Ximena Suarez Villagran

Graduada em Ciencias Antropológicas pela Universidad de La Republica (UdelaR), com mestrado em Arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE/USP), com bolsa da FAPESP, e doutorado em Ciências pelo Instituto de Geociências (IGc/USP) e em Arqueologia Pré-histórica pela Universidad Autónoma de Barcelona (UAB), com bolsa do CNPq e FAPESP. Fez pós-doutorado no Institut für Natturwissenschaftliche Archäologie (INA), da Universidade de Tübingen (Alemanha) com bolsa do Programa Ciência sem Fronteiras (CAPES/ CNPq) e da Fundação Alexander Von Humboldt. Atualmente é Professora Doutora do MAE/USP e colabora em projetos de pesquisa com as Universidades de São Paulo, Federal de Minas Gerais, Universidad de la República, Universität Tübingen e University of Texas-Arlington. Tem experiência na área de Geoarqueologia, com ênfase em análise de sedimentos arqueológicos através da micromorfologia e microarqueologia.

Informações coletadas do Lattes em 03/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Geociências (Geoquímica e Geotectônica)

2008 - 2012

Universidade de São Paulo
Título: Micromorfologia de sitio costeiros da America do Sul: Arqueoestratigrafia e processos de formação de sambaquies (Santa Catarina, Brasil) e concheros (Tierra del Fuego, Argentina)
Orientador: em Universitat Autònoma de Barcelona - UAB ( Jordi Estevez Escalera)
com Paulo Cesar Fonseca Giannini. Coorientador: Jordi Estevez Escalera. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: Geoarqueologia; Micromorfologia; Processos de formação de sítios; Sedimentos arqueológicos; Cazadores-coletores; Concheiros. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Geoarqueologia.

Mestrado em Arqueologia

2005 - 2007

Universidade de São Paulo
Título: Análise de arqueofácies na camada preta do sambaqui Jabuticabeira II,Ano de Obtenção: 2008
Orientador: Paulo DeBlasis
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: Processos de formação de sítios; Geoarqueologia; Comportamentos deposicionais; Sambaquis; arqueoestratigrafia.Grande área: Ciências Humanas

Graduação em Licenciatura en Ciencias Antrpologicas

1999 - 2004

Universidad de la Republica Uruguay
Título: Emergencia de Monumentalidad en el Este uruguayo
Orientador: Jose Maria Lopez Mazz

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2014 - 2015

Pós-Doutorado. , University of Tübingen, TUEBINGEN, Alemanha. , Bolsista do(a): Alexander von Humboldt Foundation, AVHF, Alemanha.

2013 - 2014

Pós-Doutorado. , University of Tübingen, TUEBINGEN, Alemanha. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Humanas, Grande Área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Geoarqueologia. , Grande Área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Micromorfologia de depósitos arqueológicos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2011 - 2011

Micromorfología de suelos técnicas complementarias. (Carga horária: 64h). , Universidad Nacional de Colombia - Sede Medellín, Unalmed, Colômbia.

2010 - 2010

Tècniques comp. per a la recerca en arq. i sols. (Carga horária: 10h). , Institució Catalana d´Estudis Agraris, ICEA, Espanha.

2009 - 2009

Biomineralizaciones de sílice en arqueología. (Carga horária: 18h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2009 - 2009

Archaeological Soil Micromorphology. (Carga horária: 35h). , University College London, UCL, Grã-Bretanha.

2007 - 2007

Estágio supervisionado em docência. (Carga horária: 120h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Alemão

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Catalão

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Geoarqueologia/Especialidade: Análise de Sedimentos Arqueológicos.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Micromorfologia de depósitos arqueológicos.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia de Sambaquis.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia Pré-Histórica/Especialidade: Estruturas Monticulares.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia antartica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

VILLAGRAN, X. S. ; COLONESE, A. C. . Coastal adaptation: Assessing past resilient socio-ecological systems. 2014. (Outro).

KLOKLER, D. ; VILLAGRAN, Ximena Suarez ; GASPAR, M. D. . Interpreting and detecting ritual in archaeological sites. 2011. (Outro).

VILLAGRAN, Ximena Suarez ; Peixoto, Silvia . Envisioning the shore: New insights into the occupation and anthropic configuration of coastal settings. 2009. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

8th Developing International Geoarchaeology Conference. On the evidence of hearths at Serra da Capivara (Brazil), the oldest human settlements in South America. 2019. (Congresso).

82nd Annual Meeting of the Society for American Archaeology. Hearth features at Knysna Eastern Heads Cave 1, Southern coast of South Africa. 2017. (Congresso).

Café Geológico.Geoarqueologia de sambaquis. 2017. (Encontro).

I Encontro Capixaba de Arqueologia.Os primeiros povoadores do litoral norte do Espírito Santo. 2017. (Encontro).

Seminário Weizmann - USP.Georarqueologia: novas aplicações das neociências no estudo do passado humano. 2017. (Seminário).

XVI ABEQUA. Sambaquis do norte do Espírito Santo: Tafonomia e dinâmica costeira. 2017. (Congresso).

8th World Archaeological Congress. Micromorphology of shell matix-sites: insights from South American contexts. 2016. (Congresso).

8th World Archaeological Congress. Geoarchaeology of paleoindian combustion features: new data from the early Holocene levels of Lapa do Santo (Central Brazil). 2016. (Congresso).

II Semana de Ciências do Mar. Sambaquis e sua ocupação no litoral brasileiro. 2016. (Congresso).

IV Semana de Arqueologia MAE/USP. Métodos contemporâneos em arqueologia. 2015. (Congresso).

XVII World UISPP Congress. The inland-coast interaction on the southern Brazilian shore. 2014. (Congresso).

Developing International Geoarchaeology and International Workshop on Archaeological Soil Micromorphology. Microfacies analyses in monumental shell mounds from southern Brazil: applying multivariate statistics to identify recurrent processes of deposition. 2013. (Congresso).

14th International Working Meeting on Soil Micromorphology. Mounded landscapes of the Brazilian coast: shell, sand and fish mounds from the macro- to the micro-scale. 2012. (Congresso).

14th International Working Meeting on Soil Micromorphology. The geoarchaeology of the first human settlements in Antartica. 2012. (Congresso).

75th Annual Meeting of the Society for American Archaeology. Optimal foraging or exceptional feasting: from environmental adaptation to social integration. 2011. (Congresso).

II Semana de Arqueologia do MAE (USP). Até o mínimo detalhe: microscopia de concheiros arqueológicos. 2011. (Congresso).

XIII Congresso da Associação Brasileira de Estudos do Quaternário - ABEQUA. A EVOLUÇÃO GEOLÓGICA DO LITORAL SUL DE SANTA CATARINA, VISTA ATRAVÉS DA MICROMORFOLOGIA DE SAMBAQUIS. 2011. (Congresso).

XVI Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira / XVI World Congress of UISPP. Primeiros estudos micro-estratigráficos em cerritos - Conjunto Pago Lindo (Tacuarembó, Uruguai). 2011. (Congresso).

XVI Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira / XVI World Congress of UISPP. A interpretação de estruturas de combustão e resíduos queimados em sítios concheiros do litoral brasileiro e da Terra do Fogo. 2011. (Congresso).

European Geosciences Union - General Assembly. An experimental approach for archaeological soil micromophology: building a model for site taphonomy in coastal shell middens of the Beagle Channel (Argentina). 2010. (Congresso).

V Reunion de Teoría Arqueológica en América del Sur. Un micro-mundo a orillas del Beagle: Aproximación micromorfológica para el estudio de concheros fueguinos. 2010. (Congresso).

74th Annual Meeting of the Society for American Archaeology. Building coastal landscapes: zooarchaeology and geoarchaeology as tools to understand ritual shell deposits. 2009. (Congresso).

XV Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Tafonomia microbiológica em carcaças enterradas em bioma de Cerrado. 2009. (Congresso).

XV Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Evolução geológica e ocupação sambaquieira no litoral centro-sul de Santa Catarina: padrões estratigráficos e distribuição tempo-espacial. 2009. (Congresso).

XV Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Dinâmica espacial e assentamentos domésticos nos sambaquis da Ilha do Cabo Frio (Rio de Janeiro). 2009. (Congresso).

73th Annual Meeting of the Society for American Archaeology. Archaeostratigraphy of Jabuticabeira II (SC-Brazil): Models, methods and geoarchaeological techniques unravelling its formation process. 2008. (Congresso).

Sixth World Archaeological Congress. Dark layers (camadas pretas) over sambaquis: an archaeosedimentary phenomenon of regional extent. 2008. (Congresso).

I Semana de Arqueologia do MAE (USP). Micromorfologia de depósitos arqueológicos. 2007. (Congresso).

IV Reunion Internacional de Teoria Arqueológica en América del Sur (Inter-Congreso del WAC). La Geoarqueología y su papel en proyectos interdisciplinarios: estratigrafía y sedimentología de los grandes sambaquis del litoral sur catarinense (Santa Catarina, Brasil). 2007. (Congresso).

XI Congreso Nacional de Arqueologia. Aspectos espaciales de la gestión de recursos minerales: continuidad y cambio en las Tierras Bajas del Potrero Grande (Rocha). 2005. (Congresso).

XI Congreso Nacional de Arqueologia. Monumentalidad en Tierra entre los cazadores-recolectores del Este uruguayo. 2005. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Rafael Casati

VILLAGRAN, XIMENABLASIS, Paulo deFORNARI, M.; Simões Marcelo; MILLO, Christian; GIANNINI, Paulo. O registro climático e ambiental das conchas de sambaquis e depósitos paleolagunares na costa centro-sul catarinense. 2019. Tese (Doutorado em Geociências (Geoquímica e Geotectônica)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Filippo Stampanoni Bassi

Neves, Eduardo Góes;DEBLASIS, PauloVillagran, Ximena S.; Moraes, Claide de Paula; Lima, Helena P.. A maloca Saracá: Uma fronteira cultural no médio Amazonas pré-colonial, vista da perspectiva de uma casa. 2016. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Federica Maria Moreno Rudolph

Vila, Assumpció;Villagran, Ximena S.; Marin Arroyo, Ana Belen. La gestión de los recursos animales en la prehistoria del Este de Uruguay (4000 aos AP - siglo XVI). 2014. Tese (Doutorado em Department de Prehistòria) - Universitat Autònoma de Barcelona - UAB.

Aluno: Anderson Rogério de Oliveira Tognoli

Klokler, Daniela; FIGUTI, L.;VILLAGRAN, XIMENA. Perfis arqueofaunísticos dos sambaquis tardios e dos sítios Proto-Jê do Sul de Santa Catarina - com ênfase nos processos de formação. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Rafael Casati

VILLAGRAN, X.S.; MILLO, Cristian. A evolução ambiental do Holoceno registrada nas conchas de sambaquis e paleolagunas. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Fabricio Bernardes

VILLAGRAN, X.S.DEBLASIS, Paulo. Arqueologia da paisagem e a construção de montículos artificiais: análise da margem sudoeste da Lagoa dos Patos, Rio Grande, RS. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Renata Estevam da Silva

VILLAGRAN, X.S.DEBLASIS, Paulo. Padrões funerários nos sambaquis de Santa Catarina: Proposta de uma síntese. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Jordana Batista Barbosa

VILLAGRAN, X.S.; NEVES, E. G.. O que as marcas podem nos contar sobre os vestígios? Ocupações arqueológicas no interflúvio do rio Araguaia e rio do Peixe, Goiás. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Laura Pereira Furquim

VILLAGRAN, X.S.; WESOLOWSKI, V.. Arqueobotânica e mudanças sócioeconômicías durante o Holoceno Médio no sudeste da Amazônia. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Michel Bueno Flores da Silva

Neves, Eduardo Góes;DEBLASIS, PauloVillagran, Ximena S.. Aldeias e organização espacial dos povos produtores da cerâmica Aristé: Contribuiçoões para a arqueologia das unidades habitacionais da costa atlântica do Amapá. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Dulce Barcellos Gaspar de Oliveira

Estevez, Jordi;GASPAR, M.D.. ?Micromorfologia de sitios costeiros da America do Sul: Arqueoestratigrafia e processos de formação de sambaquies (Santa Catarina, Brasil) e concheros (Tierra del Fuego, Argentina)?. 2013. Tese (Doutorado em Arqueologia Pré-histórica) - Universitat Autònoma de Barcelona - UAB.

Paulo DeBlasis

Villagrán, Ximena S.DeBlasis, PauloAFONSO, M. C.; Araújo, Astolfo de Melo. Análises estratigráficas e micromorfológicas no sambaqui Jabuticabeira II. 2008. Dissertação (Mestrado em Pós- Graduação em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo.

Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud Schaefer

Schaefer, Carlos Ernesto G. R. MICROMORFOLOGIA DE SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS DE SAMBAQUIS DE SANTA CATARINA. 2012. Tese (Doutorado em Geociências (Geoquímica e Geotectônica)) - Universidade de São Paulo.

Felipe Antônio de Lima Toledo

TOLEDO, F. A. L.; Figuty, L.; BLASIS, P. A. D.. Camadas pretas nos Sambaquis: o sítio Jabuticabeira II e a formação do registro sedimentar. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Arqueologia) - Universidade de São Paulo.

Marisa Coutinho Afonso

GIANNINI, Paulo César Fonseca; ESTEVEZ ESCALERA, J.; FIGUTI, L.; PIQUÉ HUERTA, R.; SCHAEFER, C. E. G. R.;AFONSO, M. C.. Micromorfologia de sítios concheiros da América do Sul: arqueoestratigrafia e processos de formação de sambaquis (Santa Catarina) e Concheros (Terra do Fogo, Argentina). 2012. Tese (Doutorado em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo.

Marisa Coutinho Afonso

GIANNINI, P. C.; ARAUJO, A. G. M.;AFONSO, M. C.. Micromorfologia de sítios concheiros da América do Sul: arqueoestratigrafia e processos de formação de sambaquis (Santa Catarina, Brasil) e concheros (Terra do Fogo, Argentina). 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo.

Astolfo Gomes de Mello Araújo

ARAUJO, A. G. M.; De Blasis, P.A.; ANGULO, R.J.. Análise de Arqueofácies na Camada Preta do Sambaqui Jabuticabeira II. 2008. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia.

Astolfo Gomes de Mello Araújo

ARAUJO, A. G. M.; Giannini, P.C.F.; AFONSO, M. C.. Micromorfologia de Sítios Concheiros na América do Sul: Arqueostratigrafia e Processos de Formação de Sambaquis (Santa catarina, Brasil) e Concheros (Terra do Fogo, Argentina). 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Geologia) - Instituto de Geociências da USP.

Ana Maria Goes

GIANNINI, P. C. F.; ARAÚJO, A. G. M.;GÓES, A. M.. Micromorfologia de sítios concheiros da América do Sul: arqueoestratigrafia e processos de formação de sambaquis (Santa Catarina, Brasil). 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Geociências (Geoquímica e Geotectônica)) - Universidade de São Paulo.

Paulo César Fonseca Giannini

GIANNINI, P. C. F.; AFONSO, M.C.; FIGUTI, L.; ESCALERA, J. E.; PIQUE, R.;SCHAEFER, C. E. G. R.. Micromorfologia de Sítios Concheiros da América do Sul: Arqueoestratigrafia e Processos de Formação de Sambaquis (Santa Catarina, Brasil) e Concheros (Terra do Fogo, Argentina). 2012. Tese (Doutorado em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo.

Paulo César Fonseca Giannini

GIANNINI, P. C. F.; AFONSO, M.C.;ARAÚJO, A.G.M.. Micromorfologia de Sítios Concheiros da América do Sul: Arqueoestratigrafia e Processos de Formação de Sambaquis (Santa Catarina, Brasil) e Concheros (Terra do Fogo, Argentina). 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Haruan Straioto

Sistemas tecnológicos na margem ocidental inferior da Lagoa dos Patos: Abordagem tecnofuncional sobre os vestígios líricos dos sítios RS-LS-14, RS-LS-11 e Leggerman; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Kelly Brandão Vaz da Silva

O registro arqueossedimentar da presença humana na Amazônia: um olhar através da micromorfologia de solos e técnicas complementares; ; Início: 2019; Tese (Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo; (Orientador);

Isabela da Silva Müller

Arqueologia guarani no litoral central de Santa Catarina: Análise de três coleções em Florianópolis, SC; 2016; Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Ximena Suarez Villagran;

Kelly Brandão Vaz da Silva

Análise micromorfológica do processo de formação do sítio arqueológico Sol de Campinas do Acre; 2016; Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ximena Suarez Villagran;

Daniela Dias Ortega

Microvestígios botânicos em artefatos líticos do sítio Lapa do Santo (Lagoa Santa, Minas Gerais); 2016; Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Ximena Suarez Villagran;

Henrique Valadares Costa

O povoamento holocênico do litoral norte do Espírito Santo; 2015; Tese (Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ximena Suarez Villagran;

Anya Iris Schmidt Cunha

Coleção de referencia para caracterização de restos de vegetais queimados nos sedimentos do sítio Lapa do Santo (Lagoa Santa, Minas Gerais); 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Gestão Ambiental) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Ximena Suarez Villagran;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Paulo DeBlasis

Análise de Arqueofácies na camada preta do sambaqui Jaboticabeira II; 2008; Dissertação (Mestrado em Pós- Graduação em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Paulo DeBlasis;

Paulo César Fonseca Giannini

Co-orientação Informal: Camadas Pretas nos Sambaquis: o Sitio Jabuticabeira II e a Formação do Registro Sedimentar; 2008; Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Coorientador: Paulo César Fonseca Giannini;

Paulo César Fonseca Giannini

Micromorfologia de Sítios Concheiros da América do Sul: Arqueoestratigrafia e Processo de Formação de Sambaquis (Santa Catarina, Brasil) e Concheros (Tierra del Fuego, Argentina); 2012; Tese (Doutorado em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Paulo César Fonseca Giannini;

Paulo César Fonseca Giannini

Supervisão a pós-graduando do Programa de Arqueologia do Museu de arqueologia e Etnologia da USP, bolsista PAE, na disciplina de Sedimentologia (GSA; 250); 2007; Orientação de outra natureza; (Geologia) - Universidade de São Paulo, Pró-Reitoria de Pós-Graduação da USP; Orientador: Paulo César Fonseca Giannini;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

VILLAGRAN, Ximena Suarez . Relatório de análises micromorfológicas (sítio SC-RFT-11). 2012.

VILLAGRAN, Ximena Suarez . Relatório Sedimentológico: Sitio Usiminas, Ilha do Cabo Frio. 2008.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Povos Indígenas e o Meio Ambiente na Amazônia Antiga, Descrição: Um dos principais problemas de pesquisa da arqueologia sul americana é explicar o processo desigual de emergência de hierarquias sociais, da centralização política e do estado ao longo do continente. Ao longo do século XX arqueólogos propuseram que os Andres centrais teriam sido uma espécie de área nuclear onde elementos tais como o urbanismo, a vida sedentária e a agricultura teriam se desenvolvido antes de outras partes, incluindo as terras baixas tropicais. Tais ideias, no entanto, vêm sendo revistas à luz de pesquisas realizadas na bacia Amazônica que vêm mostrando, por exemplo, que essa região foi um importante centro antigo e independente de domesticação de plantas e produção cerâmica. Nos últimos anos, pesquisas realizadas em diferentes partes da Amazônia têm também revelado a presença de grandes estruturas artificiais de terra que incluem montículos residenciais de tamanho monumental, canais de irrigação e drenagem, aterros, valas, estradas etc. Nesse contexto, uma região particularmente interessante é a dos formadores do alto rio Madeira (rios Guaporé, Mamoré, Beni e Madre de Dios), que inclui partes do Peru, Bolivia e Brasil, pois é ali que se encontram algumas das evidências antigas de domesticação de plantas e produção cerâmica no continente, bem como os melhores exemplos de construção de aterros nas terras baixas. Um exame mais detalhado da arqueologia dos formadores do rio Madeira mostra um quadro interessante: enquanto as evidências de ocupações antigas e domesticação independente de plantas vêm de partes da bacia que eram até recentemente coberta por florestas, as evidências de estruturas monumentais vêm da parte caracterizada pela presença de savanas periodicamente alagadas. Este projeto pretende compreender a correlação entre fatores ambientais e dinâmicas políticas na história de formação e transformação de sociedades hierarquizadas na bacia dos formadores do rio Madeira. O foco particular será no entendimento da correlação entre a abundância e concentração de recursos e a emergência da centralização política através da realização de pesquisas arqueológicas e paleoecológicas em três áreas de pesquisa. Nossa hipótese, de maneira resumida, é que contextos com recursos abundantes e dispersos são propícios a formas de ocupação humana que são incompatíveis com a emergência da centralização política no longo prazo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Eduardo Góes Neves - Coordenador / STRAUSS, ANDRÉ - Integrante / PUGLIESE, FRANCISCO - Integrante / Carlos Augusto Zimpel - Integrante / Fernando Ozorio de Almeida - Integrante / Gabriela Prestes Carneiro - Integrante / Jennifer Watling - Integrante / Myrtle Pearl Shock - Integrante / Silvana Zuse - Integrante / Carla Gibertoni Carneiro - Integrante / Francisco William Da Cruz Junior - Integrante / Paulo Eduardo de Oliveira - Integrante / Anne Rapp Py-Daniel - Integrante / Eduardo Bespalez - Integrante / Guilherme Zdnoek MOngeló - Integrante.

  • 2017 - 2018

    A arqueologia do Holoceno Médio e o início da domesticação de paisagens no sudoeste da Amazônia, Descrição: Há atualmente um intenso debate sobre o papel exercido sobre as populações indígenas do passado na transformação da natureza e criação de paisagens na Amazônia. A maioria dos arqueólogos aceita a hipótese de que a Amazônia foi profundamente modificada no passado, conforme se pode verificar pela distribuição de sítios arqueológicos de grande porte distribuídos por toda a região. Tais modificações tornaram-se visíveis a partir de cerca de 2.500 AP, quando passa ser notável a formação de solos antrópicos, correlatos do estabelecimento de ocupações sedentárias e permanentes, conhecidos como terras pretas. No início do século XVI DC, quando se iniciou a colonização européia, a Amazônia estaria tão antropizada a ponto de se considerá-la como composta por paisagens domesticadas ao longo de séculos pelos povos indígenas. Posteriormente, com a extrema redução demográfica resultante da colonização, áreas anteriormente ocupadas foram recobertas por florestas. No entanto, não está ainda claro quando esse processo de domesticação se iniciou: tratou-se de um movimento súbito, o que explicaria o aumento aparentemente repentino da visibilidade arqueológica dos elementos a ele associados a partir de 2.500? Ao contrário, teria tido tal processo uma longa história, remontando ao Holoceno médio (7.000 - 3.000 AP) ou mesmo antes? Tal pergunta não pode ser ainda respondida com certeza porque há poucas regiões na Amazônia com registros arqueológicos bem preservados que recuem ao Holoceno médio. Dentre as poucas regiões com evidências contínuas de ocupação humana na Amazônia ao longo do Holoceno está a bacia do alto rio Madeira e seus formadores, no que corresponde atualmente ao Estado de Rondônia. Além das longas sequências de ocupação, a bacia do alto rio Madeira apresenta também outras características notáveis que a tornam importante para pesquisas arqueológicas: trata-se de um centro independente de domesticação de plantas como a pupunha, mandioca e o amendoim, é a região onde se verifica a maior diversidade lingüística entre as populações indígenas de toda a América do Sul) e também é aceita como o suposto centro de origem das línguas Tupi. Este projeto solicita recursos para dar continuidade às pesquisas que temos realizado com uma equipe multidisciplinar no alto Madeira. O objetivo é abertura de escavações em superfícies amplas de dois sítios onde se identificaram contextos bem preservados do Holoceno Médio: Teotônio, um sítio a céu aberto, e Monte Castelo, um sambaqui fluvial. O projeto trabalha com a premissa de que os resultados das pesquisas nos sudoeste da Amazônia podem ter um valor que ultrapassa a antropologia das populações do alto Madeira, contribuindo para a formulação de hipóteses mais amplas sobre a longa história de ocupação humana da bacia Amazônica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Anne Rapp Py Daniel - Integrante / Carlos Augusto Zimpel - Integrante / Fernando Ozorio de Almeida - Integrante / Francisco Pugliese - Integrante / Gabriela Prestes Carneiro - Integrante / Guilherme Znodeck Mongelo - Integrante / Jennifer Watling - Integrante / Laura Pereira Furquim - Integrante / Myrtle Pearl Shock - Integrante / Silvana Zuse - Integrante / Thiago Kater Pinto - Integrante / Tiago Hemenegildo - Integrante / Eduardo Góes Neves - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Arquitectura en tierra prehistórica: procesos de monumentalización y cambio social en las tierras bajas de Uruguay, Descrição: El registro arqueológico sobre el que se sustenta esta propuesta de investigación está conformado por montículos en tierra, localmente conocidos como cerritos de indios cuya distribución abarca un amplio territorio que comprende las tierras bajas (humedales) del Sur de Brasil y Noreste y Este de Uruguay (Cabrera 2005; Bracco 2006; Bracco et al 2000; López-Mazz 2001; Iriarte 2006; Gianotti 2000, 2015, entre otros). Estas construcciones antrópicas impusieron un efecto humano permanente sobre esta región hace ca. 5000 aos A.P., creando los primeros paisajes humanizados de la región atlántica meridional sudamericana. Visto en perspectiva global, el origen de la arquitectura prehistórica (en tierra, en conchas o con piedras) representa uno de los cambios más importantes de la historia de la humanidad. Tanto en Europa como en América; aparece vinculada a nuevas formas de entender la relación sociedad- naturaleza y a nuevas formas de las sociedades de pensarse y representarse a sí mismas en el espacio (Bradley 1993, Criado-Boado 1989). En tanto que construcciones intencionales producidas por la acción social, las primeras formas arquitectónicas son productos visibles y permanentes de un proceso en el que jugaron diversos aspectos, materiales e inmateriales, simbólicos, económicos y sociopolíticos de la vida social de los grupos prehistóricos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Camila Gianotti - Coordenador / Laura del Puerto - Integrante / Cesar Gonzalez Perez - Integrante / Leticia Chiglino - Integrante / Mauricio Rodriguez - Integrante / Diego Bracco - Integrante., Financiador(es): Comisión Sectorial de Investigación Científica - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Poblamiento, movilidad y reorganización cultural: explorando la inicial dispersión humana en la cuenca del río Uruguay medio entre 14,000 - 11,000 aos cal. AP, Descrição: Este proyecto se inscribe en una de las problemáticas de mayor interés en la arqueología americana contemporánea, como es la última gran dispersión de Homo sapiens por el planeta y por América en particular. La investigación está planificada para generar conocimiento sobre la inicial y más antigua ocupación humana de Uruguay, que incluye a los primeros humanos que se dispersaron por el sureste de América del Sur. La investigación permitirá aportar datos sobre la diversidad cultural, uso del espacio, movilidad y dispersión de los cazadores-recolectores tempranos de la región; pero también aportará datos originales que buscan comprender aspectos ligados a cómo influyeron los cambios climáticos y ambientales en la colonización durante el final del Pleistoceno e inicios del Holoceno.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Magdalena Muttoni - Integrante / Gustavo Pieiro - Integrante / Rafael Suarez - Coordenador / Calogero Santoro - Integrante / Andres Rinderknecht - Integrante / Elena Saconne - Integrante / Flavia Barceló - Integrante., Financiador(es): Comisión Sectorial de Investigación Científica - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Arqueologia do litoral norte do Espírito Santo: sambaquis do Município de Linhares, Descrição: Os sambaquis são sítios arqueológicos que caracterizam a ocupação humana pré-histórica de quase toda a faixa costeira do Brasil e foram especialmente pouco documentados no litoral do Espírito Santo, a pesar dos múltiplos trabalhos de arqueologia de contrato realizados nesta região nos últimos 10 anos. Os trabalhos de contrato contribuíram na detecção dos sítios, mas nunca incorporaram nas pesquisas a escavação dos sambaquis, datação pelo método de carbono 14 e análise da estratigrafia ou do conteúdo artefatual. Isto tem contribuído à existência de uma lacuna de informações sobre a ocupação sambaquieira ao norte dos estados mais ricos da região sudeste (São Paulo e Rio de Janeiro), onde as pesquisas arqueológicas foram mais intensas. Este projeto visa preencher essa lacuna de informações sobre a cronologia e as características da ocupação humana na região, especialmente no que refere aos sítios sambaquis. Com este projeto se dará continuidade às pesquisas arqueológicas no Município de Linhares iniciadas pela pesquisadora responsável com o apoio do projeto temático FAPESP ?Estudos paleoambientais interdisciplinares na costa do Espírito Santo (PROJES)? (proc. 2011/00995-7), coordenado pelo Prof. Dr. Luiz C.R. Pessenda (CENA/USP). O objetivo principal do PROJES foi estudar a evolução geológica do litoral norte do Espírito Santo, com ênfase nas variações do nível relativo do mar desde o Pleistoceno tardio e a evolução do bioma de Mata Atlântica na região. Entre os temas abordados inclui-se também a relação entre as mudanças paleo-geográficas induzidas pelas variações do nível relativo do mar e a ocupação humana pré-histórica. Assim, começaram as pesquisas arqueológicas na região de Linhares (Portaria SPHAN n07/ 88, processo 01409.000101/2014-64), com a meta de entender o efeito que as mudanças na geografia costeira tiveram nos padrões de assentamento dos grupos que ocupavam a costa do estado. Durante os 3 anos de desenvolvimento deste projeto, se dará continuidade às atividades de campo já iniciadas, que contemplam a escavação de 6 sambaquis, coleta de amostras de carvão e/ou concha, coleta de amostras para análise zooarqueológica, geoarqueológica, e paleobotânica. Os objetivos são estabelecer uma cronologia satisfatória sobre a ocupação sambaquieira da área de estudo e entender o sistema de assentamento sambaquieiro neste porção do litoral. A meta é contribuir ao desenvolvimento das pesquisas arqueológicas no Espírito Santo mediante à incorporação de novos métodos de escavação, cadastro dos materiais, curadoria e análise.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Coordenador / STRAUSS, ANDRÉ - Integrante / Henrique Antonio Valadares - Integrante / Igor da Silva Erler - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2016 - 2019

    Micromorfologia dos primeiros assentamentos humanos na América do Sul, Descrição: Pesquisas nos sítios arqueológicos mais antigos da América do Sul são fundamentais na discussão sobre o povoamento do continente. A América do Sul contém as ocupações costeiras e interioranas mais antigas e o seu registro arqueológico mostra um contraste cultural com os sítios mais antigos da América do Norte. No entanto, estudos nos sítios sul-americanos mais antigos são ainda escassos e raramente envolvem análises dos processos de formação de sítio desde uma perspectiva geoarqueológica. Isto tem conduzido a infinitas discussões sobre a confiabilidade das idades pleistocênicas e a natureza supostamente antrópica dos artefatos líticos e estruturas de combustão (fogueiras antrópicas). O estudo dos processos de formação de sítio é essencial para entender os processos naturais e culturais envolvidos na formação de qualquer sítio arqueológico (sem importar sua idade, tamanho ou localização). A micromorfologia de solos tem um alto potencial de resolução em estudos de formação de sitio e é atualmente considerada uma técnica essencial para entender a historia e integridade dos sedimentos que contêm os achados arqueológicos (artefatos, carvão, esqueletos etc.). Contudo, a micromorfologia é ainda pouco usada na arqueologia da América do Sul. Este projeto tem como meta preencher o vazio de informação sobre processos de formação dos sítios mais antigos da América do Sul, com especial ênfase na introdução da micromorfologia como método capital para resolver questões relacionadas com: o povoamento pleistocênico do continente; a confiabilidade das idades obtidas por radiocarbono e LOE (luminescência opticamente estimulada); identificação de estruturas de combustão antigas (fogueiras antrópicas); e estudo dos processos tafonômicos que afetaram a preservação dos sítios.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Coordenador / LIGOUIS, BERTRAND - Integrante / HARTMANN, GELVAM A. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 2

  • 2015 - Atual

    Long-term human responses to sea-level change, Descrição: Understanding how human societies respond to large-scale environmental changes has become a critical issue across multiple scientific disciplines. Archaeology is well positioned to study the long-term dynamics of these responses. With the support of the National Science Foundation, Dr. Naomi Cleghorn and an international team of research archaeologists and students will investigate early human responses to drastic shifts in ecosystems and landscapes, and how human-environment interactions during glacial-interglacial cycles shaped modern human behavior. Previous scholarship suggests that human populations may respond to massive environmental shifts through innovations in technology and food-acquisition strategies, as well as through societal re-organization. Southern Africa is a region with some of the oldest evidence for complex technology, symbolic and artistic traditions, and the first evidence for coastal foraging (a strategy that has been linked historically to hierarchical social structures). In this region, it has been proposed that the evidence for these key cognitive developments (which characterize modern human behavior) correlate with peak cold and dry periods, and may be adaptive responses that buffer populations by creating social and subsistence-related safety-nets. However, less is known about how humans coped with the long phases of environmental instability leading up to these periods. This project focuses on those periods of prolonged instability and investigates the related issues of continuity and disruption in human traditions and adaptations. These issues are of relevance today as modern societies in both industrialized and developing contexts struggle to adapt to changing climate.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Naomi Cleghorn - Coordenador / Zenobia Jacobs - Integrante / Chloe Atwater - Integrante / Talassa Matthews - Integrante / Judith Sealy - Integrante / Jayne Wilkins - Integrante / Christopher Shelton - Integrante., Financiador(es): National Science Foundation - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2013 - 2015

    Geoarchaeology of the first Americans: Lapa do Santo site, Central Brazil, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Coordenador., Financiador(es): Alexander Von Humboldt-Stiftung/Foundation - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4

  • 2012 - Atual

    Laboratorio de Arqueología del Paisaje y Patrimonio del Uruguay, Descrição: El Laboratorio de Arqueología del Paisaje y Patrimonio del Uruguay (LAPPU) es un grupo de investigación, desarrollo e innovación (grupo CSIC N°494) de la Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación con una unidad asociada en el Centro Regional Este de la Universidad de la República. Es una unidad especializada de I+D orientada a la gestión del Patrimonio Cultural a través de tecnologías geoespaciales avanzadas. El LAPPU está formado por un colectivo universitario de investigadores e investigadoras del área de las Humanidades, fundamentalmente de Arqueología y Antropología, que orientan sus principales acciones a la investigación y producción de conocimientos y su aplicación en torno a diferentes ejes transdisciplinares: Patrimonio, Paisaje, Territorio, Medioambiente y Ciencia Pública.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Jose Maria Lopez Mazz - Integrante / Bianca Vienni - Integrante / Irina Capdepont - Integrante / Eugenia Villarmarzo - Integrante / Camila Gianotti - Coordenador / Jimena Blasco - Integrante / Gaston Lamas - Integrante / Oscar Marozzi - Integrante / Moira Sotelo - Integrante / Carla Bina - Integrante., Financiador(es): Consejo Superior de Investigaciones Científicas - Cooperação.

  • 2011 - 2016

    Estudos paleoambientais interdisciplinares na costa do Espírito Santo, Descrição: Este projeto de pesquisa propõe um estudo paleoambiental interdisciplinar desde o Pleistoceno tardio na costa do Estado do Espírito Santo. Um dos locais de estudo compreende a região norte do estado, municípios de Linhares e Sooretama, onde se encontram reservas de Mata Atlântica. Duas abordagens que procuram explicar a atual diversidade desta vegetação serão discutidas: a teoria dos refúgios, que se relaciona às histórias de evolução e extinção locais, e a conexão pretérita com a Amazônia. Em meio à floresta, ocorre vegetação campestre sobre Espodossolos, cujo estudo da origem e desenvolvimento é proposto, juntamente com a dinâmica da vegetação de campo e arbórea. A dinâmica dos manguezais também será investigada e por inferência de sua presença e de indicadores biológicos marinhos, pretende-se verificar a extensão continental da transgressão marinha durante o Holoceno. Propõe-se também verificar a influência das flutuações marinhas no padrão de ocupação humana e de ações antrópicas na dinâmica de vegetação. Estudos com bioconstruções de vermetídeos serão efetuados em Guarapari, cerca de 180 km ao sul das reservas florestais, com o objetivo de se obter curvas de variação de nível relativo do mar e de 13C e 18O das carapaças nos últimos ~ 8000 anos; através da comparação destas curvas com as idades e dados isotópicos de vermetídeos de outras regiões da costa brasileira, propõe-se elaborar um modelo de mudança do padrão de circulação oceânica no Holoceno superior e de mudanças climáticas associadas. Todos esses estudos auxiliarão nas inferências das flutuações climáticas desde o Pleistoceno tardio para a costa do Espírito Santo, dados importantes para o desenvolvimento e otimização de modelos paleoclimáticos da região Sudeste do país.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Paulo Cesar Fonseca Giannini - Integrante / Milene Fornari - Integrante / Luiz C.R. Pessenda - Coordenador / Flavio Lima Lorente - Integrante / Antonio Alvaro Buso - Integrante / Jolimar Schiavo - Integrante / Marcelo Cohen - Integrante / Kita Macario - Integrante / Jose Albertino Bendassoli - Integrante / Caio Alves - Integrante / Marlon França - Integrante / Marcia Calegari - Integrante / Paulo de Oliveira - Integrante / Dice Rosetti - Integrante / Mauro Parolin - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Sambaquis médios grandes e monumentais: estudo sobre as dimensões de sítios arqueológicos e seus significados sociais, Descrição: A pesquisa visa recuperar e sistematizar dados sobre sambaquis, contribuindo para a interpretação pré-colonial do litoral brasileiro através da comparação entre ocupações sambaquieiras dos estados do Rio de Janeiro e Santa Catarina. O projeto se estrutura a partir de duas questões: Quais seriam as similaridades e diferenças entre os sambaquis do Rio de Janeiro e os grandes sambaquis de Santa Catarina? Como se comportam os dados zooarqueológicos, paleoetnobotânicos, bioarqueológicos e geoarqueológicos nos dois contextos de ocupação? O projeto partirá da revisão e sistematização dos dados existentes, da coleta de novos dados, de análises baseadas em novos paradigmas, técnicas e métodos, para comparar e interpretar os sítios localizados no Recôncavo da Baía de Guanabara/RJ e na Paleolaguna de Santa Marta/SC. A sistematização das informações, originais ou publicadas, e as análises de fauna, material vegetal, sedimento e esqueletos humanos, musealizados ou não, revelarão informações atualizadas, fomentando novos modelos interpretativos sobre os grupos sambaquieiros, dessa maneira proporcionando um salto qualitativo na interpretação da ocupação précolonial do Rio de Janeiro, que no momento se encontra defasada no que se refere à interpretação do modo de vida dos construtores de sambaquis.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Paulo DeBlasis - Integrante / Daniela Klokler - Integrante / Maria Dulce Gaspar - Coordenador / Rita Scheel Ybert - Integrante / Deisi S. Farias - Integrante / Sheila Mendonça de Souza - Integrante / Gina Bianchini - Integrante / Andersen Lyrio - Integrante / Verônica Wesolowski - Integrante / Claudia Rodrigues - Integrante / Dione Bandeira - Integrante / Adauto Araujo - Integrante / Luciana Sianto - Integrante / Andrea Lessa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2009 - 2012

    Arqueologia das primeiras ocupações humanas na antartica, Descrição: Este projeto se propõe a conhecer o processo de descobrimento e ocupação da Antártica. Constitui a continuação de uma linha de investigação, no campo da Arqueologia Histórica, que está focado no estudo dos primeiros assentamentos humanos nas ilhas Shetlands do Sul. Estas ocupações correspondem a refúgios estabelecidos como parte da estratégia de exploração de mamíferos marinhos implementada em finais do século XVIII e princípio do XIX. Esta temática particular nos permite compreender a incorporação da Antártica como parte da expansão do mundo europeu e consolidação da sociedade moderna. O campo da Arqueologia Histórica, a partir do inter-jogo de escalas globais e locais, têm-se destacado por oferecer novas perspectivas teóricas e analíticas para entender o passado. É de se destacar que o estudo dos foqueiros nas ilhas Shetland do Sul é um dos poucos casos da história Antártica em que se tem explorado o potencial que oferece a disponibilidade de fontes escritas e materiais. Sua integração permite incorporar um espectro amplo de fontes diversas e assim gerar uma maior gama de perguntas. Em princípio destacamos três temáticas que funcionam como eixos de articulação entre a escala global e a local neste projeto, estes são: o descobrimento da Antártica; os foqueiros; e a vida cotidiana na sociedade moderna.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Andres Zarankin - Coordenador / Carlos Magno Guimarães - Integrante / Sarah Hissa - Integrante / Luis Guilherme Resende de Assis - Integrante / Maria Ximena Senatore - Integrante / Elisângela Morais da Silva - Integrante / Ruben Stehberg - Integrante / Nelson Soto - Integrante / Melissa Anabella Salerno - Integrante / Fernando Soltys - Integrante / Bruno Sanchez - Integrante / Yacy-Ara Froner - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2008 - 2012

    Micromorfologia de sítios concheiras da América do Sul: Arqueoestratigrafia e processos de formação de sambaquis (Santa Catarina, Brasil) e concheros (Terra do Fogo, Argentina), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 20

  • 2007 - 2009

    El paisaje arqueológico de las tierras bajas. Un modelo de gestión integral del patrimonio arqueológico del Uruguay, Descrição: Dirigido por Felipe Criado-Boado y Camila Gianotti. Ejecutado por el Instituto de Ciencias del Patrimonio (CSIC) en colaboración con la FHCE, a través del Laboratorio de Arqueología del Paisaje y Patrimonio (LAPPU). Financiado por el Ministerio de Cultura de Espaa (convocatoria de proyectos arqueológicos en el exterior). Se trata de un proyecto de cooperación interinstitucional que contó con apoyo de la administración nacional y local, así como de diversas instituciones y actores locales. El objetivo central es el estudio del paisaje arqueológico conformado por los primeros monumentos de las tierras bajas uruguayas desde la perspectiva teórica de la Arqueología del Paisaje. Este tema de investigación se constituyó además en medio y fin a través del cuál se desarrolló un auténtico programa de gestión integral del patrimonio arqueológico en el que se compatibilizó la investigación científica de un problema histórico concreto (cerritos de indios) con una dimensión aplicada en la que se orientó y estimuló el desarrollo de la práctica arqueológica hacia la gestión patrimonial (ver en Criado et al 2006; Gianotti et al 2010; Gianotti et al 2012).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Ana Cuesta - Integrante / Magdalena Muttoni - Integrante / Irina Capdepont - Integrante / Camila Gianotti - Coordenador / Felipe Criado Boado - Integrante / Laura del Puerto - Integrante / Nicolas Gazzan - Integrante / Cristina Cancela - Integrante / Federico del Castillo - Integrante / Jimena Blasco - Integrante / Gaston Lamas - Integrante / Gustavo Pieiro - Integrante / Joeri Kaal - Integrante / Juan Jose Dimuro - Integrante., Financiador(es): Ministerio de Cultura - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2005 - 2010

    Sambaquis e paisagem: modelando a inter-relação entre processos formativos culturais e naturais no litoral sul de Santa Catarina, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo DeBlasis em 12/02/2015., Descrição: Este projeto de pesquisa interdisciplinar tem como foco o estudo integrado dos processos de ocupação pré-colonial do litoral sul de Santa Catarina, com ênfase nas sociedades sambaquieiras, e a evolução concomitante dos cenários naturais daquela região, sobre tudo ao longo do Holoceno. Trata-se de investigar o modo pelo qual estas sociedades fizeram da região seu território, interferindo ativamente na construção da paisagem litorânea e imprimindo, de maneira significativa, padrões culturais de caráter monumental (isto é, os próprios sambaquis) em meio a um ambiente natural em constante e intensa transformação, determinada por variações do nível do mar e pela dinâmica de sistemas deposicionais costeiros marinhos, eólicos e lagunares. Metodologicamente, a pesquisa decompõe-se em diferentes vertentes de investigação - geológica, antracológica, zooarqueológica, geofísica, biológica e aspectos regionais e intra-sítio de investigação arqueológica - em uma abordagem sistêmica, multifacetada e multidisciplinar, organizada na forma de um sistema geo-referenciado de informações (SIG), visando à elaboração de modelos integrados de evolução ambiental e cultural, assim como micro-evolução humana, da sociedade sambaquieira e suas relações com sociedades contemporâneas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Paulo DeBlasis - Coordenador / Paulo Cesar Fonseca Giannini - Integrante / Maria Dulce Gaspar - Integrante / Rita Scheel Ybert - Integrante / Danilo Chagas Assunção - Integrante / Paula G. Nishida - Integrante / Levy Figuti - Integrante / Jorge Luiz Porsani - Integrante / Suzanne Fish - Integrante / Paulo Fish - Integrante / André Penin - Integrante / Rafael Guedes Milheira - Integrante / Rafael Brandi - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 14

  • 2005 - 2005

    Grupo de Investigación en Arqueología Forense (GIAF), Descrição: El Grupo de Investigación en Arqueología Forense del Uruguay (GIAF) se constituyó en junio del ao 2005 a través de un convenio firmado entre Presidencia de la República y la Universidad de la República. Es a instancias del actual Gobierno que el Estado promueve las investigaciones sobre las denuncias de desapariciones forzadas que se iniciaron en la década del 70. El principal objetivo de equipo consiste en investigar el destino de los cuerpos de las personas detenidas-desaparecidas en el contexto de la última dictadura cívico-militar (1973-1984), dando cumplimiento al Art. 4 de la Ley de Caducidad. Es un equipo compuesto por docentes, egresados y estudiantes avanzados de la Licenciatura en Ciencias Antropológicas, en torno al Departamento de Arqueología de la Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación. Las diferentes especialidades dentro de la disciplina contribuyen a una articulación integral en un nuevo escenario para el desarrollo de las prácticas científicas. Sus objetivos se han delimitado en torno a la búsqueda, recuperación e identificación de enterramientos clandestinos y de posibles lugares de remoción de cuerpos (?Operación Zanahoria?). De esta manera, se ha logrado un fortalecimiento del accionar de la justicia y se ha promovido el derecho de los familiares de las víctimas a la ?verdad?.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Jose Maria Lopez Mazz - Coordenador / Octavio Nadal - Integrante / Ximena Salvo - Integrante / Veronica de Leon - Integrante / Victoria Ribeiro - Integrante / Aparicio Arcaus - Integrante / Hugo Inda - Integrante / Laura del Puerto - Integrante / Irina Capdepont - Integrante / Carina Erchini - Integrante / Andrés Gascue - Integrante / Eugenia Villarmarzo - Integrante / Paula Tabarez - Integrante., Financiador(es): Presidencia de la República - Remuneração.

  • 2002 - 2005

    Proyecto Arqueología de las Tierras Bajas (MEC-CONICYT)., Descrição: Asistente de campo e laboratório. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Ximena Suarez Villagran - Integrante / Jose Maria Lopez Mazz - Coordenador / Octavio Nadal - Integrante / Ximena Salvo - Integrante / Veronica de Leon - Integrante / Graciela Devizencis - Integrante / Andrés Gascue - Integrante., Financiador(es): Ministerio de Educacion Y Cultura - Auxílio financeiro / Comision Nacional de Investigacion Cientifica y Tecnologica - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2012

Young Micromorphologists Publication Award 2012, International Union of Soil Sciences - Comission 1.1 Soil Morphology & Micromorphology.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de São Paulo, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP. , Avenida Professor Almeida Prado 2466, Butantã, 05508070 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 30912896, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - Atual

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2009 - 2012

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado - FAPESP, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2008 - 2009

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado - CNPq, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2005 - 2008

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado - FAPESP, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 10/2018

      Ensino, Geociências (Geoquímica e Geotectônica), Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Petrologia de materiais geológicos e arqueológicos

    • 08/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, .,Linhas de pesquisa

    • 10/2016

      Ensino, Arqueologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Microarqueologia

    • 09/2016

      Ensino, Arqueologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, História da Arqueologia

    • 08/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, .,Cargo ou função, Titular - Doutor - Comissão de Pós-Graduação em Arqueologia.

    • 07/2016

      Pesquisa e desenvolvimento , Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, .,Linhas de pesquisa

    • 02/2016

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Pré-história da Europa

    • 09/2015

      Ensino, Arqueologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Arqueologia costeira

    • 09/2015

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, .,Cargo ou função, Titular - Doutor - Conselho deliberativo.

    • 08/2015

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Arqueologia Brasileira

    • 09/2015 - 09/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, .,Cargo ou função, Suplente - Doutor - Comissão de Cultura e Extensão.

    • 04/2015 - 03/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, .,Cargo ou função, Suplente - Doutor - Comissão de Pesquisa.

    • 08/2012 - 07/2016

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Energia Nuclear na Agricultura, .,Linhas de pesquisa

    • 08/2008 - 11/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Geociências, .,Linhas de pesquisa

    • 08/2005 - 03/2008

      Pesquisa e desenvolvimento , Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, .,Linhas de pesquisa

  • 2016 - 2016

    University of Würzburg

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Lecturer, Carga horária: 30

    Atividades

    • 01/2016 - 01/2016

      Treinamentos ministrados , Geografisches Institut, .,Treinamentos ministrados, "Methods in Geoarchaeology". Público alvo: Estudantes de graduação e pós-graduação em Geografia

  • 2015 - Atual

    The University of Texas at Arlington

    Vínculo: Participação em Projeto, Enquadramento Funcional: Pesquisador

    Atividades

    • 08/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Department of Sociology and Anthropology, .,Linhas de pesquisa

  • 2014 - 2015

    University of Tübingen

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Alexander Von Humboldt post-doctoral fellow, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2013 - 2014

    University of Tübingen

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorando - CsF/ CAPES-CNPq, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 03/2013 - 02/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Institut für Naturwissenschaftliche Archäologie, .,Linhas de pesquisa

    • 10/2013 - 12/2013

      Ensino, Master in Archaeological Science, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Coastal Archaeology

  • 2010 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Participação em Projeto, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

    Atividades

    • 01/2010

      Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, .,Linhas de pesquisa

  • 2012 - Atual

    Universidad de la Republica Uruguay

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

    Outras informações:
    Pesquisadora do Laboratorio de Arqueología del Paisaje y Patrimonio del Uruguay

  • 2016 - 2016

    Universidad de la Republica Uruguay

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 30

  • 2009 - 2010

    Universidad de la Republica Uruguay

    Vínculo: Participação em Projeto, Enquadramento Funcional: Pesquisador

  • 2005 - 2005

    Universidad de la Republica Uruguay

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 01/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, .,Linhas de pesquisa

    • 01/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro Universitário Regional Este, .,Linhas de pesquisa

    • 01/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2016 - 03/2016

      Treinamentos ministrados , Centro Universitário Regional Este, .,Treinamentos ministrados, "Micromorfología de suelos: Herramientas teórico-prácticas y aplicaciones a problemas geoarqueológicas". Público alvo: Estudantes de graduação e pós-graduação

    • 02/2009 - 03/2010

      Pesquisa e desenvolvimento , Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, .,Linhas de pesquisa

    • 05/2005 - 07/2005

      Pesquisa e desenvolvimento , Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, .,Linhas de pesquisa

  • 2010 - 2013

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Participação em Projeto, Enquadramento Funcional: Pesquisador

    Atividades

    • 06/2010 - 06/2013

      Pesquisa e desenvolvimento , Museu Nacional, .,Linhas de pesquisa

  • 2010 - 2010

    Consejo Superior de Investigaciones Científicas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário com bolsa Santander-Universia, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2009 - 2009

    Consejo Superior de Investigaciones Científicas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário com bolsa da Fundación Carolina, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2007 - 2007

    Consejo Superior de Investigaciones Científicas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário com bolsa da Fundación Carolina, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 08/2010 - 12/2010

      Estágios , Institución Milá y Fontanals, .,Estágio realizado, Análise micromorfológica do sítio Túnel VII (Terra do Fogo, Argentina).

    • 09/2009 - 11/2009

      Estágios , Institución Milá y Fontanals, .,Estágio realizado, Análises da coleção de micromorfologia experimental de concheiros da Terra do Fogo (Argentina).

    • 01/2007 - 03/2007

      Estágios , Institución Milá y Fontanals, .,Estágio realizado, Análises micromorfológicas do sítio Jabuticabeira II (Santa Catarina, Brasil).

  • 2002 - 2005

    Ministerio de Educacion Y Cultura

    Vínculo: Colaborador honorário, Enquadramento Funcional: Colaboração em projetos de pesquisa, Carga horária: 5

    Atividades

    • 04/2002 - 03/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Museo Nacional de Antropologia, Museo Nacional de Antropologia.,Atividade realizada, Assistente de campo e laboratório. Projeto "Arqueología de las Tierras Bajas - Sub-Proyecto Potrero Grande" (MEC) Coordenador: Prof. Dr. José Maria López Mazz..