Andressa Doré Foggiato

Acadêmica de Graduação em Jornalismo na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e bolsista FAPERGS de Iniciação Científica (PIBIC) no Grupo de Pesquisa Comunicação, Identidades e Fronteiras da UFSM.

Informações coletadas do Lattes em 09/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Comunicação Social - Jornalismo

2013 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria

Ensino Médio (2º grau)

2011 - 2012

Escola Estadual de Ensino Médio Cilon Rosa

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Técnicas Básicas do Jornalismo de Dados. (Carga horária: 25h). , Knight Center, MOOC, Estados Unidos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

FOGGIATO, A. D. . II Colóquio Mídia Interação e Estudos Fronteiriços. 2015. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Colóquio 100/20: jornalismo na era da internet - Novas plataformas, debate público e agendamento na era da internet. 2016. (Outra).

XVII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul. Curadoria: uma nova possibilidade para a produção jornalística. 2016. (Congresso).

10º Encontro Nacional de História da Mídia.De cinturões de miséria a exército de consumidores. Evolução do narrar a periferia metropolitana no século XXI. 2015. (Encontro).

30º Salão de Iniciação Científica - Jornada Acadêmica Integrada.Cinturões de miséria: a abordagem da revista veja sobre as periferias brasileiras de 2001. 2015. (Encontro).

3ª Conferência Nacional de Juventude.Realidade da Educação Brasileira: conhecimentos e perspectivas de acesso ao ensino superior por alunos do ensino médio público. 2015. (Outra).

40ª Semana Acadêmica da Comunicação - Secom. 2015. (Outra).

Encontro com Profissional. 2015. (Outra).

II Colóquio Internacional do Grupo de Pesquisa Comunicação, Identidades e Fronteiras.. 2015. (Outra).

PET - Comunicação Social da Universidade Federal de Santa Maria.Grupos de Pesquisa da FACOS. 2015. (Encontro).

39º SECOM. 2014. (Outra).

Comunicação Online: bem vindo a nova Era. 2014. (Oficina).

Rede Social: fale pouco, responda certo e mensure muito. 2014. (Oficina).

Sessão de Estudos - PET. 2014. (Outra).

XV Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul. O usuário como produtor de conteúdo frente às grandes mídias. 2014. (Congresso).

XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. A posição da revista Veja no confronto fronteiriço entre brasileiros e paraguaios. 2014. (Congresso).

28º JORNADA ACADÊMICA INTEGRADA DA UFSM. 2013. (Exposição).

I Colóquio Internacional "Mídia, Globalização, e Estudos Fronteiriços". 2". 2013. (Outra).

Solidarização - Ideias transformadas em atitudes. 2013. (Outra).

I CICLO DE ESTUDOS SOBRE CULTURA AFRO-BRASILEIRA. 2010. (Outra).

IX OLIMPÍADA DE QUÍMICA DO RIO GRANDE DO SUL. Prova Objetiva. 2010. (Olimpíada).

XVIII ENCONTRO DE ESTAGIÁRIOS E SUPERVISORES DE ESTÁGIOGIO. 2010. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

VIVIANE BORELLI

BORELLI, Viviane; STORCH, L. S.;WINCH, R. R.. Ética e deontologia no jornalismo investigativo - uma análise dos processos de apuração da reportagem Máfia das próteses. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social - Jornalismo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Rafael Rangel Winch

STORCH, L. S.; BORELLI, V.;WINCH, R. R.. Ética e deontologia no jornalismo investigativo: uma análise dos processos de apuração da reportagem Máfia das Próteses. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social - Jornalismo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ada Cristina Machado Silveira

Pelos olhos de terceiros; Poder e imaginário na cobertura jornalística de periferias; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Comunicação Social - Jornalismo) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Ada Cristina Machado Silveira;

Laura Strelow Storch

Máfia das Próteses: a relação entre repórter e reportagem; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Comunicação Social - Jornalismo) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Laura Strelow Storch;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FOGGIATO, A. D. ; HARTMANN, C. ; SILVEIRA, A. C. M. ; GUIMARAES, I. P. ; SCHWARTZ, C. . A hipervisibilidade das favelas cariocas nas notícias da 'Cidade Maravilhosa'.. In: José Isaías Venera; Marcio R. S. Fernandes; Nadja de C. Lamas; Silvio S. de Mattos. (Org.). Comunicação na Sociedade do Espetáculo.. 1ed.São Paulo: Intercom, 2016, v. , p. 107-134.

  • FOGGIATO, A. D. ; SILVEIRA, A. C. M. ; DALMOLIN, A. R. ; SILVA, R. . O conflito fronteiriço entre brasileiros e paraguaios e a posição editorial de Veja11. In: Ada Cristina Machado da Silveira; Isabel Padilha Guimarães. (Org.). Conexões (trans)fronteiriças. Mídia, noticiabilidade e ambivalência. 1ed.Foz do Iguaçu: EdUnila, 2016, v. , p. 110-121.

  • FOGGIATO, A. D. ; LIMA, J. B. . Qual o rastro deixado por você?. .txt, 13 jun. 2015.

  • FOGGIATO, A. D. ; LIMA, J. B. ; HARTMANN, C. . Qual a trajetória que te guia?. Fora de Pauta, p. 14 - 16, 02 mar. 2015.

  • FOGGIATO, A. D. . Nova forma de ingresso na UFSM. .txt, Santa Maria, p. 10 - 11, 30 jun. 2014.

  • FOGGIATO, A. D. ; LIMA, J. B. ; STORCH, L. S. . Curadoria: uma nova possibilidade para a produção jornalística. In: XVII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul, 2016, Curitiba. Anais do XVII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul, 2016.

  • FOGGIATO, A. D. ; SILVEIRA, A. C. M. ; HARTMANN, C. ; GUIMARAES, I. P. ; SCHWARTZ, C. . De cinturões de miséria a exército de consumidores. Evolução do narrar a periferia metropolitana no século XXI. In: 10º Encontro Nacional de História da Mídia, 2015, Porto Alegre. Anais do 10º Encontro Nacional de História da Mídia, 2015.

  • FOGGIATO, A. D. ; DALMOLIN, A. R. ; SILVEIRA, A. C. M. . A posição da revista Veja no conflito fronteiriço entre brasileiros e paraguaios. In: XXXVII Congresso de Ciências da Comunicação, 2014, Foz do Iguaçu. IJ-DT1: Intercom Júnior - Jornalismo, 2014.

  • FOGGIATO, A. D. ; HARTMANN, C. ; POZZOBON, T. . O usuário como produtor de conteúdo frente às grandes mídias. In: XV Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul, 2013, Palhoça. IJ: Rádio, TV e Internet, 2014.

  • FOGGIATO, A. D. ; SILVEIRA, A. C. M. . Cinturões de miséria: a abordagem da revista veja sobre as periferias brasileiras de 2001. In: Jornada Acadêmia Integrada, 2015, Santa Maria. Anais.

  • FOGGIATO, A. D. ; LIMA, J. B. ; STORCH, L. S. . Curadoria: uma nova possibilidade para a produção jornalística. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FOGGIATO, A. D. ; HARTMANN, C. ; GUIMARAES, I. P. ; SILVEIRA, A. C. M. ; SCHWARTZ, C. . De cinturões de miséria a exército de consumidores. Evolução do narrar a periferia metropolitana no século XXI1. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FOGGIATO, A. D. ; HARTMANN, C. ; GUIMARAES, I. P. ; SILVEIRA, A. C. M. ; SCHWARTZ, C. . De cinturões de miséria a exército de consumidores. Evolução do narrar a periferia metropolitana no século XXI. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FOGGIATO, A. D. ; SILVEIRA, A. C. M. . Cinturões de miséria: a abordagem da revista veja sobre as periferias brasileiras de 2001. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FOGGIATO, A. D. ; HARTMANN, C. ; LIMA, J. B. ; PAULA, L. M. . Realidade da Educação brasileira: conhecimentos e perspectivas de acesso ao ensino superior por alunos do ensino médio público. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FOGGIATO, A. D. ; DALMOLIN, A. R. ; SILVEIRA, A. C. M. ; SILVA, R. . A posição da revista Veja no confronto fronteiriço entre brasileiros e paraguaios. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FOGGIATO, A. D. ; HARTMANN, C. ; POZZOBON, T. . O usuário como produtor de conteúdo frente às grandes mídias.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

FOGGIATO, A. D. ; HARTMANN, C. ; LIMA, J. B. ; TAVARES, L. ; SANTI, M. ; LONDERO, V. . Vídeo Institucional Ong Infância-Ação. 2015. (Produção de vídeo).

FOGGIATO, A. D. ; HARTMANN, C. ; LIMA, J. B. . Ocupação. 2015. (Produção de vídeo).

SILVEIRA, A. C. M. KURTZ, A. S. DALMOLIN, A. R. TREVISAN, A. L. ESTRADA, A. M. FAGUNDES, A. L. O. GARCIA, A. VENTURA, A. FAUSTO NETO, A. KEGLER, B. SILVA, C. M. SANCHOTENE, C. ORELLANA, C. ALMEIDA, E. S. PEDROSO, E. R. F. DUARTE, E. B. ZAGO, G. S. GUIMARAES, I. P. BARROS, J. FABRICIO, L. LAGE, L. BIGONOL, L. D. BASTOS, M. T. WEBER, M. H. CASTRO, M. L. D. , et al. ROSSATO, N. D. SILVA, R. H. R. F. SOUZA, R. M. MORETZSOHN, S. D. FOGGIATO, A. D. ; Midiatização da tragédia de Santa Maria. 2014. (Editoração/Coletânea).

FOGGIATO, A. D. . Revista .txt. 2014. (Revisão).

FOGGIATO, A. D. . Revista Fora de Pauta. 2014. (Revisão).

SILVEIRA, A. C. M. GARCIA, A. KURTZ, A. S. DALMOLIN, A. R. TREVISAN, A. L. VENTURA, A. FAGUNDES, A. L. O. ESTRADA, A. M. ORELLANA, C. SANCHOTENE, C. SILVA, C. M. ALMEIDA, E. S. PEDROSO, E. R. F. DUARTE, E. B. ZAGO, G. S. GUIMARAES, I. P. BARROS, J. FABRICIO, L. LAGE, L. BRIGNOL, L. D. BASTOS, M. T. WEBER, M. H. CASTRO, M. L. D. ROSSATTO, N. D. SILVA, R. H. R. F. , et al. SOUZA, R. M. MORETZSOHN, S. D. FAUSTO NETO, A. KEGLER, B. FOGGIATO, A. D. ; Midiatização da tragédia de Santa Maria. 2014. (Revisão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - Atual

    Blindagem Midiática. O questionamento comunicacional da mediação jornalística, Descrição: A aparição das redes sociais formula um profundo questionamento ao trabalho jornalístico. Muitos coletivos, como são denominados os grupos militantes em movimentos sociais, vêm vetando a colaboração com a atividade profissional jornalística. No entanto, as ameaças externas ao jornalismo datam de muito longe. A emergência do cenário da comunicação compartilhada supõe o reconhecimento da superação do paradigma informacional em favor do paradigma interacional. Ao estudar as origens da atividade jornalística, identifica-se o jornalismo literário e sua deontologia impregnada dos valores da modernidade. Em oposição a ele, destaca-se um jornalismo empresarial imbuído dos valores de um mercado internacional de bens e serviços, a globalização. Na esteira disso, surge o jornalismo colaborativo, promovendo novas bases para a credibilidade jornalística. Se, de parte da sociedade observa-se o questionamento comunicacional da mediação jornalística, de parte da corporação observa-se o inverso, ou seja, o questionamento da abordagem comunicacional por parte dos jornalistas. Essa perspectiva observa repercussões no âmbito acadêmico, especialmente na formulação de diretrizes para formação de novas gerações de profissionais do jornalismo... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Andressa Doré Foggiato - Integrante / CAMILA HARTMANN - Integrante / LENON MARTINS DE PAULA - Integrante / Ada Cristina Machado Silveira - Coordenador / Isabel Padilha Guimarães - Integrante / clarissa Schwartz - Integrante.

  • 2011 - Atual

    A ambivalência de fronteiras e favelas na cobertura jornalística sobre as periferias, Descrição: O horizonte da globalização apresenta diversas possibilidades atraentes: fluxo facilitado de bens de consumo, intercâmbio econômico e cultural, deslocamentos internacionais e mútuo conhecimento de populações até então segregadas pelas fronteiras do estado-nação. As noções definidoras dos estigmas sociais são as que podem ser identificadas ao constatar-se a realidade marcada pela violência urbana e rural, terrorismo, exclusão social e contravenções legais. Os estigmas, ou categorias invariantes, repetem-se não em termos de conteúdos, mas de articulação em relação a uma estrutura. Objetivo - reconhecer e refletir sobre os efeitos de sentido nas narrativas da mídia impressa quanto ao reforço ou questionamento de estigmas sociais. Abordagem teórico-metodológica - Giro lingüístico é a expressão que no século XX alude a um novo interesse pela linguagem, questionando a prioridade da linguagem científica sobre a linguagem cotidiana. Neste sentido, o jornalismo como prática social teria um lócus privilegiado no âmbito das preocupações lingüísticas. Com o giro lingüístico a linguagem deixa de ser meio de construção e/ou expressão das idéias para ser constituinte de nosso pensamento, conforme propugnou o filósofo Richard Rorty. Rompendo com a hegemonia da perspectiva do significante, através da sociossemiótica procura-se enxergar o lugar do leitor fronteiriço como um espaço social de significação. Aos leitores se justifica finalisticamente a produção das publicações, as quais se encontram localizadas naqueles mesmos locais sobre os quais - e nunca de onde - pretende-se falar ou realizar uma cobertura do acontecimento jornalístico... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Andressa Doré Foggiato - Integrante / Ada Cristina Machado Silveira - Coordenador / Isabel Padilha Guimarães - Integrante / Aline Roes Dalmolin - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica (CAPES), Carga horária: 20

  • 2016 - 2016

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Monitoria na Disciplina Digital III, sob orientação da professora Laura Storch.

  • 2015 - Atual

    Câmara de Vereadores de Santa Maria

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30

  • 2015 - Atual

    Revista Aco

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 12