Pedro Eduardo Bonfim Freitas

Possui graduação em Biomedicina pela Universidade Federal do Pará ( conclusão -2003), mestrado pelo Programa de Pós-graduação em Neurociências e Biologia Celular( área de concentração: Biologia Celular) pela Universidade Federal do Pará - UFPA (conclusão - 2006) e doutorado pelo Programa de Pós-gradução em Genética e Biologia Molecular (Conceito Capes - 5) pela Universidade Federal do Pará (conclusão - 2013). Atualmente é servidor público no Instituto Evandro Chagas, exercendo a função de Tecnologista em Pesquisa Biomédica na Seção de Hepatologia. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Metabolismo e Bioenergética, atuando principalmente nos seguintes temas: metabolismo, erros inatos do metabolismo, triagem para erros inatos do metabolismo, genética metabólica e diagnóstico e tratamento.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Genética e Biologia Molecular

2007 - 2013

Universidade Federal do Pará
Título: Caracterização molecular e avaliação da correlação genótipo-fenótipo em pacientes com hiperfenillalaninemia do estado do Pará
Prof. Dr. Luiz Carlos Santana da Silva. Bolsista do(a): FAPESPA, FAPESPA, Brasil.

Mestrado em Neurociências e Biologia Celular

2004 - 2006

Universidade Federal do Pará
Título: Identificação e caracterização molecular de mutações causadoras de Fenilcetonúria em pacientes do Estado do Pará,Ano de Obtenção: 2006
Luiz Carlos Santana da Silva.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Biologia Molecular; Genética Metabólica; Metabolismo; Erros Inatos do Metabolismo.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Metabolismo e Bioenergética.

Graduação em Biomedicina

1999 - 2003

Universidade Federal do Pará
Título: Implantação de um protocolo para investigação de Mucopolissacaridoses
Orientador: Luiz Carlos Santana da Silva

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Transporte marítimo e terrestre de artigos perigosos. (Carga horária: 32h). , Instituto Evandro Chagas, IEC, Brasil.

2018 - 2018

Transporte aéreo de artigos perigosos (chave 1). (Carga horária: 32h). , Instituto Evandro Chagas, IEC, Brasil.

2018 - 2018

Fundamentos da PCR Quantitativa em Tempo Real (qPCR): uma abordagem teórico. (Carga horária: 20h). , Thermo Fisher Scientific, TFC, Brasil.

2018 - 2018

Oficina das Redes de Carga Viral do HIV, HCV e HBV. (Carga horária: 16h). , Ministério da Saúde, MS, Brasil.

2017 - 2017

Curso Sistema Eletrônico de Informações - SEI. (Carga horária: 20h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2016 - 2016

Redação de artigo científico. (Carga horária: 6h). , Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, SBMT, Brasil.

2016 - 2016

Oficina das redes de carga viral HBV e HCV. (Carga horária: 12h). , Ministério da Saúde, MS, Brasil.

2015 - 2015

Oficina das redes de carga viral HBV e HCV. (Carga horária: 16h). , Ministério da Saúde, MS, Brasil.

2015 - 2015

Treinamento sobre Rotor-Gene Q. (Carga horária: 32h). , Instituto Evandro Chagas, IEC, Brasil.

2014 - 2014

Extensão universitária em Curso de Epi Info v.7: Aplicações em Epidemiologia. (Carga horária: 30h). , Centro Universitário do Estado do Pará, CESUPA, Brasil.

2014 - 2014

Extensão universitária em I Curso de Epidemiologia do IEC - módulo II. (Carga horária: 30h). , Instituto Evandro Chagas, IEC, Brasil.

2014 - 2014

Sequenciamento e Análise de Fragmentos. (Carga horária: 30h). , Instituto Evandro Chagas, IEC, Brasil.

2013 - 2013

Treinamento no Abbott Real Time HBV. (Carga horária: 16h). , Instituto Evandro Chagas, IEC, Brasil.

2013 - 2013

Oficina das Redes de Carga Viral do HIV, HCV e HBV. (Carga horária: 25h). , Ministério da Saúde, MS, Brasil.

2013 - 2013

Interpretação da Norma ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005. (Carga horária: 20h). , Instituto Evandro Chagas, IEC, Brasil.

2012 - 2012

Oficina - Capacitação para Inibidores da Protease. (Carga horária: 16h). , Ministério da Saúde, MS, Brasil.

2012 - 2012

Curso Teórico-Prático de PCR em Tempo Real. (Carga horária: 16h). , Instituto Evandro Chagas, IEC, Brasil.

2009 - 2009

A Clínica e o Laboratório. (Carga horária: 8h). , Conselho Regional de Biomedicina no Estado do Pará, CRBM - 4, Brasil.

2007 - 2007

Atualização em Análises Clínicas. (Carga horária: 8h). , Conselho Regional de Biomedicina no Estado do Pará, CRBM - 4, Brasil.

2007 - 2007

Atualização em Microbiologia. (Carga horária: 8h). , Conselho Regional de Biomedicina no Estado do Pará, CRBM - 4, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Metabolismo e Bioenergética.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Humana e Médica.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SILVA, L. C. S. ; SOUZA, I. C. N. ; CAVALEIRO, R. ; ANDRADE, S. R ; ALVES, E. A. C. ; FREITAS, P. E. B. ; AMARAL, C. E. M. ; PIMENTEL, C. P. ; CRUZ, C. M. ; MONTEIRO, V. C. L. ; PARA, A. B. P. R. . VII Jornada Paraense sobre Doença Metabólica Hereditária. 2009. (Outro).

SILVA, L. C. S. ; ALVES, E. A. C. ; CRUZ, C. M. ; CUNHA, L. M. ; FREITAS, P. E. B. ; SANTOS, E. F. J. ; PARA, A. B. P. R. ; BATALHA, A. C. B. ; ALVES, N. M. P. ; VIEIRA, T. S. ; PIMENTEL, C. P. ; AMARAL, C. E. M. ; SOUZA, I. C. N. . V Jornada Paraense de Doenças Metabólicas Hereditárias: Visão Multiprofissional sobre as Deonças de Depósito Lisossômico, Aminoacidopatias e Endocrinopatia. 2006. (Outro).

SILVA, L. C. S. ; SOUZA, I. C. N. ; SOUZA, E. R. D. ; ALVES, E. A. C. ; CRUZ, C. M. ; CUNHA, L. M. ; FEIO, P. S. Q. ; PIMENTEL, C. P. ; PARA, A. B. P. R. ; BATALHA, A. C. B. ; SOARES, E. ; PAIVA, R. M. ; FREITAS, P. E. B. ; MAGNO, F. Q. ; SANTOS JUNIOR, E. F. . IV Jornada Paraense sobre Doenças Metabólicas Hereditárias.. 2005. (Outro).

SILVA, L. C. S. ; MARQUES, P. B. ; SOUZA, I. C. N. ; ASSUNCAO, M. B. S. ; MESSIAS JUNIOR, N. S. ; OLIVEIRA, M. C. ; CUNHA, L. S. ; MARTINS, J. R. ; SOUZA, E. R. D. ; PERES, E. M. ; FREITAS, P. E. B. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; MARQUES, J. B. . I Jornada Paraense sobre Diagnóstico e Tratamento de Doenças Metabólicas Hereditárias. 2002. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso Médico Amazônico 2018. RECOMENDAÇÕES QUANTO O ALEITAMENTO MATERNO DE MULHERES INFECTADAS COM O VÍRUS DA HEPATITE B (HBV) E C (HCV). 2018. (Congresso).

Expedição a comunidade ribeirinha Vila Franca. 2017. (Outra).

V Simpósio de Hepatologia da Amazônia. 2017. (Simpósio).

Congresso Médico Amazonico. 2016. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Virologia. Evaluation of occult hepatitis B and hepatitis C coinfection in patients treated in a reference laboratory in Belém, Pará, Brazil. 2015. (Congresso).

Segunda Oficina Integrada das Redes de Carga Viral HBV e HCV. 2015. (Oficina).

50 Congresso de Medicina Tropical. 2014. (Congresso).

XVII Congresso Médico Amazônico. 2014. (Congresso).

Oficina das Redes de Carga Viral do HIV e Hepatites B e C. 2013. (Oficina).

Primeiro Fórum do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto Evandro Chagas. 2013. (Encontro).

II JORNADA DE TRABALHO DA REDE NACIONAL DE LABORATÓRIOS DE DE CARGA VIRAL DO Hhbv. 2012. (Encontro).

OFICINA PARA CAPACITAÇÃO DE MÉDICOS PARA INIBIDORES DA PA PROTEASE NO TRATAMENTO DA HEPATITE C- REGIÃO NORTEIAO. 2012. (Oficina).

XVI Congresso Médico Amazônico. 2012. (Congresso).

XV Simpósio Internacional de Terapêutica em Hepatite Viral.Perfil Demográfico e Soroepidemiológico de Pacientes com Genotipagem para o Vírus da Hepatite C, referenciados pelo Instituto Evandro Chagas (IEC), Belém, Pará, no Período de 1996 a 2010. 2012. (Simpósio).

III Simpósio Nacional sobre atendimento em Genética Clínica e Laboratorial.Mesa redonda: Bioquímica e Biologia Molecular da Fenilcetonúria e do Hipotireoidismo Congênito no Estado do Pará - Estudo molecular da Fenilcetonúria. 2011. (Simpósio).

Evento de Fissura Labiopalatina - Uma visão Multiprofissional. 2010. (Encontro).

XV Congresso Médico Amazônico - Desafios Amazônicos. 2010. (Congresso).

Atualização: " A clínica e o Laboratório". 2009. (Outra).

I Congresso Norte-Nordeste de Genética Médica. " Investigação de alterações gênicas através de análise de polimorfismos conformacionais de cadeia simples (SSCP) em pacientes com Fenilcetonúria do Estado do Pará. 2009. (Congresso).

II Simpósio Nacional sobre Atendimento em Genética Clínica e Laboratorial e da VII Jornada Paraense sobre Doenças Metabólicas Hereditárias. 2009. (Simpósio).

XXI Congresso Brasileiro de Genética Médica. " Análise do Metabolismo dos aminoácidos fenilalanina e tirosina em indivíduos normais e heterozigotos para a Fenilcetonúria". 2009. (Congresso).

XI Congresso Brasileiro de Biomedicina. Análise molecular de pacientes com Fenilcetonúria ( PKU) no Norte do Brasil ( estado do Pará). 2008. (Congresso).

XIV Congresso Médico Amazônico. Análise molecular de pacientes com Fenilcetonúria ( PKU) no Norte do Brasil ( estado do Pará). 2008. (Congresso).

XX Congresso Brasileiro de Genética Médica. Investigação da correlação genótipo - fenótipo em 3 pacientes com Fenilcetonúria do estado do Pará. 2008. (Congresso).

VI Congresso Latinoamericano de Errores Innatos del Metabolism y Pesquisa Neonatal. Análise molecular de pacientes com Fenilcetonúria (PKU) no Norte do Brasil. 2007. (Congresso).

V Jornada Paraense de Doenças Metabólicas Herefitárias: visão multiprofissional sobre as Doenças de Depósito Lisossômico, Aminoacidopatias e Endrocrinopatias.Análise molecular da Fenilcetonúria no estado do Pará. 2006. (Outra).

XVIII Congresso Brasileiro de Genática Clínica. Análise molecular de pacientes com Fenilcetonúria (PKU) no estado do Pará. 2006. (Congresso).

I Workshop do Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará. 2005. (Outra).

III Jornada Paraense sobre Doenças Metabólicas Hereditárias: Dietoterapia, Terapia de Reposição Enzimática e Hormonal. 2004. (Outra).

XVI Congresso Brasileiro de Genética Clínica. 2004. (Congresso).

II Jornada Paraense sobre Doenças Metabólicas Hereditárias: Uma Abordagem Multiprofissional. 2003. (Outra).

I Jornada Paraense sobre Diagnóstico e Tratamento de Doenças Metabólicas Hereditárias. 2002. (Outra).

Seminário de Biotecnologia: Propriedade Intelectual, Biossegurança e Bioética. 2002. (Seminário).

Seminário sobre Sistemas de Gestão ISO 9001 em Laboratórios Clínicos. 2002. (Seminário).

V Jornada de Extensão Universitária da UFPA: Inclusão Social e Formação Cidadã. 2002. (Outra).

47 Congresso Nacional de Genética. 2001. (Congresso).

Jornada Brasileira de Hematologia e Hemoterapia. 2001. (Outra).

Jornada de Atualização em Infectologia. 1999. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Brenda Furtado Costa

Pedro Eduardo Bonfim Freitas. Detecção de gelatinases em Promastigotas de Leishmania amazonensis e Leishmania brazilinesis e em macrófagos peritoneais infectados. 2018.

Aluno: Manuela Genú Carvalho

FREITAS, P. E. B.. Caracterização molecular para a Síndrome do X-Frágil em pacientes com transtorno do espectro autista. 2018 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Rafael Conceição de Souza

FREITAS, P. E. B.. Simulação computacional de peptídeos sintéticos inibidores da protease NS3-4A do vírus da hepatite C. 2018.

Aluno: Camila dos Santos Brito

Pedro Eduardo Bonfim Freitas. Avaliação hematológica de pacientes com mucopolissacaridoses (MPS) do estado do Pará. 2018.

Aluno: Renan Chaves de Lima

BRITO JUNIOR, L. C.; COSTA, I. B.;FREITAS, P. E. B.. Rastreamento primário do câncer cervical - associação da citologia em meio liquido com a detecção e genotipagem do Papillomavirus humano (HPV) de alto risco por técnica de biologia molecular.. 2017 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Jéssica Maximo dos Santos

FREITAS, P. E. B.. Prevalência de diabetes mellitus e hipertensão arterial em soldados do Batalhão de Infantaria da Aeronáutica Especial de Belém - BINFAE-BE. 2017 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Tereza Cristina Monteiro Gurjão

FREITAS, P. E. B.. Genótipos do vírus da hepatite A (VHA) detectados em diferentes ecossistemas aquáticos e a relação do VHA com os indicadores de qualidade de água, Belém, Pará, Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Alexandra Cordovil da Luz Mascarenhas

FREITAS, P. E. B.. Identificação de fatores imunológicos presentes no leite humano e sangue de puérperas portadoras de hepatites virais. 2017 - Universidade Estadual do Pará.

Aluno: Hugo José Régis de Almeida

FREITAS, P. E. B.. Uso de biomarcadores para monitoramento de pacientes com Doença de Gaucher. 2017 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Ellen Priscila dos Reis Ferreira

FREITAS, P. E. B.. Influencia da icterícia neonatal e prematuridade na atividade da enzima biotinidase em récem-nascidos. 2015 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Renan Chaves de Lima

FREITAS, P. E. B.. Associação da citologia em meio líquido com a detecção do Papilomavírus Humano (HPV) de alto risco por técnica de biologia molecular: estratégia diagnostica para prevenção de lesões precursoras e lesões tumorais invasivas do colo uterino. 2015 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Tereza Cristina Monteiro Gurjão

FREITAS, P. E. B.. Genótipos do vírus da hepatite A detectados em diferentes ecossistemas aquáticos e sua relação com os indicadores de qualidade da água, Belém, Pará, Brasil. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Letícia Cristina Dalzy Castro

FREITAS, P. E. B.. As catepsinas e os cânceres relacionados a saúde feminina. 2019 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Lucas Jorge da Silva Fernandes

FREITAS, P. E. B.. Perfil epidemiológico de pacientes diagnosticados com Erros Inatos do Metabolismo no estado do Pará. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Camila dos Santos Ribeiro

Pedro Eduardo Bonfim Freitas. ESTUDO DE SÉRIE DE CASOS DE PACIENTES COM HIPERCOLESTEROLEMIA FAMILAR: UMA ABORDAGEM CLÍNICO NUTRICIONAL. 2019 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Ingrid Luiza Oliveira de Oliveira

FREITAS, P. E. B.. Determinação da atividade da enzima biotinidase e sua associação com a mutação D444H em ameríndios, quilombolas e indivíduos do município de Belem. 2018 - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Janaína Figueira da Silva

FREITAS, P. E. B.; SOUZA, I. C. N.. Análise da atividade de 12 enzimas em amostras de sangue impregnado em papel filtro para investigação de doenças lisossomais de depósito. 2017 - UFPA.

Aluno: Suellen Reis Araujo

NUNES, H. M.;FREITAS, PEDRO EDUARDO BONFIM. Análise molecular da infecção oculta pelo vírus da hepatite B em grupos de risco do estado do Pará, Brasil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Biologia) - Faculdades Integradas Ipiranga.

Aluno: Camila dos Santos Brito

FREITAS, P. E. B.. Análise Hematológica e Bioquímica em Pacientes com Mucopolissacaridoses submetidos a terapia de reposição enzimática. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Israel Osvaldo Lima de Melo

FREITAS, P. E. B.; ALVES, E. A. C.. Doença de Sandhoff: revisão de literatura e relato de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Associação de Educação e Cultura da Amazônia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rita de Cássia Mousinho Ribeiro

Silva LCS;MOUSINHO-RIBEIRO, R. C.; BURBANO, R. M. R.; Ribeiro dos Santos AKC. Identificação e caracterização molecular de mutações causadoras de Fenilcetonúria em pacientes do Estado do Pará. 2006. Dissertação (Mestrado em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Rita de Cássia Mousinho Ribeiro

Silva LCS;RIBEIRO, R.C.M.; KHAYAT, A. S.; GUEREIRO, J. F.;CARDOSO, G. L.. Caracterização molecular e avaliação da correlação genótipo-fenótipo em pacientes com Hiperfenilalaninemia por fenilalanina hidroxilase do Estado do Pará. 2013. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Pará.

Rita de Cássia Mousinho Ribeiro

Silva LCS;RIBEIRO, R.C.M.; SANTOS, Â. K. C. R.; ARAUJO, M. S.;SANTOS, E. J. M.. Caracterização molecular e avaliação da correlação genótipo-fenótipo em pacientes com Hiperfenilalaninemia do Estado do Pará. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Pará.

Andrea Kely Campos Ribeiro dos Santos

SANTOS, A. K. C. R. ou Ribeiro-dos-Santos, A.K.C.. Implantação de Protocolo para a Investigação de Mucopolissacaridoses. 2003 - Universidade Federal do Pará.

André Salim Khayat

SILVA, L. C. S.; GUERREIRO, J. F.; CARDOSO, G. L.; RIBEIRO, R. M.;Khayat, A.S.. Caracterização molecular e avaliação da correlação genótipo-fenótipo em pacientes com hiperfenilalaninemia por fenialalanina hidroxilase do estado do Pará.. 2013. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Pará.

João Farias Guerreiro

Guerreiro, J. F.. Caracterização Molecular e Avaliação da Correlação Genótipo-Fenótipo em Pacientes com Hiperfenilalaninemia por Fenilalanina Hidroxilase do Estado do Pará. 2013. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Pará.

Eduardo José Melo dos Santos

SANTOS, Â. K. C. R.RIBEIRO, R. C. M.; ARAUJO, M.;Santos, E.J.M.. Caracterizaçao molecular e avaliação da correlação genótipo-fenótipo em pacientes com hiperfenilalaninemia do estado do Pará. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-graduação em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Pará.

Greice de Lemos Cardoso

CARDOSO, G. L.; Silva LCS;GUERREIRO, João Farias. Análise da Relaçao do Genótipo com o Fenótipo dos Pacientes com Fenilcetonúria. 2013. Tese (Doutorado em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

LUIZ CARLOS SANTANA DA SILVA

Khayat, André Salim; GUERREIRO, João Farias; Cardoso, Greice de Lemos;Silva, LC. CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR E AVALIAÇÃO DA CORRELAÇÃO GENÓTIPO FENÓTIPO EM PACIENTES COM HIPERFENILALANINEMIA POR FENILALANINA HIDROXILASE DO ESTADO DO PARÁ. 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Pará.

LUIZ CARLOS SANTANA DA SILVA

Santana da Silva, Luiz Carlos; RIBEIRO, Rita de Cássia Mousinho; HERCULANO, Edivaldo. Identificação e Caracterização Molecular das Mutações Causadoras de Fenilcetonúria em Pacientes do Estado do Pará. 2005. Outra participação, Universidade Federal do Pará.

Marilia de Souza Araujo

ARAUJO, M. S.; VIEIRA, J. R. S.; SANTOS, E. J. M.. Caracterização molecular e avaliação da correlação genótipo-fenótipo em pacientes com hiperfenilalaninemia no Estado do Pará. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Pará.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Bruno Valentim Favacho

Identificação de variantes naturais de resistência na região NS5A em pacientes com hepatite C crônica do estado do Pará, Brasil; Início: 2018 - Instituto Evandro Chagas; (Orientador);

Bruno Valentim Favacho

IDENTIFICAÇÃO DE VARIANTES NATURAIS DE RESISTÊNCIA NA REGIÃO NS5A EM PACIENTES COM HEPATITE C CRÔNICA DO ESTADO DO PARÁ, BRASIL; 2019; Iniciação Científica - Instituto Evandro Chagas; Orientador: Pedro Eduardo Bonfim Freitas;

Desirré Lopes da Silva

Estudo da prevalência do polimorfismo Q80K em pacientes com hepatite C crônica do estado do Pará, Brasil; 2017; Iniciação Científica - Instituto Evandro Chagas; Orientador: Pedro Eduardo Bonfim Freitas;

Suellen Reis Araujo

Análise molecular da infecção oculta pelo vírus da hepatite B, em grupos de risco do estado do Pará, Brasil; 2016; Iniciação Científica - Instituto Evandro Chagas; Orientador: Pedro Eduardo Bonfim Freitas;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

LUIZ CARLOS SANTANA DA SILVA

IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE MUTAÇÕES CAUSADORAS DE FENILCETONÚRIA EM PACIENTES DO ESTADO DO PARÁ; 2006; 120 f; Dissertação (Mestrado em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Luiz Carlos Santana da Silva;

LUIZ CARLOS SANTANA DA SILVA

CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR E AVALIAÇÃO DA CORRELAÇÃO GENÓTIPO ? FENÓTIPO EM PACIENTES COM HIPERFENILALANINEMIA POR DEFICIÊNCIA DE FENILALANINA HIDROXILASE DO ESTADO DO PARÁ; 2013; Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Pará, Fundação de Apoio à Pesquisa no Estado do Pará; Coorientador: Luiz Carlos Santana da Silva;

LUIZ CARLOS SANTANA DA SILVA

Implantação de um protocolo para a investigação de mucopolissacaridoses; 2003; 50 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará, Universidade Federal do Pará; Orientador: Luiz Carlos Santana da Silva;

LUIZ CARLOS SANTANA DA SILVA

Treinamento Técnico-Laboratorial de Acadêmicos do Curso de Biomedicina; 2001; 30 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará, Universidade Federal do Pará; Orientador: Luiz Carlos Santana da Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • OLIVEIRA, CANDIDA MARIA ABRAHÃO DE ; SILVA, IVANILDA SILVA DA ; VIEIRA, JOSÉ JORGE SALES ; BARBOSA, KEMERE MARQUES VIEIRA ; FREITAS, PEDRO EDUARDO BONFIM DE ; SARMENTO, VÂNIA PINTO ; SOARES, MANOEL DO CARMO PEREIRA ; NUNES, HELOISA MARCELIANO . Soroprevalência das infecções pelos vírus das hepatites B e C e situação vacinal para o vírus da hepatite B em servidores da Polícia Rodoviária Federal, estado do Pará, Brasil, 2013-2014. REVISTA PAN-AMAZÔNICA DE SAÚDE (ONLINE) , v. 8, p. 27-34, 2017.

  • DE SOUZA, ALEX JUNIOR SOUZA ; MALHEIROS, ANDREZA PINHEIRO ; DE SOUSA, ERIKA ROCHA PARAENSE ; MOREIRA, ALBA CRISTINA NEGRÃO ; SILVA, ANDREA LIMA ; DAS CHAGAS, ANDRÉ ANTÔNIO CORRÊA ; FREITAS, PEDRO EDUARDO BONFIM ; GEMAQUE, BERNARD SALAME ; DE FIGUEIREDO, HERIBERTO FERREIRA ; DE SÁ, LILIAN ROSE MARQUES ; DOS SANTOS, PALOMA DAGUER EWERTON ; SOARES, MANOEL DO CARMO PEREIRA . First report of equine Pegivirus in South America, Brazil. ACTA TROPICA , v. 152, p. 56-59, 2015.

  • FREITAS, P. E. B. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; PERES, E. M. ; ALVES, R. S. ; CASTRO, C. M. N. S. ; SOUZA, E. R. D. ; MESSIAS JUNIOR, N. S. ; OLIVEIRA, M. C. ; SOUZA, I. C. N. ; CUNHA, L. S. ; SILVA, L. C. S. . Principais Motivos Considerados para a Avaliação de Erros Inatos do Metabolismo em uma Amostra de 650 pacientes do Estado do Pará. In: XIV Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2002, Riberão Preto. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2002.

  • PERES, E. M. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; FREITAS, P. E. B. ; ALVES, R. S. ; CASTRO, C. M. N. S. ; SOUZA, E. R. D. ; SOUZA, I. C. N. ; MICHELIN, K. ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . A Experiência do Laboratório de Erros Inatos do Metabolismo da Universidade Federal do Pará: Análise de uma Amostra de 650 pacientes de alto risco. In: XIV Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2002, Riberão Preto-SP. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2002. p. 59-59.

  • FREITAS, P. E. B. . RECOMENDAÇÕES QUANTO O ALEITAMENTO MATERNO DE MULHERES INFECTADAS COM O VÍRUS DA HEPATITE B (HBV) E C (HCV). In: XIX Congresso Médico Amazônico, 2018, Belém. Anais do Congresso Médico Amazonico, 2018.

  • FREITAS, P. E. B. . 'HEPATITE C NA DÉCADA DE 1980: O RESGATE DE UM SERVIÇO DE HEPATOLOGIA NA AMAZÔNIA, BRASIL. In: Congresso Brasileiro de Hepatologia, 2019, São Paulo. "HEPATITE C NA DÉCADA DE 1980: O RESGATE DE UM SERVIÇO DE HEPATOLOGIA NA AMAZÔNIA, BRASIL, 2019.

  • FREITAS, P. E. B. . INVESTIGATION OF NATURAL POLYMORPHISMS OF RESISTANCE IN THE REGION NS3 IN PATIENTS WITH CHRONIC HEPATITIS C IN THE STATE OF PARÁ, BRAZIL.. In: Congresso Brasileiro de Virologia, 2018, Gramado. Congresso Brasileiro de Virologia, 2018.

  • FREITAS, PEDRO EDUARDO BONFIM ; ARAUJO, S. R. ; MALHEIROS, A. P. ; SILVA, A. L. ; ALVES, M. M. ; CIRO, D. ; BARBOSA, K. V. ; SARMENTO, V. P. ; BRITO, E. M. F. ; SOUZA, O. S. C. ; SOARES, M. C. P. . ANÁLISE MOLECULAR DA INFECÇÃO OCULTA PELO VÍRUS DE HEPATITE B, EM GRUPOS DE RISCO DO ESTADO DO PARÁ, BRASIL. In: Congresso de Medicina Tropical, 2016, Maceio. livro de resumos, 2016.

  • FREITAS, P. E. B. . Perfil bioquímico e sorológico das hepatites B e C em internos de um centro de prevenção, tratamento e recuperação de dependentes químicos, Ananindeua, Pará, Brasil. In: Congresso Brasileiro sobre HIV-AIDS e vírus relacionados, 2016, Salvador. Congresso Brasileiro sobre HIV-AIDS e vírus relacionado, 2016.

  • OLIVEIRA, C. ; SARMENTO, V. P. ; FREITAS, P. E. B. ; NUNES, H. M. ; SOARES, M. C. P. . Soroprevalência e situação vacinal para hepatite B, em servidores públicos federais, estado do Pará,Brasil. In: Congresso Brasileiro de Hepatologia, 2015, São Paulo. Congresso Brasileiro de Hepatologia, 2015.

  • SARMENTO, V. P. ; FREITAS, P. E. B. ; CIRO, D. ; CHAGAS, A. A. ; BARBOSA, K. V. ; NUNES, H. M. ; SOARES, M. C. P. . Avaliação da presença de coinfecção entre hepatite B oculta e hepatite C em pacientes atendidos em um laboratório de referencia em Belém, Pará, Brsil. In: Congresso Brasileiro de Virologia, 2015, Florianópolis. Congresso Brasileiro de Virologia, 2015.

  • ATTA, F. F. M. ; OLIVEIRA, S. A. ; SOARES, M. C. P. ; CHAGAS, A. A. ; SARMENTO, V. P. ; BARBOSA, K. V. ; SILVA, I. S. ; FREITAS, P. E. B. ; NUNES, H. M. . Avaliação das Aminotransferases em Frequentadores de Academias de Ginástica que fazem uso de Suplementação Alimentar em Belém, Pará, Brasil. In: 50 Congresso de Medicina Tropical, 2014, Acre. Anais do 50 Congresso de Medicina Tropical, 2014.

  • SOUZA, A. J. S. ; RESENDE, F. S. ; SARMENTO, V. P. ; ALVES, M. M. ; FREITAS, P. E. B. ; MALHEIROS, A. P. ; BARBOSA, K. V. ; SILVA, A. L. ; NUNES, H. M. ; SOARES, M. C. P. . Evidência Sorológica da Participação do Vírus da Hepatite E em uma casuística de hepatopatias de um Centro de Referência na Amazônia Brasileira. In: XVII Congresso Médico Amazônico, 2014, Belém. Anais do Congresso Médico Amazonico, 2014.

  • FREITAS, P. E. B. ; BASTOS, R.M.A ; ANDRADE, S. R ; SILVA, L. C. S. . Caracterização clínica, bioquímica e molecular de pacientes com hiperfenilalaninemia por deficiência de fenilalanina hidroxilase no Norte do Brasil: estado do Pará. In: IV Congresso Norte-Nordeste de Genética Médica, 2013, Belém. Resumos, 2013.

  • FREITAS, P. E. B. ; MALHEIROS, A. P. ; BRITO, E. M. F. ; SOUZA, O. S. C. ; ALVES, M. M. ; NUNES, H. M. ; SOARES, M. C. P. . Perfil demográfico e Soroepidemiológico de pacientes com genotipagem para o vírus da Hepatite C, referenciados pelo Instituto Evandro Chagas (IEC), Belém, Pará, no Período de 1996 a 2010. In: XV SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE TERAPÊUTICA EM HEPATITE VIRAL, 2012, SALVADOR. HEPATOLOGIA DO MILENIO, 2012.

  • FREITAS, P. E. B. ; ANDRADE, S. R ; SANTOS, A. K. C. R. ; BASTOS, R.M.A ; SILVA, L. C. S. . . ANÁLISE MOLECULAR EM PACIENTES COM HIPERFENILALANINEMIA (HPA) DO ESTADO DO PARÁ. In: : II Simpósio Internacional de Genética Clínica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2010, Natal. CD-ROM, 2010, 2010.

  • CRUZ, C. M. ; ALVES, E. A. C. ; FREITAS, P. E. B. ; PIMENTEL, C. P. ; PARA, A. B. P. R. ; AMARAL, C. E. M. ; VIANA, G. M. ; CAVALEIRO, R. ; ANDRADE, S. R ; ANDRADE, R. C. ; BARROS, T. ; PUNHEIRO, A. R. ; CASTRO, F. T. ; LIMA, N. O. ; LOPES, P. ; MONTEIRO, V. C. L. ; Matos, P ; FERREIRA, J. ; SOUZA, I. C. N. ; BURIN, M. ; SCHWARTZ, I. V. ; COELHO, J. C. ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . Investigação de Doenças Metabólicas Hereditárias no Estado do Pará: Um Estudo entre os anos de 2000 e 2008.. In: XXI Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2009, Belo Horizonte. . Revista Médica de Minas Gerais. Belo Horizonte : Faculdade de Medicina, UFMG, 2009. v. 19. p. 87-87.

  • PUNHEIRO, A. R. ; AMARAL, C. E. M. ; ANDRADE, R. C. ; LOPES, P. ; BARROS, T. ; VIANA, G. M. ; FREITAS, P. E. B. ; PIMENTEL, C. P. ; SOUZA, A. M. A. ; MONTORIL, M. ; CRUZ, C. M. ; SILVA, L. C. S. . Identificação de uma Nova Alteração no gene GBA em pacientes com Doença de Gauche. In: XXI Congresso Brasileiro de Genética Médica, 2009, Belo Horizonte. Revista Médica de Minas Gerais - Resumo de Temas Livres. Belo Horizonte : Editora geral, Faculdade de Medicina - UFMG, 2009, 2009. v. 19. p. 89-89.

  • PIMENTEL, C. P. ; ALVES, E. A. C. ; AMARAL, C. E. M. ; ALVES, N. M. P. ; LOPES, P. ; CRUZ, C. M. ; CUNHA, L. M. ; WEYL, M. ; MONTEIRO, V. C. L. ; ANDRADE, S. R ; CAVALEIRO, R. ; SOUZA, I. C. N. ; GIUGLIANI, R. ; FREITAS, P. E. B. ; PARA, A. B. P. R. ; MONTEIRO, G. ; BARROS, T. ; SILVA, L. C. S. . Investigação de Doenças Metabólicas Hereditárias em Pacientes de Alto Risco: Um Estudo no Estado do Pará. In: XI Congresso Brasileiro de Biomedicina, 2008, Belém. Livro do Programa Oficial, 2008. v. 1. p. 61-61.

  • FREITAS, P. E. B. ; Ribeiro, R.C.M ; SANTOS, R. C. K.A ; PEREIRA, M. L. S. ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . Análise Molecular de Pacientes com Fenilcetonúria (PKU) no Norte do Brasil. In: VI Congreso Latinoamericano de Errores Innatos del Metabolism y Pesquisa Neonatal, 2007, Punta Del Leste. Libro de Resúmenes - Acta Bioquímica Clínica Latinoamericana. Buenos Aires, 2007, 2007. v. 01. p. 78-78.

  • FREITAS, P. E. B. ; Ribeiro, R.C.M ; ANDRADE, S. R ; SANTOS, R. C. K.A ; BASTOS, R.M.A ; PEREIRA, M. L ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . Análise molecular de pacientes com fenilcetonúria (PKU) no estado do Pará. In: XVIII Congresso Brasileiro de Genática Clínica, 2006, Guarujá - SP. Livro de Resumos do XVIII Congresso Brasileiro de Genática Clínica, 2006.

  • ALVES, E. A. C. ; CRUZ, C. M. ; CUNHA, L. M. ; NATHALIA, ; PIMENTEL, C. P. ; AMARAL, C. E. M. ; BATALHA, A. C. B. ; SANTOS, E. F. J. ; FREITAS, P. E. B. ; SOUZA, I. C. N. ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . Investigação de Doenças Metabólicas Hereditárias (DMH) em Pacientes de Alto Risco: Um estudo no Estado do Pará. In: XVIII Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2006, Guarujá - SP. In: XVIII Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2006, Guarujá-SP. Programa Final, 2006. p. 54-54., 2006.

  • ALVES, E. A. C. ; CRUZ, C. M. ; PIMENTEL, C. P. ; SOUZA, E. R. D. ; NATHALIA, ; FEIO, P. S. Q. ; CUNHA, L. M. ; SILVA, K. P. S. ; VIEIRA, T. S. ; PONTES, T. ; BATALHA, A. C. B. ; SOARES, E. A. ; SANTOS JUNIOR, R. M. ; FREITAS, P. E. B. ; SILVA, L. C. S. . Investigação de Doenças Metabólicas Hereditárias em 700 pacientes de alto risco: um estudo no estado do Pará(Norte do Brasil).. In: III Congresso Brasileiro de Triagem Neonatal, 2005, São Paulo. In: III Congresso Brasileiro de Triagem Neonatal, 2005, São Paulo-SP. Revista Médica de Minas Gerais, 2005. v. 15. p. 57-57., 2005.

  • SOUZA, I. C. N. ; PERES, E. M. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; FREITAS, P. E. B. ; ALVES, R. S. ; SILVA, V. D. ; MARTINS, A. M. P. . Triagem Urinária para Erros Inatos do Metabolismo em Crianças com Atraso no desenvolvimento. In: XV Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2003, Porto Alegre-RS. Livro de Resumos, 2003. p. 127-127.

  • SOUZA, E. R. D. ; ASSUNCAO, M. B. S. ; FREITAS, P. E. B. ; PERES, E. M. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; MESSIAS JUNIOR, N. S. ; SOUZA, I. C. N. ; SILVA, L. C. S. . Avaliação do Nível de Compreensão do Programa Nacional de Triagem Neonatal nos Cursos de Ciências da Vida da UFPA. In: XV Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2003, Porto Alegre-RS. Livro de Resumos, 2003. p. 116-116.

  • FEIO, P. S. Q. ; SOUZA, E. R. D. ; LAUANDE, R. O. ; FREITAS, P. E. B. ; PERES, E. M. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; SOUZA, I. C. N. ; SILVA, L. C. S. . Análise de Dados Epidemiológicos de Pacientes com Suspeita de Doença Metabólica Hereditária. In: XV Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2003, Porto Alegre-RS. Livro de Resumos, 2003. p. 132-133.

  • FREITAS, P. E. B. ; PERES, E. M. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; ALVES, R. S. ; CASTRO, C. M. N. S. ; SOUZA, E. R. D. ; SOUZA JUNIOR, N. ; OLIVEIRA, M. C. ; SOUZA, I. C. N. ; CUNHA, L. S. ; MICHELIN, K. ; BURIN, M. G. ; COELHO, J. C. ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . A Experiência do Laboratório de Erros Inatos do Metabolismo da Univesidade Federal do Pará: Análise de uma amostra de 650 pacientes de alto risco.. In: XIV Congresso Brasileiro de Genética Clínica, 2002, Ribeirão Preto. Anais do XIV Congreso Brasileiro de Genética Clínica, 2002.

  • FREITAS, P. E. B. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; PERES, E. M. ; ALVES, R. S. ; CASTRO, C. M. N. S. ; SOUZA, E. R. D. ; MESSIAS JUNIOR, N. S. ; OLIVEIRA, M. C. ; SOUZA, I. C. N. ; SILVA, L. C. S. . Principais motivos considerados para a avaliação de Erros Inatos do Metabolismo em uma amostra de 704 pacientes do Estado do Pará. In: V Jornada de Extensão Universitária da UFPA: Inclusão Social e Formação Cidadã, 2002, Belém. Livro de Resumos, 2002. p. 91-92.

  • KOBAYASHI, V. L. A. V. ; SOUZA, E. R. D. ; FREITAS, P. E. B. ; PERES, E. M. ; MESSIAS JUNIOR, N. S. ; SOUZA, I. C. N. ; OLIVEIRA, M. C. ; CUNHA, L. S. ; SILVA, L. C. S. . Padronização e Caracterização Cinética da Enzima Biotinidase no plasma de humanos. In: V Jornada de Extensão Universitária da UFPA: Inclusão Social e Formação Cidadã, 2002, Belém. Livro de Resumos, 2002. p. 93-94.

  • SOUZA, E. R. D. ; ASSUNCAO, M. B. S. ; FREITAS, P. E. B. ; PERES, E. M. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; MESSIAS JUNIOR, N. S. ; SOUZA, I. C. N. ; SILVA, L. C. S. . Avaliação do Nível de Informação e Compreensão sobre os Objetivos do Programa Nacional de Triagem Neonatal: Uma abordagem nos Cursos do Centro de Ciências Biológicas e do Centro de Ciências da Saúde da UFPA. In: V Jornada de Extensão Univresitária da UFPA: Inclusão Social e Formação Cidadã, 2002, Belém. Livro de Resumos, 2002. p. 15-16.

  • PERES, E. M. ; KOBAYASHI, V. L. A. V. ; FREITAS, P. E. B. ; SOUZA, E. R. D. ; SOUZA JUNIOR, N. ; SOUZA, I. C. N. ; MICHELIN, K. ; BURIN, M. G. ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . A Experiência do Laboratório de Erros Inatos do Metabolismo da UFPA: Análise de uma amostra de 704 pacientes de alto risco. In: V Jornada de Extensão Universitária da UFPA: Inclusão Social e Formação Cidadã, 2002, Belém-PA. Livro de Resumos, 2002. p. 84-85.

  • FREITAS, P. E. B. . Diagnóstico das hepatites virais na Amazônia Brasileira. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FREITAS, P. E. B. . Hepatite C. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FREITAS, P. E. B. ; ARAUJO, S. R. ; MALHEIROS, A. P. ; SILVA, A. L. ; ALVES, M. M. ; SARMENTO, V. P. ; CIRO, D. ; BARBOSA, K. V. ; BRITO, E. M. F. ; SOUZA, O. S. C. ; SOARES, M. C. P. . Análise molecular da infecção oculta pelo vírus da hepatite B, em grupos de risco do estado do Pará, Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FREITAS, P. E. B. ; BASTOS, R.M.A ; ANDRADE, S. R ; SILVA, L. C. S. . Caracterização clínica, bioquímica e molecular de pacientes com hiperfenilalaninemia por deficiência de fenilalanina hidroxilase no Norte do Brasil: estado do Pará. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FREITAS, P. E. B. ; MALHEIROS, A. P. ; BRITO, E. M. F. ; SOUZA, O. S. C. ; ALVES, M. M. ; NUNES, H. M. ; SOARES, M. C. P. . Perfil demográfico e Soroepidemiológico de pacientes com genotipagem para o vírus da Hepatite C, referenciados pelo Instituto Evandro Chagas (IEC), Belém, Pará, no Período de 1996 a 2010. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FREITAS, P. E. B. . Estudo Molecular da Fenilcetonúria. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FREITAS, P. E. B. ; ANDRADE, S. R ; SANTOS, R. C. K.A ; BASTOS, R.M.A ; SILVA, L. C. S. . ANÁLISE MOLECULAR EM PACIENTES COM HIPERFENILALANINEMIA (HPA) DO ESTADO DO PARÁ. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ANDRADE, S. R ; FREITAS, P. E. B. ; vaneisse ; SILVA, L. C. S. . Análise do metabolismo dos aminoácidos fenilalanina e tirosina em indivíduos normais e heterozigotos para a Fenilcetonúria. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FREITAS, P. E. B. ; Ribeiro, R.C.M ; ANDRADE, S. R ; SANTOS, R. C. K.A ; PEREIRA, M. L ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . Análise molecular de pacientes com Fenilcetonúria ( PKU) no Norte do Brasil ( estado do Pará). 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FREITAS, P. E. B. ; PEREIRA, M. L ; SANTOS, R. C. K.A ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . Investigação da correlação genótipo - fenótipo em 3 pacientes com Fenilcetonúria do estado do Pará. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FREITAS, P. E. B. ; Ribeiro, R.C.M ; ANDRADE, S. R ; MONTEIRO, V. C. L. ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . Análise molecular de pacientes com Fenilcetonúria ( PKU) no Norte do Brasil ( estado do Pará). 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FREITAS, P. E. B. ; Ribeiro, R.C.M ; ANDRADE, S. R ; SANTOS, R. C. K.A ; BASTOS, R.M.A ; PEREIRA, M. L ; GIUGLIANI, R. ; SILVA, L. C. S. . Análise molecular de pacientes com Fenilcetonúria (PKU) no estado do Pará. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FREITAS, P. E. B. ; SILVA, L. C. S. . Análise molecular da Fenilcetonúria no estado do Pará. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FREITAS, P. E. B. ; SILVA, L. C. S. . A Experiência do Laboratório de Erros Inatos do Metabolismo da Universidade Federal do Pará: Análse de uma amostra de 704 pacientes de alto risco. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FREITAS, P. E. B. ; SILVA, L. C. S. . Avaliação do nível de informação e compreensão sobre os objetivos do Programa Nacional de Triagem Neonatal: Uma abordagem nos cursos do Centro de Ciências Biológicas e do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

FREITAS, P. E. B. . Curso Básico de Biologia Molecular. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

SOUZA, A. J. S. ; MALHEIROS, A. P. ; FREITAS, P. E. B. . Curso básico de técnicas de biologia molecular aplicadas ao diagnóstico de hepatites virais. 2017. .

FREITAS, P. E. B. . Curso básico de Biologia Molecular. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    IDENTIFICAÇÃO DE VARIANTES NATURAIS DE RESISTÊNCIA NA REGIÃO NS5A EM PACIENTES COM HEPATITE C CRÔNICA DO ESTADO DO PARÁ, BRASIL, Descrição: A aprovação e uso clínico de novas drogas, chamadas coletivamente de agentes antivirais de ação direta ou do inglês DAAs (direct acting antivirals), tem revolucionado o tratamento da hepatite C crônica. Atualmente, mais de 90% dos pacientes tratados conseguem resposta virológica sustentada (RVS) após 8, 12 ou 24 semanas de tratamento, quando utilizado pelo menos dois agentes de classes de DAAs diferentes (Carrasco et al, 2018). Os principais alvos dos DAAs são as proteínas que atuam do ciclo de vida do vírus da hepatite C (HCV), em especial, a proteína NS3/4A, a proteína NS5A ou a NS5B polimerase dependente de RNA (Sorbo et al, 2018). A presença de polimorfismos naturais em uma região importante para o efeito antiviral da droga pode conferir suscetibilidade reduzida a um DAA específico ou uma classe de DAAs. Apesar da capacidade de resistência, as substituições de aminoácidos nessas variantes geralmente reduzem a taxa de replicação na ausência da droga. Porém, durante o tratamento com DAAs, essas variantes naturais (pré-existentes) de resistência possuem vantagem adaptativa e podem ser selecionadas, ocupando gradativamente o espaço da variante ?tipo selvagem? predominante na quasiespécie do HCV. As substituições de aminoácidos que conferem resistência são chamadas ?resistance-associated substitutions? (RAS) (Pawlotsky, 2016).Como resultado da elevada variabilidade genética do HCV, RAS pré-existentes (naturais) já foram descritas para todas as classes de DAAs. A prevalência de variantes naturais de resistência é variável e depende do alvo da droga, da região de ligação do DAA e do genótipo e subtipo viral. Substituições naturais associadas com a resistência para os inibidores de NS3, NS5B e NS5A possuem um papel reconhecido na falha ao tratamento com DAAs e testes de resistência natural, em particular na região NS5A, podem ser importantes para pacientes com dificuldades no tratamento (Cento et al, 2015). Substituições associadas com a resistência na região NS5A já foram identificadas em pacientes virgens de tratamento e podem reduzir a atividade antiviral de inibidores NS5A atualmente utilizados clinicamente, como por exemplo, daclatasvir, elbasvir, ledipasvir, ombitasvir e velpatasvir. RAS na região NS5A podem ter um impacto na resposta ao tratamento. OBJETIVO GERAL:Identificar e estabelecer a prevalência de RAS naturais na região NS5A, em pacientes com hepatite C crônica no estado do Pará. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Identificar e definir a prevalência natural (pré-existente) dos principais RAS na região NS5A. Genótipo 1a: M28A/T/V, Q30E/H/K/R, L31M/V e Y93C/H/N. Genótipo 1b: L31I/M/V e Y93H. Genótipo 3: A30K e Y93H. Identificar e definir a prevalência natural de outros RAS localizados na região NS5A (posições 24, 28, 30, 31, 54, 58, 62 e 93); Correlacionar os dados moleculares com os dados clínicos e demográficos dos pacientes Material e Métodos: Estudo prospectivo, observacional-analítico e transversal. Este estudo será desenvolvido com um total de 40 amostras de soro/plasma pré-tratamento, selecionadas de pacientes diagnosticados com infecção cronica pelo HCV. Para a amplificação da região NS5A do HCV serão utilizados oligonucleotídeos específicos (primers) para o genótipo 1a, 1b e 3, sendo estes já previamente descritos por Paolucci et al, 2013 e Malta et al, 2010. As reações de sequenciamento nucleotídico serão desenvolvidas pelo método de Sanger, em ambas as direções da região NS5A e utilizando o kit Big Dye Terminator versão 3.1 (Applied Biosystems, Foster City, CA, USA). As análises das reações de sequenciamento nucleotídico ocorrerão no sequenciador automático ABI 3500 (Applied Biosystems, USA). As sequências de DNA obtidas serão editadas e alinhadas por meio do programa Geneious versão 9.1.5 e as sequências de aminoácidos deduzidas e obtidas através do mesmo programa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Coordenador / ANDREZA PINHEIRO MALHEIROS - Integrante / HELOISA MARCELIANO NUNES - Integrante / Bruno Valentim Favacho - Integrante.

  • 2016 - 2018

    PREVALÊNCIA DE INFECÇÕES PELOS VÍRUS DAS HEPATITES B/C E ESTADO NUTRICIONAL DE GRÁVIDAS ATENDIDAS EM PRÉ-NATAL DE UM HOSPITAL REFERÊNCIA NA AMAZÔNIA BRASILEIRA, Descrição: A gestação compreende inúmeras adaptações fisiológicas, metabólicas e imunológicas. As infecções neste período podem impactar tanto a saúde materna quanto a fetal. Assim, as hepatites virais B e C são triadas no pré-natal e diagnosticadas, possibilitando a realização de medidas de prevenção à transmissão vertical. O impacto que podem causar no estado nutricional neste período do ciclo da vida ainda é pouco estudado. Esta pesquisa tem como objetivo identificar a prevalência das infecções pelos vírus das hepatites B (VHB) e C (VHC) em grávidas atendidas em pré-natal de hospital referência na Amazônia brasileira, a Fundação Santa de Misericórdia do Pará (FSCMP), e verificar a associação destas infecções com o estado nutricional desta população. A pesquisa possui desenho transversal, quantitativo, descritivo e de caso-controle. A coleta de dados foi realizada de agosto a dezembro/2017, sendo a amostra por conveniência a partir do consentimento das participantes e seus responsáveis, compreendendo entrevista com formulário semi-estruturado sobre informações sociodemográficas, obstétricas, clínicas, nutricionais e fatores de risco para estas hepatites. Avaliação antropométrica foi realizada a partir do Índice de Massa Corpórea para idade gestacional, circunferência do braço, prega cutânea tricipital e circunferência muscular do braço. As gestantes que ainda não haviam realizado triagem para hepatite B e C foram submetidas a testes imunocromatográficos. Os casos reagentes foram encaminhados à coleta de amostras de sangue para exames bioquímicos, sorologia, detecção molecular da carga viral e genótipo, realizados no laboratório de análises clínicas da FSCMP e na Seção de Hepatologia do Instituto Evandro Chagas (IEC), Secretaria de Vigilância em Saúde, Ministério da Saúde. Todos estes casos foram encaminhados para acompanhamento por hepatologistas da FSCMP, e todas as participantes receberam orientações sobre prevenção. O projeto foi aprovado nos Comitês de Ética em Pesquisa do IEC e FSCMP sob o CAAE Nº 64690217.9.0000.0019 e Nº 64690217.9.3001.5171. No período da coleta de dados, 930 grávidas foram acolhidas no ambulatório, sendo a prevalência de hepatite B e C respectivamente 1,18% (11) e 0,43% (4), todas diagnosticadas no pré-natal. Participaram deste estudo 259 grávidas, sendo o principal fator de risco relacionado às hepatites virais o compartilhamento de material perfurocortante não esterilizado (p<0,05), além de 41,69% (108) das participantes apresentarem esquema vacinal incompleto de hepatite B e 20,08% (52) desconhecerem informações sobre situação vacinal. As portadoras do VHB apresentaram o perfil de portador crônico inativo, com baixa carga viral, anti-HBe reagente e genótipos A e F; enquanto a única participante com VHC, anti-VHC reagente e carga viral moderada. O estado nutricional de sobrepeso e obesidade foi o mais prevalente, 62,55% (147/235), assim como o perfil biquímico adequado (p<0,001). Não houve diferença estatística em relação ao perfil nutricional bioquímico e antropométrico entre os grupos com e sem essas infecções virais (p>0,05), possivelmente devido o pequeno número de casos e a fase de evolução da infecção encontrada. Mais estudos que contemplem estas associações são necessários, assim como a promoção de aspectos nutricionais adequados nesta população é imprescindível do ponto de vista da qualidade de vida e prevenção da evolução aos quadros mais avançados da doença.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Integrante / Elisabeth Cristine Dias Ribeiro1 - Coordenador.

  • 2016 - Atual

    Estudo da prevalência do polimorfismo Q80K em pacientes com hepatite C crônica do estado do Pará, Brasil, Descrição: Introdução: O desenvolvimento de novas drogas, chamadas coletivamente de agentes antivirais de ação direta ou do inglês DAAs (direct acting antivirals), criou novas perspectivas para o tratamento da hepatite C crônica, com um aumento das taxas de resposta virológica sustentada (RVS) nos pacientes. Os principais alvos dos DAAs são as proteínas que atuam do ciclo de vida do vírus da hepatite C (VHC), em especial, a proteína NS3/4A, a proteína NS5A ou a NS5B polimerase dependente de RNA. Diversos estudos com DAAs também revelaram a presença de variantes de aminoácidos associadas com a resistência viral ou do inglês RAVs (resistance associated amino-acid variants) que são naturalmente produzidas durante o ciclo de vida do VHC. A maioria das variantes naturais que conferem resistência aos inibidores de protease NS3 está presentes em uma frequência baixa (0.1 ? 3%), antes do início da terapia com DAAs. A variante Q80K é uma exceção, uma vez que em alguns pacientes não ocorre perda do fitness replicativo e existe uma elevada probabilidade de detecção de variantes pré-existentes (pré-tratamento com IPs). Q80K consiste em um polimorfismo localizado na região NS3, e presente principalmente no genótipo 1 (subtipo 1a) do VHC. Representa o polimorfismo mais comumente associado com a redução de atividade de inibidores de protease NS3. Este RAV confere resistência ao inibidor de protease Simeprevir e pode ser observado em 9-48% de pacientes não tratados infectados com o genótipo 1a do VHC. A presença do polimorfismo Q80K nestes pacientes está relacionada com a redução das taxas de RVS com o uso da terapia tripla, utilizando Simeprevir. Objetivo: Estabelecer a prevalência natural do polimorfismo Q80K, em pacientes com hepatite C crônica no estado do Pará, no período de Fevereiro de 2015 até Dezembro de 2016. Material e métodos: Este estudo será desenvolvido com um total de 70 amostras de soro pré-tratamento, selecionadas de pacientes diagnosticados com infecção crônica pelo VHC. Todos os pacientes incluídos neste estudo deverão apresentar o genótipo 1 do VHC. O RNA total será extraído das amostras de soro utilizando-se o kit QIAamp Viral RNA Mini Kit (Quiagen, Germany), seguindo as recomendações do fabricante. Após a extração do RNA, será realizada a etapa de RT-PCR e a primeira e segunda amplificação da região NS3, com o uso de primers específicos para cada subtipo viral (1a e 1b). Posteriormente, reações de sequenciamento nucleotídico serão desenvolvidas pelo método de Sanger, em ambas as direções da região NS3 e utilizando o kit Big DyeTerminator versão 3.1 (AppliedBiosystems), visando identificar a variante Q80K e outras RAVs. O presente projeto de pesquisa será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto Evandro Chagas (CEP/IEC), conforme preconiza a Resolução 466, de 12 de dezembro de 2012, do Conselho Nacional de Saúde.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Coordenador / ANDREZA PINHEIRO MALHEIROS - Integrante / HELOISA MARCELIANO NUNES - Integrante / MANOEL DO CARMO PEREIRA SOARES - Integrante / Andrea Lima Silva - Integrante / Desirée Lopes da Silva - Integrante.

  • 2015 - Atual

    HEPATITE B: FREQUÊNCIA DA INFECÇÃO ENTRE COMUNICANTES E CONTATOS, DUAS DÉCADAS APÓS O INÍCIO DA VACINAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE BELÉM, PARÁ, BRASIL, Descrição: A Hepatite B é uma doença hepática cujo agente infeccioso é o VHB, que possui tropismo primário pelas células hepáticas, relevante problema de saúde pública, seu controle exige medidas preventivas e de grande eficácia, sendo a principal a vacinação. O estudo tem como objetivo avaliar a cobertura e a efetividade da vacina contra a hepatite B em comunicantes e contatos de portadores do vírus da hepatite B, vinte anos após a implantação da vacina no Município de Belém, Pará, Brasil, estudo descritivo exploratório quantitativo, retrospectivo e prospectivo, na linha temática da vigilância dos comunicantes e contatos de portadores do vírus da hepatite B, a ser realizado, no período de julho de 2015 a junho de 2019. A amostra será composta por aproximadamente 744 indivíduos. Serão incluídos no estudo menores de 20 anos de idade, comunicantes de portadores do VHB e contatos sexuais, que aceitem participar do estudo e excluídos todos aqueles que não atendam aos critérios de inclusão. Os dados serão armazenados em um banco de dados no Programa Epinfo 2007, versão 7.1.0.6; considerando os testes estatísticos, sendo proposto os testes paramétricos (teste T de Student e Anova) e testes Não paramétricos (Qui-quadrado, Kolmogorov-Smirnov) que serão feitos no Programa BioEstat e Epinfo. Baseado na Resolução CNS 466/2012 da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa envolvendo Seres Humanos. Utilizará a infraestrutura implantada, incluindo os insumos e a operacionalização, do laboratório da SAHEP/IEC/SVS/MS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Integrante / HELOISA MARCELIANO NUNES - Integrante / Vania Pinto Sarmento - Integrante / Kemere Vieira Barbosa - Integrante / Candida Oliveira - Coordenador / DAS CHAGAS, ANDRÉ ANTÔNIO CORRÊA - Integrante / SOARES, MANOEL DO CARMO PEREIRA - Integrante / Dickson Ciro - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Prevalência da infecção pelo vírus da hepatite E em portadores do vírus da imunodeficiência humana de uma unidade de referência, em Belém, Pará, Brasil, Descrição: Introdução: A hepatite E é uma doença viral infecciosa, autolimitada com características clínicas de hepatite aguda similares àquelas observadas na hepatite A. A infecção causada pelo vírus da hepatite E (HEV) pode variar de uma forma inaparente a uma hepatite aguda sintomática, sendo também observados casos de hepatite fulminante, que podem ser fatais. Os sinais e sintomas podem não ser distinguidos das outras hepatites causadas por vírus hepatotrópicos. Pacientes infectados pelo HIV ou outras pessoas imunocomprometidas não estão em maior risco de adquirir infecções pelo HEV. No entanto, estes grupos apresentam maior risco de evoluir para a forma de infecção crônica pelo HEV, assim como de evoluir para a forma fulminante, na presença de doença hepática subjacente. Objetivo: Determinar a prevalência da infecção pelo vírus da hepatite E em portadores do vírus da imunodeficiência humana, atendidos na Unidade de Referência Especializada em Doenças Infecciosas Parasitárias Especiais (UREDIP) em Belém, Pará, Brasil. Materiais e Métodos: O estudo será realizado segundo os preceitos da Declaração de Helsinque e será submetido à avaliação do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do Instituto Evandro Chagas (CEP/IEC) segundo as normas regulamentadoras contidas na Resolução Nº 466/2012, do Conselho Nacional de Saúde, que trata das pesquisas envolvendo seres humanos. O projeto foi aprovado pelo comitê de ética do Instituto Evandro Chagas sob o número do parecer 1.318.102. Serão colhidas amostras para realização hemograma e exames bioquímicos: alaninoaminotransferase (ALT), aspartatoaminotransferase (AST), albumina sérica, bilirrubina total e frações, gamaglutamiltransferase (GGT), sorologia para pesquisa do HBV (HBsAg, anti-HBc total, anti-HBs), do HCV (anti-VHC), do HEV (anti-HEVIgM, anti-HEVIgG e HEV- RNA por PCR), contagem de linfócitos CD4+ e carga viral.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Integrante / ANDREZA PINHEIRO MALHEIROS - Integrante / HELOISA MARCELIANO NUNES - Integrante / MANOEL DO CARMO PEREIRA SOARES - Integrante / Vania Pinto Sarmento - Coordenador / Kemere Vieira Barbosa - Integrante / Alex Junior Souza de Souza - Integrante / Dickson Ciro - Integrante / João Renato Rebello Pinho - Integrante / JOSÉ RAUL ROCHA DE ARAUJO JUNIOR - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Análise molecular da infecção oculta pelo vírus da hepatite B, em grupos de risco do estado do Pará, Brasil, Descrição: A infecção pelo vírus da hepatite B (VHB) apresenta distribuição universal. Aproximadamente um terço da população mundial tem evidência sorológica de infecção atual ou anterior pelo VHB e aproximadamente 350-400 milhões de indivíduos são portadores crônicos do vírus (European Association For The Study of the Liver, 2012). Várias definições para hepatite B oculta (OBI ? occult hepatitis B virus infection) já foram sugeridas. Em 2008, a Associação Européia para Estudo do Fígado (EASL), definiu OBI como a presença de VHB DNA no fígado (com ou sem a presença de VHB DNA no soro) de indivíduos HBsAg negativo, testados por ensaios comumente utilizados na rotina laboratorial (Kwak & Kim, 2014; Raimondo et al, 2008). A prevalência de OBI possui uma variação de 1% a 95% em diferentes partes do mundo. Estas taxas de prevalência são influenciadas por vários fatores, como por exemplo: (1) diferenças geográficas (endemicidade); (2) pacientes com diferentes características (grupos de risco) e (3) diferenças nas técnicas diagnósticas utilizadas (sensibilidades diferentes) (Raimondo et al, 2008; Samal et al, 2012). O padrão ouro para diagnóstico da hepatite B oculta envolve o uso de ensaios de biologia molecular com elevada sensibilidade e especificidade. Objetivo geral: Investigar a ocorrência de infecção oculta pelo vírus da hepatite B em três diferentes grupos de risco do estado do Pará, no período de fevereiro de 2005 até dezembro de 2014, através de técnicas de biologia molecular (PCR em tempo real e Nested-PCR). Material e Métodos: O estudo molecular para detecção e quantificação do VHB será desenvolvido em amostras de soros humanos que se encontram armazenadas sob congelamento (-20ºC) na soroteca da Seção de Hepatologia do Instituto Evandro Chagas (SAHEP/IEC/SVS/MS). A seleção das amostras para estudo ocorreu a partir de um levantamento retrospectivo, através de busca ativa no banco de dados da SAHEP/IEC, com auxílio do software HEPATOWARE, utilizado para a catalogação das amostras, abrangendo o período de coletas de 2005 até o ano de 2014. A partir desse levantamento, 67 indivíduos que apresentaram perfil sorológico sugestivo de infecção oculta pelo VHB, ou seja, anti-HBc total detectável (positivo) com HBsAg e anti-HBs indetectáveis (negativos) foram selecionados para o estudo. Os indivíduos foram divididos em três grupos de risco: 1) 18 indivíduos que realizaram hemodiálise em hospitais ou clínicas do município de Belém; 2) 20 indivíduos que foram diagnosticados com hepatite C crônica; 3) 29 indivíduos que participaram de estudos transversais e de abordagem sindrômica para investigação de hepatites virais, na área do Projeto Carajás, considerada endêmica para VHB. A análise molecular será realizada utilizando a metodologia do PCR em tempo real e Nested-PCR, que irão amplificar a região do gene S (HBsAg) e do gene P (polimerase). As amostras positivas (detectadas) pela técnica de PCR em tempo real ou Nested-PCR, serão submetidas ao sequenciamento direto do DNA, visando a identificação do genótipo viral e de mutações que podem causar alteração na estrutura do HBsAg, proporcionando o escape dos anticorpos anti-HBs (vacinais) e não detecção pelos testes imunoenzimáticos. O presente projeto de pesquisa será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto Evandro Chagas (CEP/IEC), conforme preconiza a Resolução 466, de 12 de dezembro de 2012, do Conselho Nacional de Saúde.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Coordenador / ANDREZA PINHEIRO MALHEIROS - Integrante / HELOISA MARCELIANO NUNES - Integrante / MANOEL DO CARMO PEREIRA SOARES - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Estratégia de Investigação Laboratorial de Erros Inatos do Metabolismo: Validação de Procedimentos e Implantação de Controle de Qualidade, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Carlos Santana da Silva em 18/05/2015., Descrição: Edital MCT/CNPq/CT-SAÚDE Nº 57/2010 (Seleção pública de propostas para apoio às atividades de pesquisa em Genética Clínica). A presente proposta se enquadra na linha temática que engloba os erros inatos do metabolismo (EIM). Tomando como base o incentivo à implantação de laboratórios regionais com competências para determinados procedimentos que envolvem desde os exames iniciais até aqueles determinantes de diagnóstico, esta proposta se deterá principalmente na avaliação da potencial contribuição de uma rede de laboratórios e serviços para o diagnóstico dos EIM no Brasil. Os parâmetros laboratoriais adotados pelo Serviço de Genética Médica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre seriam modelos para a validação e o controle de qualidade dos procedimentos. Esta proposta procura buscar meios de validar os instrumentos de diagnósticos, assim como estabelecer controle de qualidade dos procedimentos laboratoriais em laboratórios de instituições públicas e ligadas ao atendimento em genética clínica no SUS. Esta estratégia favoreceria o reconhecimento destas práticas laboratoriais e poderia ser agrupada finalmente na tabela de procedimentos laboratoriais do SUS, fortalecendo o diagnóstico de doenças genéticas, como os EIM, no Brasil. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) implantou a RDC Nº. 302 (13/10/2005) para a necessidade de normalização do funcionamento do Laboratório Clínico e Posto de Coleta Laboratorial e a relevância da qualidade dos exames laboratoriais para apoio ao diagnóstico eficaz. No entanto, a RDC N . 302 está mais ligada ao funcionamento de Laboratórios Clínicos. Mas alguns parâmetros podem ser aplicados para laboratórios específicos e diretamente envolvidos no diagnóstico de EIM, a saber, e guardado as suas devidas proporções, as regras para transporte e armazenamento de amostras e estratégia para o controle da qualidade interno e externo. Além desta questão legislativa, a investigação laboratorial de EIM perpassa por. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Integrante / Isabel Cristina Neves de Souza - Integrante / Roberto Giugliani - Integrante / Luiz Carlos Santana da Silva - Coordenador / Erik Artur Cortinhas Alves - Integrante / Carlos Eduardo de Melo Amaral - Integrante / arCamila de Britto Pontes Rodrigues Pará - Integrante / Patrick Lopes - Integrante / Felipe Tuji Castro - Integrante / Nathália Oliveira Lima - Integrante / Maira Graeff Burin - Integrante / Erlane Marques Ribeiro - Integrante / Angelina Xavier Acosta - Integrante / Emerson Santana Santos - Integrante / Charles Lourenço Marques - Integrante / Liane Giugilani - Integrante / Mislene Cisz - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Estratégia de Implantação de um Serviço para a Investigação Clínica e Laboratorial de Doenças Metabólicas Hereditárias e Neurodegenerativas na Região Norte do Brasil, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Carlos Santana da Silva em 18/05/2015., Descrição: Este projeto visa principalmente quatro linhas de ação: 1. Implantação de um Serviço Regional de Referência e avaliação da sua contribuição para uma rede de laboratórios e serviços destinados à investigação de Doenças Metabólicas Hereditárias (DMH) e Doenças Neurodegenerativas (Doença de Parkinson e SCAs); 2. Investigação de dados epidemiológicos sobre a freqüência regional desses agravos; 3. investigação da história natural desses agravos, que contribua para estimar sua morbi-mortalidade e o impacto de programas de diagnóstico, tratamento e prevenção; 4. Qualificação de recursos humanos através de cursos de curta duração. Apresentam também como objetivos específicos: Padronizar novos procedimentos (bioquímicos e moleculares) para ampliar a investigação de DMH na Região Norte; Validar as técnicas atuais através de controle de qualidade intra e interlaboratorial; Implantar sistemas padrões de coleta e envio de material biológico ao Serviço de Referência Nacional (SGM/HCPA, RS), quando o serviço regional não finalizar o diagnóstico; Implantar protocolos de biologia molecular para a detecção de mutações (genes PARK2, LRRK2 e GBA) em pacientes com Doença de Parkinson; Implantar protocolos para o diagnóstico molecular de pacientes com SCAs.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Integrante / Isabel Cristina Neves de Souza - Integrante / Roberto Giugliani - Integrante / Luiz Carlos Santana da Silva - Coordenador / Ãndrea Kely C. Ribeiro dos Santos - Integrante / Maria Luiza Pereira - Integrante / Erik Artur Cortinhas Alves - Integrante / Cléber Monteiro Cruz - Integrante / Clebson Pantoja Pimentel - Integrante / Carlos Eduardo de Melo Amaral - Integrante / Laura Bannach Jardim - Integrante / Rosely Cavaleiro - Integrante / Ida Vanessa Schwartz - Integrante / arCamila de Britto Pontes Rodrigues Pará - Integrante / Gustavo Monteiro Viana - Integrante / Edmar Tavares Costa - Integrante / Raimunda Helena Feio Pitanga - Integrante.

  • 2007 - 2011

    AVALIAÇÃO DA CORRELAÇÃO GENÓTIPO-FENÓTIPO EM PACIENTES COM FENILCETONÚRIA (PKU) NO ESTADO DO PARÁ, Descrição: As Aminoacidopatias representam um importante grupo dos Erros Inatos do Metabolismo (EIM). Os distúrbios na hidroxilação do aminoácido fenilalanina (Phe) são denominados de Híperfenilalaninemias (HPA). As HPA são provocadas pela deficiência da enzima hepática fenilalanina hidroxilase (PAH) ou alterações no metabolismo do cofator tetrahidrobiopterina (BH4). As HPA por deficiência de PAH são genericamente denominadas de Fenilcetonúria (PKU). Os pacientes com PKU não produzem a enzima fenilalanina hidroxilase no organismo em quantidade suficiente. Esta deficiência enzimática provoca um bloqueio na rota de degradação do aminoácido fenilalanina, promovendo um acúmulo desta substância nos tecidos e no sangue. Este acúmulo de fenilalanina pode provocar deficiência mental, convulsões, comportamento agressivo, vômitos, eczemas cutâneos, etc. A doença pode ser diagnosticada logo após o nascimento da criança, através do teste do pezinho e o tratamento (dieta pobre em fenilalanina) iniciado ainda no primeiro mês e devendo ser por toda a vida. O tratamento adequado faz com que a criança seja normal, evitando assim o estabelecimento da deficiência mental. A PKU é uma doença genética causada por duas mutações transmitidas pelos pais, ou seja, os pais precisam ter cada um uma mutação (portador normal, sem a doença), e possuem um risco de 25 % de ter um filho com a doença. Este projeto tem como objetivo principal ampliar o nível de informação sobre os pacientes com PKU no estado do Pará, através de um estudo de correlação genótipo-fenótipo. Em 2004, o Laboratório de Erros Inatos do Metabolismo (LEIM) da Universidade Federal do Pará iniciou um estudo visando identificar a causa genética (as mutações ? alterações no DNA) em pacientes com PKU do nosso estado. Participaram desta pesquisa 13 pacientes, no qual foram realizados testes moleculares com o objetivo de identificar as mutações responsáveis pela doença. Agora, o objetivo da pesquisa é ampliar o número de pacientes que serão ana. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Coordenador / Roberto Giugliani - Integrante / Luiz Carlos Santana da Silva - Integrante / Rita de Cássia Mousinho Ribeiro - Integrante / Roseani da Silva Andrade - Integrante / Ãndrea Kely C. Ribeiro dos Santos - Integrante / Adriana Maria Rocha Bastos - Integrante / Maria Luiza Pereira - Integrante.

  • 2003 - 2005

    Identificação e Caracterização Bioquímica, Clínica e Molecular de Doenças Metabólicas Hereditárias, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Carlos Santana da Silva em 18/05/2015., Descrição: Investigar Doenças Metabólicas na Região Norte do Brasil. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Integrante / Elaina Rafaela Damasceno de Souza - Integrante / Nazário de Souza Junior - Integrante / Luiz Carlos Santana da Silva - Coordenador / Nathália Santos Serrão de Castro - Integrante / Isabel Cristina Neves Souza - Integrante / Edson Farias Santos Junior - Integrante.

  • 2001 - 2002

    Formação e Treinamento de Acadêmicos do Curso de Biomedicina, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Carlos Santana da Silva em 18/05/2015., Descrição: Projeto voltado a extensão e pesquisa com o objetivo de realizar a investigação de erros inatos do metabolismo na população do estado do Pará.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Pedro Eduardo Bonfim Freitas - Integrante / Vera Lucia Akikó Vieira Kobayashi - Integrante / Manoel Cid Oliveira - Integrante / Lauro da Silva Cunha - Integrante / Luiz Carlos Santana da Silva - Coordenador / Nazário de Souza Messias Junior - Integrante / Isabel Cristina Neves Souza - Integrante / Jose Roberto Martins - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2010

Menção Honrosa no II Simpósio Internacional de Genética Clínica da UFRN - Análise Molecular em pacientes com Hiperfenilalaninemia do estado do Pará, Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Evandro Chagas. , Avenida Almirante Barroso, 492, Marco, 66093020 - Belém, PA - Brasil, Telefone: (91) 32142000, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2016 - 2018

Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2011 - Atual

Instituto Evandro Chagas

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Tecnologista em Pesquisa Biomédica, Carga horária: 40

2011 - Atual

Instituto Evandro Chagas

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Tecnologista em Pesquisa e Invest. biomédica, Carga horária: 8

2007 - Atual

Universidade Federal do Pará

Vínculo: doutorando, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

2004 - 2006

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Bolsista de mestrado - Capes, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

2000 - 2002

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Bolsista - PROINT, Enquadramento Funcional: bolsista de iniciação científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 03/2001

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Fisiologia.,Linhas de pesquisa