Giulia de Almeida Rocha

Possui graduação em andamento em Ciências Biológicas (habilitação em Biotecnologia) pelo Instituto Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é aluna de iniciação científica do Laboratório de Cocos Patogênicos e Microbiota, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Microbiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: microbiota, biofilme, anti-virulência, antimicrobiano, staphylococcus epidermidis, staphylococcus aureus.

Informações coletadas do Lattes em 17/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Ciências Biológicas

2015 - Atual

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Ensino Médio (2º grau)

2012 - 2014

Colégio e Curso Ponto de Ensino

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Extensão universitária em Patologias e Neoplasias Ginecológicas e Obstétricas. (Carga horária: 45h). , Universidade Candido Mendes, UCAM, Brasil.

2017 - 2017

Noções Básicas de Segurança em Laboratório e Combate à Princípios de Incênc. (Carga horária: 4h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, IFRJ, Brasil.

2017 - 2017

Estilos de Vida Sustentável. (Carga horária: 30h). , Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal, MMA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

9ª Semana de Inegração Acadêmica da UFRJ.Avaliação do efeito de moléculas secretadas por cepas comensais de Staphylococcus epidermidis no crescimento e produção de biofilme de Staphylococcus aureus. 2018. (Outra).

XXIV Semana de Microbiologia e Imunologia (UFRJ).Avaliação do efeito de moléculas secretadas por cepas comensais de Staphylococcus epidermidis no crescimento e produção de biofilme de Staphylococcus aureus. 2018. (Outra).

III Simpósio de Biotecnologia (IFRJ). 2017. (Simpósio).

II Simpósio de Biotecnologia (IFRJ). 2016. (Simpósio).

I Simpósio de Biotecnologia (IFRJ). 2015. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Thaís Souza Silveira

FERREIRA, R. B. R.; ANTUNES, L. C. M.;MAJEROWICZ, T. S. S.. Efeito de moléculas secretadas por cepas de Staphylococcus spp. no crescimento e produçâo de biofilme por espécies patogênicas de Staphylococcus. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.

Luis Caetano Martha Antunes

ANTUNES, L. C. M.. Efeito de moléculas secretadas por cepas de Staphylococcus spp. no crescimento e na produção de biofilme por espécies patogênicas de Staphylococcus. 2019.

Rosana Barreto Rocha Ferreira

Luis Caetano AntunesFERREIRA, R. B. R.. Efeito de moléculas secretadas por cepas de Staphylococcus spp. no crescimento e na produção de biofilme por espécies patogênicas de Staphylococcus. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Thaís Glatthardt da Silva dos Santos

EFEITO DE MOLÉCULAS SECRETADAS POR CEPAS DE Staphylococcus spp; NO CRESCIMENTO E PRODUÇÂO DE BIOFILME POR ESPÉCIES PATOGÊNICAS DE Staphylococcus; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro; Orientador: Thaís Glatthardt da Silva dos Santos;

Rosana Barreto Rocha Ferreira

IDENTIFICAÇÃO DE MOLÉCULAS SECRETADAS POR Staphylococcus aureus NO CRESCIMENTO E PRODUÇÂO DE BIOFILME DE Staphylococcus pseudintermedius; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Ciências (Microbiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Rosana Barreto Rocha Ferreira

EFEITO DE MOLÉCULAS SECRETADAS POR CEPAS DE Staphylococcus spp; NO CRESCIMENTO E PRODUÇÂO DE BIOFILME POR ESPÉCIES PATOGÊNICAS DE Staphylococcus; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rosana Barreto Rocha Ferreira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ROCHA, G. A. ; GLATTHARDT, T. ; COIMBRA, T. F. S. ; FERREIRA, R. B. R. . Avaliação do efeito de moléculas secretadas por cepas comensais de Staphylococcus epidermidis no crescimento e produção de biofilme de staphylococcus aureus. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Efeito de moléculas secretadas por cepas de Staphylococcus spp. no crescimento e producão de biofilme por espécies patogênicas de Staphylococcus, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Giulia de Almeida Rocha - Integrante / Thais Glatthardt - Integrante / Rosana Barreto Rocha Ferreira - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2018 - Atual

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluna de iniciação científica, Carga horária: 20

2017 - 2017

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitora em evento científico, Carga horária: 13

Outras informações:
Atuação como monitora na XXXVII Semana da Química: Sustentabilidade e Diversidade Através da Ciência.

2016 - 2017

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora de laboratório, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Monitora do Laboratório de Biotecnologia com ênfase no auxílio de aulas práticas, a partir do preparo de soluções e autoclavação de materiais