Leonardo Garcia Santos Gandolfi

É professor de Literatura Portuguesa na Universidade Federal de São Paulo. Possui graduação em Letras (Português-Literaturas) pela Universidade Federal Fluminense (2004), mestrado em Literatura Portuguesa (2007) e doutorado em Literatura Comparada (2012) na mesma universidade. Tem publicações na área de Literatura Comparada, com ênfase em Literatura Portuguesa e Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: poesia e narrativa portuguesa, poesia brasileira e artes plásticas. É autor dos livros de poemas "No entanto d'água" (2006), "A morte de Tony Bennett" (2010), "Escala Richter" (2015) e "Minhas férias" (2016).

Informações coletadas do Lattes em 28/05/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Literatura Comparada

2008 - 2012

Universidade Federal Fluminense
Título: Entre Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto -- Errar a paisagem
Ida Maria Santos Ferreira Alves. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Carlos de Oliveira; João Cabral de Melo Neto; Prosopopeia; Paisagem.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

Mestrado em Letras

2005 - 2007

Universidade Federal Fluminense
Título: Mundo comum e povoamento da paisagem: ler com "O Aprendiz de feiticeiro" de Carlos de Oliveira,Ano de Obtenção: 2007
Ida Maria Santos Ferreira Alves.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Poesia Portuguesa; Mímesis; Carlos de Oliveira; Leitura; Poesia Portuguesa Moderna.

Graduação em Letras Português Literaturas

2000 - 2004

Universidade Federal Fluminense
Título: Diálogos e Silêncios na Poesia Portuguesa do Século XX: décadas de 10 a 60 (2001-2003); Poetas-críticos: modos de ver e escrever a cultura portuguesa (2003-2004)
Orientador: Ida Maria Santos Ferreira Alves
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Pouco, Lê Pouco.

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Portuguesa/Especialidade: Literatura Portuguesa.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes Plásticas.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

Organização de eventos

POMA, P. ; GANDOLFI, L. . Jornada Manuel Antonio Pina. 2018. (Congresso).

GANDOLFI, L. . II Colóquio de investigações do poético: poesia contemporânea. 2014. (Congresso).

Participação em eventos

Desimaginar o mundo com Manuel António Pina 2019.Manuel António Pina e nem isto me pertence. 2019. (Seminário).

IV Colóquio Internacional Interlocuções Poéticas Brasil-Portugal. Carlos de Oliveira e o Brasil. 2019. (Congresso).

Jornadas sobre Tradução. Sobre a dublagem de Traffic. 2019. (Congresso).

II Colóquio Internacional de Poesia Portuguesa Moderna e Contemporânea. As janelas de Carlos de Oliveira. 2018. (Congresso).

IV COLÓQUIO DE INVESTIGAÇÕES DO POÉTICO ? OS LIMITES DA POESIA. A minha voz do outro: 'Natalie Wood' de Tiago Rodrigues. 2018. (Congresso).

Literatura e teoria no século XXI.Em trânsito: Poesia Pós-Conceitual. 2016. (Encontro).

Ciclo de debates em Estudos Literários.Cesário Verde e Camilo Pessanha: uma introdução à modernidade. 2015. (Outra).

III Colóquio Internacional Interdisciplinar Literatura, Viagem e Turismo cultural no Brasil, em em França e em POrtugal. Habitação, povoamento, Manuel António Pina. 2015. (Congresso).

Orpheu canta para Cleonice. A vida de Coelho Pacheco. 2015. (Congresso).

Um dia de Camões 4.Dobrar o Cabo das Tormentas: uma fábula. 2015. (Encontro).

Colóquio "Poetas em anos de prosa". Da transcrição à rasura. 2014. (Congresso).

Colóquio "Poetas em anos de prosa". Bate-papo com escritores. 2014. (Congresso).

II Colóquio de investigações do poético: poesia contemporânea.Depois da prosa. 2014. (Seminário).

II Jornada de Literatura Contemporânea da Unifesp.Poesia e ensaio. 2013. (Outra).

Colóquio Animais, Animalidade e os Limites do Humano.João abral e a cabra: derivas da voz. 2011. (Outra).

Diálogo sobre poesia portuguesa - 6 encontro de pesquisadores.Poder que vos desfoca, Dinamite - Luiza Neto Jorge. 2011. (Encontro).

II Seminário dos alunos dos programas de pós-graduação do Instituto de Letras - UFF.Erro, Extravio, Falhanço. 2011. (Seminário).

Jornada Carlos de Oliveira nos 30 anos de morte 1981-2011.Errar com Carlos de Oliveira. 2011. (Outra).

Arquivos Pessoais do Arquivo-Museu de LIteratura Brasileira da Fundação Casa de Rui Barbosa.O homem que não morre. 2010. (Outra).

Coloquio LIteratura e Paisagem.Se terra ou ar movido - o último Carlos de Oliveira. 2010. (Outra).

II Congresso Internacional da Cátedra Jorge de Sena. Carlos de Oliveira e o osso da baleia: emergir/submergir em 74. 2010. (Congresso).

III Fórum de Pesquisas da Cátedra Padre António Vieira de Estudos Portugueses.A casa na maquete, a casa no mundo - Carlos de Oliveira, antidescritivo. 2010. (Outra).

I Seminário dos alunos dos programas de pós-graduação do Instituto de Letras -- UFF: Confluências.Fala e memória - João Cabral de Melo Neto e Carlos de Oliveira. 2010. (Seminário).

IV Seminário do GRPESQ Poesia e Contemporaneidade UFF/CNPq.Paisagens em tempo e voz: Carlos de Oliveira e João Cabral. 2010. (Seminário).

VII Seminário das Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África / III Colóquio LIteratura, Guerra e Paz.Errar é humano - o falhanço de Carlos de Oliveira. 2010. (Seminário).

Caminhos do Contemporâneo: Língua e Literatura.Eu aposto na vida mesmo errada: João Cabral, Carlos de Oliveira e o problema da paisagem. 2009. (Seminário).

Curso de Extensão "Poesia no Real: a nova poesia em português".Daniel Maia-Pinto Rodrigues. 2009. (Outra).

I Congresso Internacional da Cátedra Jorge de Sena. Nuances da metamorfose repetitiva: Carlos de Oliveira via Jorge de Sena. 2009. (Congresso).

XXII Congresso Internacional da ABRAPLIP. Visibilidade e Subjetividade: estudos comparativos de poesia contemporânea brasileira e portuguesa I. 2009. (Congresso).

XXII Congresso Interncaional da ABRAPLIP. Escrevo porque perdi o mapa: depois de Carlos de Oliveira, depois de João Cabral. 2009. (Congresso).

Curso de Literatura Portuguesa I.Leituras da narrativa portuguesa contemporânea II. 2008. (Outra).

Curso de Literatura Portuguesa I.Leituras da narrativa portuguesa contemporânea. 2008. (Outra).

I Simpósio de Poesia Contemporânea.Quem tem medo de João Cabral?. 2008. (Simpósio).

Lançamento da antologia poética Pequena morte.Fala na Mesa-redonda Poesia contemporânea de Língua Portuguesa. 2008. (Outra).

Os novíssimos no Real Gabinete Português de Leitura.Carlos Bessa. 2008. (Outra).

Seminário "Poéticas Contemporâneas, Subjetividades em Devir.Falo somente com o que falo: voz e vozes. 2008. (Seminário).

VI Seminário do NEPA: memória, paisagem e escrita.O terraço mais obscuro da paisagem. 2008. (Seminário).

VI Seminário do NEPA: memória, paisagem e escrita.Fala na mesa-redonda Poetas em diálogo. 2008. (Seminário).

XI Congresso Internacional da Abralic. Tecendo escuramente as palavras. 2008. (Congresso).

Curso Literatura Portuguesa II.Leituras de poesia contemporânea portuguesa. 2007. (Outra).

Diálogos sobre poesia portuguesa 2encontro de pesquisadores.Fixação e errância em Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto. 2007. (Encontro).

II Simpósio de literatura contemporânea.Fala na mesa Poesia contemporânea. 2007. (Simpósio).

Seminário Poesia contemporânea: subjetividades e identidades em devir.Errante Geografia: entre Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto. 2007. (Seminário).

XXI Encontro da ABRAPLIP - Revoluções, Diásporas e Identidades.Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto: paisagens por escrito. 2007. (Encontro).

Diálogos sobre poesia portuguesa 1encontro de pesquisadores.Carlos de Oliveira, leitor. 2006. (Encontro).

I Simpósio de Literatura Contempoânea.Literatura Contemporânea IV. 2006. (Simpósio).

V Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África.Estalactite de Carlos de Oliveira. 2006. (Seminário).

Curso de Extensão: A ficção pelas mãos da poesia: panorama do conto português no século XX.Natália Correia: As nações unidas. 2005. (Outra).

Curso de Extensão: Camões na moderna lírica portuguesa.Camões em Luiza Neto Jorge. 2005. (Outra).

Minicurso A formação do cânone da poesia Mexicana e portuguesa modernas. 2005. (Outra).

14° Seminário de Iniciação científica e Prêmio Vasconcellos Torres.Aproximações: poesia e pintura. 2004. (Seminário).

2 Colóquio do PPRLB: Travessias e permanências: as relações luso-brasileiras.José Albano ou de novo Camões. 2004. (Outra).

IX Congresso internacional Abralic. Poéticas do Cotidiano. 2004. (Congresso).

Seminário Linguagens: interfaces e diálogos.Regressar ao real: Edward Hopper e a poesia portuguesa. 2004. (Seminário).

Curso A poesia portuguesa contemporânea, alguns trajetos: décadas de 60 a 90. 2003. (Outra).

Seminário Estéticas da crueldade. 2003. (Seminário).

XII Congresso da ASSEL-Rio. Poesia e Visualidade. 2003. (Congresso).

X Jornada de Letras.Da pintura ao poema: Edward Hopper e Joaquim Manuel Magalhães. 2003. (Outra).

12 Seminário de Iniciação Científica e Prêmio UFF Vaconcellos Torres de Ciência e Tecnologia.Convergência e divergência: Pessoa, Almada e o Brasil. 2002. (Outra).

Colóquio Relações Luso-Brasileiras - enlaces e desenlaces. 2002. (Outra).

III Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África.A experiência alegre: Almada Negreiros e a saudade superada. 2002. (Seminário).

III Seminário Poesia Hoje.Diálogo inesperado: Ruy Belo e Mário Faustino. 2002. (Seminário).

Minicurso procedimentos homológicos entre literatura e artes plásticas: o processo de modulação. 2002. (Outra).

VIII Congresso Internacional Abralic - Mediações. Entre nós e eles, a tradição. 2002. (Congresso).

II Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África. 2000. (Seminário).

Seminário A Cara do Livro. 2000. (Seminário).

Participação em bancas

Aluno: Lara Silva Perussi Bertão

TELLES, L. F. P.LOPES, M. A.GANDOLFI, L.. Da terra ao inferno: uma viagem pelas narrativas de Almeida Garret e António Lobo Antunes. 2020. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Vanessa Caspon

LASCH, M. V.FALEIROS, A. S.GANDOLFI, L.. ?A INTIMIDADE ERA TEATRO?: TENSÕES ENTRE AUTOBIOGRAFIA E FICÇÃO NAS POÉTICAS DE ANA CRISTINA CESAR E SYLVIA PLATH. 2019. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Marina de Souza Lazarim

GANDOLFI, L.SILVA, R. V. R. E.BRIDE, M. V.POMA, P.. Amar como Soror Mariana. 2019. Dissertação (Mestrado em Letras (Literatura Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Juliana Jordão Canella Valentim

MAFFEI, L. C. S.; PEDROSA, C. M. R.;GANDOLFI, L.. O silêncio e o indizível. 2017. Dissertação (Mestrado em ESTUDOS DE LINGUAGEM) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Daiane Walker Araujo

GANDOLFI, L.; GAGLIARDI, C.; ZULAR, R.; FRIAS, J. M.. Jorge de Sena e a recusa dialética ao fingimento pessoano. 2017. Dissertação (Mestrado em Letras (Literatura Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Grida Auyra Pignata Terreri

VALENTIM, J. V.; MARQUES, W. J.;GANDOLFI, L.. A formação da paisagem em "Dinâmica Subtil" de António Ramos Rosa. 2015. Dissertação (Mestrado em Estudos de Literatura) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Alex de Araujo Neiva

GANDOLFI, L.; GAGLIARDI, C.; URIBE, J.. A exaltação do gênio: um estudo sobre a construção do ethos em Fernando Pessoa. 2015. Dissertação (Mestrado em Letras (Literatura Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Paloma Roriz Espínola

ALVES, I. M. S. F.; BINES, R. K.; SILVA, S. M. S.; PEDROSA, C. M. R.;GANDOLFI, L.. ENTRE O BRINQUEDO E A BIBLIOTECA: A POÉTICA DE MANUEL ANTÓNIO PINA. 2020. Tese (Doutorado em ESTUDOS DE LITERATURA) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Leonardo de Barros Sasaki

GANDOLFI, L.ALVES, I.; JACOTO, L.;FERNANDES, A. G.; OLIVEIRA, S. M. P.. ?o temor perene das mãos?: Al Berto e a escritura do medo. 2018. Tese (Doutorado em Letras (Literatura Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Danilo Rodrigues Bueno

POMA, P.; COSTA, H.; INACIO, E. C.; SILVEIRA, J. F.;GANDOLFI, L.. Para voltar à poesia. 2017. Tese (Doutorado em Letras (Literatura Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Suzanny de Araujo Ramos

GANDOLFI, L.; FERRAZ, E.; COELHO, E. S.; VIEIRA, M. A. A.; GESTEIRA, S. F. M.. Razão da vertigem: figurações da subjetividade na obra de Ferreira Gullar. 2017. Tese (Doutorado em Letras (Ciência da Literatura)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Aline Duque Erthal

GANDOLFI, L.ALVES, I.; SILVEIRA, J. F.; SILVA, S. S.; YOKOZAWA, S. F. C.. Deserto excessivo: Antonio Ramos Rosa, Carlos de Oliveira e Luís Miguel Nava. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Literatura Comparada) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Juliano Gouveia dos Santos

MUSA, J. L.; COSTA, L. A.; GOLDBERG, S. S.; BUTI, M. F.;GANDOLFI, L.. Trevo. 2016. Tese (Doutorado em Artes) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Luis Felipe Silveira de Abreu

GANDOLFI, L.SILVA, A. R.SOUZA, R. T.. ?A linguagem não pertence?: fantasmas da propriedade em escrituras contemporâneas. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Comunicação e Informação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Nathália Macri Nahas

POMA, P.GANDOLFI, L.SILVA, R. V. R. E.. Uma leitura da literatura social nas poéticas de Carlos de Oliveira e Sophia de Mello Breyner Andresen. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Literatura Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Thiago Bittencourt de Queiroz

POMA, P.GANDOLFI, L.; BUENO, D.. O ceticismo linguístico na poesia de Fernando Pessoa e Manuel António Pina. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Literatura Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Danilo Rodrigues Bueno

GANDOLFI, L.POMA, P.; INACIO, E. C.. PARA VOLTAR À POESIA ? INTERPRETAÇÕES E DESDOBRAMENTOS DO ?VOLTAR AO REAL? NA OBRA DE JOAQUIM MANUEL MAGALHÃES ?. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Literatura Portuguesa)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Lara Silva Perussi Bertão

GANDOLFI, L.TELLES, L. F. P.LOPES, M. A.. Da terra ao inferno: António Lobo Antunes e Almeida Garret. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Taís Helena Fernandes Dias

MALUFE, A. C.; JUNQUEIRA, M. A.;GANDOLFI, L.. A linguagem máscara mascara: poesia de Adília Lopes. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Literatura e Crítica Literária) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Karen Cristina Teixeira Pellegrini

GANDOLFI, L.; MALUFE, A. C.; SEGOLIN, F.. O sensacionismo pessoano em "Na floresta do alheamento". 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Literatura e Crítica Literária) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Comissão julgadora das bancas

Benjamin Abdala Junior

ALVES, I. M. S. F.;ABDALA JUNIOR, B.; PEDROSA, C. M. R.; PUCHEU NETO, A.; PEREIRA, M. L. S.. Entre Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto: errar a paisagem. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Literatura Comparada) - Universidade Federal Fluminense.

IDA MARIA SANTOS FERREIRA ALVES

ALVES, I. F.; PEDROSA, C.; COSTA, José Horácio de Almeida Nascimento. Mundo comum e povoamento da paisagem - ler com O Aprendiz de Feiticeiro, de Carlos de Oliveira. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense.

Alberto Pucheu Neto

PUCHEU, Alberto; Ida Maria Santos Ferrera Alves; Benjamin Abdala Júnior; Celia de Moraes Rego Pedrosa; Maria Luiza Scher Pereira. Entre Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto: Errar a Paisagem. 2012. Tese (Doutorado em ESTUDOS DE LITERATURA) - Universidade Federal Fluminense.

José Horácio de Almeida Nascimento Costa

Horácio Costa; Alves, Ida Ferreira; Pedrosa, Célia. Mundo comum e povoamento da paisagem - Ler com o "Aprendiz de Feiticeiro" de Carlos de Oliveira. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense.

Celia de Moraes Rego Pedrosa

ALVES, I.;PEDROSA, Celia; COSTA, H.. Mundo comum e povoamento da paisagem> Ler com "O Aprendiz de feiticeiro" de Carlos de Oliveira. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Literatura Brasileira) - Universidade Federal Fluminense.

Celia de Moraes Rego Pedrosa

ALVES, I.; ABDALA JUNIOR, B.; PUCHEU, A.; Pereira, Maria Luiza Scher;PEDROSA, Celia. Entre Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto - Errar a paisagem. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Literatura Comparada) - Universidade Federal Fluminense.

Orientou

Hellen Oliveira de Menezes

tripla metamorfose: Florbela Espanca, Adília Lopes e Filipa Leal; Início: 2020; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de São Paulo; (Orientador);

[Nome removido após solicitação do usuário]

O PERCURSO DO SILÊNCIO NA AUTOFICÇÃO ?LA CASA DE LOS CONEJOS?; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de São Paulo; (Orientador);

Diego Alves da Silva

A SEMI-HETERONÍMIA NO LIVRO DO DESASSOSEGO DE FERNANDO PESSOA: ECOS FALSO-BIOGRÁFICOS OU O DESMASCARO SUICIDA; ; Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; (Orientador);

Gabriela Souza Morais Guimarães

Senhoras de Si: As reescritas das Cantigas de Amigo; Início: 2020; Iniciação científica (Graduando em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Jose Ronaldo Bressane Junior

Loucura na literatura; 2019; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Francini Rijo de Oliveira Silva

AS FIGURAÇÕES DO FEMININO NAS CARTAS PORTUGUESAS E NA POESIA DE FLORBELA ESPANCA; 2019; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Aline Leão do Nascimento

Murilo Mendes, poeta prosador em Portugal: um estudo sobre Janelas Verdes; 2019; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Patricia Anunciada de Oliveira

Por uma poética de Cristiane Sobral; 2019; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Jaiane Rabelo Bastos Silva

Adília Lopes encontra Nuno Bragança; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

LETICIA DOMINGOS ELEUTERIO

A revolução de Sophia; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Francini Rijo de Oliveira Silva

Florbela Espanca e Cartas Portuguesas; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Letras - Português - Espanhol) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Victor Navarro

O Velho do Restelo; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Letras - Português - Espanhol) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Vanuza Belo

A poesia de Golgona Anghel; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Diane Suellen Santana

Travelling: a poética cinematográfica de Ana Cristina Cesar; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Letras - Português - Espanhol) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Mariana Duarte Estrela

O preenchimento do silêncio; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Maíra Ribeiro Maximiano dos Santos

?O MUNDO PAROU DE TREMER? ? RELAÇÕES ENTRE ESCRITA E DOENÇA NA OBRA ANA DE AMSTERDAM; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Arthur Henrique Condello de Jesus

?OUTRO EU, OUTRO AUTOR?: ESTUDO SOBRE UMA ADAPTAÇÃO DE BERTOLT BRECHT FEITA POR GONÇALO M; TAVARES; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Gabriela de Souza Morais Guimarães

NA VOZ DO MAR: A água como símbolo da sexualidade feminina na lírica medieval portuguesa e na poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

André Souza da Silva

Identidade nacional e salazarismo em A máquina de fazer espanhóis, de Valter Hugo Mãe; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Hellen Oliveira de Menezes

A TRIPLA METAMORFOSE A TRANSFORMAÇÃO DAS POETISAS FLORBELA ESPANCA E ADÍLIA LOPES; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

André Souza da Silva

A (re) escrita de Portugal: uma leitura da obra A máquina de fazer espanhóis, de Valter Hugo Mãe; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Letras Português) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Leonardo Garcia Santos Gandolfi;

Foi orientado por

IDA MARIA SANTOS FERREIRA ALVES

Mundo comum e povoamento da paisagem - ler O Aprendiz de Feiticeiro, de Carlos de Oliveira; 2007; 0 f; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ida Maria Santos Ferreira Alves;

IDA MARIA SANTOS FERREIRA ALVES

Entre Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto: errar a paisagem; 2012; Tese (Doutorado em Doutorado em Literatura Comparada) - Universidade Federal Fluminense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ida Maria Santos Ferreira Alves;

IDA MARIA SANTOS FERREIRA ALVES

Aproximações: poesia e pintura; 2004; 10 f; Iniciação Científica; (Graduando em Letras Licenciatura) - Universidade Federal Fluminense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ida Maria Santos Ferreira Alves;

IDA MARIA SANTOS FERREIRA ALVES

Diálogos e Silêncios na Poesia Portuguesa - décadas de 10 a 60: Fernando Pessoa, Almada Negreiros e José Régio; 2003; 25 f; Iniciação Científica; (Graduando em Letras Licenciatura) - Universidade Federal Fluminense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ida Maria Santos Ferreira Alves;

IDA MARIA SANTOS FERREIRA ALVES

Portugal - Brasil: razões para o distanciamento; 2002; 9 f; Iniciação Científica; (Graduando em Letras Licenciatura) - Universidade Federal Fluminense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ida Maria Santos Ferreira Alves;

Produções bibliográficas

  • GANDOLFI, L. ; SANTOS, M. R. M. . -Esta dolorosa fruição-: a escrita de si no diário íntimo Ana de Amsterdam, de Ana Cássia Rebelo. Pós-Limiar , v. 3, p. 1, 2020.

  • ALVES, IDA ; GANDOLFI, LEONARDO . Apresentação. CADERNOS DE LETRAS DA UFF , v. 31, p. 8-14, 2020.

  • GANDOLFI, L. . Fala do delegado do ministério público? de Jorge de Sena. METAMORFOSES. REVISTA DA CÁTEDRA JORGE DE SENA DA FACULDADE DE LETRAS DA UFRJ , v. 16, p. 121-126, 2019.

  • GANDOLFI, L. . 'Nadar na Piscina dos Pequenos', de Golgona Anghel. Colóquio. Letras , v. 197, p. 244-248, 2018.

  • GANDOLFI, L. . Dádiva Devolvida. Poemas Escolhidos, de Carlos Felipe Moisés Moisés. Colóquio. Letras , v. 194, p. 279-281, 2017.

  • GANDOLFI, L. . Políticas de habitação, povoamento e ocupação em certa poesia portuguesa. Colóquio. Letras , v. 196, p. 28-39, 2017.

  • GANDOLFI, L. . Manuel António Pina e a preparação da casa. Colóquio. Letras , v. 192, p. 136-143, 2016.

  • GANDOLFI, L. . O ?coração? de Carlos de Oliveira e a metade da vida. Convergência Lusíada , v. 35, p. 14-23, 2016.

  • GANDOLFI, L. . O comedor de Salamanca. Colóquio. Letras , v. 188, p. 283-286, 2015.

  • GANDOLFI, L. . 'Manhã' de Adília Lopes. Colóquio. Letras , v. 190, p. 185-188, 2015.

  • GANDOLFI, L. . 'Bernini', Horácio Costa. Colóquio. Letras , v. 185, p. 280-283, 2014.

  • GANDOLFI, L. . Notas sobre uma possível 'A casa de farinha', João Cabral de Melo Neto. Colóquio. Letras , v. 186, p. 284-287, 2014.

  • GANDOLFI, L. . Poética e Filosofia da Paisagem. Colóquio. Letras , v. 187, p. 278-281, 2014.

  • GANDOLFI, L. . Da repetição à rasura: Joaquim Manuel Magalhães com Carlos de Oliveira. Revista do Centro de Estudos Portugueses , v. 34, p. 47-64, 2014.

  • GANDOLFI, L. . Ciclópico Olho, Horácio Costa. Colóquio. Letras , v. 183, p. 282-285, 2013.

  • GANDOLFI, L. . Sentimental, de Eucanaã Ferraz. Colóquio. Letras , v. 184, p. 278-281, 2013.

  • GANDOLFI, L. . Impulso dramático: entre Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto. Travessia (UFSC) , v. 15, p. 189-2014, 2013.

  • GANDOLFI, L. . Ilustrações para Fotografias de Dandara. Colóquio. Letras , v. 180, p. 281-285, 2012.

  • GANDOLFI, L. . 19 recantos e outros poemas (Luiza Neto Jorge). Convergência Lusíada , v. 27, p. 151-153, 2012.

  • GANDOLFI, L. . Carlos de Oliveira e a responsabilidade do falhanço. Abril (Niterói) , v. 4, p. 63-76, 2011.

  • GANDOLFI, L. . Um toldo vermelho. Colóquio. Letras , v. 175, p. 171-174, 2010.

  • GANDOLFI, L. . Rasura, tradução e poema. Sibila (Cotia) , v. 10, p. z-x, 2010.

  • GANDOLFI, L. . Ravenalas: poemas 2004-2008. Colóquio. Letras , v. 172, p. 275-279, 2009.

  • GANDOLFI, L. ; Manoel Ricardo de LIma ; Heitor Ferraz ; Eduardo Sterzi . A conversa com o dedo apontado para um cadinho menos literário do poema. Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea , v. 3, p. 1-10, 2009.

  • GANDOLFI, L. . Antologias: redundância & exatidão. Zunái: Revista de Poesia & Debates , v. 10, p. x-z, 2009.

  • GANDOLFI, L. ; André Dick . Vida e linguagem: uma reflexão sobre o poeta e prosador português Carlos de Oliveira. IHU On-Line (UNISINOS. Impresso) , v. 255, p. 27-30, 2008.

  • GANDOLFI, L. . João Cabral e a prosopopeia. Estudios Portugueses , v. 8, p. 135-144, 2008.

  • GANDOLFI, L. ; ALVES, F. . Ou a sintaxe orgânica de Claudia Roquette-Pinto. Zunái: Revista de Poesia & Debates , v. 5, p. z-x, 2005.

  • GANDOLFI, L. . Sobre alguns versos de Carlos de Oliveira. Zunái: Revista de Poesia & Debates , v. 6, p. z-x, 2005.

  • GANDOLFI, L. ; ALVES, F. . A construção da ausência: a poética de Júlio Castaon. Zunái: Revista de Poesia & Debates , v. 3, p. z-x, 2004.

  • GANDOLFI, L. . Da pintura ao poema. Zunái: Revista de Poesia & Debates , v. 4, p. x-z, 2004.

  • GANDOLFI, L. . Revista portuguesa para brasileiro ler ou revista brasileira para português conhecer?. Convergência Lusíada , Rio de Janeiro, v. 20, p. 253-255, 2003.

  • GANDOLFI, L. ; EL-JAICK, A. P. ; ALVES, F. . Borges e nós: 3 horizontes. Revista brasileira de literatura, 2003.

  • GANDOLFI, L. . Diálogo inesperado: Ruy Belo e Mário Faustino. Et Cetera (Curitiba) , Curitiba, v. 2, p. 62-69, 2003.

  • GANDOLFI, L. . António Botto por Fernando Pessoa: um caso de reconhecimento e identificação. Vínculo (Unimontes) , v. 2, n.2, p. 195-208, 2001.

  • GANDOLFI, L. ; ALVES, I. M. S. F. (Org.) . Caderno de Letras da UFF. 31. ed. Niteróis: UFF, 2020.

  • GANDOLFI, L. . Manuel António Pina Por Leonardo Gandolfi. 1. ed. Rio de Janeiro: EdUerj, 2020. 106p .

  • GANDOLFI, L. ; PINA, M. A. . O coração pronto para o roubo. 1. ed. São Paulo: editora 34, 2018. v. 1. 160p .

  • GANDOLFI, L. ; LEONE, L. M. (Org.) . eLyra. 10. ed. Porto: Universidade do Porto, 2017. v. 1.

  • GANDOLFI, L. . Minhas Férias. 1. ed. São Paulo: Lumme editor, 2016. 8p .

  • GANDOLFI, L. ; GARCIA, M. (Org.) . Grampo Canoa n#3. 1. ed. São Paulo: Luna Parque, 2016. v. 1. 68p .

  • GANDOLFI, L. . Escala Richter. 1. ed. Rio de Janeiro: 7Letras, 2015. 68p .

  • OLLVEIRA, S. M. P. (Org.) ; RICIERI, F. W. (Org.) ; GANDOLFI, L. (Org.) . Revista do Centro de Estudos Portugueses (UFMG). 1. ed. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2014. v. 34. 264p .

  • GANDOLFI, L. . A morte de Tony Bennett. São Paulo: Lumme Editor, 2010. 84p .

  • GANDOLFI, L. . No entanto d'água. Rio de Janeiro: 7letras, 2006. 64p .

  • GANDOLFI, L. . Cheio de passos e vozes falando baixo. In: Basílio, Rita; Rafael, Sónia.. (Org.). Manuel António Pina: desimaginar o mundo. 1ed.Lisboa: Documenta, 2020, v. , p. 69-81.

  • GANDOLFI, L. . Povoar a Gândara de Carlos de Oliveira (com vozes). In: Ida Alves. (Org.). Páginas paisagens luso-brasileiras: estudos literários. 1ed.Niterói: EdUFF, 2019, v. , p. 209-224.

  • GANDOLFI, L. ; GARCIA, M. . Menina Sophia. In: Paola Poma. (Org.). Sophia: singular plural. 1ed.Rio de Janeiro: 7letras, 2019, v. , p. 271-276.

  • GANDOLFI, L. . Sebastião Uchoa Leite, Jorge Wanderley e o fim da década de 1970. In: Viviana Bosi; Renan Nuernberger. (Org.). Neste instante: novos olhares sobre a poesia brasileira dos anos 1970. 1ed.São Paulo: Humanitas, 2018, v. 1, p. 159-194.

  • GANDOLFI, L. ; GARCIA, M. . Sobre a dublagem de Trânsito. In: Luciene Azevedo; Tatiana da Silva Capaverde. (Org.). Escrita não criativa e autoria: Curadoria nas práticas literárias do século XXI. 1ed.São Paulo: egalaxia, 2018, v. , p. 10-.

  • GANDOLFI, L. . Sobre Ravenalas. In: Betina Ruiz; Rogério Caetano de Almeida. (Org.). Sobre o olhar ciclópico: leituras da obra de Horácio Costa. 1ed.São Mamede de Infesta: Centro de Estudos Interculturais, 2017, v. , p. 56-61.

  • GANDOLFI, L. . Acidente como forma de chegar ao destino. In: Solange Fiuza; Ida Alves. (Org.). Poesia contemporânea e tradição: Brasil-Portugal. 1ed.São Paulo: Nankin Editorial, 2017, v. , p. 269-272.

  • GANDOLFI, L. . Dobrar o Cabo das tormentas. In: Celia Pedrosa; Ida Alves. (Org.). Sobre poesia: outras vozes. 1ed.Rio de Janeiro: 7letras, 2016, v. , p. 35-48.

  • GANDOLFI, L. . Como se vê as fotos estão. In: Eucanaã Ferraz. (Org.). Inconfissões - fotobiografia de Ana Cristina Cesar. 1ed.São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2016, v. 1, p. 88-89.

  • GANDOLFI, L. . Voz, canto, rumor, caligrafia. In: Ida Alves. (Org.). Coisas desencadeadas - estudos sobre a obra de Carlos de Oliveira. 1ed.Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2013, v. , p. 113-137.

  • GANDOLFI, L. . Carlos de Oliveira e o ofício de contar nas dunas grãos de areia. In: Ida Alves; Luis Maffei. (Org.). Poetas que interessam mais - leituras da poesia portuguesa pós-Pessoa. 1ed.Rio de Janeiro: Azougue, 2011, v. , p. 27-44.

  • GANDOLFI, L. . João Cabral vê seu rosto no desenho do mundo. In: André Dick. (Org.). Paideuma. São Paulo: Risco Editorial, 2010, v. , p. 171-196.

  • GANDOLFI, L. . Geografia errante. In: Ida Ferreira Alves; Marcia Manir Miguel Feitosa. (Org.). Literatura e paisagem: perspectivas e diálogos. Niterói: Editora da UFF, 2010, v. , p. 111-119.

  • GANDOLFI, L. . O sol no poema e fora dele. In: Celia Pedrosa, Ida Alves. (Org.). Subjetividades em devir. Rio de Janeiro: 7letras, 2008, v. , p. 165-171.

  • GANDOLFI, L. . Tecer o fio. Panorama atual do ensino médio: virtudes, problemas e sugestões. 1°ed.Rio de Janeiro: Editora Rio, 2006, v. , p. 347-367.

  • GANDOLFI, L. . Poéticas do Cotidiano. In: Célia Pedrosa e Maria Lucia Barros Camargo. (Org.). Poéticas do olhar e outras leituras de poesia. Rio de Janeiro: 7letras, 2006, v. , p. -.

  • GANDOLFI, L. . Livro de poesia tece uma homenagem a Godard e questiona limites da arte. Folha de São Paulo, São Paulo, 06 jan. 2020.

  • GANDOLFI, L. . Antologia de Gabriela Mistral tem boa tradução e se esquiva dos clichês. Folha de São Paulo, São Paulo, 16 dez. 2019.

  • GANDOLFI, L. . Homenagear a americana Elizabeth Bishop é ler a nossa cultura de fora para dentro. Folha de São Paulo, São Paulo, 25 nov. 2019.

  • GANDOLFI, L. . Poeta nórdico, de idioma quase secreto, mira o papel encantatório das palavras. Folha de São Paulo, São Paulo, 09 ago. 2019.

  • GANDOLFI, L. . Poeta Nicanor Parra propõe com o leitor pacto desconcertante. Folha de São Paulo, São Paulo, 15 dez. 2018.

  • GANDOLFI, L. . Secchin vai de inquieto a polêmico em antologia da poesia brasileira. Folha de São Paulo, 02 nov. 2018.

  • GANDOLFI, L. . Poeta Chico Alvim celebra 80 anos com poesia crítica e bem-humorada. Folha de São Paulo, São Paulo, 20 out. 2018.

  • GANDOLFI, L. . Augusto de Campos, 87, dá a cara a tapa no Instagram. Folha de São Paulo, São Paulo, 07 ago. 2018.

  • GANDOLFI, L. . Poeta Arruda busca em vão remediar o peso do desencanto em 'Topografia das Ondas'. Folha de São Paulo, 17 jul. 2018.

  • GANDOLFI, L. . Sófocles e Faroeste, sobre Sam Shepard. Revista Quatro Cinco Um, São Paulo, p. 23 - 23, 01 maio 2018.

  • GANDOLFI, L. . Impessoalidade e objetividade têm ápice com Sophia de Mello Breyner Andresen. Folha de São Paulo, São Paulo, 07 abr. 2018.

  • GANDOLFI, L. . '50 Poemas de Revolta' renova textos ao pô-los em diálogo. Folha de São Paulo, São Paulo, 24 mar. 2018.

  • GANDOLFI, L. . Hilda Machado mostra habilidade de se mover por meio de justaposições drásticas. Folha de São Paulo, São Paulo, 24 mar. 2018.

  • GANDOLFI, L. . Autora flexiona limites da ficção em obra sobre artista português. Folha de São Paulo, São Paulo, 06 jan. 2018.

  • GANDOLFI, L. . Em estreia madura na poesia, Marcia Vinci dramatiza formas de percepção. Folha de São Paulo, São Paulo, 03 jan. 2018.

  • GANDOLFI, L. . 'Tarântula' traz contra-assinaturas que rasuram Bob Dylan. Folha de São Paulo, São Paulo, 11 abr. 2017.

  • GANDOLFI, L. . Enumerações ilustram a falha do dizer em 'A Palavra Algo'. Folha de São Paulo, São Paulo, 01 abr. 2017.

  • GANDOLFI, L. . No auge da forma, autor faz reflexão feroz sobre homofobia. Folha de São Paulo (IIustrada), 15 jan. 2017.

  • GANDOLFI, L. . Urgência & coleção no último livro de Horácio Costa. Revista Cult, 12 jan. 2017.

  • GANDOLFI, L. . Autor faz desconforto de 'pílulas de sabedoria'. Folha de São Paulo, 10 jan. 2017.

  • GANDOLFI, L. . Confluência entre poema e letra de música é radical em antologia de Cohen. Folha de São Paulo (Ilustrada), São Paulo, 31 dez. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Edição traz crítica mordaz de Antero de Quental. Folha de São Paulo, 05 dez. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Agustina Bessa-Luís percorre o país em livro antiturístico. Folha de São Paulo (Ilustrada), 29 out. 2016.

  • GANDOLFI, L. . GRande como é Dylna conversa com os mortos que o antecedem. Folha de São Paulo, 13 out. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Nova tradução de antologias revigora muiscalidade de Rûmî. Folha de São Paulo, 03 set. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Afonso Cruz distancia-se do colonialismo em novo romance. Folha de São Paulo, 09 ago. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Narcisismo em poemas brinca com a vaidade nas redes socais. Folha de São Paulo, 14 jun. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Biógrafa esmiúça Leonard Cohen em livro que é quase um catálogo. Folha de São Paulo, p. 6 - 6, 07 maio 2016.

  • GANDOLFI, L. . Escritos de Sebastião Uchoa Leite são repletos de contrapoderes. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 4 - 4, 02 abr. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Raul Brandão usa linguagem intensa para expressar ruína. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 12 mar. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Nova edição mostra que Álvaro de Campos segue novinho em folha. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 5 - 5, 20 fev. 2016.

  • GANDOLFI, L. . Antologia revigora leveza de Almada Negreiros. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 3 - 3, 12 jan. 2016.

  • GANDOLFI, L. . António Lobo Antunes demonstra até onde vai a velha e boa arte de narrar. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 3 - 3, 28 dez. 2015.

  • GANDOLFI, L. . Playtime. sèrieAlfa.art i literatura, Valência, 10 set. 2011.

  • GANDOLFI, L. . Kansas. Relâmpago (Lisboa), Lisboa, p. 195 - 205, 10 abr. 2010.

  • GANDOLFI, L. . Se bem que de sombras e em ruínas. Revista Poiesis, São Paulo, p. 56 - 57, 01 mar. 2010.

  • GANDOLFI, L. . O trabalho do tempo. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, , v. Ideias, p. L6 - L6, 30 jan. 2010.

  • GANDOLFI, L. . Poemas. Metamorfoses, Rio de Janeiro/Lisboa, p. 221 - 224, 10 fev. 2008.

  • GANDOLFI, L. ; André Dick . O jogador de xadrez de Maelzel. IHU On-Line (UNISINOS. Impresso), São Leopoldo, p. 49 - 50, 19 nov. 2007.

  • GANDOLFI, L. . Sete. Et Cetera (Curitiba), Curitiba, p. 102 - 103, 10 nov. 2006.

  • GANDOLFI, L. . Pato. Et cetera, Curitiba, , v. 3, p. 94 - 95, 10 mar. 2004.

  • GANDOLFI, L. . José Albano ou de novo Camões. Jornal de poesia.

  • GANDOLFI, L. . Melhor segredo de romance é o nexo entre fatos que narra. Folha de São Paulo, São Paulo.

  • GANDOLFI, L. . Contos de autora portuguesa debatem duplicidade e vazio. Folha de São Paulo.

  • GANDOLFI, L. . Tecendo escuramente as palavras. In: XI Congresso Internacional da ABRALIC, 2008, São Paulo. Tessituras, Interações, Convergências. São Paulo: Abralic, 2008.

  • GANDOLFI, L. . Sobre Alguns versos de Carlos de Oliveira. In: XX Encontro de professores brasileiros de literatura portuguesa, 2005, Niterói. XX Encontro de professores brasileiros de literatura portuguesa. Niterói, 2005.

  • GANDOLFI, L. . O livro de poesia. 2020. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Voz e prosopopeia. 2020. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Sobre a dublagem de Traffic. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Carlos de Oliveira e o Brasil. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Manuel António Pina e nem isto me pertence. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. ; GARCIA, M. ; VASCONCELOS, M. S. . Em trânsito: Poesia Pós-Conceitual. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Habitação, povoamento, Manuel António Pina. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Cesário Verde e Camilo Pessanha: uma introdução à modernidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Dobrar o Cabo das Tormentas: uma fábula. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . A vida de Coelho Pacheco. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Depois da prosa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Da transcrição à rasura. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Poesia e ensaio. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . João Cabral e a cabra: derivas da voz. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Errar com Carlos de Oliveira. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Erro, Extravio, Falhanço. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Poder que vos desfoca, Dinamite - Luiza Neto Jorge. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . A casa na maquete, a casa no mundo - Carlos de Oliveira, antidescritivo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Paisagens em tempo e voz: Carlos de Oliveira e João Cabral. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Carlos de Oliveira e o osso da baleia: emergir/submergir em 74. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Errar é humano - o falhanço de Carlos de Oliveira. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Se terra ou ar movido - o último Carlos de Oliveira. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . O homem que não morre. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Fala e memória - João Cabral de Melo Neto e Carlos de Oliveira. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Eu aposto na vida mesmo errada: João Cabral, Carlos de Oliveira e o problema da paisagem. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Nuances da metamorfose repetitiva: Carlos de Oliveira via Jorge de Sena. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Daniel Maia-Pinto Rodrigues. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Escrevo porque perdi o mapa: depois de Carlos de Oliveira, depois de João Cabral. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . O terraço mais obscuro da cidade. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Falo somente com o que falo: voz e vozes. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Carlos Bessa. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Quem tem medo de João Cabral?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Tecendo escuramente as palavras. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Leituras da narrativa portuguesa contemporânea II. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Leituras da narrativa portuguesa contemporânea. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Fala na sessão "Poetas em diálogo". 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Fala na Mesa-redonda Poesia contemporânea de Língua Portuguesa. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Fala na mesa-redonda Poetas em diálogo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto: paisagens por escrito. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Leituras de poesia contemporânea portuguesa. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Fala na mesa Poesia contemporânea. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Fixação e errância em Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GANDOLFI, L. . Errante Geografia: entre Carlos de Oliveira e João Cabral de Melo Neto. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Estalactite de Carlos de Oliveira. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Carlos de Oliveira, leitor. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Camões em Luiza Neto Jorge. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Natália Correia: As nações unidas. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GANDOLFI, L. . Aproximações: poesia e pintura. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Poéticas do Cotidiano. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Regressar ao real: Edward Hopper e a poesia portuguesa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . José Albano ou de novo Camões. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Poesia e Visualidade. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Da pintura ao poema: Edward Hopper e Joaquim Manuel Magalhães. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . A experiência alegre: Almada Negreiros e a saudade superada. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Diálogo inesperado: Ruy Belo e Mário Faustino. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Convergência e divergência: Pessoa, Almada e o Brasil. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Entre nós e eles, a tradição. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GANDOLFI, L. . Revista Cult: Antologia poética. São Paulo: Editora Bregantini, 2019 (Poema).

  • GANDOLFI, L. . Bicho da terra tão pequeno (notas). São Paulo, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

  • GOLDSMITH, K. ; GARCIA, M. ; GANDOLFI, L. . Trânsito. São Paulo: LunaParque edições, 2016. (Tradução/Livro).

  • GANDOLFI, L. . Enganos tão fingidos não alcança. 7letras, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • GANDOLFI, L. . Apresentação. São Paulo, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • GANDOLFI, L. ; Freitas, Angélica ; Tirelli Neto, Ismar ; Fathi, Farnoosh . New Brazilian poets. Philadelphia: Jacket2 (Kelly Writers House), 2011 (Poemas).

  • GANDOLFI, L. . Orelha. Rio de Janeiro, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

  • GANDOLFI, L. . Nuances da metamorfose repetitiva Carlos de Oliveira via Jorge de Sena. Rio de Janeiro: Fórum de Ciência e Cultura - UFRJ, 2010 (Ensaio).

  • GANDOLFI, L. ; Sergio Medeiros . O escritor que queria escrever "esporro". Florianópolis: Centopéia, 2010 (Entrevista).

  • GANDOLFI, L. . Todo começo é involuntário - a poesia brasileira ni início do século 21. São Paulo: Lumme Editor, 2010 (Poemas).

  • GANDOLFI, L. . Revista Literaria Latinoamericana Los poetas del 5 número 19 especial Brasil. Santiago 2010 (Poemas).

  • GANDOLFI, L. . Me roubraram uns dias contados. Rio de Janeiro, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • GANDOLFI, L. . Tránsito de Fuego. Caracas: Casa Nacional de las Letras Andrés Bello, 2009 (Poema).

  • GANDOLFI, L. . pequena morte. poemas.. Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2008 (Poema).

  • GANDOLFI, L. . Poesia brasileira do início do terceiro milénio - dezoito poetas da novíssima geração. Vila Nova de Gaia: 7 dias 7 noites, 2008 (Poemas).

  • GANDOLFI, L. . Cotidiano, sintaxe e transcendência. São Paulo: Cronópios, 2005 (Resenha).

  • GANDOLFI, L. . Poemas de Marianne Moore. Zunái, 2005. (Tradução/Outra).

  • GANDOLFI, L. ; ALVES, F. . Alguns poemas de Ruy Duarte de Carvalho (revista Et Cetera). Curitiba, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

  • GANDOLFI, L. ; ROCHA, V. M. . Poemas de Michel Houellebecq. Zunái - Poesia & Debates, 2004. (Tradução/Outra).

Outras produções

GANDOLFI, L. ; ALVES, I. M. S. F. . Caderno de Letras da UFF v.31 n.61. 2020. (Editoração/Periódico).

GANDOLFI, L. . Laranjeiras de Portas abertas. 2010. Composição (estréia).

GANDOLFI, L. . Microfone aberto. 2011.

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Literatura e limiares: escritas e zonas do interstício, da transição e transformação, Descrição: Literatura e limiares: escritas e zonas do interstício, da transição e transformação ? Markus Lasch Em fragmento da obra Passagens, Walter Benjamin diferencia o ?limiar? do conceito de limite, fronteira (Grenze) e o vincula a experiências e à falta de experiências cruciais na modernidade. Comparecem no trecho as dificuldades e a pobreza no que concerne à distinção e à vivência nos umbrais de vida e morte, ou a incorporação de e a fuga para mundos oníricos, de fantasia, delírio ou diversão no mundo administrado (não apenas) das grandes metrópoles. O projeto congrega estudos que se debrucem sobre a literatura e as transformações do período e seus desdobramentos na contemporaneidade. Interessam às pesquisas, entre outras, reflexões acerca das transições entre campos (por exemplo entre Literatura e Psicanálise, com os limiares entre realidade, fantasia, sonho, devaneio, delírio, o psíquico e o somático etc.), espaços geográficos e sócio-culturais (trânsitos entre culturas, lugares, línguas) ou gêneros (gêneros literários, ensaio, autobiografia, testemunho, relato), assim como acerca dos registros da (im)potência ante a violência e a obtusidade excepcionais e cotidianas ou ante um mundo em acelerada transformação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Leonardo Garcia Santos Gandolfi - Integrante / Markus Volker Lasch - Coordenador / Paloma Vidal - Integrante / Heloisa Mateo Duarte - Integrante / Francini Rijo de Oliveira Silva - Integrante / José Ronaldo Bressane Júnior - Integrante / Patricia Anunciada - Integrante., Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2

  • 2018 - Atual

    Minha voz do outro: mecanismos da prosopopeia na literatura portuguesa moderna e contemporânea, Descrição: Este projeto de pesquisa está centrado na prosopopeia. Trata-se, como se sabe, de um recurso estilístico que dá voz própria a seres destituídos de voz. Seus mecanismos, no entanto, ultrapassam os limites da figura de linguagem e podem constituir modos de ser da literatura do século passado. Tal recurso está presente em determinada lírica sobre a qual já se disse ser antilírica ou, por exemplo, em muitas obras de caráter social e de intervenção. Este projeto de pesquisa percorrerá textos ? entre narrativa, verso, drama e ensaio ? buscando discutir as formas de configuração dessas vozes, seus desdobramentos e alcances. O percurso crítico envolve as obras de Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner Andresen, Ruy Belo, Augusto Abelaira, António Franco Alexandre, Irene Lisboa, Fiama Hasse Pais Brandão, Luiza Neto Jorge, Carlos de Oliveira, Maria Gabriela Llansol, Adília Lopes, João Barrento, Silvina Rodrigues Lopes, Maria Filomena Molder e Tiago Rodrigues.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Leonardo Garcia Santos Gandolfi - Coordenador / Gabriela Souza Morais Guimarães - Integrante / Diego Alves da Silva - Integrante / Aline Leão do Nascimento - Integrante., Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 1

  • 2008 - 2011

    Configurações / desfigurações da paisagem na poesia portuguesa contemporânea, Descrição: Leitura de um conjunto de obras poéticas portuguesas publicadas nas décadas de 70 a 90, com o objetivo de demonstrar a produtividade crítica do tema da paisagem, tão recorrente nessa produção, como elemento figurado ou desfigurado de acordo com experiências específicas que articulam espaço e visualidade, paisagem e cultura, paisagem e subjetividade na contemporaneidade. O conceito de paisagem é formulado a partir de uma compreensão teórico-crítica interdisciplinar entre literatura, poética, filosofia, psicologia e geografia cultural, a partir da perspectiva da crítica temática francesa que privilegia a relação entre sujeito, palavra e mundo. Em consonância com trajetória anterior de leituras e trabalho crítico, pretendemos intensificar a interlocução entre obras poéticas contemporâneas portuguesas, nosso principal foco de atenção, com obras brasileiras e africanas de língua portuguesa, de acordo com nossa participação no Núcleo de Estudos de Literaturas Portuguesa e Africana NEPA UFF e no Projeto de Pesquisa CAPES GRICES intitulado Poéticas da Modernidade e da Contemporaneidade: Subjetividades e Identidades em Devir, reunindo estudos de poesia portuguesa e brasileira na contemporaneidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leonardo Garcia Santos Gandolfi - Integrante / Ida Alves - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Poesia e contemporaneidade; Poesia e visualidade, Descrição: : Pesquisa comparatista sobre poesia contemporânea brasileira e portuguesa, envolvendo professores da UFF, da Universidade do Porto, da Universidade de Utrecht e da Sorbonne. A primeira reunião do grupo deu-se em Colóquio realizado em 2007 na Universidade. de Utrech: a segunda se dará em fevereiro de 2009 na Sorbonne. Nesse ínterim, começamos a preparar material para a construção do site LYRA, que sediará os trabalhos comuns do grupo. Como primeiro objetivo a ser desenvolvido está o das relações entre poesia, forografia e cinema. Este projeto se constui em desdobramento do projeto Poesia contemporânea: subjetividades e identidades em devir, coordenado por mim, no âmbito de convênio internacional entre a UFF e a Universidade do Porto, com apoio CAPES e FCT (Portugal).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leonardo Garcia Santos Gandolfi - Integrante / Ida Alves - Integrante / Celia Pedrosa - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Poetas-críticos: modos de ver e escrever a cultura portuguesa, Descrição: Projeto apresentado para seleção PIBIC/CNPq 2003-2004. Constitui-se num recorte do projeto anterior intituldo "Olhares Oblíquos". O corpus examinado pelos bolsistas foi formado por um conjunto de poetas pré-selecionados que têm desenvolvido seus trabalhos poéticos com declarada intenção crítica sobre o lugar da poesia, a constituição do discurso literário, o questionamento da identidade nacional e a necessidade do compromisso ético entre Arte e mundo, constituindo o perfil do que chamamos de poetas-críticos.: David Mourão Ferreira, Gastão Cruz, Ruy Belo, Nuno Júdice, João Miguel Fernandes Jorge e Joaquim Manuel Magalhães. A fundamentação teórica foi interdisciplinar, considerando-se a diversidade de estudos sobre a criação poética, a crítica literária sobre modernidade e pós-modernidade, a discussão sobre a cultura portuguesa (História e Sociologia) e a reflexão filosófica sobre a relação linguagem, arte e humanismo, além de estudos específicos sobre as obras poéticas analisadas. Saliente-se, porém, a importância da abordagem teórica sobre a intertextualidade e práticas de citação, atividades fundamentais nas obras dos poetas-críticos selecionados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leonardo Garcia Santos Gandolfi - Integrante / Ida Alves - Coordenador.

  • 2003 - 2003

    Olhares oblíquos: modos de ver e escrever, na poesia, a cultura portuguesa contemporânea., Descrição: : Pretendeu-se com esta pesquisa investigar fundamentalmente como a poesia portuguesa contemporânea produzida a partir da década de 60 pensa a criação estética e a cultura nacional em relação com as culturas estrangeiras, com ênfase, a brasileira. Consideramos que a poesia portuguesa contemporânea é marcada por um discurso fortemente crítico, ou seja, muitos poetas portugueses da contemporaneidade são poetas-críticos, pois a) produzem, em paralelo com a escrita poética, uma escrita ensaística reconhecida por seus pares e/ou b) configuram sua escrita poética como discurso metapoético e metacultural. Por isso, este projeto de pesquisa se elabora em torno de olhares oblíquos, entendendo esses olhares como modos de ver e escrever a realidade portuguesa nos seus deslocamentos culturais e estéticos. Muitas vezes, é no silenciar de vozes ou no apagamento de imagens que se revelam de forma oblíqua visões de mundo e de culturas. Assim, o desenvolvimento da pesquisa buscou demarcar não só as principais linhas temáticas e críticas que estruturam essa poesia, como também possibilitou compreender que diálogos estéticos ou silêncios culturais persistem na relação entre Portugal, Brasil e a África de expressão portuguesa. O corpus examinado foi constituído por um conjunto de poetas pré-selecionados que têm desenvolvido seus trabalhos poéticos com declarada intenção crítica sobre o lugar da poesia, a constituição do discurso literário, o questionamento da identidade nacional e a necessidade do compromisso ético entre Arte e mundo, constituindo o perfil do que chamamos de poetas-críticos. Nesse conjunto estão poetas nascidos nas décadas de 30 ou 40 que começam a publicar nos anos 60 ou 70: Ruy Belo, Fiama Hasse Paes Brandão, Gastão Cruz, Nuno Júdice, eco, Vasco Graça Moura, João Miguel Fernandes Jorge, António Franco Alexandre, Joaquim Manuel Magalhães, Luís Miguel Nava... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leonardo Garcia Santos Gandolfi - Integrante / Ida Alves - Coordenador.

  • 2001 - 2003

    Diálogos e silêncios na poesia portuguesa: décadas de 10 a 60, Descrição: Investigação das relações de leitura e crítica que a poesia portuguesa do século XX manteve com a poesia brasileira, no período: décadas de dez a sessenta, com o recorte cronológico em duas datas fundamentais: 1915, quando ocorreu a publicação da revista ORPHEU, marco do modernismo português e 1961, quando ocorreu a publicação conjunta intitulada POESIA 61 e a publicação das primeiras obras dos poetas Herberto Helder e Ruy Belo, que se transformariam em nomes paradigmáticos para os jovens poetas de 70 a 90, além da divulgação da poesia experimental. Rastreamento e análise dos diálogos literários e culturais mantidos pelos poetas portugueses com os poetas brasileiros e que silêncios se percebem, delineando-se, com maior segurança, qual a extensão ou intensidade de uma comunidade poética lusófona no século XX. Levantamento e análise das obras de poetas que se destacaram também por sua contribuição crítica, traçando com suas avaliações estéticas um quadro determinado da tradição poética que fundamentou a poesia moderna portuguesa até a década de sessenta. Tais poetas são: Fernando Pessoa, Almada Negreiros, José Régio, Adolfo Casais Monteiro, Mário Dionísio, Jorge de Sena, António Ramos Rosa e David Mourão Ferreira. O corpus a ser analisado é constituído pela produção crítica desses poetas (artigos, ensaios, resenhas, prefácios, etc reunidos em livros publicados) que desenvolveram, ao lado do trabalho poético, seja por motivação de magistério, seja por presença ativa em jornais e revistas da maior relevância para os caminhos da poesia portuguesa no século XX. A investigação proposta contribuirá com dados, exemplos e informações quantitativa e qualitativamente necessárias para discussão mais aprofundada e segura das relações culturais de Portugal com os outros países de Língua Portuguesa, enfatizando-se, nos limites deste projeto, a relação literária com o Brasil.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leonardo Garcia Santos Gandolfi - Integrante / Ida Alves - Coordenador.

Prêmios

2004

1°lugar da área de Linguística, Letras e Artes, no 14° Prêmio Vasconcellos Torres de Ciência e Tecnologia, Universidade Federal Fluminense.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade Federal de São Paulo, Campus Guarulhos. , Estrada do Caminho Velho, 333, Jardim Nova Cidade, 07252312 - Guarulhos, SP - Brasil, Telefone: (11) 55764848, URL da Homepage:

Experiência profissional

2013 - Atual

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IA, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 02/2015

    Ensino, Abi - Letras Português, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Portuguesa e a noção de modernidade

  • 08/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Guarulhos.,Cargo ou função, Membro do Conselho do Departamento de Letras.

  • 08/2014 - 12/2014

    Ensino, Abi - Letras Português, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Portuguesa IV

  • 02/2014 - 06/2014

    Ensino, Abi - Letras Português, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Portuguesa I

  • 06/2013 - 01/2014

    Ensino, Abi - Letras Português, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Portuguesa IV

2006 - 2007

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Contrato temporário, Carga horária: 20

Outras informações:
Professor de Literatura Portuguesa

Atividades

  • 03/2006 - 12/2007

    Ensino, Literatura Portuguesa, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Portuguesa I, Literatura Portuguesa II

2010 - 2010

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Doutorando bolsista Reuni, Enquadramento Funcional: Bolsa Reuni, Carga horária: 12

Outras informações:
Professor de Literatura Brasileira

2009 - 2009

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Doutorando bolsista Reuni e, Enquadramento Funcional: Bolsa Reuni, Carga horária: 4

Outras informações:
Professor de Literatura Portuguesa

Atividades

  • 08/2010 - 12/2010

    Ensino, Letras Português Literaturas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Memória e Narrativa Brasileira, Literatura Brasileira III

  • 08/2009 - 12/2009

    Ensino, Letras Português Literaturas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura Portuguesa I

2012 - 2013

Escola Nova

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 22

Outras informações:
Professor de Literatura - Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio

2012 - 2013

Escola Parque

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
Professor de Literatura do Ensino Médio