO, A. P. N. ; BONGALHARDO, D. C. . Blue-and-gold Macaw (Ara ararauna) post-mortem semem collection. In: ADSA - PSA - AMPA - CSAS - ASAS Joint Annual Meeting, 2010, 2010, Denver, Colorado. ADSA - PSA - AMPA - CSAS - ASAS Joint Annual Meeting, 2010, 2010.

  • ALBANO, A. P. N. ; LEITE,A.T.M ; MEIRELES, M. C. A. ; NASCENTE, P. S. . FUSARIOSE TEGUMENTAR EM TARTARUGA-VERDE (CHELONIA MYDAS): RELATO DE CASO. In: II Encontro Gaúcho de Micologia, 2010, Caxias do Sul. Anais do II Encontro Gaúcho de Micologia, 2010.

  • FERREIRA, G. F. ; ALBANO, A. P. N. ; MEIRELES, M. C. A. ; NASCENTE, P. S. . DERMATOFITOSE EM AVES DOMÉSTICAS: RELATO DE CASO. In: II Encontro Gaúcho de Micologia, 2010, Caxias do Sul. Anais do II Encontro Gaúcho de Micologia, 2010.

  • MENDES, J. F. ; ALBANO, A. P. N. ; FERREIRA, G. F. ; NASCENTE, P. S. . Determinação da Microbiota Fúngica em Aves e Mamíferos Silvestres Provenientes do Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre: Resultados Parciais. In: IX Mostra da Produção Universitária, 2010, Rio Grande. Anais do IX Mostra da Produção Universitária, 2010.

  • LEITE,A.T.M ; ALBANO, A. P. N. ; SOARES, M.P. ; NASCENTE, P. S. ; MEIRELES, M. C. A. . Micoses cutâneas em tartaruga-verde (Chelonia mydas) no Sul do Brasil. In: IV Jornadas de Investigación y Conservación de Tortugas Marinas del Atlántico Sur Occidental - ASO, 2009, Mar de Plata. IV Jornadas de Conserción e Investigación de Tortugas Marinas del Atlántico Sur Occidental (ASO), 2009. v. I. p. 96-98.

  • ALBANO, A. P. N. ; NASCENTE, P. S. ; MEIRELES, M. C. A. ; LEITE,A.T.M ; COIMBRA, M. A. A. ; MINELLO, L. F. . Aspergilose em sanhaçu-frade (Stephanophorus diadematus) em centro de reabilitação: relato de caso. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Veterinaria, 2009, Porto Seguro. XXXVI Congresso Brasileiro de Veterinaria, 2009.

  • NASCENTE, P. S. ; ALBANO, A. P. N. ; SANTIN, R. ; LEITE,A.T.M ; SOARES, M.P. ; MEIRELES, M. C. A. ; COIMBRA, M. A. A. ; MINELLO, L. F. . Malasezia pachydermatis isolada em gambá-de-orelha-branca ( idelphis albiventris): relato de caso. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Veterinaria, 2009, Porto Seguro. XXXVI Congresso Brasileiro de Veterinaria, 2009.

  • MATTEI, A. S. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; MADRID, I. M. ; CARAPETO, L. P. ; MEIRELES, M. C. A. . Avaliação da desinfecção de superfícies da sala cirúrgica de um hospital veterinário. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Veterinaria, 2009, Porto Seguro. XXXVI Congresso Brasileiro de Veterinaria, 2009.

  • ADORNES, A. C. ; CANABARRO, P. L. ; ALBANO, A. P. N. ; Koleniskovas, C. ; Sandri, S. ; BARCELLOS, L. ; RUOPPOLO, V. ; SILVA FILHO, R. P. . Emergency response involving oil - impacted Magellanic penguis ( Spheniscus magellanicus) in Florianópolis/SC, Brazil - August 2008. In: 10th International Effects of Oil on Wildlife Conference, 2009, Tallinn. Abstracts of the 10th International Effects of Oil on Wildlife Conference, 2009.

  • MATTEI, A. S. ; SANTIN, R. ; CABANA, A. L. ; ALBANO, A. P. N. ; CARAPETO, L. P. ; MEIRELES, M. C. A. . Pesquisa de Fungos Patogênicos em Ambientes de Clínicas, Hospital Veterinário e Pets Shop de Pelotas/RS. In: I Fórum do Programa de Pós Graduação em Veterinária, 2009, Pelotas. Anais do Fórum do Programa de Pós Graduação em Veterinária, 2009.

  • LARRONDO, A. G. ; PEARSON, M. E. ; JORGE, S. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; MINELLO, L. F. . Crescimento e desenvolvimento de filhotes de Caiman latirostris (Crocodylia: Alligatoridae) submetidos à reabilitação no Nurfs/Cetas - UFPEL. In: II Encontro de Zoológicos do Rio Grande do Sul, 2008, São Leopoldo. Anais do II Encontro de Zoológicos do Rio Grande do Sul, 2008.

  • LARRONDO, A. G. ; PEARSON, M. E. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; MINELLO, L. F. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino . Contribuição para o aprimoramento das técnicas de manejo para reabilitação em cativeiro de. In: XVII CIC da Universidade Federal de Pelotas, 2008, Pelotas. Anais XVII CIC da Universidade Federal de Pelotas, 2008.

  • BASSI, P.B. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; COIMBRA, M. A. A. ; LADEIRA, S. ; SOARES, M.P. ; SCHRAMM, R. ; FARIA, R.O. ; FISHER, G. ; VARGAS, G.D. . DIAGNÓSTICOS REALIZADOS EM AVES SILVESTRES NO PERÍODO DE JULHO DE. In: XVII CIC da Universidade Federal de Pelotas, 2008, Pelotas. Anais do XVII CIC da Universidade Federal de Pelotas, 2008.

  • MATTEI, A. S. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; MADRID, I. M. ; CABANA, A.L. ; CLEFF, M. B. ; MEIRELES, M. C. A. . Microsporum canis frente à ação solar e um detergente em pó. In: I Encontro Gaúcho de Micologia, 2008, Porto Alegre. Anais do I Encontro Gaúcho de Micologia, 2008.

  • MATTEI, A. S. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; MADRID, I. M. ; SAMPAIO, D. P. ; CARAPETO, L. P. ; MEIRELES, M. C. A. . Pode ocorrer transmissão de dermatófitos através de instrumentos de tosa em ambientes veterinários?. In: I Encontro Gaúcho de Micologia, 2008, Porto Alegre. Anais do I Encontro Gaúcho de Micologia, 2008.

  • ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; JORGE, S. ; LADEIRA, S. ; SCHRAMM, R. ; SCHILD, A.L. ; SOARES, M.P. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; MINELLO, L. F. ; VARGAS, G.D. . Botulismo em Gaivotas (Chroicocephalus maculipennis) no Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (NURFS/CETAS - UFPEL, RS): relato de casos. In: IV Jornada Grupo Fowler, 2008, Curitiba. Grupo Fowler, Avanços na medicina de animais selvagens, medicina de aves, 2008. p. 337-338.

  • CABANA, A.L. ; OSÓRIO, L.G. ; ALBANO, A. P. N. ; SOARES, M.P. ; LEITE,A.T.M ; ADORNES, A. C. ; CANABARRO, P. L. ; SILVA FILHO, R. P. ; MEIRELES, M. C. A. . Aspergilose em Puffinus griseus (Bobo-Escuro) em centro de reabilitação relato de caso. In: I Encontro Gaúcho de Micologia, 2008, Porto Alegre. Anais do I Encontro Gaúcho de Micologia, 2008.

  • ALBANO, A. P. N. ; VARGAS, G.D. ; FISHER, G. ; HÜBNER, S.O. ; VIDOR, T. ; LADEIRA, S. ; SCHRAMM, R. ; FERREIRA, J.L.M. ; SCHILD, A.L. ; FARIA, R.O. ; HUMBERG, R.M.P. ; FELÍCIO, A.P. ; CAVALCANTI, A.R. ; COIMBRA, M. A. A. . Colisepticemia em Papagaio Verdadeiro (Amazona aestiva) - Relato de caso. In: XXXI Congresso Anual da Sociedade de Zoológicos do Brasil, 2007, São Paula. Todos pela Conservação, 2007.

  • ALBANO, A. P. N. ; VARGAS, G.D. ; FISHER, G. ; HÜBNER, S.O. ; VIDOR, T. ; LADEIRA, S. ; SALLIS, S.E. ; FERREIRA, J.L.M. ; SCHILD, A.L. ; RAFFI, M. B. ; FARIA, R.O. ; COIMBRA, M. A. A. . Bouba Aviária em Coruja-de-igreja (Tyto alba). In: XXXI Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil, 2007, São Paulo. Todos pela Conservação, 2007.

  • MÜLLER, G. ; PESENTI, T. C. ; MASCARENHAS, C. S. ; KRUGER, C. ; COIMBRA, M. A. A. ; ALBANO, A. P. N. . Primeiro registro de Clinostomum complanatum em Ixobrychus involucris (SOCOÍ-AMARELO) no Brasil. In: XX Congresso Brasileiro de Parasitologia - Avanços e Desafios, 2007, Recife. Anais do XX Congresso Brasileiro de Parasitologia, 2007.

  • PEARSON, M. E. ; LARRONDO, A. G. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; JORGE, S. ; MINELLO, L. F. . Casuística de répteis silvestres assistidos no NURFS-CETAS/UFPEL no período de 1998 - 2006. In: XXXI Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil, 2007, São Paulo. Anais do XXXI Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil, 2007.

  • OSÓRIO, L.G. ; FARIA, R.O. ; COIMBRA, M. A. A. ; MINELLO, L. F. ; LADEIRA, S. ; RAFFI, M. B. ; ALBANO, A. P. N. ; VARGAS, G.D. . Aspergilose em Cardeal-do-sul (Paroaria coronata) - relato de caso. In: 5° Congresso Brasileiro de Micologia, 2007, Recife. Anais do 5° Congresso Brasileiro de Micologia, 2007.

  • OSÓRIO, L.G. ; MADRID, I. M. ; MARTINS, A.A. ; ANTUNES, T. A. ; COIMBRA, H. S. ; MATTEI, A. S. ; SANTIN, R. ; ALBANO, A. P. N. ; CABANA, A.L. ; FONSECA, A. ; MEINERZ, A. R. M. ; FARIA, R.O. ; CLEFF, M. B. ; MEIRELES, M. C. A. . DIAGNÓSTICO MICOLÓGICO PARA CLÍNICAS DE PEQUENOS ANIMAIS. In: II Salão de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pelotas, 2007, Pelotas. Anais do II Salão de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pelotas, 2007.

  • OSÓRIO, L.G. ; LADEIRA, S. ; CABANA, A.L. ; ALBANO, A. P. N. ; GUIOT, E. ; SILVA FILHO, R. P. ; MEIRELES, M. C. A. . Microbiota Bacteriana do Coxim Plantar de Pinguins em Cativeiro. In: XVI Congresso de Iniciação Científica e IX Encontro de Pós Graduação, 2007, Pelotas. Anais do XVI Congresso de Iniciação Científica e IX Encontro de Pós Graduação, 2007.

  • Fernandes,V ; DUTRA,R. ; MARTINS,L.H. ; GUIMARÃES,F. ; D'ÁVILA, R. V. ; ALBANO, A. P. N. ; MÜLLER, G. ; SCAINI, C. J. . Ocorrência de Cryptosporidium spp. em Cebus apella na região de Pelotas, Rio Grande do Sul. In: XVII Congresso Estadual de Medicina Veterinária, 2006, Gramado. XVII Congresso Estadual de Medicina Veterinária, 2006.

  • D'ÁVILA, R. V. ; COIMBRA, M. A. A. ; ALBANO, A. P. N. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; MINELLO, L. F. . Acompanhamento do desenvolvimento físico de Conepatus chinga (Mammalia, Mustelidae) frente a três dietas diferentes. In: XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004, Brasília. Anais do XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004.

  • ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; MINELLO, L. F. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; D'ÁVILA, R. V. . Desenvolvimento físico de um casal de órfãos neonatos de Procyon cancrivorus sob três dietas diferentes. In: XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004, Brasília. Anais do XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004.

  • ALBANO, A. P. N. ; MARTINS, N. O. ; PAULSEN, R. M. M. ; SILVA, F. R. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; MÜLLER, G. . Estudo preliminar dos parasitos gastrintestinais em falconiformes na Região de Pelotas - RS. In: XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004, Brasília, 2004.

  • BRUM, J. G. W. ; COIMBRA, M. A. A. ; ALBANO, A. P. N. ; PAULSEN, R. M. M. . Malófagos de alguns anseriformes silvestres no Rio Grande do Sul. In: XIII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária e I Simpósio Latino-Americano de Rickettsioses, 2004, Ouro Preto. Anais do XIII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária e I Simpósio Latino-Americano de Rickettsioses, 2004.

  • SCAINI, C. J. ; MÜLLER, G. ; NAVARRETE, R. E. T. ; COIMBRA, M. A. A. ; D'ÁVILA, R. V. ; ALBANO, A. P. N. ; LANGONE, P. Q. ; PESENTI, T. C. ; MICHELS, G. H. ; BERNE, M. E. A. ; SINKOC, A. L. S. ; CLEFF, M. B. . Oocistos de Cryptosporidium sp. em mamíferos silvestres da região de Pelotas, RS. In: XXXI Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2004, São Luís. Anais do XXXI Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2004.

  • CORDEIRO, C. S. ; PAULSEN, R. M. M. ; ALBANO, A. P. N. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; MÜLLER, G. . Análise comparativa da morfologia e presença de helmintos no trato gastrointestinal de Strigiformes no sul do RGS. In: XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004, Brasília, 2004.

  • COIMBRA, M. A. A. ; ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; PAGLIARI, E. C. . Triagem de quelônios oriundos de dois lagos públicos ornamentais do Município de Pelotas / RS - Brasil. In: XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004, Brasília. Anais do XXV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2004.

  • ALBANO, A. P. N. ; MARTINS, N. O. ; BRUM, C. S. ; CARAPETO, L. P. . Causuística das alterações ósseas diagnosticadas em animais silvestres no setor de radiodiagnóstico do Hospital de Clínicas Veterinária da UFPel, no período de Janeiro de 19998 a Junho de 2004. In: I Simpósio Gaúcho sobre Animais Selvagens, 2004, Santa Maria, 2004.

  • SILVA, F. R. ; D'ÁVILA, R. V. ; ALBANO, A. P. N. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino . Reabilitação de Animais Silvestres (2002-2003) na região de Pelotas - RS. In: XII Congresso de Iniciação Científica e V Encontro de Pós-Graduação, 2003, Pelotas, 2003.

  • VALENTE, Ana Luisa Schifino ; BEDUHN, J. F. ; CARAPETO, L. P. ; BÚRIGO, A. C. ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; MORAIS, N. C. . Deficiência osteometabólica em gambás-de-orelha-branca, Didelphis albiventris, criados em cativeiro. In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí. XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia - A zoologia e os Ecossistemas Costeiros. Itajaí: Editora e Gráfica Berger, 2002. p. 553-554.

  • BÚRIGO, A. C. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; CORDEIRO, C. S. . Avaliação do crescimento e comportamento de um neonato de Suindara, Tyto alba (Aves: Tytonidae), reabilitado na UFPel. In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí. Anais do XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia - A Zoologia e os Ecossistemas Costeiros. Itajaí: Editora e Gráfica Berger, 2002. p. 468-468.

  • VALENTE, Ana Luisa Schifino ; CARAPETO, L. P. ; ALBANO, A. P. N. ; MORAIS, N. C. ; COIMBRA, M. A. A. . Utilização Radiográfica na Diagnose de Espécies Silvestres em Reabilitação. In: 26º Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil e 2º Encontro de Zôos do Mercosul, 2002, Porto Alegre. 26º Congresso da Sociedade de Zoológicos do Brasil e 2º Encontro de Zôos do Mercosul - Tema: Zoológicos num Mundo em Transformação, 2002. p. 124-124.

  • DUTRA, D. ; RODRIGUES, V. ; ALBANO, A. P. N. ; FREITAS, L. C. ; BENITES, C. I. ; ZONTA, É. ; SOARES, L. A. S. . Utilização líquida de proteína - resposta comparativa de ratos de ambos sexos. In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2002, Porto Alegre. XVIII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2002.

  • BASSAN, J. ; GONÇALVES, L. ; BENITES, C. I. ; SANTOS, C. M. Z. ; ALBANO, A. P. N. ; FREITAS, L. C. ; ROTH, M. G. M. ; SOARES, L. A. S. . Teste de Micronúcleos em medula de ratos e camundongos. In: XI Congresso Brasileiro de Biologia Celular, 2002, Porto Alegre. XI Congresso Brasileiro de Biologia Celular, 2002. p. 192-192.

  • VALENTE, Ana Luisa Schifino ; PAULSEN, R. M. M. ; ALBANO, A. P. N. ; De LISA, P. R. M. ; MÜLLER, G. ; POUEY, J. L. A. . Helmintos parasitos do trato digestório de anatídeos silvestres na região Sul do Rio Grande do Sul. In: XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2002, Gramado. Saúde Ambiental, Animal e Humana: Uma questão de sobrevivência, 2002. v. Único. p. 75-75.

  • ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; GREQUE, G. G. . Caracterização dos atendimentos de Animais Silvestres no Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (NURFS) da UFPel. In: XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2002, Gramado. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2002. v. Único. p. 75-75.

  • CHAPON CORDEIRO, J. M. ; VALENTE, Ana Luisa Schifino ; ALBANO, A. P. N. ; COIMBRA, M. A. A. ; GREQUE, G. G. . Diagnósticos Oftálmicos em Corujas atendidas no NUFS - UFPel - (Ago. 1998 - Ago. 2002). In: XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2002, Gramado. Saúde Ambiental, Animal e Humana: Uma questão de Sobrevivência, 2002. v. Único. p. 75-75.

  • VILANOVA, M. S. ; ALBANO, A. P. N. ; SANTOS, C. M. Z. ; ROCHA, C. B. ; RODRIGUES, V. ; SOARES, L. A. S. ; BAPTISTA DA SILVA, J. B. . Desempenho produtivo de Codornas alimentadas com dieta contendo óleo de pescado. In: XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2002, Gramado. Saúde Ambiental, Animal e Humana: Uma questão de sobrevivência, 2002. v. Único. p. 96-96.

  • ALBANO, A. P. N. ; VILANOVA, M. S. ; SEIBEL, N. F. ; TABELEÃO, V. C. ; FREITAS, L. C. ; SOARES, L. A. S. ; RUTZ, F. . Análise produtiva de codornas frente a dieta contendo diferentes níveis de farinha de silagem de pescado. In: XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2002, Gramado. Saúde Ambiental, Animal e Humana: Uma questão de sobrevivência, 2002. v. Único. p. 96-96.

  • VILANOVA, M. S. ; ALBANO, A. P. N. ; FREITAS, L. C. ; COSTA, M. A. P. ; SANTOS, C. M. Z. ; ROCHA, C. B. ; RODRIGUES, V. ; SOARES, L. A. S. ; BAPTISTA DA SILVA, J. B. . Lipídios regionais de origem vegetal e animal - Uma abordagem biológica. In: XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária, 2002, Gramado. Saúde Ambiental, Animal e Humana: Uma questão de sobrevivência, 2002. v. Único. p. 95-95.

  • ALBANO, A. P. N. ; COSTA, M. A. P. ; FREITAS, L. C. ; DUTRA, D. ; ROCHA, C. B. ; TABELEÃO, V. C. ; AMADO, M. O. ; SOARES, L. A. S. . Zoonoses: uma preocupação constante do Biotério Central da UFPel. In: 11º Congresso de Iniciação Científica, 2002, Pelotas. 11º Congresso de Iniciação Científica, 2002.

  • COSTA, M. A. P. ; VILANOVA, M. S. ; ROCHA, C. B. ; FREITAS, L. C. ; RODRIGUES, V. ; ALBANO, A. P. N. ; SANTOS, C. M. Z. ; SOARES, L. A. S. . Utilização de Rattus norvegicus como modelo na avaliação de colesterol, gordura corporal e glicemia. In: 11º Congresso de Iniciação Científica, 2002, Pelotas. 11º Congresso de Iniciação Científica, 2002.

  • SANTOS, C. M. Z. ; FREITAS, L. C. ; ALBANO, A. P. N. ; RODRIGUES, V. ; ARAÚJO, R. F. ; DUTRA, D. ; COSTA, M. A. P. ; SOARES, L. A. S. . Rato como modelo experimental para avaliação de colesterol, glicose e gordura corporal. In: 5º Congresso Brasileiro de Ciência em Animais de Laboratório, 4º Congresso Mundial em Animais de Laboratório e 3º Encontro de Pesquisadores do Mercosul, 2002, Goiânia. Revista de Patologia Tropical (Impresso), 2002. v. 31. p. 43-43.

  • FREITAS, L. C. ; TABELEÃO, V. C. ; SANTOS, C. M. Z. ; ALBANO, A. P. N. ; SEIBEL, N. F. ; SOARES, L. A. S. ; RUTZ, F. . Utilização de Codornas Japonesas de postura (Coturnix coturnix japonica) em avaliações nutricionais experimentais. In: 5º Congresso Brasileiro de Ciência em Animais de Laboratório, 4º Congresso Mundial em Animais de Laboratório e 3º Encontro de Pesquisadores do Mercosul, 2002, Goiânia. Revista de Patologia Tropical (Impresso), 2002. v. 31. p. 91-91.

  • ALBANO, A. P. N. ; VILANOVA, M. S. ; SANTOS, C. M. Z. ; FREITAS, L. C. ; COSTA, M. A. P. ; SOARES, L. A. S. . Desempenho de Ratos Wistar frente a dietas contendo fontes lipídicas. In: 5º Congresso Brasileiro de Ciência em Animais de Laboratório, 4º Congresso Mundial em Animais de Laboratório e 3º Encontro de Pesquisadores do Mercosul, 2002, Goiânia. Revista de Patologia Tropical (Impresso), 2002. v. 31. p. 92-92.

  • SANTOS, C. M. Z. ; FREITAS, L. C. ; ALBANO, A. P. N. ; VILANOVA, M. S. ; COSTA, M. A. P. ; ARAÚJO, R. F. ; PORTELINHA, M. K. ; DUTRA, D. ; SOARES, L. A. S. ; AMADO, M. O. . Zoonoses: uma preocupação constante do Biotério Central da UFPel. In: 5º Congresso Brasileiro de Ciência em Animais de Laboratório, 4º Congresso Mundial em Animais de Laboratório e 3º Encontro de Pesquisadores do Mercosul, 2002, Goiânia. Revista de Patologia Tropical (Impresso), 2002. v. 31. p. 119-119.

  • TABELEÃO, V. C. ; BENITES, C. I. ; FREITAS, L. C. ; ALBANO, A. P. N. ; SOARES, L. A. S. ; RUTZ, F. . Avaliação de codornas (Coturnix coturnix japonica), visando o reaproveitamento de resíduos da pesca. In: 4º Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2001, Campinas. 4º Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2001. p. 139-139.

  • SANTOS, C. M. Z. ; ALBANO, A. P. N. ; SOARES, L. A. S. ; RUTZ, F. . Estudo longitudinal de codornas alimentadas com óleo de pescado. In: 10º Congresso de Iniciação Científica, 2001, Pelotas, 2001.

  • VALENTE, Ana Luisa Schifino ; CARAPETO, L. P. ; ALBANO, A. P. N. ; MORAIS, N. C. ; COIMBRA, M. A. A. . Utilização radiográfica na diagnose de espécies silvestres em reabilitação. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. V Congresso de Ecologia do Brasil - Ambiente x Sociedade, 2001.

  • SANTOS, C. M. Z. ; ALBANO, A. P. N. ; ROCHA, C. B. ; VILANOVA, M. S. ; BAPTISTA DA SILVA, J. B. ; SOARES, L. A. S. ; RUTZ, F. . Estudo do aproveitamento de resíduo de pescado marinho a partir de Silagem ácida para a obtenção de ração alternativa. In: 10º Congresso de Iniciação Científica, 2001, Pelotas. 10º Congresso de Iniciação Científica, 2001.

  • ALBANO, A. P. N. . Clínica e Manejo de Animais Silvestres. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Contenção de Animais Silvestres. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Coleta de amostras biológicas de animais selvagens. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Animais como sentinela da paracoccidioidomicose no sul do RS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Paracoccidioidomicose. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Paracoccidioidomicose. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Paracoccidioidomicose. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Paracoccidioidomicose. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Paracoccidioidomicose. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GOMES, A. R. ; CABANA, A.L. ; ALBANO, A. P. N. ; TELES, A. J. ; OSÓRIO, L. G. ; MARTINS, O. A. ; CLEFF, M. B. ; MEIRELES, M. C. A. . CARACTERISTICAS CLÍNICAS E FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À CANDIDOSES EM CÃES. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALBANO, A. P. N. . Reabilitação de animais silvestres. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Paracoccidioidomicose. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Paracoccidioidomicose. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Paracoccidioidomicose. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Sanidade em Animais de Companhia e Silvestres. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Casuística e atendimento de animais silvestres do NURFS. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Mamíferos Silvestres. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Apresentação de casos Clínicos em Zoológicos, Cetas e Clínicas Particulares. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Casuística observada em animais provenientes do Tráfico. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALBANO, A. P. N. . Apreensão e Destinação de Animais Silvestres - Mesa Redonda. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Ana Paula Neuschrank Albano ; COIMBRA, M. A. A. . Relatório sobre os macacos-pregos. 2013.

Ana Paula Neuschrank Albano . Encaminhamento Relatório Apreensão de Caça de Mamífero (Rodentia) silvestre. 2013.

Ana Paula Neuschrank Albano . Encaminhamento Relatório de Necrópsia de Mamífero (Didelphimorphia) silvestre. 2013.

Ana Paula Neuschrank Albano . Relatório de recebimento de mamífero (Cingulata) silvestre. 2013.

Ana Paula Neuschrank Albano ; MINELLO, L. F. . Encaminhamento de Relatório de Avaliação de aves domésticas (Galliformes). 2013.

MINELLO, L. F. ; ALBANO, A. P. N. . Encaminhamento relatório recebimento de aves (Accipitriformes) silvestres. 2013.

Ana Paula Neuschrank Albano . Encaminhamento Relatório de Necrópsia de Réptil (Squamata) silvestre. 2013.

MINELLO, L. F. ; ALBANO, ANA PAULA N. . Encaminhamento relatório apreensão de caça de mamíferos (Rodentia) silvestres, conforme o BA xxxxxx e Ocorrência xxxxxx. 2012.

ALBANO, A. P. N. ; BEHLING, G. M. . Situação de uma Arara-canindé (Ara ararauna) na estação rodoviária de Pelotas. 2012.

MINELLO, L. F. ; COIMBRA, M. A. A. ; BEHLING, G. M. ; ALBANO, A. P. N. . Encaminhamento relatório remanejo macaco-prego (Cebus apella - Linnaeus, 1758 - brown capuchin). 2012.

ALBANO, A. P. N. ; MINELLO, L. F. . Destinação coelho guarda NURFS. 2012.

MINELLO, L. F. ; ALBANO, A. P. N. . Encaminhamento relatório apreensão de ave silvestre (Passeriforme). 2009.

AMARAL, A. ; ALBANO, A. P. N. ; BEHLING, G. M. ; GOMES, A. R. ; VELHO, J. . Veado Pedrito é exemplo de superação. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KRINGEL, A. P. ; ALBANO, A. P. N. . Ouriço é resgatado no Contorno de Pelotas. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GARIBALDI, L. ; ALBANO, A. P. N. . Fofinhos e estressados - Ter coelhos em casa requer cuidados especiais. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VALENTE, A. L. S. ; BEHLING, G. M. ; MINELLO, L. F. ; COIMBRA, M. A. A. ; ALBANO, A. P. N. . NURFS/CETAS. 2012; Tema: Fauna Silvestre. (Site).

MADRID, I. M. ; SANTIN, R. ; MEIRELES, M. C. A. ; TELES, A. J. ; STORINO, L. G. ; SERRA, E. F. ; WALLER, S. B. ; OLIVEIRA, T. B. ; ARAUJO, F. B. ; ALBANO, A. P. N. ; LIMA, N. B. . PROCEDIMENTOS DE COLETA E ENVIO DE AMOSTRAS PARA EXAME MICOLÓGICO. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Manual).

SANTOS, C. M. Z. ; LUCHEZE, V. ; MENEGHELLO, L. C. ; ALBANO, A. P. N. ; FREITAS, L. C. . Aprenda Zoonoses Brincando. 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livro infantil).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Perfil clínico, cirúrgico, ultrassonográfico e enzimático renal de cães naturalmente parasitados por Dioctophyma renale., Descrição: Segundo o site da prefeitura de Pelotas- RS, foram realizadas pesquisas pelo Centro de Pesquisas Epidemioloígicas da Faculdade de Medicina Social da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), relatando que aproximadamente 70% dos cães são semi-domiciliados, ou seja, com proprietários e com circulação livre pelas ruas; 10% são de animais sem dono (cães de rua ou errantes) e 20% vivem completamente domiciliados. A pesquisa ainda afirma que a população de cães de Pelotas-RS é de 66.723, ou seja, um para cada cinco pessoas. Levando-se em consideração que à região de Pelotas é rodeada por lagoas, rios e arroios, acredita-se que a ocorrência de dioctofimose na cidade e arredores seja elevada. Acredita-se que haja uma maior predisposição nos animais de companhia, principalmente com maior ocorrência em cães de rua, devido a hábitos alimentares pouco seletivos, assim como o desconhecimento da causa da doença pela população e de como ela se desenvolve. As avaliações através de pressão arterial, ultrassom com doppler cardíaco em cães, não foram encontradas, e são dados importantes para conhecer melhor essa enfermidade que acomete os animais e que pode afetar os humanos, representando um risco a saúde pública.Assim diante desta problemática, e principalmente, por não haver dados precisos acerca da parasitose em nossa região, delineou-se o presente estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Coordenador / Gertrud Müller - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Carolina Silveira Mascarenhas - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Fabiane Borelli Grecco - Integrante / Patrícia Silva Vives - Integrante / Thomas Normanton Guim - Integrante / JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI - Integrante / FABIO DA SILVA E SILVA - Integrante / FELIPE ROSA CUNHA - Integrante / GUILHERME CUNHA MOLLER - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA - Integrante / GUILHERME ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA CAVALCANTI - Integrante / MARTIELO IVAN GEHRCKE - Integrante / BEATRIZ PERSICI MARONEZE - Integrante / BRUNA MÜLLER ROSENTHAL - Integrante / EDUARDA ALEXIA NUNES LOUZADA DIAS CAVALCANTI - Integrante / FRANCISCO DE ASSIS ARAÚJO CAMELO JÚNIOR - Integrante / HELOISA DO AMARAL BOANOVA - Integrante / MARIANA CARDOSO SANCHES - Integrante / MARINA ZANIN - Integrante / NIELLE VERSTEG - Integrante / PÂMELA CAYE - Integrante / SOLIANE CARRA PERERA - Integrante / VITORIA GAUSMANN - Integrante.

  • 2018 - 2018

    Criocirurgia como tratamento do carcinoma de células escamosas em animais de companhia atendidos no Hospital de Clínicas Veterinária da Universidade Federal de Pelotas, Descrição: A criocirurgia é consolidada na Medicina Veterinária como tratamento de doenças infecciosas, inflamatórias e neoplásicas da pele, tanto benignas como malignas, em diferentes órgãos. Historicamente a utilização de crioterapia em animais foi considerada usual. Entretanto, a descrição e definição de Criocirurgia é recente. As células tumorais são resistentes ao congelamento. A capacidade de resistência destas células é a razão para a utilização de repetidos ciclos de congelamento-descongelamento. A reação tecidual que ocorre após a criocirurgia é previsível e a cicatrização ocorre por segunda intenção. A cicatrização procede lentamente com formação do tecido de granulação e formação de crosta. O tempo de cicatrização varia conforme o tamanho e localização da lesão (QUEIROZ e MATERA, 2003). O CCE é originado no epitélio escamoso estratificado, surgindo clinicamente como um aumento de volume firme, de coloração cinzenta ou amarelada com rápida evolução e geralmente na região de cabeça, orelhas, nariz e olhos, mas pode acometer qualquer local da pele como tronco, pernas, escroto, lábios e leito ungueal (MULLER e KIRK, 1996; DALECK et al., 2008). O CCE quando associado a luz solar apresenta lesão semelhante a feridas que não cicatrizam com regiões espessadas, eritematosas com descamação superficial, crostas e cicatrizes (KRAEGEL e MADEWELL, 2004). Os tipos ulcerativos inicialmente se apresentam como úlceras superficiais e crostosas que se tornam profundas e crateriformes podendo apresentar odor necrótico. Os diagnósticos diferenciais incluem os tumores de células basais, melanoma, mastocitoma, hemangioma, hemagiossarcoma, tumores dos folículos pilosos e tumores das glândulas sebáceas. O diagnóstico é feito através da avaliação histopatológica do tecido afetado, consistindo na identificação de massas irregulares ou cordões de queratinócitos que proliferam para baixo e invadem a derme formando grânulos de queratina (MULLER e KIRK, 1996; DALECK et al., 2008). Com isso, o objetivo do presente projeto é avaliar a partir do uso de Criocirurgia em tumores classificados como carcinoma de células escamosas em animais de companhia a eficácia da técnica como tratamento de eleição.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Patrícia Silva Vives - Integrante / Thomas Normanton Guim - Integrante / Eduardo Santiago Ventura de Aguiar - Coordenador / JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI - Integrante / GUILHERME CUNHA MOLLER - Integrante / FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA - Integrante / MARTIELO IVAN GEHRCKE - Integrante / BEATRIZ PERSICI MARONEZE - Integrante / HELOISA DO AMARAL BOANOVA - Integrante / MARIANA CARDOSO SANCHES - Integrante / CAROLINA LITCHINA BRASIL - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Avaliação e descrição da anatomia macro e microscópica das vísceras e demais componentes corpóreos de animais silvestres do NURFS-CETAS/UFPEL oriundos de necroscópica e/ou biópsias., Descrição: O presente projeto tem a finalidade de realizar a avaliação e descrição morfoscópica (anatomia) macro e microscópica das vísceras e demais componentes corpóreos de animais pertencentes a fauna silvestre brasileira e selvagens oriundos de biópsias, eutanásias e necrópsias realizadas no NURFS-CETAS/UFPEL. Serão realizadas descrições anatômicas macro e microscópicas da organografia destes animais com o objetivo de seu conhecimento e divulgação, uma vez que, os conhecimentos disponíveis sobre o tema são insuficientes. Os resultados serão divulgados em periódicos especializados, congressos e similares devendo servir para a a elaboração de uma histoteca e materiais digitais que serão utilizados no ensino de graduação e pós-graduação, devendo também servir de subsídios a melhoria na manutenção dos espécimes em cativeiro ou mesmo para sua reintegração.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Antonio Cesar Bortowski Leites - Integrante / Alice Teixeira Meirelles Leite - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Greici Maia Behling - Integrante / MINELLO, LUIZ F. - Coordenador / Ana Paula Nunes - Integrante / ALTHEN TEIXEIRA FILHO - Integrante / IZABEL CRISTINA CUSTODIO DE SOUZA - Integrante / LAURA BEATRIZ OLIVEIRA DE OLIVEIRA - Integrante / LYGIA MARIA DE ALMEIDA - Integrante / MARIA GABRIELA TAVARES RHEINGANTZ - Integrante / MARLA PIUMBINI ROCHA - Integrante / RAFAEL GIANELLA MONDADORI - Integrante / ROSANGELA FERREIRA RODRIGUES - Integrante / SANDRA MARA DA ENCARNACAO FIALA RECHSTEINER - Integrante / ELIANE FREIRE ANTHONISEN - Integrante / LUIS AUGUSTO XAVIER CRUZ - Integrante / LUIS OTAVIO LOBO CENTENO - Integrante / STEVAN MENDES PINHEIRO - Integrante / ISABELLA DIAS BARBOSA SILVEIRA - Integrante / PAULO MOTA BANDARRA - Integrante / RODRIGO KEGLES BRAUNER - Integrante / SHEILLA MADRUGA MOREIRA - Integrante / ADEMAR FONSECA - Integrante / ALISSON ANDRE ROBE FONSECA - Integrante / ANA LUISA SCHIFINO VALENTE - Integrante / CARLOS ALBERTO ALVES TAVARES - Integrante / CAROLINE CRESPO DA COSTA - Integrante / MARCIO OSORIO GUERREIRO - Integrante / MATEUS CASANOVA DOS SANTOS - Integrante / RENATO AZEVEDO DE AZEVEDO - Integrante / ROSANA MENDONCA DE SOUZA - Integrante / CAROLINA SCHIAVON PICH - Integrante / FRANCO DE ALMEIDA OLLÉ - Integrante / MATHEUS WREGE MEIRELES BARBOSA - Integrante / RICARDO RIBEIRO CROCHEMORE DA SILVA - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Identificação dos principais fatores de risco que contribuem para as taxas de infecção do sítio cirúrgico no HCV-UFPel, Descrição: Procedimentos cirúrgicos se constituem em um risco por si só devido ao rompimento da barreira epitelial, desencadeando uma série de reações sistêmicas no organismo e facilitando desta forma a ocorrência do processo infeccioso. O ato cirúrgico é um procedimento invasivo, onde ocorre a alteração do potencial hidrogeniônico (pH), hipóxia tecidual e a deposição de fibrina afetando os mecanismos locais de defesa. Estes fatores ou mesmo uma infecção à distância em outro sítio do organismo, podem levar ao desencadeamento de infecção no local da ferida cirúrgica (FERRAZ; FERRAZ; BACELAR, 1997; RABHAE; RIBEIRO FILHO; FERNANDES, 2000). Diversos fatores têm sido relacionados à incidência de ISC como, por exemplo, referentes ao microrganismo, tais como o tamanho do inóculo, sendo que, quanto maior o inóculo, maior a chance de ocorrer infecção. Há ainda os fatores relacionados ao paciente propriamente dito, como idade, comorbidades (Diabetes mellitus, obesidade), período longo de hospitalização antes ou depois do procedimento cirúrgico, desnutrição. Existe também os fatores relacionados ao procedimento cirúrgico em si, como por exemplo, a técnica cirúrgica, a tricotomia, a presença de drenos e outros cujas pesquisas comprovam o risco de levarem ao desenvolvimento de infecções (MANGRAM et al.,1999). Segundo Rodrigues (2013) procedimentos cirúrgicos estão sujeitos à ocorrência de processos infecciosos e estes acarretam complicações indesejáveis tanto para o paciente como para o tutor e o cirurgião. O tutor terá os transtornos relacionados com a necessidade de retornos frequentes ao hospital, gastos não planejados com medicamentos, reintervenções e o sofrimento gerado ao animal. Para o cirurgião também ocorrem prejuízos, pois a infecção e o desconhecimento da causa desta, ocasionará uma má resolução do seu tratamento cirúrgico frustrando as expectativas em relação ao procedimento . Medidas que visem à prevenção e a diminuição dessa grave complicação passam, obrigatoriamente, pelo diagnóstico da taxa de infecção do sítio cirúrgico e pela busca dos principais fatores de riscos envolvidos (RODRIGUES, 2013). Para a execução do projeto serão avaliados os cães e gatos, sem distinção de raça, idade e peso , atendidos na rotina clínica do HCV ? UFPel e submetidos a procedimentos cirúrgicos, especificamente as segundas, terças e quartas ? feiras, durante o ano de 2018. Os pacientes terão permissão de seus tutores para serem incluídos no estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Patrícia Silva Vives - Integrante / Thomas Normanton Guim - Integrante / Eduardo Santiago Ventura de Aguiar - Coordenador / JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI - Integrante / FABIO DA SILVA E SILVA - Integrante / FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA - Integrante / MARTIELO IVAN GEHRCKE - Integrante / BÁRBARA MACHADO NASPOLINI - Integrante / CLÁUDIA BEATRIZ DE MELLO MENDES - Integrante / DANIELE VITOR BARBOZA - Integrante / GUSTAVO ANTONIO BOFF - Integrante / JÉSSICA PAOLA SALAME - Integrante / SAMANTHA ALVES AZAMBUJA - Integrante / ANDREZA BERNARDI DA SILVA - Integrante / CAROLINA BOHN - Integrante / LILIANE CRISTINA JERONIMO DOS SANTOS - Integrante / LOUISE PICCOLI KUTSCHER - Integrante / RAFAELA VIEIRA DE CASTRO - Integrante / VERONICA LOPES DOS SANTOS - Integrante.

  • 2017 - 2018

    ASPECTOS CLÍNICOS E RADIOLÓGICOS DA CICATRIZAÇÃO ÓSSEA DE CÃES SUBMETIDOS A OSTEOSSÍNTESE POR PINOS E OSTEOSSÍNTESE POR PINOS ASSOCIADA A ENXERTIA DE OSSO ESPONJOSO AUTÓLOGO, Descrição: As afecções ortopédicas representam alta incidência na rotina cirúrgica em pequenos animais, representando aproximadamente 40% dos procedimentos no HCV/UFPEL e dentre elas cita-se as fraturas de ossos longos. O sucesso na consolidação óssea depende de fatores metabólicos, biomecânicos, idade e vascularização e continuidade óssea, por isso, o uso de enxerto ósseo auxilia no reparo de fraturas, promovendo a formação precoce de calo por meio da substituição invasiva associada a osteoindução. Considera-se o autoenxerto esponjoso a opção mais viável para reparar as falhas ósseas, pois este é biologicamente compatível ao tecido receptor, está disponível para o transplante uma vez que o doador é o próprio receptor, além de acelerar a reparação óssea. Porém, essa técnica tem como inconveniente requerer dois tempos cirúrgicos, promover lesão no sítio doador para colheita, aumentar o tempo anestésico e cirúrgico, bem como não se adequar para reparar grandes falhas ósseas. O presente projeto tem por objetivo comparar o tempo e a qualidade da cicatrização óssea de ossos longos, especificamente rádio e ulna, tíbia e fíbula, fêmur e úmero, pós-osteossíntese por pinos ou osteossíntese por pinos associada a enxertia óssea esponjosa autóloga, como técnica adjuvante na aceleração da formação do calo ósseo e antecipar o retorno funcional do membro. Para a execução do projeto serão utilizados 16 cães, com idades entre 1 e 10 anos, sem distinção de sexo ou raça, com pesos variando entre 2 e 40 quilogramas de massa corpórea, oriundos do atendimento no HCV-UFPel. Estes serão atendidos rotineiramente pela clínica médica e os diagnosticados com fraturas de rádio e ulna, úmero, tíbia e fíbula ou fêmur serão incluídos no projeto e divididos em dois grupos de forma aleatória e intercalada, ou seja, o primeiro paciente será submetido a reparação da fratura com a implantação do enxerto esponjoso autógeno e o segundo paciente não, realizando-se apenas a osteossíntese, até que cada grupo compreenda 8 cães. O grupo 1 (G1), será o grupo teste, além do reparo da fratura serão implantados fragmentos de enxerto ósseo esponjoso autólogo no foco da fratura, no mesmo tempo anestésico, já o grupo 2 (G2) a enxertia. As avaliações radiográficas iniciarão no pós operatório imediato e repetidos aos 30, 45, 60 e 75 dias, considerando o tempo e a espessura da reação periosteal em mm, formação de ponte óssea tamanho da linha de fratura em mm e formação de calo em mm, por meio de paquímetro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Patrícia Silva Vives - Coordenador / Thomas Normanton Guim - Integrante / Eduardo Santiago Ventura de Aguiar - Integrante / JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI - Integrante / FABIO DA SILVA E SILVA - Integrante / GUILHERME CUNHA MOLLER - Integrante / FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA - Integrante / MARTIELO IVAN GEHRCKE - Integrante / BEATRIZ PERSICI MARONEZE - Integrante / FRANCISCO DE ASSIS ARAÚJO CAMELO JÚNIOR - Integrante / HELOISA DO AMARAL BOANOVA - Integrante / MARIANA CARDOSO SANCHES - Integrante / BÁRBARA MACHADO NASPOLINI - Integrante / CARINA BURKERT DA SILVA - Integrante / CLÁUDIA BEATRIZ DE MELLO MENDES - Integrante / DANIELE VITOR BARBOZA - Integrante / GUSTAVO ANTONIO BOFF - Integrante / JÉSSICA PAOLA SALAME - Integrante / LIANNA FERNANDES DE CARVALHO - Integrante / MARTA ZIELKE - Integrante / SAMANTHA ALVES AZAMBUJA - Integrante / TAINÁ ANÇA EVARISTO MENDES CARDOSO - Integrante / TATIANE SCHMITT TAVARES NOVO - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Coleta e Identificação de fungos leveduriformes e filamentosos de diferentes sítios em psitaciformes e passeriformes silvestres e exóticos, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Renata Osório de Faria em 06/01/2019., Descrição: Fungos e leveduras são conhecidos por serem comensais da microbiota da pele e trato gastrintestinal das aves silvestres, devido a isso o conhecimento dessa microbiota é fundamental, uma vez que as aves podem atuar na cadeia epidemiológica de importantes zoonoses. No presente estudo, serão realizadas coletas de cloaca, região nasal e oral de psitaciformes e passeriformes, através de swabs estéreis, além de coletas de excretas. O material coletado por swabs será processado em Àgar Sabouraud Dextrose acrescido de Cloranfenicol e Àgar Sabouraud Dextrose acrescido de Cloranfenicol e azeite de oliva e estocadas em estufas de 25° e 35°C. Já as excretas serão processadas da seguinte maneira: será adicionado 2g de excretas de cada frasco em tubos de ensaio 16X70mm com tampa rosca, contendo 20ml de solução salina acrescida de cloranfenicol (0,2g/l), e após serão agitados para homogeneização por no mínimo três minutos, com agitador de tubos (Phoenix AP56), deixando-se decantar por 30 minutos. Posteriormente será pipetado 0,2ml do sobrenadante. A alíquota do sobrenadante será semeada em triplicata, em placas de Petri contendo meio ágar Sabouraud dextrose e placas de Petri contendo meio ágar Niger, sendo distribuída na superfície com o auxílio de alças de Drigalski estéreis. Os cultivos serão incubados a 35°C, sendo observados diariamente, por até 10 dias. Para caracterizar o gênero e a espécie dos fungos leveduriformes, serão utilizados testes de assimilação de carboidratos pelo sistema automatizado Vitek2 (BioMerieux ®), utilizando colônias puras em meio Sabouraud Dextrose acrescido de cloranfenicol, incubado a 37º por 24horas (colônias jovens). A confirmação do diagnóstico será dada através da comparação do sistema convencional e do sistema automatizado Vitek 2 (BioMérieux®). Espera-se confirmar casos de infecção e/ou contaminação por fungos leveduriformes e filamentosos patógenos por excelência ou oportunísticos em aves (psitaciformes e passeriformes) silvestres e exóticas em cativeiro, como forma de complementar e auxiliar na compreensão dos aspectos ecológicos e biológicos desses agentes pertencentes ou não a microbiota dessas aves.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Renata Osório de Faria - Coordenador / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Luiza da Gama Osório - Integrante / Otávia de Almeida Martins - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / ANNA LUIZA SILVA - Integrante / CAROLINE LUNKES DOS SANTOS - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / EMANOELE FIGUEIREDO SERRA - Integrante / JOSIARA FURTADO MENDES REDÜ - Integrante / MÁRCIA KUTSCHER RIPOLL - Integrante / STEFANIE BRESSAN WALLER - Integrante / VITTORIA BASSI DAS NEVES - Integrante / FABIANE DE HOLLEBEN CAMOZZATO FADRIQUE - Integrante / RENATA NOBRE DA FONSECA - Integrante / TABATA PEREIRA DIAS - Integrante / EDUARDA CANOSA ADEGAS - Integrante / FERNANDA AGUIAR MACHADO - Integrante / VITORIA BAIERLE MAGGI - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Avaliação do comportamento de psitacídeos em cativeiro no NURFS-CETAS/UFPEL visando o bem-estar da espécie a sua reintrodução à natureza., Descrição: O presente projeto será desenvolvido nas instalações do NURFS-CETAS /UFPEL (Núcleo de Reabilitação da fauna Silvestre e Centro de Triagem de Animais Silvestres da Universidade Federal de Pelotas) com o objetivo de diagnosticar a situação do bem-estar dos psitacídeos sob guarda nesse Órgãos, em especial com a espécie Amazona aestiva (Linnaeus, 1758; Papagaio-verdadeiro, Turquoise-fronted Amazon). O propósito dessa avaliação será o de identificar potencialidades e fragilidades na recepção, manejo e cuidados médico-veterinários e zootécnicos à espécie em consideração visando apresentar soluções para melhoria das situações identificadas como estressantes. Através de etogramas associados as condições ambientais e de saúde dos animais serão ofertadas alternativas as atividades de manutenção da espécie em cativeiro visando seu bem-estar e respectiva reintrodução à natureza ou destinação. A avaliação dos dados levantados será subsidiada com a utilização de metaanálise e os resultados obtidos serão norteadores das ações de manutenção de destinação desse grupo de psitacídeos em órgão como o NURFS e CETAS da UFPEl.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Coordenador / Luiz Fernando Minello - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Paola Oteiro de Faria - Integrante / ISABELLA DIAS BARBOSA SILVEIRA - Integrante / PAULO MOTA BANDARRA - Integrante / SHEILLA MADRUGA MOREIRA - Integrante / BIANCA PETER GONÇALVES - Integrante / ROBERTA FARIAS SILVEIRA - Integrante.

  • 2016 - 2017

    TRANSPOSIÇÃO URETRAL PRÉ-PÚBICA EM CÃES MACHOS ADULTOS PARA TRATAMENTO DE ESTENOSE EXTENSA DA URETRA MEMBRANOSA, Descrição: A disfunção miccional é uma alteração urológica que compromete de forma acentuada a qualidade de vida dos animais. A micção, que deveria ser uma simples necessidade, torna-se um sacrifício para portadores de estenoses uretrais. Nestes casos, podem requerer manobras como a compressão vesical, sondagem uretral e cistocentese para o completo esvaziamento da bexiga. Sem o tratamento adequado, aquelas alterações podem provocar dilatação do trato urinário, falência vesical ou, até mesmo, insuficiência renal. Diversos trabalhos na área humana relataram que o tratamento da estenose cicatricial uretral ainda é um desafio para os cirurgiões urológicos, mesmo na existência de diversas técnicas corretivas. Na medicina veterinária, poucas alternativas são encontradas na literatura, e quando se trata de estenoses uretrais intrapélvicas com mais de dois centímetros de extensão, o tratamento usual é a uretrostomia pré-púbica com ablação da genitália externa, técnica considerada mutilante e relacionada a diversas complicações. O princípio da medicina reconstrutiva apresenta, entre outros objetivos, a possibilidade de restaurar a função de um órgão ou reparar um tecido danificado por doenças ou traumas, e com relação ao reparo uretral, o objetivo principal é restabelecer o fluxo urinário. A proposta de pesquisar no formato experimental a viabilidade da técnica de transposição uretral pré-púbica, e na sequencia aplicar na rotina, reside no fato de que não foi encontrada na literatura descrição para tal procedimento, tendo apenas um relato de caso descrevendo uma técnica assemelhada, mas que recomenda a amputação do pênis e abertura uretral na luz prepucial. O estabelecimento desta técnica tem também como objetivo proporcionar a qualidade de vida a diversos pacientes acometidos por estenoses na uretra membranosa, evitando-se os efeitos colaterais advindos da uretrostomia pré-púbica, bem como manter a conformação anatômica e fisiológica externa mais próxima ao normal, ou seja, os pacientes continuarão com a genitália externa característica do sexo, não só por motivos estéticos, mas também pela manutenção das barreiras anatômicas de proteção das vias urinárias. neste sentido, o presente projeto apresenta duas etapas de execução.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Patrícia Silva Vives - Coordenador / Vanessa Milech - Integrante / JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI - Integrante / FABIO DA SILVA E SILVA - Integrante / GUILHERME CUNHA MOLLER - Integrante / FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA - Integrante / BEATRIZ PERSICI MARONEZE - Integrante / FRANCISCO DE ASSIS ARAÚJO CAMELO JÚNIOR - Integrante / Alexandre Mazzanti - Integrante / VIRGÍNIA HARDER GONÇALVES - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Avaliação e descrição da anatomia macro e microscópica das vísceras e demais componentes corpóreos de animais silvestres do NURFS-CETAS/UFPEL oriundos de necroscópica e/ou biópsias., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Fernando Minello em 04/01/2019., Descrição: O presente projeto tem a finalidade de realizar a avaliação e descrição morfoscópica (anatomia) macro e microscópica das vísceras e demais componentes corpóreos de animais pertencentes a fauna silvestre brasileira e selvagens oriundos de biópsias, eutanásias e necrópsias realizadas no NURFS-CETAS/UFPEL. Serão realizadas descrições anatômicas macro e microscópicas da organografia destes animais com o objetivo de seu conhecimento e divulgação, uma vez que, os conhecimentos disponíveis sobre o tema são insuficientes. Os resultados serão divulgados em periódicos especializados, congressos e similares devendo servir para a a elaboração de uma histoteca e materiais digitais que serão utilizados no ensino de graduação e pós-graduação, devendo também servir de subsídios a melhoria na manutenção dos espécimes em cativeiro ou mesmo para sua reintegração.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Ana Luisa Schifino Valente - Integrante / Luiz Fernando Minello - Coordenador / Antonio Cesar Bortowski Leites - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Greici Maia Behling - Integrante / Ana Paula Nunes - Integrante / ALTHEN TEIXEIRA FILHO - Integrante / IZABEL CRISTINA CUSTODIO DE SOUZA - Integrante / LAURA BEATRIZ OLIVEIRA DE OLIVEIRA - Integrante / LYGIA MARIA DE ALMEIDA - Integrante / MARIA GABRIELA TAVARES RHEINGANTZ - Integrante / MARLA PIUMBINI ROCHA - Integrante / RAFAEL GIANELLA MONDADORI - Integrante / ROSANGELA FERREIRA RODRIGUES - Integrante / SANDRA MARA DA ENCARNACAO FIALA RECHSTEINER - Integrante / ELIANE FREIRE ANTHONISEN - Integrante / LUIS AUGUSTO XAVIER CRUZ - Integrante / LUIS OTAVIO LOBO CENTENO - Integrante / STEVAN MENDES PINHEIRO - Integrante / ISABELLA DIAS BARBOSA SILVEIRA - Integrante / PAULO MOTA BANDARRA - Integrante / RODRIGO KEGLES BRAUNER - Integrante / BRUNO ROBERTO PADILHA MACHADO - Integrante / CLAUDINEY SANTOS RUFINO - Integrante / JONAS BELTRÃO DE VARGAS ANTOLINI - Integrante / LAÍS YURIE FACIMOTO - Integrante / SHEILLA MADRUGA MOREIRA - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Perfil clínico, cirúrgico, ultrassonográfico e enzimático renal de cães naturalmente parasitados por Dioctophyma renale., Descrição: Segundo o site da prefeitura de Pelotas- RS, foram realizadas pesquisas pelo Centro de Pesquisas Epidemioloígicas da Faculdade de Medicina Social da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), relatando que aproximadamente 70% dos cães são semi-domiciliados, ou seja, com proprietários e com circulação livre pelas ruas; 10% são de animais sem dono (cães de rua ou errantes) e 20% vivem completamente domiciliados. A pesquisa ainda afirma que a população de cães de Pelotas-RS é de 66.723, ou seja, um para cada cinco pessoas. Levando-se em consideração que à região de Pelotas é rodeada por lagoas, rios e arroios, acredita-se que a ocorrência de dioctofimose na cidade e arredores seja elevada. Acredita-se que haja uma maior predisposição nos animais de companhia, principalmente com maior ocorrência em cães de rua, devido a hábitos alimentares pouco seletivos, assim como o desconhecimento da causa da doença pela população e de como ela se desenvolve. As avaliações através de pressão arterial, ultrassom com doppler cardíaco em cães, não foram encontradas, e são dados importantes para conhecer melhor essa enfermidade que acomete os animais e que pode afetar os humanos, representando um risco a saúde pública.Assim diante desta problemática, e principalmente, por não haver dados precisos acerca da parasitose em nossa região, delineou-se o presente estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Coordenador / Gertrud Müller - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Carolina Silveira Mascarenhas - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Fabiane Borelli Grecco - Integrante / Patrícia Silva Vives - Integrante / Thomas Normanton Guim - Integrante / Eduardo Santiago Ventura de Aguiar - Integrante / JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI - Integrante / FABIO DA SILVA E SILVA - Integrante / FELIPE ROSA CUNHA - Integrante / GUILHERME CUNHA MOLLER - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA - Integrante / GUILHERME ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA CAVALCANTI - Integrante / MARTIELO IVAN GEHRCKE - Integrante / BEATRIZ PERSICI MARONEZE - Integrante / BRUNA MÜLLER ROSENTHAL - Integrante / EDUARDA ALEXIA NUNES LOUZADA DIAS CAVALCANTI - Integrante / FRANCISCO DE ASSIS ARAÚJO CAMELO JÚNIOR - Integrante / HELOISA DO AMARAL BOANOVA - Integrante / MARIANA CARDOSO SANCHES - Integrante / MARINA ZANIN - Integrante / NIELLE VERSTEG - Integrante / PÂMELA CAYE - Integrante / SOLIANE CARRA PERERA - Integrante / VITORIA GAUSMANN - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Investigação da Presença de Paracoccidioides spp. em diferentes mesorregiões do Rio Grande do Sul, Descrição: A Paracoccidioidomicose (PCM) é uma micose sistêmica que ocorre em vários países da América Latina, especialmente o Brasil. Acomete, sobretudo, indivíduos da população rural, e é causada por fungos termodimórficos do gênero Paracoccidioides, que tem seu habitat provavelmente localizado no solo, mas seu nicho ecológico (somatório de todas as interações do micro-organismo com os fatores bióticos e abióticos do meio) ainda não foi corretamente determinado, o que impede um melhor conhecimento da forma e do local mais específico que os indivíduos são infectados pelo patógeno. A investigação da infecção fúngica em animais vem representando uma excelente estratégia para estudos sobre a ecologia do agente. Desta forma, recentemente, estudos utilizando animais como sentinelas, comprovaram pela primeira vez a presença de P. brasiliensis no estado do Rio Grande do Sul (RS). No entanto, embora o RS seja considerado endêmico para PCM em humanos há varias décadas, estudos sobre a presença de P. lutzii no estado não são descritos. Serão incluídas no estudo amostras de soros de animais silvestres (n=85) e domésticos (n=400) para realização do Ensaio Imunoenzimatico (ELISA) e amostras de solo (n= 30) para realização do Teste de Reação da Cadeia em Polimerase. As amostras de soro que serão utilizadas para o ELISA encontram-se estocadas no Banco de soros do Laboratório de Micologia da FAMED-FURG. As amostras de solo para realização da PCR serão coletadas de localidades das distintas mesorregiões do RS, em locais de procedência dos animais incluídos no ELISA. As amostras de solo serão coletadas em frasco plástico estéril e armazenadas a temperatura ambiente. De todas as amostras serão avaliadas variáveis como pH, umidade, concentração de matéria orgânica, sais minerais (Cálcio, Magnésio, Potássio, Alumínio), quantidade de água e textura do solo (argilosa, arenosa ou mista). Será realizada analise descritiva dos dados e utilizado teste do Chi-Quadrado para avaliação das variáveis categóricas a partir do programa SPSS® 20.0 e considerando o índice de significância p<0,05. Espera-se contribuir com novos dados para o entendimento da epidemiologia do Paracoccidioides spp no RS e, assim, auxiliar na prevenção, controle e suspeita diagnóstica da PCM. Os resultados prévios serão divulgados em congressos de interesse na área, os resultados serão publicados em revistas indexadas e ao final do estudo darão origem a uma tese doutorado.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Luiza da Gama Osório - Integrante / Alessandra Jacomelli Teles - Integrante / Otávia de Almeida Martins - Integrante / Melissa Orzechowski Xavier - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / GABRIEL BARACY KLAFKE - Integrante / CAROLINE LUNKES DOS SANTOS - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / EMANOELE FIGUEIREDO SERRA - Integrante / JOSIARA FURTADO MENDES REDÜ - Integrante / MÁRCIA KUTSCHER RIPOLL - Integrante / STEFANIE BRESSAN WALLER - Integrante / PEDRO RASSIER DOS SANTOS - Integrante / CAROLINA LAMBRECHT GONÇALVES - Integrante / CRISTINA HALLAL DE FREITAS - Integrante / FABIANE DE HOLLEBEN CAMOZZATO FADRIQUE - Integrante / RENATA NOBRE DA FONSECA - Integrante / TABATA PEREIRA DIAS - Integrante.

  • 2015 - 2015

    IMPLANTE SUBCUTÂNEO DE METIL METACRILATO COMO VEÍCULO DO ITRACONAZOL COMO TRATAMENTO PARA A ESPOROTRICOSE CANINA E FELINA, Descrição: A esporotricose apresenta um impacto significativo na saúde pública, neste contexto o projeto visa avaliar a eficácia do implante subcutâneo perilesional de metil metacrilato como veículo do itraconazol no tratamento da esporotricose de cães e gatos atendidos no HCV- UFPel, no período de maio a dezembro de 2015.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Patrícia Silva Vives - Coordenador / Vanessa Milech - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI - Integrante / LUZIA CRISTINA LENCIONI SAMPAIO - Integrante / FABIO DA SILVA E SILVA - Integrante / CERES CRISTINA TEMPEL NAKASU - Integrante / CHARLES SILVA DE LIMA - Integrante / CICIANE PEREIRA MARTEN FERNANDES - Integrante / DIEGO ALMEIDA MONCKS - Integrante / FELIPE ROSA CUNHA - Integrante / GUILHERME CUNHA MOLLER - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / LUANA HARZ DURANTE - Integrante.

  • 2015 - 2015

    Comparação entre duas técnicas de reabilitação fisioterápica pós-operatória de cães com ruptura do ligamento cruzado cranial restabelecidos através da sutura fabelotibial, Descrição: Diversas técnicas de reabilitação têm sido descritas para o pós-operatório ortopédico, entretanto, há pouco protocolos fisioterápicos específicos descritos para a RLCCr. Sabe-se que a fisioterapia adequada estimula a rápida recuperação da atividade fisiológica da articulação da soldra, evita a atrofia por desuso, estimula a formação do líquido sinovial, mantem a amplitude de movimento e a circunferência muscular da coxa, retardando o desenvolvimento de artropatia degenerativa, contudo, no Hospital de clínicas Veterinária/UFPEL, não há protocolos pré-estipulados como conduta de rotina pós-operatória de RLCCr.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Patrícia Silva Vives - Coordenador / Vanessa Milech - Integrante / Eduardo Santiago Ventura de Aguiar - Integrante / JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI - Integrante / FABIO DA SILVA E SILVA - Integrante / CERES CRISTINA TEMPEL NAKASU - Integrante / CHARLES SILVA DE LIMA - Integrante / DIEGO ALMEIDA MONCKS - Integrante / FELIPE ROSA CUNHA - Integrante / GUILHERME CUNHA MOLLER - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Ecologia comparada de duas espécies de felídeos (Leopardus geoffroyi e L. colocolo), no Pampa brasileiro, com vistas à sua conservação, Descrição: O Rio Grande do Sul (RS) é o estado brasileiro que compreende a maior diversidade de felídeos 8 espécies (Indrusiak &Eizirik 2003), o que permite a ocorrência em seu território de padrões únicos (e ainda muito pouco conhecidos) de uso de habitat e compartilhamento de recursos entre espécies similares (Trigo et al. 2008, 2013). A compreensão destes padrões é fundamental para delinear estratégias de conservação adequadas para estas espécies, todas elas submetidas a ameaças antropogênicas (ver abaixo). Das oito espécies, Leopardus colocolo (gato-palheiro) e L. geoffroyi (gato-do-mato-grande) distribuem-se quase que exclusivamente no bioma Pampa, caracterizado por formações vegetais mais abertas, como campos e savanas com matas de galeria (Oliveira & Cassaro 2006, Nowak 1999). O presente estudo tem por objetivo investigar aspectos ecológicos destas duas espécies na Campanha Gaúcha (bioma Pampa), incluindo aspectos como: (i) tamanho da área de vida e distribuição espacial de indivíduos capturados; (ii) estimativas de densidade populacional; (iii) avaliação de padrões de atividade; e (iv) caracterização comparativa do uso da paisagem. Estes dados contribuirão para uma melhor compreensão da ecologia destes felídeos no sul do Brasil (sua única área de simpatria no país), o que é um requisito necessário para o delineamento de estratégias adequadas para a conservação dos mesmos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Coordenador / José Bonifácio Garcia Soares - Integrante / Fábio Dias Mazim - Integrante / EDUARDO EIZIRIK - Integrante / Tatiane Campos Trigo - Integrante / Caroline da Costa Espinosa - Integrante / Flávia Pereira Tirelli - Integrante.

  • 2014 - 2017

    Detecção de vírus aviários em aves silvestres e cativas no Rio Grande do Sul, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Gilberto D'Avila Vargas em 04/01/2019., Descrição: Animais de vida livre podem servir de reservatórios para diversos patógenos que infectam animais de produção, animais de companhia e também humanos. Tal aspecto faz com que exista uma preocupação crescente com a obtenção de conhecimento sobre as doenças que os afetam. Particularmente as aves de vida livre, devido as suas características biológicas, são capazes de disseminar microorganismos patogênicos muito facilmente, podendo atuar como carreador biológico ou mecânico. Objetiva-se neste trabalho a detecção do vírus da doença de Newcastle (Paramyxovirus tipo 1), vírus da doença de Gumboro (Birnavírus), vírus da doença de Marek (Herpesvírus) através das técnicas de qRTPCR e ELISA utilizando suabes de cloaca, orofaringe e traquéia assim como coleta de sangue. Para desenvolver a pesquisa serão utilizadas as aves que forem encaminhadas ao Laboratório Regional de Diagnóstico na sua área de abrangência, oriundos diretamente da comunidade ou remetidos pelo Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre da Universidade Federal de Pelotas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Luiz Fernando Minello - Integrante / Alice Teixeira Meirelles Leite - Integrante / Gilberto D'Avila Vargas - Coordenador / Geferson Fisher - Integrante / Silvia de Oliveira Hübner - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / CLAUDIO DIAS TIMM - Integrante / PRISCILA ALVES DIAS - Integrante / MARCELO DE LIMA - Integrante / CAMILA SANTOS MATOS - Integrante / MATHEUS PIOVESAN - Integrante / RAULENE RODRIGUES LOBO - Integrante / RENATA KARINA MARCONI MARCANÇOLI - Integrante.

  • 2014 - 2017

    EDUCAÇÃO AMBIENTAL E TUTELA LEGAL DA FAUNA SILVESTRE, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Greici Maia Behling em 16/01/2019., Descrição: É necessário não somente fazer cumprir a lei ou revogar as falhas que possam favorecer a degradação da fauna. Há uma demanda da inserção da EA, de modo a minimizar as práticas danosas ao meio ambiente, e considera-se sua relevância como mediadora desse caminho, como facilitadora de um processo de reflexão crítica e pró-atividade na preservação dos animais pertencentes à fauna silvestre brasileira, na busca de uma mudança do paradigma constituído pela sociedade moderna. Diante do exposto, considera-se de extrema relevância o papel dos sujeitos que atuam nos órgãos responsáveis pela aplicação e fiscalização da lei, que apresentam uma importante contribuição como educadores ambientais em um espaço não formal. Hipótese: Considera-se que, embora a legislação ambiental brasileira seja uma das melhores do mundo, a proteção legal à fauna silvestre, da forma como estabelecida atualmente (contradições da lei ou a dificuldade de sua aplicação pela ausência de recursos e mesmo pela extensão territorial e associação a outras práticas como tráfico de drogas e crime organizado), não garante a proteção das espécies. Considera-se ainda que há uma grande lacuna a ser preenchida pela EA enquanto processo pedagógico crítico nos indivíduos, para que possam problematizar e compreender seu papel na realidade, papel educativo que tem importante contribuição dos agentes da lei. Os profissionais que atuam nessas questões tem papel fundamental nesses órgãos, uma vez que são responsáveis pelas ações de fiscalização e aplicação da legislação, pelo manejo dos animais, pelo seu encaminhamento e também pela educação ambiental dos envolvidos. Além disso, esses indivíduos são, na maioria das vezes, aqueles que lidam diariamente com os infratores ambientais, e conhecem suas práticas. Questões de pesquisa ? A legislação ambiental referente à fauna garante de fato sua proteção? ? Qual o papel da EA crítica na problematização da temática e na redução das práticas danosas?. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Luiz Fernando Minello - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Greici Maia Behling - Coordenador / Paola Oteiro de Faria - Integrante / DANIELA NERIS GONÇALVES - Integrante / GUILHERME COSTA BITTENCOURT - Integrante / VANESSA BEZERRA DIAS - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Avaliação do teste Platelia Aspergillus EIA® para diagnóstico da aspergilose em pinguins e interferência da contaminação ambiental, Descrição: Embora o teste de detecção de galactomanana sérica pela técnica de ELISA sanduíche seja considerado uma importante ferramenta diagnóstica para Aspergilose Invasiva (AI) e atualmente possa contribuir como fator decisivo para início da terapia antifúngica preemptiva em pacientes de risco para a doença (Nucci, Colombo, 2012), no Brasil, a realização do mesmo está ainda restrita a centros de referência e à humanos, não sendo um teste disponível na rotina de diagnóstico laboratorial de todos os hospitais e principalmente em centros de reabilitação de animais onde se monitoram pacientes de risco para AI. Neste sentido, as amostras clínicas necessitam ser encaminhadas para outros hospitais para realização do exame, o que torna essencial o conhecimento de fatores, associados ao processo de armazenamento e transporte, que possam interferir no teste e culminar com resultados falso-positivos, a fim de evitá-los, provendo maior fidedignidade à interpretação dos resultados. Dentre estes fatores ressalta-se que a contaminação ambiental é citada como causa de falso-positivo no Platelia® Aspergillus EIA por diversos autores, no entanto não há estudos na literatura que permitam inferir o grau de contaminação necessário para interferir no teste, não sendo possível afirmar que esta interferência está relacionada a uma contaminação massiva ou até mesmo ocorra com uma mínima quantidade de propágulos fúngicos contaminantes. Este dado é de extrema relevância considerando que o tempo entre coleta e processamento laboratorial da amostra clínica pode superar 24 horas e que Aspergillus seção fumigati são fungos ubíquos, frequentemente contaminantes, com rápida velocidade de crescimento atingindo uma taxa de germinação de 36,5% em apenas 5,5 horas de incubação (Araújo, Rodrigues, 2004), o que leva a formação rápida de hifas as quais liberam maior quantidade de GM do que os conídios podendo levar a uma maior interferência no teste de detecção de GM em amostras contaminadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Alice Teixeira Meirelles Leite - Integrante / Rodolfo Pinho da Silva Filho - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Anelise de Oliveira da da Silva Fonseca - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Fabiana S.C Poetsch - Integrante / Alessandra Jacomelli Teles - Integrante / Otávia de Almeida Martins - Integrante / Melissa Orzechowski Xavier - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Josiara Mendes Furtado Redu - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Carolina L. Gonçalves - Integrante / GABRIEL BARACY KLAFKE - Integrante / ANNA LUIZA SILVA - Integrante / ARYSE MOREIRA MARTINS - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / EMANOELE FIGUEIREDO SERRA - Integrante / FERNANDA GALLAS BENEDETTI - Integrante / GISELE BARCELOS SEBERINO - Integrante / JENNIFFER HAUSCHILDT DIAS - Integrante / MÁRCIA KUTSCHER RIPOLL - Integrante / STEFANIE BRESSAN WALLER - Integrante / VITTORIA BASSI DAS NEVES - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Avaliação sorológica da presença de anticorpos contra Paracoccidioides brasiliensis em felinos domésticos (Felis catus) da região sul do Rio Grande do Sul, Descrição: Serão utilizados soros de felinos domésticos oriundos da cidade de Pelotas ? RS para detecção de anticorpos contra Parococcidioides brasiliensis através de técnicas sorológicas de Imunodifusão em gel de ágar e ELISA. Os animais serão divididos de acordo com sua origem, zona rural, urbana ou periurbana e através dos resultados obtidos será possível avaliar a presença do fungo na região.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Anelise de Oliveira da da Silva Fonseca - Integrante / Greici Maia Behling - Integrante / Alessandra Jacomelli Teles - Integrante / Otávia de Almeida Martins - Integrante / Melissa Orzechowski Xavier - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / GABRIEL BARACY KLAFKE - Integrante / ANNA LUIZA SILVA - Integrante / ARYSE MOREIRA MARTINS - Integrante / BRUNA DANIELA DOS SANTOS VALLE - Integrante / CAROLINE LUNKES DOS SANTOS - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / EMANOELE FIGUEIREDO SERRA - Integrante / FABIANA SICA DA COSTA POETSCH - Integrante / FERNANDA GALLAS BENEDETTI - Integrante / GISELE BARCELOS SEBERINO - Integrante / JENNIFFER HAUSCHILDT DIAS - Integrante / JOSIARA FURTADO MENDES REDÜ - Integrante / MÁRCIA KUTSCHER RIPOLL - Integrante / STEFANIE BRESSAN WALLER - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Detecção molecular, histopatológica, isolamento e identificação de Paracoccidioides brasiliensis em zorrilho (Conepatus chinga) no Rio Grande do Sul, Descrição: Paracoccidioides brasiliensis é o fungo causador da Paracoccidioidomicose (PCM), uma micose sistêmica endêmica na América Latina. Esta micose e suas manifestações clínicas da infecção vêm merecendo atenção de vários grupos de pesquisa principalmente pelas características peculiares da doença: longo período de latência, ausência de surtos epidêmicos e pequeno número de casos agudos. Essas circunstâncias dificultam a determinação da origem do foco de infecção, assim como o hábitat do fungo, além disso, a repercussão da infecção primária e o tempo real do período de incubação ainda continuam intrigando os pesquisadores.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Luiz Fernando Minello - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Anelise de Oliveira da da Silva Fonseca - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Greici Maia Behling - Integrante / Fabiana S.C Poetsch - Integrante / Alessandra Jacomelli Teles - Integrante / Otávia de Almeida Martins - Integrante / Melissa Orzechowski Xavier - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Carolina L. Gonçalves - Integrante / ANNA LUIZA SILVA - Integrante / ARYSE MOREIRA MARTINS - Integrante / BRUNA DANIELA DOS SANTOS VALLE - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / EMANOELE FIGUEIREDO SERRA - Integrante / FERNANDA GALLAS BENEDETTI - Integrante / GISELE BARCELOS SEBERINO - Integrante / JENNIFFER HAUSCHILDT DIAS - Integrante / JOSIARA FURTADO MENDES REDÜ - Integrante / MÁRCIA KUTSCHER RIPOLL - Integrante / STEFANIE BRESSAN WALLER - Integrante / PEDRO RASSIER DOS SANTOS - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Cryptococcus sp. e risco ambiental: ocorrência em excretas de aves ornamentais de companhia e aves em centro de reabilitação de fauna silvestre., Descrição: A saúde dos animais silvestres tem sido prejudicada pela fragmentação e degradação de seus habitats, isolamento de populações, e maior proximidade com humanos e seus animais domésticos. Animais mantidos em cativeiro ou transportados, podem ser expostos a uma variedade de patógenos, além de se tornarem carreadores potenciais de doenças infecciosas. Contudo, ainda são escassos os estudos epidemiológicos sobre o tema, incluindo o papel do homem e de outros animais, demonstrando a necessidade de vigilância de doenças infecciosas emergentes e reemergentes em coleções estáveis em função do possível risco de contágio humano. Tampouco os fungos foram devidamente estudados nos animais silvestres. Os escassos trabalhos existentes referem-se a casos isolados, carecendo de dados epidemiológicos a respeito da microbiota oral, ocular, habitante de tegumento, entre outras. A Criptococose é uma enfermidade micótica sistêmica, subaguda ou crônica, causada por C.neoformans e C.gattii e acomete a cavidade nasal, tecidos paranasais e pulmões do homem, animais domésticos e silvestres, podendo disseminar-se para o sistema nervoso central. O presente projeto propõe avaliar a presença de Cryptococcus sp. em excretas de aves ornamentais de companhia e silvestres mantidas em cativeiro e seu risco e impacto na saúde da população diretamente exposta. Serão coletadas amostras de excretas de aves hígidas ou com sinais clínicos no Núcleo de Reabilitação de Fauna Silvestre e Centro de Triagem de Animais Silvestres (NURFS/CETAS) do Instituto de Biologia (UFPel)/Pelotas-RS. As aves serão classificadas nas duas categorias, agrupadas conforme espécie, procedência, local de apreensão e presença ou não de enfermidades. As amostras serão processadas no Centro de Diagnóstico e Pesquisa em Micologia Veterinária da Faculdade de Veterinária da UFPel. Considerando a importância da criptococose, a escassez de estudos sobre o tema e o potencial risco a saúde publica, o projeto se propõe a gerar dados epidemiológicos inéditos, definindo a existência de espécies de C. neoformans e não neoformans em excretas de aves ainda não estudadas, e determinar o potencial de risco ambiental de aves de companhia e aves silvestres em cativeiro para indivíduos que mantém contato estreito com esses animais, propondo medidas de controle e profilaxia de possíveis doenças.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Luiz Fernando Minello - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Gilberto D'Avila Vargas - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Greici Maia Behling - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante / Luiza da Gama Osório - Integrante / Fabiana S.C Poetsch - Integrante / Alessandra Jacomelli Teles - Integrante / Otávia de Almeida Martins - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Renata Osório de Faria - Coordenador / Carolina L. Gonçalves - Integrante / ANNA LUIZA SILVA - Integrante / BRUNA DANIELA DOS SANTOS VALLE - Integrante / CRISTIANO SILVA DA ROSA - Integrante / EMANOELE FIGUEIREDO SERRA - Integrante / FERNANDA GALLAS BENEDETTI - Integrante / GISELE BARCELOS SEBERINO - Integrante / JENNIFFER HAUSCHILDT DIAS - Integrante / JOSIARA FURTADO MENDES REDÜ - Integrante / MÁRCIA KUTSCHER RIPOLL - Integrante / STEFANIE BRESSAN WALLER - Integrante / DANIELA ISABEL BRAYER PEREIRA - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Micro-organismos patogênicos isolados de animais silvestres recebidos em um núcleo de reabilitação, Descrição: Campylobacter jejuni, C. coli, Salmonella enterica, Escherichia coli enteropatogênicas e Yersinia enterocolitica são micro-organismos encontrados no trato intestinal de animais e que causam enfermidades em humanos. O Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (NURFS) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) recebe e trata animais silvestres que são encontrados feridos, órfãos ou oriundos do tráfico ilegal. Conhecer as espécies de animais silvestres que podem albergar bactérias capazes de causar enfermidades em humanos é fundamental para o melhor entendimento da sua epidemiologia, a qual é a base para o controle da transmissão dos micro-organismos patogênicos e a prevenção das doenças por eles causadas. O trabalho tem como objetivo verificar a presença de micro-organismos patogênicos de interesse em saúde pública em animais silvestres recebidos pelo NURFS. Durante o período de cinco anos, serão coletadas amostras de fezes, com uso de zaragatoas, dos animais que chegarem ao NURFS e encaminhadas ao laboratório para isolamento de Campylobacter, E. coli, Y. entrerocolitica e Salmonella. A confirmação de Y. entrerocolitica, assim com a identificação das espécies de Campylobacter e dos patotipos de E. coli serão determinadas por PCR. Os isolados de mesma espécie ou patotipo serão analisados por rep-PCR.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Coordenador / Ana Luisa Schifino Valente - Integrante / Luiz Fernando Minello - Integrante / CLAUDIO DIAS TIMM - Integrante / DEBORA RODRIGUES SILVEIRA - Integrante / MARINA DE MATTOS FERRASSO - Integrante / PRISCILA ALVES DIAS - Integrante / KAUANA KAEFER - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Avaliação e descrição da anatomia macro e microscópica das vísceras e demais componentes corpóreos de animais silvestres do NURFS-CETAS/UFPEL oriundos de necroscópica e/ou biópsias., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Fernando Minello em 04/01/2019., Descrição: O presente projeto tem a finalidade de realizar a avaliação e descrição morfoscópica (anatomia) macro e microscópica das vísceras e demais componentes corpóreos de animais pertencentes a fauna silvestre brasileira oriundos de biópsias, eutanáisas e necrópsias realizadas no NURFS-CETAS/UFPEL. Serão realizadas descrições anatômicas macro e microscópicas da organografia destes animais com o objetivo de seu conhecimento e divulgação, uma vez que, os conhecimentos disponíveis sobre o tema são insuficientes. Os resultados serão divulgados em periódicos especializados, congressos e similares devendo servir para a a elaboração de uma histoteca e materiais digitais que serão utilizados no ensino de graduação e pós-graduação, devendo também servir de subsídos a melhoria na manutenção dos espécimes em cativeiro ou mesmo para sua reintegração.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Ana Luisa Schifino Valente - Integrante / Luiz Fernando Minello - Coordenador / Antonio Cesar Bortowski Leites - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Greici Maia Behling - Integrante / Ana Paula Nunes - Integrante / ALTHEN TEIXEIRA FILHO - Integrante / IZABEL CRISTINA CUSTODIO DE SOUZA - Integrante / LAURA BEATRIZ OLIVEIRA DE OLIVEIRA - Integrante / LYGIA MARIA DE ALMEIDA - Integrante / MARIA GABRIELA TAVARES RHEINGANTZ - Integrante / MARLA PIUMBINI ROCHA - Integrante / RAFAEL GIANELLA MONDADORI - Integrante / ROSANGELA FERREIRA RODRIGUES - Integrante / SANDRA MARA DA ENCARNACAO FIALA RECHSTEINER - Integrante / ELIANE FREIRE ANTHONISEN - Integrante / LUIS AUGUSTO XAVIER CRUZ - Integrante / LUIS OTAVIO LOBO CENTENO - Integrante / ONAS BELTRÃO DE VARGAS ANTOLINI - Integrante / LUÍS HENRIQUE DA SILVA ROCKENBACH - Integrante / MATHEUS BERNARDON MORILLOS - Integrante / STEVAN MENDES PINHEIRO - Integrante / VITOR BONETTI HAUSER - Integrante / WILLIAN DOS SANTOS NASCIMENTO - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Quantificação de biofilme de Candida Albicans em superfícies de resinas acrílicas usada na confecção de próteses dentárias, tratadas ou não com extratatos vegetais, Descrição: Objetivo Geral Quantificar a formação do biofilme de Candida albicans em superfícies de resinas acrílicas usadas na confecção de próteses dentárias, tratadas ou não com extratos vegetais. Objetivos Específicos - Induzir a formação de biofilme de C. albicans em materiais utilizados para confecção de próteses dentárias - Quantificar a biofilme de C. albicans em materiais utilizados para confecção de próteses dentárias - Avaliar a ação de extratos vegetais de R. officinallis na capacidade de inibir a formação de biofilme de C. albicans.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Coordenador / Rafael Guerra Lund - Integrante / Flávia Biasóli Araújo - Integrante.

  • 2010 - 2016

    Estudo Retrospectivo de micoses e micotoxicoses animais na região sul do Brasil: 1978-2010, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mario Carlos Araujo Meireles em 17/04/2013., Descrição: Estudar a epidemiologia das micoses ocorridas na região de atuação do Centro de Diagnóstico e Pesquisa em Micologia Veterinária - MICVET- e do Laboratório Regional de Diagnósticos LRD, abrangendo a região sul do estado do Rio Grande do Sul, num período de tempo compreendido entre 1978 e 2010... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Marlete Brum Cleff - Integrante / Anelise de Oliveira da da Silva Fonseca - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Flávia Biasóli Araújo - Integrante.

  • 2010 - 2014

    Paracoccidioides brasiliensis: avaliação micológica e sorológica em animais silvestres na região sul do Brasil, Descrição: A paracoccidioidomicose (PCM) é uma doença de natureza granulomatosa e evolução crônica. Trata-se de uma das micoses sistêmicas endêmicas mais importantes da América Latina, destacando-se o Brasil como país com maior número de casos documentados. Duas diferentes formas clínicas de PCM são descritas, a aguda e a crônica. A forma aguda é mais grave e rara, acomete principalmente crianças e adolescentes de ambos os sexos, possui rápida e severa evolução. A forma crônica ocorre freqüentemente em trabalhadores rurais do sexo masculino, com acentuada predominância entre 30 e 50 anos de idade. O agente etiológico da PCM é o fungo termodimórfico Paracoccidioides brasiliensis, que possui o solo como habitat natural, onde é encontrado na sua fase filamentosa. Após mais de cem anos da primeira descrição da paracoccidioidomicose pouco se sabe sobre a eco-epidemiologia do fungo e importantes aspectos biológicos da interação patógeno/hospedeiro. Apesar de existir descrição destas características ambientais, pesquisas utilizando animais como sentinelas tem demonstrado que a infecção pelo fungo em áreas endêmicas parece ser mais comum do que postulado. Nas espécies silvestres, também há registros na literatura de estudos sorológicos e moleculares que revelaram a positividade da infecção pelo P. brasiliensis em diversas espécies, tais como: tatu-galinha (Dasypus novemcinctus), quati (Nasu nasua), macaco-prego (Cebus apella), sagüi-de-tufo-branco (Callithrix jacchus), gambá-de-orelha-branca (Didepphis albiventris), tatu-do-rabo-de-porco (Cabassous centralis), bugio-preto (Alouatta caraya), preá (Cavia aperea), ouriço-cacheiro (Sphiggurus spinosus), mão-pelada (Procyon cancrivorus) e furão (Gallictis vittata). Entre os animais silvestres, destaque é dado ao tatu-galinha (Dasypus novemcinctus) que por possuir um íntimo contato com o solo, além de ser considerado reservatório do P. brasiliensis também pode ser acometido por PCM, conforme já relatado. Considerando-se que o estado do Rio Grande do Sul é uma área endêmica de Paracoccidioides brasiliensis, com vários casos de paracoccidioidomicose descritos em humanos, e com poucos estudos a respeito da ecologia do agente, tornam-se necessários os estudos sobre esta infecção fúngica em animais silvestres os quais servem de sentinela para detecção da doença na região.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Alice Teixeira Meirelles Leite - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Sergio Jorge - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Greici Maia Behling - Integrante / Josiara Furtado Mendes - Integrante / Melissa Orzechowski Xavier - Integrante / Angelita dos Reis Gomes - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante.

  • 2008 - 2016

    Preservação de sêmen de aves silvestres, Descrição: O Brasil abriga uma das avifaunas mais ricas do mundo, porém lidera a lista de países com maior número de aves ameaçadas. Uma ferramenta para a recuperação destas aves em risco é a reprodução assistida, que utiliza-se de diversas biotecnologias, como a inseminação artificial com sêmen congelado. A criopreservação de sêmen possui várias vantagens, entre elas a preservação de espécies ameaçadas e a conservação da biodiversidade através da formação de bancos de genes. O objetivo deste projeto é estudar a congelabilidade do sêmen de diferentes espécies de aves recebidas pelo Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (NURFS) e Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) nos anos de 2009 e 2010. O sêmen será coletado por massagem abdominal e congelado de forma rápida, em palhetas, utilizando-se dimetilacetamida (DMA) como crioprotetor. A congelabilidade do sêmen será avaliada através da comparação da qualidade seminal antes e após processamento, através de testes de motilidade, integridade de membrana e habilidade de penetração espermática.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Coordenador / Ana Luisa Schifino Valente - Integrante / Luiz Fernando Minello - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Ana Paula Nunes - Integrante / CARINE DAHL CORCINI - Integrante / NELSON JOSE LAURINO DIONELLO - Integrante / SILVIA MARIA LANNES DE CAMPOS DA COSTA - Integrante / CAMILA DE PINHO GOTUZZO - Integrante / EMILY COSTA SILVEIRA - Integrante / TAÍS MADEIRA - Integrante / DENISE CALISTO BONGALHARDO - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Isolamento e identificação da microbiota fúngica e fungos patogênicos do pelame de animais silvestres no Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (Nurfs) e Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras - MS), Descrição: O Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre e o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres têm como objetivo específico: a recepção, triagem e destinação dos animais silvestres, oriundos de apreensões dos órgãos de fiscalização ou doações da população, onde é prestado atendimento médico veterinário com suporte laboratorial e acompanhamento biológico, visando à plena recuperação do animal para primordialmente reintegrá-lo à natureza. Com relação ao ambiente em cativeiro, apesar dos esforços dos profissionais na manutenção de um rigoroso manejo sanitário, este ambiente torna-se propício à disseminação de várias doenças, muitas delas zoonóticas. Considerando que os fungos são agentes de grande importância zoonótica, relativamente comuns em animais domésticos, e que não se tem estabelecida a freqüência e importância em animais silvestres, o presente trabalho objetiva o isolamento e identificação de fungos filamentosos e leveduriformes pertencentes à microbiota destes animais, assim como a presença de espécies com potencial patogênico. O isolamento destes agentes fúngicos é de importância uma vez que estes animais vêm sendo manipulados pelo homem em Centros de Triagem de Animais Silvestres, Zoológicos e em trabalhos de campo, possibilitando, portanto o contágio com estes agentes. O relato dos resultados, em periódicos e encontros científicos propiciará o conhecimento dos fungos presentes na microbiota dos animais silvestres, assim como o conhecimento de agentes causadores de lesões nestes animais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Luiz Fernando Minello - Integrante / OSORIO - Integrante / Anelise Afonso Martins - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Anelise de Oliveira da da Silva Fonseca - Integrante / Tatiana de Avila Antunes - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Roberta Martins Passos Humberg - Integrante / Rosema Santin - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Franklin de Moraes Vaz da Silva - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Juliana Sammario Lelling - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Pesquisa de fungos patogênicos em ambientes de Clínicas, Hospital Veterinário e Pets Shop de Pelotas/RS, Descrição: Os ambientes hospitalares são importantes reservatórios para uma grande variedade de microrganismos que podem ser responsáveis por infecções. Nos últimos anos, as infecções fúngicas adquiriram grande importância devido ao aumento de pacientes imunocomprometidos. A preocupação não deve ser apenas em ambiente hospitalar, mas também onde há um trânsito intenso de animais, como em exposições, pet shops, feiras e canis; pois nestas situações ocorrem à predisposição para o estresse que facilita a instalação de fungos oportunistas, em especial os dermatófitos. Vários estudos têm sido realizados na área de medicina humana com intuito de pesquisar a presença e classificar os agentes no ambiente de hospitais e clínicas, no entanto, na medicina veterinária são raros. O objetivo deste estudo é isolar fungos filamentosos e leveduriformes de clínicas veterinárias, pet shops e Hospital Universitário de Clínicas Veterinária da cidade de Pelotas/RS. Pela escassez deste tipo de estudo em medicina veterinária, espera-se isolar os mesmos microorganismos oportunistas presentes em ambiente hospitalar humano. Desse modo, através dos resultados obtidos despertaria a preocupação nos veterinários de que a infecção hospitalar também poderia estar presente no seu ambiente de trabalho; tendo presente esta possibilidade, procurem, assim, adotar medidas que possam diminuir a contaminação ambiental, preservando a saúde dos seus pacientes. Espera-se que ao final do projeto, após o período de uma nova desinfecção, observe-se diferença no isolamento de fungos, tendo uma boa resposta com a implantação de uma forma eficiente de desinfecção do ambiente, que deverá ser avaliada após uma segunda coleta de material.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Luiz Paiva Carapeto - Integrante / Anelise Afonso Martins - Integrante / Marcia de Oliveira Nobre - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Anelise de Oliveira da da Silva Fonseca - Integrante / Tatiana de Avila Antunes - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Silvia Ladeira - Integrante / Renata Schramm - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Rosema Santin - Integrante / Luiz Filipe Dame Schuch - Integrante / Franklin de Moraes Vaz da Silva - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Juliana Sammario Lelling - Integrante / Helen Silveira Coimbra - Integrante / Rita Rodrigues - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Avaliação e análise micológica da cavidade oral de cães do Hospital Universitário de Clínicas Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (HUCV-UFPel), de clínicas e de canis particulares da cidade de Pelotas-RS, Descrição: A doença periodontal é uma enfermidade que afeta em torno de 70-80% de cães e gatos atendidos na clínica de pequenos animais. O estabelecimento deste distúrbio depende da quantidade de crescimento bacteriano, a proporção de bactérias aeróbicas e anaeróbicas, produtos tóxicos liberados por estas bactérias e a resposta imune do hospedeiro. A microbiota da cavidade oral de cães ainda não está completamente descrita, mas sabe-se que é bastante complexa e diversificada, e que fazem parte dela grande quantidade de bactérias e algumas leveduras. Devido aos poucos estudos relacionando o estado clínico da cavidade oral de cães e as leveduras isoladas deste local, o objetivo deste trabalho é isolar e identificar a microbiota oral fúngica de cães, assim como relacionar a presença das leveduras encontradas na mucosa bucal e no biofilme dental com a doença periodontal de cães.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Luiz Paiva Carapeto - Integrante / Anelise Afonso Martins - Integrante / Marcia de Oliveira Nobre - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Anelise de Oliveira da da Silva Fonseca - Integrante / Tatiana de Avila Antunes - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Rosema Santin - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Luiz Filipe Dame Schuch - Integrante / Eduardo Negri Mueller - Integrante / Franklin de Moraes Vaz da Silva - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Rafael Guerra Lund - Integrante / Juliana Sammario Lelling - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Pesquisa de fungos patogênicos em ambientes de Clínicas, Hospital Veterinário e Pets Shop de Pelotas/RS, Descrição: Os ambientes hospitalares são importantes reservatórios para uma grande variedade de microrganismos que podem ser responsáveis por infecções. Nos últimos anos, as infecções fúngicas adquiriram grande importância devido ao aumento de pacientes imunocomprometidos. A preocupação não deve ser apenas em ambiente hospitalar, mas também onde há um trânsito intenso de animais, como em exposições, pet shops, feiras e canis; pois nestas situações ocorrem à predisposição para o estresse que facilita a instalação de fungos oportunistas, em especial os dermatófitos. Vários estudos têm sido realizados na área de medicina humana com intuito de pesquisar a presença e classificar os agentes no ambiente de hospitais e clínicas, no entanto, na medicina veterinária são raros. O objetivo deste estudo é isolar fungos filamentosos e leveduriformes de clínicas veterinárias, pet shops e Hospital Universitário de Clínicas Veterinária da cidade de Pelotas/RS. Pela escassez deste tipo de estudo em medicina veterinária, espera-se isolar os mesmos microorganismos oportunistas presentes em ambiente hospitalar humano. Desse modo, através dos resultados obtidos despertaria a preocupação nos veterinários de que a infecção hospitalar também poderia estar presente no seu ambiente de trabalho; tendo presente esta possibilidade, procurem, assim, adotar medidas que possam diminuir a contaminação ambiental, preservando a saúde dos seus pacientes. Espera-se que ao final do projeto, após o período de uma nova desinfecção, observe-se diferença no isolamento de fungos, tendo uma boa resposta com a implantação de uma forma eficiente de desinfecção do ambiente, que deverá ser avaliada após uma segunda coleta de material.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante.

  • 2008 - 2009

    ANÁLISE DO CONTEÚDO DA DIETA DE GAMBÁS-DE-ORELHA-BRANCA (Didelphis albiventris) EM UMA ÁREA FEDERAL PRÓXIMA AO CANAL SANTA BÁRBARA (COORDENADAS) CORRESPONDENTE AO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DA UPEL E ARREDORES NO MUNICÍPIO DO CAPÃO DO LEÃO, Descrição: O projeto consiste na captura de gambás-de-orelha-branca na Federal próxima ao Canal Santa Bárbara correspondente ao Campus Universitário do Capão do Leão e arredores para coleta e análise do contéudo fecal. Os animais serão mantidos em cativeiro no NURFS-CETAS/UFPEL por 24 horas (Licença IBAMA) com o objetivo de coletar sua fezes, quanti e qualificá-las visando a correlação com a sua biometria e prováveis hábitos alimentares. Os resultados serão avaliados através de análise estatística não paramétrica (adequada a amostragem decorrente de captura casuística) e servirão para um melhor conhecimento e manejo desta espécie extremamente adaptada a área antropocentrizadas. Os resultados finais e os dados obtidos servirão para a elaboração de uma monografia de conclusão de curso de Ciências Biólógicas e para publicação em periódicos da área.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Ana Luisa Schifino Valente - Integrante / Luiz Fernando Minello - Coordenador / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Marcela Elisa Pearson - Integrante / Adriana Gomes Larrondo - Integrante.

  • 2007 - 2012

    INVESTIGAÇÕES ETIOLÓGICAS E EPIDEMIOLÓGICAS PARA ENFERMIDADES EM AVES SILVESTRES E ORNAMENTAIS NA REGIÃO SUL DO RIO GRANDE DO SUL ? RS, Descrição: As aves devido as suas características biológicas podem servir de reservatórios e carreadores biológicos ou mecânicos para diversos patógenos que infectam humanos, animais de produção e companhia. O Brasil é o segundo país do mundo quanto à diversidade de aves, possuindo atualmente 1.796 espécies. As aves da fauna brasileira estão distribuídas na natureza (vida silvestre), no cativeiro em parques zoológicos, criadouros conservacionistas, científicos ou comerciais, institutos de pesquisa, centros de triagem e reabilitação, ou em residências de munícipes (criados ilegalmente como animais de estimação). No cenário atual a presença de aves silvestres pode significar o aparecimento de novas enfermidades, que devem ser pesquisadas para que, quando ocorram, não acarretem danos à população aviária e humana. No que diz respeito às aves de produção, o Brasil é o maior exportador de carne de frango do mundo, e as aves silvestres e exóticas constituem uma ameaça para o setor, principalmente aquelas oriundas de criações ilegais. A região Sul do Brasil concentra a maior parcela do plantel no país e mais de 90% das exportações, uma eventual ocorrência destas enfermidades poderá gerar graves conseqüências. Pelo que foi exposto, a implantação de uma vigilância etiológica e epidemiológica para enfermidades em aves silvestres e ornamentais na região sul do Rio Grande do Sul é de grande importância, para que se possa avaliar as enfermidades mais freqüentes nesta região podendo, assim, a partir deste conhecimento, determinar formas mais rápidas e eficientes de diagnóstico, garantindo menos perdas aos criadores e menores riscos à população.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Ana Luisa Schifino Valente - Integrante / Luiz Fernando Minello - Integrante / Mauro Pereira Soares - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Integrante / Gilberto D'Avila Vargas - Coordenador / Geferson Fisher - Integrante / Silvia de Oliveira Hübner - Integrante / Telmo Vidor - Integrante / Silvia Ladeira - Integrante / Renata Schramm - Integrante / João Luiz Montiel Ferreira - Integrante / Ana Lúcia Schild - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / SALLIS, S.E. - Integrante / Margarida B. Raffi - Integrante / L S Munhoz - Integrante / Marco Antônio Afonso Coimbra - Integrante / Jeronimo Lopes Ruas - Integrante / Luiz Filipe Dame Schuch - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Avaliação do uso do imunomodulador 1-3 β glucana associado ao Itraconazol na esporotricose experimental em modelo murino, Descrição: A esporotricose é uma micose subcutânea de evolução subaguda ou crônica, causada pelo fungo dimórfico S. schenckii afetando o homem e uma grande variedade de animais domésticos. Em felinos domésticos esta enfermidade apresenta grande importância devido a gravidade das lesões e dificuldade no tratamento. Tendo em vista que a resposta imune do hospedeiro é um dos fatores que influencia no desencadeamento da doença, e que o Itraconazol, antifúngico de eleição para tratamento tem apresentado falhas terapêuticas, o objetivo do trabalho será avaliar a eficácia do uso do imunomodulador 1-3 β glucana no tratamento da esporotricose cutânea experimental, e seu uso associado ao itraconazol. Serão utilizados 100 ratos wistar divididos em quatro grupos: grupo controle que receberá somente placebo; grupo tratado com Itraconazol; grupo tratado com Glucana; grupo tratado com associação do antifúngico ao imunomodulador. Todos os animais serão avaliados semanalmente quanto a evolução clínica da micose, e ao final de 45 dias serão necropsiados para avaliação anátomo-patológica, histopatológica e retroisolamento do agente. Espera-se ao final do experimento que a associação do imunomodulador ao antifúngico possa proporcionar a redução e cura clínica mais eficaz da esporotricose experimental, sugerindo que sua aplicação na clínica de pequenos animais contribua para diminuição do tempo de tratamento e dos casos de recidivas da micose.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / OSORIO - Integrante / Anelise Afonso Martins - Integrante / Marcia de Oliveira Nobre - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Antonella Souza Mattei - Integrante / Marlete Brum Cleff - Integrante / Anelise de Oliveira da da Silva Fonseca - Integrante / Tatiana de Avila Antunes - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Ana Lúcia Schild - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Rosema Santin - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Luiz Filipe Dame Schuch - Integrante / Cristina Gevehr Fernandes - Integrante / Laerte Ferreiro - Integrante / Eduardo Negri Mueller - Integrante / Franklin de Moraes Vaz da Silva - Integrante / Angela Leitzke Cabana - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Diagnóstico das Principais Doenças Infecciosas em Pingüins em Cativeiro, Descrição: O Centro de Recuperação de Animais Marinhos (CRAM) do Museu Oceanográfico da Fundação Universidade Federal de Rio Grande (FURG) recebe anualmente dezenas a centenas de pingüins para reabilitação. Durante este período os animais debilitados são mantidos em cativeiro, com manejo diário para alimentação e limpeza do local. As doenças infecciosas mais comuns em pingüins normalmente estão associadas com o cativeiro, e são causadas por diferentes microrganismos. A principal doença fúngica é a aspergilose, geralmente causada por Aspergillus fumigatus, e relacionada com altas taxas de mortalidade. Em relação às bactérias, a doença de maior morbidade conhecida como Bumblefoot, ou pododermatite, apresenta como principais agentes Staphylococcus sp., Pseudomonas spp. e Escherichia coli, e pode levar esses animais a morte por septicemia. Já a malária, principal enfermidade parasitária de pingüins, é causada pelo Plasmodium spp. e, assim como a aspergilose, é uma importante causa de mortalidade destes animais. O projeto visa auxiliar os profissionais do CRAM no diagnóstico de aspergilose, malária e bumblefoot, contribuindo para a prevenção e tratamento, e fornecendo dados importantes sobre a casuística e a epidemiologia destas enfermidades em pingüins em cativeiro na região sul. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / M E A Berne - Integrante / Alice Teixeira Meirelles Leite - Integrante / Mauro Pereira Soares - Integrante / Anelise Afonso Martins - Integrante / Rodolfo Pinho da Silva Filho - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Marlete Brum Cleff - Integrante / Tatiana de Avila Antunes - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Silvia Ladeira - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Helen Silveira Coimbra - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante.

  • 2006 - 2010

    Avaliação da terapia com fluconazol associado a 1-3 β glucana na criptococose experimental, Descrição: A Criptococose é uma enfermidade micótica sistêmica que acomete os homens, animais domésticos e silvestres. O estabelecimento e a disseminação da infecção são altamente dependentes da imunidade do hospedeiro suscetível, sendo que indivíduos imunossuprimidos são mais suscetíveis . Dentre as micoses sistêmicas, a criptococose se destaca pela dificuldade no tratamento, gravidade e alta mortalidade. Em Medicina Veterinária, é reconhecida como a micose sistêmica de maior ocorrência na clínica de felinos, especialmente em animais com enfermidades imunodepressivas, como a Leucemia Felina (FelV) e a Síndrome da Imunodeficiência Felina (FIV). Com isto, esse estudo visa avaliar o efeito do imunomodulador 1-3 β glucana associado ao fluconazol no tratamento da criptococose experimental sistêmica. Espera-se que o imunomodulador melhore a resposta imune do hospedeiro e em associação ao fluconazol, proporcione a redução do tempo de tratamento e melhora as perspectivas de cura clínica para criptococose sistêmica experimental em ratos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Anelise Afonso Martins - Integrante / Marcia de Oliveira Nobre - Integrante / Mario Carlos Araujo Meireles - Coordenador / Marlete Brum Cleff - Integrante / Tatiana de Avila Antunes - Integrante / Isabel Martins Madrid - Integrante / Renata Osório de Faria - Integrante / Margarida B. Raffi - Integrante / Rosema Santin - Integrante / Patrícia da Silva Nascente - Integrante / Luiz Filipe Dame Schuch - Integrante / Cristina Gevehr Fernandes - Integrante / Ana Raquel Mano Meinerz - Integrante.

  • 2004 - 2007

    Estudo da fórmula dentária e apresentação clínica dos dentes e cavidade oral de animais apresentados para triagem e/ou reabilitação no NURFS-CETAS/UFPEL, Descrição: Realizar o estudo da formulação dentária e a apresentação clínica oral dos mamíferos que ingressarem no NURFS-CETAS/UFPEL: Específicos: oportunizar uma maior integração entre profissionais da área odontológica, veterinária e biológicae, através de ações integradas, atender uma demandaespecífica relacionadas a formulação dentária e saúde oral de mamíferos ingressados no NURFS-CETAS/UFPEL para sua posterior divulgação; oportunizar treinamento de mão-de-obra para atuação no NURFS-CETAS/UFPEL no que se refere a avaliação da fórmua dentária e também de saúde oral de mamíferos apresentados a este órgão.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Ana Paula Neuschrank Albano - Integrante / Milton Oliveira Amado - Integrante / Luiz Fernando Minello - Coordenador / Ademar Fonseca - Integrante / Antonio Cesar Bortowski Leites - Integrante / Renato Azevedo de Azevedo - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Pelotas - Outra.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2004

Amigo da Brigada Militar, 3° Cia Ambiental da Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Pelotas, Hospital de Clínicas Veterinária. , Campus Universitário do Capão do Leão, Caixa Postal 354, Capão do Leão, 96010900 - Pelotas, RS - Brasil, Telefone: (053) 32757292, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - 2015

    Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária

  • 2006 - 2007

    Centro de Reabilitação de Animais Silvestres

    Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estágio curricular, Carga horária: 600

  • 2005 - 2005

    Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 40

    Atividades

    • 02/2005 - 03/2005

      Estágios , Parque Zoológico, Hospital Veterinário.,Estágio realizado, Clinica, cirurgia e manejo de animais selvagens.

  • 2014 - Atual

    Centro de Recuperação de Animais Marinhos

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária

    Outras informações:
    Total de 1290 horas

  • 2008 - 2008

    Centro de Recuperação de Animais Marinhos

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 56

    Outras informações:
    Participação em conjunto com a equipe do Centro de Recuperação Animais Marinhos, na resposta à emergência com pinguins de Magalhães impactados por petróleo nas praias de Florianópolis - SC

  • 2007 - 2007

    Centro de Recuperação de Animais Marinhos

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Participação em conjunto com a equipe do Centro de Recuperação de Animais Marinhos - Cram, na resposta à emergência com a fauna, na Refinaria de Petróleo Alberto Pasqualini, Canoas - RS

  • 2004 - 2007

    Centro de Recuperação de Animais Marinhos

    Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Estágio extra curricural no Centro de Recuperação de Animais Marinhos do Museu Oceanográfico Eliézer de Carvalho Rios, onde é desenvolvido trabalhos para a preservação da fauna marinha, especialmente pingüins e outros animais de diversos locais do país, os quais são identificados, pesados e examinados, recebendo tratamento específico, e sendo alojados até que estejam em condições plenas para sua liberação ao habitat natural.

    Atividades

    • 12/2006

      Estágios , Museu Oceanográfico de Carvalho Rios, Furg.,Estágio realizado, Acompanhamento no recebimento, manejo e reabilitação da fauna marinha da região.

  • 2004 - 2006

    Clínica Veterinária Dr. Paulo Sampaio

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 4

  • 2018 - Atual

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Administração Hospital de Clínicas Veterinári

    Outras informações:
    Cargo ou função: Gerência do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel.

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Auxiliar de Veterinária e Zootecnia, Carga horária: 40

  • 2018 - 2018

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Atua como Médica Veterinária voluntária, prestando atendimentos clínico de animais silvestres e exóticos na rotina do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel, totalizando 96 horas.

  • 2018 - 2018

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Atua como Médica Veterinária voluntária, prestando atendimentos clínico de animais silvestres e exóticos na rotina do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel, totalizando 96 horas.

  • 2017 - 2017

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Atua como Médica Veterinária voluntária, prestando atendimentos clínico de animais silvestres e exóticos na rotina do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel, totalizando 96 horas.

  • 2017 - 2017

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Atua como Médica Veterinária voluntária, prestando atendimentos clínico de animais silvestres e exóticos na rotina do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel, totalizando 96 horas.

  • 2016 - 2016

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Atua como Médica Veterinária voluntária, prestando atendimentos clínico de animais silvestres e exóticos na rotina do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel, totalizando 96 horas.

  • 2016 - 2016

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Atua como Médica Veterinária voluntária, prestando atendimentos clínico de animais silvestres e exóticos na rotina do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel, totalizando 96 horas.

  • 2015 - 2015

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Atua como Médica Veterinária voluntária, prestando atendimentos clínico de animais silvestres e exóticos na rotina do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel, totalizando 96 horas.

  • 2007 - 2014

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Médica Veterinária do Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre e Centro de Triagem de Animais Silvestres da Universidade Federal de Pelotas, atuando na recepção, triagem e destinação de fauna silvestre.

  • 2005 - 2007

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Técnico de nível médio, Enquadramento Funcional: Técnico de nível médio, Carga horária: 40

  • 2006 - 2006

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 8

    Outras informações:
    Estagiário do Laboratório de Doenças Infecciosas - Setor Micologia

  • 2005 - 2005

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Técnica em manutenção de fauna

    Outras informações:
    Participação do Projeto de Extensão "Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre", totalizando 320 horas.

  • 2000 - 2005

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Atividades de reabilitação, manejo e preparo de recintos para animais silvestres apreendidos pelo IBAMA e Policiamento Ambiental, ou animais trazidos pela comunidade.

  • 2001 - 2003

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Estagiário no Biotério Central da UFPel do Projeto Silagem ácida de pescado como fonte de farinha e óleo - estudo físico-químico e microbiológico

  • 2000 - 2001

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Estagiário voluntário do Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre

    Atividades

    • 02/2018

      Direção e administração, FV - Faculdade de Veterinária, .,Cargo ou função, Gerência do Hospital de Clínicas Veterinária - UFPel..

    • 05/2000

      Estágios , Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre, Instituto de Biologia.,Estágio realizado, Reabilitação de Animais Silvestres.

    • 04/2017 - 12/2018

      Extensão universitária , FV - Faculdade de Veterinária, .,Atividade de extensão realizada, Colaborador no projeto "Medicina Veterinária na promoção da saúde humana e animal: ações em comunidades carentes como enfrentamento da desigualdade social", totalizando 85 horas..

    • 03/2017 - 12/2018

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Formação e qualificação de recursos humanos para atuação nas distintas interfaces relacionadas ao bem estar da fauna silvestre brasileira no Nurfs-Cetas/Ufpel

    • 01/2018 - 08/2018

      Extensão universitária , FV - Faculdade de Veterinária, .,Atividade de extensão realizada, Colaborador no projeto "Atendimento no Hospital de Clínicas Veterinária para treinamento em serviço e formação de recursos humanos", totalizando 93 horas..

    • 03/2017 - 03/2018

      Extensão universitária , FV - Faculdade de Veterinária, .,Atividade de extensão realizada, Colaborador no projeto "Atendimento no Hospital de Clínicas Veterinária de animais provenientes das prefeituras da região para treinamento em serviço e formação de recursos humanos", totalizando 1043 horas..

    • 03/2017 - 03/2018

      Extensão universitária , FV - Faculdade de Veterinária, .,Atividade de extensão realizada, Colaborador no projeto "Atendimento no Hospital de Clínicas Veterinária de animais oriundos do recolhimento em via pública por parte da Polícia Rodoviária Federal e Empresa Concessionária de Rodovias do Sul S/A", totalizando 1043 horas..

    • 08/2016 - 08/2017

      Extensão universitária , FV - Faculdade de Veterinária, .,Atividade de extensão realizada, Colaborador no projeto "Atendimento no Hospital de Clínicas Veterinária para treinamento em serviço e formação de recursos humanos", totalizando 80 horas..

    • 08/2015 - 12/2016

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Formação, capacitação e qualificação básica para atuação junto aos cuidados e bem-estar de animais pertencentes a fauna silvestre brasileira e exóticos sob guarda do Nurfs-Cetas/Ufpel

    • 08/2015 - 12/2016

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Formação, capacitação e qualificação básica para atuação junto aos cuidados e bem-estar de animais pertencentes a fauna silvestre brasileira e exóticos sob guarda do Nurfs-Cetas/Ufpel

    • 06/2015 - 05/2016

      Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Formação de recursos humanos em zootecnia de precisão Zooprec/UFPel

    • 09/2015 - 09/2015

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.,Cargo ou função, Membro da Comissão Científica do II Congresso de Extensão e Cultura.

    • 06/2014 - 06/2015

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ensino direcionado a qualificação específica na graduação e pós-graduação de recursos humanos para a atuação no manejo e cuidados à saúde e bem estar de animais pertencentes à fauna silvestre brasileira e/ou exótica

    • 11/2012 - 11/2013

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Elaboração de material didático voltado à melhiria do processo ensino/aprendizagem nas aulas práticas e teóricas das disciplinas de Anatomia do Desenvolvimento (Embriologia) ministradas aos cursos de graduação da Ufpel

    • 07/2011 - 07/2012

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Elaboração de material didático voltado à melhoria do processo ensino/aprendizagem nas aulas práticas e teóricas das disciplinas de Anatomia do Desenvolvimento (Embriologia) ministradas aos Cursos de Graduação da Ufpel

    • 05/2009 - 06/2012

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ensino direcionado a qualificação específica, na graduação e pós-graduação, de recursos humanos para a atuação no manejo e cuidados a saúde e bem estar de animais pertencentes a fauna silvestre brasileira

    • 11/2006 - 12/2008

      Extensão universitária , DVP - Departamento de Veterinária Preventiva, .,Atividade de extensão realizada, Colaborador e participante no projeto "Diagnóstico Micológico para a Clínicas Veterinárias para Pequenos Animais", totalizando 48 horas..

    • 01/2006 - 12/2006

      Extensão universitária , Instituto de Biologia, .,Atividade de extensão realizada, Técnica em manutenção de fauna no projeto "Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre, totalizando 2080 horas..

    • 01/2005 - 12/2005

      Extensão universitária , Instituto de Biologia, .,Atividade de extensão realizada, Técnica em manutenção de fauna, totalizando 320 horas.

    • 01/2005 - 12/2005

      Extensão universitária , Instituto de Biologia, .,Atividade de extensão realizada, Estagiária no projeto "Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre", totalizando 750 horas..

    • 04/2001 - 12/2003

      Estágios , Biotério Central, Laboratório de Experimentação Animal.,Estágio realizado, Experimentação Animal.

  • 1997 - 1998

    Refinaria de Petróleo Ipiranga S A

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40

    Atividades

    • 04/1997 - 04/1998

      Estágios , Refinaria de Petróleo Ipiranga S A, .,Estágio realizado, Técnico Industrial em mecânica - totalizando 2120h.

  • 2008 - 2014

    Ka´aguy Consultoria Ambiental Ltda

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária

    Outras informações:
    Programa de Monitoramento de Fauna Terrestre ? Contenção química e acompanhamento de felinos e canídeos silvestres no âmbito da atividade de Monitoramento de Espacial de Carnívoros (uso de rotas de fuga por meio de telemetria). Programa de Resgate e Afugentamento de Fauna ? Atendimento especializado a fauna silvestre que pontualmente sofreu injúrias relacionados as obras. Totalizando 7400 horas

  • 2015 - 2018

    ÁREA DE VIDA ? ASSESSORIA E CONSULTORIA EM BIOLOGIA E MEIO AMBIENTE LTDA

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária

    Outras informações:
    Programa de Monitoramento de Fauna Terrestre ? Contenção química e acompanhamento de felinos e canídeos silvestres no âmbito da atividade de Monitoramento de Espacial de Carnívoros (uso de rotas de fuga por meio de telemetria). Programa de Resgate e Afugentamento de Fauna ? Atendimento especializado a fauna silvestre que pontualmente sofreu injúrias relacionados as obras. Totalizando 700 horas.