Célia Maria Moraes de Castilho

Nasceu em São Paulo, filha de Dirceu Moraes Almeida e Mafalda Azzoni Moraes. Casada com Ataliba T. de Castilho (1962), tem três filhos: Cláudia (bibliotecária), Célia (professora), 1965, e Rogério Moraes de Castilho (patologjsta) 1972. Quatro netos: Renan (1994), Vinicius (2000), Matthew (2004) e Leonard (2006). Graduação em Letras Vernáculas e Francês pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Marília (1968-1971), hoje unidade da UNESP, Especialização em Língua Portuguesa pela mesma Faculdade (1973), Mestrado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1991), Doutorado em Linguística pela mesma universidade (2004), Pós-doutorado na Universidade de São Paulo (2007-2010). Experiência docente na área de Lingüística, com ênfase em Filologia Românica. Áreas de atuação: sintaxe descritiva da língua falada (delimitadores, advérbios, quantificadores), sintaxe diacrônica do português arcaico (redobramento sintático), história social do Português de São Paulo em seus primeiros séculos, diacronia da concordância no português brasileiro.

Informações coletadas do Lattes em 28/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Lingüística

1992 - 2004

Universidade Estadual de Campinas
Título: Processo de redobramento sintático no português medieval: a formação das perífrases de estar + gerúndio e infinitivo
Orientador: Mary Aizawa Kato
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Palavras-chave: Português medieval; Redobramento sintático; Sintaxe.Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Histórica. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Teoria e Análise Lingüística. Setores de atividade: Educação.

Mestrado em Lingüística

1982 - 1987

Universidade Estadual de Campinas
Orientador: Ataliba T de Castilho
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Palavras-chave: Língua falada; Gramática; Advérbios.Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Teoria e Análise Lingüística / Especialidade: Descrição do Português Falado. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Teoria e Análise Lingüística. Setores de atividade: Educação Superior.

Especialização em Língua Portuguesa

1973 - 1973

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Orientador: Ataliba Teixeira de Castilho

Graduação em Letras Português e Francês

1968 - 1971

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2006

Pós-Doutorado. , Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Teoria e Análise Lingüística/Especialidade: Filologia Românica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XIII Congresso Internacional da Associação de Lingüística e Filologia da América Latina. Comissão de Pesquisa em História do Português Brasileiro. 2002. (Congresso).

IX Congresso Internacional da Associação de Lingüística e Filologia da América Latina. Grupo de Sintaxe II - Comunicação sobre os advérbios delimitadores. 1990. (Congresso).

I Congresso Internacional da Faculdade de Letras. Participação. 1987. (Congresso).

II Encontro da ANPOLL.Participante. 1987. (Encontro).

XV Congresso Internacional de Lingüística e Filologia Românicas. Participação. 1978. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ingedore Grunfeld Villaça Koch

KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. Locativos, Fóricos, Articuladores Discursivos e Conjunções no Português Medieval: gramatização de ende/en e porende/porém. 2003. Outra participação, Universidade Estadual de Campinas.

Ilza Maria de Oliveira Ribeiro

RIBEIRO, I.. O processo de redobramento sintático no português medieval - o redobramanto pronominal e a formação das perífrases de estar + ndo / -r.. 2005. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas.

Rodolfo Ilari

ILARI, R.. Os delimitadores no português falado no Brasil. 1991. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas.

Rodolfo Ilari

ILARI, R.. O processo de redobramento sintático no português medieval: o redobramento pronominal e a formação das perífrases estar + ndo / -r. 2005. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas.

Maria Aparecida Correa Ribeiro Torres Morais

TORRES MORAIS. O processo de redobramento sintático no português medieval: o redobramento pronominal e a formação das perífrases de estar + ndo / -r. 2005. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas.

Maria Bernadete Marques Abaurre

ABAURRE, M. B. M.. Locativos, forícos, articuladores discursivos e conjunções no português medieval: gramaticalização de ende/en e porende/porém. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas.

Marilza de Oliveira

OLIVEIRA, M.. O processo de redobramento sintático no português medieval: o redobramento pronominal e a formação das perífrases de estar -ndo?. 2005. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas.

Charlotte Marie Chambelland Galves

GALVES, C. M. C.. O processo de redobramento sintático no português medieval: o redobramento pronominal e a formação das perífrases de estar + ndo / -r. 2005. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mary Aizawa Kato

O Processo de Redobramento Sintático no Português Medieval; 2005; Tese (Doutorado em Doutorado em Lingüística) - UNiverside Estadual de Campinas,; Orientador: Mary Aizawa Kato;

Ataliba Teixeira de Castilho

Os Delimitadores no Português Falado; 1991; Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ataliba Teixeira de Castilho;

Marilza de Oliveira

2007; Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Marilza de Oliveira;

Marilza de Oliveira

2006; Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Marilza de Oliveira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CASTILHO, C. M. M. . Locativos, fóricos, articularadores discursivos e conjunções no português medieval: ende-en-porém. Filologia e Lingüística Portuguesa , v. 6, p. 53-1000, 2004.

  • CASTILHO, C. M. M. . A diacronia do dequeísmo: o clítico locativo medieval en e o dequeísmo nas orações relativas. Lingüistica (Madrid) , v. 15/16, p. 123-160, 2003.

  • CASTILHO, C. M. M. ; CASTILHO, A. T. . Adjetivos predicativos. Letras, Santa Maria, v. 5, p. 122-141, 1993.

  • CASTILHO, C. M. M. . Observações sobre os erros de ortografia dos colegiais. Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978) , Campinas, v. 3, p. 58-71, 1980.

  • CASTILHO, C. M. M. . Grafia de estrangeirismos no vocabulário de alunos do primeiro grau. Estudos Lingüísticos (São Paulo) , v. 2, p. 44-61, 1978.

  • CASTILHO, C. M. M. . A linguagem dos inventários e testamentos: lendo nas entrelinhas. In: M.S.C.B Bassanezi; T.R. Botelho. (Org.). Linhas e entrelinhas: as diferentes leituras das atas paroquiais dos setecentos e oitocentos. Belo Horizonte: Veredas e Cenários / Fapemig, 2009, v. , p. 257-272.

  • CASTILHO, C. M. M. . Estrutura discursiva dos Inventários e Testamentos de São Paulo. In: A.T. de Castilho. (Org.). História do Português Paulista. Campinas: Instituto de Estudos da Linguagem, 2009, v. I, p. 665-698.

  • CASTILHO, C. M. M. . A concordância nos Inventários e Testamentos do séc. XVII. In: A.T. de Castilho. (Org.). História do Português Paulista. Campinas: Instituto de Estudos da Linguagem, 2009, v. I, p. 333-350.

  • CASTILHO, C. M. M. . Primeiras histórias sobre a diacronia do dequeísmo: o clítico locativo en e o dequeísmo das orações relativas no português medieval.. In: T. Lobo; I. Ribeiro; Z. Carneiro; N. Almeida. (Org.). Para a História do Português Brasileiro. 1a.ed.Salvador: Editora da Universidade Federal da Bahia, 2006, v. VI, 2, p. 183-222.

  • CASTILHO, C. M. M. ; CASTILHO, A. T. . Adjectival hedges in Brazilian Spoken Portuguese. In: Brigitte Schlieben Lange; Ingedore Vilaça Koch; Konstanze Jungbluth. (Org.). Dialog zwischen den Schulen. Soziolinguistiche, konversationsanalyse und generative Beiträge aus Brasilien. 1a.ed.Münster: , 2002, v. , p. 181-191.

  • CASTILHO, C. M. M. . Seria quatrocentista o português implantado no Brasil ?. In: Rosa Virgínia Mattos e Silva. (Org.). Para a História do Português Brasileiro. 1a.ed.São Paulo: Humanitas, 2001, v. 2, p. 57-89.

  • CASTILHO, C. M. M. . Os quantificadores indefinidos. In: Ataliba T. de Castilho. (Org.). Gramática do Português Falado. 1a.ed.Campinas: Editora da Unicamp / Fapesp, 1993, v. 3, p. 213-234.

  • CASTILHO, C. M. M. ; CASTILHO, A. T. . Advérbios modalizadores. In: Rodolfo Ilari. (Org.). Gramática do Português Falado. 1a.ed.Campinas: Editora da Unicamp, 1992, v. 2, p. 213-260.

  • CASTILHO, C. M. M. ; ILARI, R. ; FRANCHI, C. ; CASTILHO, A. T. ; POSSENTI, S. . Considerações sobre a ordem dos advérbios. In: Ataliba T. de Castilho. (Org.). Gramática do Português Falado. 1a.ed.Campinas: Editora da Unicamp / Fapesp, 1990, v. 1, p. 63-142.

  • CASTILHO, C. M. M. . As raízes do dequeísmo. In: XIV Congresso Internacional da ALFAL, 2005, Monterrey - México. Actas del XIV Congreso Internacional de la Asociación de Linguística y Filologia de América Latina. Monterrey - MX: Editora de la Universidad Autónoma de Nuevo León. v. cd-rom.

  • CASTILHO, C. M. M. . Os Delimitadores no Português Falado no Brasil. 1991 (Dissertação de Mestrado) .

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 1974 - 1975

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Auxiliar de ensino, Carga horária: 16

    Atividades

    • 03/1974 - 12/1975

      Ensino, Letras Português e Francês, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Filologia Românica